Blog do Automóvel

Busca


Manutenção e gestão de pneus é tema de palestra

Publicado em 19/05/2014 - 15:10 por | Comentar

Categorias: Entidades, Grátis, Palestra

O Sest Senat Fortaleza  realiza  dia 21 de maio (quarta-feira), das  13h às 14h30min, em sua sede, a palestra  “Manutenção Preventiva e Gestão de Pneus “.  A palestra, gratuita e destinada a motoristas e profissionais do transporte, tem o objetivo de apresentar informações sobre como alcançar um melhor aproveitamento do pneu, oferecer maior segurança ao usuário,  bem como possibilitar economia e redução dos poluentes para o meio ambiente.  Na ocasião, o instrutor do Sest Senat Fortaleza, Evelino Costa, explicará aos participantes assuntos como: A importância e os principais componentes dos pneus; manutenção de pneus;      principais danos e desgastes nos pneus de carga;  quando trocar os pneus, dentre outros assuntos relacionados ao tema.

Mais informações: (85)-3304.4103/ 3304.4101

Serviço:

Palestra “Manutenção Preventiva e Gestão de Pneus “

Local: Sest Senat Fortaleza. Rua Dona Leopoldina, 1050 – Centro – Fortaleza –Ce

Data: Quarta-feira, dia 21 de maio

Horário: 13h às 14h30min.

Entrada: gratuita

Peugeot 208 ganha câmbio automático

Publicado em 19/05/2014 - 12:13 por | Comentar

Categorias: Lançamento, Peugeot

Após um ano  no mercado brasileiro, gama 208 ganha mais uma opção com câmbio automático sequencial, agora na versão Active Pack, oferecida por R$ 51.990. Estilo moderno, posição de dirigir diferenciada e ampla oferta de equipamentos estão entre os atrativos do compacto da marca

208

 
Para a PEUGEOT, 2015 já começo. Lançada há cerca de um ano, a gama 208 acaba de ganhar uma nova versão com câmbio automático sequencial na linha 2015, tornando-se ainda mais atraente para quem deseja um modelo compacto por fora, espaçoso e confortável por dentro, características que se somam a um bom desempenho, alta tecnologia e ampla oferta de equipamentos de tecnologia e conveniência.

Versão
Com o lançamento da nova versão Active Pack com câmbio automático, o PEUGEOT 208 passa a ser disponibilizado em seis opções: Active, Active Pack e Allure, todas com motor de 1.5l (93 CV de potência) e câmbio manual de cinco marchas; Griffe (câmbio manual), Active Pack e Griffe (ambas com câmbio automático), equipadas com motor 1.6l (1.587 cm³) e 122 CV de potência máxima (números obtidos com etanol).
Oferecida a R$ 51.990, essa nova versão se torna bastante atraente ao público que deseja unir a praticidade de um carro compacto com o conforto proporcionado pela transmissão automática. Ela permite ao motorista optar pelo modo automático ou pela troca de marchas sequencial, que pode ser feita na própria alavanca ou por meio de paddle shifters na coluna de direção. Em relação à versão automática já disponível na gama, a principal diferença é o teto: tradicional na Active Pack e panorâmico na Griffe.
O sistema de transmissão ajusta automaticamente a programação de troca de marchas à situação de condução, além de possuir dispositivos programados para adaptar o funcionamento da transmissão ao programa escolhido (como o esportivo, na tecla “S”) e às condições externas (relevo da estrada, aderência, carga do veículo, na tecla “Neve”). Combinada com o motor de 1.6 16V Flex de 122 CV de potência máxima, a caixa de câmbio automática proporciona uma dirigibilidade agradável – e bastante compatível com a posição de dirigir diferenciada que somente o PEUGEOT 208 oferece.

Tecnologia
A arquitetura do posto de condução coloca o motorista em uma posição diferente daquela usualmente conhecida, permitindo que ele desfrute do comportamento dinâmico e seguro do veículo, sem deixar de lado o conforto.
O painel de instrumentos elevado permite que a leitura das informações seja feita por cima do volante de pequenas dimensões, com base achatada e localizado em posição mais baixa, o que reforça ainda mais o caráter esportivo do modelo. A coluna de direção pode ser ajustada em altura e profundidade e o volante possui comandos para controle de funções como rádio e kit “mãos livres” com Bluetooth, além de abrigar os paddle shifters. Disponível a partir das versões Active Pack, a central, que já integra GPS, apresenta uma tela colorida sensível ao toque de sete polegadas com resolução de 800 x 480.
Estilo
O estilo do PEUGEOT 208 leva em conta uma silhueta compacta, balanços reduzidos e linhas fluídas. A dianteira, uma autêntica assinatura visual, revela um “olhar felino” que se interpreta de maneira moderna e refinada, com as luzes em LED e uma guia luminosa que enfatiza o conjunto ótico, tanto de dia quanto a noite. O mesmo cuidado é dado a cada elemento, como o formato dos faróis de neblina. A entrada de ar frontal, por sua vez, foi modelada como uma autêntica “escultura flutuante”.
A lateral do 208 apresenta linhas robustas, que sugerem um movimento constante, mesmo quando o veículo está parado. As luzes traseiras, com forma de bumerangue, remetem a elementos tecnológicos, pois integram uma assinatura luminosa com três “garras” marcadas por luzes em LED e guias de luz.

208auto

Interior

O PEUGEOT 208 oferece a seus ocupantes um interior elegante e acolhedor. Contribui para essa atmosfera o uso de materiais nobres, como os detalhes cromados ao redor das saídas do ar-condicionado, nas portas e na moldura da central multimídia, que também conta com acabamento em black piano, presente ainda no painel de instrumentos e no comando do ar-condicionado.
Os tecidos dos bancos são de excelente qualidade e combinam com outros elementos do interior. O volante é revestido em couro e dispõe de um acabamento cromado com a inscrição PEUGEOT. A iluminação dos equipamentos e mostradores é na cor branca. Em conjunto com a harmonia de cores de bom gosto das peças plásticas, dos tecidos e do próprio teto em uma cor mais clara que a habitual, cria um ambiente sofisticado e agradável.
O interior do 208 oferece um bom número de porta-objetos, como os espaços nas portas laterais ou o profundo compartimento situado em frente ao câmbio, que pode ser utilizado para guardar latas ou objetos como telefones, e porta-luvas refrigerado.

