Blog do Automóvel

Categoria: Ducati


04:26 · 15.09.2018 / atualizado às 15:31 · 14.09.2018 por

Fruto de um projeto inovador da Ducati, de estilo autêntico e assinatura versátil, a Supersport S é perfeita para o uso urbano, confortável para viagens e surpreendente no track day


Tem como característica principal a posição mais ergonômica e relaxada para o piloto e também para o passageiro. De visual leve e compacto, a Supersport S é dinâmica, de visual inspirado na linha Panigale e com o chassi Trellis, caracteristico de alguns modelos da marca.
A Ducati SuperSport S vem equipada com suspensão Öhlins totalmente ajustável, sistema de aumento/redução de marchas Ducati Quick Shift (DQS) e capa para o assento traseiro.
Ágil em ruas urbanas, confortável em estradas a SuperSport S é versátil. Posições relaxadas para piloto e passageiro, boa deflexão do fluxo de ar com o visor de Plexiglas com altura ajustável e a quilometragem permitida pelo tanque de combustível de 16 litros também fazem da nova Ducati SuperSport uma boa companhia para qualquer jornada.


A versão SuperSport S vem com suspensão Öhlins totalmente ajustável, sistema de aumento/redução de marchas Ducati Quick Shift (DQS) e capa para o assento traseiro.
A SuperSport S tem um motor de cilindro duplo de 937 cm3 Testastretta 11°. Ele produz 113 cv a 9.000 rpm e uma curva completa de torque linear com pico de 96,7 Nm a 6.500 rpm.
Graças aos três modos de pilotagem (Esportivo, Turismo e Urbano), o temperamento da SuperSport S pode ser adaptado para garantir o máximo de aproveitamento em qualquer condição de pilotagem. Cada modo de pilotagem pode ser customizado, permitindo que a moto seja ajustada rapidamente para atender preferências e níveis de pilotagem pessoais.


O quadro da SuperSport S é o último desenvolvimento do famoso design Trellis, que explora o motor como elemento de sustentação de carga. Compacto, leve e rígido, ele tem um papel fundamental em tornar a SuperSport ligeira, mas sem deixar de ser uma máquina instintiva que pode ser pilotada por qualquer um.
A configuração de quadro inteligente desempenhou uma função crucial em manter o peso úmido em volta de um máximo de 210 kg. Uma sensacional geometria do chassis, acime de tudo a distância de 1.478 mm entre os eixos e o pneu traseiro de 180/55, fazem da SuperSport S fácil de manusear tanto em ruas das cidades quanto em curvas montanhosas, maximizando a estabilidade nas curvas e em alta velocidade.


A Ducati SuperSport S pode ser equipada com toda uma linha de acessórios Ducati Performance (alguns estão incluídos nos pacotes Sport, Touring e Urban), que permitem aos proprietários configurar a motor de acordo suas necessidades pessoais.
A Ducati Performance criou uma série de pacotes e acessórios disponíveis individualmente para trazer à tona toda a versatilidade da moto e customizá-la de acordo com o gosto individual. Tanto a versão as versões da SuperSport podem ser aprimoradas com os pacotes Sport, Touring e Urban, que também podem ser montados juntos.

12:11 · 08.08.2017 / atualizado às 12:11 · 08.08.2017 por

A nova cor na tonalidade cinza chamada de Volcano Grey chega como nova opção de escolha para os consumidores da Ducati Multistrada S. O modelo traz detalhes na cor vermelha em destaque no chassi e maletas laterais na cor da moto.
Na cor Volcano Grey a Multistrada 1200 S tem preço sugerido ao consumidor de R$ 82.900,00


DUCATI MULTISTRADA 1200 S
A Ducati Multistrada 1200 S 2017 vem equipada com um pacote tecnológico de última geração, tornando o modelo um dos mais completos do mercado. Seu alto desempenho é incomparável, tanto em estradas quanto em pistas off-road, e em qualquer uma das quatro opções de pilotagem: sport, touring, urban e enduro.
Entre os diferenciais exclusivos está ainda o motor Ducati Testastretta DVT (Desmodromic Variable Timing), que dispõe de um sistema variável de sincronização de válvula com controle independente da entrada de admissão e do eixo de comando, que otimiza o desempenho do motor e garante a máxima potência em altas rotações.


Possui a inovadora tecnologia IMU (Unidade de Medição Inercial), desenvolvida para medir com perfeição os ângulos de inclinação, guinada e de distância entre o eixo e a marcha da motocicleta, assim como o índice de suas mudanças. Permite o ajuste instantâneo da entrega de potência e torque, além do ajuste eletrônico dos modos de suspensão, controle de tração e ABS.
Com estilo inovador, a Ducati Mustistrada se destaca ainda pelo design ergonômico o que garante mais conforto ao piloto.

15:09 · 16.12.2014 / atualizado às 15:09 · 16.12.2014 por

2014_Ducati_Monster_1200-1

A italianíssima Ducati entregou no último sábado a milionésima motocicleta a sair da linha de produção de Borgo Panigale, na Itália. O modelo, uma Monster 1200 S, recebeu uma inscrição especial com o número atingido feita a laser na mesa de direção e foi entregue ao proprietário pelo CEO da Ducati, Claudio Domenicali e executivos da Audi, atual proprietária da marca italiana.

“Entre 1946 e hoje, nós desenhamos, construímos e entregamos um milhão de sonhos que se tornaram realidade para os Ducatistas”, disse Claudio Domenicali, CEO da Ducati, durante a cerimônia de entrega da moto a Ernesto Passoni, motociclista de 47 anos que vive nos arredores de Milão. “Entregar a milionésima moto produzida diretamente nas mãos de um Ducatista apaixonado é um sentimento incrível e também um incentivo para continuarmos a trilhar nosso caminho”, finalizou o executivo.

Em Franca expansão

A Ducati continua expandindo sua participação no mercado brasileiro. Umas das lojas fica na cidade de São Paulo e duas na região Nordeste, em Recife (PE) e Natal (RN).

Na capital paulista, o Grupo Caltabiano, com 95 anos de experiência e 11 marcas em seu portfólio, a Ducati do Brasil irá comercializar seus produtos e serviços em São Paulo, incluindo as motos das famílias Monster, Multistrada, Hypermotard, Diavel, 1199 Panigale e as últimas unidades da exclusiva 1199 Panigale S Senna.

Nas cidades de Recife e Natal, a operação Ducati é realizada em parceria com o Grupo Veneza, com mais de 30 anos no mercado de veículos. As revendas Ducati no Nordeste dispõem de showroom com a linha de motos da marca italiana no país e oferecem serviços como revisões, reparos, venda de peças, acessórios e lavagem.

Atrativo

Outra vantagem oferecida para os fãs de Ducati nas novas concessionárias é a oferta do Red Pass, um programa de financiamento da marca com garantia de recompra. Basta que o comprador dê uma entrada de no mínimo 30%, financie o saldo em 23 parcelas mensais iguais com uma parcela final residual de 50% do valor da moto no 24º mês. Essa parcela final pode ser quitada integralmente, refinanciada ou, melhor ainda, o comprador terá a opção de oferecer sua moto financiada, que tem recompra garantida, como entrada para a compra de uma Ducati zero quilômetro.

11:44 · 01.09.2014 / atualizado às 11:45 · 01.09.2014 por

Jota Pompílio
Repórter

1199 Panigale, a nova “verde-amarela” do mercado
Montadora antecipa a produção do novo modelo em Manaus

Para quem gosta de motos incrementadas, de formatos rebuscados e de muita potência, aí vai a boa notícia: a Ducati tem mostrado tanto interesse no mercado brasileiro que nos últimos anos ela vem aumentando seu portfólio e nacionalizando a produção de alguns modelos. A 1199 Panigale, por exemplo, é o mais novo modelo a ser montado na fábrica em Manaus, antecipando o lançamento. Agora são quatro modelos “brasileiros”: Diavel, Monster 796, Multistrada 1200, além da 1199 Panigale.

DUCA

A fera
A 1199 Panigale tem motor superquadro de 195 cavalos refrigerado a água, controle de tração, freios Brembo ABS de última geração, painel digital colorido e diversos outros itens.
A Ducati vai produzir a moto em três versões: 1199 Panigale, 1199 Panigale S e a 1199 Panigale S Senna (edição limitada). E vai continuar importando a 1199 Panigale R.

DUCA2
Ducati no Ceará?

Há interesse da Ducati fazer o mesmo nos próximos anos? Sobre a pergunta, a companhia declarou que tem um plano de expansão para o Nordeste do Brasil, com a abertura de duas concessionárias, uma em Natal (RN) e a outra em Recife (PE) neste semestre. Por enquanto, Fortaleza terá que esperar um pouco. Talvez em 2015, diz a assessoria. “A expansão para o Nordeste é um dos pilares estratégicos para 2015”, ponderou Ricardo Susini, Diretor-Geral da Ducati no Brasil. Hoje a montadora conta com nove concessionárias: Campinas, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Florianópolis, Porto Alegre, Goiânia, Curitiba e Santos.
E quem é o público dos modelos da Ducati? Para a marca, o perfil do comprador é um cliente maduro e independente que reconhece os valores de marcas que focam em design, tecnologia e funcionalidade. Valorizam tanto história das marcas mas buscam produtos atualizados. “A autenticidade italiana e seu DNA esportivo são fatores de diferencial importantes”, ressalta o diretor.

Confira o preço de cada versão. Os valores estão sem frete:
1199 Panigale – R$ 72,9 mil
1199 Panigale S – R$ 87,9 mil
1199 Panigale S Senna – R$ 100 mil
1199 Panigale R – R$ 119,9 mil

11:12 · 20.04.2012 / atualizado às 11:12 · 20.04.2012 por

A AUDI AG está comprando a tradicional fabricante italiana de motos – Ducati Holding S.p.A, sediada em Bolonha, na Itália. A transação foi aprovada pelos conselhos de administração da AUDI AG e da Volkswagen AG, em reunião em Hamburgo, Alemanha.

Ducati e Audi: duas marcas premium agora andarão juntas

A Ducati é conhecida mundialmente como a marca líder na fabricação de motos do segmento premium, com vasto conhecimento no desenvolvimento de motores de alta performance e na construção leve.

Três pilares na Itália
Em adição às tradicionais marcas italianas Lamborghini e Italdesign, a Ducati agora é o terceiro pilar da Audi no norte da Itália. O presidente mundial da AUDI AG, Rupert Stadler, declarou: “A Ducati é conhecida mundialmente como uma marca premium entre os fabricantes de motocicletas e tem uma longa tradição na fabricação de motos esportivas. A empresa se destaca pela vasta experiência no desenvolvimento de motores de alta performance, assim como na construção leve, e está entre as mais rentáveis fabricantes mundiais de motocicletas. Ela combina perfeitamente com a marca Audi”.
A Ducati é uma empresa com atuação global, com centros de produção em sua sede localizada em Bolonha e em fábrica própria na Tailândia. Adicionalmente, a companhia mantém uma série de empresas importadoras instaladas em mercados estratégicos. Especialistas prevêem que o mercado de motocicletas deverá crescer significativamente nos próximos anos, principalmente na Ásia. Em 2011, a Ducati vendeu aproximadamente 42.000 motos, gerando uma receita de cerca de € 480 milhões. A empresa emprega atualmente aproximadamente 1.100 pessoas.
A companhia foi fundada por Adriano e Marcello Ducati em 1962, na Itália. Registrada originalmente como Società Scientifica Radiobrevetti Ducati, a empresa construía inicialmente peças para rádios. Em 1949, a Ducati iniciou a fabricação de motos.

Competição
Há décadas, a Ducati participa ativamente de corridas de moto por meio da “Ducati Corse”, divisão de competição da marca. Atualmente, a empresa tem uma equipe oficial na classe MotoGP do Campeonato Mundial de Motociclismo. Ela atua ainda no Campeonato Mundial de Superbike, suportando equipes privadas bem-sucedidas. Nesse último, dos 21 campeonatos já realizados, a Ducati venceu como fabricante 17 vezes. Já no campeonato de pilotos, a empresa conquistou 14 vezes o título.

Pesquisar

Blog do Automóvel

Blog da editoria Auto, do Diário do Nordeste, para coberturas em test drive, lançamentos de automóveis e salões e notícias sobre carros, motos e outros veículos.
Posts Recentes

12h10mNovo Camaro vai ser destaque no Salão do Automóvel de São Paulo 2018

11h10mAudi mostra sua linha de SUVs na Chapada dos Veadeiros, em Goiás

02h10mConfira detalhes do primeiro carro elétrico feito no Brasil

10h10mSalão do Automóvel de São Paulo com novo lote de ingressos disponível

10h10mSetor de locação foi responsável por 1 em cada 4 veículos emplacados no primeiro semestre de 2018

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs