Andarilho

Categoria: Ranking


14:14 · 19.07.2016 / atualizado às 14:14 · 19.07.2016 por
Hanói é a cidade mais econômica do mundo para viajar, segundo o índice do TripAdvisor Foto: Divulgação
Hanói é a cidade mais econômica do mundo para viajar, segundo o índice do TripAdvisor Foto: Divulgação

Gente, saiu o TripIndex Cidades, pesquisa anual de preços do TripAdvisor, site de planejamento e reservas de viagens, com as cidades mais baratas e mais caras do mundo para viajar.

Ao analisar os custos em cada destino para uma viagem de três noites, incluindo aí gastos básicos em cada local para duas pessoas – três noites em um hotel quatro estrelas, ingressos para três atrações, almoço e jantar todos os dias, além do custo de táxi de ida e volta para o jantar, o estudo revelou que os viajantes encontram as melhores ofertas na Ásia, com quatro dos dez destinos mais econômicos localizados no Sudeste do continente: Hanói (Vietnã), Kuala Lumpur (Malásia), Bancoc (Tailândia) e Bali (Indonésia) ficaram em primeiro, quarto, quinto e sétimo lugares na lista, respectivamente.

Por outro lado, Nova York (EUA) é a cidade mais cara do mundo para se visitar, sendo preciso desembolsar quase o dobro da média (R$ 3.177)identificada pelo levantamento. Única representante brasileira na lista, o Rio de Janeiro é décima colocada entre as cidades mais dispendiosas para viajar.

Nova York é a cidade mais dispendiosa do mundo para visitar, ainda de acordo com o estudo do TripAdvisor Foto: Divulgação
Nova York é a cidade mais dispendiosa do mundo para visitar, ainda de acordo com o estudo do TripAdvisor  Foto: Divulgação

Realizado de forma independente pela empresa de pesquisa TNS, o levantamento compara o custo para estada de três noites entre os meses de junho e setembro em 20 destinos populares ao redor do mundo.

Veja abaixo o ranking das dez cidades mais baratas e mais caras do mundo para viajar segundo o TripIndex Cidades 2016 do TripAdvisor:

Mais econômicas

1. Hanói (Vietnã) R$ 1.601
2. Mumbai (Índia) R$ 1.822
3. Cidade do Cabo (África do Sul) R$ 1.880
4. Kuala Lumpur (Malásia) R$ 2.021
5. Bancoc (Tailândia) R$ 2.078
6. Moscou (Rússia) R$ 2.115
7. Bali (Indonésia) R$ 2.186
8. Madri (Espanha) R$ 2.363
9. Berlim (Alemanha) R$ 2.846
10. Viena (Áustria) R$ 3.152

Mais caras

1. Nova York (EUA) R$ 5.887
2. Tóquio (Japão) R$ 4.897
3. Londres (Inglaterra) R$ 4.550
4. Cancun (México) R$ 4.396
5. Paris (França) R$ 3.972
6. Singapura R$ 3.829
7. Hong Kong (China) R$ 3.658
8. Sidney (Austrália) R$ 3.618
9. Roma (Itália) R$ 3.342
10. Rio de Janeiro (Brasil) R$ 3.318

13:26 · 14.06.2016 / atualizado às 13:26 · 14.06.2016 por
Hong Kong, uma Região Administrativa Especial da China Foto: Divulgação
Hong Kong, uma Região Administrativa Especial da China, é a cidade que mais recebe turistas no mundo, segundo o Euromonitor International Foto: Divulgação

Se você pensou em Paris ou Nova York, prepare-se para ter uma surpresa! A cidade que mais recebe turistas no mundo é Hong Kong, uma Região Administrativa Especial da China, que registrou, no período de um ano, 27,8 milhões de visitantes internacionais, segundo o instituto de pesquisa de mercado britânico Euromonitor International. Pelo estudo, as cidades asiáticas dominam o ranking, com seis representantes.

Esta entidade apresenta, anualmente, o ranking dos 100 destinos mais procurados por viajantes em todo o planeta. O último estudo, divulgado no começo deste ano e considerando os dados de 2014, aponta não só que Hong Kong continua na liderança, mas ainda que cresceu 8,2% em relação ao ano anterior.

Veja a lista das cidades que mais atraem visitantes pelo mundo, segundo o “The Euromonitor Top 10”:

1. Hong Kong – China
2. Londres _ Inglaterra
3. Cingapura – Cingapura
4. Bancoc _ tailândia
5. Paris – França
6. Macau – China
7. Shenzhen – China
8. Nova York – Estados Unidos
9. Istambul – Turquia
10. Kuala Lampur – Malásia

13:45 · 24.02.2016 / atualizado às 13:45 · 24.02.2016 por

Todos os anos, o buscador de preços de hospedagem Trivago divulga o ranking mundial de reputação de hotéis, que mostra os destinos que mais agradam aos hóspedes. Pela primeira vez, uma cidade brasileira aparece entre as 10 melhores do mundo: Gramado, na Serra Gaúcha.

Além do destino sulista, outras três do Brasil aparecem no ranking de 2016 com os 100 destinos mais bem cotados: Campos do Jordão (31º), Foz do Iguaçu (59º) e Paraty (80º). A cidade de Göreme, na Turquia, ficou em primeiro lugar no ranking, seguida de outras duas cidades da Itália: Matera e San Gimignano, respectivamente.

O Ranking de Reputação de hotéis do trivago leva em consideração todos os destinos que possuam ao menos 130 hotéis e 60 avaliações e a nota de cada destino varia de 0 a 100. A lista completa pode ser encontrada aqui.

Veja abaixo os principais os top 10 mundiais:

1. Göreme – Turquia

Foto: © Moyan Brenn CC BY 2.0
Foto: © Moyan Brenn CC BY 2.0

2. Matera – Itália

Foto: © Claudio Ungari CC BY S.A 2.
Foto: © Claudio Ungari CC BY S.A 2.

3. San Gimignano – Itália

Foto: © Steph Gray CC BY S.A 2.0
Foto: © Steph Gray CC BY S.A 2.0

4. Gramado – Brasil

Foto: © Cleiton Thiele
Foto: © Cleiton Thiele

5. Hanói – Vietnã

Foto: © Dennis Jarvis CC BY S.A 2.0
Foto: © Dennis Jarvis CC BY S.A 2.0

6. Lecce – Itália

Foto: © Patrick Nouhaller CC BY S.A 2.0
Foto: © Patrick Nouhaller CC BY S.A 2.0

7. Siem Reap – Camboja

Foto: © Manuel Delgado
Foto: © Manuel Delgado

8. Killarney – Irlanda

Foto: © Jim Linwood CC BY 2.0
Foto: © Jim Linwood CC BY 2.0

9. Sorrento – Itália

Foto: © Harvey Barrison CC BY S.A 2.0
Foto: © Harvey Barrison CC BY S.A 2.0

10. Funchal – Portugal

Foto: © Artur Malinowski CC BY 2.0
Foto: © Artur Malinowski CC BY 2.0
13:10 · 01.02.2016 / atualizado às 13:10 · 01.02.2016 por
Berlim, capital da Alemanha, país que lidera o ranking Foto: Divulgação

O que determina um país de sucesso? de acordo com um ranking apresentado recentemente no Fórum Econômico Mundial de Davos, a receita é simples: à reboque da riqueza e do êxito, estão políticas que criam oportunidades, pessoas que se esforçam e uma história que molda o ambiente e as perspectivas. Os dez países que lideram essa lista, de um total de 60 avaliados, representam muito bem isso, com destaque para a campeã, Alemanha.

O ranking foi elaborado pela revista americana U.S. News & World Report, pela consultoria BAV Consulting e a Wharton School, a faculdade de economia da Universidade da Pensilvânia.

Ao todo, o estudo entrevistou 16 mil pessoas em todo o mundo sobre 65 atributos que foram agrupados em nove índices – aventura, cidadania, influência cultural, empreendedorismo, patrimônio, facilidade para negócios, motivação,poder e qualidade de vida.

O Brasil surge em 20º, com o melhor desempenho em ‘aventura’, indicando que o país tem clima agradável e belezas cênicas para passeios turísticos e lazer.

Por outro lado, tivemos pior avaliaçãoo em ‘qualidade de vida’ (43º), que inclui a situação desfavorável do mercado de trabalho, e em ‘facilidade para fazer negócios’ (37º), envolvendo aí a alta burocracia, por exemplo.

Veja a lista com os Top 10:

1.   Alemanha
2.   Canadá
3.   Reino Unido
4.   Estados Unidos
5.   Suécia
6.   Austrália
7.   Japão
8.   França
9.   Holanda
10. Dinamarca

15:51 · 26.01.2016 / atualizado às 15:51 · 26.01.2016 por
O topo da lista é estrelado pela australiana Qantas, que pelo terceiro ano leva o prêmio
O topo da lista é estrelado pela australiana Qantas, que pelo terceiro ano leva o prêmio

Tem medo de voar? Ou voa com frequêcia e gostaria de saber quais companhias são mais indicadas? Pois dá uma olhada na lista do site especializado em segurança aérea Airline Ratings com 20 empresas aéreas mais seguras do mundo e as dez low costs mais confiáveis para 2016.

A avaliação considerou 407 critérios, todos disponibilizados em auditorias governamentais e relatórios divulgados por associações de classe. Fora isso, foi considerado também o histórico operacional de cada aérea, bem como apurações de acidentes e nível de excelência em serviço.

O topo da lista é estrelado pela australiana Qantas, que pelo terceiro ano leva o prêmio.

Confira abaixo a lista com as outras 19 companhais, em ordem alfabética:

Air New Zealand
Alaska Airlines
All Nippon Airlines
American Airlines
Cathay Pacific Airways
Emirates
Etihad Airways
Eva Air
Finnair
Hawaiian Airlines
Japan Airlines
KLM
Lufthansa
Scandinavian Airline System
Singapore Airlines
Swiss
United Airlines
Virgin Atlantic
Virgin Australia

Baixo custo

As companhias aéreas low cost também foram analisadas e ganharam ranking próprio, baseado em relatórios da Air Transport Association Operationa Safety Audit. As empresas citadas conquistaram altos níveis de excelência.

Confira a seguir a relação, também em ordem alfabética:

Aer Lingus
Flybe
HK Express
Jetblue
Jetstar Australia
Thomas Cook
Tui Fly
Virgin America
Volaris
Westjet

Ao todo foram analisadas 407 companhias aéreas, sendo que 148 alcançaram o nível máximo de segurança, com sete estrelas de pontuação. Outras 50 empresas obtiveram três ou menos estrelas, com destaque negativo para dez aéreas oriundas do Nepal, Suriname e Indonésia, que tiveram apenas uma estrela.

11:42 · 30.12.2015 / atualizado às 11:42 · 30.12.2015 por
Tóquio, capital japonesa Foto: Divulgação
Tóquio, capital japonesa Foto: Divulgação

O instituto internacional de pesquisa The Economist Intelligence Unit (EIU), elaborou uma lista com as cidades mais seguras do mundo para se viver, levando-se em conta fatores como segurança pessoal, infraestrutura, saúde e tecnologia de segurança digital. Para auxiliar na elaboração do ranking, a pesquisa ouviu moradores e turistas para dizer o que realmente os fazem se sentir seguros.

Assim, o Japão foi considerado o país mais seguro do mundo, com duas cidades no top três: Tóquio em primeiro lugar e Osaka em terceiro. Singapura aparece entre as duas regiões japonesas, em segundo lugar.

As europeias Estocolmo (Suécia) e Amsterdã (Holanda) ocupam o quarto e quinto lugar, respectivamente. A Austrália também conta com duas cidades na lista, Sidney em sexto e Melbourne em nono. Zurique (Suiça) aparece em sétimo lugar, Toronto (Canadá) ocupa a posição de número oito e Nova York (Estados Unidos) o décimo lugar.

Santiago (Chile) foi considerada a cidade mais segura da América Latina, na 28ª colocação. Buenos Aires aparece em 31º. As brasileiras Rio de Janeiro e São Paulo vêm, respectivamente, em 35º e 40º lugares.

A metade superior do índice é ocupado por cidades ricas da Europa, Ásia Oriental e da América do Norte. Mas os números mostram que riqueza não é sinônimo de segurança, o Oriente Médio, uma das regiões mais abastadas do globo, conta apenas com Abu Dhabi, que está na 25ª posição.

14:24 · 08.12.2015 / atualizado às 14:24 · 08.12.2015 por

Atenção viajantes! O TripAdvisor, um dos maiores sites de viagens do mundo, anunciou hoje os vencedores do prêmio Travelers’ Choice – Destinos em Alta para 2016. Na lista da América do Sul, o Brasil é representado por Foz do Iguaçu, em terceiro lugar, e Ubatuba, em quinto lugar. Globalmente, Tulum, no México, é o grande vencedor. Além da América do Sul e do mundo, o prêmio também conta com listas da Ásia, Europa, Pacífico Sul e Estados Unidos.

 

Na lista da América do Sul, o Brasil é representado por Foz do Iguaçu, em terceiro lugar Foto: Divulgação
Na lista da América do Sul, o Brasil é representado por Foz do Iguaçu, em terceiro lugar Foto: Divulgação

Para se ter uma ideia de como se chega aos resultados, o prêmio destaca 52 destinos ao redor do mundo selecionados a partir de um algorítimo que mede o aumento ano após ano de opiniões positivas e interesse dos viajantes sobre acomodações, restaurantes e atrações.

Globalmente, Tulum, no México, é o grande vencedor Foto: Divulgação
Globalmente, Tulum, no México, é o grande vencedor Foto: Divulgação

“Nossa comunidade de milhões de usuários nos mostrou os destinos ao redor do mundo que estão ganhando maior interesse dos viajantes. Nossa intenção é ajudá-los a encontrar as melhores opções para suas próximas viagens”, disse Claudia Martinelli, porta-voz do TripAdvisor no Brasil.

Confira o ranking do Travelers’ Choice Destinos em Alta na América do Sul:

1. Cartagena, Colômbia (+49% de interesse em reservas ano a ano)
2. Lima, Peru (+33% de interesse em reservas ano a ano)
3. Foz do Iguaçu, Brasil (+34% de interesse em reservas ano a ano)
4. Medellin, Colômbia (+90% de interesse em reservas ano a ano)
5. Ubatuba, Brasil (+139% de interesse em reservas ano a ano)
6. Ushuaia, Argentina (+87% de interesse em reservas ano a ano)
7. El Calafate, Argentina (+74% de interesse em reservas ano a ano)
8. Montevidéu, Uruguai (+37% de interesse em reservas ano a ano)
9. Pucon, Chile (+123% de interesse em reservas ano a ano)
10. Valparaiso, Chile (+ 68% de interesse em reservas ano a ano)

Veja o ranking do Travelers’ Choice Destinos em Alta no Mundo:

1. Tulum, México (+74% de interesse em reservas ano a ano)
2. Cartagena, Colômbia (+49% de interesse em reservas ano a ano)
3. Porto, Portugal (+39% de interesse em reservas ano a ano)
4. Gatlinburg, Tennessee (+67% de interesse em reservas ano a ano)
5. Moscow, Rússia (+27% de interesse em reservas ano a ano)
6. Brighton, Inglaterra (+60% de interesse em reservas ano a ano)
7. New Delhi, Índia (+28% de interesse em reservas ano a ano)
8. Banff, Canadá (+43% de interesse em reservas ano a ano)
9. Lima, Peru (+33% de interesse em reservas ano a ano)
10. Foz do Iguacu, Brasil (+34% de interesse em reservas ano a ano)

Para visualizar a lista completa do prêmio Travelers’ Choice Destinos em Alta para 2016, bem como os comentários e as fotos dos usuários, acesse aqui.

11:36 · 28.10.2015 / atualizado às 11:36 · 28.10.2015 por
O Top 10 Países é liderado por Botsuana Foto: Divulgação
O Top 10 Países é liderado por Botsuana Foto: Divulgação

A tão aguardada relação dos melhores países, cidades e regiões para se conhecer neste ano acaba de ser divulgada pelo renomado site de viagens Lonely Planet.

E em ano de Olimpíadas, o Brasil não poderia ficar de fora. Feitas pelos autores dos guias Lonely Planet, as listas reúnem lugares que atraem milhares de pessoas e também opções pouco conhecidas. A relação das dez melhores regiões a serem exploradas vai da Transilvânia, na Romênia, à Costa Verde, no litoral Fluminense. Entre o mar e a Mata Atlântica, a região abriga a Ilha Grande, Paraty, Penedo e Itatiaia. De praias maravilhosas que podem ser visitadas em passeios de barco à trilhas na floresta, a Costa Verde surpreende e cativa seus visitantes.

A Costa Verde, no litoral do Rio de Janeiro, que abriga a Ilha Grande (foto), Paraty, Penedo e Itatiaia, está entre as dez melhores regiões a serem exploradas Foto: Divulgação
A Costa Verde, no litoral do Rio de Janeiro, que abriga a Ilha Grande (foto), Paraty, Penedo e Itatiaia, está entre as dez melhores regiões a serem exploradas Foto: Divulgação

O Top 10 Países é liderado por Botsuana e inclui o Uruguai como um destino que deve ser explorado na América do Sul. As dez melhores cidades para conhecer em 2016 estão espalhadas por diversos pontos do planeta. A número 1 é Kotor, banhada pela Baía de Cátaro, em Montenegro.

Kotor, em Montenegro, lidera a lista das dez melhores cidades para conhecer em 2016 Foto: Divulgação
Kotor, em Montenegro, lidera a lista das dez melhores cidades para conhecer em 2016 Foto: Divulgação

 

Confira abaixo as listas e saiba mais sobre os lugares acesse o site do Lonely Planet Brasil.

Top 10 Países

1. Botsuana

2. Japão

3. EUA

4. Palau

5. Letônia

6. Austrália

7. Polônia

8. Uruguai

9. Groenlândia

10. Fiji

Top 10 Cidades

1. Kotor, Montenegro

2. Quito, Equador

3. Dublin, Irlanda

4. George Town, Malásia

5. Roterdã, Holanda

6. Mumbai, Índia

7. Fremantle, Austrália

8. Manchester, Reino Unido

9. Nashville, EUA

10. Roma, Itália

Top 10 Regiões

1. Transilvânia, Romênia

2. Oeste da Islândia

3. Vale de Viñales, Cuba

4.Região de vinhos Friuli, Itália

5. Ilha Waiheke, Nova Zelândia

6. Auvérnia, França

7. Havaí, EUA

8. Baviera, Alemanha

9. Costa Verde, Brasil

10. Santa Helena, Territórios Britânicos

15:17 · 03.09.2015 / atualizado às 15:17 · 03.09.2015 por
Moscou, a capital russa, lidera o ranking da revista "Travel + Leisure"
Moscou, a capital russa, lidera o ranking da revista “Travel + Leisure”

Uma das principais publicações de turismo da atualidade, a revista “Travel + Leisure” realizou, neste ano, uma pesquisa com os leitores tanto do impresso como da internet, muitos deles viajantes frequentes, a fim de saber quais são as “cidades menos amigáveis do planeta”.

No topo desse ranking, uma disputa que lembra os tempos da Guerra Fria. As primeiras colocações são dominadas por destinos dos Estados Unidos e da Rússia, com Moscou liderando a classificação. Na avaliação da revista, a frieza dos habitantes tem contribuído para isso.

Atlantic City, nos EUA, foi eleita a segunda cidade menos amigável do mundo pelos leitores da "Travel + Leisure"
Atlantic City, nos EUA, foi eleita a segunda cidade menos amigável do mundo pelos leitores da “Travel + Leisure”

Veja a lista com as dez primeiras colocações:

1º Moscou (Rússia) – “Suspeitamos que a frieza de muitos habitantes da cidade tenha contribuído para isso”, diz a “Travel + Leisure”.

2º Atlantic City (EUA) – “A cidade é legal”, diz um leitor da “T+L”, “mas só se você gostar de cassinos e de gente apressada e sem educação na rua”.

3º São Petersburgo (Rússia) – “Ao mesmo tempo em que se fascinam com monumentos como o Palácio de Inverno, os visitantes de São Petersburgo ficam um pouco desapontados com os habitantes da cidade”, diz a publicação.

4º Marselha (França) – “A cidade está passando por um ressurgimento cultural, mas muitos turistas ainda acham que Marselha não é muito bem cuidada”, avalia a “Travel + Leisure”.

5º Los Angeles (EUA) – “Cidade cheia de pessoas rudes que vão tentar tomar seu dinheiro a qualquer custo”, diz um dos leitores da publicação.

6º Nova York (EUA) – “Nova York tem tudo. Só não tente perguntar para alguém na rua como encontrar algo”, escreveu um dos participantes da pesquisa da “T+L”

7º Filadélfia (EUA) – outro destino dos Estados Unidos que aparece no ranking das cidades menos amigáveis do mundo, agora na sétima posição, é Filadélfia, no Estado da Pensilvânia

8º Baltimore (EUA) – Localizada perto de Washington DC, fica no Estado norte-americano de Maryland.

9º Las Vegas (EUA) – Verdadeiro parque de diversões para adultos do mundo inteiro, Las Vegas não foi bem avaliada pelos leitores da “Travel + Leisure”.

10º Cannes (França) – “É como uma beleza decadente”, escreveu um dos leitores da “T+L”.

13:39 · 01.09.2015 / atualizado às 13:39 · 01.09.2015 por

 

viagem_a_dois

O buscador de viagens Skyscanner realizou um levantamento para descobrir quais são os destinos mais caros e mais baratos para uma viagem à dois, entre as cidades mais buscadas pelos brasileiros para viagens de três dias. O estudo analisou o custo total para uma pausa de duas noites para duas pessoas, incluindo hospedagem em um hotel três estrelas, em nove destinos brasileiros e um argentino.

Confira os resultados:

O valor total (incluindo aéreo) variou entre R$1.460 para uma viagem à Belo Horizonte e mais de R$ 2.700 para um fim de semana prolongado em Buenos Aires. O custo médio ficou em torno de R$ 1.900 com passagens, hospedagem em quarto duplo, principais atrações turísticas e uma refeição completa por casal.

No entanto, quando questionados, 39% dos viajantes brasileiros acreditam que uma viagem de fim de semana prolongado para duas pessoas incluindo passagens aéreas, acomodação, atividades e uma refeição completa por casal custaria entre R$ 500 e 1500, ou seja, 52% a menos do que o custo real.

A percepção dos brasileiros também não é clara em relação às cidades que eles acreditam ser mais em conta. Por exemplo, Foz do Iguaçu foi apontado como um lugar barato, quando, de acordo com a tabela, é a 3ª opção mais cara, devido aos gastos com atrações turísticas. Isto quer dizer que a viagem sai 46% ou R$ 1.160 a mais do que o esperado.

Fortaleza entre os mais caros

Outro destaque é Fortaleza que possui a refeição mais em conta, porém o custo total da viagem aponta o local como o segundo mais caro. E, São Paulo, também surpreende os brasileiros que numeraram como o terceiro mais caro, sendo que a pesquisa mostra que é a segunda cidade mais barata.

Tendo em vista uma disparidade entre os destinos, o Skyscanner criou um guia com o custo real das 10 cidades principais, onde é possível encontrar lugares para viajar no feriado prolongado com até R$ 3 mil por casal, além de ajudar os viajantes a programar corretamente suas folgas e decidir onde conseguir o melhor preço.

Custos Skyscanner

Como mostra o guia, é importante considerar todos os gastos que a cidade escolhida para a folga apresenta, pois nem sempre a passagem aérea mais em conta é garantia do melhor custo-benefício.

Atrações culturais e promoções de passagens são atrativos para decisão do destino

Outro destaque da pesquisa é que 41% dos entrevistados viajam entre dois ou três feriados prolongados por ano. Quando perguntados o que determina a escolha do destino para uma viagem de três dias, 22% respondem que a qualidade das atrações turísticas e culturais é o fator determinante e 19% das pessoas decidem a viagem por conta de promoções de passagens aéreas.

 

Pesquisar

Andarilho

Viagens e estilo de vida.
Posts Recentes

01h09mDescubra 12 motivos pelos quais o seu cérebro precisa tirar férias

11h09mConfira seis cidades brasileiras para quem quer conhecer as culinárias regionais

02h09mWi-Fi: conecte-se de graça em qualquer lugar do mundo

02h08mPromoção: confira passagens aéreas para a Europa por menos de R$ 1.600

03h08mVacina contra febre amarela tem nova regra

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs
Redes Sociais
Instagram Siga o