Andarilho

Categoria: Camarões


11:00 · 04.12.2014 / atualizado às 08:01 · 04.12.2014 por

Se Fortaleza já desponta na preferência dos turistas brasileiros na próxima alta estação, a procura tende a aumentar. É que a TAM nas Nuvens de dezembro, a revista mensal de bordo da companhia, desenvolvida pela New Content, traz o tema “Festa”, acompanhado de destinos marcados pela diversão, e mostra a cidade como a capital do sol e da aventura.

Na matéria, o viajante poderá ler sobre o passeio de buggy no Morro Branco, onde a Gruta da Mãe D’Água e as falésias oferecem belos mirantes com cânions de areia de várias tonalidadese; e sobre o Beach Park, com o toboágua Insano, o mais alto do mundo. Ao mesmo tempo, destaca os ventos da Praia de Cumbuco, que são procurados por quem pratica o kitesurfe. Além do que, a revista divulga restaurantes próximos a Praia do Futuro que trazem petiscos famosos como a caranguejada, assim como aponta a Avenida Beira-Mar, em Fortaleza, como ponto de encontro de skatistas e patinadores.

Confira, a seguir, as imagens da publicação:

Foto: Claus Lehmann
Foto: Claus Lehmann

 

Foto: Claus Lehmann
Foto: Claus Lehmann

 

Foto: Claus Lehmann
Foto: Claus Lehmann

 

Foto: Claus Lehmann
Foto: Claus Lehmann

 

Muito bacana a iniciativa, né?!

09:44 · 23.06.2014 / atualizado às 09:44 · 23.06.2014 por
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O Mundial de Futebol tem trazido muitas surpresas dentro e fora dos campos. Entre elas, descobrir o que alguns países a princípio nada atrativos, turisticamente falando, para nós brasileiros tem a oferecer.

Adversário da Seleção Canarinha, nesta segunda-feira em Brasília, Camarões é o próximo destino do Andarilho na Copa. Acredito que assim como eu, você não tenha ideia do que tem pra ver e fazer por lá. Então, fui atrás e olha aqui o resultado!

Segundo os relatos (poucos, inclusive) que encontrei, este país pode ser considerado um resumo da África, uma espécie de miniatura do continente, por reunir grande parte das culturas, climas e natureza existentes em todo o seu território. Por mais que as línguas oficiais sejam o inglês e francês, o país possui mais de 200 dialetos.

Mais de 200 etnias marcam o país Foto: Divulgação
Mais de 200 etnias marcam o país Foto: Divulgação

Localizado no litoral africano entre a Nigéria, o Chade, a República Centro-Africana, o Congo, o Gabão e a Guiné-Equatorial, seu nome é originado pelo Rio dos Camarões, conforme denominação dada pelo navegador português Fernando Pó, no Século XV, ao estuário onde havia abundância desses crustáceos.

Considerado um dos países mais desenvolvidos, seguro e estáveis da região, Camarões é apontado como o local ideal para quem quer conhecer a África sem preocupações. Com uma população de cerca de 22 milhões de habitantes, o território foi dividido entre a França e Inglaterra após a 2ª Guerra Mundial. Somente em 1961, o país conquistou a independência.

Iaundé Foto: Divulgação
Iaundé Foto: Divulgação

Sua capital, Iaundé, chamada de Cidade das Sete Colinas, é uma antiga cidade colonial, hoje bastante cosmopolita e multicultural. Atravessada pelos rios Mfoundi, Biyeme e Mefou, possui vários monumentos, como a catedral Nossa Senhora das Vitórias, a prefeitura, os prédios históricos do governo Ewondo ou ainda o monumento da reunificação. Tem, igualmente, muitos museus, como o Museu Nacional, o Centro Cultural de Camarões e o Museu de Arte do país.

As muitas edificações são atrações na capital de Camarões Foto: Divulgação
As muitas edificações são atrações na capital de Camarões Foto: Divulgação
Catedral Nossa Senhora das Vitórias Foto: Divulgação
Catedral Nossa Senhora das Vitórias Foto: Divulgação
Monumento da Reunificação Foto: Divulgação
Monumento da Reunificação Foto: Divulgação

Soube também que os bairros de Messa, de Mokolo e Briqueterie no nordeste da cidade, não podem ficar de fora de uma visita, onde pode-se experimentar o melhor frango grelhado do país.

