Blog do Automóvel

Categoria: Combustíveis


20:58 · 30.01.2018 / atualizado às 16:00 · 30.01.2018 por

Piauí registra alta de quase 6% no preço do etanol; Alagoas tem a gasolina mais cara da região
Os motoristas do Piauí foram os que mais sentiram o aumento no preço do etanol em dezembro, segundo o Índice de Preços Ticket Log (IPTL), que traz dados de 36 mil postos credenciados de todo o País. O combustível aumentou 5,86% no Estado, com o litro cotado em média a R$ 3,20. Contudo, o resultado ainda não foi suficiente para bater o Ceará, que segue com o maior valor do Nordeste: R$ 3,41. Para os maranhenses, uma boa notícia: o etanol caiu 5,24% e o preço médio foi de R$ 3,41 em dezembro, quase R$ 0,20 a menos em relação a novembro, quando o Estado registrou o maior índice do Nordeste.
O litro mais barato de gasolina foi encontrado na Paraíba, pelo segundo mês consecutivo, com preço médio de R$ 3,94. Em Pernambuco, o valor médio do diesel foi R$ 3,30, o menor do Nordeste.
Confira abaixo a tabela para consulta de cada combustível no Nordeste

12:44 · 25.01.2018 / atualizado às 12:44 · 25.01.2018 por

Confira dicas para otimizar o consumo e desempenho do seu carro
Os preços da gasolina sofreram reajuste já na primeira semana de 2018. Calibrar os pneus e manter a revisão em dia, entre outros cuidados, podem diminuir o gasto diário
Já na primeira semana de 2018, os postos do país registraram aumento nos preços médios do combustível. Um levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgado recentemente apontou que o litro da gasolina, por exemplo, subiu de 4,099 reais, na última semana de dezembro, para 4,151 reais, no período entre 1º e 6 de janeiro.


Otimizar esse consumo e gastar menos gasolina pode ser, muitas vezes, questão de hábitos. “Você pode estar contribuindo, por puro descuido, para que seu veículo consuma mais combustível do que o necessário para fazer seus trajetos diários”, explica Eliel Bartels, engenheiro a frente do Centro de Treinamento, Tecnologia e Inovação – CTTi do Grupo Dpaschoal. Confira abaixo cinco dicas que podem ajudar o veículo a desempenhar melhor e gastando menos:
1. Calibre os pneus correta e periodicamente
Rodar com os pneus murchos aumenta o atrito com o solo, o que eleva o consumo de combustível. “Para evitar isso, é importante saber a calibragem ideal dos pneus do seu automóvel, informação que pode ser encontrada no manual do veículo, além de verificá-la a cada quinze dias, por exemplo, sempre calibrando quando o pneu está frio”, orienta Eliel.
2. Saiba quando andar com os vidros abertos ou ar-condicionado ligado
Dirigir com uma brisa fresca no rosto é uma delícia, mas é importante ter consciência de que, quando as janelas estão abertas, a resistência do ar tende a aumentar – especialmente com o carro em alta velocidade – elevando também a quantidade de energia necessária para vencê-la. Portanto, quando na estrada ou em uma avenida expressa, o ideal é dirigir com os vidros fechados e com o ar-condicionado ligado (em uma potência moderada).
Por outro lado, o ar-condicionado, de acordo com a potência em que está ligado, pode se transformar no grande vilão, aumentando o consumo de combustível. De acordo com Bartels, “para evitar o uso do ar no máximo, é importante aproveitar as entradas de ar do carro para ventilar e, sempre que estacionar o veiculo, tentar mantê-lo na sombra”.


3. Evite carregar pesos desnecessários
Quanto mais peso o veículo estiver carregando, mais combustível ele gastará para se colocar e manter em movimento. Nem sempre é possível ou conveniente diminuir a quantidade de bagagem, mas, quando houver essa possibilidade, é importante pensar bem no que será carregado, especialmente na hora de pegar a estrada. “Tudo que puder ser evitado pode contribuir para a redução do consumo e, consequentemente, de gastos.”
4. Quando possível, mantenha a velocidade constante
Nem sempre é possível evitar o processo de acelerar em seguida frear o carro, especialmente na cidade e quando tráfego está intenso. Mas é importante saber que essa sequencia de ações tende a consumir mais combustível. Por isso, seja em câmbio automático ou manual, a aceleração progressiva e contida é a melhor para aproveitar o combustível do motor.
“Ao arrancar, o motorista deve escalonar bem as marchas. A primeira é apenas para o sair da imobilidade. A segunda, deve ser utilizada até 20 km/h, a terceira até 40 km/h e assim adiante. No câmbio automático é preciso manter o pé na mesma posição para o aumento da rotação e velocidade pois, quanto mais há trocas no câmbio, maior será o consumo devido ao trabalho dos componentes internos”, detalha Eliel.
5. Revise o veículo periodicamente
O mau funcionamento de diversas partes do carro pode acarretar em maior gasto de combustível. Por isso e também para garantir a segurança e tranquilidade de quem utiliza o veículo, é importante fazer as revisões do carro conforme indicação do fabricante, antes de uma viagem longa ou quando detectar algum problema.

12:52 · 07.11.2017 / atualizado às 12:52 · 07.11.2017 por

Quais os reais benefícios da gasolina aditivada? Essa dúvida ainda está na cabeça de boa parte dos consumidores, por mais que esse tipo de combustível já esteja no mercado brasileiro há quase duas décadas

“Durante o recente processo de lançamento da nova gasolina Shell V-Power, pesquisas com clientes mostraram que ainda há confusão em relação aos combustíveis aditivados, seu uso e suas vantagens”, conta Gilberto Pose, engenheiro de combustíveis da Raízen. Com base nas demandas dos consumidores, foi elaborada a seguinte lista de mitos e verdades sobre gasolina aditivada:
Montadoras não recomendam gasolina aditivada
Mito. Em sua grande maioria, os manuais de proprietário recomendam o uso do combustível aditivado.
Gasolina aditivada é mais pura que a comum
Mito. Não se trata de grau de pureza ou diferença no refinamento. Nem mesmo de octanagem. O que a gasolina aditivada tem a mais é a tecnologia de aditivos detergentes, dispersantes e formadores de películas protetoras. No caso da nova Shell V-Power, essa tecnologia foi batizada de Dynaflex.
O que suja o motor é o lubrificante, não o combustível
Verdade. A gasolina de má qualidade (adulterada) pode trazer outros prejuízos ao motor, mas o que suja as válvulas e os bicos injetores é o óleo do cárter usado na lubrificação das peças móveis, e que de alguma forma entra em contato com aqueles componentes. O combustível aditivado faz o papel de remover e dispersar os depósitos que prejudicam o rendimento do motor.


Gasolina aditivada vicia o motor do carro
Mito. O papel da gasolina aditivada é limpar e proteger o motor, para que ele tenha o melhor desempenho. O motorista pode a qualquer momento optar por gasolina aditivada, comum ou etanol (nos motores flex).
Veículos com motor muito sujo podem apresentar falha ao usar gasolina aditivada, por conta da sujeira que se desprende
Mito. Além do detergente, a gasolina conta com aditivos dispersantes, que tornam microscópicos os resíduos removidos e evitam o bloqueio nos filtros.
Gasolina aditivada aumenta a potência do motor
Mito. A gasolina aditivada limpa o sistema de injeção, contribuindo para o funcionamento do motor em sua maior eficiência. Ela restringe as perdas de rendimento do motor e após os primeiros abastecimentos pode até recuperar a performance em carros que estavam com motor muito sujo.
Abastecer somente algumas vezes com gasolina aditivada é suficiente
Mito. O indicado é manter uma constância no abastecimento com a aditivada para que a limpeza dos bicos e das válvulas seja permanente.
Tanquinho de partida a frio deve ser abastecido com gasolina aditivada
Verdade. Os antioxidantes da aditivada retardam o envelhecimento desse combustível, já que às vezes ele passa semanas ou meses sem ser usado. E impedem que o produto fique muito espesso por conta da evaporação das partículas leves, o que poderia gerar falhas na ignição. A mesma lógica pode ser aplicada aos carros híbridos, nos quais a gasolina tende a ficar bastante tempo no tanque.
O custo-benefício da gasolina aditivada não compensa
Mito. A gasolina aditivada ajuda a evitar problemas na manutenção e troca de peças do sistema de combustão. Além disso, auxilia a manter o bom desempenho do carro.
Gasolina aditivada é tudo igual
Mito. Cada empresa tem sua própria fórmula, que envolve anos de pesquisa.

13:31 · 25.10.2017 / atualizado às 13:31 · 25.10.2017 por

A Ford Grã-Bretanha obteve três recordes na tradicional maratona de economia de combustível realizada no Reino Unido, a MPG Marathon. O Ford New Fiesta com motor 1.0 EcoBoost de 125 cv, o mesmo que equipa a linha no Brasil, atingiu a marca de 34,48 km/l com gasolina no percurso de 570 km, resultado 14% melhor que o recorde anterior. A Ranger 2.2 Diesel, também disponível no Brasil, teve um novo recorde na maratona, rodando 1.616 km com um único tanque de combustível, resultado que aguarda a homologação também para recorde mundial

 


O New Fiesta equipado com motor diesel TDCi ficou com o título de campeão geral da prova, com impressionantes 43,47 km/l. Disponível na Europa e outros mercados que permitem o uso desse combustível em carros de passeio, foi o mais econômico entre todos os modelos que participaram.
A picape foi dirigida pelos noruegueses Knut Wilthil e Henrik Borchgrevink no percurso de 30 horas entre a Noruega, Suécia e Finlândia, com consumo de 20 km/l. Eles rodaram a uma velocidade média de 60 km/h e planejaram cuidadosamente o roteiro, fazendo paradas somente em descidas, por exemplo, para ter partidas mais eficientes.
Além da eficiência do motor, da aerodinâmica e de outros componentes do veículo, esse tipo de competição mostra que o comportamento do motorista tem um peso importante no consumo. “Gastar menos combustível economiza dinheiro e também reduz o impacto ambiental, com menos emissões”, diz Andy Dawson. “Além disso, dirigir de modo mais suave também pode ser divertido, aproveitando os ajustes perfeitos de direção e suspensão do New Fiesta.”


Dicas de economia
A engenharia da Ford inglesa aproveitou os bons resultados para divulgar orientações básicas de direção, que podem ajudar os motoristas a melhorar sua eficiência.
· Cheque o carro e verifique o nível do óleo regularmente. Veículos com a manutenção em dia funcionam de modo mais eficiente.
· Verifique a pressão dos pneus mensalmente. Pneus baixos podem aumentar o consumo de combustível em até 4%.
· Não carregue peso desnecessário no porta-malas ou na cabine.
· Remova bagageiros de teto vazios e mantenha as janelas fechadas, especialmente ao dirigir em altas velocidades. Isso reduz a resistência do vento, que pode significar uma economia de até 10% no consumo.
· Dirija suavemente, olhando o mais longe possível – e também para trás. Acelerações e frenagens bruscas prejudicam o rendimento.
· Ao acelerar, selecione as marchas mais altas o mais cedo possível, sem esticar demais.

12:19 · 23.10.2017 / atualizado às 12:22 · 23.10.2017 por

Em tempos de gasolina, etanol e diesel caros, não custa tentar economizar em atitudes simples, mas que tem muito resultado no seu bolso no final do mês. Veja abaixo e não esqueça de fazer tudo da melhor  maneira possível.

