Andarilho

Categoria: Comportamento


14:04 · 25.03.2015 / atualizado às 14:04 · 25.03.2015 por

 

Que as viagens de avião cresceram a olhos vistos nos últimos anos no País ninguém duvida. Basta uma voltinha pelos aeroportos para comprovar. O número de desembarques também revela esse escalada: no ano passado, os aeroportos brasileiros registraram 94,6 milhões de desembarques. Em 2004 foram 36,5 milhões. Detalhe: apenas de brasileiros.

E foi para atender a esses novos consumidores, ainda inexperientes e cheio de dúvidas, que a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear) lançou uma publicação eletrônica Voar Melhor – Guia do Passageiro com dicas sobre como economizar na compra da passagem, como não errar na documentação e como embarcar na gravidez, com crianças de colo ou em caso de alguma deficiência. O guia também traz telefones úteis para momentos de emergência.

Além de poder acessar pela internet, a publicação também está disponível, gratuitamente, na Apple Store para baixar em smartphones e tablets.

Para você ter uma ideia do que lhe espera no app, confira algumas dicas para fazer uma viagem tranquila:

Na hora de comprar a passagem:

– Para economizar, compre a passagem com antecedência e, se possível, dê preferência aos períodos de baixa temporada;

– A diferença entre escala e conexão: nos voos com escala o avião faz paradas em uma ou mais cidades, mas você só sai do avião quando chegar ao seu destino. Já no voo de conexão, o passageiro precisa trocar de avião em um aeroporto intermediário;

– As passagens são intransferíveis. Por isso, é necessário preencher com cuidado o nome do passageiro;

– As regras para gestantes não são padronizadas entre as companhias aéreas, mas, em geral, nos primeiros meses se exige a apresentação de atestado. Já a partir da 25ª (ou 28ª semana, dependendo da companhia), costuma ser necessário apresentar um atestado médico autorizando a viagem. No último mês de gestação, o embarque não é permitido;

– Bebês com mais de sete dias de vida já podem embarcar, mas alguns pediatras recomendam esperar pelo menos 28 dias de vida antes do bebê fazer sua primeira viagem;

– As regras para a cobrança de passagem de crianças variam de acordo com cada empresa.

Durante os preparativos para a viagem:

– Os documentos para o embarque em viagens nacionais são: carteira de identidade (RG), carteira nacional de habilitação (CNH), carteira de trabalho, carteira profissional (por exemplo, CREA, OAB etc.) ou passaporte;

– O embarque de passageiros com deficiência ou mobilidade reduzida é realizado com prioridade em relação aos demais passageiros. Para isso, é importante estar no portão de embarque com pelo menos 1h30 de antecedência para voos nacionais.

No aeroporto:

– Quando o passageiro chega ao aeroporto, ele precisa confirmar sua presença, despachar a bagagem e pegar o cartão de embarque. Esse procedimento é chamado de check-in;

– Ao fazer o check-in, é bom manter à mão o documento com foto e o cartão de embarque;

– Antes de entrar na sala de embarque, o passageiro passa por uma inspeção obrigatória, onde deverá colocar numa esteira de raio X a bagagem de mão e qualquer objeto metálico que esteja levando consigo. Para garantir a agilidade, o ideal é separar esses itens antes de chegar a sua vez;

– O passageiro também passa pelo detector de metais. Pessoas com marca-passo ou implante coclear (aparelho auditivo) estão liberadas dessa etapa, desde que apresentem a documentação adequada: carteirinha de portador de marca-passo/ implante e laudo médico com CID, no caso do aparelho auditivo;

– Na sala de embarque, fique atento aos painéis de informação e alto-falante. Embora constem no bilhete o horário e o número do portão de embarque, essas informações podem mudar;

– Em caso de atraso no voo, os passageiros terão direito a algumas compensações, dependendo do tempo de espera. A partir de uma hora: comunicação; a partir de duas horas: alimentação; a partir de quatro horas: acomodação ou hospedagem (caso o passageiro precise passar a noite e não more na cidade de onde parte o voo) e transporte de ida e volta ao aeroporto. Se o atraso for superior a quatro horas ou houver cancelamento de voo a empresa aérea deverá oferecer ao passageiro opções de acomodação de voo ou reembolso integral do bilhete.

No avião

– Mascar chicletes e bocejar alivia a pressão nos ouvidos durante o voo. Tampão de ouvido também protege os ouvidos da pressão e do ruído da turbina do avião;

– Durante o pouso e decolagem, todos os aparelhos eletrônicos devem ser desligados. Já no tempo restante do voo, é permitido usar laptops, câmaras e tocadores de MP3, entre outros aparelhos, além de tablets e celulares em modo avião.

No desembarque

– Se a bagagem despachada não chegar, o passageiro deverá procurar um funcionário da empresa aérea antes de sair da sala de desembarque. Quando a bagagem for localizada, a empresa a devolverá para o endereço informado pelo passageiro. Caso não seja localizada no prazo de 30 dias, a companhia aérea entrará em contato com o passageiro para indenizá-lo;

– Caso a bagagem despachada seja violada ou danificada, é importante que o passageiro procure um funcionário da empresa aérea antes de sair da sala de desembarque.

08:51 · 04.03.2015 / atualizado às 08:51 · 04.03.2015 por
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Banho quente, roupa de cama limpa e cheirosa, café da manhã, drink de boas-vindas, Wi-Fi grátis e agora o badalado “pau de selfie”. O fato é que o equipamento, que divide opiniões mundo afora, chegou à hotelaria. Nos últimos meses, hotéis de diversos países passaram a incluir o objeto entre suas “amenities”.

Desde o começo deste mês, hóspedes podem pegar emprestados paus de selfie nas recepções das mais de 60 unidades da rede Kimpton nos Estados Unidos. A ideia é que eles tirem selfies dentro das áreas comuns dos hotéis, como lobby, restaurante, bares, piscina, acompanhados pela hashtag #AdoreThySelfie.

A cortesia vem acompanhada ainda de um guia com dicas de fotografia profissional (“5 Maneiras para Garantir os Melhores Selfies”) e de uma promoção: no fim do ano, os autores das melhores fotos receberão prêmios como créditos de US$ 150 para serem usados em hotéis da rede, diárias grátis e, claro, um pau de selfie.

Também aderiu à ideia a rede de luxo Dorchester Collection. Quem se hospedar em suas unidades no Reino Unido – The Dorchester e 45 Park Lane, em Londres, e Coworth Park, em Ascot – poderá tirar selfies com estilo.

Em tempo: o InterContinental de Toronto e o Four Seasons Hotel de Houston são outros hotéis que estão seguindo a moda.

 

15:06 · 22.12.2014 / atualizado às 15:06 · 22.12.2014 por

Embora as companhias aéreas venham anunciando reforços em suas operações neste fim de ano, a fim de evitar transtornos nos aeroportos, comuns em períodos de grande movimentação como agora, uma alternativa que pode poupar tempo e acelerar os procedimentos de embarque de quem vai viajar no Natal e no Réveillon é o check-in antecipado. Eu mesmo utilizo o serviço e afirmo que vale apostar na ideia!

Para lhe ajudar, a seguir apresentamos as possibilidades e procedimentos nas principais empresas áreas brasileiras:

GOL

O processo pode ser realizado de diversas formas, a partir de sete dias a até 45 minutos antes do voo, utilizando o site da companhia, por aplicativo via dispositivos móveis, ou então pelos totens de autoatendimento nos aeroportos.

Pelo celular, a companhia disponibiliza um aplicativo que além de fazer o check-in, ainda permite fazer alterações, acompanhar e antecipar voos. O download é gratuito e ao chegar ao aeroporto não há a necessidade de ter o bilhete impresso. Basta apresentar o cartão eletrônico, gerado pelo aplicativo, direto na tela do celular. Caso tenha mala para despachar, é só seguir até o guichê destinado a este fim, se não, o cliente deve seguir diretamente para o embarque.

Se for pelo site da companhia, deve-se clicar na aba “Check-in”, seguir as etapas indicadas e imprimir o cartão de embarque.

Já pelo totens no aeroporto, o passageiro tem até 45 minutos antes do voo, em viagens domésticas, para realizar o check-in e imprimir o cartão de embarque. Para viagens internacionais, é necessário pelo menos 2 horas de antecedência para realizar todos os procedimentos.

TAM

Esta empresa também disponibiliza os mesmos canais da primeira. Pela internet, o check-in online pode ser feito a partir de 72 horas a até 45 minutos antes do voo. O cartão de embarque pode ser impresso ou então enviado por SMS ou e-mail. Uma vez no aeroporto, basta procurar o balcão de atendimento para despachar as bagagens e depois dirigir-se ao portão de embarque, com um documento com foto e o Cartão de Embarque Eletrônico.

A TAM também permite que o passageiro opte pelo check-in automático no momento da compra da viagem, ao aparecer a confirmação da compra. A partir de 72 horas do voo será encaminhada por SMS ou e-mail a confirmação.

Já pelo celular, a empresa pede que se acesse m.tam.com.br e selecione a opção check-in celular. O processo poderá ser realizado entre 72 horas e 45 minutos antes do horário decolagem para os voos domésticos e disponível entre 72 horas e 2 horas antes do horário programado de decolagem para os voos internacionais.

Se preferir também existem totens nos aeroportos.

Azul

No caso da Azul, para realização de check-in pela internet, existe no site da empresa uma seção específica para isso, onde o passageiro deve informar o CPF ou RG ou se preferir o código da reserva. É possível fazê-lo de 72 horas a 90 minutos antes do voo.

Esta empresa também disponibiliza o procedimento pelo celular, via aplicativo gratuito para iOS e Android.

Agora se o cliente não tiver de internet disponível e nem de um celular de última geração, e mesmo assim que realizar o check-in antecipado, existe a opção do SMS. Basta enviar uma mensagem de texto para o número 26990 com o localizador do seu voo. Para completar o check-in, é só responder ao SMS com os dados requisitados. No final você recebe um link para o seu cartão de embarque.

Assim como as outras companhias também há totens para check-in nos aeroportos.

Avianca

O Web Check-in Avianca está disponível entre 72 horas até 90 minutos antes da decolagem do voo, para passageiros maiores de 12 anos, com e-ticket válido, com ou sem bagagem para despachar. Mas atenção: o check-in via internet não é permitido para gestantes e para passageiros que tenham passado por cirurgia nos últimos 30 dias. Para estes clientes, é obrigatório o processo presencial.

Pelo smartphone, o passageiro pode realizar o procedimento pela apilicação disponibilizada gratuitamente para BlackBerry, Android, iPhone e Windows Phone ou ingressar em Avianca.com. Não é necessário imprimir O cartão de embarque, Este será armazenado diretamente no aparelho. Apresente-o desde seu telefone no balcão do aeroporto ou no portão de embarque, conforme for o caso.

Por fim, temos o auto check-in. Ao chegar ao aeroporto, você pode se dirigir diretamente aos totens de autoatendimento para realizar o processo.

11:00 · 20.11.2014 / atualizado às 10:00 · 20.11.2014 por

Do que você abriria mão por uma semana a mais de férias? Achei tão curiosas as respostas que mostro hoje para vocês o resultado da pesquisa “Férias Marcadas”, encomendada pelo site de viagens Expedia, que contou com a participação de 7.855 entrevistados de 24 países na Ásia, Europa, América do Norte e América do Sul, inclusive no Brasil.

Quando perguntados de quais prazeres os profissionais deixariam de lado por uma semana adicional de descanso, 54% dos entrevistados responderam que abririam mão de comida fast food; 48% deixariam de consumir bebida alcoólica; 24% ficariam sem sexo e 9% disseram ainda que deixariam até de tomar banho por mais uma semana de descanso.

“Mais do que a pressão, o objetivo do estudo foi entender também o quanto as férias são importantes na vida das pessoas, por isso, perguntamos quais prazeres seriam sacrificados em troca de mais uma semana de férias e, com base nisso, percebeu-se que o período de férias é uma das coisas mais prazerosas da vida”, explica Fernando Botelho, gerente de marketing da Expedia.

Outra constatação, é que, antigamente, era muito comum o funcionário negociar com o empregador a possibilidade de tirar menos tempo, o chamado “vender férias”. Esse procedimento já está em desuso, principalmente pela pressão do trabalho. “As pessoas querem aproveitar ao máximo o tempo de descanso”, avalia.

Além disso, o estudo mostoru que as férias são boas não apenas para aqueles que as tiram, mas também para as empresas, já que os funcionários mais descansados são mais produtivos. Quase 90% dos entrevistados concordam que folgas regulares são importantes para o relacionamento com as famílias e amigos, trazendo mais felicidade e motivação no trabalho.

13:16 · 12.11.2014 / atualizado às 13:18 · 12.11.2014 por

Cauteloso, competitivo, ousado, eficiente ou espontâneo? Afinal, que tipo de viajante é você? Independentemente da sua resposta, o brasileiro, em geral, assume uma postura mais cautelosa na hora de viajar, é o que aponta levantamento do Skyscanner, líder global em pesquisa online de passagens aéreas, hospedagem e aluguel de carros, com o intuito de compreender os diferentes perfis dos brasileiros na etapa de reservas e planejamento de viagens.

Na pesquisa, foram identificados cinco tipos diferentes de viajantes: os cautelosos, os competitivos, os ousados, os eficientes e os espontâneos. No País, 54% dos entrevistados afirmaram ser cautelosos, preferindo fazer as reservas com antecedência para assegurar o voo que desejam e não correrem o risco de ter que pagar mais.

Demais perfis

Realizada pela empresa One Poll, a pesquisa, que teve como base 1000 brasileiros, aponta também que 18% dos viajantes são do tipo competitivos, que não gostam de correr riscos e estão sempre em busca de bons preços, mas continuam checando os preços diariamente mesmo depois de terem comprado suas passagens, para terem certeza de que fizeram o melhor negócio.

Já os tipos ousados e eficientes somam juntos 20%, sendo 10% para cada perfil. O ousado está sempre em busca do melhor preço e costuma deixar para o último minuto a compra da passagem, na esperança de conseguir a melhor oferta. O eficiente, por sua vez, é o tipo de viajante que não tem tempo a perder e, por isso, garante seu bikhete assim que define seu destino, sem pensar duas vezes.

Por fim, os espontâneos, que equivalem a 8% dos respondentes, não se preocupam muito sobre o melhor momento para comprar suas passagens ou até sobre a escolha do destino. Muitas vezes eles definem o destino da próxima viagem quando encontram uma promoção que julgam imperdível.

E mais:

Tahiana Rodrigues, gerente de comunicação do Skyscanner para o Brasil, conta que o estudo é uma forma de entender o que é mais importante para cada perfil de viajante. “Para os viajantes mais competitivos a busca pelo melhor preço é quase um jogo em si, já para os mais espontâneos, a promoção ideal serve de inspiração para a definição do destino. É claro que para quem já tem as datas da viagem definidas por causa do trabalho ou da faculdade, faz sentido fazer as reservas antecipadamente, mas nesses casos, a menos que você encontre passagens promocionais, o nosso conselho é não comprar as passagens imediatamente, mas criar alertas de preços e ficar atento para evitar comprar as passagens no momento de pico de preços”.

Pesquisar

Andarilho

Viagens e estilo de vida.
Posts Recentes

01h09mDescubra 12 motivos pelos quais o seu cérebro precisa tirar férias

11h09mConfira seis cidades brasileiras para quem quer conhecer as culinárias regionais

02h09mWi-Fi: conecte-se de graça em qualquer lugar do mundo

02h08mPromoção: confira passagens aéreas para a Europa por menos de R$ 1.600

03h08mVacina contra febre amarela tem nova regra

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs
Redes Sociais
Instagram Siga o