Andarilho

Categoria: Cinema


12:59 · 28.02.2016 / atualizado às 14:28 · 28.02.2016 por

Não é de hoje que cinema e turismo caminham de mãos dadas. Já assisti a muitos filmes que pautaram algumas viagens. Quer um exemplo? Sob o sol da Toscana foi um deles. Apesar de se passar boa parte nessa belíssima região da Itália, que eu já conhecia, a protagonista corre atrás de seu amor em Positano, uma vilarejo pitoresco e cheio de charme na Costa Amalfitana, sul do país. Resultado? Em 2012, dei um jeito e fui bater lá!

E como estamos em clima de Oscar, a premiação de 2016 ocorre esta noite em Los Angeles (EUA), fui na carona do buscador de hotéis Trivago, que aponta cinco lugares inusitados que você vai ver nos filmes indicados, e resolvi mostrar aqui para vocês. Vai que alguém aí se anima e resolve ir conhecer, né?

Perdido em Marte – Jordânia

Vale da Lua Foto: Escritório de Turismo da Jordânia
Vale da Lua Foto: Escritório de Turismo da Jordânia

O cenátio da aventura não é nada do outro mundo. Fica bem longe do Brasil, é verdade, mas não precisa de uma nave espacial paa chegar até lá. É o Vale da Lua, na jordânia, oficialmente conhecido como Wadi Rum.

Os Oito Odiados – Estados Unidos

Colorado Foto: Visit Telluride/Ryan Bonneau
Colorado Foto: Visit Telluride/Ryan Bonneau

No melhor estilo faroeste e com um toque gelado da fria paisagem do Colorado, este filme concorre ao Oscar de melhor fotografia.

Star Wars – Irlanda

Skellig Islands Foto:skellingislands.com
Skellig Islands Foto:skellingislands.com

 

É bem verdade que vários destinos ao redor do globo serviram de cenário para esta película, mas um se destaca de maneira especial: Skelling Michael, uma pequena ilha da Irlanda. O acesso não é fácil, mas este pequeno ponto no oceano abriga um antigo mosteiro cristão e rende lindas imagens.

O Regresso – Argentina

Ushuaia - Terra do Fogo Foto: Secretaria de Turimo da Terra do Fogo/Martin Gunter
Ushuaia – Terra do Fogo Foto: Secretaria de Turimo da Terra do Fogo/Martin Gunter

A capital da Terra do Fogo, Ushuaia, emprestou suas belas montanhas nevadas, bosques, lagos, rios e cascatas para a produção de O Regresso.

O Abraço da Serpente – Colômbia

Floresta Amazônica colombiana Foto Fotolia
Floresta Amazônica colombiana Foto Fotolia

Este filme mostra um lado pouco explorado por quem visita a Colômbia: a área que lhe cabe da Floresta Amazônica, uma das partes mais importantes do país.

Quer ver mais? Acesse o blog Checkin do Trivago.

12:10 · 19.02.2016 / atualizado às 12:10 · 19.02.2016 por
Hong Kong conta com a primeira sala Imax em um aeroporto, com capacidade para 350 pessoas exibição de filmes 2D e 3D Foto: Divulgação
Hong Kong conta com a primeira sala Imax em um aeroporto, com capacidade para 350 pessoas exibição de filmes 2D e 3D Foto: Divulgação

Você chega ao aeroporto e descobre que seu voo vai atrasar. Fazendo as contas, calcula que ficará pelo menos umas três horas esperando pelo embarque. O que fazer? Passear pelas loja? Comer algo ? Normalmente é o que passa pela cabeça do pasageiro. Porém, uma novidade em alguns aeroportos do mundo pode ajudar a resolver essa questão: a instalação de salas de cinema. A ideia começou nos terminais asiáticos e já ganha espaço nos norte-americanos.

Nos Estados Unidos, o Aeroporto de Minneapolis foi o primeiro a ter seu próprio cinema. Ele opera 24 horas por dia, exibindo filmes de arte. Outro que apostou nisso foi o Aeroporto Internacional de Miami, que desde 2015 conta com um cinema itinerante, que exibe clássicos do cinema mudo. E em breve, o Aeroporto Internacional de Portland, também irá ganhar uma sala de exibição. Por meio de parceria com o Hollywood Theater, eles irão construir um cinema ao estilo vintage. A sala exibirá produções de cineastas locais e filmes que mostram o que a região tem a oferecer aos turistas. A inauguração está prevista para março deste ano.

Por outro lado, na Ásia, há anos os passageiros contam com esse tipo de entretenimento. O Aeroporto de Cingapura, por exemplo, possui duas salas de cinema, uma no terminal dois e outra no três, que funcionam 24 horas por dia e exibem uma grande variedade de filmes novos e lançamentos com entrada gratuita. Já Hong Kong conta com a primeira sala Imax em um aeroporto, com capacidade para 350 pessoas exibição de filmes 2D e 3D, e, em 2013, e o Indira Gandhi Internacional na Índia inaugurou um cinema 6D completo, com assentos que se movem e 21 tipos de efeitos especiais.

14:17 · 28.08.2015 / atualizado às 14:17 · 28.08.2015 por
Suíte Brigitte Bardot
O Sheraton São Paulo WTC homenageia a vida da atriz francesa Brigitte Bardot em um de seus quartos

Depois de ter suítes inspiradas nos filmes StarTrek e O Exterminador do Futuro, o Sheraton São Paulo WTC, na capital paulista, homenageia a vida da atriz e artista francesa Brigitte Bardot em um de seus quartos. A ação faz parte da exposição Brigitte Bardot (dans l´intimité), que acontece até o próximo dia 28 de setembro no D&D Shopping, anexo ao hotel.

A decoração do quarto Brigitte Bardot nas Asas da Borboleta, sob a supervisão do arquiteto sul mato-grossense Luis Pedro Scalise, tem como tema a pela paixão da atriz por animais e natureza, além de dois de seus filmes clássicos: “Et Dieu Cré ala Femme” (E Deus Criou a Mulher, de 1956) e “Les novices” (As Noviças, de 1970), que o próprio arquiteto assistiu para guiar sua criação.

A decoração

A suíte de 45 metros quadrados será baseada na “cena de cinema da vida pessoal dela”, diz Scalise. Metade do quarto será decorado como se fosse um backstage de filmagem. Todo preto, com câmera de cinema, cadeira de diretor, cordas de cenário, refletores, maleiros, luzes e fotos da musa. A outra metade, será a cena do quarto pessoal da atriz. Como se um diretor de cinema estivesse filmando a vida real da Brigitte e sua intimidade.

Metade do quarto será decorado como se fosse um backstage de filmagem
Metade do quarto será decorado como se fosse um backstage de filmagem

“Após uma série de pesquisas na filmografia e vida da atriz, percebi que muitas cenas se ambientavam em sua cama, o que fez com que me inspirasse para ter um projeto final”, explica o arquiteto.

A decoração da suíte será toda coberta com papel de parede cor de rosa com estampa de borboletas e flores. A cabeceira da cama e toda a parede dessa parte da suíte, terá uma pintura do rosto da atriz feita pelo próprio Scalise, em tons de rosa.

Quem se hospedar na suíte, encontrará, ainda, uma carta da própria Brigitte Bardot autorizando a exposição e o quarto temático.

carta da própria Brigitte Bardot autorizando  o quarto temático
carta da própria Brigitte Bardot autorizando o quarto temático

Um luxo, hein?!

17:47 · 31.10.2014 / atualizado às 18:45 · 31.10.2014 por

Não é de hoje que cinema e turismo caminham juntos. Quantas vezes você já não viu um filme e ficou encantando com as paisagens ali mostradas? Ou curioso para saber onde aquela cena incrível foi filmada? Com os filmes de terror não é diferente: os fãs do gênero ficam de olho nas locações de suas produções preferidas e procuram os lugares reais onde elas foram rodadas.

Para celebrar o Halloween, comemorado no mundo todo no dia 31 de outubro, o Andarilho contou com a colaboração do Hostelworld, site especializado em hospedagem barata pelo mundo, e selecionou alguns dos filmes de terror mais marcantes das últimas décadas, e que usaram locações reais como cenários.

Algumas, inclusive, tornaram-se verdadeiros pontos turísticos, atraindo visitantes do mundo inteiro: do acampamento do maníaco Jason ao hotel de O Iluminado, passando pela praia de Tubarão e a mansão assombrada de Os Outros. Confira:

Sexta-Feira 13 (Friday the 13th, 1980) – Locação: Camp NoBeBoSco, New Jersey, EUA

Foto: David Stinner/Flickr
Sexta-Feira 13_Camp Nobebosco Foto: David Stinner/Flickr

Um acampamento de verão de escoteiros no estado americano de New Jersey foi usado como o famoso Camp Crystal Lake no primeiro fime da série estrelada por Jason Voorhess. O Camp NoBeBoSco, em Hardwick Township, funciona até hoje, embora a visitação para o público só seja possível mediante autorização prévia. O local mantém algumas das estruturas originais e vai arrepiar os que se lembram dos primeiros assassinatos do maníaco da máscara, que depois rendeu tantos outros filmes. Onde ficar: veja hostels em New Jersey.

Os Outros (The Others, 2001) – Locação: Palácio de los Hornillos, Cantabria, Espanha

8.Os Outros_Palacio de los Hornillos Foto: Daniel Muñoz/Flickr
8. Os Outros_Palacio de los Hornillos Foto: Daniel Muñoz/Flickr

O filme espanhol estrelado por Nicole Kidman em 2001 é lembrado até hoje. Parte dos efeitos dos sustos do filme deve-se à locação da mansão onde a personagem mora com os filhos. Trata-se, na verdade, do Palacio de los Hornillos, localizado em Las Fraguas, na província da Cantábria, norte da Espanha. A área de 60 hectares, com jardins e bosques centenários são de uma beleza inigualável. O palácio hoje é utilizado para banquetes e eventos variados. Onde ficar: veja hostels em Satander (a 30min de Cantabria).

O Iluminado (The Shining, 1980) – Locação: Timberline Lodge, Oregon, EUA

O Iluminado /Timberline Lodge Foto: Fal Chong/Flickr
O Iluminado /Timberline Lodge Foto: Fal Chong/Flickr

Um dos filmes de terror mais assustadores de todos os tempos, o clássico O Iluminado, dirigido por Stanley Kubrick e baseado no livro de Stephen King, é lembrado até hoje pela atuação de Jack Nicholson e, claro, pelo hotel onde se passa o filme. A maioria das cenas de interior do Overlook Hotel foram filmadas em estúdio, mas as fachadas são do Timberline Lodge, em Hood River, estado de Oregon, aberto até hoje e que atrai turistas do mundo todo, especialmente na época de neve e esqui. Este vídeo do Vimeo mostra um pouco do interior do hotel. Onde ficar: Para hospedar-se no próprio hotel, visite o site oficial. Como alternativa, veja opções de hostels em Portland (a 1h20 de distância).

Psicose (Psycho, 1960) – Locação: Universal Studios, Los Angeles, EUA / Carrie, a Estranha (Carrie, 1976) – Locação: Palisades Charter High School, Los Angeles, EUA /A Hora do Pesadelo (A Nightmare on Elm Street, 1984) – Locação: John Marshall Hugh School, Los Angeles, EUA

Psicose_Bates Motel 1Foto: Greg Dunlap/Flickr
Psicose_Bates Motel 1Foto: Greg Dunlap/Flickr

Los Angeles, claro, é a meca do cinema americano, e em Hollywood estão alguns dos principais estúdios. No parque temático da Universal Studios, por exemplo, pode-se encontrar os sets de Psicose, um dos filmes mais famosos do mestre do suspense Alfred Hitchcock. Ver de perto o Bates Motel e a casa de Norman Bates faz a alegria de qualquer fã do gênero. Ainda em Los Angeles, é possível ver de perto as escolas utilizadas em filmes clássicos do terror adolescente dos anos 70 e 80, como Carrie, a Estranha e o primeiro da série A Hora do Pesadelo. Onde ficar: veja hostels em Los Angeles.

O Exorcista (The Exorcist, 1971) – Locação: M Street, Georgetown, Washington, EUA

Exorcista_Washington stairs Foto: Daniel Lobo/Flickr
Exorcista_Washington stairs Foto: Daniel Lobo/Flickr

No finalzinho da rua M, no bairro de Georgetown em Washington D.C., é comum ver pessoas jogadas à beira de uma escadaria. Calma, não é nenhuma onda de violência na capital norte-americana. São fãs do clássico de terror O Exorcista, tentando refazer uma das famosas cenas do filme – quando o Padre Karras, possuído pelo demônio enquanto tenta exorcizar a menina Regan, é jogado escada abaixo. Onde ficar: veja hostels em Washington.

A Bruxa de Blair (The Blair Witch Project, 1999) – Locação: Burkitsville, Maryland, EUA

A Bruxa de Blair_Burkittsville Foto: Gray Lensman/Flickr
A Bruxa de Blair_Burkittsville Foto: Gray Lensman/Flickr

O precursor dos filmes de terror independentes, com a utilização de câmeras amadoras, já tem 15 anos. A história dos três estudantes perdidos em uma floresta sinistra a fim de atrair a tal bruxa tirou (e ainda tira) o sono de muita gente. A cidade do título existe (e tem lendas sinistras sobre ela), mas as cenas de floresta foram gravadas no Seneca Creek State Park, na minúscula cidade de Burkitsville, no estado americano de Maryland. Onde ficar: veja hostels em Baltimore (a 1h20 de Burkittsville).

Extermínio (28 Days Later, 2002) / A Profecia (The Omen, 1976) – Locação: Londres, Inglaterra

Extermínio_Westminster Bridge, London Foto: Josh Hallett/Flickr
Extermínio_Westminster Bridge, London Foto: Josh Hallett/Flickr

A icônica imagem da famosa Westminster Bridge (junto ao Big Ben) de Londres totalmente deserta é uma das mais marcantes do apocalíptico O Extermínio, de Danny Boyle. Só será um tanto difícil recriar a cena, visto que é um dos pontos turísticos mais visitados da capital britânica. Outros famosos locais usados como cenários são a estação de metrô de Canary Wharf e as escadas do Duke of York’s Steps, no The Mall, que desemboca no Palácio de Buckingham.

Outro filme que usou Londres magistralmente para assustar os espectadores foi o clássico A Profecia. Dá pra fazer um verdadeiro “tour do horror” pelas locações usadas no filme, do Bishop´s Park (onde o Padre Brennan alerta o pai que seu novo filho é o demônio) à igreja All Saints Fulham (onde o padre é atingido por um raio durante uma tempestade). Onde ficar: veja hostels em Londres.

Tubarão (Jaws, 1975) – Locação: Martha´s Vineyard, Massachusetts, EUA

Tubarão_Marthas Vineyward Foto: 6SN7/Flickr
Tubarão_Marthas Vineyward Foto: 6SN7/Flickr

A fictícia Amity Island, onde passa-se a ação do clássico de Steven Spielberg, na verdade é a badalada ilha de Martha´s Vineyard, em Cape Cod, costa leste dos EUA. Conhecida como reduto de férias de verão de ricos e famosos (de Bill Murray ao presidente Obama), a área é de preservação e mantém-se relativamente inalterada em comparação aos anos 70, época do filme. Pode-se avistar por exemplo, a balsa de Chappaquiddick, a American Legion Memorial Bridge e o pequeno porto pesqueiro de Menemsha, todos mostrados em cenas do filme. Onde ficar: veja hostels em Martha´s Vineyard.

Wolf Creek – Viagem ao Inferno (Wolf Creek, 2005) – Locação: Wolfe Creek Meteorite Crater, Austrália

Wolf Creek Crater Foto: Harclade/Flickr
Wolf Creek Crater Foto: Harclade/Flickr

Sim, o Parque Nacional da Cratera de Wolfe Creek, na Austrália Ocidental, é lindo e merece uma visita. E sim, fica um pouco distante das principais cidades (6h de Perth). Isto tudo pode ser extremamente convidativo ao espírito de aventura, mas talvez não seja a melhor ideia sair pedindo carona para chegar até lá… pelo menos para quem viu o terror Wolf Creek, de 2005, inspirado em fatos reais, de casos de mochileiros mortos por um serial killer. Onde ficar: veja hostels na Austrália Ocidental.

REC (2007) – Locação: Barcelona, Espanha

REC_Barcelona Foto: Jorapa/Flickr
REC_Barcelona Foto: Jorapa/Flickr

Um endereço em Barcelona tem sido parada obrigatória de fãs do gênero de terror desde 2007. Na Rambla Catalunya 34 fica o edifício Cedimatexsa, onde foi todo filmado o espanhol REC, que virou hit e gerou três continuações. Basta descer da estação de metrô Passeig de Gracia e andar uma quadra até a tal rua. E sim o interior do edifício (datado do fim do século 19) é tão arrepiante quanto o exibido no filme (como mostra esse vídeo). Onde ficar: veja hostels em Barcelona.

Entrevista com o Vampiro (Interview with the Vampire, 1994) – Locação: Oak Valley Plantation, New Orleans, EUA

Entrevista com o Vampiro_Oak Alley Plantation, New Orleans  Foto: Karen Vale/Flickr
Entrevista com o Vampiro_Oak Alley Plantation, New Orleans Foto: Karen Vale/Flickr

Baseado no best-seller de Anne Rice, o filme de 1994 conta a história do vampiro Lestat (Tom Cruise) que transforma o mortal Louis (Brad Pitt) em vampiro. Quando Lestat encontra Louis pela primeira vez, em Louisiana, ele está morando em uma belíssima mansão, que ganhou destaque no filme. O casarão usado fica na Oak Alley Plantation, no Rio Mississippi em Vacherie, New Orleans. O que um dia foi uma plantação de cana de açúcar, hoje é uma propriedade aberta ao público e tombada pelo patrimônio histórico. Onde ficar: veja hostels em New Orleans.

O Bebê de Rosemary (Rosemary´s Baby, 1968) – Locação: Nova York, EUA

Bebê de Rosemary_The Dakota NYC Foto: Ted Simpson/Flickr
Bebê de Rosemary_The Dakota NYC Foto: Ted Simpson/Flickr

Não deve ser fácil para os atuais moradores do Edifício Dakota (ou Dakota Apartments em inglês), em Nova York, superarem a aura sombria que ele carrega. O prédio art-noveau do século 18 – na esquina da 72nd Street com Central Park West, em Manhattan – não só foi o lugar onde o ex-Beatle John Lennon morava e foi assassinado (em 1980), como é o prédio que aparece em todas as filmagens externas do megaclássico de terror O Bebê de Rosemary, de Roman Polanski. Onde ficar: veja hostels em Nova York.

Hannibal (2001) – Locação: Florença, Itália

Hannibal_Palazzo Vecchio_Florenca  Foto: Andy Hay/Flickr
Hannibal_Palazzo Vecchio_Florenca Foto: Andy Hay/Flickr

A continuação de O Silêncio dos Inocentes pode não ser tão boa quanto o original, mas as locações em Florença, na Itália, esbanjaram requinte e mistério. Dentre os locais mostrados no filme, aparecem o PalazzoVecchio (onde Hannibal Lecter ministra conferências de arte e comete um de seus terríveis crimes); o Palazzo Capponi (a biblioteca onde Lecter toca para Clarice); a Igreja de Santa Croce (onde Lecter estuda as capelas da igreja); e a Fonte Porcellino (onde Hannibal esfaqueia o cigano Enrico). Onde ficar: veja hostels em Florença.

 

08:00 · 23.08.2013 / atualizado às 00:35 · 23.08.2013 por

Esta não é a primeira vez que chamo a atenção sobre a ligação entre o turismo e o cinema. Como sempre falo também é possível viajar por meio das telas. E mais uma oportunidade está chegando. A novidade fica por conta de Aviões, nova animação da Disney, com lançamento marcado para o próximo dia 13 de setembro.

No filme tem uma corrida chamada: Rally – Asas pelo Mundo, que passa por diversos locais turísticos pelo globo. A película conta a história de um avião (Dusty) que sonha em competir como piloto de alta altitude. Mas Dusty não foi projetado exatamente para competir e, além disso, ele tem medo de altura. Então ele recorre a Skipper, um veterano avião da marinha que o ajuda a se classificar para enfrentar o atual campeão da corrida. A coragem de Dusty é posta à prova quando ele decide alcançar alturas que nunca sonhou serem possíveis, dando ao mundo a inspiração para voar.

Ao embarcar nessa aventura, o expectador terá como roteiro os Estados Unidos, Islândia, Alemanha, Índia, Nepal, China e Mexico, retornando ao seu ponto de partida.

Para garantir a realidade do que a gente vai ver, os cineastas consultaram pilotos de verdade para determinar a rota da corrida Asas pelo Mundo, levando em consideração a necessidade de reabastecimento dos aviões e a beleza dos locais.

Confira, em primeira mão, o que você vai ver nas telas de cinema.

 

Dusty, começando a sua jornada a partir de Nova York Foto: Divulgação
Dusty, começando a sua jornada a partir de Nova York Foto: Divulgação

 

Chegando na China Foto: Divulgação
Chegando na China Foto: Divulgação

 

Passando pelo Nepal Foto: Divulgação
Passando pelo Nepal Foto: Divulgação

 

E chega a vez do México Foto: Divulgação
E chega a vez do México Foto: Divulgação

 

Pesquisar

Andarilho

Viagens e estilo de vida.
Posts Recentes

01h09mDescubra 12 motivos pelos quais o seu cérebro precisa tirar férias

11h09mConfira seis cidades brasileiras para quem quer conhecer as culinárias regionais

02h09mWi-Fi: conecte-se de graça em qualquer lugar do mundo

02h08mPromoção: confira passagens aéreas para a Europa por menos de R$ 1.600

03h08mVacina contra febre amarela tem nova regra

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs
Redes Sociais
Instagram Siga o