 

 

 

14:58 · 19.04.2017 / atualizado às 14:58 · 19.04.2017 por

Neste ano tivemos algumas notícias de explosões em postos de gasolina enquanto era feito o abastecimento com Gás Natural Veicular. Atentas a isso, empresas fazem planos para treinar e capacitar os funcionários dos postos distribuidores. É o caso da Raízen, licenciada da marca Shell no Brasil, que durante os anos de 2015 e 2016 capacitou todos os funcionários dos 300 postos que oferecem o abastecimento GNV


O trabalho, desenvolvido pela equipe de engenharia da Raízen, faz parte das políticas de segurança da companhia e tem como objetivo prevenir acidentes ocorridos nos abastecimentos. Durante as visitas foram distribuídos aos revendedores materiais informativos sobre procedimentos corretos para um abastecimento com segurança, como os cartões de bordo e flyers destinados aos clientes.
Além dos treinamentos presenciais, a Raízen disponibiliza a todos os funcionários dos postos revendedores cursos a distância. No site www.treinamentosraizen.com.br existem opções nas mais diversas áreas para o aperfeiçoamento profissional, reciclagem e adoção de todos os procedimentos de segurança recomendados para cada operação. O participante recebe ainda um certificado de conclusão do curso.
Por conta das particularidades na operação, o abastecimento de GNV conta com um treinamento específico. Isso se dá para que todo o processo seja realizado com os padrões de segurança recomendados pela companhia.
Dentre os procedimentos a serem adotados pelo atendente de pista antes do abastecimento está pedir ao cliente que desligue o motor, retire a chave da ignição e posicione-se a 3 metros de distância a frente do veículo antes de iniciar o abastecimento. “Todos os postos possuem um Plano de Emergência em casos de incidentes”, destaca Carlos Gianeti, gerente de Saúde, Segurança e Meio Ambiente (SSMA) da Raízen.

Como proceder em acidentes
Durante o processo de execução do Plano de Emergência, feito com os funcionários de todos os turnos de trabalho, cada um é responsável por ações específicas. Estas atribuições devem estar registradas no verso do crachá.
Identificado o risco, os funcionários devem acionar o extintor, desligar a botoeira – que interromperá o fluxo de gás nas tubulações -, retirar os veículos que estão no posto, evacuar e isolar a área e acionar o Corpo de Bombeiros.
Todo acidente ocorrido nos postos deve ser, obrigatoriamente, informado por telefone à Central de Atendimento a Emergências (CAE) da Raízen, para que a companhia aperfeiçoe cada vez mais suas medidas preventivas.
Gianeti destaca ainda que é extremamente importante os consumidores estarem atentos a procedência, manutenção e qualidade dos equipamentos instalados nos veículos: “A maioria dos casos de acidentes durante o abastecimento de GNV se dá pela qualidade ruim da instalação realizada nos veículos”.
Confira abaixo o passo a passo para um abastecimento seguro de GNV:
1. Pedir ao cliente que desligue o motor, o circuito elétrico e que saia do veículo;
2. O cliente é solicitado a abrir a mala, as portas e desligar o celular;
3. O frentista orienta o cliente a manter distância de 3 metros do veículo;
4. Antes do abastecimento, o frentista realiza uma averiguação do veículo;
5. Na sequência, aterra o veículo e verifica se não há vazamento;
6. Em caso de vazamento, feche todas as válvulas do sistema.

12:21 · 18.05.2015 / atualizado às 13:24 · 18.05.2015 por

Sonho? Primeiro de abril? Não, a notícia é verdadeira. A AJE Fortaleza – Associação de Jovens Empresários, em parceria com a Faculdade Maurício de Nassau, a Comissão de Estudos Tributários da OAB Ceará e a FIEC – Federação das Indústrias do Estado do Ceará, promoverão, nesta sexta-feira (22 de maio), a partir das 07 horas, uma ação com a venda de 4.000 (quatro mil) litros de combustível sem a cobrança de tributos. A ação é em comemoração ao Dia de Respeito ao Contribuinte e da Liberdade de Impostos (DLI)

GASOLINA
A gasolina será vendida por R$ 2 reais o litro e será permitida a compra de 20 litros por carro e 5 litros por moto, no posto Select Shell Posto Jorge Vieira – Avenida Pontes Vieira, 2250, Dionísio Torres, em frente à Assembleia Legislativa do Estado do Ceará. Na ocasião, será inaugurado também o primeiro “impostômetro” da cidade.

Confira outros destaques do blog

>Chevrolet apresenta 6ª geração do Camaro; confira imagens
>Conheça a evolução tecnológica dos carros
>BMW Série 3 comemora 40 anos de lançamento

A ação visa chamar atenção para a alta carga tributária que é cobrada dos brasileiros. Durante o DLI, o objetivo é cobrar a efetiva e correta aplicação de tributos em benefício de toda sociedade, além de coletar assinaturas para o Movimento Brasil Eficiente (MBE) – que propõe a Simplificação Fiscal por meio da redução do número de impostos, ponto de partida para a redução da carga tributária.

Após comprar um carro flex, como o motorista deve proceder no abastecimento? Leia a matéria abaixo
Ação visa denunciar altas taxas de impostos nos combustíveis

Pela Lei 12.352/10, o ‘Dia da Liberdade de Impostos’ é celebrado sempre no dia 25 de maio. Em 2015, o DLI será realizado no dia 22 de maio, porque é alusivo ao período em que os brasileiros trabalham no ano para pagar impostos, taxas e tributos para o governo. No Brasil, a carga tributária é de 35% do PIB. Isso significa que os cofres públicos recebem um valor que equivale a mais de um terço do que o País produz. Na prática, a cada três reais que a economia gera, um volta para o governo. Entre os 20 produtos com maior carga tributária do País estão jogos de videogame, motocicletas, forno de microondas, perfumes nacionais e importados, além de fraldas descartáveis e gasolina.

 

Impostômetro
A AJE Fortaleza – Associação de Jovens Empresários, em parceria com a Faculdade Maurício de Nassau e a Comissão de Estudos Tributários da OAB Ceará, irão inaugurar na sexta-feira (22), o primeiro impostômetro de Fortaleza. O evento acontecerá na FESAC – Avenida Pontes Vieira, 2666.
Aos que forem participar da compra de combustível sem a cobrança de impostos, haverá um caminho sinalizado por cones que os levará da saída do posto participante até a sede da FESAC, onde haverá a inauguração do primeiro Impostômetro da cidade.
O impostômetro é um totem que mostra a quantidade total de tributos arrecadados pelo Poder Público no País. Ele indica os valores arrecadados pelas três esferas de governo a título de tributos: impostos, taxas e contribuições, incluindo as multas, juros e correção monetária.

Mais informações:

Venda de gasolina livre de imposto e inauguração do primeiro impostômetro de Fortaleza.
Data: sexta-feira (22/05/2015).
Local: Posto Select Shell Posto Jorge Vieira.
Endereço: Avenida Pontes Vieira, 2250, Dionísio Torres – em frente à Assembleia Legislativa do Estado do Ceará.
Horário: a partir das 07h.
Impostômetro
Local: FESAC – Avenida Pontes Vieira, 2666.
Horário: 10h.

Pesquisar

Blog do Automóvel

Blog da editoria Auto, do Diário do Nordeste, para coberturas em test drive, lançamentos de automóveis e salões e notícias sobre carros, motos e outros veículos.
Posts Recentes

12h10mNovo Camaro vai ser destaque no Salão do Automóvel de São Paulo 2018

11h10mAudi mostra sua linha de SUVs na Chapada dos Veadeiros, em Goiás

02h10mConfira detalhes do primeiro carro elétrico feito no Brasil

10h10mSalão do Automóvel de São Paulo com novo lote de ingressos disponível

10h10mSetor de locação foi responsável por 1 em cada 4 veículos emplacados no primeiro semestre de 2018

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs