Blog do Automóvel

Categoria: Esportivos


12:13 · 17.07.2017 / atualizado às 12:13 · 17.07.2017 por

Ainda mais diferenciados, esportivos e rápidos: os novos componentes da Audi Sport levam controle dinâmico a um nível totalmente novo para o Audi R8 e o Audi TT. A linha modernizada estará disponível nas concessionárias européias neste último trimestre e inclui diversas peças


“Com o Audi Sport Performance Parts estamos explorando um novo segmento de negócios”, disse Stephan Winkelmann, diretor Administrativo da Audi Sport GmbH. “Nossa experiência, acumulada durante anos de fabricação de carros esportivos, é incorporada a cada componente que oferecemos, além da expertise obtida em competições automobilísticas, que ainda é a melhor forma de teste para produção em larga escala”, completa.
A linha de produtos estará disponível inicialmente na Alemanha e em outros mercados apenas para os atuais modelos R8 e TT (TT, TTS). As séries de modelos adicionais serão lançadas gradualmente.


O Audi Sport Performance Parts cobre quatro partes dos automóveis atualmente: suspensão, sistema de escapamento, exterior e interior. Para suspensão, a linha inclui pastilhas de freio esportivas, que são mais potentes e menos suscetíveis a desgaste do que as pastilhas de freio padrão. Elas estão disponíveis para discos de aço e para os freios cerâmicos opcionais. Suas placas de suporte são pintadas de vermelho fluorescente e são feitas de titânio ultraleve no R8, tornando esse modelo em geral 1 Kg mais leve.
Discos de freio frontais de aço com vários parafusos de montagem estão disponíveis para o Audi TT RS. Vários kits para refrigeração dos freios podem ser obtidos para os modelos Audi TT, TTS e TT RS. Eles ajudam o modelo compacto a alcançar um desempenho de frenagem ainda melhor.


Uma suspensão com molas helicoidais de duas ou três vias está disponível para os modelos Audi TT e para ambas as versões do Audi R8. As rodas negras, totalmente polidas e de 20 polegadas, disponíveis para todos os modelos R8 e TT, também vêm das competições automobilísticas. Elas reduzem o peso em até 7,2 Kg no Audi TT e em até 8 Kg no R8. Os pneus vêm nos tamanhos 245/30 R20 (R8, frontais) e 305/30 R20 (R8, traseiros); os pneus 255/30 R20 são instalados em todas as quatro rodas no TT. Para os cupês com tração quattro, a linha modernizada inclui uma barra de reforço com travessas no eixo traseiro. Isso melhora a rigidez e torna a condução ainda mais precisa. Os proprietários do TT RS também poderão aumentar a velocidade máxima dos carros para 280 km/h.

Silêncio a bordo
A Akrapovic d.d., fornecedora especializada do sistema de escapamentos, projetou um silenciador sonoro e ultraleve feito de titânio, incluindo guarnições especificamente para o TTS e o TT RS.
As ofertas mais significativas do Audi Sport Performance Parts são os Aero kits, que foram desenvolvidos no túnel de vento da Audi. Para o R8 e TT eles acrescentam realces evidentes nas entradas de ar frontais, nas soleiras laterais e no difusor. Também melhoram substancialmente o downforce: no R8, a força descendente é de 250 kg a 330 km/h, um aumento de mais de 100 kg. O efeito a 150 km/h é ainda mais pronunciado – a força descendente é dobrada a essa velocidade para 52 kg graças ao Aero kit. Também há um separador e defletores de ar na parte frontal, assim como uma ampla asa traseira fixa. Um capô do motor com uma larga saída de ar também está disponível para o Audi TT. Todos os componentes são feitos de polímero reforçado com fibras de carbono (CFRP) para o R8; já para o TT eles são feitos de CFRP e plástico. Todos eles trazem o logo da Audi Sport.
Os componentes para o interior dão o toque final à linha. Um volante de contornos esportivos com controles multifuncionais está disponível para o R8 e para o TT; revestido em Alcântara e incluindo um relógio vermelho. Alavancas de mudança de marcha feitas de CFRP estão disponíveis para os modelos equipados com o sistema S tronic de sete velocidades. A Audi Sport desenvolveu uma barra de suporte transversal especificamente para o TT – também feita de CFRP. Ela substitui os assentos traseiros, reduz o peso em cerca de 20 kg e incrementa a rigidez de torsão. A barra de suporte melhora a condução particularmente ao fazer curvas em altas velocidades.

