Busca

18:48 · 22.08.2016 / atualizado às 18:48 · 22.08.2016 por

O Sest Senat Fortaleza, em parceria com a FETRANS, Programa DESPOLUIR e Centro Cultural do Transporte, realiza no mês de agosto diversas ações de combate ao uso de álcool e drogas nas estradas. Também participam das ações a Polícia Rodoviária Federal e as empresas Viação Princesa dos Inhamuns e Fretcar

 

alcool
As atividades integram a Semana de Mobilização para o Combate ao Uso de Drogas e Álcool nas Estradas e acontecem de 23 a 26 de agosto, com o objetivo de orientar os profissionais do transporte quanto à proibição do uso de drogas e substâncias ilícitas ao volante, buscando, assim, um trânsito cada vez mais seguro para toda a sociedade.
No dia 23 de agosto, das 16h às 17h, será realizado na sede do Sest Senat Fortaleza o “Quiz” Conhecendo o Programa Despoluir e o Centro Cultural do Transporte, aberto ao público. No dia 24, o psicólogo do Sest Senat Fortaleza, Alexandre Santiago, realiza palestra sobre “Álcool e Drogas”, para os colaboradores da empresa Viação Princesa dos Inhamuns, na sede do Parque Santa Maria. Paralelamente, através da Tenda da Saúde, serão oferecidos serviços como aferição de pressão arterial, teste de glicemia e distribuição de brindes. As ações acontecem de 8h às 12h.

alcooldir
No dia 25 de agosto, das 8h às 12h, será realizada uma blitz educativa em parceria com a Polícia Rodoviária Federal, no Posto de Itaitinga, com distribuição de brindes e de panfletos alertando sobre os perigos do uso de álcool e drogas nas estradas. O público alvo são os motoristas e caminhoneiros.
Encerrando a programação, no dia 26 de agosto, o psicólogo do Sest Senat Fortaleza, Alexandre Santiago, realiza palestra sobre “Álcool e Drogas” na sede da empresa Fretcar, para seus colaboradores, com distribuição de brindes. As ações serão realizadas de 8h às 12h.

alcogarraf
Serviço:
Semana de Mobilização para o Combate ao Uso de Drogas e Álcool nas Estradas

Dia 23/08 – Quiz Despoluir e Centro Cultural – Aberto ao público
Horário: 16h às 17h
Local: Auditório Sest Senat Fortaleza (Rua Dona Leopoldina, 1050 – Centro)

Dia 24/08 – Palestra Sobre Álcool e Drogas e Tenda da Saúde para colaboradores da Viação Princesa dos Inhamuns
Horário: 8h às 12h
Local: Estrada do Ancuri, 229 – Parque Santa Maria. Fortaleza – CE

Dia 25/08 – Blitz educativa com a Polícia Rodoviária Federal – para caminhoneiros e motoristas
Horário: 8h às 12h
Local: Posto da Polícia Rodoviária Federal
Rodovia BR-116, Km 6, s/n – Jaboti, Eusébio – CE.

Dia 26/08 – Palestra Sobre Álcool e Drogas – para colaboradores da Fretcar
Horário: 8h às 12h
Local: Empresa Fretcar (Rua Napoleão Quezado, 201 – Parangaba
Informações: 3304-4111

15:20 · 18.08.2016 / atualizado às 15:20 · 18.08.2016 por

Uma nova concessionária em Sobral, com inauguração em setembro e a compra da Eurovia em Fortaleza movimentam a marca francesa no Ceará. A nova loja, na região norte, em Sobral, já tem data para inaugurar. A Nord Renault abre para o público dia 15 de setembro com a presença de autoridades e a cúpula da marca. Loja tem a garantia do grupo Holanda, que tem experiência em concessionárias de motos e também de carros.

Troca de comando

Outra notícia exclusiva é que a concessionária Renault Eurovia, de Fortaleza, que pertence ao Grupo Via Sul, foi vendida para o grupo que detém a Chevrolet Silcar, BMW Welle Motors e Citroen Pigalle. E terá novo nome: Regence. Grupo de Pernambuco, ADTSA acredita no mercado cearense e investe em momento que a economia está morna.

19:02 · 17.08.2016 / atualizado às 19:02 · 17.08.2016 por

Volkswagen do Brasil recebeu no dia 10, em Anchieta, a visita de 14 vendedores de concessionárias da marca de nove Estados: Ceará, Bahia, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo. O grupo foi selecionado por meio do programa de relacionamento “Território Volkswagen”, realizado pela área de Vendas com o objetivo de reconhecer e premiar os profissionais com alta performance e incentivá-los a vender mais e melhor

NAC3

O grupo foi recepcionado pelo gerente de Back Office de Varejo e de Política de Carros Seminovos, Leonardo Tosello, que parabenizou os participantes pelo desempenho e realizou um bate-papo com o grupo.

