Busca

Categoria: Dafra


14:29 · 29.07.2015 / atualizado às 14:29 · 29.07.2015 por

image

Depois do sucesso das feiras de imóveis e carros, os Classificados, do Diário do Nordeste, promove o I Feirão de motos. O evento começa amanhã e vai até 02 de agosto, no Shopping Parangaba. O evento reunirá as maiores concessionárias da cidade e será uma oportunidade para o público conferir lançamentos e adquirir motos de diversos tipos e modelos em condições especiais.

No evento, estarão presentes marcas renomeadas como Dafra, Honda, Jonny, Shirenay, Traxx e Yamaha. Para facilitar os negócios e oferecer condições especiais para os compradores, a Embracon Consórcios oferecerá linhas de crédito para quem sonha em ter seu transporte próprio. Os concessionários irão trabalhar com bancos das suas montadoras, mas o Banco Pan também estará no local para somar nas opções das instituições financeiras.

Pollyana Brandão, gerente de Classificados do Diário, explica que a iniciativa tem como objetivo alavancar mais as vendas e “nos aproximar mais do consumidor final, levando a credibilidade dos nossos classificados, por meio de seus parceiros, oferecendo uma oportunidade aos clientes de comprar uma moto zero-quilômetro com as melhores condições do mercado local. Na prática, queremos unir o nosso anunciante com o nosso cliente mais próximo com o produto ”, salienta.

I FEIRÃO DE MOTOS

Data: De 30/07 a 02/08
Horário: De segunda a sexta, de 10h às 22h, e domingo, de 11h às 20h.
Local: Estacionamento do Shopping Parangaba (entrada principal) – Rua Germano Franck, 300 – Parangaba

12:01 · 15.12.2014 / atualizado às 12:01 · 15.12.2014 por
117642,800,80
Entre os modelos de baixa cilindrada o Honda PCX se destaca e é líder no segmento

O ano está terminando e o segmento scooter teve um crescimento acima da média no mercado nacional. Segundo números da Abraciclo, associação que reúne os fabricantes, em termos de vendas, este modelo teve um aumento de 30,8% em relação ao ano passado. Para quem gosta de números, foram vendidas 38.344 unidades entre janeiro e novembro, enquanto no mesmo período de 2013 foram comercializados 29.314 scooters.

Como a procura continua grande, algumas montadoras estão investindo mais pesado neste setor. A Honda, por exemplo, é uma delas e dobrou a produção do PCX 150. Além disso, mas só rumores – que um novo Lead com visual repaginado e motor mais forte, com 125 cc deve chegar às concessionárias em breve. A verdade é que o PCX e o Lead, a Honda lidera o segmento com folga.

A Dafra é um outro bom exemplo . Focando, aparentemente, todas suas energias no segmento scooter, a marca tem apresentado bom desempenho de vendas neste nicho específico. Em 2012 foram 2.501 unidades e no ano passado, 3.378 scooters emplacados. A Dafra pretende encerrar 2014 com 4.600 unidades comercializadas, entre o Citycom 300, Maxsym 400, o pequeno Smart 125, descontinuado para o ano que vem e já contando com as primeiras unidades do Cityclass 200i, que chega às concessionárias ainda em 2014.

2bddab346bd37218b17b7590c908fcbcLançado recentemente, o novo modelo Dafra traz boas novidades: motor de 199 cm³ de capacidade com potência máxima de 13,8 cv a 7.500 rpm, rodas aro 16” e freios combinados. Esbanjando estilo e praticidade, o Cityclass tem predicados para cair na graça do consumidor que busca mais praticidade nos deslocamentos urbanos. O novo modelo tem preço sugerido de R$ 9.390. Para o ano que vem, a Dafra deve trazer ao Brasil o Maxsym 600i, outro maxi scooter fabricado pela taiwanesa SYM e um novo produto entre 50 e 125 cc mais moderno para servir de degrau ao Cityclass.

Que estes bons ventos soprem também para a Yamaha, que pode trazer o XMax 250 e para a Suzuki, caso resolva renovar o Burgman para o modelo de 200 cc vendido na Europa. E até mesmo para a Honda, com modelos de 300 cc, como SH ou Forza. Agora é esperar os próximos lançamentos.

23:28 · 11.08.2010 / atualizado às 12:40 · 28.08.2010 por
Cinquentinha com "cara" de moto grande: Dafra quer vender 10 mil unidades no primeiro ano

A Dafra apresentou nesta quarta-feira (11/8) a Super 50, uma moto com 50cc que tem “cara”de moto grande e preço competitivo. O lançamento com direito a test ride foi na Praia do Porto das Dunas, a 22 km de Fortaleza. A “cinquentinha” é a aposta da marca para pegar o público de motociclistas de renda menor, que antes tinham mobilete ou mesmo bicicleta para locomoção.

Vendas terão início em agosto na rede de 308 concessionárias; no Ceará a bandeira Dafra é do grupo Brava Motos

A Super 50 é baseada na Super 100, um dos modelos mais vendidos da linha Dafra. Ela é leve (94 kg), tem suspensão dianteira com amortecedor telescópico, partida elétrica e acionamento automático da embreagem. O painel de instrumentos tem hodômetros total e parcial, indicadores de direção, conta-giros e indicador de seleção de marchas.

Detalhe do painel da moto

O diretor comercial da Dafra, Haroldo Nogueira, disse que a expectativa da marca é de vender 10 mil unidades do modelo no primeiro ano. “Desse total, 70% seriam no Nordeste”, projetou.

Tanque da moto tem capacidade para 10 litros de gasolina, dando autonomia de 500 km

Hoje a Dafra tem uma rede de 308 concessionários. No Ceará está presente em Fortaleza, Sobral, Iguatu, Juazeiro do Norte, Crato. A participação de mercado na capital cearense está em 5%.

A Super 50 pode ser comprada no consórcio nacional Dafra em 60 meses de R$ 73,78; 50 meses de R$ 87,46 ou 36 meses de R$ 119,30.

Moto está disponível na cor vermelha ou preta

Ficha Técnica
Motor: 4 tempos, monocilíndrico, refrigerado a ar
Potência máxima: 2,2 KW (3,0 cv) a 8.400 rpm
Torque máximo: 2,8 N.m a 4.800 rpm
Velocidade máxima: 50 km/h
Consumo: 53 km/litro
Cores: Preta ou vermelha
Preço: R$ 3.490,00

Detalhe da traseira