12:06 · 01.06.2017 / atualizado às 12:06 · 01.06.2017 por

Junho de 2017 representa dois grandes momentos para os clientes e fãs da Mercedes-Benz no Brasil. A partir desta data, a marca expande seu portfólio de superesportivos por meio das vendas do Mercedes-AMG GT C Roadster e do recém-lançado Mercedes-AMG GT R Coupé


Unindo características puras de veículos de competição à sensação de liberdade dos “dream cars”, o AMG GT é o segundo veículo da história 100% desenvolvido em casa pela Mercedes-AMG. Ambas as versões desse automóvel icônico chegam ao mercado brasileiro na data que representa um grande marco na história da empresa comemorado no mundo todo: o aniversário de 50 anos da AMG, divisão criada em 1967 e que, desde então, se especializou em desenvolver projetos que aplicam tecnologias de automóveis de corrida nos modelos de rua.


Cinco décadas de alta performance
A história da AMG começa com dois engenheiros da Daimler-Benz. Hans Werner Aufrecht e Erhard Melcher trabalhavam na companhia nos anos 60 e foram responsáveis por preparar o motor de competição para o emblemático 300 SE – até a companhia suspender as atividades de automobilismo. Com isso, os jovens decidiram tornar-se independentes, fundando seu próprio Centro de Engenharia. Enquanto Aufrecht era um apaixonado por automobilismo, Melcher era conhecido pela sua genialidade na área do desenvolvimento de motores.
No dia 1 de junho de 1967 a AMG iniciou suas atividades em uma garagem em Burgstall, permanecendo até 1976, quando se mudou para Affalterbach. A sigla que dá nome à marca é composta pelas iniciais dos fundadores, sendo o “G” para Großaspach – local de nascimento de Aufrecht.


Durante seus 50 anos de atuação, a AMG foi responsável por uma série de momentos marcantes na história da indústria automotiva mundial. Entre eles está o desenvolvimento do Mercedes 300 SEL 6.8, veículo mais potente dos anos 70, com motor V8 de 428 cv, algo incomparável para a época.
Na década seguinte, o AMG 450 SLC Racing Coupé venceu Grande Prêmio de Nürburgring. Essa vitória impulsionou os negócios da AMG, uma vez que diversos proprietários de coupés de rua passaram a buscar mais potência por meio dos projetos oferecidos pela preparadora alemã.
Desde então, a AMG cresceu de forma impressionante, equipando cada vez mais modelos Mercedes-Benz, tornando a personalização um novo campo de negócios. Assim, em 1990, a Mercedes-Benz AG se interessou pela preparadora, assinando um contrato de cooperação nos projetos superesportivos. Mais tarde, em 1999, a Daimler Chrysler AG se tornou a proprietária majoritária e, em 2005, a acionista única da AMG.


Nos anos seguintes, a fusão da Mercedes-Benz e da AMG proporcionou conquistas ainda maiores. O AMG C 36, por exemplo, foi o primeiro best-seller da marca, com 5 mil unidades vendidas. Entre vários outros veículos produzidos em larga escala, destacou-se também o Mercedes-Benz SLS AMG, primeiro automóvel inteiramente fabricado pela Mercedes-AMG. Sua performance, aliada ao design inovador, que inclui as portas “asas de gaivota”, são lembrados pelos fãs da marca até os dias atuais.
Em 2016, já com o nome Mercedes-AMG, a divisão de superesportivos celebrou a marca de 100 mil automóveis vendidos no mundo desde sua criação. Esse resultado deve-se ao amplo portfólio oferecido atualmente, incluindo hatchbacks, sedãs, coupés, SUVs e conversíveis. Certamente a fórmula para mais 50 anos de sucesso.