Revelado o novo Nissan March brasileiro

Publicado em 16/05/2014 - 15:38 por | Comentar

Categorias: Sem categoria

A Nissan acaba de apresentar para a imprensa especializada o New March. Produzido no Brasil, no novo Complexo Industrial da marca em Resende (RJ), o modelo chega com estilo marcante, adaptado ao gosto dos brasileiros e com muitas novidades em tecnologia e conectividade, com preços entre R$ 32.990,00 e R$ 42.990,00

Nissan_New_March_1_6

 

Segundo o diretor da concessionária Nissan Jangada, de Fortaleza, Eduardo Furtado, os carros começaram a ser faturados nesta sexta (16) e em oito dias devem estar no show room das autorizadas.
Apresentado mundialmente no Salão de Frankfurt de 2013, o Nissan New March traduz de forma clara o DNA japonês da empresa, com alto nível de qualidade, atenção minuciosa aos detalhes, inovação, e uma ampla lista de equipamentos de série. Com design arrojado e conjunto mecânico moderno, que inclui os motores 1.0 16V e 1.6 16V flexfuel com nível máximo de eficiência energética, é um carro perfeito para o ritmo da cidade e apresenta uma tecnologia surpreendente com conteúdos inéditos em seu segmento. Projetado no Japão, com a participação de equipes de vários países do mundo, inclusive do Brasil, e utilizando a versátil plataforma ‘V’, o compacto da Nissan é vendido – e aprovado – em mais de 100 países, tendo mais de 6,7 milhões de unidades comercializadas em sua história. E, a partir de 23 de maio, chega às concessionárias da marca no Brasil.
“Com o Nissan New March, produzido em nosso Complexo Industrial brasileiro, os consumidores terão um automóvel com qualidade japonesa, design moderno, interior bem-acabado, ótima lista de equipamentos com tecnologias inéditas no segmento, desempenho, economia e menor custo de manutenção. Ele reflete a nova fase da Nissan no Brasil, uma fabricante rumo à liderança entre as marcas japonesas no país”, afirma François Dossa, presidente da Nissan do Brasil.

Nissan_New_March_8019

 
FOCO NA QUALIDADE
Um dos pilares da Nissan é fabricar produtos de qualidade elevada, que satisfaçam os clientes em todo o mundo. Por isso, a produção do Nissan New March em Resende (RJ) segue os processos e padrão de fabricação mundial da marca (Nissan Production Way) para garantir a mesma qualidade que o modelo traz em todos os países nos quais é vendido. Afinal, ser japonês é pensar no carro em todos os detalhes.
A preocupação da empresa com a qualidade e segurança originou a moderna plataforma V, na qual o Nissan New March é fabricado. Concebida sob um novo e extenso processo de desenvolvimento e produção, com novo ferramental em relação ao modelo anterior, ela cria um conjunto inédito de padrões para a indústria por conta da avançada engenharia aplicada. Além disso, se integra a uma estrutura projetada para absorver as forças dos impactos graças às sofisticadas zonas de deformação, que mantêm a integridade da cabine por conta de uma carroceria altamente reforçada, com novos materiais no assoalho, painéis laterais e frontais e mais pontos de solda.
As soluções adotadas na plataforma e estrutura colaboram para o modelo da Nissan ter peso reduzido, entre 956 kg e 982 kg, de acordo com a versão. Esta característica foi possível também pelo uso de softwares de última geração, que permitiram desenvolver soluções de construção mais eficientes. O Nissan New March segue as premissas atuais de produção, qualidade, tecnologia, segurança e conforto. O processo de manufatura é mais enxuto, com a entrega de conjuntos completos de componentes. Uma solução que torna mais inteligente o trabalho na linha de montagem. É uma nova forma de pensar a produção na indústria automobilística – mais qualidade com menor complexidade.

Nissan_New_March_1_0_SV__2
DESIGN CONTEMPORÂNEO E ÊNFASE NOS DETALHES
A frente 100% nova do Nissan New March traz muito das opiniões dos clientes da marca no Brasil, ouvidas em pesquisas. As informações colhidas aqui ajudaram o departamento de design no Japão, responsável pela nova cara do compacto, a desenhar o renovado modelo, que está chegando ao mercado brasileiro. E também está disponível em outros mercados como Canadá, México e Europa.
O novo design conta com uma grande entrada de ar inferior e grade cromada em forma de ‘V’, que refletem ainda a assinatura atual do design mundial da Nissan. Ressaltado pelo parachoque dianteiro encorpado, é robusto e elegante, conferindo ao modelo característica única. As maçanetas e retrovisores, de acordo com a versão, podem ser pretos, da cor da carroceria ou cromados. O frontal do veículo é todo novo, da coluna A até o fim do para-choque.

Nissan_New_March_1_0_SV__5
Visto de lado, o Nissan New March chama a atenção pelas linhas arqueadas das janelas. O departamento de design da Nissan quis preservar a forma clássica das gerações anteriores no desenvolvimento do novo modelo. Os para-lamas proeminentes iniciam a marcante e baixa linha de cintura. Além da sensação de robustez, a solução permitiu à engenharia posicionar as caixas das rodas nas partes mais extremas da carroceria com o objetivo de conferir maior estabilidade e dirigibilidade, além de ampliar o espaço e o conforto interno, obtendo excelente entreeixos de 2,45 m para um carro com 3,83 m de comprimento (4,7 cm a mais em relação ao March), 1,68 m de largura (+1 cm) e 1,53 m de altura. Dessa forma, o Nissan New March surpreende no espaço interno mesmo sendo um veículo compacto.

Nissan_New_March_1_0_SV_3333
No teto há dois vincos acentuados em forma de “V”, que lembram bumerangues e não são meros detalhes estéticos. Eles têm a importante função de conferir maior robustez à carroceria e ganho acústico, pois o nível de ruídos do impacto do vento baixou sensivelmente.
Por falar em redução de ruídos, o Nissan New March fabricado em Resende recebeu um tratamento acústico reforçado para ampliar o conforto interno. Houve aumento da densidade da manta acústica no painel corta fogo, de 1,2 para 1,8 kg/cm², e a adição de uma nova manta ao painel. Os ocupantes do modelo sentem pouco a intereferência de sons externos, já que as modificações introduzidas no Nissan New March nacional reduziram em 1.3 dB o nível de ruído no habitáculo, em comparação ao seu antecessor.
O desenho da carroceria na extremidade traseira do teto é levemente elevado para ajustar o fluxo de ar para os lados, o que melhora a performance aerodinâmica do carro. Além disso, dos espelhos retrovisores ao espoiler, cada elemento do Nissan New March foi projetado para reduzir a resistência ao ar. Por conta disso, o modelo atingiu 0,33 cx de coeficiente de arrasto, medida mais eficiente do que a média do segmento dos carros compactos.
Com o objetivo de criar no interior a mesma sensação de modernidade do exterior, a Nissan também mudou o New March por dentro, incluindo novos materiais, painel e volante, seguindo estilo sofisticado, mas sem se esquecer da ergonomia. A amplitude do interior é obtida pela altura do teto e pelo excelente ângulo de abertura das quatro portas, de quase 90º, que facilitam o acesso e a saída dos ocupantes, e por ideias simples, como ter a base da porta abaulada, que permite entrar e sair do modelo sem raspar os pés na região como em outros modelos. Os ocupantes contam com 820 mm entre os limites internos das portas para dar acesso ao interior, medida superior a dos principais concorrentes.
O console foi concebido levando em consideração as necessidades do motorista durante a condução. Assim, os designers da Nissan garantiram que os controles de áudio e do sistema de climatização sejam fáceis de visualizar, acessar e utilizar. O painel de instrumentos tem design inteligente, que facilita a leitura do velocímetro e o conta-giros tem instrumentos claros e brilhantes, que contribuem para a boa visibilidade. Além disso, desde a versão de entrada o Nissan New March, conta com computador de bordo com funções importantes como autonomia, consumos instantâneo e médio, e abertura interna da tampa do tanque de combustível.
Ainda em relação à busca da melhor ergonomia para o motorista, os comandos mais acessados, como o do ar-condicionado, do aquecimento, do sistema de som, do acionamento elétrico dos vidros, entre outros, estão posicionados de forma a evitar o deslocamento do corpo do motorista e são fáceis de operar.

