Blog do Automóvel

Busca


Anfavea diz que IPI sobre carros deve subir em janeiro de 2015

Publicado em 26/11/2014 - 16:07 por | Comentar

Categorias: Anfavea, Impostos
  • Enviar para o Kindle

producao_de_veiculos45013

Quem esperava que o carro ficaria mais barato no começo de ano, enganou-se! A redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) cobrado sobre os carros não deve ser novamente prorrogada no início de 2015, conforme previsto no calendário atual. A afirmação foi feita por Luiz Moan, presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) depois de uma reunião com o Ministro da Fazenda, Guido Mantega. O aumento deveria ter sido aplicado em meados de 2014, mas o Ministério da Fazenda optou por manter as taxas reduzidas até o final do ano, na tentativa de melhorar as vendas do setor. Assim, atualmente, o IPI varia de 3% a 10% para carros com motores até 1.0 flex e de 1.0 a 2.0 a gasolina, respectivamente. (Confira a alíquota atual e a que deve ser aplicada a partir de janeiro na tabela, ao fim do texto)

O presidente da Anfavea se reuniu ontem (20) com o ministro da Fazenda e afirmou que o governo não deu pistas de que a redução do imposto, aplicada atualmente, deve ser revista em janeiro. Assim, a taxação dos carros novos deve subir depois da virada do ano. “É uma decisão que está tomada. Vamos continuar trabalhando com um cenário de elevação do IPI na produção, nas promoções e vendas”, disse Moan, segundo a Agência Brasil. Por enquanto, porém, o Governo não se pronunciou oficialmente sobre as medidas.

O executivo não informou como a subida do imposto deve influenciar no preço dos carros, já que esta é uma decisão de cada montadora. Mas, descartou demissões no setor, mesmo com as vendas em baixa apesar dos incentivos. “A indústria automobilística tem seus trabalhadores em um nível muito qualificado, o que significa crescimento e treinamento fortes. Então, a indústria sempre evitou fazer uma redução do pessoal em função justamente desse investimento que foi feito. Vamos lutar para continuar o máximo possível produzindo e vendendo”, disse.

Alíquotas

O calendário atual da redução do IPI para carros novos prevê que os modelos com motores até 1.0 flex sejam tributados em 3%. Os modelos com motores entre 1.0 e 2.0 flex sofrem cobrança de 9%, enquanto os carros com motores de mesma litragem movidos a gasolina são tributados em 10%. Utilitários e utilitários de carga têm IPI de 3%. Com o retorno da alíquota cheia, os índices subirão para 7%, 11%, 13%, 8% e 4%, respectivamente.

Leilão da linha pesada da Iveco inicia em R$ 36 mil

Publicado em 26/11/2014 - 14:46 por | Comentar

Categorias: Iveco
  • Enviar para o Kindle

Minhas imagens

Na próxima terça (2/12), a Iveco – montadora de veículos pesados – irá realizar um leilão online de caminhões e ônibus semi-novos, utilizados somente em showrooms de lojas e eventos promocionais. Serão, ao todo, 103 lotes localizados na cidade de Sete Lagoas/MG e Caxias do Sul/RS.

Dentre os itens da lista, estão os modelos de caminhões Cesto Daily, Carga Vertis, Baú Vertis, Cavalos Mecânicos Tector, Trakker 410 e Micro Ônibus City Class. Os valores iniciais variam de R$ 36 mil a R$ 152.500. Os caminhões serão vendidos sem garantia.

Os lances podem ser feitos online, por meio do site do Superbid,  empresa que organiza a venda, ou na sede (Alameda Lorena, 800, 2º andar, Jardim Paulista – São Paulo/SP). O resultado é processado eletronicamente. Para participar, tanto pessoas físicas como jurídicas devem se cadastrar no site e solicitar habilitação.

BMW X4 desembarca em Fortaleza

Publicado em 26/11/2014 - 9:16 por | Comentar

Categorias: BMW, Lançamento
  • Enviar para o Kindle

auto

A concessionária Welle Motors estendeu o expediente na noite de ontem. A razão: a chegada do modelo x4. Para ocasião, foram chamados clientes e amantes da BMW para conferir o último lançamento da marca. Para quem não lembra, ele foi previamente apresentado globalmente no Salão de Xangai do ano passado como carro conceito. Este ano, entrou no hall daqueles que finalmente saem do papel e da característica futurista para entrar no mercado. Esse utilitário esportivo também esteve presente no Salão Internacional do Automóvel de São Paulo deste ano. Inclusive, o superintendente da autorizada de Fortaleza, João França Júnior, esteve presente no evento e conferiu de perto quais eram as configurações que chegariam à cidade. Assim, já iniciou o trabalho de pré-venda do modelo. O resultado é que das sete unidades trazidas para a capital, duas já foram vendidas antes mesmo de estacionar na loja.

my documents1

Inclusive, uma delas estava em exposição no saguão da rede: a de configuração 2.0 turbo branca. Por enquanto, esse é o modelo com mais volume na concessionária. Em poucos dias chega a opção com motorização 3.0 turbo, mas essa já tem dono também. Mas, quem desejar a mais potente, até fevereiro virá uma unidade por mês. Depois disso, o lote aumentará para três carros para atender ao público que gosta de mais motor. Quanto a grande questão do preço, ele será tabelado nacionalmente. A configuração 2.0 turbo custa R$ 264.950 e a 3.0 turbo, R$ 314.950. Já as características do produto, o BMW X4 xDrive 28i tem 245 cv a 5.000 – 6.500 rpm com motor a gasolina. A velocidade máxima dele é de 232 km/h e a aceleração (0-100 km) é de 6,4 segundos.  O consumo na cidade é de 9,3 a 8,7 e na estrada é de 6,3 a 5,9 l/100km.

A outra configuração trazida é o BMW X4 xDrive 35i com 306 de potência a 5.800 – 6.400 rpm. A velocidade é 247 km/h e a aceleração é de 5,5 segundos. O consumo na cidade é 10,7 e na estrada é 6,9 l/100km. Quanto aos equipamentos de série que tem em ambas as opções: a transmissão é automática de oito velocidades; a direção é desportiva variável; o ar condicionado é automático; ele tem controle dinâmico de estabilidade (DSC) e modo de tração (DTC).

Fotos: Tuno Vieira

Fotos: Tuno Vieira

Inscrições ainda estão abertas para final do Mitsubishi Motorsports

Publicado em 25/11/2014 - 12:20 por | Comentar

Categorias: Mitsubishi, Rally
  • Enviar para o Kindle

ms13_fortaleza_tompapp-171

Neste sábado, acontece a última etapa do Mitsubishi Motorsports Nordeste 2014. Normalmente a final era realizada em Fortaleza, no entanto quem assume este ano o posto de sede do encontro é João Pessoa (PB).

A prova largará do Centro de Convenções de João Pessoa – Poeta Ronaldo Cunha Lima rumo ao norte e passará pelos municípios de Cruz do Espírito Santo e Santa Rita. “Os participantes encontrarão piso de areia, mata, canavial e travessia de rio”, conta Fernando Julianelli, diretor de marketing da Mitsubishi Motors.

Podem participar veículos 4×4 das linhas Pajero e L200. A competição é dividida em três categorias: a Graduados, para duplas experientes, fará um percurso de 180km. A categoria Turismo, para quem tem experiência intermediária, andará 160km e a Turismo Light, para iniciantes, 140km. As inscrições ainda estão abertas e podem ser feitas no site da marca até quinta-feira às 18h.

ms13_fortaleza_victoreleuterio_-(345-of-1248)

Programação – Mitsubishi Motorsports Nordeste – João Pessoa (PB)

28 de novembro – Sexta-feira
Entrega de kits, vistoria, briefing e aula de navegação – das 17h às 22h
Local: Centro de Convenções Poeta Ronaldo Cunha Lima. Endereço: Rodovia PB-008, KM 05, Jacarapé, Polo Ecoturístico do Cabo Branco, João Pessoa (PB)

29 de novembro – Sábado
Endereço: Centro de Convenções Poeta Ronaldo Cunha Lima. Endereço: Rodovia PB-008, KM 05, Jacarapé, Polo Ecoturístico do Cabo Branco, João Pessoa (PB)
7h30 – Entrega das planilhas para Categoria Graduados
A partir das 14h – Chegada e almoço
A partir das 17h – Premiação e show de encerramento

Nissan apresenta o Juke 2015

Publicado em 25/11/2014 - 10:28 por | Comentar

  • Enviar para o Kindle

nissan_la_auto_show_2014

A estilização do cross esportivo Juke, da Nissan, foi apresentado no Salão de Los Angeles. O evento começou no dia 21 deste mês e estende-se até o fim de novembro. Produzido na Inglaterra, segundo Alexandre Carvalho, coordenador de imprensa da Nissan, não há nenhuma previsão da chegada desse modelo ao Brasil. O mesmo acontece com o modelo Murano, o qual a sua terceira geração também foi um dos destaques da marca.

Mesmo não circulando em vias brasileiras, que tal conhecer um pouco dessa nova repaginada do Juke? O modelo 2015 mantém as mesmas dimensões, mas chega com mudanças no design, como novos faróis, lanternas em bumerangue com detalhes de LED e para-choque traseiro redesenhado. Foi aumentado também os itens de série. Por exemplo, dentre eles está a chave inteligente i-Key, o botão de ignição para o motor, o monitor de visibilidade traseira e o Nissan Connect (sistema que conecta o carro às redes sociais e internet).

my documents

Outro destaque do Juke são as cores. São três opções: preto, amarelo e azul. Além disso, há possibilidade de personalização por meio do “Color Studio”, o qual dá aos proprietários do modelo esportivo a capacidade de personalizar o exterior e o interior com uma série de pacotes de cores, que alteraram a aparência.

Entre eles, as novas rodas de 17 polegadas em liga, que estão disponíveis com inserções de cores para combinar ou contrastar a cor da carroceria. Toques de cores especiais também podem ser aplicados às tampas dos espelhos retrovisores externos, soleiras laterais, espóiler traseiro e maçanetas. Oito cores estarão disponíveis, entre elas vermelho, amarelo, azul e roxo, além de doze tipos de acessórios.

2015 Nissan JUKE

Ford mostra o Novo Mustang em Dubai – no edifício mais alto do mundo

Publicado em 24/11/2014 - 12:31 por | Comentar

  • Enviar para o Kindle

1f9467ed0ebd32e9dc822d63c55d5401_L

No Burj Khalifa, edifício mais alto do mundo (828 metros de altura), em Dubai, a Ford apresentou o Novo Mustang  O objetivo é mostrar força em crescer no Oriente Médio e na África.   Bill Ford, presidente do Conselho da Ford, comandou o evento colocando o famoso distintivo do cavalinho no Mustang 2015 conversível amarelo montado no 112º andar do arranha-céu.

“Hoje nós fincamos a bandeira Ford no Oriente Médio e na África, uma região emocionante, vibrante, que representa a última fronteira para o crescimento da indústria automobilística”, diz Ford. “Também enviamos uma mensagem para o mundo de que o Mustang agora é global, trazendo uma bagagem de 50 anos como maior ícone do automobilismo da América”.

A Ford criou neste ano sua nova unidade de negócios do Oriente Médio e África para coordenar a atuação da empresa em 67 mercados no Norte da África, África Subsaariana, África do Sul e regiões do Oriente Médio.

As vendas do setor no Oriente Médio e na África devem crescer 40% até 2020, para 5,5 milhões de veículos. Para atender a essa nova demanda, a Ford se comprometeu a lançar 25 veículos na região até 2016, incluindo o novo Mustang, que estreia no próximo ano.

Homenagem

“Há um século, Henry Ford teve a visão de abrir as estradas para toda a humanidade”, afirma Jim Benintende, presidente da Ford Oriente Médio e África. “Instalar a nossa sede regional em Dubai nos permite estar em contato com a inovação e imaginação que está florescendo aqui, ajudando a trazer a visão de nosso fundador a essa parte do mundo”.

A História se repete

Além do novo Mustang, a Ford anunciou um plano para introduzir novos veículos como o Ford Focus, o Ford Fusion e o Lincoln MKC no Oriente Médio e na África, além de novas tecnologias, como motores EcoBoost, sistema de conectividade Sync, cintos de segurança traseiros infláveis e chave de segurança MyKey. “Há quase 50 anos, a Ford atraiu a atenção do mundo, colocando um Mustang 1965 conversível em cima do então edifício mais alto do mundo, o Empire State Building em Nova York”, diz Bill Ford.

Fiat lidera financiamento de carros novos e usados

Publicado em 24/11/2014 - 9:28 por | Comentar

Categorias: Financiamento, Mercado
  • Enviar para o Kindle

Em outubro a Fiat ficou na liderança no ranking das marcas mais financiadas de autos leves novos no Brasil, com 35.204 unidades, uma participação no mercado de 21,4%. No acumulado do ano, levando-se em consideração autos leves novos e usados, a montadora também está à frente, com 879.228 unidades financiadas.

Tabela1
O levantamento é da Cetip, que opera o maior banco de dados privado de informações sobre financiamentos de veículos do país, o Sistema Nacional de Gravames (SNG). Os números contemplam os veículos comercializados por crédito direto ao consumidor (CDC), leasing e autofinanciamento (consórcio).
A General Motors segue como a segunda marca que mais financia autos leves novos no país, chegando a 34.864 unidades em outubro. A Volkswagen está na terceira colocação, com participação no mercado de 16,9%, totalizando 28.819 autos leves novos financiados.
A Toyota também melhorou o seu desempenho e passou a ocupar a sexta posição no ranking consolidado e de automóveis leves novos, com 22.081 unidades e 11.394 unidades, respectivamente. Com isso, a marca ultrapassou a Hyundai, que passou a ocupar o sétimo lugar.

 

tabela3
No Brasil, foram financiados 452.735 automóveis leves em outubro, entre novos e usados. Desse total, 180.768 foram unidades novas e 271.967 foram de usados.

Copa Troller em sua etapa final

Publicado em 22/11/2014 - 11:19 por | Comentar

Categorias: Rally, Troller, Utilitários
  • Enviar para o Kindle

A Copa Troller Nordeste promove neste sábado (22/11) a grande final da temporada 2014 em Fortaleza, no Ceará, estado conhecido como a terra do utilitário T4. A expectativa é ter dezenas de carros no grid de largada numa prova que é o terreno natural do utilitário brasileiro: as dunas da região de Sabiaguaba

 

Muita emoção e trilhas difíceis na última etapa (Crédito Foto: Doni Castilho)

Muita emoção e trilhas difíceis na última etapa (Crédito Foto: Doni Castilho)

A Troller tem sua fábrica na cidade de Horizonte, a 60 quilômetros da capital cearense. De sua linha de montagem, sai o Novo T4 que é a maior sensação do segmento de veículos off-road. Por isso, a final na região tem um gosto muito especial. “É um orgulho ter a decisão da Copa Troller no Ceará, onde temos a nossa fábrica nordestina que produz o T4 para o Brasil”, afirma Carla Freire, supervisora de Marketing da Troller.
A identificação da categoria com o público é grande. Uma demonstração clara dessa afirmação é que a categoria mais procurada dessa etapa é a Passeio, com trilhas especialmente selecionadas para os iniciantes em provas off-road. Essa categoria não tem contagem de pontos, com um roteiro que passa pela região de Porto das Dunas, com belíssimas paisagens. Mais de 20 carros já estão inscritos na modalidade que vem crescendo a cada edição.
“A categoria Passeio é bem aceita pelos participantes, principalmente no Nordeste, onde os participantes têm a oportunidade de dirigir seus veículos nas trilhas de areia e em dunas, tornando ainda mais divertido pilotar o Troller T4. Com certeza, é sempre um momento especial da Copa Troller”, diz Ricardo Menezes, diretor de prova.

Muitos competidores com o novo Troller (Crédito Foto: Rogerio Vital)

Muitos competidores com o novo Troller (Crédito Foto: Rogerio Vital)

Graduados e Turismo
Nas categorias principais, haverá a decisão do título. Na Graduados, o campeonato é liderado pela dupla Omar Dantas e Wellington de Rezende, de Natal, com 137 pontos. Na Turismo, Marcos Santos e Renan Félix seguem na ponta com 140 pontos, porém, com uma diferença de apenas dois pontos em relação aos segundo colocados, o que mantém o título em aberto.
As inscrições para a prova estão abertas e podem ser feitas no site www.troller.com.br. A largada será às 8h00 no Hotel Marina Park, na Av. Presidente Castelo Branco, 400, Praia de Iracema.

Dunas e areia fazem parte das trilhas (Crédito Foto: Rogerio Vital)

Dunas e areia fazem parte das trilhas (Crédito Foto: Rogerio Vital)

A cobertura da decisão pode ser acompanhada, com fotos e informações, pela página da Troller no Facebook no www.facebook.com/trollerbrasil. O campeonato já teve etapas em Alagoas, Bahia e Rio Grande do Norte, reunindo centenas de duplas durante a temporada.

Volvo promete devolver seu carro em menos de três horas se ele for furtado

Publicado em 21/11/2014 - 13:33 por | Comentar

  • Enviar para o Kindle

volvo1

Não existe nada pior que chegar no local onde você deixou seu carro e não encontrá-lo mais, não é? Dá uma aflição! No Brasil, já faz tempo que se discute tornar rastreadores itens obrigatórios de carros novos. Montadoras e fabricantes de aparelhos acham que o sistema deveria ser opcional. Polêmicas à parte, o fato é que a Volvo, fabricante sueca, divulgou informações interessantes sobre o assunto.

A marca diz que seu serviço de rastreamento total de carros teve 7.500 adesões e zerou o número de acidentes com feridos/mortos, além de recuperar todos os automóveis roubados. Chamado OnCall, tem exatos dois anos – estreou no Salão de SP de 2012.

Como funciona

No caso da Volvo, o rastreador é item de série para qualquer modelo da linha, que tem preço inicial de R$ 123 mil (o hatch médio V40). A ativação, porém, é opcional: quando contratado pelo cliente, opera por meio de conexão de celular privativa (o próprio carro tem seu chip 3G/4G atrelado ao rastreador, independente do celular do condutor), e funciona sem qualquer custo por dois anos. Depois, passa a cobrar anuidade de R$ 1.290. Daí a divulgação dos dados agora: a Volvo está confiante no sucesso do OnCall e acredita que os consumidores atuais devem renovar o serviço e que novos compradores devem aderir.

Segundo Luís Rezende, CEO da Volvo do Brasil, “Foram encontrados 100% dos carros roubados, sendo que 93% deles foram recuperados em até três horas”. A vantagem está, também, na exclusividade: “É um caso único no Brasil, não há serviço similar no país”.

Meta

Faz parte da meta da Volvo de ter “zero morte” (e virtualmente nenhum acidente sério) até 2018 – bem como da meta de ter carros que se dirigem sozinhos até 2020. Atualmente, os carros da marca dispõem de radares, câmeras e sensores que tentam ao máximo evitar colisões com obstáculos, outros carros, pessoas e animais. Se tudo isso falhar, o rastreador dispara o sinal e a central OnCall liga para o carro acidentado. Se ninguém atender em 11 segundos, centrais de emergência (socorre médico e polícia) são ativadas.

volvo-oncall-iphone-e-android-1366415400008_615x300

Só falta falar

A função que rastreia o carro em caso de roubo pode ser acionada pelo proprietário através de um aplicativo do celular  ou de uma ligação para a central. O funcionamento é semelhante ao de serviços que localizam smartphones roubados (Apple, Samsung e Sony têm, por exemplo): na tela do celular, o app mostra a posição do carro no mapa, além de botões para localizar e até cortar o combustível do motor.

Dados

Segundo a Volvo do Brasil, são 7.500 carros conectados no país. Embora a marca tenha vendido apenas 2.940 carros em 2013 e número similar em 2012, o restante vem de donos de carros mais antigos, que também optaram pelo serviço. Segundo a marca, o sistema OnCall integra carros da Volvo desde 2011, mas sua ativação local foi adiada por conta do imbróglio das autoridades com o chip veicular, mesma solução que seria usada pela montadora inicialmente.

Destes, 28 foram furtados ou roubados e recuperados nestes dois anos, sendo que 26 (93%) foram reencontrados em até três horas. Um deles, na cidade de São Paulo, teria voltado para o cliente em 27 minutos. Não há dados sobre carros furtados/roubados sem o serviço.

Karl Abarth: o homem sob o escorpião

Publicado em 21/11/2014 - 10:59 por | Comentar

Categorias: Fiat, História
  • Enviar para o Kindle

karl-abarthA linha Abarth chega pela segunda vez em um modelo Fiat. No entanto, na Europa, esse nome é uma marca paralela, assim como a Ferrari é um outro departamento da montadora. Além disso, ele também é um sobrenome e pertence a um homem muito popular e reconhecido no continente europeu. O símbolo do escorpião que acompanha os carros Abarth não é em vão, afinal esse é o signo de Karl Abarth, que nasceu na Áustria em 15 de novembro de 1908. Ele é referência no segmento de pocket rocket da Europa. Desde sua chegada aos autódromos, o mundo das corridas nunca mais foi o mesmo.

Ainda jovem, em 1928, Karl Abarth trabalhou na fábrica Moto Thun, no início como mecânico, depois como preparador. Foi nesse momento que ele teve sua grande chance, ao substituir um piloto lesionado. Abarth surgiu nas pistas, ainda jovem, como piloto de motocicletas no Grande Prêmio da Áustria. O recém chegado piloto substituto se classificou à frente dos melhores nomes da época. Na verdade, Karl obteve o melhor tempo… duas vezes.

 

Um ano depois, ele construiu sua primeira motocicleta a qual recebeu o seu sobrenome. Com 20 anos, ele tornou-se cinco vezes campeão europeu. Sua ascensão como piloto profissional de duas rodas mudou de rumo após um grave acidente. Por recomendações de amigo e familiares, Abarth abandonou o mundo das duas rodas e… partiu para a corrida de side-cars. Ele ampliou o desempenho e a fama desse tipo de veículo graças às suas habilidades mecânicas, como piloto e até no mundo do marketing. Karl Abarth acabou embarcando em uma missão aparentemente impossível: desafiar e superar o Expresso do Oriente no percurso de 1.372 km entre Ostende (Bélgica) e Paris (França). Ele ganhou o desafio, claro.

Carlo-abarth-riding

Durante a segunda Guerra Mundial, Karl se mudou para a Itália, obtendo cidadania italiana em troca pelas suas vitórias esportivas. Além disso, tornou o seu nome um pouco mais italiano, mudando Karl para Carlo. Nessa época também, por volta de 1945, ele estabeleceu contato com antigos amigos na família Porche e virou o representante italiano do estúdio de design da marca. Depois de um pequeno contratempo, ele pegou o que restou dessa empresa e fundou, em 1949, a equipe de corrida Abarth&Co. A equipe Abarth recebeu os melhores pilotos da época, incluindo nomes como Vignale, Romano e até o lendário Tazio Nuvolari. Lógico que a logo era o escorpião.

A equipe ganhou tudo o que era possível, mas os custos ficaram altos de mais para se manter. Mas, como sempre, Abarth encontrou um jeito. Para tornar a empresa vencedora, fora das pistas de corrida, Carlo criou o primeiro kit de modificação para o câmbio e escapamento do Fiat Topolino, um sucesso da Fiat na Europa. Com tantos Topolinos no mercado, o kit Abarth foi aceito de imediato, permitindo que qualquer pessoa transformasse seu próprio Topolino em um carro mais rápido e mais esportivo.

O habilidoso modificador trabalhou em uma variedade de modelos que imediatamente começaram a registrar suas primeiras vitórias em corridas. Um desses carros foi o extremamente bem sucedido Abarth 204 baseado no sedã Fiat 1100. Nos anos 1950, foram feitos os primeiros contatos oficiais com as principais montadoras italianas: Fiat, Ferrari e Alfa Romeo.

O ano de 1959 viu o nascimento do Fiat 500, o carro dos jovens, dos amantes da liberdade e da velocidade. Abarth, com o Fiat 500, literalmente democratizou os carros de corrida. E esse sucesso baseado no Cinquecento permitiu que Abarth atraísse o interesse da Fiat. A aquisição da Abarth pela Fiat, contudo, iria ocorrer tempos depois, em 1971.

Capturas de tela

Por sete dias e sete noites, o Fiat 500 Abarth percorreu uma maratona, cobrindo uma distância de 18.186km com uma velocidade média de 108km/h. Assim, ele quebrou seis recordes internacionais. Com isso ele provou que os pequenos também podem ser selvagem, que podem ser usados como carros de corrida. Com isso uma nova frase foi agregada a ele: “small but wicked” (pequeno, mas furioso). Esse casamento gerou mais de 900 vitórias entre os anos de 1958 e 1965.

Os sucessos dos anos 1970 foram as últimas vitórias que Carlo Abarth pôde desfrutar. Embora fosse um vencedor por natureza, acostumado a vencer qualquer um ou qualquer coisa, ele finalmente encontrou um desafio que não conseguiu superar. Mas, deixou um legado de dez recordes mundiais, 133 recordes internacionais e mais de 10.000 vitórias na pista. Abarth faleceu em 23 de outubro de 1979, novamente sob o signo de Escorpião, o mesmo de seu nascimento.

carlo-abarth

Página 1 de 18612345...102030...»

Editora Verdes Mares Ltda.

Praça da Imprensa, S/N. Bairro: Dionísio Torres

Fone: (85) 3266.9999

teste