A família mais potente do portfólio
O AMG GT foi lançado em 2014 segundo o princípio ‘Handcrafted By Racers’ (feito à mão por corredores), reforçando o compromisso da companhia em investir em tecnologia e inovação. O modelo é o segundo inteiramente desenvolvido pelos engenheiros da AMG e entre suas principais características estão comportamento dinâmico aliado a desempenho de primeira classe nas pistas de corrida com praticidade para o uso diário.
Dois anos mais tarde, a família GT ganhou novos integrantes, com variações no visual e ainda mais potência em seu V8 biturbo de 4,0 litros. Assim, o topo da linha que contava com o GT S e seus 510 cv, agora oferece o Mercedes-AMG GT R de 585 cv e 700 Nm de torque.
Desenvolvido a partir de testes realizados no autódromo de Nürburgring, o modelo apresenta uma série de melhorias para um superesportivo que desde sua criação é reconhecido por excelente desempenho e design. Considerado um dos circuitos mais desafiadores do mundo, o traçado alemão também serviu como referência para a exclusiva cor “AMG green hell magno”.
Novos desenhos de asas dianteiras e traseiras permitem maior aderência e a realização de curvas em velocidades ainda mais elevadas. Para-choques dianteiro e traseiro renovados, assim como novo aerofólio melhoram a eficiência aerodinâmica e ajudam a garantir uma excelente estabilidade. A grade frontal Panamericana com aletas verticais remete ao modelo utilizado na categoria GT3 e enfatiza ainda mais o DNA de competição. Pela primeira vez, características puras de um automóvel de corrida passam a fazer parte da produção de um AMG de rua.
Seu conjunto mecânico conta ainda com transmissão AMG SPEEDSHIFT DCT de sete velocidades, proporcionando respostas rápidas e precisas, e controle de tração com 9 estágios, tecnologia cuja origem também provém da GT3.
Além da versão mais potente da família AMG GT, os consumidores brasileiros terão à disposição também o Mercedes-AMG GT C Roadster. Com o objetivo de ampliar o público da família de superesportivos, a proposta do roadster consiste em oferecer o desempenho de um veículo de competição em uma carroceria que preza também pela liberdade e pela diversão de um cliente que possui estilo de vida arrojado e aposta em exclusividade e propostas inovadoras.
Equipado com o motor V8 de 4.0 litros e transmissão AMG SPEEDSHIFT DCT de sete velocidades, tradicional na família mais potente de todo o portfólio, o Mercedes-AMG GT C Roadster oferece 557 cv e 680 Nm de torque.
Tanto o Mercedes-AMG GT C Roadster quanto o Mercedes-AMG GT R Coupé já podem ser encomendados em toda a rede de concessionários Mercedes-Benz, com preço público sugerido de R$ 1.064.900 e R$ 1.199.900, respectivamente.

11:03 · 01.06.2017 / atualizado às 11:03 · 01.06.2017 por

A equipe Ford Chip Ganassi Racing ganhou mais um piloto brasileiro para disputar as 24 Horas de Le Mans com o Ford GT no próximo dia 17 de junho: Tony Kanaan

Campeão da Indy e das 24 Horas de Daytona, Kanaan substitui Sébastien Bourdais, que se feriu num acidente na qualificação das 500 Milhas de Indianápolis, e vai dividir o volante do Ford GT 68 com os pilotos Joey Hand e Dirk Müller. O outro brasileiro do time é Pipo Derani, que vai correr no Ford GT 67.


No ano passado, a Ford venceu em Le Mans na categoria LM GTE Pro com o GT 68 pilotado por Bourdais, Hand e Müller, conquistando também o terceiro e quarto lugares com os carros 69 e 66.
“É uma honra fazer parte do time de pilotos da Ford Chip Ganassi Racing e correr as 24 Horas de Le Mans com o Ford GT”, diz Kanaan. “Obviamente, foram circunstâncias infelizes que nos trouxeram aqui com o acidente de Sébastien, mas vou fazer o melhor para substituí-lo e tentar vencer esta corrida incrível para a equipe novamente este ano. Há muito tempo desejo correr em Le Mans e sou grato ao Chip e nossos parceiros da Ford por me darem essa oportunidade.”
Esta será a primeira corrida de Kanaan no circuito de La Sarthe, em Le Mans. Ele venceu as 500 Milhas de Indianápolis de 2013, foi campeão da Fórmula Indy em 2004 e soma 17 vitórias em corridas. Também é o piloto com mais largadas consecutivas da história da Fórmula Indy, com 265 corridas desde 2001.
Kanaan, de 42 anos, assinou com a Chip Ganassi Racing em 2014 e passou bastante tempo no Ford GT este ano. Nas 24 Horas de Daytona, liderou várias voltas com o Ford GT 69, junto com os pilotos Andy Priaulx e Harry Tincknell, e terminou em quinto lugar na categoria GTLM. Só nessa corrida, ele passou mais de sete horas e meia no volante e foi o terceiro piloto mais rápido da categoria, atrás dos companheiros de equipe Ryan Briscoe e Richard Westbrook.
“Estamos muito satisfeitos de poder contar com um piloto com a experiência e o talento de Tony nas 24 Horas de Le Mans”, diz Dave Pericak, diretor global da Ford Performance. “Certamente não é a situação ideal e estamos sentidos por Sébastien não poder defender sua vitória. Ele é parte importante da nossa família e esperamos sua completa recuperação.”

12:07 · 29.05.2017 / atualizado às 12:27 · 29.05.2017 por

O BMW Série 8 ainda está sendo desenvolvido, mas já tem companhia: a versão apimentada M8, cujo protótipo camuflado foi mostrado junto à corrida 24 horas de Nürburgring

 

“A concepção e o desenvolvimento do BMW Série 8 e do BMW M8 caminham juntos”, explica o presidente BMW M, Frank van Meel. “O futuro M8 herdará os genes do Série 8, mas seu DNA será potencializado com porções extras de apuro dinâmico, precisão e agilidade, o que resultará em uma experiência de condução alinhada aos reconhecidos padrões de qualidade M e satisfará os mais exigentes clientes”, conclui. Além do M8, está sendo desenvolvido também o M8 GTE, um carro de competição que será responsável pelo retorno da BMW Motorsport à corrida de Le Mans. “Desenvolver um novo carro de corrida é sempre emocionante, e no caso do BMW M8 GTE estamos ainda mais empolgados”, afirmou o diretor da BMW Motorsport, Jens Marquardt. “Não podemos revelar imagens, mas adianto que o BMW M8 GTE será espetacular. Estamos planejando uma apresentação inicial no primeiro semestre deste ano e a estreia oficial do modelo na corrida 24 horas de Daytona, em janeiro de 2018”.

20:12 · 14.05.2017 / atualizado às 20:12 · 14.05.2017 por

Mais de 50 carros espetaculares percorreram em comboio as estradas de Santa Catarina, entre Florianópolis e a Serra do Rio do Rastro, atraindo a atenção de milhares de pessoas

Simplesmente espetacular. Nada define melhor a Dream Route PZero Edition. Mais de 50 super carros se reuniram no dia 04/05 em Florianópolis para dar início ao primeiro rally de luxo do Brasil e o maior evento do gênero na América Latina. Antes mesmo da largada, milhares de pessoas se aglomeraram em frente ao Hotel Majestic Palace para ver de perto e fotografar os superesportivos.


No dia seguinte novamente uma multidão se formou para ver a largada, um verdadeiro desfile de Ferraris, Porsches, Mercedes. Audis e muitas outras máquinas de encher os olhos. Um passeio que coloriu e alegrou ainda mais a belíssima capital catarinense. A estrela da festa foi o Lamborghini Aventador SV, único no Brasil. O Aventador SuperVeloce é mais leve e mais veloz que a versão tradicional, com mais fibra de carbono e motor 6.5 V12 de 760 cavalos, capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 2,8 segundos e atingir velocidade máxima de 350 km/h. “O carro chegou recentemente e eu estava louco para curtir. Gosto de máquinas exclusivas e a Dream Route sempre me dá a oportuniade de aproveitar ao máximo. Esse carro é um foguete, uma espaçonave, e rodar com ele junto com meus amigos foi espetacular”, diz o empresário Goiano Marcelo Toquarto.


No sábado as máquinas foram para um ensaio fotográfico no Aeroporto Internacional de Florianópolis Hercílio Luz, onde um hangar foi fechado para clicar as máquinas em meio aos aviões e helicópteros. Depois o comboio seguiu para o Il Campanário Villagio Resort, novamente encantando os visitantes e moradores de Jurerê Internacional, uma das mais belas praias do Brasil.
A grande aventura aconteceu no domingo, quando as máquinas cruzaram o estado de Santa Catarina rumo à Serra do Rio do Rastro, a 370 km de Florianópolis. Foi um grande alvoroço. De tanta gente, parecia até um Salão do Automóvel. Não foi pra menos, afinal a Serra do Rio Rastro, de beleza única, cercada de montanhas com mata nativa e cachoeiras belíssimas, é a mais sinuosa e desafiadora do Brasil. São 8 quilômetros com mais de 250 curvas e muitas delas bastante fechadas. Todos queriam ver esse visual preenchido pelo colorido e o ronco das supermáquinas. E de lá de cima, a 1400 metros de altitude, deu pra ver o comboio num passeio fantástico. Cena de filme.