Os diversos mercados de Iaundé, como o Mokolo, o Mfoundi, o mercado central e os mercados de Biyemassi, de Mendong ou de Nkol-Eton são boas dicas de passeio.

Mercado de Mfoundi Foto: Divulgação
Mercado de Mfoundi Foto: Divulgação

Saindo de Iaundé, Camarões oferece aos turistas uma ampla gama de opções – passeios, caça, escalada, montaria de pôneis, ecoturismo, estadias em fazendas, turismo cultural ou humanitário, e até mesmo gastronômico, no litoral.

O Monte Camarões, considerado o ponto mais alto do país e de toda a região central da África, possui 4.100 metros de altura. Localizado na costa e sobre um vulcão ativo, o local possui mais de 100 pequenos montes que se formaram com as erupções.

Monte Camarões Foto: Divulgação
Monte Camarões Foto: Divulgação

A última vez que o vulcão ficou ativo foi em 2000. A dica é fazer uma escalada pelas paredes laterais do monte e apreciar a vista do Oceano Atlântico que fica bem em frente ao vulcão. A região também é famosa por suas praias de areia negra que são banhadas por águas quentes e claras. O Monte Camarões fica a cerca de 230 quilômetros da capital.

Descobrir os parques nacionais camaroneses é outra atração do país. Dentre eles, o Parque Nacional de Campo Ma’an, com as cachoeiras de Ekom Nkam e sua floresta equatorial; Korup; Waza, Mozogo Gokoro; Benoué; ou ainda Boubandjida e do Faro.

Parque Nacional de Waza Foto: Divulgação
Parque Nacional de Waza Foto: Divulgação
Girafas no Parque de Waza Foto: Divulgação
Girafas no Parque de Waza Foto: Divulgação
Zebras povoam muitos parques nacionais em Camarões Foto: Divulgação
Zebras também povoam muitos parques nacionais em Camarões Foto: Divulgação
Parque Nacional de Korup Foto: Divulgação
Parque Nacional de Korup Foto: Divulgação

Os cenários exóticos no planalto de Kapsiki, as margens do Logone e as Montanhas Alantika também parecem imperdíveis!

Planalto de Kapsiki Foto: Divulgação
Planalto de Kapsiki Foto: Divulgação
Margens do Rio Logone Foto: Divulgação
Margens do Rio Logone Foto: Divulgação

Por fim, para quem estiver procurando um bom repouso, pode-se descansar no belo litoral do país, com mais de 400 km de costa. Fugindo dos clichês sobre a África com safáris e densas florestas tropicais, o Balneário de Kribi surpreende com suas praias de beleza selvagem. Localizado mais ao sul, o lugar se tornou um dos pontos de encontro das elites africanas que frequentam a cidade aos finais de semana.

Balneário de Kribi Foto: Divulgação
Balneário de Kribi Foto: Divulgação
Kribi é bastante procurado para repouso Foto: Divulgação
Kribi é bastante procurado para repouso Foto: Divulgação

Se você ficou interessado e deseja visitar Camarões, seguem algumas informações para ajudar no planejamento da viagem.

Página do país:  www.cameroun-infotourisme.com

Como chegar: voos saem de São Paulo rumo a Yaoundé,  operados pelas companhias Air France e Lufthansa, com conexões em Paris e Frankfurt.

Moeda –  a unidade monetária dos Camarões é o franco CFA. Um euro equivale a aproximadamente 655 francos CFA.

Idioma – a língua predominante é o francês, embora o inglês também se fale em algumas regiões, além dos dialectos locais.

Vistos – é necessário um visto de entrada. Mais informações com a Embaixada de Camarões no Brasil.

Vacinas – no momento do embarque é necessário apresentação do Certificado Internacional de Imunização contra Febre Amarela (CIV).

Clima: a temperatura média durante o ano é de 26ºC.

 

Pesquisar

Andarilho

Viagens e estilo de vida.
Posts Recentes

01h09mDescubra 12 motivos pelos quais o seu cérebro precisa tirar férias

11h09mConfira seis cidades brasileiras para quem quer conhecer as culinárias regionais

02h09mWi-Fi: conecte-se de graça em qualquer lugar do mundo

02h08mPromoção: confira passagens aéreas para a Europa por menos de R$ 1.600

03h08mVacina contra febre amarela tem nova regra

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs
Redes Sociais
Instagram Siga o