Andarilho

Categoria: Neve


11:00 · 04.05.2015 / atualizado às 09:51 · 04.05.2015 por
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Com a temporada de neve se aproximando no hemisfério sul, Bariloche, na Argentina, anunciou uma campanha que beneficia jovens brasileiros.

Menores de 16 anos que comprovem nacionalidade e residência no Brasil poderão comprar um passe para esquiar gratuitamente na estação Cerro Catedral, a principal da região.

Para obter o bilhete basta apresentar o passaporte ou o RG nas bilheterias autorizadas da estação.

Além disso, dezoito hotéis da cidade vão oferecer hospedagem gratuita para adolescentes que dividirem quarto com dois adultos. A promoção é válida de 1º a 10 de julho e de 1º a 30 de setembro.

As informações são da Bariloche Turismo e a lista de hotéis pode ser conferida no site seu site, clicando aqui.

14:00 · 06.01.2015 / atualizado às 13:43 · 06.01.2015 por

Enquanto as altas temperaturas continuam cada vez mais altas aqui no Brasil, no Hemisfério Norte o frio está com tudo. E se você é daqueles que gosta de se divertir no gelo e deseja ver a neve, uma boa pedida pode ser a China. Isso mesmo. Nada dos países frios já tradicionalmente conhecidos dos brasileiros.

Ano a ano, o território chinês vem enfrentando um inverno cada vez mais rigoroso, especialmente no norte. E para provar que a estação gelada também tem seus encantos, os chineses realizam há 30 anos um dos maiores eventos de esculturas de gelo do mundo: o Harbin International Ice and Snow Festival.

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

A celebração anual, que começa tradicionalmente no dia 5 de janeiro e dura aproximadamente um mês, atrai uma legião de turistas e pessoas de todas as partes para a cidade de Harbin – a 800 quilômetros ao norte de Pequim.

Sob a influência direta dos ventos frios vindos da Sibéria, as temperaturas podem chegar a -30ºC.Com o termômetro em baixa, há esculturas incríveis de gelo em tamanho real espalhadas por todos os cantos.

O festival conta com duas áreas principais: a “Sun Island Scenic Area”, com mostras diurnas de figuras gigantescas de neve e o “Ice and Snow World”, um pavilhão a céu aberto que apresenta construções em tamanho real feitas a partir de gigantescos blocos de gelo retirados do rio Songhua.

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

À noite, réplicas de edifícios tradicionais chineses e também de cartões-postais mundialmente famosos – como o Coliseu – ganham vida e cor com uma iluminação especial feita com luzes LED.

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

Universo das histórias em quadrinhos

Em cada edição um tema diferente é escolhido, proporcionando aos visitantes uma experiência única de um ano para o outro. Para 2014, os organizadores decidiram se inspirar no universo das histórias em quadrinhos.Além de interagir com as magníficas obras temporárias, os visitantes podem se divertir em atrações como um labirinto e um tobogã de 240 metros de comprimento totalmente feitos com gelo.

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

Para os fãs de esportes de inverno, é possível se aventurar em competições de escalada, patinação, esqui, luta na neve ou até mesmo golfe e arco e flecha no gelo.

Dicas de viagem

Quer conhecer esse encantador festival cultural de inverno da China? Confira a seguir algumas orientações:

Transporte: Harbin é uma grande cidade no nordeste da China. É muito fácil ir de Pequim para lá de avião ou de trem. De avião, a viagem dura uma hora e 45 minutos. De trem, a viagem mais rápida é de 8 horas. Há um ônibus exclusivo que passa pelo Grande Mundo de Neve e Gelo de Harbin. Aliás, os ônibus comuns nº 88 e 118 também chegam lá.

Hospedagem: O Home Inn é um hotel econômico perto do Grande Mundo de Neve e Gelo. Acesse o site para reservar um quarto online. Possui versão em inglês.

Admissão no parque: É preciso apenas um bilhete geral para entrar no Grande Mundo de Neve e Gelo e usufruir de todas as atrações. Saiba mais clicando aqui.

Horário de Abertura: 9:00-21:30. As luzes de gelo só começam a noite.

O que vestir: O inverno de Harbin é bastante frio, por isso, leve as suas roupas bem quentes. Recomenda-se o uso de luvas e chapéu que cubra as orelhas. Além disso, calce um sapato antiderrapante se quiser andar sobre o gelo.

Vistos: para poder viajar e entrar na China, brasileiros necessitam de visto concedido pela Embaixada e consulados chineses, seja para visita de negócios, turismo ou para trabalho.Os vistos podem ser de uma, duas ou múltiplas entradas com duração até 90 dias por entrada. Para saber mais acesse aqui.

Com informações do MSN e Rádio Internacional da China Online

09:23 · 11.04.2014 / atualizado às 09:29 · 11.04.2014 por

Viajar proporciona experiências muito interessantes, sobretudo pela chance de vivenciar lugares e culturas opostos ao que vivemos. E para quem gosta de frio as possibilidades se multiplicam. Mas não me refiro apenas a visitar locais com temperaturas negativas ou
cobertos de neve. Você já pensou em se hospedar em uma suíte com todo conforto só que instalada em um iglu? Inusitado? Certamente. Mas que é possível, isto é! É o que se chama de hotel-iglu. Tomei conhecimento da sua existência e resolvi compartilhar com você.

Foto: Iglu Dorf/Divulgação
Foto: Iglu Dorf/Divulgação
Foto: Iglu Dorf/Divulgação
Foto: Iglu Dorf/Divulgação

Presente em três países da Europa, a rede Iglu Dorf foi construída especialmente para receber turistas que querem viver uma
experiência única junto a algumas das montanhas de neve mais lindas do mundo.

Com temporadas anuais, que vão de dezembro a abril, a rede disponibilizada seis unidades distribuídas entre o principado de Andorra
(Cordilheira dos Pirineus), Suíça (Davos-Klosters, Zermatt, Gstaad, Engelberg-Titlis) e Alemanha (Zugspitze). Aí vocé deve estar se perguntando: mas como é que tudo isso funciona?

Infraestrutura

Segundo apurei, são seis tipos de suítes, que comportam de uma até seis pessoas. Cada iglu possui camas com sacos de dormir que protegem de um frio de até 40 graus negativos. Além disso, algumas suítes têm jacuzzi privativa, boas vindas com prosecco e fondue. Para os que optarem por suítes menores, também é possivel utilizar jacuzzi e sauna compartilhadas.

Foto: Iglu Dorf/Divulgação
Foto: Iglu Dorf/Divulgação
Foto: Iglu Dorf/Divulgação

Além das mordomias oferecidas, os iglus possuem decoração exclusiva, criada a partir de esculturas e desenhos nas paredes. Coisas que só o gelo possibilita criar e esculturar. Vi isso uma em um ice-bar em Estocolomo (depois conto como foi) e é realmente e muito interessante e divertido.

Os hotéis ainda oferecem o Igloo Bar onde os hóspedes podem desfrutar de vinhos, drinks e fondues, admirando a bela vista das montanhas. Passeios guiados, inclusive a noite, workshops para interessados em aprender como construir um iglu tradicional e até churrasco, são opções já inclusas em alguns pacotes.

Foto: Iglu Dorf/Divulgação
Foto: Iglu Dorf/Divulgação

Super bacana, né? Não sou muito fã de frio, mas depois dessa até que deu vontade de ir. Se você quiser saber mais e quem sabe fazer uma reserva basta clicar aqui. A consulta pode ser feita em inglês, italiano, francês e alemão. As suítes mais simples saem a partir de 109 euros a diária, ou aproximadamente R$ 370.

Pesquisar

Andarilho

Viagens e estilo de vida.
Posts Recentes

01h09mDescubra 12 motivos pelos quais o seu cérebro precisa tirar férias

11h09mConfira seis cidades brasileiras para quem quer conhecer as culinárias regionais

02h09mWi-Fi: conecte-se de graça em qualquer lugar do mundo

02h08mPromoção: confira passagens aéreas para a Europa por menos de R$ 1.600

03h08mVacina contra febre amarela tem nova regra

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs
Redes Sociais
Instagram Siga o