“Foi maravilhoso, participantes de todo o Brasil e também do exterior, lugares encantadores e uma grande presença do público, que pôde curtir junto conosco estas máquinas incríveis. Essa nossa quarta edição consolida a Dream Route como o maior evento de superesportivos do Brasil˜, afirma Vinícius Trapani, organizador do evento.
Entre os participantes desta edição chamou a atenção a galera de Cuiabá. O empresário Tairone Conde veio com mais oito amigos para participar do evento. Foi o maior grupo do evento. Nove super máquinas do Mato Grosso na Dream Route. Tairone tocou o seu Dodge Challenger e os amigos vieram de Lamborghini Gallardo, Merdedes S63 e outras máquinas. “Foi muita bacana participar com um grupo de amigos e ainda poder fazer mais amigos. Curtimos de tudo um pouco, as festas, os hotéis, as paisagens e principalmente os nossos carros”, diz.


A bordo de uma Ferrari Califórnia, com motor 4.2 V8 de 460 cv, a empresária paulistana Gisele Genaro foi a primeira mulher a participar como piloto de uma edição do evento. “A Dream Route surgiu pra mim como uma oportunidade de compartilhar experiências com pessoas que curtem motor e velocidade. Esse é um assunto difícil de compartilhar com as mulheres, mas espero que isto comece a mudar”, diz. “ E curtir a paisagem de Florianópolis e da Serra do Rio do Rastro ouvindo o ronco do meu V8 foi maravilhoso, melhor ainda foram as amizades que fiz”, completa.

Paraguaio e seu Audi
Outra história bacana desta quarta edição foi a participação do Dr. Wil Sam, o médico paraguaio Wilfrido Samudio, que veio rodando de Assunção para participar do evento. Foram 3 mil quilômetros a bordo de um Audi RS5 4.2 V8 de 500 cv. “Foi um investimento que reconfortou minha vida e minha alma, valeu cada centavo”, diz. “Você pode ir quando quiser a Paris, Las Vegas, Miami, Cancum, Bahamas, mas é apenas mais um na multidão. Na Dream Route você é exclusivo, você faz parte de uma família de amantes de superesportivos e isso faz toda a diferença”, completa.
Agora se tem alguém que é apaixonado pela Dream Route e não perde uma edição é o empresário mineiro Afonso Leonel. É o participante número 1 do evento e sempre o primeiro a se inscrever a cada edição. É dele também a função de puxar o comboio, a bordo de um Audi R8 Plus plotado de polícia americana. “Essa foi a melhor de todas as edições, organização impecável’, diz. “E andar na Serra do Rio do Rastro fechada, eleita uma das estradas mais lindas do mundo, com batedores da polícia e todos os meus amigos não tem preço”, completa.
Segundo Alessandro Magno, diretor de negócios da Dream Route, o evento, que começou em 2015 e chega agora a sua quarta edição, segue crescendo a cada ano, mas nesta edição ganhou novas proporções. “A Dream Route virou referência no universo dos superesportivos, uma ponte perfeita para as empresas que querem falar com esse público”, diz. “A entrada de grandes patrocinadores mostra que estamos no caminho certo”, conclui.
A Dream Route Pzero Edition contou com o patrocínio Master da Pirelli e de empresas referência nos seus segmentos como a Eurofix, oficina especializada em carros de luxo no país; Eurobike, primeira rede de concessionárias especializada em veículos premium do Brasil; e Move Your Life, empresa italiana de bikes especiais que busca revolucionar o conceito de mobilidade.

12:45 · 04.05.2017 / atualizado às 12:45 · 04.05.2017 por

O novo Porsche 911 GT3 comemorou seu primeiro dia na pista de Nürburgring com uma volta em 7 minutos, 12,7 segundos no legendário Nordschleife

 

O 911 liberado para circular em ruas e estradas, com especificações semelhantes às de sua versão de corrida, superou o tempo estabelecido pelo modelo anterior em 12,3 segundos.
“Com esse tempo que alcançamos, provamos de forma dramática que o novo 911 GT3 não apenas proporciona a melhor experiência de condução, mas também pode obter um desempenho impressionante no Nordschleife. O foco foi otimizar a qualidade de condução e na adaptação ao ligeiro aumento de potência do motor”, afirmou, extremamente satisfeito, Frank Steffen Walliser, vice-presidente de carros Motorsport e GT da Porsche. “Há poucos anos, tempos de volta como este só podiam ser alcançados por carros de corrida puro-sangue com pneus slick”, acrescentou Andreas Preuninger, diretor da Linha de Produtos GT. “O novo GT3 agora consegue obter essa marca com sua potência comparativamente mais modesta, mas ainda assim é completamente adequado ao uso diário.”


O 911 GT3 também conta com mais tecnologia de corridas que o modelo anterior. Seu motor de 500 cv (368-kW) de alta rotação, naturalmente aspirado, pode ser encontrado também no modelo de corridas 911 GT3 Cup. Equipado com eixo traseiro direcional, caixa de câmbio Porsche Doppelkupplung (PDK) com dupla embreagem e sete velocidades e pneus Michelin Sport Cup2 N1, o veículo esportivo chegou a linha de partida em Eifel com seu equipamento original. Sob uma temperatura atmosférica de 8 graus e 14 graus de temperatura no asfalto, as condições para o pilo-to de testes da Porsche, Lars Kern, eram ideais para correr. O cupê aprovado para andar na estrada registrou seu melhor tempo sob supervisão legal. “Se você consegue andar rápido no Nordschleife, pode andar rápido em qualquer lugar no mundo”, comentou Frank-Steffen Walliser.

Sobre a Porsche
A Porsche Brasil tem sede em São Paulo e é a primeira subsidiária da Porsche na América Latina, tendo a sua operação iniciada em julho de 2015 no país. A rede de concessionárias da Porsche no Brasil possui, atualmente, nove pontos de vendas. A Stuttgart Veículos possui e administra as concessionárias Porsche em São Paulo, Rio de Janeiro (showroom), Porto Alegre, Curitiba, Recife, Campinas e Florianópolis. Em Brasília e Ribeirão Preto, a marca é representada pela Eurobike. No Rio de Janeiro, o serviço de pós-vendas é fornecido pelo Centro Técnico Porsche RJ.

11:58 · 17.04.2017 / atualizado às 11:58 · 17.04.2017 por

O mais esportivo veículo da Jaguar, passa a contar com o novíssimo motor Ingenium Turbo de 4 cilindros, 2.0 litros e 300 cv de potência. O propulsor é mais uma opção para a linha de veículos F-TYPE, que já conta com duas opções de motores 3.0 V6 Supercharged – uma com 340 e outra com 380 cv, além da versão 5.0 V8 Supercharged com 550 e 575 cv, esta última na versão SVR


O novo motor Ingenium desenvolve 400Nm de torque e leva o modelo da imobilidade aos 100 km/h em apenas 5,6 segundos e à velocidade máxima de 250 km/h. Mais leve, o propulsor permite uma economia de 52 kg no peso total do modelo, em comparação com a versão equipada com motor 3.0 V6 de 340 cv.
Com uma proposta totalmente focada na esportividade e agilidade, o F-TYPE 2.0 de quatro cilindros conta com sistema de transmissão automática de oito velocidades Quickshift fabricado pela ZF com opção de trocas sequenciais por meio de aletas atrás do volante. O câmbio oferece respostas extremamente rápidas aos comandos do motorista e reforça o aspecto esportivo do modelo.


O novo motor Ingenium também é mais econômico em relação aos demais da linha F-TYPE. Se comparado à versão com propulsor 3.0 V6 de 340 cv, a economia de combustível é de cerca de 16%.
Para Ian Hoban, diretor do Jaguar F-TYPE, “a chegada do nosso avançado motor de quatro cilindros para o F-TYPE criou um modelo com suas próprias características. O desempenho proveniente de um motor com essas dimensões é notável, ao mesmo tempo em que conseguimos melhoras os níveis de consumo de combustível, que tornam a experiência do F-TYPE mais acessível do que nunca”.


O novo motor Ingenium é o mais potente quatro cilindros já produzido na história da Jaguar para um veículo de produção e ainda oferece a mais alta potência por litro entre todos os motores que equipam os modelos da marca: 150 cv por litro.
Para manter o total apelo esportivo do F-TYPE, o sistema de exaustão foi completamente revisto de forma a garantir que o som do motor seja digno de um legítimo Jaguar.
O F-TYPE com motor Ingenium de 2.0 litros e 4 cilindros deverá chegar ainda este ano no mercado europeu. Ainda não há previsão para a venda desta versão no mercado brasileiro.

16:01 · 27.03.2017 / atualizado às 16:01 · 27.03.2017 por

Apaixonados por Fórmula 1 podem começar a planejar as viagens de 2017 para acompanhar de perto os Grandes Prêmios ao redor do mundo. O AlugueTemporada – marca da HomeAway no Brasil – selecionou imóveis nas paradas do calendário de corridas, para os fãs da alta velocidade conferirem de perto a adrenalina do esporte

O site traz opções com os pit-stops ideais para curtir uma viagem inesquecível, com o conforto de casa, pertinho das melhores competições.
Austrália (26 de março)
https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/p9182908
https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/p6811346

China (9 de abril)
https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/p6033315
https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/p904588vb

Bahrein (16 de abril) (casa em Abu Dhabi)
https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/p6820174

Rússia (30 de abril)
https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/p6039814
https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/p4270706

Espanha (14 de maio)
https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/p1703896
https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/p6890498

 

Mônaco (28 de maio)
https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/p6705355
https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/p6736426

Canadá (11 de junho)
https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/p3987144
https://www.aluguetemporada.com.br/ferias/ontario/lake-muskoka/r67308

Europa – Baku (25 de junho)
https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/p1657189
https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/p4301456

Áustria (9 de julho)
https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/p2576448

Grã-Bretanha (16 de julho)
https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/p6504306
https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/p6506604

Hungria (30 de julho)
https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/p6059005
https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/p4254208

Bélgica (27 de agosto)
https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/p6716940
https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/p1588502

Itália (3 de setembro)
https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/p1748359
https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/p6873572

Malásia (17 de setembro)
https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/p6038976
https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/p4246001

Singapura (1 de outubro)
https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/p4273471
https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/p3860846

Japão (8 de outubro)
https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/p4275063
(kyoto)
https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/p4332741
https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/p4108994

Estados Unidos (22 de outubro)
https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/p3685676
https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/p808786vb

México (29 de outubro)
https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/p356366
https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/p126586

Brasil (12 novembro)
https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/p4198215
https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/p3997850

Abu Dhabi (26 de novembro)
https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/p1879106
https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/p1879105

12:10 · 22.02.2017 / atualizado às 12:10 · 22.02.2017 por

O Gran Turismo de quatro lugares chega ao Brasil com novos motores V6 turbo e V8 biturbo, tração integral e câmbio de 8 velocidades


Apresentado pela primeira vez no Brasil durante o Salão Internacional do Automóvel de São Paulo, em novembro de 2016, a Porsche Brasil fez o lançamento oficial à imprensa do Novo Porsche Panamera  no Haras Tuiuti, em Tuiuti, interior do estado de São Paulo. O veículo concilia duas características contrastantes: o desempenho de um genuíno modelo esportivo e o conforto de um sedan de luxo.


Desde a primeira geração do Panamera, em 2009, mais de 150 mil unidades foram entregues aos clientes da marca. O novo modelo foi desenvolvido completamente do zero, com novos motores, novo design e novas tecnologias. Além disso, a fabricação do veículo será feita inteiramente nas instalações de produção em Leipzig. A marca investiu cerca de 500 milhões de euros, o que inclui uma área completamente nova de fabricação de carrocerias.


Para o presidente da Porsche Brasil, Matthias Brück, o aperfeiçoamento do carro foi visivelmente considerável comparados ao seu antecessor. “O novo Panamera tem uma sinergia com o design do icônico 911, a Porsche pode não ter inventado o sedã de luxo, mas fez dele um esportivo. Seus pontos fortes foram ressaltados, suas fraquezas removidas e, acima de tudo, sua personalidade preservada”, comenta. “Houve um grande foco no design e na dirigibilidade, com isso, mais uma vez atingimos um enorme nível de dinamismo. Estou muito confiante com as vendas do novo Panamera no Brasil”, concluiu.


O design externo do Panamera ganhou ainda mais elegância e esportividade em sua segunda geração. Sua forma foi redesenhada com linhas que se assemelham ao esportivo icônico da marca, o 911. A silhueta do teto é mais harmônica, os ombros estão robustos e as laterais mais atléticas, dando um aspecto de força e imponência ao carro.


O interior do Porsche Panamera está mais moderno e futurista do que nunca. Denominado de Porsche Advanced Cockpit, grande parte dos botões e comandos foram substituídos por painéis sensíveis ao toque, como em smartphones. Ao centro do conjunto de instrumentos, por exemplo, o único mostrador analógico é o do conta-giros, unindo os laços de tradição e uma homenagem ao Porsche 356 A de 1955 com a evolução do modelo.