Nissan_New_March_1_0_SV_3358
O Nissan New March traz detalhes prateados no painel central, nas saídas de ar-condicionado, na alavanca do freio de estacionamento e no apoio de braço da porta dianteira; revestimento dos bancos em tecido nas cores preto cinza e o novo volante de três raios, que dispõe de regulagem de altura e é exclusivo para o modelo brasileiro. Esse item, por sinal, confere ao modelo mais sofisticação com seu acabamento nas cores preto e prata. A versão topo de linha 1.6 SL tem, ainda, acabamento Piano Black com detalhes prateados no painel central.
Os bancos contam com costura dupla, que aumenta a qualidade do acabamento e amplia a percepção de cuidado com o produto para o cliente. Outro ponto importante dos bancos é o sistema Comfort Seat, tecnologia de ponta empregada pela Nissan na confecção deste equipamento. Assim, os bancos dianteiros contam com suportes laterais nos encostos, que ajudam a aumentar o conforto e a manter a posição estável, e tecido que evita o deslocamento do corpo para frente em frenagens.
Esta solução contempla também as extremidades alongadas em 20 mm na parte frontal do assento. Além disso, a espuma utilizada é de alta densidade para manter a firmeza do corpo sem prejudicar o conforto. Um fornecedor mundial da Nissan veio do Japão para o Brasil apenas para cuidar dos novos bancos do Nissan New March, garantindo o padrão de qualidade e conforto, que são diferenciais do modelo. A Tachi-S já está instalada no complexo industrial da empresa em Resende (RJ).

Nissan_New_March_1_0_SV_5448
O motorista dispõe, ainda, de ajuste de altura, item de série desde a versão de entrada e não disponível em muitos concorrentes. Todos estes recursos colaboram para reduzir o cansaço na condução por horas contínuas, tornando o compacto da Nissan ainda mais confortável.
Complementando o design, o Nissan New March inova nas cores de lançamento, com duas novas opções perolizadas: Azul Pacific e Branco Diamond. Com pequenos flocos de mica (material sintético) misturados na tinta base, a opção dá um efeito natural de brilho de pérola e, dependendo da incidência da luz e do ângulo, o tom da cor muda. O New March é o primeiro compacto produzido no Brasil com essa opção de pintura, o que só é possível graças à avançada tecnologia disponível na unidade industrial de Resende. A pintura segue o moderno e sustentável sistema ’3 wet’, onde a aplicação da base e do verniz é feita logo em seguida da aplicação do primer, tornando o processo mais curto e reduzindo o consumo de energia. Os robôs utilizam cartuchos para a pintura, o que reduz a perda de tinta e solventes, diminuindo a emissão de compostos orgânicos voláteis (COVs), o que deixa a operação mais sustentável. Para isso também é fundamental o uso de água como base na pintura.

