Busca

Autor: André Marinho


18:02 · 14.09.2017 / atualizado às 18:04 · 14.09.2017 por
  1. Quem gosta de esportivos vibrou com o Ford Mustang em sua nova geração.Ford brasileira revelou no Salão de Frankfurt a vinda do carro ao Brasil. E já com pré venda no final deste ano no mercado brasileiro. Preço ainda não divulgado. Será a versão V8, 5.0 litros com 450 cv de potência.

15:35 · 13.09.2017 / atualizado às 15:36 · 13.09.2017 por

 

O grupo automobilístico francês PSA, controlador das marcas Peugeot e Citroen, é o mais novo parceiro do SENAI Ceará. Uma solenidade realizada na manhã de hoje (13) marcou o início dos trabalhos, com a inauguração do Centro de Treinamento na unidade Barra do Ceará e as boas-vindas à primeira turma do curso de Mecânica Básica.

Os alunos são funcionários de concessionárias das marcas nas regiões Norte e Nordeste. Entre eles está o alagoano Luiz Paulo Cassemiro. “A nossa expectativa é grande, pois voltaremos para as nossas cidades preparados para replicar os conhecimentos adquiridos aqui para os nossos colegas e, assim, melhorar o desempenho da empresa”, disse, animado. Já Cláudio da Silva Santos, mecânico de Fortaleza que já havia sido aluno do SENAI no início de sua carreira, cinco anos atrás, relatou a satisfação de voltar à instituição, desta vez empregado. “A tecnologia vai avançando e não podemos ficar para trás. O SENAI está sempre à frente e é bom muito voltar aqui e me atualizar”, apontou.

O diretor do Departamento de Relação com o Cliente da PSA, Géder Denófrio, participou do evento e falou da escolha do SENAI/CE como parceiro. “Estou muito bem impressionado com a estrutura do SENAI Ceará, o que só confirma que fizemos a escolha certa. Depois de analisar os requisitos que vários estados do Nordeste ofereciam, percebemos que aqui seria o melhor lugar para receber o nosso Centro de Treinamento”. Segundo Géder, a experiência dos docentes cearenses e o aporte tecnológico da unidade do SENAI Barra do Ceará foram fatores determinantes na escolha. Com isso, o Ceará passa a ser o terceiro estado do Brasil, junto com São Paulo e Rio Grande do Sul, a contar com um Centro de Treinamento do grupo francês.

Em discurso, o diretor regional do SENAI/CE, Paulo André Holanda, relembrou o processo vivido até a consolidação da parceria e agradeceu o empenho de toda a equipe da Unidade de Educação. “Nós queremos fazer a diferença da carreira e na vida desses alunos, pois acreditamos que a educação pode transformar as pessoas, a sociedade e a economia do País”.

15:13 · 13.09.2017 / atualizado às 15:13 · 13.09.2017 por

O SUV Duster teve lugar de destaque no stand da Dacia, divisão da Renault na Europa durante o Salão de Frankfurt.

A marca francesa não confirma a chegada
do carro ao Brasil com essas mudanças , por enquanto.

Apuramos nos bastidores com uma fonte da Renault brasileira que a nova Duster só deve ganhar as ruas brasileiras no final de 2018 ou em 2019.

Confira como ficou o carro.

 

13:30 · 12.09.2017 / atualizado às 13:30 · 12.09.2017 por

Marca alemã anuncia que a Tiguan Allspace com sete lugares chega ao Brasil no primeiro trimestre de 2018.

Tiguan Allspace com sete lugares: em 2018 no Brasil

Preço não foi revelado. SUV é sucesso na Europa. Além dele outro SUV, ou seria Crossover também teve destaque no stand , o T-Roc. Esse será vendido na Europa em outubro mas não vem para o Brasil.

T-Roc não vem ao Brasil
09:43 · 12.09.2017 / atualizado às 09:44 · 12.09.2017 por

Que tal um supercarro de 1000 cv de potência, com tecnologia herdade da Fórmula 1, com velocidade máxima de 350 km/h e que vai de 0-200 km/h em seis segundos? É o Project One da Mercedes AMG).

Carro tem motor híbrido e vai custar mais de dois milhões de Euros

O supercarro de dois lugares incorpora uma versão modificada do sistema propulsor utilizado no carro de Fórmula 1, formado por um 1.6 V6 turbo (com quatro válvulas por cilindro) com mais de 680 cv às 11000 rpm, a funcionar em conjunto com quatro motores elétricos, além de uma nova caixa sequencial de oito velocidades AMG Speedshift (dotada de um sistema hidráulico e com patilhas no volante). Debitando mais de 1000 cv, este modelo com chassis e carroçaria em fibra de carbono anuncia uma aceleração de 0 a 200 km/h em seis segundos e uma velocidade máxima superior a 350 km/h. Tudo funciona através de um sistema elétrico de 800 volt.
O Project One conta com quatro motores elétricos (com 163 cv cada às 50 000 rpm) posicionados nas rodas dianteiras, o que lhe permite ter tração integral, outro ligado ao turbo e outro ao veio de transmissão. A produção deste Project One será limitada a 275 unidades, sendo que o preço deverá rondar os 2,27 milhões de euros. Detalhe: Mercedes disse que tem um brasileiro interessado e na lista de espera! Quem será ele?

08:13 · 12.09.2017 / atualizado às 08:14 · 12.09.2017 por

Com o tema o “Futuro é agora” a edição 67 do Salão do Automóvel de Frankfurt traz lançamentos mundiais e ênfase nos veículos autônomos e híbridos. Uma das coletivas mais concorridas foi a da Mercedes-Benz com destaque para o superesportivo híbrido Project One e o Conceito EQA, ambos lançamentos mundiais.

No gigantesco stand de três andares, a picape Classe X também se destacou e atraiu a atenção da mídia internacional. Dias 12 e 13 são dedicados a imprensa e a partir do dia 14 o Salão abre para o público . A expectativa é de que mais de dois milhões de pessoas visitem o evento até o dia 24. (mais…)

07:47 · 11.09.2017 / atualizado às 12:48 · 09.09.2017 por

A edição 2017 do Salão de Frankfurt, na Alemanha, será palco da estreia mundial do MINI John Cooper Works GP Concept, a essência do automobilismo moderno pelos olhos da marca premium britânica

 

Inspirado nos lendários triunfos da MINI no tradicional Rally de Monte Carlo, conquistados há exatamente 50 anos, este estudo de design incorpora, ao mesmo tempo, uma autêntica vocação dinâmica a uma sensação de condução extremamente divertida – seja em ruas ou em pista fechada. O protótipo exibe grandes entradas de ar e defletores de fibra de carbono na parte frontal.
A carroceria ostenta as cores pretas e cinza, além de detalhes em laranja metálico, com acabamento brilhante ou fosco. Nas laterais chamam a atenção as caixas de roda alargadas e os estribos sob as portas.

O teto conta com uma tomada de ar, além de um grande aerofólio na parte posterior. Internamente, o veículo traz o essencial voltado para uma condução extremamente esportiva. O habitáculo é reforçado por uma gaiola metálica e seus bancos esportivos vêm com cintos de segurança de cinco pontos de fixação — a inscrição de número 0059 se refere ao ano em que o MINI clássico nasceu: 1959.
O uso de materiais leves como fibra de carbono na carroceria otimiza a relação peso/potência do modelo, que oferece uma distribuição equilibrada do peso característica do seu estilo ‘go-kart feeling’. “Se você conhece a MINI, então estará ciente de sua longa e bem-sucedida história no automobilismo”, avalia Adrian van Hooydonk, vice-presidente sênior BMW Group Design. “O MINI John Cooper Works GP Concept reúne todas as características de design da MINI em sua mais plena esportividade e empolgação. O que estamos vendo aqui é a máxima performance, o máximo MINI”, completa o executivo.

06:38 · 10.09.2017 / atualizado às 12:44 · 09.09.2017 por
O Jornal Diário do Nordeste embarca neste domingo (10/9) para o maior Salão de Carros do mundo , o Salão de Frankfurt (IAA 2017), na Alemanha. Nesta edição o tema é “Podem os carros ter consciência?”, assunto relativo aos veículos autônomos, que terão destaque no evento. O Diário do Nordeste será o único veículo de comunicação do Ceará e um dos três do Nordeste a terem um jornalista no evento, no caso, o editor do caderno AUTO, André Marinho.

Mais de um milhão de pessoas devem visitar de 16 a 24 de setembro os imensos pavilhões das principais marcas do mundo como Mercedes-Benz, Ferrari, Porsche, Ford, Audi, BMW, Suzuki, KIA , Hyundai dentre outras. Fique ligado em nossas redes sociais e também no Blog e caderno com a cobertura diária de tudo o que vai acontecer no mega evento.

 

10:37 · 09.09.2017 / atualizado às 10:38 · 09.09.2017 por

A caminho do Salão do Automóvel de Frankfurt, a Mercedes-Benz leva não somente novos modelos, mas também um novo recorde de vendas em agosto. No mês passado, a marca vendeu mais automóveis no mundo do que nunca antes em um mês de agosto. Em conjunto, 170.341 veículos foram entregues a clientes, registrando um crescimento de 9,0%. Nos primeiros oito meses do ano, 1.496.406 unidades foram vendidas, o que representa um acréscimo de 12,8% comparado ao mesmo período do ano passado.

Em agosto, a Mercedes-Benz foi a marca de veículos premium com maior número de emplacamentos em vários mercados, incluindo Alemanha, Espanha, França, Portugal, Japão, Austrália, Taiwan, Canadá e Brasil.
Na Europa, as vendas unitárias da Mercedes-Benz superaram todos os valores registrados nos meses de agosto anteriores. Um total de 61.589 unidades foi vendido. (+8,4%) dos quais 25.155 automóveis foram entregues a clientes da Alemanha (+6,9%). Novos recordes de vendas foram registrados no mês de agosto na Bélgica, Suíça, Áustria, Suécia e Portugal, bem como na Polônia (+46,8%) e Espanha (+18,2%) onde o crescimento esteve especialmente acentuado.
A região da Ásia-Pacífico registrou um aumento das vendas unitárias de 18,9% atingindo 73.264 veículos Mercedes-Benz entregues a clientes. Também na China, foram vendidos mais automóveis do que anteriormente registrado em um mês de agosto: 50.505 proprietários receberam seus novos veículos com a estrela (+24,5%). Novos recordes foram também registrados nos mercados da Coreia do Sul, Japão, Austrália, Índia, Tailândia, Taiwan e Malásia.

SUV GLA teve excelente desempenho em vendas no mundo

Na região do NAFTA, as vendas unitárias da Mercedes-Benz totalizaram 254.606 veículos nos primeiros oito meses deste ano. A queda moderada na região é devido, principalmente, ao declínio do mercado automotivo dos Estados Unidos. 213.242 automóveis Mercedes-Benz foram vendidos nos EUA desde o início do ano. No Canadá e México, a Mercedes-Benz atingiu os melhores números já registrados para um mês de agosto bem como para os primeiros oito meses de um ano.
Em linha com o desempenho global do Grupo, a Mercedes-Benz tem registrado crescimento também no Brasil. Líder de mercado no mês de agosto com 1.330 unidades emplacadas e também no acumulado do ano, tendo comercializado 7.897 veículos, a marca registrou um crescimento de 12% em relação ao mesmo período de 2016.

Classe C, sedan líder de vendas

Vendas unitárias da Mercedes-Benz por modelo
Na Europa, o novo sedan Classe S teve seu primeiro mês completo de vendas em agosto. Comparadas ao mesmo mês do ano passado, as vendas unitárias do modelo aumentaram em mais de 35%. Na China, o maior mercado para vendas, o sedan Classe S estará nos concessionários em setembro. O lançamento no mercado nos EUA ocorrerá já nas próximas semanas, assim como no Brasil.
Os SUVs da Mercedes-Benz, especialmente GLC e GLA, tiveram demanda de clientes no mês passado. Com um crescimento de 13,8% atingindo 64.043 unidades entregues, mais SUVs foram vendidos do que nunca antes em um mês de agosto.


A popularidade dos SUVs está em alta no mundo inteiro. Novos recordes de vendas foram batidos na Europa assim como nas regiões do NAFTA e Ásia-Pacífico. Desde o lançamento no mercado, em 2008, mais de um milhão de unidades do GLK e seu sucessor, o GLC, foram entregues a clientes do mundo todo.
As vendas da Mercedes-Benz de dream cars registraram uma nova alta em agosto, com 12.419 cupês, conversíveis de dois e quatro lugares vendidos (+ 20,1%). Na Alemanha, um dos maiores mercados para esses modelos, o bom tempo deste verão certamente ajudou a impulsionar a forte demanda; mas também considerando o ano inteiro até agora, as vendas unitárias mundiais foram consideravelmente maiores do que no mesmo período do ano anterior, com um aumento de 28,4%.

Classe E interior
17:39 · 06.09.2017 / atualizado às 17:39 · 06.09.2017 por

Na comparação com julho o aumento foi de 12%. A média diária de emplacamentos ficou estável, com 3.319 unidades
Dados da ABRACICLO, Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e similares, mostram que foram produzidas 80.192 motocicletas em agosto, o que representa alta de 12% sobre o mês de julho (71.582).

Apesar deste avanço, na comparação com o igual período de 2016 (92.725) houve recuo de 13,5%. Também ocorreu retração nos oito primeiros meses, quando saíram das linhas de produção 575.524 motos, queda de 9% na confrontação com o ano anterior (632.490).
O desempenho de vendas no atacado também foi superior a julho, com 72.778 motos enviadas às concessionárias, aumento de 12,3% com relação as 64.830 unidades do mês anterior. Contudo, houve queda de 12,6% na verificação com agosto do ano passado (83.236). No acumulado, a retração foi de 11,1%: 539.923 unidades de janeiro a agosto e 607.185 no mesmo período de 2016.
“Os resultados de produção e vendas de agosto são animadores, pois representam sinais concretos de estabilidade dos negócios no mercado nacional de motocicletas. Com base nestes indicadores, a indústria de duas rodas já considera a perspectiva do retorno de resultados mais animadores até o final do ano”, afirma Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo.
Já as exportações totalizaram 7.239 unidades em agosto, alta de 60,1% na comparação com o mesmo mês do ano passado (4.522). Entretanto, apresentaram redução de 13,6% sobre julho. No acumulado, o volume de motocicletas enviadas para outros países foi de 48.036 unidades, 21,8% superior aos 39.454 embarques registrados em 2016. O principal destino das motocicletas exportadas é a Argentina.
Emplacamentos
Com base nos licenciamentos registrados pelo Renavam, as vendas para o varejo* totalizaram 76.336 unidades, alta de 8,6% sobre as 70.320 mil motocicletas emplacadas em julho. Na comparação com agosto do ano passado (76.460 unidades) foi verificada praticamente uma estabilidade, já que houve recuo de somente 0,2%. Nos oito primeiros meses de 2017 a redução foi de 7,5%: 573.854 licenciamentos em 2017 e 620.458 no ano passado. A média diária de vendas em agosto ficou estável, com 3.319 motocicletas, ou seja, apenas 0,9% menor na comparação com a média de 3.349 unidades registrada em julho.