Busca

Categoria: Criança


12:01 · 18.10.2017 / atualizado às 12:05 · 18.10.2017 por

Um funcionário da Companhia Paranaense de Energia (Copel), no Paraná, decidiu compartilhar, no Facebook, uma história simples, mas comovente, que ganhou repercussão nas redes sociais e fez muita gente chorar.

O trabalhador, identificado como João Neto, precisou ir à residência humilde de uma família da cidade de Santo Antônio da Platina, o objetivo seria realizar o corte de energia, mas antes de ir embora, ele foi testemunha de um verdadeiro exemplo de honestidade. Confira o relato:

AINDA BEM QUE VOCÊ VEIO!

Por: João Neto

– Vc vai cortar a luz, moço? Perguntou a mulher sentada num banco de madeira, acompanhada por 3 crianças descalças.
– Sim, respondi.
– Tudo bem, estou com duas atrasadas, mas só recebo dia 9.
– Mas hoje é dia 9, ponderei.
– Sério?
– Sério, e se a senhora pagar hoje é só pedir a religação que antes das 6 eu volto!
– Combinado, disse ela!
Pra mim o “corte” é uma atividade desagradável, em qualquer circunstância, apesar de obrigatório, e se a família for pobrezinha é mais doído ainda: a tal atividade “culposa” (sem intenção de cortar!).
Antes de sair, enquanto encerro o serviço no tablet, as 3 crianças se aproximam e pedem:
– Moço, vc tem 1 real?
Sem moedas no bolso, abri a carteira e encontro uma solteira nota de 5 reais… Entrego pro menino e ordeno:
– É pra vc repartir com suas irmãzinhas.
Ele balançou a cabeça positivamente, e falou: “tábão”!
Fui embora pensando nas crianças pidonchando, mas, vida que segue!
Bem de tardezinha caiu a religação da casinha de madeira torta… Segui pra lá… Eu tinha o dever de devolver luz para aquela criançadinha, era, pra mim, o momento da redenção.
Ao ouvir o barulho da camionete, todos saíram eufóricos. O menino (Eugênio) vem até mim e diz todo alegrinho:
– Ainda bem que vc veio!
Pensei que tivesse feliz pela luz… Só que não… Ele abre sua mãozinha suja e suada e exclama:
– Toma seu troco!
Naquele instante, ao me devolver 2 reais “Geninho” estava me mostrando o maior exemplo de honestidade e responsabilidade que eu já tinha visto na vida.
– Não, não quero troco… Era tudo de vcs!
– Mas não era 1 real pra cada um? Perguntou!
– Pode ficar pra vcs!
Pois é, minha gente… No momento em que nosso país vive uma monstruosa crise moral, onde as instituições governamentais estão todas contaminadas pela ladroagem, rapinagem, farolagem e corrupção, me aparece um menino todo sujo e me faz crer que nosso país ainda tem jeito!
Às vezes a gente chora de alegria!
Hoje, definitivamente, vou dormir feliz!
Bom final de semana, Eugênio!

O post original já teve milhares de compartilhamentos:

12:57 · 09.10.2017 / atualizado às 15:40 · 10.10.2017 por

Na Semana da Criança, a ONG Visão Mundial – organização não-governamental humanitária especializada na proteção à infância – está mobilizada na busca por recursos para a brinquedoteca da Creche Jardim Encantado, que fica no bairro Alagadiço Novo, em Fortaleza.

A ideia também é unir voluntários para a ação de inauguração do espaço, que acontece no próximo dia 11, em referência ao Dia das Crianças, comemorado no dia seguinte. Aos que desejam colaborar com o movimento, a Benévolo Café e Gelato será o ponto de recebimento de doações de brinquedos e livros infantis. Na plataforma digital da ONG, os voluntários também  podem se inscrever para participar: https://visaomundial.org/diadascriancas.

Atualmente, a Creche Jardim Encantado atende 100 crianças e foi escolhida pela ONG Visão Mundial em virtude da alta vulnerabilidade da comunidade, conhecida como São Miguel, região que apresenta alto índice de violência e a inexistência de uma brinquedoteca na única creche da comunidade.

Além de Fortaleza, a mesma ação será realizada em outras regiões brasileiras: Sertão Alagoano, Sertão do Rio Grande do Norte, Recife, São Paulo, Salvador e Maceió.

Serviço

Ponto de doação: Benévolo Café e Gelato
Rua Ana Bilhar, 1083 / Avenida Monsenhor Tabosa, 688
Horário: de domingo a domingo, das 8h às 23h

Creche Jardim Encantado: Rua Ozélia Pontes 189, Bairro Alagadiço Novo
Inscrições para voluntários: https://visaomundial.org/diadascriancas

11:45 · 04.10.2017 / atualizado às 11:56 · 04.10.2017 por

A touca da pequena Manuela, filha da apresentadora Eliana, foi deixada pelo pai da criança, Adriano Ricco, no Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida.

Ele teria ido ao local logo após o nascimento da filha, em meados de setembro.

Durante a gestação de Manuela, Eliana enfrentou diversas complicações em uma gravidez de alto risco, entre elas o descolamento da placenta.

O gesto seria uma forma encontrada pela família de agradecer pelo enfrentamento a essas dificuldades durante os nove meses.

09:09 · 06.09.2017 / atualizado às 09:16 · 06.09.2017 por
Isadora Pimentel de Souza sempre foi fã de instrumentos musicais e resolveu levar um pouco de música para melhorar a rotina de mães e filhos que estão na UTI do hospital (Foto: Assessoria de Imprensa HC Botucatu / Divulgação)

A música vem fazendo parte da rotina da Unidade de Terapia Intensiva Neonatal do Hospital das Clínicas em Botucatu, São Paulo, nos últimos tempos. Isso porque uma médica resolveu cantar para os bebês internados no local. Isadora Pimentel de Souza, que é fã de música e médica residente, resolveu inserir o hobby no dia a dia do hospital.

Com um ukulele, espécie de mini violão, ela tem cantado para os bebês que passam por cuidados no berçário. “A gente procura fazer isso sempre que está mais tranquilo no berçário, quem pode participar naquele momento vem e canta junto, é muito legal, muito gratificante”, explicou.

Segundo ela, os efeitos podem ser vistos diariamente nas crianças, mas não só nelas. Isadora também acredita que as mães, que acompanham os bebês, também se sentem mais relaxadas. Além disso, a música tem ajudado a proporcionar momentos de descontração para quem trabalha no hospital. “Tudo isso é feito com muito amor e sou muito grata por viver esses momentos com eles”, afirma.

14:48 · 18.08.2017 / atualizado às 14:48 · 18.08.2017 por

Alunos do Instituto Federal do Ceará (IFCE), em Maracanaú, decidiram arregaçar as mangas e fazer uma ação de caridade.

Para ajudar o Lar Amigos de Jesus, em Fortaleza, estudantes do curso de Licenciatura em Química iniciaram uma campanha de arrecadação de doações de roupinhas infantis, brinquedos e livros infanto-juvenis e didáticos do primeiro ao quinto ano do fundamental.

A ideia, segundo Joy Aparecida Ramos, uma das participantes, visa dar apoio não só às crianças e adolescentes que são atendido pelo lar, mas aos voluntários que atuam no local. “A maioria daquelas crianças não tem acesso ao colégio, por conta do tratamento, e no Lar Amigos de Jesus existem voluntários que exercem papel de educadores”, explica a estudante.

Na sexta-feira (11) passada, o grupo de alunos do IFCE foi ao Lar para entregar tudo o que foi arrecadado. “Nos fantasiamos para brincarmos e orarmos com aquelas crianças, nossa programação foi pensada com carinho, existia uma equipe para atender aos adolescentes e outra para as crianças, já que são necessidades diferentes”, lembra Joy.

“A sensação depois do dever cumprido é a melhor possível, estamos todos satisfeitos e felizes por termos conseguido fazer tudo o que planejamos”, conclui.

Participaram da ação:

– Raissa Sousa Barbosa;
– Joy Aparecida Barbosa Ramos;
– Augusto César;
– Julio Cesar;
– Tryfena Faustino;
– Rayara Martins;
– Clarissa Maria;
– Rodrigo Matos;
– Izabella Letícia;
– Leonardo Carneiro;
– Suzanne Silva;
– Gustavo Gomes.

Para quem quiser colaborar com o Lar Amigos de Jesus, a entidade fica na rua Ildefonso Albano, 3052 – bairro Joaquim Távora, em Fortaleza. Telefone: (85) 3067-6565.

16:11 · 14.08.2017 / atualizado às 16:16 · 14.08.2017 por

Durante uma aula sobre a letra H, a professora Ludmila Cruzal perguntou aos alunos da educação infantil, de uma escola pública no Rio de Janeiro, se eles gostavam de hambúrguer.

Para espanto da educadora, que ensina em uma turma de crianças de 5 e 6 anos, poucos já tinham provado o sanduíche. “Tia, nunca comi um, mas já sonhei que comia”, chegou a responder uma das crianças.

