Andarilho

Categoria: Colômbia


14:40 · 28.03.2016 / atualizado às 14:40 · 28.03.2016 por

Buenos Aires, Santigo do Chile, Montevidéu, Punta del Este, Machu Picchu, Cartagena de Índias certamente são destinos que vêm logo à cabeça de quem pensa em viajar pela América do Sul. Eu pelo menos já fui a vários deles, inclusive mais de uma vez, e adorei. Mas que tal inovar no roteiro e ainda assim não gastar tanto em uma viagem internacional?

Essa é a proposta de uma listinha que recebi da SealBag, empresa especializada em lacres para malas. Confira quais as opções em sete países da região.

Equador – Balanço do Fim do Mundo

Balanço do Fim do Mundo Equador Foto: Divulgação
Balanço do Fim do Mundo Equador Foto: Divulgação

Uma visita ao arquipélago de Galápagos é o sonho de diversos viajantes que desejam desbravar o local que inspirou Charles Darwin. Mas o Equador reserva um passeio inusitado no continente, em Baños, entre os Andes e a Amazônia, trata-se do impressionante “balanço do fim do mundo”, que se projeta sobre um abismo. Preso em uma casa na árvore a 2.600 metros acima do nível do mar, nele o turista avista montanhas e também um vulcão ativo.

Colômbia – Caños Cristales

Colômbia – Caños Cristales Foto: Divulgação
Caños Cristales – Colômbia Foto: Divulgação

Patrimônio Histórico da Humanidade, a cidade de Cartagena das Índias é destino certeiro no país por sua arquitetura colonial e mar caribenho. Agora, para uma experiência quase psicodélica, visite Caños Cristales, o chamado “rio mais bonito do mundo”, com águas arco-íris. O fenômeno é resultado de plantas aquáticas e ocorre entre julho e novembro. A sua localização é no Parque Nacional Natural Sierra de La Macarena.

Chile – Marble Caves

Marble Caves - Chile Foto: Divulgação
Marble Caves – Chile Foto: Divulgação

Santiago é parada obrigatória para quem visita o país, com mirantes espalhados pela capital, que mistura monumentos históricos a prédios modernos. Por outro lado, é no sul do país que se localiza Marble Caves, a impressionante “caverna de mármore”, que forma um espetáculo de formas e cores. O passeio de barco pela água azul-turquesa para a atração turística parte da cidade de Puerto Rio Tranquilo.

Peru – Deserto Ica

Deserto Ica - Peru Foto: Divulgação
Deserto Ica – Peru Foto: Divulgação

O combo Lima/Cusco/Machu Picchu é o roteiro básico no país, com o santuário histórico construído pelos incas como o cartão-postal e estrela nacional. Entre os passeios ainda desconhecidos do grande público, o deserto Ica se destaca e atrai fãs de esportes de aventura, que se divertem praticando sandboard. Nesse cenário árido, o oásis La Huacachina surge como uma miragem.

Bolívia – Copacabana

Copacabana - Bolívia Foto: Divulgação
Copacabana – Bolívia Foto: Divulgação

Expedição comum entre viajantes, o Salar Del Uyuni é um deserto de sal boliviano que encanta por suas paisagens únicas na seca ou espelhadas na cheia. Mas quem poderia imaginar que a Bolívia teria a sua Copacabana? A cidade fica às margens do lago Titicaca e tem um clima descolado, praiano e muitos jovens mochileiros pelas ruas. O passeio de barco pela Ilha do Sol é imperdível.

Argentina – Perito Moreno

 Perito Moreno - Argentina Foto: Divulgação
Perito Moreno – Argentina Foto: Divulgação

A capital Buenos Aires é destino tradicional no país vizinho, seja para comer alfajor, ver tango ou passear pelas ruas cosmopolitas. Agora, quem tem espírito aventureiro e quer estar em contato com a natureza vai até o Perito Moreno. Para visitar a geleira de 5 km de comprimento e 60 metros de altura, o mais comum é partir de excursões de El Calafate, ao sul da Argentina. Pode-se admirar o gigante gelado durante um passeio de barco, da vista panorâmica e até caminhar sobre ele.

Uruguai – Cabo Polonio

Cabo Polonio - Uruguai Foto: Divulgação
Cabo Polonio – Uruguai Foto: Divulgação

O país atrai quem quer ver mais de perto a badalada capital Punta Del Leste e o charme da bucólica cidade de Colonia Del Sacramento. Já os visitantes que querem contato com a natureza e se desligar da civilização têm se encantado com Cabo Polonio. A ex-vila de pescadores não tem eletricidade, internet, água corrente e é um refúgio de ecoturismo. Lá o objetivo é relaxar com o pé na areia, admirar o céu estrelado e curtir a vida boêmia iluminada por fogueiras.

E aí, o que você achou? Eu gostei e certamente tentarei incluí-los nas próximas viagens pelos nossos vizinhos.

10:18 · 04.07.2014 / atualizado às 10:18 · 04.07.2014 por

Hoje, mais uma seleção pisa no gramado da Arena Castelão, em Fortaleza, na disputa pela Copa. Depois de Uruguai, Costa Rica, México, Alemanha, Gana, Grécia, Costa do Marfim e Holanda, vem a Colômbia. O coração bate mais forte porque será contra o Brasil. E, claro, espero ( e vamos!) que saíamos vencedores.

Portanto, a única referência que vou fazer aqui é sobre o turismo neste nosso vizinho sul-americano, que vem atraindo cada vez mais visitantes.

Infelizmente quando se fala em Colômbia, ainda há certo preconceito quanto ao país. Entretanto, segundo os relatos que escuto (até porque ainda não fui), vale à pena demais. E não tem porque não apagar da memória todas as velhas imagens que se possa ter sobre o lugar. Sabe por que? Permita-se conhecer um destino capaz de surpreender o turista com muita animação e atrações que incluem sítios históricos e praias caribenhas.

Segundo pesquisei, além da beleza natural e biodiversidade – praias, fontes naturais, águas termais, cachoeiras e florestas -, chama a atenção a arquitetura, as manifestações culturais e a gastronomia, esta última inclui desde receitas a base de mariscos e carnes, a uma enorme variedade de sopas, sobremesas e cerca de 150 variedades de frutas.

Para os mais aventureios, dada à sua geografia, o país oferece ampla gama de esportes, sendo ideal para a prática de windsurf, esqui aquático, kite surf, rafting, mountain bike, caminhadas, parapente, pára-quedismo e escalada.

E na lista dos lugares a visitar, e que podem ser uma base de uma viagem bacana por terra colombianas, estão:

Bogotá

É a capital, centro comercial, industrial e de desenvolvimento cultural da Colômbia. Alguns dos pontos turísticos da cidade são: o bairro da Candelária, seu centro histórico com ruas de paralelepípedos e casas do período colonial; os museus do Ouro e de Botero, a colina de Monserrate, os parques Simón Bolívar e Metropolitano, o Jardim Botânico e ainda o Centro Cultural Gabriel García Márquez e o Maloka, um museu de ciência interativo.

Centro histórico de Bogotá Foto: Divulgação
Centro histórico de Bogotá Foto: Divulgação
Catedral de Bogotá Foto: Divulgação
Catedral de Bogotá Foto: Divulgação
Colina de Monserrate Foto: Divulgação
Colina de Monserrate Foto: Divulgação
Jardim Botânico de Bogotá Foto: Divulgação
Jardim Botânico de Bogotá Foto: Divulgação
Sala no Museu do Ouro Foto: Divulgação
Sala no Museu do Ouro Foto: Divulgação
Museu Botero Foto: Divulgação
Museu Botero Foto: Divulgação
Museu de ciência e tecnologia interativo Maloka Foto: Divulgação
Museu de ciência e tecnologia interativo Maloka Foto: Divulgação

Já em um povoado próximo, Zipaquirá, há também a Catedral de Sal, que fica dentro de uma mina.

Catedral de Sal Foto: Divulgação
Catedral de Sal Foto: Divulgação

Cartagena das Ìndias

Escondida entre muralhas, a cidade reúne em um mesmo lugar o passado colonial da região, o que lhe rendeu o título de Patrimônio Mundial da Humanidade, e um litoral de tons, aromas e sabores que agrada a todos. É tambem a porta de entrada para o caribe colombiano. Portanto, a cereja do bolo de quem vai à Colômbia.

Cartagena das Índias Foto: Divulgação
Cartagena das Índias Foto: Divulgação

San Andrés

Isolada a 720 km da costa colombiana, a ilha caribenha tem praias de areias brancas, mar de águas com tons que dizem ser fantásticos e uma tranquilidade rara em outros destinos litorâneos do país. Destino perfeito para os amantes do mergulho.

O mar caribenho de San Andrés Foto: Divulgação
O mar caribenho de San Andrés Foto: Divulgação

Barranquilla

Onde acontece o carnaval colombiano,uma das festas populares mais importantes e animadas do país. Por lá um belo jardim zoológico, museus, praças, centros comerciais e praias próximas.

Praça de San Nicols em Barranquilla Foto: Divulgação
Praça de San Nicols em Barranquilla Foto: Divulgação
Carnaval de Barranquilla Foto: Divulgação
Carnaval de Barranquilla Foto: Divulgação

Santa Marta

Uma das mais antigas cidades da Colômbia. Fica em uma baía cercada pela cordilheira da Sierra Nevada. A cidade é conhecida por suas construções coloniais, parques naturais e ainda belas praias.

Santa Marta Foto: Divulgação
Santa Marta Foto: Divulgação

Ah, e para descobrir o motivo que faz o café colombiano ser tão famoso, não deixe de prová-lo em algum barzinho ou dos lugares que cidade. Mas será que é melhor que o nosso?

Café colombiano Foto: Divulgação
Café colombiano Foto: Divulgação

Se você gostou do destino, aqui vão algumas informações para ajudar no planejamento da sua viagem:

Site do paíswww.colombia.travel/po

Como chegar – Atualmente, a melhor maneira é via São Paulo, de onde partem voos diretos da TAM, Lan e Avianca. Mas a partir do dia 2 de agosto, Fortaleza contará com uma ligação direta semanal (aos sábados) a ser operada pela Avianca.

Idioma – Espanhol.

Moeda – Peso colombiano (COP) que é equivale a R$ 0,0012, ou seja, R$ 1 equivale a aproximadamente 834 COP.

Vistos – Não é exigido visto ou sequer passaporte brasileiro, bastando apresentar como documento válido o RG (Cédula de Identidade brasileira) para o ingresso de turista brasileiro na Colômbia. A permanência autorizada é de até 90 dias.

Vacinas – Certificado Internacional de Vacina Contra Febre Amarela.

10:09 · 27.03.2014 / atualizado às 10:20 · 27.03.2014 por

Já faz um tempo que a Colômbia está na lista de países a visitar. Tão logo eu soube da aprovação de um voo direto da Avianca ligando Fortaleza a Bogotá, pensei: quem sabe não é chegada a hora de conhecer este país? Antes, era preciso voar até São Paulo e de lá pegar uma conexão. Um percursso, incluindo espera em aeroportos, que podia passar de dez horas de viagem. Agora, apenas 5h40 nos separa desse destino.

Onde fica
Onde fica

Infelizmente quando se fala em Colômbia, ainda há certo preconceito quanto ao destino. Mas segundo amigos que já foram, vale à pena demais. E não tem porque não apagar da memória todas as velhas imagens que se possa ter sobre o lugar. O que mais escutei foi: permita-se conhecer um destino capaz de surpreender o visitante com muita animação e atrações que incluem destinos históricos e praias caribenhas. Daí minha empolgação.

Tanto que, não perdi tempo, e me pus a pesquisar um pouco mais sobre o que ver e fazer por lá. Além da beleza natural e biodiversidade – praias, fontes naturais, águas termais, cachoeiras e florestas -, chama a atenção a arquitetura, as manifestações culturais e a gastronomia, esta última inclui desde receitas a base de mariscos e carnes, a uma enorme variedade de sopas, sobremesas e cerca de 150 variedades de frutas.

Para os mais aventureios, dada a geografia, o país oferece ampla gama de esportes, sendo ideal para a prática de windsurf, esqui aquático, kite surf, rafting, mountain bike, caminhadas, parapente, pára-quedismo e escalada.

Sobre os lugares a visitar, aqui vai um resumo do que encontrei e que podem ser a base de uma boa viagem ao país:

Bogotá

É a capital, centro comercial, industrial e de desenvolvimento cultural. Alguns dos pontos turísticos da cidade são: o bairro da Candelária, seu centro histórico com ruas de paralelepípedos e casas do período colonial; os museus do Ouro e de Botero, a colina de Monserrate, os parques Simón Bolívar e Metropolitano e ainda o Centro Cultural Gabriel García Márquez.Em um povoado próximo, Zipaquirá, há ainda a Catedral de Sal, que fica dentro de uma mina.

Bairro da Candelária, em Bogotá Foto: Colombia Travel/Divulgação
Bairro da Candelária, em Bogotá Foto: Colombia Travel/Divulgação
Plaza Bolívar Foto: Colombia Travel/Divulgação
Plaza Bolívar Foto: Colombia Travel/Divulgação

Cartagena das Ìndias

Escondida entre muralhas, a cidade reúne em um mesmo lugar o passado colonial da região, o que lhe rendeu o título de Patrimônio Mundial da Humanidade, e um litoral de tons, aromas e sabores que agrada a todos. É tambem a porta de entrada para o caribe colombiano.

As muralhas que envolvem Cartagena Foto: Colombia Travel/Divulgação
As muralhas que envolvem Cartagena Foto: Colombia Travel/Divulgação
A arquitetura colonial da cidade Foto: Colombia Travel/Divulgação
A arquitetura colonial da cidade Foto: Colombia Travel/Divulgação

San Andrés

Isolada a 720 km da costa colombiana, a ilha caribenha tem praias de areias brancas, mar de águas com tons que dizem ser fantásticos e uma tranquilidade rara em outros destinos litorâneos do país. Destino perfeito para os amantes do mergulho.

O mar de San Andrés Foto: Colombia Travel/Divulgação
O mar de San Andrés Foto: Colombia Travel/Divulgação

 

Outras cidades de interesse:

Barranquilla

Onde acontece o carnaval colombiano,uma das festas populares mais importantes do país. Por lá um belo jardim zoológico, museus, praças, centros comerciais e praias próximas.

Santa Marta

Uma das mais antigas cidades da Colômbia. Fica em uma baía cercada pela cordilheira da Sierra Nevada. A cidade é conhecida por suas construções coloniais, parques naturais e ainda belas praias.

Ah, e para descobrir o motivo que faz o café colombiano ser tão famoso, não deixe de prová-lo em algum barzinho ou dos lugares que cidade. Mas será que é melhor que o nosso?

 

Pesquisar

Andarilho

Viagens e estilo de vida.
Posts Recentes

01h09mDescubra 12 motivos pelos quais o seu cérebro precisa tirar férias

11h09mConfira seis cidades brasileiras para quem quer conhecer as culinárias regionais

02h09mWi-Fi: conecte-se de graça em qualquer lugar do mundo

02h08mPromoção: confira passagens aéreas para a Europa por menos de R$ 1.600

03h08mVacina contra febre amarela tem nova regra

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs
Redes Sociais
Instagram Siga o