Andarilho

Categoria: Arquitetura


10:15 · 30.11.2015 / atualizado às 12:57 · 01.12.2015 por

Aracati, aqui no Ceará, normalmente é mais conhecido pelo turismo praiano, por conta, é claro, de Canoa Quebrada. No entanto, a cidade também merece ser visitada por sua história.

Para quem não sabe, edificações que datam desde o século XVIII, como igrejas, residências e museus, ainda guardam nas fachadas a herança da presença portuguesa na região.

Os azulejos da época colonial são de alto valor, formando um dos mais expressivos patrimônios culturais e arquitetônicos do Estado. E é por isso que a cidade não deve ficar de fora do roteiro de cearenses e de quem vem de fora.

Confira a seguir o vídeo que o blog preparou sobre o destino!

10:00 · 21.05.2015 / atualizado às 10:53 · 21.05.2015 por
Com visitas guiadas, o Theatro José de Alencar é um dos equipamentos turísticos e culturais participantes da iniciativa Foto: Alex Costa/Agência Diário
Com visitas guiadas, o Theatro José de Alencar é um dos equipamentos turísticos e culturais participantes da iniciativa Foto: Alex Costa/Agência Diário

Turistar em sua própria cidade não é comum para quem nela vive. Por causa disso, muita coisa legal passa despercebida, fora que muitos pontos de interesse são por muita gente desconhecidos.

Assim, uma boa oportunidade para os fortalezenses mergulharem um pouco mais na história e na cultura do Ceará é participar do projeto “Viva o Centro Fortaleza”, que está promovendo uma maratona cultural neste sábado, dia 23, e o que é melhor: com entrada franca e programação em diversos espaços.

A inicitiva começa às 8h da manhã, horário de abertura da Biblioteca Pública do Estado do Ceará – Espaço Estação, e seguindo até as 22h, quando acontece a festa Me Gusta, promovida pela Casa Fora do Eixo Nordeste, na Praça dos Leões.

Além disso, tem piquenique no Passeio Público, exposições no Museu da Indústria, no Museu do Ceará, no Sobrado José Lourenço, na Casa de Juvenal Galeno e no Espaço Estação, almoço grego no Salão das Ilusões, visitas guiadas no Theatro José de Alencar (TJA), concerto com a Orquestra Sinfônica da Uece (no Museu da Indústria), shows e muito mais.

Piquenique no Passeio Público é outra atração Foto: Divulgação
Piquenique no Passeio Público é outra atração Foto: Divulgação

Veja alguns itens da programação que selecionamos pra você:

– 8h às 17h – Exposição permanente sobre o compositor cearense Paurilo Barroso. Consulta ao acervo de mais de 50 mil livros da Biblioteca. Local: Espaço Estação – Biblioteca Pública do Estado, Rua 24 de Maio, 60, Centro, ao lado da Praça da Estação.

– 09h às 12h – 2ª Feira de Cordel e Cantoria. Responsável: Prodisc – Livraria FT Livros.Local: Praça dos Leões, Rua Conde d’Êu, snº.

– 09h30 às 10h30 – Piquenique Edição especial. Atração: Projeto Pé de Livros com Janete Barros. Responsável: Secultfor. Local: Passeio Público, Rua Dr. José Moreira snº.

– 09h às 12h e das 13h às 16h – Exposição permanente sobre Literatura de Cordel, no Auditório Nenzinha Galeno. Responsável: Casa de Juvenal Galeno. Local: Casa de Juvenal Galeno, Rua General Sampaio, 1128, Centro.

– 9h às 17h – Exposição “Impressões do Sertão Cearense. Responsável: Museu do Ceará.Local: Museu do Ceará, Rua São Paulo, 51, Centro.

– 9h às 19h – exposição “História da Industrialização do Ceará. Responsável: Museu da Indústria. Local: Museu da Indústria, Rua Dr. João Moreira, 143, Centro.

– 10h – Programa “Música no Museu” com o Concerto da Orquestra Sinfônica da UECE. Responsável: Museu da Indústria. Local: Museu da Indústria, Rua Dr. João Moreira, 143, Centro.

– 13h – História Passo a Passo – Caminhada cultural pelo centro histórico. Responsável: CCBN. Local: Centro Cultural Banco do Nordeste- Rua Conde D´Eu, 560.

– 13h – Caminhada Cultural História Passo a Passo. Responsável: CCBN. Local: Praça General Tibúrcio – dos Leões, seguindo pelo entorno do Centro.

– 13h – Exposição fotográfica com painéis coloridos do Centro Histórico de Fortaleza. Responsável: CCBN. Local: Centro Histórico de Fortaleza Local: Centro

– 14h – Visita Guiada ao TJA. Responsável: Theatro José de Alencar. Local: Theatro José de Alencar – R. Liberato Barroso, 525.

– 15h – Visita Guiada ao TJA. Responsável: Theatro José de Alencar. Local: Theatro José de Alencar – R. Liberato Barroso, 525.

– 16h – Visita Guiada ao TJA. Responsável: Theatro José de Alencar. Local: Theatro José de Alencar – R. Liberato Barroso, 525.

– 17h – Visita Guiada ao TJA. Responsável: Theatro José de Alencar. Local: Theatro José de Alencar – R. Liberato Barroso, 525.

Para ter acesso à programação completa contate programacaovivaocentro@gmail.com.

09:16 · 06.01.2015 / atualizado às 13:25 · 06.01.2015 por

Vários cômodos e ambientes diferentes, com toques artísticos bem debaixo da terra? Você já pensou em conhecer ou até mesmo passar uma temporada em um lugar assim? Pois foi o que fez um artista norte-americano.

Cansado da sua rotina diária, ele resolveu fazer um retiro espiritual e morar em uma caverna de arenito que descobriu no deserto no Novo México.

Caverna no deserto do Novo México, onde a obra foi construída Foto: Divulgação
Caverna no deserto do Novo México, onde a obra foi construída Foto: Divulgação

Os anos foram passando e Ra Paulette, como ele se chama, acabou construindo a sua obra, sem ajuda nenhuma, apenas com ferramentas manuais e a companhia do seu cachorro.

Mas como ele chegou até aqui? Hoje, com 67 anos de idade, Ra já foi um andarilho, abandonou a faculdade, fez uma série de bicos, até aprender a arte de cavar no verão de 1985, quando trabalhou em uma escavadeira em Dixon. A atividade consistia em cavar latrinas e construir poços, mas pouco a pouco ele foi despertado para o dom artístico das artes manuais. Enfim, uma coisa levou a outra…

Um dos ambientes esculpidos no interior da caverna Foto: Divulgação
Um dos ambientes esculpidos no interior da caverna Foto: Divulgação

Agora, depois de tantos anos o artista voltou a viver em sociedade e sua caverna servirá como local de exposição e eventos artísticos. Dá até mesmo para passar uns dias de descanso, visto que há energia elétrica , água corrente, camas, cadeiras e até banheiro. Para completar, Ra pensa, inclusive, em construir uma piscina. Bacana, não?

Ra Paulette no “palácio” que construiu debaixo da terra Foto: Divulgação
Mais ambientes do artista chamam a atenção de quem visita a caverna Foto: Divulgação
Mais ambientes do artista chamam a atenção de quem visita a caverna Foto: Divulgação

Aliás, percebi uma grande influência do artista catalão Antoní Gaudi. Portanto, tem tudo se tornar uma grande atração turística. Assista o vídeo e veja que incrível esta obra de arte!

YouTube Preview Image
07:30 · 12.09.2014 / atualizado às 23:07 · 11.09.2014 por

Barcelona, na região da Catalunha, Espanha, encanta quem a visita por diversos motivos, seja por conta do clima agradável, da noite movimentada, pela riqueza arquitetônica ou por todas essas características juntas.

O responsável pelas obras mais emblemáticas da cidade é Antoní Gaudí, arquiteto e maior expoente do que ficou conhecido como modernismo catalão. Para um roteiro pelos principais trabalhos do artista, o caderno Tur do Diário do Nordeste, trouxe na edição desta quinta-feira, 11, interessante matéria sobre o tema  – Barcelona: a cidade desenhada por Gaudí.

Mas também quero chamar a sua atenção para um outro lado da capital catalã. Em meio às cores e formas de Gaudí e outros modernistas, despontam, na atualidade, traços mais contemporâneos como os de Enric Miralles ou Fermín Vázquez, e que também merecem uma visita.

Um bom exemplo é a Torre Agbar, inaugurada em 2005, e que fica localizada entre a Avinguda Diagonal and Carrer Badajoz, perto da Plaça de les Glòries Catalanes .

É impossível caminhar por Barcelona e não notar este que é um dos mais conhecidos edifícios da cidade. Com 142 metros de altura, é referência em arquitetura e design, sendo o terceiro prédio mais alto da cidade. Com projeto assinado pelos arquitetos Jean Nouvel e Fermín Vázquez, a torre foi desenvolvida em formato cilíndrico.

Com a superfície à base de concreto, vidro e placas de alumínio colorido, o layout possibilita uma transposição de cores durante o dia e uma iluminação eletrônica durante a noite. Super legal!

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Outro trabalho bem bacana de Fermín Vázquez é a revitalização do Mercado dos Encantos. Este que é o mercado popular mais antigo da Espanha, datadodo século XIII, recebeu novas instalações sob os cuidados do escritório espanhol b720 Fermín Vázquez Arquitetos.

Localizado na Praça das Glórias, no cruzamento da Avenida Meridiana com a Castillejos, próximo ao Teatro Nacional e ao Auditório de Barcelona, conta agora com 247 lojas. Caminhando entre as barracas, o visitante encontra móveis, discos de vinil, filmes, livros, entre outros itens.

O projeto se destaca por uma rampa contínua,que se concilia com as diferentes alturas da rua, dando ao lugar a aparência de uma grande praça coberta. A cobertura, formada por chapas de aço na cor dourada, é polida como um espelho, refletindo a luz que recebe para o interior do Mercado.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Pesquisar

Andarilho

Viagens e estilo de vida.
Posts Recentes

01h09mDescubra 12 motivos pelos quais o seu cérebro precisa tirar férias

11h09mConfira seis cidades brasileiras para quem quer conhecer as culinárias regionais

02h09mWi-Fi: conecte-se de graça em qualquer lugar do mundo

02h08mPromoção: confira passagens aéreas para a Europa por menos de R$ 1.600

03h08mVacina contra febre amarela tem nova regra

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs
Redes Sociais
Instagram Siga o