O sistema integrado de Controle do Chassi 4D analisa e sincroniza todos os sistemas do chassi em tempo real e otimiza o desempenho do novo Panamera na estrada. A Porsche também está elevando a precisão da direção e dirigibilidade ao nível dos carros de Gran Turismo com as rodas traseiras direcionais (opcional para 4S e Turbo) um item que também é novidade e foi adaptado do 918 Spyder e 911 Turbo. O desempenho dos freios também foi melhorado.
As motorizações são a cereja do bolo. Potentes e, ainda assim, com uma boa eficiência energética, o Panamera conta com motores turbinados, sendo V6 nas versão Panamera 4S e um V8 na versão Panamera Turbo.
Com o aumento de 30 cavalos de potência em comparação ao modelo anterior, o novo Panamera Turbo acelera, com o pacote Sport Chrono, de 0 a 100 km/h em apenas 3,6 segundos – tudo isso graças à usina de força de 550 cv de potência a 5.750 rpm e 770Nm de torque entre 1.960 e 4.500 rpm. Para transferir toda esta performance no solo, o modelo recebeu o novo câmbio PDK de dupla embreagem e oito velocidades e tração nas quatro rodas. A velocidade máxima do Panamera Turbo é de 306 km/h.


Já o Panamera 4S tem um motor V6 2.9 também turbinado e que entrega uma potência de 440 cv a 5.650 rpm. Entre 1.750 e 5.500 rpm, despeja um torque de 550 Nm ao Gran Turismo. Com esses números, o veículo pode alcançar 100 km/h em apenas 4,2 segundos com o pacote Sport Chrono e atingir a máxima de 289 km/h. Assim, como em seu irmão mais forte, o câmbio também é o PDK de 8 marchas e a tração é integral.


Para quem quiser ainda mais espaço, a Porsche oferece para as versões 4S e Turbo uma opção alongada denominada Executive. Com a versão estendida, a marca atrai clientes com exigências mais altas de conforto e espaço. Uma característica comum a todos esses modelos é a distância entre eixos alongada em 150 milímetros, que beneficia sobretudo os passageiros do banco traseiro.
Neste momento, os modelos do Panamera comercializados no Brasil serão somente nas versões 4S e Turbo.


Preços:
Panamera 4S R$ 758.000,00
Panamera 4S Executive R$ 807.000,00
Panamera Turbo R$ 981.000,00

 

 

 

20:52 · 05.02.2017 / atualizado às 20:52 · 05.02.2017 por

Para comunicar a chegada do R8 Coupé V10 Plus ao mercado brasileiro, lançado pela Audi no último Salão do Automóvel, a marca veicula a partir deste domingo (5/2) o Filme ‘Commander’. Com trilha de “Starman”, de David Bowie, o comercial conta a história de um astronauta aposentado que redescobre a emoção da vida quando pilota o supercarro


O filme da Audi é um sucesso mundial, que impactou o mercado publicitário quando foi exibido pela primeira vez no ano passado, no Super Bowl. Ele chega agora ao Brasil, como parte das ações de lançamento do R8. Com duração de um minuto, vai ao ar no dia 05 de fevereiro, durante a transmissão do Super Bowl 2017 pelo canal ESPN.


Adaptado no Brasil pela Almap BBDO, o comercial mostra um velho astronauta deprimido em meio às suas memórias e conquistas. Seu filho, então, faz um convite que o faz redescobrir a vida e as emoções: dirigir o R8. No caminho até o carro, o comandante tem flashes de memória, e imagens de um foguete se misturam às do veículo. O painel super tecnológico, o mesmo impacto de uma arrancada e a potência do motor transmitem ao astronauta a sensação de estar partindo para o espaço.
“O comercial é parte da estratégia de lançamento do carro, que teve início no Salão do Automóvel 2016. Teremos ainda uma série de ações para comunicar o modelo no país. O filme Commander mostra a emoção de se dirigir um carro de alta performance, que acelera de 0 a 100 km/h em 3,2 segundos e chega à velocidade de 330 km/h, um verdadeiro foguete. O comercial faz alusão a toda esta potência do R8”, destaca Herlander Zola, diretor de Marketing da Audi do Brasil.

No Ceará, o carro será vendido pela Audi Center Fortaleza, que é recordista de vendas de R8 no Brasil.

Pesquisar

Blog do Automóvel

Blog da editoria Auto, do Diário do Nordeste, para coberturas em test drive, lançamentos de automóveis e salões e notícias sobre carros, motos e outros veículos.
Posts Recentes

12h10mNovo Camaro vai ser destaque no Salão do Automóvel de São Paulo 2018

11h10mAudi mostra sua linha de SUVs na Chapada dos Veadeiros, em Goiás

02h10mConfira detalhes do primeiro carro elétrico feito no Brasil

10h10mSalão do Automóvel de São Paulo com novo lote de ingressos disponível

10h10mSetor de locação foi responsável por 1 em cada 4 veículos emplacados no primeiro semestre de 2018

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs