Andarilho

Categoria: França


16:04 · 07.06.2016 / atualizado às 16:04 · 07.06.2016 por

Namorados Paris

Se você e sua cara-metade querem viajar sem desembolsar nada para tal, vale conferir o concurso cultural promovido pela Skyler, marca de moda masculina, que vai selecionar neste Dia dos Namorados a melhor foto romântica para premiar com uma viagem a Paris.

Os participantes podem se inscrever pelo site da promoção e enviar a melhor imagem ou lembrança do casal que represente o tema “Paixão Por Você”.

Quem pode participar

Residentes dos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Norte podem participar da promoção.

As fotos devem ser submetidas até o dia 12 de junho e serão avaliadas por um júri composto por membros da marca, publicitários, jornalistas e formadores de opinião.

O vencedor leva um pacote turístico no valor de R$ 10.100,00 que equivale uma viagem de sete dias para Paris. O regulamento completo pode ser conferido no site do concurso.

14:49 · 29.03.2016 / atualizado às 14:49 · 29.03.2016 por
A hospedagem no Aquarium de Paris acontecerá nas noites de 11 a 13 de abril neste quarto submerso em três milhões de litros de água, dentro de um aquário de dez metros de profundidade Foto: Divulgação
O quarto será submerso em três milhões de litros de água, dentro de um aquário de dez metros de profundidade Foto: Divulgação

Pessoal, que tal dormir em um quarto imerso na água e cercado por 35 tubarões no Aquarium de Paris? Pois essa é a proposta do Airbnb, maior comunidade de hospedagem alternativa do mundo, que acaba de divulgar este que é um de seus mais inspiradores anúncios.

A hospedagem acontecerá nas noites de 11 a 13 de abril neste quarto submerso em três milhões de litros de água, dentro de um aquário de dez metros de profundidade e, cuja única separação entre os hóspedes e os tubarões é uma parede transparente de 360º.

Se você ficou interessado, saiba que apenas três sortudos e seus acompanhantes poderão passar uma noite neste quarto, sendo uma pessoa mais um acompanhante por noite.

Todos serão recebidos por Fred Buyle; recordista mundial de mergulho livre, fotógrafo submarino e ativista em prol dos tubarões. Ele irá mergulhar com os tubarões: introdução ideal para os companheiros da noite destes hóspedes. Uma vez com os todos acomodados, Fred e um biólogo marinho responsável do aquário irão guiá-los em uma tour pelo Aquarium e prover um breve vislumbre de como é “por trás das câmeras” no mundo dos tubarões: como vivem, porque são tão incompreendidos, sua importância para o ecossistema marinho, etc. Os vencedores e seus acompanhantes irão também desfrutar de uma refeição dentro do quarto em companhia da linda paisagem.

Três sortudos e seus acompanhantes poderão passar uma noite neste quarto, sendo uma pessoa mais um acompanhante por noite Foto: Divulgação
Três sortudos e seus acompanhantes poderão passar uma noite neste quarto, sendo uma pessoa mais um acompanhante por noite Foto: Divulgação

Como participar

Para participar da promoção, basta acessar o link do anúncio. Os participantes serão convidados a falar um pouco sobre si mesmos, onde vivem e porque eles deveriam passar a noite com os tubarões. As respostas devem ser enviadas até 23h59 (18h59 no horário de Brasília) de 4 de março de 2016.

Não mora em Paris? Não se preocupe. O Airbnb vai oferecer o voo para os vencedores de qualquer lugar do mundo. Porém, o contemplado e seu acompanhante precisam ter mais de 18 anos, estarem saudáveis e ter habilidade de conseguir subir e descer de uma cama. Perceba que, por razões de segurança, o vencedor e seu acompanhante não devem pesar mais do que 190 kilos. As inscrições devem ter entre 50 e 550 caracteres em inglês, francês, alemão, espanhol, italiano ou português e de 50 a 300 caracteres em chinês, japonês ou coreano.

Ah, e caso você venha a ser o escolhido preste atenção a algumas regras da casa:

– Não são permitidos selfies após escurecer. Lembre-se que os tubarões são sensíveis a luminosidade.

– Evite procurar mandíbulas em sua festa de pijamas. Os tubarões são mais amáveis do que você imagina!

– Não é permitido sonambulismo ou natação noturna.

– Não coma o amiguinho.

– Não mergulhe.

– Mantenha suas cabeças e pés dentro da cama durante todo o tempo.

– Já que carneiros não podem nadar, você pode contar tubarões para dormir.

– Não se torne a isca.

– Os hóspedes terão acesso ao banheiro dos biólogos.

Boa sorte aos corajosos e aventureiros de plantão!

13:10 · 14.12.2015 / atualizado às 13:10 · 14.12.2015 por
O edifício que atualmente alberga o museu era originalmente uma estação ferroviária Foto: Divulgação
O edifício que atualmente alberga o museu era originalmente uma estação ferroviária Foto: Divulgação

Embora o Louvre seja o museu mais emblemático de Paris, a cidade reserva outros estabelecimentos que merecem a atenção de quem visita a cidade. Um bom exemplo é o Museu d’Orsay que, neste mês, comemora 29 anos. No dia 9 de dezembro de 1986, a casa abria as suas portas ao público (a inauguração oficial foi no dia 1º de dezembro daquele ano).

Situado na margem esquerda do rio Sena no VII arrondissement bem próximo ao Louvre, as coleções do museu apresentam principalmente pinturas e esculturas da arte ocidental do período compreendido entre 1848 e 1914.Entre outras, estão presentes obras de Van Gogh, Susana, Degas, Maurice Denis, Odilon Redon. Existem também exposições temporárias que ocorrem paralelamente à exposição permanente.

Mas o que chama a atenção dos visitantes é a arquitetura. O belíssimo edifício, que atualmente alberga o museu, era originalmente uma estação ferroviária, a Gare de Orsay.

Para você saber mais sobre este, que é considerado por muitos como o melhor e mais charmoso museu de Paris, disponibilizamos um link (em português) para você fazer um fantástico passeio virtual e conhecer toda a sua história. Imperdível!

Inicie o passeio clicando aqui.

16:02 · 19.10.2015 / atualizado às 16:02 · 19.10.2015 por
Estima-se que o Airbnb teria pago 350 mil euros (mais R$1,7 milhão) para alugar o local Foto: Divulgação
Estima-se que o Airbnb teria pago 350 mil euros (mais R$1,7 milhão) para alugar o local Foto: Divulgação

O site de hospedagem alternativa Airbnb vem gerando polêmica ao oferecer a possibilidade aos seus usuários de se hospedarem nas catacumbas de Paris, o “maior cemitério do mundo”.

O anúncio é para apenas uma noite (dia 31 de outubro), na qual duas almas corajosas terão a oportunidade de passar um Halloween inesquecível, a cerca de 20 metros abaixo da terra, ao lado dos restos seculares de milhões de parisienses, incluindo personalidades como Jean de la Fontaine, Charles Perrault e François Rabelais, famosos poetas e escritores franceses.

Programação

Após um tour nos labirintos de ossos e crânios, os hóspedes irão desfrutar, ao som de violinos, uma experiência culinária assustadora. Para garantir que ninguém tenha bons sonhos, um contador de histórias deixará os visitantes por dentro das mais famosas lendas do local. Os convidados serão as primeiras pessoas a acordarem nas Catacumbas.

Localizado ao sul do antigo portão da cidade, as Catacumbas de Paris guardam os restos mortais de milhares de parisienses, que foram transferidos para lá entre os séculos XVIII e meados do século XIX, quando os cemitérios da cidade foram fechados gradualmente, devido a riscos para a saúde pública.

A cada ano, 500 mil pessoas de todo o mundo visitam o lugar, mas esta será a primeira vez em que será permitido dormir lá. Esta noite exclusiva e organizada por meio de uma parceria que contribui para o financiamento das obras de renovação das Catacumbas. Medidas especiais foram colocadas em prática para garantir a segurança dos participantes e a preservação do ossuário.

Como participar

Para ter a chance de viver essa experiência única, é só acessar o link das Catambumbas no Airbnb, até amanhã, dia 20 de outubro, às 23:59 (hora local), e contar ao anfitrião o por que você se acha corajoso o suficiente para passar uma noite lá.

As inscrições estão abertas a todos, mas apenas dois ganhadores serão selecionados. Todos os termos e condições do concurso podem ser encontrados no site do Airbnb.

Entre as regras da casa estão: é obrigatório respeitar e manter a tranquilidade do sono dos mortos, não chamar por espíritos ruins, não seguir os fantasmas pelas galerias, pode ser que você nunca mais encontre a saída e ficar atento aos doces ou travessura.

15:03 · 04.09.2015 / atualizado às 15:03 · 04.09.2015 por
Chalés permitem ver grandes animais até enquanto se toma banho em jacuzzi Foto: Divulgação

Que tal acordar e ficar observando um urso polar nadando sem sair da cama? Ou jantar enquanto tigres brancos passam em frente à janela da sala? É o que o La Flèche, um zoológico no oeste da França, está oferecendo: hospedagem para turistas nas áreas onde vivem alguns de seus animais.

Para isso construiu chalés de luxo que também permitem observar de perto lobos do Ártico, ursos-marrons e lêmures, primatas originários da ilha de Madagascar.

No entanto, os animais mais populares entre os hóspedes são os ursos polares e os tigres brancos. Nestes casos, as vagas estão praticamente esgotadas até o final de 2016, segundo informou o responsável pelo setor de hospedagem do zoológico.

Também é possível observar de perto lobos do Ártico Foto: Divulgação

Preços

E, apesar dos preços, a procura é alta. Os valores variam de 145 euros (R$ 600) a mais de 300 euros (R$ 1.250) por pessoa, no caso do chalé para ver os ursos polares – sua suíte principal tem uma janela para a parede de vidro da piscina dos animais, o que garante uma visão subaquática dos mamíferos nadando.

A iniciativa de investir na área hoteleira foi uma maneira de contornar os problemas financeiros que o zoológico privado, criado em 1946, vinha enfrentando.

Aposta no luxo

As cabanas, em madeira, têm decoração sofisticada e inspirada nos animais que vivem no local.

Os dois chalés para ver os tigres, por exemplo, têm estilo asiático. A cabana nórdica que permite ver os ursos polares de perto tem chaminé e uma enorme banheira jacuzzi no terraço.

As cabanas, em madeira, têm decoração sofisticada e inspirada nos animais que vivem no local Foto: Divulgação

As unidades também têm terraços e jardins. Mas não há riscos de segurança em relação aos animais que ficam pelos arredores inclusive à noite, garante a responsável, pois esses espaços fora das cabanas são totalmente protegidos por paredes e tetos de vidros espessos.

As primeiras cabanas, para observar os lobos do Ártico e os tigres, surgiram em 2013. Já são atualmente nove, com o chalé inaugurado em agosto no habitat de três ursos-cinzentos, típicos do Canadá. Um segundo desse tipo, para ver os ursos-marrons, será aberto até o final deste ano.

Os tigres brancos estão entre os animais mais populares Foto: Divulgação

Expansão

Em razão do bom desempenho das reservas e da grande demanda, o zoológico prevê a expansão da atividade hoteleira. Em 2016, serão inaugurados chalés para observar leões-brancos e guepardose.

Os preços de hospedagem incluem café da manhã e jantar e visita ao zoológico. O La Flèche possui mais de 1.500 animais de 150 espécies diferentes.

E aí, você encara?

11:36 · 23.07.2015 / atualizado às 11:36 · 23.07.2015 por

Praia rio Sena Paris

Na tentativa de oferecer maior clima de férias a turistas e moradores de Paris, uma praia improvisada às margens rio Sena estará aberta ao público até o dia 23 de agosto. Nela, vai ser possível curtir o sol do verão europeu, relaxar e ainda participar de uma série de atividades, todas gratuítas.

Por lá, é possível praticar esportes aquáticos, encontrar máquinas para fabricar cartões postais e ainda visitar uma biblioteca temporária, onde são dados conselhos de leitura, com 300 títulos à disposição.

Esta não é a primeira vez que a iniciativa acontece na capital francesa. Nesta 14ª edição, algumas das novidades em relação aos anos anteriores são a instalação de uma pequena fazenda, de um clube náutico, a realização de um baile para crianças, aulas de tiro ao alvo e a segunda edição do “Le Louvre à Paris Plages”, uma iniciativa para levar o emblemático museu do Louvre às ruas da cidade.

Portanto, se você estiver de passagem por Paris neste período, vale conferir!

14:00 · 12.05.2015 / atualizado às 12:21 · 12.05.2015 por

Na esteira de ofertas para viajar, quem anuncia desta vez suas promoções são a Air France e a KLM. Até esta quarta-feira (13), os bilhetes para Paris e Amsterdã, saem a partir de US$ 599, sem taxas. A tarifa vale para os voos diretos da Air France para a capital francesa partindo de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília e da KLM, para a capital holandesa, de São Paulo e Rio de Janeiro.

Mas vale ficar atento às regras da promoção. O embarque em ambas as companhias poderá ser realizado em três períodos distintos*: de 1° a 24 de junho, de 20 de julho a 14 de agosto e de 14 de setembro a 30 de novembro.

A permanência mínima no destino deverá ser de sete dias e a máxima, de três meses. Não é cobrada taxa de emissão para compras nos sites da Airfrance e nem da KLM, e o parcelamento pode ser em até quatro vezes sem juros, nos cartões de crédito Amex, Diners, Mastercard e Visa emitidos no Brasil.

As empresas oferecem 40 frequências semanais partindo de Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo para os aeroportos Paris-Charles de Gaulle e Amsterdam-Schiphol. Veja as rotas a seguir:

Air France

– Brasília: 3 voos semanais (segunda, quarta e sexta-feira).

– Rio de Janeiro: 11 voos semanais

– São Paulo: 14 voos semanais

KLM

– Rio de Janeiro: 5 voos semanais (domingo, terça, quinta, sexta e sábado)

– São Paulo: 7 voos semanais

10:41 · 09.04.2015 / atualizado às 10:41 · 09.04.2015 por
Arco do Triunfo, em Paris Foto: Divulgação
Arco do Triunfo, em Paris Foto: Divulgação

A França voltou a ser, no passado, o primeiro destino turístico do mundo, com 83,7 milhões de visitantes, o que representa 0,1% mais que no ano anterior, anunciou, nesta semana, o ministro francês de Relações Exteriores, Laurent Fabius.

A estatística anual do turismo internacional na França assinalou que o número de turistas europeus no país diminuiu 1,7%, mas o asiático registrou alta de 16%, especialmente de chineses.

Os dois primeiros meses de 2015 também já indicam resultados muito positivos, com alta de 38% para a Índia e de 65% para a China, adiantou o ministro.

Em geral, o aumento de turistas na França vindos de países “distantes” foi notável, com elevação de 8,7%, segundo a pesquisa, realizada pela Direção Geral de Empresas em parceria com o Banco da França, indicou Fabius.

O número total de pernoites em território francês aumentou 2%, o que reflete que a duração média de cada estada continua crescendo.

09:20 · 31.03.2015 / atualizado às 09:20 · 31.03.2015 por
A  inauguração ocorreu em 31 de março de 1889 Foto: Divulgação
A inauguração ocorreu em 31 de março de 1889 Foto: Divulgação

Paris amanheceu em festa. Há exatos 126 anos, a Torre Eiffel, maior cartão-postal da cidade, era aberta ao público. O monumento metálico foi projetado pelo engenheiro francês Gustave Eiffel e construído entre 1887 e 1889. Sua inauguração ocorreu em 31 de março de 1889. Localizada na grande área verde do Champ de Mars (Campo de Marte), é um dos pontos turísticos mais visitados da Europa. No topo, sustenta uma antena de rádio e, na base, lojas e restaurantes.

Como o monumento surgiu

Também conhecida como “Dama de Ferro”, a Torre Eiffel nasceu a partir de um concurso realizado pelo governo francês para a construção de um monumento em comemoração ao centenário da Revolução Francesa e para a Feira Mundial em Paris, que também celebraria a data. Á época, mais de cem projetos foram apresentados para a competição.

O projeto vencedor foi o apresentado pelo engenheiro Gustave Eiffel, que também foi responsável pela construção da Estátua da Liberdade, em Nova York. Assinada também por Maurice Koechlin e Émile Nouguier, colegas de Eiffel, a torre seria a estrutura mais alta construída pelo homem até então, tendo 324 metros de altura quando finalizada. Ao todo, foram 600 dias de construção e 300 operários empregados somente na montagem da mesma.

A beleza do monumento à noite Foto: Divulgação
A beleza do monumento à noite Foto: Divulgação

De provisório a definitivo

Embora para muitos seja difícil de imaginar a capital francesa sem a torre, o monumento esteve ameaçado por diversas vezes. O projeto previa que ela seria uma estrutura provisória e, após as exposições de 1889 e 1900, chegou a ter a demolição marcada para 1909.

No entanto, o uso da estrutura como antena de rádio a partir de 1898 ajudou a torre a continuar de pé por mais uns anos, embora seu destino ainda fosse incerto à época. A permanência só foi garantida quando a altura da Dama de Ferro ajudou os franceses a interceptar as mensagens do exército alemão durante a Primeira Guerra Mundial (1914-1918).

A partir dos anos 1950, a Torre Eiffel começou a receber uma massa considerável de turistas, o que garantiu à mesma o posto de cartão postal parisiense. Atualmente, estima-se que o número de visitantes anuais gira em torno de sete milhões, sendo 75% deles vindos de outros países.

Visitação

Para quem deseja subir até o topo da Torre Eiffel, o valor cobrado atualmente é de 15,5 euros, o que dá aproximadamente R$ 55. Já a subida até o segundo andar da construção tem um preço mais em conta: 9 euros ou R$ 32 na cotação atual.

caso você queira comprar os ingressos antecipadamente, a aquisição pode ser feita a partir do site da bilheteria oficial do monumento. Para isso clique aqui.

09:40 · 10.03.2015 / atualizado às 09:40 · 10.03.2015 por
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Mais um importante museu proíbe o uso do popular “pau de selfie”. Desta vez foi o Palácio de Versalhes, nos arredores de Paris, na França, que decidiu vetar o equipamento. O que se sabe é que os seguranças do local têm pedido que os turistas guardem os aparatos, e, em breve, uma norma deverá proibí-los oficialmente.

O motivo? A direção do museu argumenta que há risco de que os paus de selfie acabem acidentalmente danificando objetos valiosos, ao ficarem próximos de obras de arte, já que eles podem se estender a até 1,5 metro.

Por enquanto, outros museus parisienses ainda não tomaram uma decisão a respeito: o Louvre garante que não emitirá nenhum veto “no momento”, desde que sejam respeitadas as regras do local, informa o jornal Le Monde.

Mas, segundo a agência France Presse, os museus caminham em direção à proibição. O Centro Pompidou, por exemplo, vê o veto com bons olhos, “mas ainda não tomou uma decisão”, dizem seus diretores.

Onde mais é vetado

No início de março, a Smithsonian, instituição que administra os 19 museus nacionais de Washington, proibiu oficialmente o uso dos apetrechos como “uma medida preventiva para proteger os visitantes e as coleções, sobretudo em momentos de grande fluxo de pessoas”. A proibição já está em vigor também no MoMA e no Guggenheim, de Nova York, no Museu de Belas Artes de Boston e no museu J. Paul Getty, de Los Angeles. Na Austrália, o museu National Gallery de Camberra também decidiu pela proibição.

Com informações do G1.

Pesquisar

Andarilho

Viagens e estilo de vida.
Posts Recentes

01h09mDescubra 12 motivos pelos quais o seu cérebro precisa tirar férias

11h09mConfira seis cidades brasileiras para quem quer conhecer as culinárias regionais

02h09mWi-Fi: conecte-se de graça em qualquer lugar do mundo

02h08mPromoção: confira passagens aéreas para a Europa por menos de R$ 1.600

03h08mVacina contra febre amarela tem nova regra

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs
Redes Sociais
Instagram Siga o