Andarilho

Categoria: Mil Ilhas


10:46 · 24.06.2013 / atualizado às 10:46 · 24.06.2013 por

Um paraíso chamado mil ilhas

Mil mesmo só no nome, porque, na verdade, são mais de 1800. É de lá que emerge a menor ponte internacional do mundo (apenas dez metros) e se tem um visual de encher os olhos. Onde fica? Na região dos grandes lagos, na fronteira entre o Canadá e os Estados Unidos.

A dica é da leitora Roseni Costa, que conheceu o lugar e mais uma vez divide suas experiências de viagem com a gente. O arquipélago fica entre as cidades canadenses de Toronto e Ottawa, aonde o rio São Lourenço se estreita e as ilhas vão aos poucos aparecendo.

Porém nem todas são habitadas. As que são, conta ela, são propriedades particulares, cada uma com uma construção, que vão de casas simples a mansões, mas que, independente do porte, são lindas. Já outras ilhas não são ocupadas, sendo transformadas em reservas ecológicas. Tanto que, em 1914, foi criado ali o Parque Nacional Ilhas São Lourenço, no lado canadense, com 23 ilhas e algumas ilhotas.

Em uma das ilhas, o Boldt Castle é bastante procurado pelos turistas Foto: Roseni Costa
Em uma das ilhas, o Boldt Castle é bastante procurado pelos turistas Foto: Roseni Costa

A maior da região é a de Wolfe, próxima a Ontário, com uma área de 127 quilômetros quadrados.  Em outra, existe um grande castelo, cuja construção foi ordenada por um milionário local, que o daria de presente para sua esposa. Como ela faleceu, ele abandonou o projeto não voltando mais ao lugar. Porém, tempos depois, a propriedade foi vendida e a sua edificação concluída, resultando em um local de interesse para os turistas.

Nas margens de algumas das ilhas, acrescenta Roseni, existem ainda restaurantes e hotéis, para servir de base a quem deseja explorar mais a região, e também lojas de souvenires. Para se ter uma ideia da beleza do lugar, desde meados do século XIX que Mil Ilhas é muito procurada nas férias de verão.

O passeio é feito em um barco de dois andares e pode ter duração de uma, duas ou até cinco horas, com opção de refeição ou não. O percurso mais longo dá direito a parar em um castelo, mas aí é necessário o visto americano, já que esta ilha fica do lado dos Estados Unidos.

O visitante poderá conhecer também a menor ponte fronteiriça do planeta Foto: Roseni Costa
O visitante poderá conhecer também a menor ponte fronteiriça do planeta Foto: Roseni Costa

Aliás, durante o trajeto, o visitante poderá conhecer também a menor ponte fronteiriça do planeta.  Tem apenas dez metros de extensão e liga duas ilhas, uma pertencente aos canadenses e outra aos norte-americanos. Apesar de ser pequena, relata Roseni, tem toda a burocracia normal de entrada e saída de um país. Mas pode-se fazer o passeio sem desembarcar, o que não prejudicar a visão da belíssima paisagem.

Ao longo da navegação, os pontos avistados são narrados ao visitante, mas, infelizmente, não é em português. Mas com um pouco de inglês é possível entender o básico.

E aí, gostaram da dica? Se você também tem alguma para passar, envia para a coluna. E para quem curte o Andarilho, agora temos uma página no Facebook. Passa por lá, dá uma curtida e comece a receber muitas outras informações sobre viagens e a visualizar fotos incríveis de muitos destinos ao redor do globo. Espero você!

Pesquisar

Andarilho

Viagens e estilo de vida.
Posts Recentes

01h09mDescubra 12 motivos pelos quais o seu cérebro precisa tirar férias

11h09mConfira seis cidades brasileiras para quem quer conhecer as culinárias regionais

02h09mWi-Fi: conecte-se de graça em qualquer lugar do mundo

02h08mPromoção: confira passagens aéreas para a Europa por menos de R$ 1.600

03h08mVacina contra febre amarela tem nova regra

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs
Redes Sociais
Instagram Siga o