Blog do Automóvel

Categoria: Férias


15:09 · 04.01.2018 / atualizado às 15:09 · 04.01.2018 por

Cuidar da pintura e do estofado do carro é a melhor forma de prevenir danos causados pela exposição solar. O especialista Eduardo Sampel de empresa especializada em estética automotiva, recomenda fazer uma boa limpeza e a prevenção, aplicando alguma proteção na pintura que pode ser cera ou outros produtos com ação mais duradoura contra ação das condições climáticas, como selante, revestimento cerâmico e revestimento cerâmico autorregenerativo. Ele explica que a cera protege por 1 mês, a ação do selante é de seis meses, o revestimento cerâmico dura 1 ano e o autorregenerativo conserva por cinco anos a pintura e tem como diferencial a capacidade de eliminar microrriscos com ação do calor, temperatura acima de 60 Cº, o mais novo tratamento que chega ao mercado brasileiro que usa nanotecnologia.


Outro detalhe importante é não usar água de reuso para lavar o carro, pois possui várias substâncias que mancham a pintura e depois só saem com polimento.
Nos estofados do carro que podem sofrer com a ação do sol, areia e roupa molhada, Sampel revela que é importante aplicar uma proteção que impermeabiliza com duração de 1 ano. Nas partes de plástico, como painel e laterais das portas e para-choque, o ideal é passar um revitalizador que previne o ressecamento causado pelo sol. No caso do vidro do para-brisa, é recomendado fazer cristalização para ajudar a repelir a água com mais facilidade.

12:34 · 28.12.2017 / atualizado às 12:34 · 28.12.2017 por

Para que sua viagem seja mais tranquila e você possa estar bem preparado para eventualidades no meio de seu trajeto, seguem algumas dicas do especialista em segurança Wellington S. Santos, da LAQUILA, uma das maiores importadoras e distribuidoras de peças e acessórios para motos e motociclistas da América Latina

Moto para quem gosta de pegar a estrada

Jaqueta com proteções – Em uma eventual queda, este acessório amenizará seus ferimentos, escoriações serão reduzidas ou até mesmo deixará você sair ileso de um acidente
Luvas – Na queda, o seu reflexo é utilizar as mãos para se proteger e com este equipamento você evitará queimaduras graves ocasionadas pela abrasão ao solo
Bota com proteções – As proteções nas áreas de maior impacto serão de suma importância para manter a integridade dos seus pés

Liberdade, aventura e estrada: mas todo cuidado com segurança é pouco

Capacete – Este equipamento, além de ser obrigatório por lei, é o que protege uma das partes mais importantes do seu corpo, a cabeça! 80% da causa de mortes em acidentes com motocicletas são por lesões nessa região
No geral, escolha seu equipamento com muita atenção. Qualidade é essencial para que ele cumpra a função: te proteger. Outros equipamentos que também são importantes e podemos incluir nesta lista são protetores de coluna, cotoveleira, protetor cervical, entre outros. Todos que ajudem você a estar protegido em um eventual acidente são recomendados.
E não esqueça, obedeça as sinalizações e os limites de velocidade na estrada e tenha uma boa viagem!

14:41 · 27.12.2017 / atualizado às 15:43 · 27.12.2017 por

As férias estão aí e dar uma última olhada no nível de óleo, pressão dos pneus e na altura do facho do farol são apenas alguns dos cuidados para se evitar problemas na estrada. Por isso, o CESVI BRASIL/MAPFRE (Centro de Experimentação e Segurança Viária) elaborou algumas dicas de manutenção e preparação que todo motorista pode fazer para ter uma viagem tranquila.

 

Antes de pegar a rodovia é necessário avaliar e revisar itens básicos relacionados à mecânica e a parte elétrica do veículo. “Toda verificação preventiva deve analisar a situação dos pneus, sistemas de suspensão e de freio, se estendendo para itens ligados ao funcionamento do motor, como óleo lubrificante, sistema de arrefecimento, correias e tensionadores”, comenta Gerson Burin, coordenador técnico do CESVI/MAPFRE.

Além de checar essas peças, o especialista elaborou um checklistde itens que podem ser examinados em casa: nível de óleo, água no reservatório do sistema de arrefecimento e correias, para identificar ressecamento. Além das palhetas limpadoras do para-brisa, que também podem ressecar, e, caso estejam quebradiças, devem ser substituídas.

 

Confira a lista de itens que devem ser verificados antes de pegar a estrada:

Pneus – É necessário verificar a pressão dos pneus e do estepe (sim, o estepe também precisa estar calibrado para a eventualidade de precisar usá-lo). Avalie se há desgaste ou danos. Com isso, será visível reconhecer se os pneus estão carecas – essa avaliação pode ser feita com o auxílio da referência chamada TWI (Tread Wear Indicator) presente em todo pneu, que aponta o limite de desgaste da banda de rodagem. Se necessário, faça a substituição dos pneus.

