Andarilho

Categoria: Albergues (hostels)


10:24 · 21.01.2015 / atualizado às 10:24 · 21.01.2015 por

Hospedar-se em um hostel (albergue em inglês) ainda é uma experiência desconhecida para muitos brasileiros. No entanto, o crescimento do número desses estabelecimentos no país é inegável, assim como um avanço considerável na qualidade das instalações e dos serviços, como atesta o ranking divulgado ontem pelo Hostelworld, um dos principais sites no mundo especializados em reservas de albergues.De acordo com a publicação, os três melhores hostels da América Latina ficam no Brasil.

Batizado de “Hoscars”, o “Oscar” dos hostels é divulgado anualmente pelo Hostelworld, baseado nas notas dadas pelos usuários aos estabelecimentos do gênero onde se hospedam, e lista os três melhores por continente, o melhor de cada país e o melhor por categoria (limpeza, segurança, localização, custo-benefício) e por capacidade (número total de camas).

Com 99% de aprovação dos hóspedes, o hostel Green Haven, de Ubatuba, no litoral de São paulo, foi o primeiro no ranking regional e também foi escolhido o mais popular do Brasil (categoria que avalia o número de reservas recebidas e a avaliação média dos clientes).

Foto: Green Haven Hostel/Divulgação
Green Haven Hostel obteve a primeira colocação Foto: Green Haven Hostel/Divulgação

Localizado em frente à praia do Perequê-Açu, o estabelecimento existe há um ano e oito meses e é tocado por dois irmãos. São seis quartos, cinco deles com ar condicionado, e as áreas comuns incluem terraço, lavanderia, cozinha e bar. Há também uma mesa de bilhar e Wi-Fi grátis. As diárias custam a partir de R$ 25 na baixa temporada (em quarto coletivo para 14 pessoas) e a partir de R$ 45 na alta temporada (no mesmo quarto).

Em segundo lugar vieram o Barra Beach Club, de Florianópolis, e, em seguida, o Discovery Hostel, do Rio de Janeiro – esse último foi o vencedor no ano passado.

Foto: Barra Beach Club/Divulgação
O Barra Beach Club foi o 2º hostel mais bem avaliado Foto: Barra Beach Club/Divulgação
Foto: Discovery Hostel/Divulgação
Foto: Discovery Hostel/Divulgação

A participação do Brasil no ranking foi recorde neste ano. Em 2014, foram três hostels mencionados; em 2013, dois; em 2012, não houve nenhum brasileiro na lista e em 2011 e 2010, apenas um.

Portugal, como em anos anteriores, liderou o ranking mundial e teve 14 estabelecimentos premiados, sendo dez na capital Lisboa. Em seguida vêm a Espanha e os Estados Unidos (com oito cada um), Alemanha (sete), Itália e Nova Zelândia (seis). O Brasil aparece empatado com Austrália, Canadá e República Tcheca, com cinco cada.

veja os principais vencedores por continente e as respectivas classificações (notas de avaliação)

América Latina

1. Green Haven (Ubatuba) – 99%
2. Barra Beach Club (Florianópolis) – 96%
3. Discovery Hostel (Rio de Janeiro) – 95%

Europa

1. Home Lisbon Hostel (Lisboa, Portugal) – 98%
2. Yes! Lisbon Hostel (Lisboa, Portugal – 97%
3. Mosquito Hostel (Cracovia, Polônia) – 97%

América do Norte

1. M Montreal (Montreal, Canadá) – 93%
2. Planet Traveler (Toronto, Canadá) – 91%
3. Montreal Central (Montreal, Canadá) – 91%

África

1. Atlantic Point Backpackers (Cidade do Cabo, África do Sul) – 94%
2. The Backpack (Cidade do Cabo, África do Sul) – 92%
3. Equity Point Marrakech (Marrakech, Marrocos) – 87%

Ásia

1. Mojzo inn (Nha Trang, Vietnã) – 96%
2. Khaosan Tokyo Kabuki (Tóquio, Japão) – 95%
3. Banana Hostel (Taipei, Taiwan) – 92%

Oceania

1. Adventure Queenstown Hostel (Queenstown, Nova Zelândia) – 98%
2. Travellers Oasis (Cairns, Austrália) – 91%
3. Bounce Sydney (Sydney, Austrália) – 92%

Confira o ranking completo e as demais categorias clicando aqui.