Comovida com o que viu, a professora decidiu que levaria pães, hambúrgueres, alface e condimentos para a escola.

“A nutri da creche autorizou e a diretora também. Infelizmente, não tenho condições de comprar um Mc Lanche Feliz para cada um, mas um pouquinho de alegria tenho certeza que conseguirei”, relatou Ludmila Cruzal, antes de realizar o sonho da turma.

No Facebook, ela compartilhou a felicidade das crianças ao provar hambúrguer pela primeira vez.

15:01 · 01.08.2017 / atualizado às 16:17 · 14.08.2017 por

Jonaz Gutierrez, um bebê de apenas quatro meses que vive no Texas, Estados Unidos, foi diagnosticado com plagiocefalia, uma assimetria craniana geralmente ocasionada pela posição em que o bebê é colocado para dormir.

O problema levou Jonaz a usar um capacete de proteção em tempo integral, durante seis meses. A função do acessório é manter a cabeça numa posição fixa e remodelar o crânio do bebê.

Para o pequeno não se sentir “um estranho no ninho”, a família decidiu que todos em casa também deveriam usar um capacete. Pai, mãe e a outra filha do casal, que tem três anos, também passaram a usar o acessório. A iniciativa ideia foi da filha, que começou a usar seu capacete de bicicleta para que o irmão não se sentisse diferente.

A história foi compartilhada no Twitter e logo ganhou repercussão, por conta da empatia da família nesse momento.

14:54 · 24.07.2017 / atualizado às 14:54 · 24.07.2017 por

Durante um voo que ia de Israel aos Estados Unidos, uma criança diagnosticada com autismo, começou a ficar muito agitada – o trajeto dura, em média, 8 horas e o voo ainda teve um atraso de três horas.

O menino e a mãe estavam viajando para a África e mal falavam inglês. Segundo relato de uma passageira, a situação começou a ficar muito desconfortável e era possível sentir a tensão entre os passageiros.

“Seus gritos foram ouvidos em todo o avião”, conta Bentzion Groner, que ajudou o pequeno e fez seu relato no Facebook.

Diante da situação, Groner e uma amiga – que, por coincidência, trabalha para uma organização que atende crianças com deficiências e limitações específicas – levaram a criança a um lugar calmo, no fundo do avião, sugeriram que tirasse os sapatos para ficar mais confortável, brincaram com ele e o distraíram para que ficasse mais tranquilo, ajudando a mãe a contornar a situação.

Confira o relato original:

12:14 · 19.07.2017 / atualizado às 12:14 · 19.07.2017 por

Uma mãe da cidade de Ibaté, em São Paulo, garante que seu cachorro, um rottweiler, alertou quando o filho de 6 anos começou ter uma convulsão.

“Ele salvou a vida do meu filho”, disse a técnica de enfermagem e pedagoga Rhozana Diniz Menzani.

Ela dormia quando o filho começou a passar mal. Foi então que o cachorro da família, chamado Quiron, de 5 anos, começou a latir desesperadamente e arranhar a janela do quarto onde Rhozana estava.

O menino Enzo tem autismo e sofre de adrenoleucodistrofia, uma doença rara e degenerativa, mas nunca tinha tido uma crise convulsiva.

10:44 · 13.07.2017 / atualizado às 10:44 · 13.07.2017 por
Youtuber Lorena Reginato, diagnosticado em 2015 com câncer no cérebro, quando tinha apenas 11 anos.

Seis meses após anunciar que estava curada de um câncer no cérebro, a famosa youtuber Lorena Reginato, de 13 anos, do canal CarecaTV, comemora nova fase, já com cabelo curto: “fico muito feliz em saber que posso ajudar mais pessoas com a minha história de vida”, diz.

Apesar da cura, a nova rotina da youtuber inclui aulas de natação, sessões de fonoaudiologia e fisioterapia que amenizam as sequelas deixadas pelo tumor. Rotina essa sempre dividida com hoje mais de 1,7 milhões de seguidores.

CabeludaTV?

“Vamos ter novos quadros, um quadro musical, outro de de culinária com a minha mãe”, revela Lorena, após retomar a gravação dos vídeos semanais.

A adolescente paulista comoveu milhões de internautas ao criar o canal de vídeos há pouco mais de um ano, revelando sempre com bom humor e otimismo o passo-a-passo do tratamento, que a fez perder movimentos do corpo e prejudicou a fala.

1º vídeo em março de 2016