Andarilho

Categoria: Vistos


14:46 · 08.07.2016 / atualizado às 14:46 · 08.07.2016 por

como-tirar-visto-americano-590x200

Gente, olha só a novidade que o Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos está querendo implementar. Trata-se de um projeto que, caso seja aprovado, todos os solicitantes de visto para entrar no país terão suas redes sociais checadas.

A proposta, que já vem ganhando corpo desde 2015, foi colocada agora em audiência pública e está aberta para receber críticas e sugestões até agosto.

Segundo as autoridades norte-americanas, a iniciativa busca aperfeiçoar a forma de concessão e emissão de vistos para evitar a possível entrada de terroristas.

Como vai funcionar

De acordo com a proposta, quem quiser solicitar o visto de entrada aos Estados Unidos terá que preencher o campo “Por favor adicionar informações associadas à sua presença online”, como as redes sociais usadas e o nome de usuário de cada uma delas.

Porém, o projeto afirma que o preenchimento dessa parte do formulário será opcional. O documento fala que essas informações serão usadas para ter o contato dos imigrantes e turistas, mas que também podem servir como fator para vetar a entrada no país.

Segundo o Departamento de Segurança Interna, a ação de coletar informações das redes sociais dos viajantes tem como um dos objetivos melhorar os processos investigativos que já existem e fornecer mais claridade no processo.

Além de mostrar possíveis atividade de má índole do viajante. A criação e aprovação desse projeto ganhou força após o ataque dos atiradores de San Bernardino, quando uma das terroristas tinha jurado fidelidade ao Estado Islâmico em postagens antigas das redes sociais, antes de entrar nos Estados Unidos.

Com informações do jornal Folha de São Paulo.

14:56 · 29.06.2016 / atualizado às 14:56 · 29.06.2016 por

visto-americano

Quem pretende viajar para os Estados Unidos, ainda não tem visto, e precisa do documento para breve é bom ficar de olho. Segundo informou a Embaixada dos Estados Unidos, em Brasília, os consulados norte-americanos no Brasil (Rio, São Paulo e Recife) terão sua carga de trabalho reduzida durante os Jogos Olímpicos 2016 e por essa razão a recomendação é para que os brasileiros, que desejam viajar neste período, antecipem a solicitação do visto até o fim de julho.

O pedido pode ser tanto para os vistos mais tradicionais como o de turista, de trabalho ou negócios como para aqueles cujos trâmites demoram um pouco mais, como os especialistas, de estudos ou para investimentos. A recomendação tem como finalidade evitar possíveis atrasos.

Ao mesmo tempo, quem vai embarcar durante o período de férias para a Terra do Tio Sam é importante se organizar com antecedência, pois deixar todos os detalhes para a última hora pode trazer dores de cabeça e transformar a tão sonhada viagem em pesadelo. É para o que chama a atenção ainda a advogada de imigração Ingrid Baracchini, que separou algumas dicas para o blog, a fim de evitar problemas na viagem. Confira!

– Verifique o vencimento do passaporte

De acordo com a especialista, verificar o vencimento do passaporte, por exemplo, é um item fundamental antes da viagem que, por vezes, é esquecido por muita gente. “Se for preciso tirar o visto, o passaporte deve ter ao menos 08 meses de validade, por isso é muito importante essa verificação prévia”, orienta.

– Cheque itens importantes na mala

É comum as pessoas esquecerem objetos dentro das malas e isso pode causar problemas com a patrulha da fronteira norte-americana. “Um simples objeto esquecido dentro da mala, como celulares e notebooks, pode trazer grandes dores de cabeça, por isso, é importante checar todas as malas antes de partir”, explica a advogada.

– Prepare a documentação para a retirada do visto

A dica da advogada de imigração é se programar com bastante antecedência para evitar surpresas. “Se já estiver com o visto em dia, adiante as passagens e não se esqueça de verificar se há nomes ou palavras erradas na emissão dos vouchers, inclusive se, nesse meio tempo, você se divorciou ou alterou algum dado da sua documentação”, observa.

14:31 · 12.04.2016 / atualizado às 14:33 · 12.04.2016 por

 

Necessidade de visto para entrar no país continua

Canadá

O que foi motivo de comemoração quando noticiamos em abril e outubro de 2015, respectivamente, não está valendo. É que previsto para passar a valer para os turistas brasileiros em visita ao Canadá a partir de março deste ano, a autorização eletrônica de viagem (eTA), requisito para entrada no país, que dispensaria o visto, infelizmente ainda não nos inclui. Em comunicado oficial, o governo canadense informa que “embora o Canadá tenha implementado um novo requisito de entrada, conhecido como Autorização Eletrônica de Viagem (eTA), para os estrangeiros isentos de visto que viajam por transporte aéreo, os cidadãos brasileiros não são elegíveis para se candidatar a um eTA, e ainda precisam de um visto para viajar para o Canadá”.

Ainda de acordo com o documento, desde o dia 15 de março de 2016 os cidadãos dos países que normalmente não precisavam de visto para entrar no Canadá, precisam agora de um eTA para voar ou transitar pelo país. Isso só inclui brasileiros com dupla-nacionalidade, titulares de um passaporte de um país cujos cidadãos estão isentos de visto para viajar para o Canadá.

Além disso, as autoridades canadenses não confirmaram a data em que os cidadãos elegíveis do Brasil poderão solicitar um eTA. Isso só acontecerá uma vez que a ferramente esteja totalmente implementada para os viajantes com isenção de vistos. Até então, os cidadãos do Brasil ainda precisarão de um visto de visitante para viajar ao Canadá.

 

Se você tem dupla nacionalidade (brasileira e canadense) ou é titular de um passaporte de um país isento de visto, pode solicitar o eTA clicando aqui.

22:20 · 15.10.2015 / atualizado às 22:20 · 15.10.2015 por

Canadá

Pensa em visitar o Canadá? Pois olha só que notícia maravilhosa! Dentre seus planos econômicos neste ano, o governo canadense anunciou novas medidas de expansão para a elegibilidade de autorização eletrônica de viagem (ETA), retirando a exigência do visto para uma parte dos brasileiros. O sistema está previsto para começar a valer em março de 2016. Esse novo processo busca aumentar viagens de negócios e turismo no país, além de intercâmbios estudantis de até seis meses.

Como funciona

O programa realiza uma pré-autorização, feita de forma online, de entrada no país. Esse novo ‘visto’ só é válido para visitantes que já tenham o visto canadense ou americano válido, ou tenham visitado o país nos últimos dez anos. É importante ressaltar que o visto é temporário e só é entregue na imigração, ou seja, quando você está em solo canadense. Além disso, a entrada do visitante deve ser feita de forma aérea.

Além do Brasil, outros países também estão inclusos nas novas medidas, entre eles Bulgária, México e Romênia.

Para ler o comunicado oficial do Governo Canadense, clique aqui.

14:32 · 19.06.2015 / atualizado às 15:11 · 19.06.2015 por

Se você está tirando visto para ir aos Estados Unidos e tem entrevista marcada para a próxima semana, a Missão Diplomática deste país no Brasil informa que todas as entrevistas agendadas para obtenção de visto nos consulados em Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro e Recife entre os dias 22 e 26 de junho foram suspensas. Os solicitantes que tiveram a entrevista desmarcada receberão os detalhes de como reagendá-la, informou a Departamento de Estado americano.

O sistema de concessão de vistos a estrangeiros está com problemas técnicos desde o último dia 9. A falha afeta pedidos feitos depois de 8 de junho.

Na terça, 16, a embaixada já havia informado que os viajantes com entrevistas agendadas em Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro e Recife na quinta (18) e na sexta (19) não deveriam comparecer ao consulado. A representação diplomática já havia cancelado as entrevistas de quarta na capital paulista.

Problemas técnicos

Já na quarta-feira, o porta-voz John Kirby disse em uma coletiva de imprensa que os problemas ainda não haviam sido solucionados. “Nossa divisão de assuntos consulares continua a experimentar problemas com o sistema de visto. Trata-se de um problema global e estamos trabalhando contra o relógio para resolvê-lo”, disse, segundo a agência Reuters.

Kirby afirmou ainda que mais de 100 especialistas dos setores público e privado estão tentando resolver o problema e que ele não poderia dar mais detalhes sobre a questão neste momento. Entretanto, os vistos de imigrantes não foram afetado pela falha.


17:06 · 16.06.2015 / atualizado às 17:06 · 16.06.2015 por

r

Quem tem agendamento nos consulados dos Estados Unidos nas cidades de Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro e Recife para emissão de visto deve ficar atento. A Embaixada dos EUA no Brasil informou nesta terça-feira (16) que devido aos problemas com seu sistema, os viajantes que têm entrevistas agendadas neste locais na quinta (18) e sexta (19) não devem comparecer ao consulado. A representação diplomática já havia cancelado as entrevistas desta quarta (17) na capital paulista.

De acordo com a Embaixada, os solicitantes receberão detalhes de como reagendar suas entrevistas. Os agendamentos para esta terça (16) em São Paulo foram mantidos, bem como as de hoje e de quarta-feira (17) em Brasília, Recife e Rio de Janeiro.

Ainda conforme a representação norte-americana em Brasília, pessoas que já tinham entrevistas agendadas terão de acessar novamente o sistema de emissão de vistos pela internet e escolher uma nova data, a partir do dia 20, para comparecer à seção diplomática onde fez a solicitação.

Depois do pedido de agendamento, o consulado emite em até cinco dias úteis a confirmação para a nova entrevista. Nos casos de urgência – negócios, tratamento médico ou morte –, há a possibilidade de o processo ser agilizado. O interessado terá de comprovar o motivo da urgência quando solicitado.

Falha técnica

Uma falha técnica prejudicou a emissão de vistos americanos no mundo todo. Solicitações do documento feitas depois de 8 de junho estão sendo afetadas pelo atraso, e não há previsão de quando o serviço voltará ao normal.

A divisão de assuntos consulares dos EUA afirma que o problema não é específico de nenhum país. “Pedimos desculpas pela inconveniência e estamos trabalhando arduamente para sanar o problema e restaurar as operações por completo”, disse um comunicado da Embaixada.

Segundo a representação diplomática americana, pessoas com viagens de emergência devem seguir as instruções contidas neste link.

15:57 · 22.05.2015 / atualizado às 15:57 · 22.05.2015 por

Se você está pensando em viajar para os Estados Unidos, vale conferir essa promoção que a Azul colocou no ar. Desta vez, a companhia aérea garantiu que vai oferecer viagens de ida e volta por apenas R$ 99 para quem quem comprar uma passagem em um dos seus voos para os Estados Unidos e tiver que se deslocar para tirar o visto americano. E mais: a empresa se comprometeu a devolver o valor pago nas passagens para a Terra do Tio Sam caso o cliente não consiga obter o visto.

A informação foi divulgada no site da Azul e como não há regulamento publicado com restrições entende-se que valha para qualquer passageiro que compre qualquer voo para os Estados Unidos. Segundo a companhia, a tarifa de R$ 99 ida e volta vale para saídas “de qualquer cidade do Brasil até a cidade mais próxima com consulado americano”.

Para comprar as passagens promocionais para a emissão do visto é necessário contatar o call center após ter reservado os voos internacionais, por meio do telefone 4003-1118.

Além da embaixada em Brasília, há consulados dos Estados Unidos no Rio de Janeiro, São Paulo e Recife e Centros de Atendimento ao Solicitante de Visto (CASV) em Belo Horizonte, Brasília, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo.

09:36 · 30.04.2015 / atualizado às 09:36 · 30.04.2015 por

Será que, agora, vai? Em entrevista, ontem, ao jornal Estadão, a embaixadora norte-americana no Brasil, Liliana Ayalde, afirmou, que a isenção de vistos de brasileiros aos Estados Unidos – e, consequentemente, para norte-americanos entrarem no país – é um tema que voltou a ser discutido bilateralmente e que o resultado só depende do nosso País.

Conforme disse, pontos da discussão, como a necessidade de troca de informações prévia de passageiros e a interação entre os dois sistemas de controle de imigração dos países, exigida pelos Estados Unidos, dependem de uma posição do governo brasileiro.

“Vamos ver o que o governo brasileiro apresenta. Estamos prontos para falar; temos feitos programas com outros governos e estamos prontos para fazer algum projeto piloto [com o Brasil]. Mas vai depender das autoridades brasileiras”, afirmou a embaixadora. “Se falou muito no tema da isenção de vistos, mas ficou um pouco ‘in box’ por falta de uma decisão política”, completou.

Liliana adiantou que um dos requisitos para a isenção de vistos brasileiros para entrar nos Estados Unidos, ter 96% de concessão dos pedidos feitos por cidadãos daqui, já foi atingida pelo país. “Então não passa de mito o medo que uma pessoa tem de que não irá conseguir visto”, avaliou.

Com informações da Agência Estado.

08:37 · 27.04.2015 / atualizado às 08:37 · 27.04.2015 por

Os brasileiros que forem visitar o Canadá poderão, em breve, obter autorização eletrônica de viagem. Isto vai ser possível porque o governo canadense incluiu nos orçamentos para 2015 e 2016 a expansão do seu programa de Autorização Eletrônica de Viagem (ETA, na sigla inglês) para turistas do Brasil, México, Bulgária e Romênia.

De acordo com o ETA, as pessoas das nações incluídas que querem viajar ao Canadá ficam obrigadas a obterem previamente uma autorização eletrônica similar a do Sistema Eletrônico de Autorização de Viagem (Esta) dos Estados Unidos.

O Conselho Nacional de Companhias Aéreas do Canadá (NACC) expressou em comunicado sua satisfação com a expansão do programa. “As principais companhias aéreas do Canadá reconhecem que tornar mais rápido e fácil a visita ao Canadá é fundamental para expandir os negócios, o comércio e o turismo. Ampliar o ETA é um passo positivo”, disse o diretor-executivo do órgão, Marc-André O’Rourke.

15:00 · 19.12.2014 / atualizado às 13:39 · 19.12.2014 por
Ilha de  Long Caye, em Belize Foto: Divulgação
Ilha de Long Caye, em Belize Foto: Divulgação

Com o objetivo de impulsionar o turismo, o Ministério de Imigração de Belize decidiu eliminar a necessidade de visto de vários países da Ásia e da América Latina, entre eles o Brasil.

O titular da pasta, Godwin Hulse, explicou que, além dos brasileiros, serão beneficiados os cidadãos de Colômbia, Japão e Coreia do Sul e residentes permanentes dos Estados Unidos.

A justificativa? Para atrair novos turistas ao seu país, ele considera que não é conveniente deixar as pessoas esperando em aeroportos com “solicitações que tomam muito tempo”. “Portanto, eliminamos os requisitos de vistos”, disse.

O ministro garantiu ainda que, atualmente, cidadãos de 50 nações já podem entrar livremente por lá.

Saiba mais sobre o país

Localização

Ex-colônia britânica, Belize é um pequeno Estado soberano situado na costa nordeste da América Central – logo ao sul do México -, onde o inglês é língua oficial, apesar de o crioulo belizenho e de o castelhano serem comumente falados. Sua capital é Belmopan, enquanto que a cidade de Belize é a maior, com pouco mais de 61 mil habitantes.

O que ver e fazer

O grande buraco azul Foto: Divulgação
O grande buraco azul Foto: Divulgação

Com águas incrivelmente claras, Belize tem um ecossistema marinho privilegiado, composto de manguezais, atóis, bancos de areia e a segunda maior barreira de corais do mundo, oferecendo aos mergulhadores um cenário maravilhoso.

Aliás, é neste país onde está o Blue Hole (Buraco Azul), onde se mergulha a uma profundidade de 40 metros para ver as enormes estalactites – algumas com mais de cinco metros de comprimento – que decoram as paredes desta caverna submersa, cujo teto desabou há cerca de dez mil anos. Ruínas da civilização Maya são outra atração local. Descansar em praias desertas é outra opção.

Economia

A pequena economia do país baseia-se principalmente na agricultura, na indústria de base agrária e no merchandising, com o turismo – em especial as áreas ligadas ao mergulho – e a construção crescendo em relevância econômica nos últimos anos. O açúcar é o produto agrário mais importante e é responsável por quase metade das exportações, enquanto que a indústria da banana é o maior empregador local.

Moeda

A moeda local é o dólar de Belize. Um dólar americano equivale a dois dólares de Belize.

Clima

Belize tem um clima subtropical com duas estações bem marcadas. A estação seca que vai de janeiro a maio e entre agosto e setembro e a chuvosa, nos meses de junho/julho e outubro/novembro. O período de furacões é  junho e novembro.

Quem leva

Para chegar lá, o turista tem como opções as seguintes companhias aéreas: American Airlines, Avianca, Delta Airlines, United Airlines, Tropic Air, US Airways e brevemente a Copa Airlines.

Mais informações podem ser encontradas no site de turismo do país. Para isso clique aqui.

Pesquisar

Andarilho

Viagens e estilo de vida.
Posts Recentes

01h09mDescubra 12 motivos pelos quais o seu cérebro precisa tirar férias

11h09mConfira seis cidades brasileiras para quem quer conhecer as culinárias regionais

02h09mWi-Fi: conecte-se de graça em qualquer lugar do mundo

02h08mPromoção: confira passagens aéreas para a Europa por menos de R$ 1.600

03h08mVacina contra febre amarela tem nova regra

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs
Redes Sociais
Instagram Siga o