 

 

10:48 · 21.11.2014 / atualizado às 11:56 · 21.11.2014 por

Se tem um lugar que o brasileiro adora passar a virada do ano é na praia. Celebrar o Réveillon com o pé na areia ou no mar já já virou tradição no Brasil. No entanto, nesta época do ano, não há como negar que os preços das hospedagens tendem a ficar bem acima da média cobrada no restante do ano, quando a maoria dos hotéis está com quartos bloqueados por conta dos pacotes oferecidos por operadoras e agências de turismo.

Com exceção de Copacabana – onde estima-se que os preços das diárias sobem até dez vezes durante o período – ainda é possível encontrar opções bastante acessíveis pelo Brasil sem ter que recorrer a pacotes milionários para entrar 2015 sem estourar o orçamento. Assim, para quem quer economizar, vale cogitar hospedar-se em um hostel.

Se você considerar esta opção, o blog traz hoje, em pareceria com o site Hostelworld, especialista em hospedagem barata, uma seleção de dez belos destinos de praia no nosso País, onde há disponibilidade de hostels com diárias a partir de R$ 45 por pessoa (em dormitórios compartilhados). Os preços são para o dia 31 de dezembro, consultados no último dia 5 de novembro. Vale resslatar que as informações são de responsdabilidade dos estabelecimentos.

De Jericoacoara, no Ceará, descendo pelo Nordeste até o Sul, veja as opções!

– Jericoacoara, Ceará

Foto: Douglas Atlas/Flickr
Foto: Douglas Atlas/Flickr

Não é à toa que Jericoacoara frequentemente aparece em listas das praias mais bonitas do mundo. Suas dunas douradas, as águas quentes da Lagoa do Paraíso e as inconfundíveis redes dentro da água são cartões-postais ideais para qualquer verão. Jeri é a grande atração do litoral oeste do Ceará , no município de Jijoca de Jericoacoara, a 300 km de Fortaleza. E o Jeri Hostel Arte, com seu estilo rústico e aconchegante, com direito a deques de madeira com redes para aproveitar o clima paradisíaco, é uma boa opção para hospedagem. Diárias a partir de R$ 150.

Jeri Hostel Art Foto: Hostelworld/Divulgação
Jeri Hostel Art Foto: Hostelworld/Divulgação

– Cumbuco, Ceará

Foto: Otávio Nogueira/Flickr
Foto: Otávio Nogueira/Flickr

Parte de um dos principais pólos turísticos do Ceará, o município de Caucaia, a 35 km de Fortaleza, tem sua menina-dos-olhos na praia Praia do Cumbuco. Considerada uma das melhores do mundo para a prática de kitesurf, tem também atrações naturais como suas dunas e lagoas, e atividades como passeios de buggy, jangada e até jegue. Ficando no Rolling Stone Hostel, situado na Avenida das Dunas, o hóspede conta com piscina, jardim com redes para relaxar e café da manhã incluído. Diárias a partir de R$ 45.

Rolling Stone Hostel Foto: Hostelworld/Divulgação
Rolling Stone Hostel Foto: Hostelworld/Divulgação

– Porto de Galinhas, Pernambuco

Foto: Daniel Martins/Flickr
Foto: Daniel Martins/Flickr

Indiscutivelmente um dos balneários mais badalados do Brasil, Porto de Galinhas – no município de Ipojuca (região metropolitana do Recife) – encanta por suas belezas naturais, piscinas de águas claras, mangues, coqueirais, areia branca, trilhas e tanto mais. E próximo da praia, está o Beach Hostel La Rocca Brasil, que dispõe de ampla piscina para os hóspedes, além de jardim com redes e café da manhã incluído. Diárias a partir de R$ 90.

Beach Hostel La Rocca Brasil Foto: Hostelworld/Divulgação
Beach Hostel La Rocca Brasil Foto: Hostelworld/Divulgação

– Maragogi, Alagoas

Foto: Thiago Melo/Flickr
Foto: Thiago Melo/Flickr

O apelido de “paraíso das águas” fica evidente ao primeiro passo em Maragogi. O esplêndido verde azulado das águas de suas praias deixam qualquer um encantado. Adicione areias claras, coqueirais e as mundialmente famosas galés – piscinas naturais de águas transparentes onde os visitantes banham-se rodeados de corais e peixes – e o paraíso está mesmo confirmado. E quem fica no Brazuca Hostel tem uma vista das mais belas. O hostel fica muito perto do mar e oferece café da manhã incluso e o melhor exemplo da hospitalidade típica da região. Diárias a partir de R$ 70.

Brazuca Hostel Foto: Hostelworld/Brasil
Brazuca Hostel Foto: Hostelworld/Brasil

– Praia da Barra/Salvador, Bahia

Foto: Angélica Alves/Flickr
Foto: Angélica Alves/Flickr

Um dos destinos mais populares do verão brasileiro, Salvador é também um dos preferidos para curtir a virada de ano. Especialmente se for à beira da praia. E a praia do Porto da Barra é quase imbatível. Visual deslumbrante, gente animada e a chance de banhar-se na Baía de Todos os Santos para receber o novo ano com todo o gás. E novo hostel Ligando Energias Barra fica pertinho da Avenida Oceânica. Tem uma clima caseiro e confortável, e oferece alguns quartos com vista para o mar. Diárias a partir de R$ 80.

Ligando Energias Barra Foto: Hostelworld/Divulgação
Ligando Energias Barra Foto: Hostelworld/Divulgação

– Itacaré, Bahia

Foto: Otávio Nogueira/Flickr
Foto: Otávio Nogueira/Flickr

O pequeno município do litoral sul baiano costuma ser reduto dos ricos e famosos, e dá para entender o porquê. Paisagens paradisíacas, com praias de areia branca e boas ondas, morros de mata atlântica, coqueirais, trilhas e tudo em um clima tranquilo e aconchegante, como só os baianos sabem oferecer. E no Bananas Hostel, os coqueiros e as redes da área externa são um convite para entrar no clima relaxante da cidade. À noite, o espaço ganha vida, e gente de todas os cantos do País (e do mundo) se encontram para tomar uma bebida. Diárias a partir de R$ 80.

Bananas Hostel Foto: Hostelworld/Divulgação
Bananas Hostel Foto: Hostelworld/Divulgação

– Búzios, Rio de Janeiro

Foto: CarricaFred/Flickr
Foto: CarricaFred/Flickr

A duas horas do Rio, a cidade de Armação de Búzios, que tem cerca de 30 mil habitantes regulares, chega a somar 700 mil visitantes na alta temporada. Motivos não faltam. Praias famosas de água morna ou com ondas ideais para praticar esportes, noite animada, gastronomia rica e turistas de todas as partes do mundo, especialmente no Réveillon. Localizado a três quadras da praia de Geribá (o point dos surfistas), o Yolo Hostel é uma boa opção para aproveitar todo esse astral. Conta com piscina, redes, bar e um clima descontraído ideal para conhecer gente nova. Diárias a partir de R$ 106.

Yolo Hostel Foto: Hostelworld/Divulgação
Yolo Hostel Foto: Hostelworld/Divulgação

– Saquarema, Rio de Janeiro

Foto: Kaj17/Flickr
Foto: Kaj17/Flickr

O pequeno município da Região dos Lagos carioca é denominada capital nacional do surfe. As condições para o esporte são mesmo excelentes, mas lá famílias e veranistas dividem o espaço com os surfistas harmonicamente. Suas belas praias, lagoas, cachoeiras e cascatas, além dos diversos quiosques e bares ao longo da orla, encantam qualquer um. E é no Itaúna Hostel, que fica só a 200 metros na praia de mesmo nome (uma das melhores para o surfe e mais traquila), que você pode encontrar o seu espaço. Tem bastante área verde com redes para relaxar, além de aluguel de bicicletas e pranchas. Diárias a partir de R$ 72.

Itaúna Hostel Foto: Divulgação
Itaúna Hostel Foto: Divulgação

– Maresias, São Paulo

Foto: Jordan Klein/Flickr
Foto: Jordan Klein/Flickr

Areias brancas, grandes ondas, bares e restaurantes sofisticados, movimentação noturna como poucas. Na cidade histórica de São Sebastião, norte de São Paulo, a praia de Maresias é a queridinha dos surfistas e da galera jovem. E no final de ano, natureza e festa combinam perfeitamente e a praia lota. Uma ótima opção de estadia é o Che Lagarto Hostel Maresias, com suas instalações impecáveis (compartilhadas e privadas) e localização privilegiada (pertinho da praia). Diárias a partir de R$ 156.

