Busca

12:35 · 20.01.2017 / atualizado às 12:35 · 20.01.2017 por

A Cummins Brasil rememora o lançamento do Cummins Na Estrada e festeja os resultados obtidos no primeiro ano de atuação. Em 2016, ano de estreia, o caminhão itinerante da maior fabricante de motores Diesel, componentes e Grupos Geradores percorreu um total 18.369 quilômetros pelo País ao atravessar 9 Estados e mais de 15 cidades, envolvendo cerca de 900 profissionais que puderam conferir na prática as ações promovidas pela empresa no ano passado, entre elas, treinamentos, palestras e prospecção de novos negócios.

Road_Show_400cummins
“Ter um projeto itinerante nos permitiu mais flexibilidade ao contatarmos presencialmenre nosso público e ainda adaptar nossas ações de acordo com a atuação de nossa empresa em determinadas regiões do País”, diz Pedro Silva, analista de Marketing Senior da Cummins Brasil. Ao levar conhecimento Cummins, informações e entretenimento, a fabricante de motores teve como objetivo desenvolver também suas atividades voltadas ao pós-venda, levando em consideração a sua população de motores que circula no País e ultrapassa a marca de 1 milhão de unidades.

Road_Show_2
O caminhão Cummins Na Estrada circulou pelo Brasil com layout bastante atrativo e a proposta de integrar as unidades de Negócios Cummins para atender aos diversos mercados de atuação, como automotivo, agrícola, geração de energia, mineração, construção, óleo e gás, entre outros. Para este ano, a Cummins prevê expansão dos trabalhos a bordo do caminhão Cummins Na Estrada, tanto no Brasil quanto na América do Sul.

Road_Show_3
“Além de focar com mais agressividade nas ações voltadas ao pós-venda, vamos reforçar os adventos tecnológicos da Cummins levando mais inovação e pioneirismo e criar o desejo e as vantagens de ter motorizações e componentes Cummins, como redução de custos operacionais e alta disponibilidade dos equipamentos em operação. Esta ação também faz parte da estratégia Cummins em reforçar a visibilidade da marca, levando para o mercado todos os benefícios que nossos produtos oferecem”, reforça Luciana Giles, diretora de Comunicação da Cummins para América Latina.

12:27 · 20.01.2017 / atualizado às 12:27 · 20.01.2017 por

O governador Camilo Santana inaugura nesta sexta-feira (20), às 16 horas, a nova sede da Unidade Regional do Departamento Estadual de Trânsito do Estado do Ceará (Detran), em Baturité. O equipamento, que conta também com a pista de exame de direção, está instalada no Km 28 da CE 356, bairro Alto Alegre, antes da entrada principal da cidade. O investimento foi de R$ 3,9 milhões, dos quais R$ 1,8 milhão na sede e R$ 2,1 milhões na pista de exame.
Acompanhado do secretário das Cidades, Lúcio Ferreira Gomes, e do superintendente do Detran, Igor Ponte, o governador percorrerá o espaço, que terá todos os serviços em Baturité: exames para obtenção da primeira carteira de motorista, médico, psicológico, biometria, teórico e prático; renovação da CNH; primeiro emplacamento de veículos, vistoria e transferência de veículos.
Essa é a 13ª unidade regional do Detran, que este ano entregará mais duas unidades, em Aracati e Camocim. A regional de Baturité atenderá outros 15 municípios: Acarape, Aracoiaba, Aratuba, Barreira, Canindé, Capistrano, Caridade, Guaramiranga, Itapiúna, Itatira, Mulungu, Ocara, Pacoti, Paramoti, e Redenção. Ao todo, os 16 municípios reúnem uma frota de mais de 2,1 milhões de veículos e um universo de mais de 51 mil portadores de Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

SERVIÇO
Inauguração da nova sede regional do Detran
Local: Km 28 da CE 356, bairro Alto Alegre – Baturité.
Data: 20/01
Horário: 16h

15:41 · 19.01.2017 / atualizado às 15:41 · 19.01.2017 por

A Direct Imports, importadora independente de São Paulo, traz para o Brasil a primeira Ford F-250 Lariat 4×4 2017, ao preço de R$ 550.000,00. O modelo não é oferecido pela rede de concessionários Ford

Ford F-250 Lariat 4x4 2017
Ford F-250 Lariat 4×4 2017

O modelo tem cabine estendida e chega equipado com um motor V8 Power Stroke de 6,7 litros com 446cv de potência e 127,88 kgf.m de torque, versão mais vendida nos EUA. O câmbio que equipa o carro é automático de 6 velocidades, o que deixa o modelo ainda mais econômico. “Esta é a primeira unidade da nova série a desembarcar no país e foi encomendada no final de 2016. A Direct mais uma vez se antecipa e traz os principais lançamentos antes da concorrência” comenta Daniel Valerio, CEO da importadora.

No Brasil a Ford comercializa apenas a Nova Ranger para a mesma categoria e, traz três tipos de motor: Flex de 2,5 litros e câmbio manual de cinco velocidades, Diesel de 2,2 litros com câmbio manual ou automático de seis velocidades e por fim, outro a diesel de 3,2 litros com transmissão automática de 6 velocidades.

A nova F-250 que chegará ao Brasil já na primeira semana de fevereiro é equipada com ar-condicionado Dual-zone com controle automático de temperatura e aquecimento nos bancos. Também chegará equipada com 10 alto-falantes e 2 subwoofer e uma tela de 7” com sistema de navegação (GPS).

Na parte externa, o carro vem equipado com pintura em dois tons, para-choques dianteiro e traseiro em aço cromado, maçaneta na cor do veículo (branco), estribo e faróis de milha.

16:48 · 18.01.2017 / atualizado às 16:48 · 18.01.2017 por

Um desafio off-road de aproximadamente 1 mil quilômetros pelo sertão do Piauí e Ceará. No dia 23 de janeiro, começará mais uma edição do Rally Piocerá que terá início na cidade de Teresina (PI) e término em Caucaia (CE), no dia 28. Serão quatro dias de disputas e três pernoites, com paradas em Piripiri (PI), Viçosa (CE) e Sobral (CE)

PIOC

Conhecido como um dos maiores eventos fora-de-estrada do País, o Rally Piocerá (Rally Cerapió) completa 30 anos de realizações – um feito que nenhuma outra competição do gênero tem no Brasil.
“Uma receita que deu certo e que a cada ano recebe bons incrementos. Com quatro participações no Piocerá / Cerapió, seguiremos para a nossa quinta disputa e teço muito elogios à ela. A organização do rali escolhe a dedo os percursos, que passam por regiões inóspitas e com nível técnico de dificuldade inquestionável; e tudo isso, privilegiando as belezas e histórias de tais lugares”, elogiou o piloto Roberto Bontempo, que em 2015 foi campeão da categoria Graduados.

 

PIO2
Ao lado de Bontempo, estará o navegador Leonardo Martins. Juntos, eles buscarão mais um título no Piocerá e têm grandes chances para isso. “Somos uma equipe presente nas principais provas do País e nas mais diversas localidades, encarando grids com diversas feras do esporte. Por isso, acredito que estamos bem preparados e com a dupla afinada para buscar um bom resultado”, disse Martins. Eles brigarão pelo pódio da categoria carros 4×4 – Máster, e são representantes da Araponga Rally.
De acordo com a organização do certame, a Radical Produções, o primeiro dia de disputa será o mais técnico de todas as edições Piocerá, e já poderá definir os campeões de 2017. Haverá vários balaios que exigirão extrema atenção, habilidade e rapidez dos competidores, além de alças que poderão se transformar naquele detalhe fundamental para a vitória (ou perda dela).
O trecho entre Teresina e Piripiri apresentará florestas naturais, trechos de carnaúbas e matas fechadas, em sete horas de concentração. “Já sabemos que a primeira etapa será complicada e, por isso, não podemos nos desesperar com pequenos erros cometidos. Sabemos que etapas com alto nível de dificuldade oferecem também a pressão psicológica, então, para vencer este dia e obter vantagem sobre nossos adversários, adotaremos uma estratégia onde cautela, paciência e foco serão a prioridade, de modo que se cometermos alguns deslizes, eles não serão capazes de nos desestabilizar. Precisamos estar sempre prontos para uma recuperação imediata”, refletiu a navegadora Rosi Vasconcelos, que terá como companheiro o piloto e marido, Miguel Sono. Eles disputarão a categoria carros 4×4 – Graduados, também pela Arapongas Rally.

O Piocerá 2017 abrirá os portões do parque de apoio no dia 23, próxima segunda-feira, no estacionamento externo do Teresina Shopping, onde permanece até o dia 25, quarta-feira, com a largada da primeira etapa. O evento reunirá participantes das categorias bikes, carros 4×4 regularidade, motos, quadriciclos e UTVs.
Programação – 25º Rally Piocerá
23 de janeiro – Segunda feira
Vistorias técnicas
Teresina (PI)
24 de janeiro – terça-feira
Briefing e largada promocional
Teresina (PI)

25 de janeiro – quarta-feira
Primeira etapa
Teresina (PI) – Piripiri (PI) – Carros, motos, UTVs e quadriciclos
Teresina (PI) – Campo Maior (PI) – Bikes

26 de janeiro – quinta-feira
Segunda etapa
Piripiri (PI) – Viçosa (CE) – Carros, motos, UTVs e quadriciclos
Ubajara (CE) – Ipú (CE) – Bikes
27 de janeiro – sexta-feira
Terceira etapa
Viçosa (CE) – Sobral (CE) – Carros, motos, UTVs e quadriciclos
Circuito Serra de Meruoca (CE) – Bikes

28 de janeiro – sábado
Quarta etapa
Sobral (CE) – Caucaia (CE) – Carros, motos, UTVs e quadriciclos
Circuito Serra do Juá (CE) – Bikes

20:39 · 15.01.2017 / atualizado às 20:39 · 15.01.2017 por

A Toyota do Brasil alcançou em 2016 sua melhor colocação no ranking nacional de vendas e a maior participação de mercado em toda a sua história de 59 anos no País. Com 180.406 unidades comercializadas e 8,8% de market share, a fabricante terminou o ano na 5ª posição do mercado e registrou crescimento de 2,6% nas vendas em comparação a 2015

 

Vendas do utilitário SW4 cresceram cerca de 40% em relação a 2015, com uma participação de mercado de quase 53% no segmento
Vendas do utilitário SW4 cresceram cerca de 40% em relação a 2015, com uma participação de mercado de quase 53% no segmento

Ao longo de 2016, a Toyota do Brasil também obteve resultados recordes em produção e exportação.
“Estou muito satisfeito com o desempenho da Toyota do Brasil, apesar da queda significativa de todo o mercado nacional. Nossa inédita participação de mercado e o aumento no volume ano a ano foram conquistados devido ao trabalho duro e desempenho do nosso time brasileiro de fornecedores e concessionárias. Eu agradeço aos clientes pela preferência e lealdade. Eu quero destacar também as melhorias que atingimos em qualidade, produtividade, gerenciamento de custos e cadeia de valor, o que contribuiu para os níveis recordes de produção, exportações e de serviços ao cliente. Continuamos comprometidos com o crescimento sustentável da operação da Toyota no Brasil, como demonstrado pelo anúncio recente de investimentos para a expansão da nossa nova fábrica de motores em Por to Feliz e a atualização contínua de nossa linha de produtos”, diz Steve St.Angelo, CEO da Toyota para América Latina e Caribe e Chairman da Toyota do Brasil.

 

Hilux fechou o ano como líder no segmento de picapes médias com 33.969 unidades vendidas
Hilux fechou o ano como líder no segmento de picapes médias com 33.969 unidades vendidas

Vendas no mercado nacional
O utilitário SW4 consolidou sua liderança na categoria de SUVs médios crescendo cerca de 40% em vendas em relação a 2015. Foram 12.175 unidades comercializadas, fechando uma participação de mercado de quase 53% no segmento.
Pela primeira vez, desde o início das vendas do modelo no Brasil, a Hilux tornou-se líder em todo o segmento de picapes médias, totalizando 33.969 unidades vendidas, cerca de 3,2% a mais que o total vendido em 2015.
O Etios manteve um bom desempenho e atingiu números recordes de produção desde que começou a ser fabricado e vendido no País, em 2012. Ao mercado nacional, foram destinadas 67.768 unidades. A evolução positiva da família Etios pode ser observada pelo aumento de market share deste produto. O modelo foi responsável por 5,8% de todas as vendas no segmento de hatches compactos (aumento de 1,6 pontos percentuais em relação a 2015). Já as vendas do Etios Sedã representaram 10,3% do total vendido na categoria de sedãs compactos (aumento de 1,1 pontos percentuais se comparado ao ano anterior).
O Corolla manteve liderança absoluta no segmento de sedãs médios. O modelo foi responsável por 48% das vendas totais na categoria. Foram 64.737 unidades comercializadas.

Corolla manteve liderança e encerrou 2016 com 48% das vendas totais no segmento de sedãs médios, com 64.737 unidades vendidas
Corolla manteve liderança e encerrou 2016 com 48% das vendas totais no segmento de sedãs médios, com 64.737 unidades vendidas

A Toyota foi uma das únicas fabricantes a atingir crescimento em 2016, um ano em que o mercado nacional recuou mais de 20%.
“A Toyota vem se consolidando, ao longo dos últimos seis anos, como um dos principais players do mercado brasileiro devido à sua competência tanto na força de vendas, como na produção e no atendimento diferenciado de pós-venda, resultando em um crescimento sustentável, mesmo em meio às dificuldades econômicas que o País atravessa”, diz Rafael Chang, presidente da Toyota do Brasil.

Compacto Etios atingiu números recordes de produção no País e mantém boa evolução com aumento de participação de mercado
Compacto Etios atingiu números recordes de produção no País e mantém boa evolução com aumento de participação de mercado

Híbridos
O híbrido Prius, que teve sua 4ª geração lançada no Brasil em junho de 2016, chegou à liderança do segmento de híbridos no País ao atingir 485 unidades vendidas no ano. Este total representa um aumento de aproximadamente 128% em relação a 2015. Desde que o modelo começou a ser vendido em território nacional, no início de 2013, foram vendidas 1.139 unidades.

 

Prius tornou-se líder na categoria de híbridos e, após o lançamento de sua 4ª geração no País, obteve crescimento de 128% em relação às vendas de 2015
Prius tornou-se líder na categoria de híbridos e, após o lançamento de sua 4ª geração no País, obteve crescimento de 128% em relação às vendas de 2015

Produção
A Toyota do Brasil encerrou o ano de 2016 com produção recorde de 175.901 unidades, um aumento de 1,1% em relação ao ano anterior.
O compacto Etios, fabricado na planta da Toyota em Sorocaba (SP), teve 93.598 unidades produzidas. O sedã médio Corolla registrou 82.303 veículos produzidos no período.

Exportação
Em 2016, a Toyota do Brasil exportou 43.561 de seus veículos produzidos no Brasil para outros mercados da América Latina, desempenho 16% superior ao total registrado em 2015, com 37.496 unidades.
O grande destaque para a operação brasileira da Toyota no comércio internacional ao longo de 2016 foi o compacto Etios, nas carrocerias sedã e hatchback, que confirmou a boa aceitação nos seus mercados de destino (Argentina, Paraguai, Uruguai e Peru) e fechou o ano com aumento de 17,5% no total exportado, atingindo 26.424 unidades comercializadas entre os países vizinhos, contra 22.480 em 2015.