HISTÓRIA
Quando foi lançado no país em setembro de 2011, o antecessor do Nissan New March destacou-se por ser o primeiro compacto japonês do mercado brasileiro e também por trazer itens de série desde a versão de entrada que, até então, estavam disponíveis nos concorrentes somente como opcionais. Agora, a Nissan vai além novamente. O novo carro é o primeiro entre os hatches compactos a oferecer itens disponíveis apenas em veículos de segmentos superiores: câmera de ré, navegador por GPS integrado às redes sociais (na versão 1.6 SL) e cintos de segurança com pré-tensionadores e exclusivo limitador de carga.
A câmera de ré traz mais segurança e comodidade já que dá mais confiança ao motorista ao melhorar a visibilidade na traseira, ajudando a evitar colisões com objetos ou pessoas não identificados pelo retrovisor. E, em conjunto com a direção elétrica progressiva, deixa a tarefa de estacionar muito mais fácil. Afinal, a inovação tecnológica só tem razão de ser quando se traduz em facilidade e conforto para os consumidores.
Para acompanhar o ritmo da cidade e do mundo sem fios para se comunicar, o Nissan New March traz muita conectividade a bordo. Além das imagens captadas pela câmera de ré, o sistema multimídia (disponível na versão 1.6 SL) com tela de 5.8 polegadas conta com sistema de navegação por satélite (GPS) com tela sensível ao toque e comandos de voz em português, mostra todas as informações de áudio e do telefone celular e, ainda, permite se conectar via Bluetooth a dispositivos móveis como smartphones e equipamentos de MP3.
O Nissan New March também traz diferenciais para o segmento, como o ar-condicionado digital automático. Inteligente, permite a escolha da temperatura desejada para que o sistema se adapte. Com 22 graus selecionados, por exemplo, o ambiente interno ficará assim mesmo se o carro estiver passando por locais com variações sensíveis de calor e frio, pois sensores identificam a temperatura e fazem a troca de ar para deixar do jeito desejado.
O novo volante multifuncional, exclusividade mundial do Nissan New March brasileiro, concentra os controles de áudio e da função viva voz para o telefone. Já com o Bluetooth Streaming é possível sincronizar a agenda telefônica e os arquivos de música digital com o sistema para ampliar as opções de diversão durante a condução, sem a necessidade de cabos para conexão.
Na segurança passiva, o modelo conta com cintos de segurança dianteiros equipados com pré-tensionadores e o exclusivo sistema limitador de carga. Com esses recursos, em caso de colisão, os cintos se retraem instantaneamente, restringindo rapidamente o movimento dos corpos dos passageiros e, quase que simultaneamente, liberando gradualmente a correia, amortecendo a força aplicada ao peito, reduzindo a possibilidade de lesões.
Com o novo carro, a Nissan introduz no Brasil o sistema NissanConnect™. Disponível nos Estados Unidos e na Europa, a novidade é a plataforma global da Nissan para a conectividade de apps de smartphones. Com ela, motoristas podem ter a experiência digital diretamente em seu veículo. O funcionamento é simples: após a compra da versão do New March equipada com o NissanConnect™ (1.6 SL), o proprietário se cadastra e registra o veículo no sistema, além de baixar o app em um smartphone com os sistemas operacionais Android ou iOS. A partir disso, é possível interagir com os aplicativos mais populares, como Facebook e Google.
No Facebook, a plataforma permite acessar funções como feed de notícias, status, check in, amigos e eventos. Se, por exemplo, chegar convites para eventos, isso será mostrado no sistema. A partir daí, com um clique na tela touch screen, é possível dirigir-se ao local com o auxílio do navegador e ainda fazer o check in quando chegar.
No Google Search é possível buscar pontos de interesse. O pacote de serviço do NissanConnect™ é gratuito para os primeiros três anos após a data de compra do carro. É importante ressaltar que o funcionamento depende da compatibilidade do smartphone com pacote de dados e do cadastro no app.
PRAZER DE DIRIGIR
O Nissan New March oferece aos proprietários equilíbrio entre o consumo de combustível e o bom desempenho nas suas duas opções de motores flexfuel, um dos principais pontos de interesse dos consumidores desse segmento. Ele chega ao mercado sendo o único compacto do país a ter tanto o motor 1.0 quanto o 1.6 reconhecidos com a nota máxima (“A”) na sua categoria dentro do Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE), do Inmetro. O compacto tem algumas das melhores marcas de consumo na cidade e na estrada, com gasolina ou etanol, entre os modelos compactos. Pelo Inmetro, o Nissan New March é o compacto mais econômico do mercado brasileiro.
Assim como o próprio Nissan New March, o motor HR 1.6 16V também é produzido no Complexo Industrial da marca em Resende (RJ). Com 1.598 cm³, ele desenvolve 111 cavalos de potência a 5.600 rpm, com qualquer um dos combustíveis, e faz o Nissan New March sair da imobilidade aos 100 km/h em 9,88 segundos (gasolina) e 9,49 segundos (etanol). Essa agilidade é proveniente da modernidade do projeto, excelente relação peso-potência (8,8 kg/cv) e do torque de 15,1 kgfm a 4.000 rpm – 90% já estão disponível a 2.400 rpm.
Além disso, a Nissan utiliza no motor HR o sistema CVVTCS (Continuosly Variable Valve Timing Control System, ou variação da abertura das válvulas através de variador de fase), que faz com que a entrada de ar e de combustível nos cilindros seja otimizada em qualquer rotação, oferecendo respostas mais precisas do acelerador, maior rendimento com economia de combustível. O resultado é uma melhor queima de combustível e, em consequência, redução das emissões de poluentes. O HR 1.6 16V também conta com corrente ao invés de correia, dispensando trocas, e velas com eletrodo de Platina, substituídas apenas a cada 100 mil km. Sinal de maior durabilidade e menor manutenção. E, com a produção no Brasil, o consumidor tem ainda mais tranquilidade em relação à manutenção.
O 1.0 16V (998 cm³) bicombustível é ajustado às características de dirigibilidade do Nissan New March e entrega 74 cavalos de potência a 5.850 rpm e 10 kgfm de torque a 4.350 rpm, tanto com etanol quanto com gasolina. Com relação peso/potência de 12,9 kg/cv, e escalonamento adequado das marchas para o tipo de motor e de uso, o New March 1.0 16V tem saídas ágeis, que garantem ainda desempenho muito bom, com aceleração de 0 a 100 km/h feita em 14,48 segundos com gasolina e em 13,79 segundos com etanol. Mesmo com a boa performance, o compacto mantém as boas médias de consumo de combustível, consagrando-se o mais econômico do segmento. Esse motor tira 90% do torque total a 3.500 rpm.
Além de ser ágil na condução, fruto da relação entre os eficientes conjuntos motor/câmbio e o baixo peso (máximo de 982 kg na versão topo de linha), o Nissan New March também se destaca pela facilidade de manobrar. Duas características fundamentais para um veículo rodar no trânsito cada vez mais pesado das cidades. Equipado com direção elétrica progressiva de série desde a primeira opção de acabamento, o modelo ainda tem o menor diâmetro de giro do segmento, apenas 4,5 m. Sem contar que o motorista tem excelente visibilidade por conta do parabrisa amplo, das colunas “A” finas e espelhos retrovisores grandes, de espelhos convexos, outra novidade do modelo.
Agilidade e força, porém, não podem estar dissociadas da segurança. Além do duplo airbag de série em todas as versões, o Nissan New March é equipado com freios antitravamento ABS de 9ª geração, da Bosch, com controle eletrônico de frenagem (EBD) e sistema de assistência de frenagem (BAS), que tornam a condução e parada do carro muito mais segura, pois ajuda a calcular a velocidade e a força que o motorista impõe no pedal em frenagens de emergência para reduzir a distância da parada.
O EBD do Nissan New March pode variar o esforço de frenagem até 50% por eixo, no máximo. Sistemas sem esse recurso são calibrados normalmente 30% atrás e 70% na frente. Dessa forma, evita-se o efeito “mergulho” da dianteira. Para apoiar de forma correta esses sistemas no momento das frenagens mais fortes, o carro conta com disco de freios de 260 mm na frente – mesmo tamanho utilizado no hatch médio Tiida – e tambores com 203 mm atrás.