Che Lagarto Maresias Foto: Hostelworld/Divulgação
Che Lagarto Maresias Foto: Hostelworld/Divulgação

– Praia Mole/Florianópolis, Santa Catarina

Foto: Felipe Reis/Flick
Foto: Felipe Reis/Flick

Entre tantas opções de lindas praias em Floripa, a Mole se destaca pelo ecletismo de seus frequentadores. Ao leste da ilha, a praia atrai esportistas (surfe e parapente), a comunidade LGBT e todo tipo de gente bonita e descolada. Belas paisagens e agitação complementam-se perfeitamente. E o The View Hostel é a opção perfeita: barato, simples, hospitaleiro e com uma vista espetacular da Praia Mole. Conta com bar, cozinha comunitária e um café da manhã delicioso. Diárias a partir de R$ 65.

The View Hostel Foto: HostelWorld/Divulgação
The View Hostel Foto: HostelWorld/Divulgação
10:47 · 09.06.2014 / atualizado às 10:47 · 09.06.2014 por

Semana de Copa do Mundo, mas também dos Namorados. Dia 12 está aí, e mesmo que o Mundial de Futebol esteja tirando um pouco o romantismo das comemorações, que tal supreender o seu parceiro ou parceira com uma viagem? Se preferir, esta pode perfeitamente ser feita após o campeonato, ou existe data e hora para celebrar o amor?

Pensando nisso, compartilho com vocês estas sugestões preparada pelo site de reservas Hostelworld, com dicas de hostels para os apaixonados e, claro, deixar o passeio mais em conta, para quem estiver com o orçamento apertado. Alguns deles são considerados românticos, outros contam com conceito design e tem também os que reservam quartos privativos. Assim, vamos a eles!

Se o objetivo é surpreender o seu amor com uma viagem romântica, Roma é a opção certa. O Sleeping Beauty Hostel é a sugestão de hospedagem na cidade italiana. O hostel é conhecido por um serviço personalizado e o toque clássico de suas instalações. Oferece ar condicionado, jogos de tabuleiro, troca de livros, TV a cabo, elevador, acesso à internet, cozinha, depósito para bagagens e toalhas. E fica bem pertinho do Coliseu. Apenas 10 minutos de caminhada.

Foto: Hostelworld/Divulgação
Foto: Hostelworld/Divulgação

Paris também nao poderia deixar de constar da lista. Que tal o conceito design do Oops Design Hostel? Localizado no centro da cidade, este hostel conta com cores fortes, quartos impecavelmente bem desenhados e cheios de conforto. Todos os cômodos tem banheiros, chuveiros e ar condicionado. Oferece acesso à internet, café da manhã, sala de bagagens, roupas de cama, acesso para deficientes e elevador.

Foto: Hostelworld/Divulgação
Foto: Hostelworld/Divulgação

Quase no oriente, a outra sugestão, o Portus House, fica em Istambul, na Turquia. Alojado em um edifício art-noveau – estilo de arquitetura popular entre os anos de 1890 e 1910 -, o hostel dispõe de dez quartos, todos com climatização, acesso a internet, cofre e decoração moderna. Mas um dos principais destaques é o café da manhã turco com delicias sempre fresquinhas.

Foto: Hostelworld/Divulgação
Foto: Hostelworld/Divulgação

Ainda no clima das mil e uma noites, no Marrocos o principal destaque é o Hostel Riad Lakhdar. Localizado em Marrakech, o hostel contempla decoração típica e é ideal para quem busca momentos de relax. Está localizado a cinco minutos da Praça Jemaa el Fna, o epicentro da cidade. Conta com apenas seis quartos, todos com ar condicionado, aquecimento e banheiro privado. Mobiliário de design personalizado com arte popular. Conta com café da manhã muito bem recomendado pelos clientes Hostelworld, WiFi, estacionamento, restaurante e acesso a pessoas com mobilidade especial.

Foto: Hostelworld/Divulgação
Foto: Hostelworld/Divulgação

Aqui pelas Américas, as sugestões começam por Cozumel, no México, onde o grande destaque fica por conta do Hacienda San Miguel Suites (até já o citamos aqui no blog). Com um estilo colonial, o hostel dispõe de suítes que circundam um jardim tranquilo, rico em plantas e flores e sons de pássaros. O estabelecimento conta com 11 suites em estilo colonial (típico da região), decoradas com móveis em madeira esculpida no estilo rústico mexicano.

Foto: Hostelworld/Divulgação
Foto: Hostelworld/Divulgação

Já pra quem prefere viajar pelo Brasil, o Hostelworld destaca dois hostels. O primeiro é o Zbra, um hostel boutique localizado no Rio de Janeiro, no Leblon, uma das áreas mais nobres da capital fluminense. A um quarteirão da praia e perto dos melhores bares, restaurantes e lojas, o lugar se destaca pelo design arrojado e decoração vintage. O hostel oferece acesso à internet, café da manhã, bar e exposições de arte.

Foto: Hostelworld/Divulgação
Foto: Hostelworld/Divulgação

O segundo é o Sunset Hostel & Suites, que fica em Búzios e oferece acomodações particulares e compartilhadas com vista panorâmica para o pôr do sol e também para a praia. Conta com um bar e restaurante a beira da piscina. Localizado a 5 minutos da famosa Rua das Pedras, no centro da cidade.

Foto: Hostelworld/Divulgação
Foto: Hostelworld/Divulgação

É claro que existem outras opções e em mais cidades. Consulte hostels e destinos na página do Hostelworld.

 

 

10:35 · 23.05.2014 / atualizado às 11:09 · 23.05.2014 por

Sou fã de hostels! Como geralmente embarco em viagens solo, é a chance de conhecer gente nova, socializar e, claro, economizar. Mas isso sem abrir mão do mínimo de conforto. Mesmo com acomodações mais simples que a dos hotéis, os hostels não ficam atrás em termos de localização e, alguns casos, são bem mais interessantes e confortáveis que estabelecimentos de duas e até três estrelas.

Prefrências à parte, vamos ao que interessa. Considerando o quesito localização, já vi muito hostel curioso por aí: em um barco ancorado (Estocolomo – Suécia), em uma antiga prisão (Zagreb – Croácia) e em um castelo reformado (Escócia). Agora, em meio a uma favela pra mim é novidade. Fiquei super curioso quando descobri e veja porquê.

Falo do Mirante do Arvrão, um hostel-boutique, inaugurado em dezembro de 2013 – projeto do top arquiteto Hélio Pellegrino – que promete dentre outros atrativos, uma vista hipnotizante do Rio de Janeiro. O estabelecimento se encontra no topo do Vidigal, hoje uma favela pacificada. Lá de cima, do terraço-mirante do local, somente o azul do céu e do mar. E de qualquer um dos dois decks do estabelecimento, você ganha um combo: orla Ipanema-Leblon + a face do morro Dois Irmãos + a encantadora comunidade abaixo. É mole ou quer mais?

Vista a partir do hostel Foto: Mirante do Arvrão/Divulgação
Vista a partir do hostel Foto: Mirante do Arvrão/Divulgação

Se isso não bastasse, você pode ter isso tudo enquanto saboreia um chop bem gelado e um petisco do Belmonte. Sim, o restaurante e bar do Mirante do Arvrão é um Boteco Belmonte, uma tradicional rede de botecos-chique da capital carioca, com filiais no Leblon, Ipanema, Jadim Botânico, Copa e agora no Vidigal.

O Belmonte Bar que fica no hostel Foto: Mirante do Arvrão/Divulgação
O Belmonte Bar que fica no hostel Foto: Mirante do Arvrão/Divulgação
O deck Foto: Mirante do Arvrão/Divulgação
O deck Foto: Mirante do Arvrão/Divulgação

Outro plus do local é que ele é 100% eco-friendly. Tem captação de água da chuva, o aquecimento é feito por energia solar e só utiliza materiais renováveis.

Na hora de fazer a reserva o hóspede tem a opção de quartos compartilhados (de 6 e 8 pessoas) e individuais, todos com ar-condicionado, conexão WiFi, armários, café da manhã incluso e, claro, a prometida vista. Para as acomodações compartilhadas as diárias variam de R$ 60 a R$ 80 por pessoa. Já as individuais custam R$ 300, podendo acomodar até duas pessoas, e contam com banheiro no quarto.

Quarto compartilhado Foto: Mirante do/Divulgação Arvrão
Quarto compartilhado Foto: Mirante do/Divulgação Arvrão
Quarto individual Foto: Mirante do Arvrão/Divulgação
Quarto individual Foto: Mirante do Arvrão/Divulgação
Banheiros Foto: Mirante do Arvrão/Divulgação
Banheiros Foto: Mirante do Arvrão/Divulgação
Corredores Foto: Mirante do Arvrão/Divulgação
Corredores Foto: Mirante do Arvrão/Divulgação
Recepção Foto: Mirante do Arvrão/Divulgação
Recepção Foto: Mirante do Arvrão/Divulgação
Fachada Foto: Mirante do Arvrão/Divulgação
Fachada Foto: Mirante do Arvrão/Divulgação
O café da manhã Foto: Mirante do Arvrão/Divulgação
O café da manhã Foto: Mirante do Arvrão/Divulgação

Para reservas e mais informações, sugiro visitar a página do hostel na internet ou sua fan page no facebook. Pelo booking.com é possível saber a opinião de quem já se hospedou.

Uma coisa é certa: se já faz alguns anos que tanto cariocas quanto gringos vêm subindo o Vidigal, carregados pela energia do local e sedentos pela vista, empurrados depois pelo movimento de festas e de migração de bares e restaurantes bacanas, certamente o Mirante do Avrão será mais um atrativo pra chamar o povo do asfalto lá pra cima. Eu adorei.  Acho que em uma próxima visita ao Rio irei conhecer!

08:00 · 07.05.2014 / atualizado às 00:27 · 07.05.2014 por

Você é do tipo que todos os anos sempre fica na dúvida na hora de presentear a sua mãe no dia dedicado a elas? Não se preocupe, conheço muita gente na mesma situação. E como o nosso assunto preferido aqui é viajar, que tal dar de presente, neste ano, uma viagem memorável? Ah, vai sair caro, alguns podem argumentar. Engano seu, eu diria. Sobretudo porque sempre há como baixar o custo, optando por hospedagens mais econômicas, por exemplo.

Alternativas aos hotéis e pousadas, os hostels, como hoje em dia são mais conhecidos os albergues, e ainda os Bed and Breakfast (cama e café), têm crescido no gosto do brasileiro em viagens tanto aqui como no exterior. Estes já não são mais exclusividade da juventude e muitos são tão bons quanto, ou até melhores, que muito hotel de 2 e 3 estrelas, podendo estar situados em locais imbatíveis e bastante agradáveis. Além de, é claro, permitir conhecer gente do mundo todo.

Ficou convencido? Pois olha só essa lista preparada pelo site de reservas Hostelworld, com opções super bacanas para a agradar a sua mãe. Ainda não fiquei hospedado em nenhum deles, mas pelas imagens e avaliação de quem já experimentou a experiência parece valer à pena.

De Santa Catarina com destino ao Rio de Janeiro, passando por São Paulo, Angra dos Reis e Buzios e destinos internacionais como Veneza, Barcelona, Ilha da Madeira, Cozumel e Holbox Island, confira alguns dos melhores hostels e Bed and Breakfast do mundo, avaliados pelo site.

Em Florianópolis o destino é o The View Hostel.

Com ambiente descontraído e perto da praia (5 minutos a pé) o estabelecimento oferece uma das melhores vista da cidade e acesso á vida noturna.

Foto: Hostelworld/Divulgação
Foto: Hostelworld/Divulgação
Foto: Hostelworld/Divulgação
Foto: Hostelworld/Divulgação

Uma vez em São Paulo, o destaque fica com o We Hostel.

Com uma proposta design, ocupa uma mansão do início do século passado, onde praticamente todos os ambientes foram mantidos ao projeto original com introdução de interferências contemporâneas pela mistura de decoração vintage com ambientes modernos e interativos.

Foto: Hostelworld/Divulgação
Foto: Hostelworld/Divulgação

Chegando ao Rio de Janeiro, o Hostel Baixo Copa Guest House, em Ipanema, é o escolhido!

Trata-se de apartamento decorado e estruturado com todo conforto. São quatro quartos de casal (ou duplo), equipados com Tvs de Led, Laptops em todos os quartos, WI-Fi, secadores de cabelo, ferro de passar,luminárias de leitura, camas queen size, café da manhã, cozinha aparelhada, tv à cabo, roupas de cama e toalhas, câmeras de segurança e fechaduras eletrônicas.

Foto: Hostelworld/Divulgação
Foto: Hostelworld/Divulgação

Já em Ilha Grande, Angra dos Reis, o destaque fica por conta do Aquario Pousada – Hostel.

Situado na frente mar p estabelecimento está situado a cerca de sete minutos a pé do centro de Abraao e é o único hostel a um passo de distância de algumas das mais belas praias de Ilha Grande tem para oferecer.

Foto: Hostelworld/Divulgação
Foto: Hostelworld/Divulgação

E em Búzios está localizado o Lagoa Beach Hostel.

A apenas uma quadra da melhor praia de Búzios, o Lagoa Beach Hostel é uma casa de praia renovada, umbicada no bairro de Geribá. O maravilhoso pôr do sol a partir do terraço da piscina é um dos atrativos do lugar.

Foto: Hostelworld/Divulgação
Foto: Hostelworld/Divulgação

Se optar pelo México, um dos destaques fica em Holbox Island, com o Hostel & Cabanas Ida y Vuelta Camping.

Composto por dez bangalôs, é rodeado por coqueiros, mangues e palmeiras tem um jardim bastante amplo e fica localizado tanto próximo à praia como ao centro da cidade.

Foto: Hostelworld/Divulgação
Foto: Hostelworld/Divulgação
Foto: Hostelworld/Divulgação
Foto: Hostelworld/Divulgação

Também neste país, só que em Cozumel, o destino é o Hacienda San Miguel Suites.

Em estilo colonial clássico, dispõe de 11 suites que circundam um jardim tranquilo. Cada unidade é decorada com móveis de madeira esculpida rústico mexicano e inclui cozinha totalmente equipada, TV a cabo com controle remoto, ar-condicionado e banheiro privativo.

Foto: Hostelworld/Divulgação
Foto: Hostelworld/Divulgação
Foto: Hostelworld/Divulgação
Foto: Hostelworld/Divulgação

Na Ilha da Madeira, Portugal, a opção é o Hostel Estalagem do Vale.

Situado em um dos mais belos vales da Madeira, é composto por uma casa do século XVIII, com grande valor histórico, que foi restaurada e ampliada para servir de hospedagem.

Foto: Hostelworld/Divulgação
Foto: Hostelworld/Divulgação

Em Barcelona, o Casa Gracia Barcelona Hostel é o principal destaque entre os hostels da cidade.

Localizado perto de La Pedrera de Gaudí, Casa Batlló e lojas, é classificado como um hostel boutique.

Foto: Hostelworld/Divulgação
Foto: Hostelworld/Divulgação
Foto: Hostelworld/Divulgação
Foto: Hostelworld/Divulgação

Por fim, em Veneza, Itália, o destino principal quando se fala de Hostels é o Palazzo Guardi.

Trata-se de um magnífico palácio veneziano que remonta ao século 15, completamente restaurado e transformado em 16 quartos confortáveis, todos decorados em estilo típico veneziano. Fica a dez minutos a pé da Praça de São Marcos e da Ponte Rialto.

Foto: Hostelworld/Divulgação
Foto: Hostelworld/Divulgação
Foto: Hostelworld/Divulgação
Foto: Hostelworld/Divulgação

Claro que as opções não param por aí. Contudo, espero que tenha gostado das sugestões. Eu gostei!

11:04 · 26.08.2013 / atualizado às 11:04 · 26.08.2013 por
Galera na piscina no HI Hostel Arraial dAjuda Foto: Divulgação
Galera na piscina no HI Hostel Arraial dAjuda Foto: Divulgação

Você já ouviu falar dos albergues, os chamados hostels, em inglês, certo? Pois bem, na hora de se hospedar, brasileiros, em geral, costumam ter preconceito com esse tipo de acomodação. Muitos falam sem nunca ter colocado os pés em um, e por desconhecerem seu funcionamento, rejeitam logo de cara. É uma opção, claro! Se você pode ficar em hotéis bons e caros, por que dormir em um albergue, não é ? Porém, muita gente, não tem essa facilidade, e acaba deixando de viajar ou se limitando por puro desconhecimento.

Quando digo que já fiquei em hostels, alguns amigos torcem o nariz. Todavia, como já fiz muitas viagens sozinho, acho uma forma bastante razoável de se hospedar. Em primeiro lugar por conta do preço. Pagar uma diária de hotel só para uma pessoa costuma ser bem pesado – normalmente, o valor de um quarto individual é mais alto do que a metade de um duplo. Assim, ficar em albergues me permitiu permanecer mais tempo viajando do que conseguiria caso ficasse apenas em hotéis.

Há outro lado também: se você viaja sem companhia, pode ser uma excelente oportunidade de fazer amigos para alguns programas. Encontramos viajantes de todo o mundo e o clima de socialização é bem legal, sendo uma ótima chance para praticar outros idiomas.  Já tive a sorte de conhecer muita gente bacana, que mantenho contato até hoje.

E se você ainda é daqueles que pensam que hostels são uma bagunça, trate de mudar de opinião. Existem regras e muitos são tão bons – ou até melhores – quanto alguns hotéis três estrelas, podendo estar situados em locais particularmente agradáveis, centrais ou curiosos – um barco ou um castelo reformado, por exemplo. Fora a decoração, que apesar de simples é bem aconchegante. Existem até hostels design nos dias atuais. A maioria tem cozinha equipada e disponível, sala de estar, de TV e DVD, jogos, pátio e até bar. A diversão quase sempre é garantida.

O famoso albergue que é um barco, em Estocolmo Foto: Divulgação
O famoso albergue que é um barco, em Estocolmo Foto: Divulgação

Porém, não dá para esperar serviço de hotel em um albergue. No entanto, mesmo com o baixo custo, há os que oferecem facilidades e comodidades, mas são coisas completamente diferentes dos hotéis em geral. Muitos disponibilizam internet gratuita para os hóspedes — já vi até wi-fi nos quartos — enquanto a maior parte dos hotéis cobra taxas extras para isso.

Não é incomum também oferecerem café da manhã e entradas mais baratas ou facilitadas em eventos culturais, boates, passeios, estádios etc. Uma economia e tanto. As roupas de cama, geralmente, estão incluídas nas diárias, o que não acontece com as toalhas. Caso não tenha levado a sua, pode-se alugar uma durante a estadia. Convém verificar antes de reservar.

E os banheiros? Há diferentes tipos de hostels nesse quesito. O mais comum é aquele em que estes ficam fora dos quartos, sendo compartilhados com gente do mesmo andar. Outros têm suítes. Porém, os banheiros continuam sendo coletivos, mas só as pessoas daquele quarto o utilizam.

Em suma, ao se hospedar em um albergue você deve estar preparado para dividir o seu espaço. Na maior parte das vezes os quartos são mistos. Normalmente para quatro a seis pessoas. Há opções de dormitórios só para homens e outro para mulheres, mas é mais raro. E todos, hoje em dia, ofertam acomodação mais privada, para duas ou três pessoas. Ótimas para casais, o que acaba se tornando praticamente um hotel, mas com a estrutura o astral de um hostel. Ah, e esqueça a questão da idade. Atualmente, as portas estão abertas para todo tipo de público. Então, por que pagar mais se você pode economizar?

08:46 · 21.03.2012 / atualizado às 08:46 · 21.03.2012 por

Hospedar-se em albergues, também conhecidos por hostels, assim como são chamados no exterior, começam a ganhar cada vez mais adeptos no Brasil e, por conta, disso, novos e melhores estabelecimentos estão surgindo.

As opções mais populares do gênero no País durante o último verão foram apontadas segundo pesquisa do site www.albergues.com.br, a primeira página na internet em território nacional a tratar sobre hospedagem em albergues da juventude, aqueles filiados à rede Hostelling Internacional (HI).

A votação levou em conta a participação e o envolvimento dos hostels brasileiros através de seus contatos, festas e participação em redes sociais.

Para tornar o processo mais justo, o site promotor inviabilizou, o máximo possível, o voto duplo de uma mesma pessoa, controlando e bloqueando e-mails repetidos e ID de computadores, entre outros.

Conheça a lista dos 10 Melhores Albergues da temporada Verão 2012, da rede HI, segundo o site:

1ª HI Bonito Hostel – www.bonitohostel.com.br

2º HI Tribo Hostel SP – www.ubatubahostel.com

3º HI Lua Cheia em Natal – www.luacheia.com.br

4º HI Verdes Mares Natal – www.hostelverdesmares.com.br

5º HI Maresias SP – www.maresiashostel.com.br

6º HI Sampa SP – www.hostelsampa.com.br

7º HI Mainara João Pessoa – www.mainarahostel.com.br

8º HI Arraial D’Ajuda BA – www.arraialdaajudahostel.com.br

9º HI Pipa RN – www.pipahostel.com.br

10º HI Caminhos da Chapada – Palmeira BA – www.hostelcaminhosdachapada.com

Pelas fotos sintam só o estilo de alguns dos vencedores:

HI Bonito Hostel Foto: Divulgação

 

HI Lua Cheia em Natal Foto: Divulgação

 

HI Arraial D'Ajuda BA Foto: Divulgação
Pesquisar

Andarilho

Viagens e estilo de vida.
Posts Recentes

01h09mDescubra 12 motivos pelos quais o seu cérebro precisa tirar férias

11h09mConfira seis cidades brasileiras para quem quer conhecer as culinárias regionais

02h09mWi-Fi: conecte-se de graça em qualquer lugar do mundo

02h08mPromoção: confira passagens aéreas para a Europa por menos de R$ 1.600

03h08mVacina contra febre amarela tem nova regra

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs
Redes Sociais
Instagram Siga o