Na sequência, os vendedores assistiram a uma apresentação sobre Design realizada pelo supervisor de Shape Design, Guilherme Knop, que falou sobre a estrutura da área, conceitos e principais etapas de desenvolvimento de um modelo Volkswagen. Para encerrar a visita com chave de ouro, o grupo acompanhou um crash test com o Jetta no Laboratório de Segurança Veicular, onde também são realizados ensaios de segurança veicular e avaliações estáticas, com equipamentos de alta tecnologia. Os vendedores foram recebidos pelo supervisor de Veículo Completo, Fabio Rossi, e pelo gestor do Laboratório de Segurança Veicular, Rodolfo Moura.

Profissional da Nacional Volkswagen escolhido como um dos melhores vendedores do Brasil, com a gerente da concessionária, Anny Lopes
Profissional da Nacional Volkswagen escolhido como um dos melhores vendedores do Brasil, com a gerente da concessionária, Anny Lopes

Quando questionada sobre “qual é o segredo para ser a melhor vendedora”, Nyna Paula Almeida da Silva, da concessionária Bremen Veículos, de Feira de Santana (BA), é categórica: “Acreditar na marca e no produto é primordial”. Para Nyna, também é preciso conhecer muito bem os modelos e realizar um bom atendimento, passando confiança total ao cliente”, disse.

NAC2

NAC4

11:18 · 17.08.2016 / atualizado às 11:18 · 17.08.2016 por

Manter a manutenção do veículo em dia é uma garantia de segurança para condutores e passageiros, além de prolongar a vida útil de diversos componentes do automóvel.Veja dez dicas fundamentais para aumentar a vida  seus pneus, numa cortesia da Gerardo Bastos, empresa de Fortaleza e associada à ABRAPNEUS (Associação Brasileira de Revendedores de Pneus)

pneus
1 – Pressão dos pneus respeitando o manual do fabricante
Pesquisas apontam que 25% dos motoristas circulam com pressão dos pneus abaixo do recomendado pelo fabricante. Estudos indicam que 0,2 bar (aprox. 3 libras) abaixo da pressão recomendada pelo fabricante reduz em até 10% a vida útil do pneu. Se a pressão ficar 0,4 bar (aprox.5,8 libras) abaixo do recomendado, a vida útil do pneu pode cair até 25%. Rodar com 0.4 bares (aprox. 5,8 libras) abaixo da pressão recomendada aumenta em 2% o consumo de combustível.

Calibrar semanalmente o pneu é fundamental
Calibrar semanalmente o pneu é fundamental

2 – Pneus com desenho diferente no mesmo eixo: errado
Os pneus estão cada vez mais tecnológicos e nos últimos anos isto tem ajudado muito em sua durabilidade. Por outro lado, há novos fatores que devem ser considerados no momento da montagem, como por exemplo, o sentido de giro do pneu, lado de montagem, uso em estrada pavimentada ou terra e outros. Quando são instalados pneus com desenho de bandas diferentes no mesmo eixo, há uma perda considerável dos benefícios técnicos do pneu como, por exemplo, a diferença de aderência entre os lados, a capacidade de escoar água diferente entre os lados, geração de ruído diferente, resistência a rolagem diferente entre os lados e etc. Estas diferenças de performance entre os lados pode, em situações extremas, desestabilizar o veículo e colocar o motorista numa situação de risco.

Pneus novos ou seminovos valorizam na hora da venda
Pneus novos ou seminovos valorizam na hora da venda

3 – Respeitar a capacidade máxima de carga do veículo
Todo pneu possui um limite de carga estipulado pelo fabricante e informado na lateral do próprio pneu. Exceder este limite pode tornar o pneu muito suscetível a falhas, além de danificar sua estrutura e acelerar o desgaste da banda de rodagem. Uma combinação perigosa é pneu com baixa pressão e carga excessiva.

Mantenha sempre o alinhamento dos pneus: no volante você percebe a diferença se o carro puxar mais para um lado
Mantenha sempre o alinhamento dos pneus: no volante você percebe a diferença se o carro puxar mais para um lado

4 – Alinhamento correto para uma direção segura
Veículos desalinhados provocam diversos prejuízos e, entre os principais, destaca-se o desgaste prematuro de pneus e componentes da suspensão, além do aumento do consumo de combustível. Por se tratar de uma medição precisa de ângulos e tolerâncias milimétricas, a Gerardo Bastos mantem rigorosa manutenção e calibração de seus equipamentos. O técnico que executa a medição e correções necessárias precisa ser treinado frequentemente e ter amplo conhecimento da geometria de um veículo.
5 – Balanceamento em dia, direção sadia
O balanceamento consiste na correção de uma má distribuição de massas ao longo do conjunto pneu e roda e deve ser executado através da adição de pequenas massas (chumbinho) que compensarão esta irregularidade e deixarão equilibrado o conjunto pneu/roda. A falta de balanceamento causa desgaste irregular nos pneus e antecipa a troca do componente.
6 – Manter as válvulas de segurança protegidas
A falta da tampinha na válvula de segurança (bico de encher) pode gerar acúmulo de sujeira no seu interior e/ou danificar o núcleo da válvula e, em ambos os casos, haverá a perda de pressão dos pneus. A válvula de segurança resseca e trinca com o passar do tempo, e o principal motivo é a incidência do sol na borracha. É recomendada a troca das válvulas sempre que houver a troca dos pneus.
7 – Realizar o rodízio periodicamente
Os pneus dianteiros e traseiros dos veículos trabalham em situações diferentes mas que ocasionam em desgastes desiguais. Para aumentar a vida útil e o desempenho dos pneus mantendo um nível equivalente de desgaste entre todos com benefício à segurança, é essencial fazer o rodízio dos pneus do veículo conforme recomendação do fabricante. O ideal é realizar o rodízio a cada dez mil quilômetros, além de alinhamento e balanceamento a cada cinco mil quilômetros.
8 – Câmara de ar em pneus sem câmara é errado sim
A maioria dos pneus dos veículos leves atuais é de construção radial e não usam câmara de ar, ao contrário dos pneus de décadas atrás que eram majoritariamente de construção diagonal e utilizavam câmaras de ar. Instalar câmaras de ar em pneus originalmente sem câmaras pode provocar superaquecimento do pneu e deixa-lo numa situação de risco quanto à segurança.
9 – Continue com a mesma medida estabelecida pelo fabricante
A montadora, em conjunto com a fabricante do pneu, projeta a melhor especificação de pneu para cada veículo. Além disto, todo conjunto de suspensão e freio sofre influência do desempenho dos pneus, e vice versa. Alterar as medidas originais de fábrica pode colocar o veículo numa condição de dirigibilidade e estabilidade diferente do que ele foi projetado e, consequentemente, gerar uma condição de insegurança para o motorista.
10 – Direção agressiva é um perigo
Acelerações e frenagens bruscas, além de representarem um perigo para a vida do condutor, ocasionam um desgaste irregular e acentuado dos pneus.

10:01 · 10.08.2016 / atualizado às 10:01 · 10.08.2016 por

Para chegar em Honduras o caminho é bem longo. Saí de Fortaleza de avião rumo a São Paulo. Três horas e vinte minutos depois cheguei na capital paulista para esperar o voo internacional que saiu do Brasil 5 horas da manhã. Fui direto para a capital do Panamá. E em seguida para a capital da Guatemala. De Guatemala City pegamos uma van para Antigua – mais uma hora. De antigua para a cidade histórica de Copan em Honduras mais 7 horas em uma van super desconfortável. Um total de 26 mil quilômetros e 30 horas de viagem

Jornalista André Marinho em Tuc Tuc fabricado na India, testando na cidade de Copan, em Honduras
Jornalista André Marinho em Tuc Tuc fabricado na India, testando na cidade de Copan, em Honduras

Mas a maratona valeu a pena. Lá um parque com ruínas da civilização Maia renderam lembranças inesquecíveis. Mas o que me impressionou mesmo foi a quantidade de Tuc Tucs nas ladeiras e ruelas da cidade. Existem 115 na cidade de 40 mil habitantes. Um Tuc Tuc novo custa 92 mil lempiras moeda local, cerca de R$ 30 mil. Um usado custa 53 mil lempiras, cerca de R$ 17 mil. Conversei com Leonel que pilota um desses triciclos importados da India há quatro anos, 15 horas por dia. E aproveitei pra fazer um test drive, é claro. Exibimos no programa Guia Automotivo, da TV Diário, no último sábado e domingo e foi um sucesso de audiência. Confira o vídeo e as fotos.

 


Hondurenho e piloto de Tuc Tuc Leonel e André Marinho
Hondurenho e piloto de Tuc Tuc Leonel e André Marinho

Existem 115 Tuc Tucs na cidade de apenas 40 mil habitantes
Existem 115 Tuc Tucs na cidade de apenas 40 mil habitantes

 

FICHA TÉCNICA
MOTOR: 125 Cc
POTÊNCIA: 12 CV
CAMBIO: MANUAL, 4 MARCHAS
VELOCIDADE MÁXIMA: 40 km/h
CONSUMO DIA: 8 litros
PREÇO: 92 MIL LEMPIRAS NOVO R$ 30 MIL
USADO: 53 MIL LEMPIRAS R$ 17 MIL