Andarilho

Categoria: Segurança


11:42 · 30.12.2015 / atualizado às 11:42 · 30.12.2015 por
Tóquio, capital japonesa Foto: Divulgação
Tóquio, capital japonesa Foto: Divulgação

O instituto internacional de pesquisa The Economist Intelligence Unit (EIU), elaborou uma lista com as cidades mais seguras do mundo para se viver, levando-se em conta fatores como segurança pessoal, infraestrutura, saúde e tecnologia de segurança digital. Para auxiliar na elaboração do ranking, a pesquisa ouviu moradores e turistas para dizer o que realmente os fazem se sentir seguros.

Assim, o Japão foi considerado o país mais seguro do mundo, com duas cidades no top três: Tóquio em primeiro lugar e Osaka em terceiro. Singapura aparece entre as duas regiões japonesas, em segundo lugar.

As europeias Estocolmo (Suécia) e Amsterdã (Holanda) ocupam o quarto e quinto lugar, respectivamente. A Austrália também conta com duas cidades na lista, Sidney em sexto e Melbourne em nono. Zurique (Suiça) aparece em sétimo lugar, Toronto (Canadá) ocupa a posição de número oito e Nova York (Estados Unidos) o décimo lugar.

Santiago (Chile) foi considerada a cidade mais segura da América Latina, na 28ª colocação. Buenos Aires aparece em 31º. As brasileiras Rio de Janeiro e São Paulo vêm, respectivamente, em 35º e 40º lugares.

A metade superior do índice é ocupado por cidades ricas da Europa, Ásia Oriental e da América do Norte. Mas os números mostram que riqueza não é sinônimo de segurança, o Oriente Médio, uma das regiões mais abastadas do globo, conta apenas com Abu Dhabi, que está na 25ª posição.

09:07 · 07.01.2015 / atualizado às 09:07 · 07.01.2015 por
A australiana Qantas foi eleita a mais segura do mundo em 2015 Foto: Qantas/Divulgação
A australiana Qantas foi eleita a mais segura do mundo em 2015 Foto: Qantas/Divulgação

Tão importante quanto oferecer conforto e um bom serviço ao passageiro é a segurança das aeronaves. Afinal, manutenção é preciso sempre, por isso há uma lista das companhias aéreas mais seguras do mundo para voar, de acordo com o site de aviação AirlineRatings.com, que já divulgou a relação para 2015.

Para elaborar o ranking são levando em conta aspectos como a qualidade e histórico do sistema operacional das empresas e número de acidentes envolvendo as mesmas.

Veja a seguir as 10 companhias aéreas mais seguras do mundo para viajar em 2015:

1.   Qantas
2.   Air New Zealand
3.   Cathay Pacific Airways
4.   British Airways
5.   Emirates
6.   Etihad Airways
7.   EVA Air
8.   Finnair
9.   Lufthansa
10. Singapore Airlines

Baixo custo

Este ano, o site também inclui uma lista das 10 melhores companhias aéreas mais seguras de baixo custo. São elas, em ordem alfabética:

Aer Lingus (Irlanda)
Alaska Airlines (EUA)
Icelandair (Islândia)
Jetblue (EUA)
Jetstar (Austrália)
Kulula.com (África do Sul)
Monarch Airlines (UK)
Thomas Cook (UK)
TUIfly (Alemanha)
WestJet (Canadá)

As quatro piores

Das 449 companhias avaliadas, 149 alcançaram a classificação máxima de sete estrelas dadas pela avaliação. Quase 50 tiveram apenas três estrelas ou menos.

Quatro das companhias aéreas mundiais só alcançaram uma estrela para a segurança. Duas delas são do Nepal – Tara Air e Nepal Airlines – e as outras são a Scat Airlines do Cazaquistão e a afegã Kam Air.

10:02 · 11.08.2014 / atualizado às 10:02 · 11.08.2014 por

Se já não fossem chatas as medidas de segurança impostas aos viajantes do mundo todo ao embarcar em um avião – incluo aí o raio X e ainda o transporte de líquidos -, agora o governo norte-americano veio com mais esta.

Se você for viajar para os Estados Unidos (EUA) ou fazer escala no país, garanta que todos os seus eletrônicos, como celulares, notebooks e tablets estejam carregados.

Isto porque, uma nova regra criada pela Administração de Segurança dos Transportes (TSA) para voos internacionais impede que eletrônicos sem bateria possam embarcar na aeronave.

Durante a inspeção de segurança um agente pode pedir ao usuário para ligar seus aparelhos eletrônicos e, se o produto não ligar, terá que ficar fora do voo. Em nota, a TSA diz ainda que o dono do aparelho poderá passar por um “rastreamento” extra, caso possua um eletrônico sem bateria.

A nova regra, válida desde o mês passado, será aplicada em alguns aeroportos estrangeiros com voos para os EUA (a TSA não especificou quais) e tem como objetivo aumentar a segurança diante de ameaças recebidas principalmente do Oriente Médio e da África.

É que explosivos podem ser escondidos no interior de equipamentos eletrônicos, por isso, solicitar ao usuário que ligue o aparelho é uma forma de garantir que o produto não foi modificado.

Assim, como o órgão não isenta nenhum aeroporto é melhor os brasileiros também se precaverem para evitar de ser impedidos de embarcar ou ter que deixar seus aparelhos.

Mais informações no site da TSA.

10:15 · 25.06.2013 / atualizado às 10:15 · 25.06.2013 por

Porta dinheiro

Seja dinheiro vivo ou cartões de débito e de crédito, ter cuidado e atenção com o que leva para sua viagem pode evitar que o momento de lazer acabe em frustração e outras dores de cabeça, durante ou depois do passeio.

Os relatos de quem passou por experiências desagradáveis não são poucos. Graças a Deus, eu não vivenciei nenhuma do tipo e espero que você também não. E como o seguro morreu de velho, como diz o ditado popular, aqui vão algumas dicas básicas de cuidados que fui colecionando ao longo dessa vida de viajante, e que podem evitar problemas de ordem prática ou financeira:

– Avise o banco sobre a viagem antes de deixar o país, de forma que a instituição possa desbloquear o uso internacional e você não passe por apertos se precisar usá-lo;

– Verifique o contrato de serviço e limite disponível para gastos antes de viajar;

– Memorize as senhas e não as deixe guardadas no mesmo lugar que o cartão;

– Assine o verso do cartão, pois, em muitos países a sua leitura é feita apenas pela tarja magnética.

– Leve apenas o necessário na carteira ou bolsa: dinheiro em espécie em pouca quantidade e o cartão que realmente irá utilizar no dia;

– Se puder prefira o uso daquelas bolsas que se coloca por debaixo da roupa, como um porta-dinheiro, pois é mais seguro para transportar valores e documentos;

– Quando aos documentos de identificação, leve apenas um com foto (no exterior o passaporte). Já é suficiente. Faça cópias para andar com elas e deixe o original no cofre do hotel ou em um local que considere seguro;

– Não deixe o cartão fora da área de visão ao fazer uma transação em locais públicos e preste atenção às pessoas que o rodeiam, sempre;

– Assegure-se da devolução do cartão depois de efetuar um pagamento e reveja os recibos quando o atendente lhe entregar;

– Em caixas eletrônicos ou nas maquinetas, mantenha a mão cobrindo o teclado quando digitar a senha;

– Tenha sempre anotado em seu celular ou em outro local além da carteira, o número do atendimento/assistência de seus cartões;

– Ao sentir falta do cartão ou mesmo desconfiar que sua senha tenha sido anotada por terceiros, entre em contato imediatamente com a central de atendimento da operadora ou seguro Assistência para efetuar a solicitação de bloqueio do serviço. Avise também as autoridades locais.

10:53 · 21.05.2013 / atualizado às 10:57 · 21.05.2013 por

Viajar é tempo para descansar, conhecer lugares, pessoas e culturas diferentes, baixar a guarda para as exigências do cotidiano, enfim, ficar longe de preocupações. E é exatamente por isso, que o turista acaba tornado-se um alvo fácil para os mal-intencionados.

E não é só aqui pelo Brasil. Não pense que por estar em países ditos de primeiro mundo que você vai estar livre de taxistas trapaceiros, batedores de carteira e outros golpes aos quais estamos acostumados.

Os mesmos cuidados que devemos ter nas grandes cidades brasileiras também valem para onde quer que se vá. Felizmente não vivenciei experiências desagradáveis como estas, mas já presenciei outros viajantes passando por esses e outros apuros.

Conheça alguns dos principais golpes aplicados em turistas, ficando, assim, prevenido contra situações desagradáveis e que podem estragar a sua viagem.

Ser parado por um falso policial é um deles. Geralmente, se aproximam, pedem seus documentos (os quais você pode ter roubados) e apontam irregularidades que não existem ou então lhe acusam de um crime que você não cometeu para cobrar, na hora, uma multa bastante alta. Caso isso aconteça, cheque a identificação do policial e contate a verdadeira policia se tiver dúvidas.

Gosta de tomar uma bebidinha? Pois saiba que você poderá ser alvo do golpe do bar. Sobretudo os homens. O viajante é abordado por moradoras locais que o convidam para ir a um desses estabelecimentos. Depois de alguns drinques elas vão embora o deixando com a conta para pagar.

Alguém lhe ofereceu algo dizendo que é de graça? Afaste-se. Este é só um motivo para que você aceite o “presente”. Depois, quem lhe ofereceu, se recusa a receber de volta, esperando, que você pague pelo que pegou.

E aquela trombada que você sofreu no meio da rua ou em um ônibus e metrô lotado? Acha que foi um acidente? Infelizmente não. Sinto dizer, mas acho que você teve a sua carteira roubada. Sem contar que nessa hora, o celular e outros objetos também podem ter sido furtados.

Encontrar pessoas fantasiadas pela rua oferecendo-se para tirar foto também merece cuidado. Antes de posar, pergunte quanto é. Dificilmente vai sair de graça. Então é melhor ficar esperto para não ter que depois desembolsar uma alta quantia. Para piorar, ainda pode haver um comparsa que tira a fotografia e depois não devolve a sua câmera.

Tem também o golpe da pulseira. Alguém se aproxima falando sobre as atrações turísticas e, de repente, amarra este adorno em seu braço. Se você se recusa a pagar, o golpista começa a gritar que você está roubando a pulseira.

Cuidado ainda com desconhecidos que se oferecem para lhe levar a lojas onde os preços são bons demais para ser verdade. Os produtos podem ser falsos e lá se vai seu precioso dinheiro em algo que não vale nada.

Já com relação aos taxistas. Os golpes mais comuns, além de cobrar mais pela tarifa, é dizer que o hotel, o restaurante ou bar escolhido pelo turista está fechado, mas que ele conhece outro melhor logo ali. Assim, utilize-se somente de táxis credenciados, se possível combine um valor prévio, e antes de ir a qualquer lugar certifique-se de que o mesmo está aberto.

Pesquisar

Andarilho

Viagens e estilo de vida.
Posts Recentes

01h09mDescubra 12 motivos pelos quais o seu cérebro precisa tirar férias

11h09mConfira seis cidades brasileiras para quem quer conhecer as culinárias regionais

02h09mWi-Fi: conecte-se de graça em qualquer lugar do mundo

02h08mPromoção: confira passagens aéreas para a Europa por menos de R$ 1.600

03h08mVacina contra febre amarela tem nova regra

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs
Redes Sociais
Instagram Siga o