PREÇOS E VERSÕES
1.0 Conforto (R$ 32.990,00)
1.0 S (R$ 34.490,00)
1.0 SV (R$ 36.990,00)
1.6 S (R$ 37.490,00)
1.6 SV (R$ 39.990,00)
1.6 SL (R$ 42.990,00)

Opões de cores (1.0 e 1.6)
•Sólidas: Preto Premium e Vermelho Alert
•Metálicas: Prata Classic e Cinza Magnetic
•Perolizadas: Azul Pacific e Branco Diamond

Motores Flex: mitos e verdades

Publicado em 16/05/2014 - 12:30 por | 1 Comentário

Categorias: Curiosidade, Dica, Mercado

Há mais de dez anos, a indústria nacional produz, anualmente, milhões de carros com motores flex. Mas, ainda hoje, existem muitas dúvidas a respeito do funcionamento e dos cuidados que se deve ter com esse tipo de motor. “Quando pensamos nos motores flex, surgem muitas dúvidas: qual combustível devo usar, preferencialmente? Qual é o melhor, álcool ou gasolina? Qual é mais econômico? Que cuidados devo tomar em relação ao abastecimento nos postos? Posso misturar os combustíveis? É verdade que o motor flex dura menos? Com explicações sobre esses pontos, é possível tranquilizar os proprietários e ajudá-los a cuidar melhor de seus carros”, afirma Emerson Bernardes, sócio-fundador da WeCare Auto, consultoria de serviços para proprietários de automóveis no Brasil.
Segundo o especialista, os veículos flex são equipados com mais sensores e sistema de injeção e ignição, que se adaptam a cada tipo de combustível. “Ao contrário do que a maioria imagina, a manutenção é bastante simples”, diz ele. Com experiência de mais de 25 anos no mercado de serviços, incluindo seguros para automóvel, Bernardes desmistifica algumas situações e dá dicas de como cuidar melhor aproveitar o máximo do motor flex.

 

FLEXABST

Mitos e Verdades
Motores flex duram menos.
Mito: Os motores flex são projetados para ter a mesma durabilidade de um motor monocombustível.
Não é preciso esperar um combustível acabar para colocar outro
Verdade: Os motores flex são construídos para ser abastecido e funcionar com qualquer proporção de etanol e gasolina.

Motor vicia quando colocamos apenas um tipo de combustível.
Mito: Os motores flex são fabricados para funcionar com um ou outro combustível (etanol e gasolina) e não “viciam” naquele mais usado.
Os primeiros abastecimentos devem ser apenas com gasolina.
Mito: Os motores flex funcionam com etanol, gasolina ou a mistura dos dois, em qualquer proporção.

O Etanol deixa o carro mais forte e a gasolina rende mais
Verdade: Etanol significa maior potência e gasolina maior autonomia.
Motores flex não funcionam bem quando se mistura etanol e gasolina ou está frio
Mito: Os motores flex atuais contém soluções tecnológicas que possibilitam a partida do veículo com qualquer um dos dois combustíveis, ou a mistura deles, independentemente das condições do tempo.

Há dois grandes tanques de combustível.
Mito: O tanque é o mesmo para ambos os combustíveis.
Motores flex não são prejudicados ou menos prejudicados por combustíveis adulterados.
Mito: Os motores flex possuem uma tecnologia que ajusta automaticamente a mistura para cada tipo de situação de uso, ou seja, se você estiver usando combustível adulterado pode não sentir diferença durante a direção já que o motor se ajusta automaticamente, porém, ele está sendo prejudicado.
Os motores flex são mais econômicos
Mito: Os motores flex são na verdade menos econômicos na questão autonomia, pois, foram projetados para trabalhar com dois combustíveis, em qualquer proporção de mistura, o que faz com que eles gastem mais combustível que os veículos monocombustivel.

FLEX

OUTRAS INFORMAÇÕES SOBRE OS MOTORES FLEX
Principal vantagem do motor flex
Decidir com qual combustível abastecer o carro, de acordo com a tabela de preços.
Principal desvantagem do motor flex
Por trabalhar com muitos valores intermediários, a autonomia e o desempenho do motor flex nunca serão iguais as de um motor monocombustível, ou seja, não será tão potente como um motor a etanol e nem tão econômico como um motor a gasolina.
Como fazer a escolha do combustível
De acordo com os consultores da WeCare Auto, existem duas maneiras simples de fazer o cálculo para saber qual combustível está valendo mais a pena:
1) Genérica – de maneira geral, um veículo abastecido com etanol gasta cerca de 30% mais combustível que com gasolina. Sendo assim, o uso do etanol será vantajoso se o litro custar até 70% do valor do litro da gasolina;
2) Específica – para cada veículo, há uma porcentagem específica do etanol em relação à gasolina, que pode variar para mais ou para menos destes 70%. Então, para fazer o cálculo, deixe o tanque de combustível quase vazio, anote a quilometragem marcada pelo odômetro no painel do veículo, complete-o somente com gasolina e utilize o veículo em trajetos usuais do dia a dia. “Quando o tanque esvaziar, anote novamente a quilometragem e calcule quantos quilômetros rodou com a gasolina. Complete o tanque somente com etanol e faça o mesmo percurso. Quando o tanque estiver quase vazio, anote a quilometragem, verifique quanto conseguiu rodar com o etanol e faça o comparativo”, ensina o especialista.

Mais dicas
Ao abastecer o carro com motor flex, recomenda-se que ele seja usado por 10 minutos, pelo menos, para que o módulo identifique que mistura existe no tanque e funcione adequadamente.
Troque o combustível do tanquinho (reservatório) após longo período de calor ou a cada 90 dias, com exceção das gasolinas Podium, que têm durabilidade de um ano.
Não é preciso completar o tanquinho a cada abastecimento. Uma pequena quantidade é suficiente para o funcionamento do sistema.

 

Primeiro carro de linha no mundo com faróis a laser

Publicado em 12/05/2014 - 21:16 por | Comentar

· Motor com 570 hp (419 kW), 0 a 100 km/h em 3,4 segundos
· Farol alto a laser amplia alcance e segurança
· Supercarro em edição limitada já pode ser encomendado

Audi R8 LMX
Com 570 hp (419 kW) de potência, aceleração de 0 a 100 km/h em 3,4 segundos: o Audi R8 LMX (12,9 litros de combustível por 100 quilômetros (7,8 KM/l) proporciona uma performance alucinante, aliada a uma tecnologia inovadora. Produzido em edição limitada, o carro é o primeiro automóvel de produção em série no mundo equipado com faróis altos a laser. O R8 LMX já pode ser encomendado e chegará às ruas durante o verão europeu (entre o final de junho e setembro).
A Audi é líder no desenvolvimento de tecnologia de iluminação automotiva. Em 2008, o Audi R8 tornou-se o primeiro carro de série no mundo a usar faróis totalmente em LEDs. Em 2012, ganhou também sinalização de curvas dinâmica. A Audi lançou um novo capítulo em iluminação automotiva com os faróis Matrix LED, que estrearam na versão atualizada do A8 em 2013. A marca dos quatro anéis agora dá partida ao próximo estágio dessa tecnologia no R8 LMX: o uso do laser nos faróis altos. Isto amplia o alcance luminoso significativamente, o que é ideal para um supercarro como o R8 LMX.
Os engenheiros da Audi trabalham em estreita colaboração com seus colegas especialistas em corridas no desenvolvimento de tecnologias de iluminação. A combinação de LEDs e fachos altos a laser, por exemplo, será usada pela primeira vez no Audi R18 e-tron quattro na 24 Horas de Le Mans, nos dias 14 e 15 de junho próximos. A marca premium mantém assim sua tradição de usar o automobilismo esportivo para testar novas tecnologias destinadas à produção.

Audi R8 LMX
“A Audi vem dominando há tempos a mais importante corrida de 24 horas do mundo. Juntamente com a notável tecnologia de propulsão TDI, um desempenho luminoso maximizado proporciona uma grande vantagem aos nossos pilotos e, especialmente nas corridas noturnas, é um fator-chave para nosso sucesso”, declara o Prof. Dr. Ulrich Hackenberg. “A transferência da tecnologia dos faróis de laser para o Audi R8 LMX reforça nossa posição de liderança na tecnologia de iluminação. O ganho em segurança que isto proporciona ao cliente representa concretamente a filosofia expressa no lema da marca, Vorsprung durch Technik”, afirma o diretor de Desenvolvimento e membro do Conselho da AUDI AG.
Com os novos faróis a laser, um módulo emissor de laser instalado em cada farol gera um cone de luz com o dobro do alcance obtido nos faróis totalmente a LEDs. Cada módulo compreende quatro diodos emissores de laser de alta potência. Com apenas 300 milésimos de milímetro de diâmetro, eles geram um facho de laser azul com comprimento de onda de 450 nanômetros. Um conversor de fósforo transforma este facho em luz adaptada para o uso em estrada, com temperatura de cor de 5.500º Kelvin, equivalente à da luz solar – condição ideal para o olho humano, que permite ao motorista reconhecer com maior facilidade os contrastes e ajuda a evitar o cansaço. O ponto luminoso a laser, que é ativado em velocidades a partir de 60 km/h, suplementa o facho de LEDs no R8 LMX e amplia muito a visibilidade e segurança. Um sensor inteligente baseado numa câmera detecta a aproximação de outros usuários da via e ajusta automaticamente a distribuição da luz para excluí-los.

Audi R8 LMX
O Audi R8 é o dinâmico modelo topo de linha da Audi. Seu motor central de alta rotação, a suspensão com braços duplos e a carroceria de alumínio com estrutura espacial ASF (Audi Space Frame) são fortemente baseados na experiência das corridas. O Audi R8 LMX é oferecido na versão cupê, numa série limitada a 99 exemplares. Com 419 kW (570 hp) e 540 Nm de torque, o motor V10 de 5,2 litros leva o carro de 0 a 100 km/h em apenas 3,4 segundos. A velocidade máxima é 320 km/h e o consumo médio de combustível, 12,9 litros por 100 quilômetros percorridos (299 gramas de CO2 por quilômetro). A compacta transmissão S tronic, com sete marchas, transfere a força do motor para o sistema quattro de tração permanente nas quatro rodas. As rodas de 19 polegadas são conjugadas aos discos de freios de cerâmica, que na frente têm 380 milímetros de diâmetro. As pinças de freios de alumínio anodizado vermelho, brilham por trás do design exclusivo das rodas. O R8 LMX é equipado com pneus 235/35 R 19 na dianteira e 305/30 R 19 no eixo traseiro.
O novo modelo topo de linha destaca-se visualmente pela exclusiva pintura customizada desenvolvida pela Audi, na cor Azul Ara, com efeito cristal. Um grande defletor de ar fixo aumenta a força vertical sobre o eixo traseiro. Como o “lábio” do defletor dianteiro, as aletas nas extremidades, a tampa do compartimento do motor, as saias laterais, a asa traseira e o difusor, ele é feito de polímero reforçado com fibra de carbono (CFRP), com acabamento fosco. A grade Singleframe (com moldura única), as grades das entradas de ar na dianteira e a grade de saída na traseira têm acabamento cinza titânio. O sistema de escapamento esportivo tem ponteiras em preto brilhante.
As linhas dinâmicas se estendem ao interior preto do carro, que também apresenta detalhes em azul. Os bancos tipo concha rebatíveis são forrados de couro Fine Nappa, com padrão diamantado Azul Sepang. A forração dos encostos tem acabamento em Azul Ara. Costuras pespontadas em Azul Sepang criam u contraste sutil e estão presentes também na alavanca do freio de estacionamento, console central, volante e no conjunto de instrumentos combinados. O forro do teto em Alcantara preto e os painéis das porta com acabamento em couro Fine Nappa também recebem o padrão diamantado em Azul Sepang presente nos bancos.
Detalhes sutis estão em todo o interior do carro. O carbono fosco é usado nas coberturas do console sobre o túnel central e na alavanca do freio de estacionamento, nos insertos nas portas e no arco ao redor do cockpit. Insertos de alumínio iluminados trazendo o número da edição limitada estão integrados ao acabamento em fibra de carbono das soleiras das portas. O couro Nappa também adorna a alavanca seletora do câmbio S tronic e as almofadas para os joelhos. Os sobretapetes têm bordas pretas e costuras em Azul Sepang.
O Audi R8 LMX chegará às ruas durante o verão europeu. O preço base, na Alemanha, é de aproximadamente € 210 mil.

Ficha Técnica

Motor: V10 de 5,2 litros
Potência:570 hp (419 kW)
Câmbio: S tronic 7 marchas
0 a 100 km/h: 3,4 segundos
Preço: € 210 mil (210 mil Euros)

ABLA divulga ranking das montadoras que mais vendem ao setor

Publicado em 08/05/2014 - 15:44 por | Comentar

Categorias: Chevrolet, Fiat, Mercado, Volkswagen

Fiat lidera, seguida por Volkswagen, GM e Renault, conforme a Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis (ABLA)

A Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis (ABLA) lançou o Anuário ABLA 2014, com o ranking das montadoras que mais venderam automóveis para o setor durante o ano passado. A frota (total de veículos do setor) subiu 8,24% em relação a 2012, passando de 489.548 para 529.890 automóveis.
Desse total de veículos, conforme o novo ranking divulgado pela ABLA, a maior parte é de modelos da Fiat (26,8%), seguida pela Volkswagen (21,2%), GM (14,4%), Renault (9,4%), Ford (7,4%) e Toyota (1,3%). As demais montadoras e importadoras somam juntas 19,2% dos automóveis da frota das locadoras no País.

Fiat_logo

 

O setor segue como o maior cliente das montadoras. Houve aumento da participação das locadoras nas vendas anuais do setor automobilístico, de 7,85% em 2012, para 8,35% no ano passado.
Conforme a ABLA, os modelos populares são a maioria da frota do setor. De 2012 para 2013, houve aumento da participação de veículos econômicos (de 53% para 58%) e compactos (de 16% para 18%), e queda na proporção de veículos de luxo (de 10% para 6%) e de utilitários e vans (de 17% para 13%). A categoria Premium, que engloba os SUVs, ficou estável (variou de 4% para 5%).

logo-volkswagen-2012BLOG
O faturamento das locadoras de veículos atingiu R$ 6,52 bilhões no ano passado, conforme o Anuário ABLA. Houve crescimento de 4,73% sobre o ano anterior. O número de locadoras no Brasil cresceu em 17,09%, de 2.217 para 2.596 empresas.
O Presidente do Conselho Nacional da ABLA, Paulo Nemer, avaliou o desempenho como positivo, principalmente devido aos desafios enfrentados pelo setor no ano passado. “Entre eles, o alto custo dos financiamentos e a redução de demanda por parte de clientes corporativos”, afirmou Nemer.

Focus Sedan teve bom desempenho de vendas em abril

Publicado em 07/05/2014 - 20:02 por | 1 Comentário

Categorias: Ford, Mercado, Sedan

O Ford Focus Sedan teve o seu melhor desempenho de vendas desde o lançamento da geração atual e contribuiu para manter a linha entre as três mais vendidas do segmento de carros médios. Segundo o Renavam, o modelo registrou 1.763 unidades em abril e a linha Focus no acumulado do trimestre atingiu 3.353 veículos comercializados.
“O Focus vem se destacando no portfólio da Ford como um dos veículos mais vendidos da marca. Mesmo num mercado difícil, o modelo Sedan registrou seu recorde em termos de volume de vendas. Ele está entre os três mais vendidos do segmento”, diz Oswaldo Ramos, gerente geral de Marketing da Ford.

F
O resultado mostra a evolução do carro global da Ford, que trouxe uma série de avanços na nova geração e, pelo segundo ano consecutivo, foi confirmado como o mais vendido do mundo pela agência Polk.
Referência em dirigibilidade e desempenho, o Focus aprimorou essas características com o refinamento da suspensão independente nas quatro rodas, com sistema Multilink na traseira, e com os dois novos motores, o 2.0 Duratec Direct Flex, de 178 cv, e o 1.6 Sigma TiVCT Flex de 135 cv, junto com a transmissão sequencial PowerShift, com seis velocidades.
O Focus também é considerado um dos carros mais seguros do mundo. A carroceria com reforços de aço de ultra-alta resistência, que forma uma célula rígida em torno dos ocupantes, junto com a disponibilidade de seis airbags e sistemas de absorção de impacto, contribuíram para ele receber a nota mais alta registrada pelo Latin NCAP entre todos os modelos testados, com 16,52 pontos (de um máximo de 17) e por isso recebeu 5 estrelas na proteção para adultos.
Como opcionais, o Focus oferece sistema de estacionamento automático, que localiza uma vaga com tamanho compatível e controla o volante durante a baliza. Dispõe também de chave com sensores de presença para acesso inteligente e partida sem chave Ford Power, câmera de ré, faróis de xenon com lavador e luzes diurnas de LED e aviso de pressão baixa dos pneus, entre outros.

Ford vai vender o Mustang na final da Champions League

Publicado em 07/05/2014 - 19:38 por | Comentar

A Ford anunciou que as primeiras 500 unidades do Mustang serão colocadas à venda na Europa durante a final da Champions League, entre os times do Real Madrid e Atlético de Madrid, no próximo dia 24. A reserva de compra poderá ser feita somente enquanto durar a partida, incluindo a possibilidade de prorrogação e disputa de pênaltis. Um “teaser” da campanha pode ser visto neste link.

 

MUSTANGCLEAGUE
Até o apito final do jogo, os consumidores poderão se registrar para ter a chance de comprar uma das 500 unidades do Mustang, que virão com um pacote especial e um certificado de edição limitada. Esta é a primeira vez que o Mustang será oferecido no mercado europeu, onde estará disponível para venda regular no ano que vem.
O Mustang será oferecido na Europa nas versões fastback e conversível – o fastback na cor vermelho Race e o conversível na prata Magnetic. Ele poderá ser equipado com o novo motor EcoBoost 2.3, que combina avanços na economia de combustível e na potência, com mais de 309 cv e torque de 407 Nm, ou com o V8 5.0, que gera mais de 426 cv e torque de 529 Nm.
O carro terá também sistema de conectividade e navegação SYNC 2, bancos ventilados e aquecidos, sistema de estacionamento automático, bancos de couro preto, detalhes cromados e rodas de alumínio de 19 polegadas.

Palco de gala
A Ford tem sido patrocinadora oficial da Champions League da UEFA desde 1992. Este ano, a final em Lisboa deve atrair uma audiência de 165 milhões de pessoas em todo o mundo – incluindo 70 milhões de fãs na Europa.
“A chegada do novo Mustang à Europa é um evento que merece o melhor palco possível”, diz Roelant de Waard, vice-presidente de Marketing, Vendas e Serviço da Ford Europa. “Acreditamos que disponibilizar as primeiras unidades para reserva no exato momento do pontapé inicial da final dará a essa ação uma repercussão à altura do seu significado.”

Volkswagen CC ganha nova versão com motor 2.0L TSI

Publicado em 06/05/2014 - 12:11 por | Comentar

* Motor 2.0L TSI da família EA888, com potência de 211 cv, é um dos mais premiados internacionalmente nos últimos anos
* Nova versão tem preço sugerido de R$ 146.990, tornando-se ainda mais atraente
* Transmissão automática DSG de dupla embreagem e seis marchas confere excelente desempenho e esportividade
* Completa lista de itens de série é destaque, com faróis bixenônio, bancos de couro e ar-condicionado com duas zonas de climatização, entre outros
* Segurança dos ocupantes é ponto forte, com seis air bags e sistema de detector de fadiga do motorista
* Versão com motor V6 3.6L FSI de 300 cv e tração 4MOTION permanece como topo de linha

CCBRANCO

O Volkswagen CC agora conta com uma nova opção no mercado brasileiro. O “cupê com quatro portas” passa a oferecer o motor 2.0L TSI de quatro cilindros, turbo e com injeção direta, da família EA888, com potência máxima de 211 cv. A novidade, que começa a chegar às concessionárias da marca a partir da próxima semana, tem preço sugerido de R$ 146.990. Permanece em oferta no País a versão topo de linha equipada com o motor V6 de 3,6 litros FSI e potência máxima de 300 cv, que tem preço sugerido de R$ 186.850.
O CC é produzido na fábrica da Volkswagen em Emden, no norte da Alemanha. Externamente a nova opção se diferencia da que traz o V6 3.6L FSI pela saída (dupla) de escapamento posicionada à esquerda (no V6 há duas saídas, à esquerda e à direita) e pelos faróis de xenônio (fachos alto e baixo). Os LEDs para luzes de circulação diurna são oferecidos como opcional.

CCDETALHE
Na parte mecânica, o CC 2.0L TSI se diferencia pela tração dianteira – o V6 3.6L FSI conta com tração nas quatro rodas 4MOTION. Os demais aspectos construtivos do modelo foram mantidos, entre os quais se destacam a suspensão independente nas quatro rodas (tipo McPherson na dianteira, com braço inferior em “A”, e tipo Four Link na traseira), a direção com assistência elétrica Servotronic e a oferta da transmissão automática DSG de dupla embreagem e seis marchas.

Motor EA888 2.0L TSI
O motor EA888 2.0L TSI que equipa o CC desenvolve 211 cv a 5.300 rpm. O torque máximo é de 28,5 kgfm a 1.700 rpm. O motor possui diversos recursos que colaboram para manter seu baixo peso e reduzir o atrito entre seus componentes, possibilitando, dessa forma, diminuição no consumo de combustível e nas emissões de CO2.
Entre esses recursos está o coletor de escapamento integrado ao cabeçote; os mancais de menor diâmetro e mais leves; novos rolamentos para as árvores de balanceamento; árvore de manivelas (virabrequim) com menor número de contrapesos – são quatro ao todo. O sistema de injeção direta de combustível tem 200 bar de pressão, com válvula wastegate eletro-eletrônica.
Premiado e reconhecido em todo o mundo por sua avançada tecnologia, desempenho e eficiência, o motor 2.0L TSI é equipado com turbocompressor e injeção direta de combustível. Possui quatro válvulas por cilindro, com comando de válvulas variável na admissão. É uma referência do conceito de downsizing (alta performance com baixa cilindrada e baixo consumo de combustível).

cc
Transmissão DSG
O eficiente motor EA288 2.0L TSI está combinado à transmissão automática DSG de dupla embreagem e seis marchas. Essa transmissão se caracteriza pela esportividade, conciliando economia de combustível e rapidez nas trocas de marchas. As duas embreagens do câmbio operam em banho de óleo.
Mais do que qualquer outro câmbio automático, a transmissão com dupla embreagem tem potencial para reduzir o consumo de combustível e, consequentemente, as emissões de CO2.
Capaz de executar as trocas de marchas com extrema rapidez e suavidade, o câmbio pode ser operado de forma automática ou manualmente, por meio da alavanca posicionada no console ou pelas aletas (shift paddles) no volante. O número de marchas também contribui com o desempenho, mantendo o motor sempre dentro da faixa de giros ideal para oferecer maior torque com menor consumo.

CC3
Itens de série
É extensa a lista de itens de série do CC 2.0L TSI. Estão incluídos: ar-condicionado Climatronic com duas zonas de climatização; controlador eletrônico de velocidade de cruzeiro; volante multifuncional revestido de couro e rádio RCD 510 com tela sensível ao toque (touchscreen), com oito alto-falantes, conexão Bluetooth para telefone celular e CD changer integrado para 6 CDs.
Os bancos possuem revestimento de couro, com aquecimento para os dianteiros (há ajustes elétricos para o banco do motorista). São três as opções de revestimento para o interior do CC: couro preto, couro preto e bege e couro terracota e preto.
Também se incluem na lista de equipamentos de série as rodas de liga-leve com 18 polegadas (desenho “Interlagos”) com pneus autosselantes nas medidas 235/40 R18, com indicador de perda de pressão; freio de estacionamento eletrônico com função ‘Auto-hold’; assistente de saída em subidas; controle automático das luzes com funções ‘Leaving home’ e ‘Coming home’; sensores de estacionamento dianteiro e traseiro; controle eletrônico de estabilidade (ESC) e seis airbags.

 

CC2
Os faróis bixenônio possuem luzes de curva estáticas e sistema de lavagem. As lanternas traseiras são de LED, assim como a iluminação da placa de trás.
Como opcionais são oferecidos o rádio RNS 315 com sistema de navegação integrado e tela sensível ao toque (touchscreen), câmera na traseira para auxílio ao estacionamento, luzes de uso diurno em LED e sistema Kessy de abertura de portas e partida do motor sem chave – que inclui o recurso “Easy Open”, por meio do qual um movimento específico do pé embaixo do porta-malas do carro é o bastante para abrir a tampa do porta-malas.
Também é oferecido como opcional o teto solar elétrico.
Desenho esportivo
O CC possui desenho no qual se sobressaem, em sua dianteira, a grade cromada do radiador com três barbatanas transversais, os faróis bixenônio e as luzes de curva estáticas – além do proeminente capô.
As soleiras laterais se destacam entre as rodas, criando uma ligação visual entre os para-choques dianteiro e traseiro e afinando o contorno inferior da silhueta do carro.

CC4
Na traseira, o para-choque exibe volume e claridade de estilo. Isso cria uma dinâmica muito especial com o estilo das colunas C e a longa e esticada janela traseira.
O Volkswagen CC mede 4.802 mm de comprimento, com 2.712 mm de distância entre-eixos e 1.855 mm de largura (fora os espelhos). O cupê de quatro portas é baixo como um carro esporte, com apenas 1.426 mm de altura.
Em seu habitáculo, o carro oferece assentos esportivos ergonômicos projetados para longas viagens. A distância entre o chamado ponto “H” (vértice das superfícies do assento e encosto) dos bancos dianteiros e o dos bancos traseiros é de 850 mm. O resultado é amplo espaço para as pernas dos passageiros de trás. Também há muito espaço para os cotovelos: o CC tem 1.461 mm de largura na parte da frente da cabine e 1.496 mm atrás. A altura interna é consideravelmente maior do que a aparência externa sugere: na frente é de 946 mm e, na traseira, de 922 mm.
O Volkswagen CC 2.0L TSI está disponível em oito opções de cores: duas sólidas (Branco Cristal e Cinza Urano), cinco metálicas (Marron Oak, Cinza Iron, Marrom Light, Azul Night e Prata Sargas) e uma perolizada (Preto Mystic).

Lançamento do novo Honda Fit em Fortaleza

Publicado em 05/05/2014 - 17:58 por | Comentar

A Honda Novaluz está preparando muitas surpresas para o lançamento do novo Honda Fit. O veículo será revelado em Fortaleza no dia 08 de maio (quinta-feira), no Iate Clube, com um coquetel exclusivo para convidados. O diretor da NovaLuz, Oduénavi Ribeiro, confirmou que será uma noite diferente, em que os convidados e clientes terão muitas surpresas.

FIT

Página 19 de 182«...10...1718192021...304050...»

Editora Verdes Mares Ltda.

Praça da Imprensa, S/N. Bairro: Dionísio Torres

Fone: (85) 3266.9999