Cruz na beira da estrada de Igarape, Minas Gerais

Equipamentos de troca do pneu – Vale conferir se o triângulo, macaco, chave de roda e estepe estão localizados conforme descrito no manual do veículo. Além disso, certifique-se de que o macaco esteja em funcionamento. Inspecione o triângulo e observe se o seu sistema de pé está em boas condições. A chave de roda também é um item muito importante, que deve sempre estar presente no veículo.

Sistemas de iluminação – Cheque o funcionamento de todas as lâmpadas de lanterna, dianteira e traseira, os faróis, incluindo o alto, luzes de freio, de seta e pisca-alerta. Não se esqueça de verificar a luz da placa do veículo também.

Freio – Veja o nível de fluido de freio no reservatório. Caso esteja muito abaixo da marcação máxima, confira se não há vazamento no sistema. Aproveite para identificar se o veículo apresenta algum problema durante as frenagens, como trepidações, inoperância no freio ou ruídos. Se houver algo assim, leve o veículo para uma oficina especializada.

Manutenção em dia do veículo e alguns cuidados farão de suas férias algo inesquecível

Correias – Verifique se as correias estão com ressecamentos ou danos. Se houver algum desses problemas, faça a substituição.

Óleo e água do motor – Com o veículo parado no plano e com o motor desligado, verifique o nível de óleo do motor. Caso esteja baixo, complete até a marcação máxima da vareta, sempre com o óleo especificado pela montadora.

Aproveite o veículo no plano e verifique também o nível de água no sistema de arrefecimento. Caso necessário, complete até a marcação máxima contida no vaso de expansão.

Palhetas limpadoras do para-brisa – Verifique se as palhetas apresentam desgaste ou ressecamento. Se houver, faça a substituição por palhetas novas. E não se esqueça de verificar a água do limpador, com a adição de um pouco de detergente neutro.

Outros cuidados

·         Tenha a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e a documentação do veículo em dia;

·         Use sempre o cinto de segurança, inclusive nos bancos de trás;

·         Transporte objetos de preferência no porta-malas e nunca obstrua o campo de visão do motorista com malas ou outros itens. Por isso, planeje sua viagem analisando o percurso a ser seguido, programando os pontos de parada para descanso e abastecimento, e também os valores e pontos de praças de pedágio do seu percurso.

Para mais informações sobre o CESVI/MAPFRE, basta acessar o site  www.cesvibrasil.com.br.

11:24 · 20.12.2017 / atualizado às 11:40 · 20.12.2017 por

Faltando poucos dias para 2018, muitos brasileiros já se preparam para pôr os pés na estrada para curtir e aproveitar o período das festas de fim de ano. Mas, para que o período não seja marcado por inconvenientes, preparamos dicas para a revisão adequada do veículo

 


De acordo com o coordenador Técnico, Fábio Silva, o check-list deve ir além dos componentes básicos que o motorista normalmente presta mais atenção. “Alguns itens devem ser vistos pelo mecânico de confiança, como o freio e a suspensão, por exemplo.

Leve o mecânico de sua confiança para examinar e fazer sua revisão

Confira, abaixo, os cinco cuidados listados pelo especialista da Total Lubrificantes do Brasil ao pegar a estrada neste fim de ano:
1- Óleo e filtro: devem ser trocados de tempos em tempos, conforme recomendação do fabricante do veículo, ou quando atingir a quilometragem recomendada para troca. Porém, é importante estar atento para que as substituições sigam as mesmas especificações da montadora. A TOTAL tem uma gama completa de lubrificantes para linha leve com os lubrificantes TOTAL QUARTZ, linha pesada TOTAL RUBIA, transmissão manual e automática.
2- Pneus: é necessário calibrá-los, bem como o estepe, e avaliá-los se há diferenças de pressão no veículo carregado e vazio, desde que não estejam gastos. A avaliação do desgaste é feita de forma simples pelo TWI (Tire Wear Indicator – Indicador de Desgaste do Pneu), que são saliências que ficam entre as ranhuras do pneu.
3- Suspensão, bateria e palhetas: devem ser revistas a cada 10 mil quilômetros, incluindo a geometria e o balanceamento. Além disso, é fundamental avaliar o desgaste de amortecedores, molas, buchas e batentes, inclusive a bateria. Já as palhetas não podem estar tortas, nem com a borracha ressecada.
4- Painel e Lâmpadas: representam as condições do veículo, por isso, em caso de dúvida sobre o significado das luzes, consulte o manual do carro. Nunca viaje com alguma lâmpada queimada, pois é perigoso e ainda pode render multas ao motorista.
5- Itens de Emergência: antes de pegar a estrada, verifique se todos os componentes básicos de segurança estão no lugar. Entre eles, não podem faltar o triângulo, a chave de roda, o macaco, o estepe e o extintor, que precisa estar dentro do prazo de validade.

13:08 · 31.08.2017 / atualizado às 13:08 · 31.08.2017 por

Segundo levantamento realizado pela Rentcars.com, maior plataforma comparadora de preços de aluguel de veículos da América Latina, durante as férias de julho houve um crescimento de 30% no número de carros alugados no Brasil, enquanto que, no exterior, este aumento foi de 53%

 

O resultado total foi um aumento de 35% em relação ao mesmo período do ano passado. Os dados foram extraídos com base na procura dos clientes da Rentcars.com no Brasil e nos mais de 145 países onde conta com atuação on-line.
A cidade de Porto Alegre está no topo da lista com o maior número de reservas no Brasil, seguido por São Paulo, Rio de Janeiro, Recife e Salvador. No exterior, além de Orlando e Miami, foram destaques as cidades de Lisboa, Los Angeles e Fort Lauderdale.
“Percebemos um interesse pelos grandes centros nas férias de julho, pois concentram atrações mesmo em locais mais afastados, como, por exemplo, em Porto Alegre, que fica próximo a Gramado e Canela, considerados um dos mais belos destinos da serra gaúcha ou em Orlando, famosa pelos outlets e parques de diversões”, aponta Vivian Almeida, Diretora Comercial da Rentcars.com.
A pesquisa ainda aponta que, no Brasil, os clientes gastam, em média, R$ 500 e ficam cerca de quatro dias com o veículo, enquanto que, para locações internacionais esse número aumenta e os clientes chegam a desembolsar R$ 1.370 por uma média de oito dias de uso. “Geralmente, no período de férias, o tíquete médio é maior também pela alta temporada, quando os preços são um pouco mais altos, mas, principalmente pelo fato de que as pessoas alugam e permanecem com o veículo por mais tempo”, complementa.
Entre as categorias de automóveis preferidas dos brasileiros, se destacam “Compacto”, “Econômico” e “Intermediário”, respectivamente, para viagens domésticas. Com relação às locações internacionais, a categoria “SUV” lidera a preferência, seguida por “Intermediário” e “Econômico”. “Pessoas que viajam com sua família costumam alugar carros maiores, pois, além de prezarem pelo conforto, possuem mais espaço para acomodar suas compras nos outlets. Por outro lado, há aqueles que aproveitam a oportunidade para novas experiências alugando conversíveis e carros de luxo. São fatores importantes e que pesam na decisão de compra”, finaliza Vivian.

11:50 · 09.12.2014 / atualizado às 07:02 · 19.12.2014 por

car-hire-1As férias estão chegando e muita gente procura um carro para alugar. É nessas horas que o cliente tem que estar atento, pois levantamentos mostram que um carro de 1000cc pode custar de R$ 85,00 a R$ 140,00.

A opção de alugar um carro nas férias é sempre interessante. Mesmo que você viaje de avião, ter um carro pra rodar na cidade, fazer um passeio, é uma boa alternativa. Você fica mais livre, ganha autonomia, não é mesmo?

Conselho

De acordo com especialistas, a ordem é pesquisar muito os preços e as condições de locação e de preferência fechar o negócio antes de viajar, pra chegar no local com o carro à sua disposição.

O preço de um aluguel de carro pode variar até 47% de uma locadora para a outra, conforme levantamento feito em três cidades: Belo Horizonte, Natal e Porto Alegre.A diária de um carro com motor 1.0 e ar-condicionado para o período do Ano Novo (30 de dezembro a 2 de janeiro), pode custar de RT$ 85,00 a R$ 140,00 nessas cidades. Um carro com motor entre 1.3 e 1.8, com ar-condicionado, direção hidráulica e quilometragem livre, custa de R$ 140 a R$ 195.

Então, já sabe, né? Faça pesquisa de preço. Nada de fechar o negócio na primeira clicada na internet.

Pesquisar

Blog do Automóvel

Blog da editoria Auto, do Diário do Nordeste, para coberturas em test drive, lançamentos de automóveis e salões e notícias sobre carros, motos e outros veículos.
Posts Recentes

12h10mNovo Camaro vai ser destaque no Salão do Automóvel de São Paulo 2018

11h10mAudi mostra sua linha de SUVs na Chapada dos Veadeiros, em Goiás

02h10mConfira detalhes do primeiro carro elétrico feito no Brasil

10h10mSalão do Automóvel de São Paulo com novo lote de ingressos disponível

10h10mSetor de locação foi responsável por 1 em cada 4 veículos emplacados no primeiro semestre de 2018

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs