Blog do Automóvel

Busca


Honda Novaluz firma parceira com a Pink Elephant Fortaleza

Publicado em 09/12/2014 - 11:46 por | Comentar

A Honda Novaluz brinda dezembro com uma novidade. A concessionária cearense é a nova patrocinadora da Pink Elephant Fortaleza. Considerada uma das mais badaladas grifes de casas noturnas internacionais, a Pink Elephant oferece um serviço impecável, som e iluminação de última geração e os melhores DJs nacionais e internacionais. A Novaluz é a revenda pioneira da Honda Automóveis no Ceará seguindo todos os padrões de qualidade da Honda do Brasil e sob a chancela da matriz no Japão. Com duas concessionárias, uma situada na Av. Washington Soares e outra na Av. Barão de Studart. Uma terceira será inaugurada na Av. Santos Dumont.

pink

Peugeot lança 308 Quiksilver

Publicado em 08/12/2014 - 17:21 por | Comentar

Categorias: Lançamento, Peugeot

Série especial limitada em apenas 600 unidades, resultado de parceria com a famosa marca para surfistas, já está disponível nos concessionários da marca; Modelo vem equipado com teto panorâmico, faróis em LED com máscara negra, rodas de liga leve de 17” e ar-condicionado digital bizone, dentre muitos outros itens de série
A Peugeot do Brasil lança uma nova série limitada em parceria com a conhecida marca de surfwear Quiksilver: o 308 Quiksilver. O modelo chega ao mercado brasileiro muito competitivo e tem entre seus pontos fortes a esportividade, o conforto e a exclusividade. A série especial terá apenas 600 unidades, por isso sua exclusividade, e chega à rede de concessionárias da marca no valor de R$ 63.190,00.
O novo PEUGEOT 308 Quiksilver vem equipado com volante de couro com base achatada, retrovisores na cor preta e personalização da marca Quiksilver com logo nas portas, bancos e tapetes. A versão é oferecida unicamente na cor Branco Banquise, pintura especial já inclusa no preço público sugerido pela PEUGEOT.

308_QUIKSILVER_PRAIA_DINAMICA
Itens de estilo emprestam ainda mais esportividade ao modelo
A nova versão da linha 308 agrega um pacote de itens que reforça seu design expressivo e de caráter esportivo:
Teto panorâmico;
DRL a led;
Faróis com máscara negra;
Rodas de 17 polegadas;
Retrovisores na cor preta;
Personalização QUIKSILVER com logo nas portas, bancos e tapetes;
Ar-condicionado digital bizone;
Volante de couro com base achatada;
Oferecido somente na cor Branco Banquise, pintura especial já inclusa no preço público sugerido.
A esportividade tem como pilar principal a personalização Quiksilver, associada às rodas de 17”, aos faróis de máscara negra e aos faróis diurnos em led. Enquanto que o ar-condicionado automático bizone e o teto de vidro panorâmico garantem um elevado nível de conforto aos ocupantes.
O PEUGEOT 308 Quiksilver vem equipado com motor 1.6l de 122 cv com a tecnologia FlexStart, que dispensa o uso do tanquinho. Já o airbag duplo frontal e freios ABS completam a lista de equipamentos de segurança do PEUGEOT 308 Quiksilver.
Quiksilver – Considerada uma das mais importantes marcas de surfwear do mundo, a Quiksilver nasceu na década de 70, na cidade de Torquay, Estado de Victoria, sul da Austrália. Os surfistas Alan Green e John Law vislumbraram o futuro promissor de um mercado que começava a crescer e criaram roupas confortáveis e descontraídas, voltadas ao público jovem. Presente em vários países, a Quiksilver se tornou sinônimo de uma marca identificada com os amantes dos esportes de ação como surf, windsurf, skate e snowboard.
A parceria entre as duas marcas vem de longa data: em 2002 a Peugeot lançou versões Quiksilver dos modelos 106, 206 e Partner para o mercado europeu. No mesmo ano, a série
Quiksilver foi incorporada ao 206 nacional em comemoração ao primeiro aniversário do 206 1.0 brasileiro produzido em Porto Real (RJ), marcando ainda o início da produção da versão com motor 1.6.
Em razão do sucesso obtido nessas ações conjuntas, em 2010 a Marca estendeu o caráter especial da série à linha 207, lançando o Peugeot 207 Quiksilver. Inicialmente limitada a 1,5 mil unidades, a bem-sucedida versão foi ampliada e teve mais mil exemplares produzidos no mesmo ano.

Citroën C4 Lounge THP ganha motor flex

Publicado em 08/12/2014 - 10:37 por | Comentar

Categorias: Citroen, Lançamento, Sedan

c4f3

· Nova motorização ganha mais potência e passa a oferecer 173 cv com etanol, oferecendo conjunto mecânico e comportamento dinâmico superiores;
· Modelo ganha nova geração de câmbio automático sequencial, tornando-se 7,5% mais econômico do que a versão anterior;
· C4 Lounge THP FLEX tem preço a partir de R$ 78.790,00, oferece garantia de 3 anos

c4f4
O Citroën C4 Lounge THP FLEX chega ao mercado com o novo motor THP FLEX, e a promessa de mais desempenho ao modelo: são 173 cv de potência disponíveis com o uso de 100% de etanol!
O Citroën C4 Lounge THP FLEX passa a oferecer também uma nova geração de seu moderno câmbio automático sequencial de 6 marchas (AISIN AT6), garantindo mais conforto e uma economia de combustível 7,5% maior se comparada com a versão anterior a gasolina.
Mais potente, mais confortável, mais econômico e mais seguro. O modelo, que chega às concessionárias da marca já como linha 2015, traz ESP (controle de estabilidade) de série nas duas versões (Tendance e Exclusive). Para o motorista, garantia de um caminho sempre seguro, independente das adversidades encontradas pela frente.
“Com a chegada do C4 Lounge THP FLEX, respondemos com precisão às necessidades e desejos de nossos clientes, que demandam por produtos tecnologicamente avançados e exclusivos, mas sem abrir mão da economia”, explica Francesco Abbruzzesi, diretor geral da Citroën do Brasil.

c4f5

O motor THP FLEX
O desenvolvimento do THP FLEX, primeiro motor com injeção direta turbo FLEX do segmento M1 Sedan – e também do Grupo PSA -, foi fruto do trabalho conjunto dos departamentos de Engenharia da PSA da América Latina e da França, tendo como base a versão anterior a gasolina.
A “Operação THP FLEX”, como foi chamada pelos técnicos, envolveu diretamente 35 profissionais e consumiu 36 meses de trabalho.
Para tanto, foram realizadas inúmeras missões no Brasil (Porto Real, Teresina, São Paulo e Rio de Janeiro), França e Espanha, além de rodagens complementares na Argentina (Buenos Aires e Córdoba). Ao todo, a operação utilizou 40 carros de teste, rodando mais de 600.000 km sob inúmeros ensaios e testes, como de partida a frio, partida a quente, calibrações do carro em dinamômetro, acertos às normas de emissões, provas de fadiga e durabilidade, entre outras.

c4f6
“No desenvolvimento do motor THP FLEX, partimos do princípio de que o motor já oferecia altos valores de potência e torque. Desta forma, buscamos um compromisso ideal entre potência e economia de combustível”, explica Frederico Frittoli, responsável pelo Projeto C4 Lounge AMLAT.
Acerto local
Entre as alterações necessárias para a transformação do motor THP em FLEX, estão o remapeamento do calculador (central de gerenciamento eletrônico do motor). A nova calibragem foi desenvolvida especialmente para atender às condições brasileiras e o gosto dos consumidores, que apreciam motores elásticos que ofereçam boas retomadas de velocidade.

 

c4f7
A injeção direta e a utilização de uma bomba de alta pressão de 200 bar possibilitaram dispensar sistemas adicionais de aquecimento de combustível para a partida a frio. A taxa de compressão foi alterada de 10,5:1 para 10,2:1, atendendo plenamente aos novos parâmetros de funcionamento do motor.
A presença de um novo sensor, de etanol, assegura a leitura perfeita do combustível utilizado para que o sistema desenvolva a estratégia adaptada às condições de rodagem.
Outro destaque é a utilização de uma bomba de combustível pilotada, que se adapta às condições de utilização do motor, otimizando desempenho e consumo.

c4f8
O resultado é uma potência de 173 cv a 6.000 rpm quando abastecido com etanol. O torque máximo, de 240 Nm, já aparece a 1.400 rpm, permanecendo constante até 4.000 rpm. Esta característica garante grande prazer ao dirigir, com retomadas ágeis e potentes, principalmente pelo fato de 156 Nm já estarem disponíveis logo a 1.000 rpm.
De gasolina para FLEX
As principais alterações introduzidas no motor THP (Turbo High Pressure) 16V para transformação em FLEX:
– Calibragem específica de calculador motor;
– Sistema de injeção com bomba de alta pressão (200 bar);
– Adequações para contato com etanol em componentes como cabeçote, válvulas, sedes de admissão e escape, pistões, anéis, bronzinas, tubulações etc.;
– Velas de ignição com índice térmico adaptado ao motor FLEX;
– Bomba de combustível pilotada e reforçada para o contato com o etanol;
– Presença de sensor de etanol (para identificar o porcentual de etanol no combustível), com atuação instantânea para maior eficiência de funcionamento do motor;
– Reforço dos mancais no eixo do turbo;
– Nova cartografia do pedal de aceleração.

c4f9
Novo câmbio
O Citroën C4 Lounge THP FLEX também conta com uma nova caixa de câmbio, denominada AT6 III, de última geração. Mais compacta e com menor peso, ela realça ainda mais o conforto e se ajusta perfeitamente ao novo motor, proporcionando trocas suaves e rápidas. A relação de transmissão foi alongada em 11%, com leis de passagens definidas para permitir maior suavidade e economia. Mais eficiente, a caixa de câmbio sequencial AT6 III conta com um novo conversor de torque, com aperfeiçoamentos a favor de uma maior economia de combustível.
Como resultado, o Citroën C4 Lounge THP FLEX ficou ainda melhor de dirigir. “Além da relação mais longa, o câmbio passou a ter a função RDT (Redução de Tração), que diminui as vibrações em marcha lenta quando o câmbio está na posição Drive. Essa função, além do conforto nos grandes congestionamentos, também reduz o consumo de combustível”, afirma Richard Balse, responsável pela área de Síntese Cliente PSA Peugeot Citroën.

c4f10
O conceito Lounge
Lounge significa “sala de estar, ambiente agradável, aconchegante e refinado”. E é exatamente isso que o Citroën C4 Lounge THP FLEX oferece. Com medidas generosas (4,62 m de comprimento, 1,78 m de largura e 1,50 m de altura), o modelo apresenta visual insinuante e sedutor, além de muito conforto interno.
O C4 Lounge atende plenamente às exigências do consumidor e traduz todos os valores da Citroën. Estilo imponente e moderno, bem-estar a bordo e inúmeras tecnologias embarcadas tornam o C4 Lounge um sedã à altura de modelos de segmentos superiores. Ele foi concebido para que os ocupantes desfrutem com prazer o tempo passado dentro do veículo. Oferece sensação de bem-estar sem precedentes no segmento, com acomodação generosa nos lugares dianteiros e traseiros. Além da distância entre-eixos mais longa do segmento (2,71 m), todos os assentos são envolventes e os encostos traseiros têm reclinação de 29 graus. Os ocupantes contam com vários porta-objetos, aumentando a comodidade. O resultado é ser o sedã com maior espaço interno da categoria. O porta-malas também é amplo e versátil, com capacidade para 450 litros VDA. “Estes fatores explicam o grande Índice de Fidelização que temos obtido em nossa base de clientes, no patamar de 40%”, comemora Laurent Barria, diretor de Marketing da Citroën do Brasil.

 

c4fl12
Estilo sedutor. O equilíbrio como fonte de inspiração.
Sofisticado por dentro, elegante por fora. Graças a elementos visuais, o sedã apresenta design marcante, na linhagem dos códigos da marca: formas esculpidas, ampla grade, vidro traseiro côncavo, faróis e lanternas com estilo marcante.
O modelo possui luzes diurnas e feixes de LED, elementos que traduzem a modernidade do projeto e reafirmam a posição de vanguarda tecnológica da marca. Estas guias criam uma identidade visual única dentro do segmento, tanto de dia quanto à noite. A grade com o Chevron em destaque se estende até os faróis, transmitindo a impressão de que o carro é mais largo. Os apliques em acabamento cromado confirmam sua vocação de sofisticação e elegância.
A lateral é fluida e se caracteriza pela ausência de frisos, deixando o visual mais limpo. A ousadia da marca se expressa pela presença de vincos acentuados e superfícies esculpidas. O objetivo visual foi alcançar um aspecto que combinasse elementos familiares e esportivos no mesmo veículo. A coluna C é alongada e, graças à curvatura do vidro traseiro, a tampa traseira pode abrir mais, melhorando o acesso ao porta-malas.
Visto de traseira, o sedã exibe personalidade, com balanço traseiro integrado e compacto. O para-choque, com volumoso difusor preto e a saída dupla de escape, reforça a tendência esportiva, enquanto as lanternas afiladas, unidas por uma moldura cromada, transmitem solidez. Os detalhes cromados esculpidos em formas depuradas e as rodas de liga leve engrandecem a silhueta top de linha. Destaque para o novo monograma traseiro “THP FLEX”, verdadeiro cartão verde para o consumo de combustíveis renováveis!
Condução valorizada
O modelo oferece Start/Stop, de partida sem chave. Além disso, o sistema Keyless detecta a aproximação do condutor e destrava a porta. Para ligar o motor, basta apertar o botão, localizado no painel, à esquerda do volante.
A posição de dirigir é privilegiada e o motorista tem acesso aos principais comandos sem tirar as mãos do volante. Ergonômico, o C4 Lounge propicia conforto de condução, inspirando confiança ao motorista e tranquilidade aos passageiros. A alavanca de câmbio está posicionada de modo a funcionar como uma extensão do braço do condutor. O quadro de instrumentos mescla informações analógicas e digitais. É completo e, dependendo da versão, permite cinco personalizações, que variam do branco ao azul.
A escolha dos materiais internos também seguiu critérios rigorosos, para atender às mais altas expectativas da Qualidade Percebida: as superfícies foram desenvolvidas para agradar aos olhos e ao toque. O painel tem revestimento em Slush (material com toque mais macio, que permite modelagem e textura) e textura Gigaé (grão que alterna zonas foscas e brilhantes). As portas possuem painéis com toque soft, proporcionando maior conforto.
Já os bancos, além do design arrojado e do ótimo acabamento, têm densidade variável, dependendo da área, para assegurar conforto e segurança. Revestidos com couro Zina e na cor Tramontane, recebem couro metalizado ou perfurado (perfuração quadrada), com pesponto duplo e prateado.
No C4 Lounge, há um balanceamento entre materiais quentes e nobres (de conotação sofisticada) e elementos concretos e frios, que acrescentam tom levemente esportivo.

Na estrada
Tradição nos veículos da Citroën, as suspensões são calibradas para garantir conforto aos ocupantes, mas sem abrir mão da estabilidade. A suspensão dianteira utiliza rodas independentes, eixo Pseudo MacPherson com braços inferiores triangulares, molas helicoidais, amortecedores hidráulicos telescópicos e barra anti-inclinação. Na traseira, o modelo conta com travessa deformável, molas helicoidais, amortecedores hidráulicos telescópicos e barra anti-inclinação.
Todo o conjunto de suspensões foi desenvolvido para proporcionar grande estabilidade e filtragem de ruídos, mas sem deixar de lado o conforto, elemento fundamental da marca.
No C4 Lounge, não se notam as imperfeições da estrada. E, além do conforto, o sedã transmite segurança ao volante. A direção eletro-hidráulica é precisa, e as oscilações transversais foram totalmente controladas. O resultado é um veículo que inspira confiança imediata no condutor e nos passageiros.
Outra vantagem é a facilidade para a realização de manobras de estacionamento, graças ao diâmetro de giro de apenas 11,1 metros. Isso, aliado ao sistema de assistência, bem leve em baixas velocidades, facilita o uso urbano. Em altas velocidades a direção é firme e direta.
Por não fazer nenhuma concessão à segurança de seus passageiros, o Citroën C4 Lounge propõe um sistema de frenagem particularmente seguro. O ABS, o Repartidor Eletrônico de Frenagem (REF) e a Ajuda à Frenagem de Urgência (AFU) constituem, de série, um leque de equipamentos de ajuda à frenagem ultracompleto. Equipamentos que ajudarão o motorista nas mais delicadas situações. Controles de estabilidade também de série, como o ESP e o ASR (antipatinagem), asseguram máximo desempenho. A segurança passiva é também de melhor nível com seis airbags, cintos de três pontos de ancoragem ou, ainda, fivelas Isofix nos assentos laterais traseiros.

O Citroën C4 Lounge agrega tecnologias de última geração e equipamentos de conforto, conveniência e segurança incomuns para um carro de sua categoria.
Entre os principais, podemos destacar:
• Rádio GPS MyWay – Sistema integrado de áudio e navegação, conjugando rádio, CD, MP3, Bluetooth e GPS. Possui tomada USB e entrada auxiliar localizada atrás da alavanca de câmbio;
• Sistema de áudio HIFI de alta qualidade sonora com espacialização ARKAMYS, que garante melhor equalização e distribuição de graves e agudos. Alto-falantes de excepcional qualidade, com potência de 25 W x 4;
• Bluetooth e sistema hands-free – Recebe e emite ligações através do sistema de áudio do veículo. Dependendo do modelo do aparelho, o telefone transmite MP3 para o rádio sem necessidade de uso de fio;
• Painel personalizável – Pode-se alterar a cor dos mostradores, independentemente da cor das telas. Estas cores dividem-se em variantes que vão do branco até o azul;
• SAM – Smart Alert Move (sensor de ponto cego) – O indicador situado no retrovisor externo acende-se para prevenir a chegada de um veículo à zona de detecção de pontos cegos;
• Sistema Keyless – É ao mesmo tempo um acesso eletrônico e um sistema de autorização que habilita certas funções do veículo. Para isso, o sistema eletrônico precisa identificar a chave perto ou dentro do carro. No momento em que um motorista carregando a chave se encontra a aproximadamente 2 metros do carro, a chave é identificada por um sensor de proximidade do veículo e por um gerador de ondas de rádio dentro da própria chave. O veículo é, então, automaticamente destravado quando a maçaneta é puxada. A chave eletrônica pode estar no bolso, na mão ou na bolsa do motorista: não é necessário procurá-la ou inseri-la na fechadura da porta. Além disso, o sistema permite o travamento das portas por meio do mesmo mecanismo. Em caso de vidros ou teto solar aberto, o sistema automaticamente aciona o fechamento dos mesmos;
• Sistema Start/Stop – Permite acionar o motor do C4 Lounge com uma pressão do dedo, como num carro de competição. Para ligar o carro, a chave precisa estar dentro do habitáculo. O volante e a ignição são destravados através de um transponder sem fio, sem a necessidade de colocar a chave na ignição;
Todas as outras operações são feitas dentro da cabine: quando você pressiona levemente o botão no console central, ativa a ignição. Para dar a partida e desligar o motor, basta pressionar o botão de Start/Stop e, ao sair do carro, é preciso apenas pressionar o pequeno botão de trava na maçaneta da porta do motorista para travar o carro novamente;
• Câmera de ré – Localizada no para-choque traseiro, a câmera de ré se ativa ao engatar a marcha à ré e permite visão da traseira do C4 Lounge na tela localizada no centro do painel. O motorista pode se orientar por meio de linhas auxiliares que aparecem na imagem. As linhas verdes mostram a direção geral do veículo, as vermelhas representam o limite do para-choque e as azuis simulam o caminho do veículo se for feita uma manobra de ré com as rodas totalmente viradas;
• Função Restore – Esta função ativa a ventilação durante alguns minutos enquanto o motor estiver desligado. Por exemplo, quando sair do veículo, os passageiros presentes podem beneficiar de uma circulação de ar sem acionar o motor. Esta função encontra-se disponível ao ligar a ignição, assim como ao desligar o motor. A duração e a disponibilidade da função dependem do nível de carga da bateria. Quando a função Restore se encontra ativada, as regulagens de temperatura, fluxo e distribuição do ar são geridas automaticamente em função da temperatura exterior;
• Teto solar eletrônico – A Citroën se destaca por oferecer modelos com habitáculo iluminado e de ampla visão para fora do veículo – casos do Novo Citroën C3 e do C4 Picasso. O C4 Lounge não poderia ser diferente: oferece teto solar com ampla abertura, que ajuda a minimizar a temperatura interna em dias muito quentes, ventila e renova o ar no interior do veículo.

Ford planeja 8 lançamentos em 2015

Publicado em 05/12/2014 - 18:17 por | Comentar

Categorias: Ford, Mercado

A Ford vai terminar 2014 com crescimento na participação em segmentos importantes do mercado, com veículos como o New Fiesta, Focus, Fusion, EcoSport e Cargo 816, além do lançamento do Novo Ka (imagem abaixo). A marca anunciou que vai dar sequência ao lançamento de novos veículos em 2015 com pelo menos oito grandes ações de produto. Este é um resumo do balanço apresentado hoje pela empresa no seu tradicional encontro de final de ano com a imprensa

 

NovoKa-EventoFord
O evento, em São Paulo, contou com a presença do presidente da Ford América do Sul, Steven Armstrong, do vice-presidente de Marketing, Vendas e Serviços, Natan Vieira, do vice-presidente de Assuntos Corporativos, Rogelio Golfarb, do diretor de Finanças, Amit Singhi, além de outros executivos e jornalistas de todo o Brasil.
“Estamos muito orgulhosos com o sucesso da nossa nova linha global e principalmente do Novo Ka, que em apenas três meses já é o quarto carro mais vendido do mercado”, destacou Steven Armstrong. “Ele é mais uma prova do acerto do nosso plano One Ford, ao qual vamos dar continuidade em 2015 com oito grandes ações de produto.”

 

EventoFord-NovoKa
O executivo afirmou que, apesar do movimento cíclico do mercado, que este ano trouxe desafios adicionais para a América do Sul, todos os investimentos da empresa foram mantidos. “Lançamos novos veículos, inauguramos uma nova fábrica de motores e demos continuidade a todas as ações programadas dentro do nosso plano de investimentos de R$4,5 bilhões até 2015. E no ano que vem teremos muitas outras novidades. A América do Sul e o Brasil, em particular, quinto maior mercado do mundo, continuam a ser um lugar atraente para os negócios.”
Segundo Rogelio Golfarb, a inovação é um diferencial competitivo que tem contribuído para a Ford se destacar no mercado. “O motor diesel de 5 cilindros da Ranger, o cinto de segurança inflável do Fusion, o motor flex com injeção direta do Focus e a assistência de emergência do Novo Ka são exemplos dessa filosofia empresarial que temos seguido de ir mais longe para conquistar os consumidores”, disse. “Somos também a única montadora que tem hoje na sua linha dois produtos globais criados pela engenharia brasileira, o EcoSport e o Novo Ka.”
“O mercado global de veículos deve crescer 30% até 2020, tendo como base 2013, e os carros compactos terão um papel importante nesse avanço”, afirmou Amit Singhi. “A Ford está bem posicionada no Brasil e globalmente para estar na dianteira desse processo, com uma linha completa de veículos e um balanço financeiro forte para suportar os investimentos.”
Junto com uma retrospectiva de todos os eventos de produto e tecnologia promovidos pela Ford durante o ano – como Novo Ka e Novo Ka+, Ranger Sport, inauguração da Fábrica de Motores 1.0 12V em Camaçari, Assistência de Emergência, Salão do Automóvel, caminhões Cargo 1119, F-350 e F-4000 – foi feita uma exposição de toda a linha de veículos da marca.

Importados têm queda de vendas em novembro

Publicado em 05/12/2014 - 14:49 por | Comentar

Categorias: Abeifa, Importados, Mercado

As 28 marcas de veículos e de comerciais leves associadas à ABEIFA (Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos Automotores) registraram queda de 13,9% nos emplacamentos no último mês de novembro, em comparação com novembro de 2013
No mês passado, as associadas da entidade emplacaram 7.603 veículos e comerciais leves. “Esperávamos um novembro melhor, mas as perspectivas não se consumaram”, informa o presidente da entidade, Marcel Visconde.
No acumulado do ano, de janeiro a novembro, os emplacamentos das importadoras seguem a mesma tendência assinalada ao longo dos meses anteriores, mantendo a queda e registrando 86.648 unidades, uma redução de 15,6% no comparativo ao mesmo período de 2013, quando foram emplacados 102.719 automóveis e comerciais leves.
“O ano de 2014 foi impactado por distintos eventos, que fizeram com que o nosso desempenho fosse inferior ao de 2013. Imaginávamos uma reação melhor no segundo semestre, mas isso não ocorreu. Já podemos antecipar que 2014 será um ano de resultados negativos. Ressaltamos que há necessidade de ações concretas e mais efetivas por parte do governo para 2015. É necessário recuperar a confiança dos distintos agentes que movem a economia, como investidores estrangeiros, indústrias, setor de serviços e, também, dos consumidores”, argumenta Marcel Visconde.
“As marcas associadas da ABEIFA têm apostado no mercado brasileiro. Não somos somente importadores de veículos que são balizadores do setor em quesitos de design, de tecnologia e de segurança. Temos entre nossas associadas marcas como a Chery, que já produz localmente, e outras, a exemplo da JAC, da Land Rover e da BMW, que estão construindo suas fábricas. Porém, não podemos esquecer que a produção local também utiliza componentes importados, que sofrem com a oscilação do câmbio. Temos reiterado que o importante é a fixação de um patamar da moeda e não a constante volatilidade. Os investimentos são feitos para o médio e para o longo prazo. Neste momento, sentimos muita falta de confiança no futuro e na recuperação do crescimento econômico do país”, destaca o líder setorial.
“No entanto, acreditamos que a presidente Dilma e a sua nova equipe econômica têm uma grande oportunidade de sinalizar ao mercado que está comprometida com a governança necessária para acalmar a tensão e recuperar a credibilidade dos investidores e dos consumidores”, finaliza Marcel Visconde.

Cearense ganha Test Drive Premiado da Volkswagen

Publicado em 05/12/2014 - 12:34 por | Comentar

A campanha nacional Test Drive Premiado da Volkswagen sorteou nesta semana a primeira cearense. A ação que sorteia um modelo Up! diariamente entre todas as concessionárias Volks do País, teve como premiada a representante comercial Andressa Sampaio, cliente da concessionária Saga Benfica. Ao participar da ação testando um carro da marca na loja, Andressa foi sorteada na hora através do sistema da campanha que informa do prêmio, um modelo Up! zero quilômetro, pelo som do carro que está sendo testado. A ação que sorteia diariamente um modelo UP! entre as concessionárias Volks do país se estende até o dia 12 deste mês.

Volkswagen Up!

Volkswagen Up!

Mercado de veículos tem queda de vendas em novembro

Publicado em 05/12/2014 - 12:23 por | Comentar

Categorias: Anfavea

A Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores, Anfavea, divulgou na quinta-feira, 4, em São Paulo, o desempenho de mercado, produção e exportações de autoveículos e máquinas agrícolas e rodoviárias em novembro e no período acumulado do ano.
O licenciamento de autoveículos em novembro, que registrou 294,7 mil unidades, foi 4% inferior no comparativo com outubro deste ano – 306,9 mil. Na análise com novembro de 2013 o resultado foi menor em 2,7%, quando foram comercializadas 302,9 mil unidades. No acumulado do ano a queda foi de 8,4% com 3,13 milhões de veículos este ano e 3,41 milhões no ano passado.

Linha de montagem da Fiat, em Betim, Minas Gerais

Linha de montagem da Fiat, em Betim, Minas Gerais

Na visão de Luiz Moan Yabiku Junior, presidente da Anfavea, apesar do resultado negativo o ritmo de vendas continua em ascensão no segundo semestre: “Novembro registrou um dos melhores ritmos de vendas diárias do ano até agora, um sinal claro de que o consumidor continua ávido pela compra de veículos. A expectativa é de que este ritmo se mantenha ou até aumente em dezembro”.
Em novembro a produção de 264,8 mil autoveículos representa retração de 9,7% tanto no comparativo com outubro, com 293,3 mil, quanto com o mesmo mês do ano anterior, quando foram fabricadas 293,2 mil unidades. Saíram das linhas de montagem nos onze meses transcorridos deste ano 2,94 milhões de veículos, baixa de 15,5% ao se defrontar com os 3,48 milhões de 2013.
As exportações no ano mostram declínio de 40,6% ao se comparar as 310,8 mil unidades deste ano com as 523 mil de 2013. Em novembro deixaram o País 26 mil veículos: crescimento de 10,5% com relação as 23,5 mil de outubro e contração de 42,6% no comparativo com as 45,2 mil de novembro do ano passado.

Caminhões e ônibus
A comercialização de caminhões em novembro ficou estável ante outubro: ambos os meses registraram 12,2 mil unidades. Há crescimento, porém, na análise contra novembro do ano passado, quando foram vendidas 11,6 mil unidades, o que indica alta de 4,4%. No período acumulado de 2014 as vendas foram inferiores em 12% – 123,4 mil este ano e 140,1 mil em 2013.
O resultado da produção de caminhões em novembro de 2014, com 11,8 mil unidades, também ficou abaixo, em 5%, das 12,4 mil unidades de outubro e 20,2% menor sobre as 14,7 mil de novembro do ano passado. Os fabricantes registraram redução de 24,2% quando comparadas as 136,3 mil unidades deste ano com as 179,7 mil de 2013.
As exportações no acumulado foram menores em 26,7%: 16,9 mil caminhões este ano e 23 mil no ano passado. Já no comparativo mensal o segmento encerrou novembro com acréscimo de 12,3% com 1,6 mil no período e 1,4 mil em outubro e decréscimo de 33,4% no comparativo com novembro de 2013 com 2,3 mil unidades.
No segmento de ônibus, o licenciamento terminou o mês com recuo de 18,8% ao se comparar as 2,3 mil unidades de novembro com as 2,9 mil de outubro. O setor apresentou diminuição de 15% frente as 2,7 mil unidades vendidas em novembro do ano passado. O resultado no acumulado, com 25,2 mil unidades, está 15,2% inferior com relação as 29,7 mil de 2013.
A produção nos onze meses já transcorridos deste ano está 15,9% menor do que no ano passado, quando 38,5 mil chassis para ônibus saíram das fábricas – este ano o volume chegou a 32,3 mil. Apenas em novembro de 2014 foram fabricadas 1,8 mil unidades, o que significa retração de 31,6% frente as 2,7 mil de outubro e declínio de 44,4% contra as 3,3 mil de novembro de 2013.
As exportações de ônibus no mês subiram 12%: 662 unidades em novembro e 591 unidades em outubro. Quando defrontado o resultado com novembro de 2013 a queda foi de 38,6%, com 1,1 mil unidades naquele período. No acumulado a baixa foi de 30,5% – 6,1 mil este ano e 8,8 mil no ano passado.

Máquinas agrícolas e rodoviárias
As vendas no segmento agrícola apresentaram retração de 16,6% até o décimo primeiro mês deste ano, com 64,4 mil unidades em 2014 e 77,2 mil no ano passado. Na análise de novembro contra outubro a baixa foi de 21%, com 5,3 mil produtos e 6,7 mil, respectivamente. No comparativo com as 6 mil unidades de novembro de 2013 a queda foi de 12,5%.
A produção em novembro deste ano, com 6,4 mil máquinas, recuou 19,9% quando comparada com as 7,9 mil do mês anterior e 22,4% ante as 8,2 mil unidades de novembro do ano passado. No acumulado do ano, 78,7 mil unidades deixaram as fábricas, resultado menor em 16,2% frente as 93,9 mil unidades de 2013.
De janeiro a novembro foram exportadas 13 mil máquinas, o que representa baixa de 10,2% contra as 14,5 mil de igual período de 2013. Só no mês de novembro o setor exportou 1,1 mil unidades, 15,5% a menos do que as 1,3 mil de outubro e recuo de 16,6% com relação as 1,3 mil de novembro do ano passado.

Placas de veículos brasileiros licenciados a partir de 2016 terão padrão Mercosul

Publicado em 04/12/2014 - 8:59 por | Comentar

Categorias: Detran, Trânsito, Transportes

O Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) apresenta nesta quinta-feira (04/12), o novo modelo brasileiro de placas veiculares no padrão Mercosul. O Coordenador-Geral de Informatização e Estatística do Denatran, Rone Evaldo Barbosa, concederá entrevista coletiva sobre o assunto às 9h, no Ministério das Cidades, em Brasília (DF).

 

Novo modelo de placa (arte do Blog do Planalto)

Novo modelo de placa (arte do Blog do Planalto)

O novo modelo da placa dos veículos foi aprovado, por unanimidade, na última reunião do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). A Resolução 510, com as especificações da nova placa, será publicada no Diário Oficial da União, desta quinta-feira (04/12). O padrão Mercosul será obrigatório a partir de 1º de janeiro de 2016 para o emplacamento de veículos novos.
A decisão do Contran obedece a Resolução 33/2014 do Mercosul. O novo modelo terá controle nacional para identificar a origem da placa, o que inibirá a clonagem do veículo.

Saiba quais os tipos de combustíveis

Publicado em 03/12/2014 - 15:23 por | Comentar

Categorias: Consumo, Curiosidade, Dica

Com o aumento dos preços dos combustíveis no Brasil, é fundamental saber como cada um dos tipos existentes hoje funciona. Dessa forma, não só motoristas em geral, mas empresas e frotistas conseguem economizar e manter seus carros em ordem

GASOLINA
Aliado a isso, a utilização de tecnologia eficaz, como telemetria, traz benefícios para toda a cadeia logística . “A frota bem gerida traz uma redução de custo expressiva nas operações, tanto em consumo de combustível, como em manutenção e disponibilidade da frota”, explica Luiz Munhoz, diretor da Mix Telematics (www.mixtelematics.com.br), uma das líderes mundiais em soluções para gestão de frotas.

Dicas

Para orientar melhor o motorista, a Mix Telematics conversou com especialistas da Raízen (joint venture da Shell e da COSAN), que deram diversas recomendações.
Se planejar deixar o veículo inativo por um período, procure deixá-lo com etanol ou com gasolina aditivada. O aditivo garante uma degradação mais lenta do combustível;
No caso do tanque auxiliar para partida a frio, utilize sempre gasolina aditivada e peça para o frentista substituí-la a cada três meses; pela eficiência dos veículos na partida, esta gasolina fica muito tempo parada, além de passar por um regime de calor elevado, por estar no compartimento do motor e se degradar mais rapidamente;
Os aditivos não reduzem diretamente o consumo do veículo; eles ajudam a limpar o motor tornando-o mais eficiente em comparação ao motor sujo. De acordo com os especialistas, nos testes a diferença chega a 5% no consumo de um motor sujo com relação a um motor limpo;
Existem dois tipos de conceito de combustível aditivado: o tipo Keep Clean, que procura manter o motor limpo, mas não busca retirar os depósitos de sujeira que já lá se encontravam, e o tipo Clean Up, cujo objetivo não é só manter, mas limpar o motor;
A gasolina suja mais o motor do que o álcool e o regime de uso de cidade também provoca maior acúmulo de sujeira do que o de estrada;
Isto não quer dizer que quem usa álcool na estrada não terá benefício por usar combustível aditivado, mas sim que quem usa gasolina na cidade irá notar maior diferença;
Como o combustível aditivado é mais caro, sugerimos uma regra simples para o consumidor tomar a decisão. Se a diferença for inferior a 5% opte pelo combustível aditivado;
Especialmente se usar o veículo com gasolina na cidade, mesmo que a diferença seja maior do que 5%, periodicamente use pelo menos dois tanques de combustível aditivado. Isto irá não só reduzir o consumo do veículo quanto aumentar a vida útil do motor.
Atualmente 5% do diesel é, na verdade, biodiesel, e o diesel que está no mercado é o S500 com um limite de 500 ppm de enxofre e o S10 com apenas 10 ppm de enxofre. Apesar de ter cinco vezes menos enxofre do que a gasolina, ele ainda larga partículas no ar poluentes;
O diesel, quando armazenado, perde as suas características rapidamente absorvendo umidade. Tradicionalmente, se separava a umidade do diesel, mas o problema é que o biodiesel a absorve, tornando impossível separar esta parte;
Além disso, é importante não armazenar óleo por mais do que 30 dias.

Sest Senat faz 20 anos e oferece show gratuito de César Menotti & Fabiano e Alan & Alex em Fortaleza

Publicado em 03/12/2014 - 10:26 por | Comentar

Categorias: Entidades, Entretenimento, Show

O Sest Senat comemora duas décadas de atuação no Brasil e, para comemorar, promove em Fortaleza um show comemorativo com as duplas sertanejas César Menotti & Fabiano e Alan & Alex, dia 06 de dezembro no anfiteatro do Parque do Cocó. A celebração terá início às 18h, com entrada gratuita ao público.

César Menotti & Fabiano

César Menotti & Fabiano

 

Dupla Alan e Alex

Dupla Alan e Alex

Página 19 de 196«...10...1718192021...304050...»

Editora Verdes Mares Ltda.

Praça da Imprensa, S/N. Bairro: Dionísio Torres

Fone: (85) 3266.9999

X Fechar

Desejas compartilhar o conteúdo do Diário do Nordeste?

Utilize o link da notícia ou as ferramentas presentes na página.