Andarilho

Categoria: Destinos


15:08 · 08.08.2016 / atualizado às 15:08 · 08.08.2016 por

Uma coisa é certa: falar em Aruba, paisagens dignas de cartões postais, praias paradisíacas e águas calmas logo vêm à mente. Quando estive por lá era exatamente o que eu procurava. Antes de ir, eu até já me imaginava boiando naquele mar azul-piscina. Aliás, isso é o que se espera quando o assunto é Caribe.

No entanto, há muito mais a ser explorado na chamada “Ilha Feliz”, bordão utilizado pelo turismo local para atrair mais visitantes. E não é mentira não. O lugar é realmente feliz. Basta umas voltinhas para constatar. Também com um mar daquele como vizinho como não sorrir todos os dias, né?

Enquanto você ainda não vai resolve viajar pra lá, confira algumas particularidades da ilha, além da natureza exuberante, hotéis e resorts maravilhosos, cassinos e até campos de golfe.

1. Cactos gigantes

Cactos e o farol California Foto: Robert Fabisak
Cactos e o farol California Foto: Robert Fabisak

Com clima ameno (28º) o ano todo e fora da rota de furacões, Aruba tem um cenário distinto dos demais paraísos caribenhos por conta de seu clima tropical semiárido. Sua natureza rica em cactos inclui a espécie stenocereus griseus, que pode atingir até
nove metros.

2. Flamingos

Flamingos na Ilha Renaissance, em Aruba Foto: ATA
Flamingos na Ilha Renaissance, em Aruba Foto: ATA

Animais raros e belos como os flamingos são encontrados na paz de seu habitat natural predominantemente na ilha Renaissance. A natureza em Aruba é selvagem.

3. Iguanas

Iguana na ilha Renaissance, em Aruba Foto: ATA
Iguana na ilha Renaissance, em Aruba Foto: ATA

Estes animais e alguns lagartos são facilmente encontrados em Aruba. Mais facilmente do que você imagina. Os répteis amam o clima e o sol da ilha. Portanto, estão por toda a parte.

4. Os dois lados da ilha

Montanha Hooiberg Foto: ATA.
Montanha Hooiberg Foto: ATA.

Poucas ilhas paradisíacas e com a infraestrutura como a de Aruba são pequenas o suficiente para serem completamente conhecidas durante um período curto de férias. Em sua totalidade, a Ilha Feliz tem 181 quilômetros quadrados, tendo ainda a
possibilidade de se ver o mar dos dois lados. Para os mais aventureiros, o topo da colina Hooiberg – um dos pontos mais altos do lugar – garante vistas incríveis da costa.

5. Cerveja com água marinha

Cervejas chill feitas com água do mar em coquetel Foto: Divulgação
Cervejas chill feitas com água do mar em coquetel Foto: Divulgação

Sem fontes de água doce, a solução para matar a sede foi dessalinizar a água do mar – prática comum na região desde 1903. A água da torneira é a mesma que a engarrafada e a mesma das cervejas locais Balashi e Chill.

6. A árvore que nunca seca

Parque Nacional Arikok Foto: ATA
Parque Nacional Arikok Foto: ATA

A wayaka é uma árvore nativa da região que nunca seca, uma vez que suas raízes buscam líquido e praticamente não há necessidade de regá-la. No Parque Nacional Arikok é possível encontrar wayaka o ano inteiro, ainda que o local “sofra” com a
falta de chuvas.

Muito legal, né?

14:42 · 29.07.2016 / atualizado às 14:42 · 29.07.2016 por

Quando se fala em viajar à Europa, invariavelmente, logo vem à mente visitar cidades como Londres, Paris, Madri, Roma e Lisboa. No entanto, o Velho Mundo guarda tesouros escondidos no interior de cada país. Lugares que pouquíssima gente pensaria em pôr os pés.

Quer conhecer alguns deles? Pois olha só essa listinha que eu recebi com dez sugestões do TripAdvisor. Pelas imagens já dá vontade de arrumar as malas e partir. Confira!

Cesky Krumlov – Boêmia, República Tcheca

cesky-krumlov

Annecy – Ródano-Alpes, França

annecy-france

Polperro – Cornualha, Inglaterra

polperro-harbour

Sintra – Portugal

Sintra - Portugal

Dolceacqua – Ligúria, Itália

Dolceacqua - Ligúria, Itália

Bonifácio – Córsega, França

Bonifácio - Córsega, França

Trogir – Croácia

Trogir - Croácia

Gruyères – Suíça

Gruyères - Suíça

Valldemossa – Maiorca, Espanha

Valldemossa - Maiorca, Espanha

Hallstatt – Áustria

Hallstatt - Áustria

Dessas cidades aí, eu só conheço Sintra, que fica a 30 minutos de trem de Lisboa e vale muito à pena visitar. As demais já entraram para a minha lista.

14:14 · 19.07.2016 / atualizado às 14:14 · 19.07.2016 por
Hanói é a cidade mais econômica do mundo para viajar, segundo o índice do TripAdvisor Foto: Divulgação
Hanói é a cidade mais econômica do mundo para viajar, segundo o índice do TripAdvisor Foto: Divulgação

Gente, saiu o TripIndex Cidades, pesquisa anual de preços do TripAdvisor, site de planejamento e reservas de viagens, com as cidades mais baratas e mais caras do mundo para viajar.

Ao analisar os custos em cada destino para uma viagem de três noites, incluindo aí gastos básicos em cada local para duas pessoas – três noites em um hotel quatro estrelas, ingressos para três atrações, almoço e jantar todos os dias, além do custo de táxi de ida e volta para o jantar, o estudo revelou que os viajantes encontram as melhores ofertas na Ásia, com quatro dos dez destinos mais econômicos localizados no Sudeste do continente: Hanói (Vietnã), Kuala Lumpur (Malásia), Bancoc (Tailândia) e Bali (Indonésia) ficaram em primeiro, quarto, quinto e sétimo lugares na lista, respectivamente.

Por outro lado, Nova York (EUA) é a cidade mais cara do mundo para se visitar, sendo preciso desembolsar quase o dobro da média (R$ 3.177)identificada pelo levantamento. Única representante brasileira na lista, o Rio de Janeiro é décima colocada entre as cidades mais dispendiosas para viajar.

Nova York é a cidade mais dispendiosa do mundo para visitar, ainda de acordo com o estudo do TripAdvisor Foto: Divulgação
Nova York é a cidade mais dispendiosa do mundo para visitar, ainda de acordo com o estudo do TripAdvisor  Foto: Divulgação

Realizado de forma independente pela empresa de pesquisa TNS, o levantamento compara o custo para estada de três noites entre os meses de junho e setembro em 20 destinos populares ao redor do mundo.

Veja abaixo o ranking das dez cidades mais baratas e mais caras do mundo para viajar segundo o TripIndex Cidades 2016 do TripAdvisor:

Mais econômicas

1. Hanói (Vietnã) R$ 1.601
2. Mumbai (Índia) R$ 1.822
3. Cidade do Cabo (África do Sul) R$ 1.880
4. Kuala Lumpur (Malásia) R$ 2.021
5. Bancoc (Tailândia) R$ 2.078
6. Moscou (Rússia) R$ 2.115
7. Bali (Indonésia) R$ 2.186
8. Madri (Espanha) R$ 2.363
9. Berlim (Alemanha) R$ 2.846
10. Viena (Áustria) R$ 3.152

Mais caras

1. Nova York (EUA) R$ 5.887
2. Tóquio (Japão) R$ 4.897
3. Londres (Inglaterra) R$ 4.550
4. Cancun (México) R$ 4.396
5. Paris (França) R$ 3.972
6. Singapura R$ 3.829
7. Hong Kong (China) R$ 3.658
8. Sidney (Austrália) R$ 3.618
9. Roma (Itália) R$ 3.342
10. Rio de Janeiro (Brasil) R$ 3.318

13:26 · 14.06.2016 / atualizado às 13:26 · 14.06.2016 por
Hong Kong, uma Região Administrativa Especial da China Foto: Divulgação
Hong Kong, uma Região Administrativa Especial da China, é a cidade que mais recebe turistas no mundo, segundo o Euromonitor International Foto: Divulgação

Se você pensou em Paris ou Nova York, prepare-se para ter uma surpresa! A cidade que mais recebe turistas no mundo é Hong Kong, uma Região Administrativa Especial da China, que registrou, no período de um ano, 27,8 milhões de visitantes internacionais, segundo o instituto de pesquisa de mercado britânico Euromonitor International. Pelo estudo, as cidades asiáticas dominam o ranking, com seis representantes.

Esta entidade apresenta, anualmente, o ranking dos 100 destinos mais procurados por viajantes em todo o planeta. O último estudo, divulgado no começo deste ano e considerando os dados de 2014, aponta não só que Hong Kong continua na liderança, mas ainda que cresceu 8,2% em relação ao ano anterior.

Veja a lista das cidades que mais atraem visitantes pelo mundo, segundo o “The Euromonitor Top 10”:

1. Hong Kong – China
2. Londres _ Inglaterra
3. Cingapura – Cingapura
4. Bancoc _ tailândia
5. Paris – França
6. Macau – China
7. Shenzhen – China
8. Nova York – Estados Unidos
9. Istambul – Turquia
10. Kuala Lampur – Malásia

14:48 · 30.03.2016 / atualizado às 14:48 · 30.03.2016 por
Refrescar-se com um sorvete na rua é algo que não se deve fazer, por exemplo, em Ruanda Foto: Divulgação
Refrescar-se com um sorvete na rua é algo que não se deve fazer, por exemplo, em Ruanda Foto: Divulgação

Tomar um sorvete no meio da rua, fazer sinal de positivo com o polegar para cima, mascar chicletes ou temperar muito a comida. Alguns gestos e comportamentos soam tão naturais para nós brasileiros que nem imaginamos que algumas culturas possam considerá-los mal-educados. Ao fazer uma viagem internacional, é sempre bom ficar atento a comportamentos que possam ser vistos como rudes ou ofensivos.

Pensando nisso, o post de hoje traz um material bem interessante divulgado pelo site de pesquisas de viagens online Kayak, com alguns hábitos que devem ser evitados ao visitar certos países. Confira!

Mascar chiclete em público – Singapura

Diga adeus às bolas de chiclete se estiver neste páis. Isso não é só considerado uma falta de educação por lá, como também é proibido por lei. A multa por cuspir a goma de mascar na rua e sujar as vias públicas pode passar de R$ 1000.

Fazer “joinha” – Países no Oriente Médio

Nessa região, fazer sinal de positivo com o polegar para cima equivale a mostrar o dedo médio para alguém. Se você quiser mostrar aprovação, talvez seja melhor simplesmente sorrir.

Dar gorjeta – Japão e Coreia do Sul

Ao visitar um bar ou restaurante nestes dois países, o simples ato de deixar uma gorjeta para o garçom pode gerar confusão. Na maioria dos casos, eles irão educadamente recusar, pois sentem orgulho em fazer seu trabalho bem feito e não acham que precisam de um incentivo extra além do salário que já recebem. Se você forçar, pode ser que seja até mesmo perseguido pelo garçom na rua para que ele possa lhe entregar o troco.

Aperto de mão firme – Filipinas

Cumprimentar alguém cdessa forma é mais do que normal no Brasil. Mas nas Filipinas, um aperto de mão forte é considerado agressivo e até desrespeitoso em certas ocasiões. Talvez você não curta, mas é melhor ir com calma e sem força ao cumprimentar alguém por lá.

Comer onde não sirvam comida – Ruanda

Por lá, é considerado rude comer em qualquer local que não seja um restaurante, bar ou hotel. Fazer um lanchinho no ônibus? Refrescar-se com um sorvete na rua? Pode esquecer. Melhor seguir a cultura local e curtir sua refeição com a calma devida. Afinal, é para isso que servem as férias.

Atrasar-se – Alemanha

Marcar de encontrar com os amigos às 19h e chegar às 20h não é nada raro no Brasil. Mas em países como a Alemanha, deixar os outros esperando passa a impressão de que você acha o seu tempo mais importante que o dos outros. Quando nesse país, faça como os germânicos e chegue na hora.

Encher a comida de tempero – Itália, Espanha e Japão

Em culturas gastronômicas como Itália, Espanha e Japão, pedir pelo molho de tomate, pimenta ou shoyu para colocar na refeição pode causar estranhamento. Antes de solicitar seu tempero favorito em um restaurante mais requintado, veja se ele já está na mesa; caso contrário, talvez seja um bom momento para ampliar o seu paladar.

“Limpar o prato” – Tailândia e China

Muita gente se lembra de não poder deixar a mesa de jantar até terminar toda a sua comida. Mas na China e na Tailândia, se você for convidado à casa de alguém e não deixar sobrar nada no prato pode causar a impressão de que o anfitrião não preparou uma quantidade suficiente. Pelo menos é uma boa desculpa para guardar espaço para a sobremesa.

No fim das contas, vai sempre haver alguma coisa para a qual não atentamos e que pode soar estranha a outros povos. O melhor a fazer é pesquisar sobre hábitos e costumes antes de pôr o pé na estrada e tentar ser o mais respeitoso possível quando estiver no destino e, claro, aproveitar a viagem para conhecer melhor uma nova cultura.

14:40 · 28.03.2016 / atualizado às 14:40 · 28.03.2016 por

Buenos Aires, Santigo do Chile, Montevidéu, Punta del Este, Machu Picchu, Cartagena de Índias certamente são destinos que vêm logo à cabeça de quem pensa em viajar pela América do Sul. Eu pelo menos já fui a vários deles, inclusive mais de uma vez, e adorei. Mas que tal inovar no roteiro e ainda assim não gastar tanto em uma viagem internacional?

Essa é a proposta de uma listinha que recebi da SealBag, empresa especializada em lacres para malas. Confira quais as opções em sete países da região.

Equador – Balanço do Fim do Mundo

Balanço do Fim do Mundo Equador Foto: Divulgação
Balanço do Fim do Mundo Equador Foto: Divulgação

Uma visita ao arquipélago de Galápagos é o sonho de diversos viajantes que desejam desbravar o local que inspirou Charles Darwin. Mas o Equador reserva um passeio inusitado no continente, em Baños, entre os Andes e a Amazônia, trata-se do impressionante “balanço do fim do mundo”, que se projeta sobre um abismo. Preso em uma casa na árvore a 2.600 metros acima do nível do mar, nele o turista avista montanhas e também um vulcão ativo.

Colômbia – Caños Cristales

Colômbia – Caños Cristales Foto: Divulgação
Caños Cristales – Colômbia Foto: Divulgação

Patrimônio Histórico da Humanidade, a cidade de Cartagena das Índias é destino certeiro no país por sua arquitetura colonial e mar caribenho. Agora, para uma experiência quase psicodélica, visite Caños Cristales, o chamado “rio mais bonito do mundo”, com águas arco-íris. O fenômeno é resultado de plantas aquáticas e ocorre entre julho e novembro. A sua localização é no Parque Nacional Natural Sierra de La Macarena.

Chile – Marble Caves

Marble Caves - Chile Foto: Divulgação
Marble Caves – Chile Foto: Divulgação

Santiago é parada obrigatória para quem visita o país, com mirantes espalhados pela capital, que mistura monumentos históricos a prédios modernos. Por outro lado, é no sul do país que se localiza Marble Caves, a impressionante “caverna de mármore”, que forma um espetáculo de formas e cores. O passeio de barco pela água azul-turquesa para a atração turística parte da cidade de Puerto Rio Tranquilo.

Peru – Deserto Ica

Deserto Ica - Peru Foto: Divulgação
Deserto Ica – Peru Foto: Divulgação

O combo Lima/Cusco/Machu Picchu é o roteiro básico no país, com o santuário histórico construído pelos incas como o cartão-postal e estrela nacional. Entre os passeios ainda desconhecidos do grande público, o deserto Ica se destaca e atrai fãs de esportes de aventura, que se divertem praticando sandboard. Nesse cenário árido, o oásis La Huacachina surge como uma miragem.

Bolívia – Copacabana

Copacabana - Bolívia Foto: Divulgação
Copacabana – Bolívia Foto: Divulgação

Expedição comum entre viajantes, o Salar Del Uyuni é um deserto de sal boliviano que encanta por suas paisagens únicas na seca ou espelhadas na cheia. Mas quem poderia imaginar que a Bolívia teria a sua Copacabana? A cidade fica às margens do lago Titicaca e tem um clima descolado, praiano e muitos jovens mochileiros pelas ruas. O passeio de barco pela Ilha do Sol é imperdível.

Argentina – Perito Moreno

 Perito Moreno - Argentina Foto: Divulgação
Perito Moreno – Argentina Foto: Divulgação

A capital Buenos Aires é destino tradicional no país vizinho, seja para comer alfajor, ver tango ou passear pelas ruas cosmopolitas. Agora, quem tem espírito aventureiro e quer estar em contato com a natureza vai até o Perito Moreno. Para visitar a geleira de 5 km de comprimento e 60 metros de altura, o mais comum é partir de excursões de El Calafate, ao sul da Argentina. Pode-se admirar o gigante gelado durante um passeio de barco, da vista panorâmica e até caminhar sobre ele.

Uruguai – Cabo Polonio

Cabo Polonio - Uruguai Foto: Divulgação
Cabo Polonio – Uruguai Foto: Divulgação

O país atrai quem quer ver mais de perto a badalada capital Punta Del Leste e o charme da bucólica cidade de Colonia Del Sacramento. Já os visitantes que querem contato com a natureza e se desligar da civilização têm se encantado com Cabo Polonio. A ex-vila de pescadores não tem eletricidade, internet, água corrente e é um refúgio de ecoturismo. Lá o objetivo é relaxar com o pé na areia, admirar o céu estrelado e curtir a vida boêmia iluminada por fogueiras.

E aí, o que você achou? Eu gostei e certamente tentarei incluí-los nas próximas viagens pelos nossos vizinhos.

15:10 · 24.03.2016 / atualizado às 15:10 · 24.03.2016 por

Quer saber como a Páscoa é celebrada em outros países? Pois olha só essa seleção que o blog fez em parceria com a Experimento Intercâmbio Cultural que investigou como a data acontece no Canadá, Austrália, Irlanda, Alemanha, Espanha e Itália.

As dicas são úteis para quem vai passar o feriado fora do Brasil ou para quem planeja uma viagem futura e até para os curiosos ávidos por descobrir se em outros países também existe o hábito de presentear com ovos de chocolate. Veja as curiosidades:

Canadá

Caça aos ovos

Neste país é tradição decorar e fazer caça aos ovos durante a Páscoa. A diferença em relação ao Brasil é que em alguns lugares o evento chega a mobilizar bairros inteiros. Os ovos decorados podem ser cozidos ou artificiais, recheados com chocolate ou brinquedos. No domingo de Páscoa, muitas pessoas aproveitam para ir à igreja, reunir-se com familiares e fazer uma grande refeição juntos. As crianças se divertem com a caça aos ovos e saem com suas cestas em busca de ovos escondidos pela cidade nos lugares que oferecem a brincadeira, como centros comunitários, parques e escolas.

Austrália

wild-life-sydney-easter-bilbies-1

O animal que simboliza a Páscoa na Austrália não é o coelhinho a que estamos acostumados. Lá, o mascote é o bilby, um marsupial nativo do país que corre perigo de extinção. Os coelhos são considerados uma praga não controlada, e por isso foi feita uma campanha para promover o novo personagem. Em algumas regiões, bilbies de chocolate são comercializados durante a Páscoa, e parte do lucro é revertido para instituições de proteção ao animal.

Irlanda

Páscoa Irlanda

A tradição dos irlandeses é o bolo de Páscoa, e se mantém desde a Idade Média. O prato típico é feito com frutas secas e o que o caracteriza são 11 bolas de marzipã no topo, que simbolizam os apóstolos de Jesus, com exceção de Judas.

Alemanha

arvore_de_ovo_de_pascoa_Alemanha

Assim como no Brasil, alemães têm o hábito de presentear ovos de chocolate, mas a nossa festa cristã dá lugar à celebração a Ostara, deusa da primavera. A Páscoa na Alemanha marca o início da primavera. Em algumas cidades, existe uma tradição de decorar as árvores com ovos de galinha vazios, coloridos com tinta e papel.

Espanha

Páscoa Andaluzia Espanha

A região da Andaluzia, no sul do país, realiza uma série de festejos durante a Semana Santa. Há procissões nas ruas com pessoas usando capuzes pretos e carregando tochas. É uma das maiores comemorações religiosas de cidades como Sevilha, Málaga e Granada.

Itália

Páscoa em Florença

Uma das celebrações típicas da Itália ocorre na cidade de Florença e é conhecida como Scoppio del Carro (explosão do carro). No domingo de Páscoa, um carro cheio de fogos de artifício e puxado por bois atravessa as ruas do centro da cidade até a Piazza del Duomo. Lá, os fogos são acesos e comemora-se a chegada do primeiro cristão a Jerusalém.

Interessante, né? Feliz Páscoa pra vocês!

14:22 · 22.03.2016 / atualizado às 14:22 · 22.03.2016 por

Com a Páscoa se aproximando, que tal fazer uma viagem recheada de sabor, ou melhor dizendo, com gostinho de chocolate? Cidades charmosas como Nova Friburgo e Vila Velha, no Brasil, ou Bariloche e Buenos Aires, na Argentina, por exemplo, vão deixar com qualquer um com água na boca pois, além dos atrativos turísticos habituais, possuem fábricas e lojas encantadoras da iguaria para deixar qualquer um com água na boca.

Portanto, se o seu plano é viajar no período, vale conferir a seleção que o buscador de passagens aéreas hotéis Momondo fez para unir o passeio à vontade de comer. São sete rotas do chocolate onde os turistas podem degustar e visitar fábricas de sonhos que deixam no ar aquele aroma irresistível de cacau e que no post de hoje eu mostro pra você.

Gramado (RS)

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Páscoa na Serra Gaúcha é uma das mais conhecidas do Brasil. A cidade organiza todos os anos a Chocofest, quando se transforma na vila encantada de “Gostosuras”. Entre as atrações, há shows, desfiles e sorteios de cestas de chocolate. A cidadezinha também revela muitos encantos em construções bávaras e belos jardins de flores espalhados por toda parte.

Nova Friburgo (RJ)

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Difundindo e preservando a arte suíça da fabricação do queijo e do chocolate ao leite, a Queijaria Suíça é hoje uma das principais atrações turísticas de Nova Friburgo, localizada na região serrana do Rio de Janeiro. Com a proximidade da Páscoa, aumenta a produção na Chocolataria Suíça e todo processo pode ser acompanhado de perto pelos visitantes, que encontram trufas de vários sabores.

Campos do Jordão (SP)

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Ainda que seja um destino tradicional de inverno, Campos do Jordão merece ser visitada em qualquer época do ano, mas na Páscoa há mais um bom motivo. Na Araucária, uma das fábricas de chocolate da cidade, a produção é acompanhada de dentro da loja, que é toda envidraçada. Não há como sair sem encher a cestinha com trufas, bombons, cremes de avelã e muitas outras tentações.

Vila Velha (ES)

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Com a chegada de uma grande fábrica de chocolate, Vila Velha, cidadezinha nas imediações de Vitória (ES) passou a ser um novo destino procurado pelos amantes de chocolate e se tornou a capital da Páscoa. Os chocólatras podem embarcar no Chocotour, passeio que dura uma hora e meia para apreciar os chocodutos que se estendem por seis quilômetros dentro da fábrica. E não precisa se preocupar que enquanto as informações sobre a fabricação dos bombons são apresentadas pelo guia, há paradas estratégicas para degustação.

Curitiba (PR)

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Curitiba é o paraíso dos chocólatras por causa do delicioso Tour Curtidoci. Mergulhar nessa incrível jornada pelo mundo do chocolate representa fazer uma viagem pela cultura de dois charmosos bairros que se destacam nesse quesito: Batel e Bigorrilho. Em visitas pelas docerias, os visitantes serão recebidos pela simpatia dos proprietários e vão saborear as maravilhas encontradas apenas na encantadora capital paranaense.

Bariloche (ARG)

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Os chocolates são uma atração à parte em Bariloche. Basta caminhar pelas principais ruas da cidade para encontrar muitas lojas de fabricação própria. O Museu do Chocolate, que pertence a uma tradicional fábrica da região, é visita obrigatória tanto para os adultos quanto para as crianças, que irão conhecer todo processo de fabricação do chocolate e sua história, desde o início da exploração do cacau até os dias atuais.

Buenos Aires (ARG)

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Chocolate e Buenos Aires é uma combinação perfeita. Além da arquitetura charmosa da capital argentina, aprecie um chocolate quente ao estilo portenho com uma barrinha de chocolate mexendo o leite até se dissolver, adicionando muito marshmallow, canela e baunilha. Mas a cidade é conhecida mesmo pela tradição de seus disputados alfajores, um souvenir que agrada muito os amigos e familiares na volta para casa.

14:15 · 03.03.2016 / atualizado às 14:15 · 03.03.2016 por
Shanghai Disney Resort Foto: Disney/Divulgação
Shanghai Disney Resort Foto: Disney/Divulgação

O segundo empreendimento da Disney na China, já anunciado aqui no blog já tem data de inauguração: será aberto oficialmente em 16 de junho. E para diminuir a ansiedade do público, o grupo divulgou em seu site direcionado aos parques, o Disney Park, um vídeo mostrando detalhes do novo complexo, as áreas temáticas e o castelo, que será o maior entre todos os outros parques Disney.

Leia mais sobre a Disney na China

Disney vaia abrir parque em Xangai, na China, em 2016

Disney revela detalhes de seu novo parque na China

O Shanghai Disney Resort, na cidade de Xangai, terá dois hotéis um tematizado com Star Wars e outro com Toy Story, área de entretenimento e parque temático com seis terras e atrações inéditas desenhadas exclusivamente para os chineses.

Assista ao vídeo:

YouTube Preview Image

E tem mais: a partir de 28 março próximo, os ingressos admissionais estarão disponíveis para compra.

Mais informações podem ser obtidas no site do complexo.

13:22 · 01.03.2016 / atualizado às 13:22 · 01.03.2016 por
A capital paulista ocupa a 1ª posição entre os destinos nacionais mais buscados para o feriado da Semana Santa Foto: Divulgação
A capital paulista ocupa a 1ª posição entre os destinos nacionais mais buscados para o feriado da Semana Santa Foto: Divulgação

Comemorada neste ano entre os dias 20 e 27 de março, a Semana Santa não é celebrada apenas de forma religiosa. Muitas pessoas aproveitam o feriado para viajar, encontrar a família ou apenas curtir alguns dias de descanso. E você, já decidiu como vai curtir a folga?

Se a sua opção for arrumar as malas e sair por aí, a gente dá uma mãozinha apontando os lugares no Brasil e no exterior mais buscados pelos brasileiros no período, segundo a agência online de turismo Decolar.com. De acordo com o site, 75% das passagens vendidas até agora são para destinos nacionais, enquanto internacionais contam com 25%.

Orlando, na Flórida, encabeça a lista dos destinos internacionais mais buscados para o período Foto: Divulgação
Orlando, na Flórida, encabeça a lista dos destinos internacionais mais buscados para o período Foto: Divulgação

Orlando, Miami e Nova York são os destinos internacionais mais buscados para passar o feriado. Já os nacionais são São Paulo, Rio de Janeiro e Natal. Já Fortaleza, a capital cearense, vem na quinta posição. Confira a lista com os TOP 10:

TOP 10 Destinos Nacionais na Semana Santa em 2016

1. São Paulo
2. Rio de Janeiro
3. Natal
4. Recife
5. Fortaleza
6. Salvador
7. Belo Horizonte
8. Brasília
9. Curitiba
10. Macéio

TOP 10 Destinos Internacionais na Semana Santa em 2016

1. Orlando – EUA
2. Miami – EUA
3. Nova York – EUA
4. Buenos Aires – Argentina
5. Las Vegas – EUA
6. Cancún – México
7. Santiago – Chile
8. Roma – Itália
9. Paris – França
10. Lisboa – Portugal

Pesquisar

Andarilho

Viagens e estilo de vida.
Posts Recentes

01h09mDescubra 12 motivos pelos quais o seu cérebro precisa tirar férias

11h09mConfira seis cidades brasileiras para quem quer conhecer as culinárias regionais

02h09mWi-Fi: conecte-se de graça em qualquer lugar do mundo

02h08mPromoção: confira passagens aéreas para a Europa por menos de R$ 1.600

03h08mVacina contra febre amarela tem nova regra

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs
Redes Sociais
Instagram Siga o