Busca

Categoria: Geely


14:56 · 19.05.2015 / atualizado às 16:04 · 19.05.2015 por

Antes de comprar um carro zero, é preciso pesquisar bastante. Itens de série, economia de combustível, mercado de peças e assistência técnica fazem parte do que se deve ter em mente quando procurar pelo veículo.

E não menos importante, o preço do carro também define a escolha do proprietário.

A reportagem fez uma busca neste último item e traz até você uma lista com os 10 carros mais baratos do Brasil. Fomos nos sites das montadoras e fizemos o orçamento virtual, isto é, seguimos os passos de montagem do veículo na própria página da internet.

Nosso critério foi buscar o menor preço possível para cada modelo.

O resultado está abaixo. Destaque para o Fiat Palio, que conforme a pesquisa, é o carro mais barato do Brasil. Mas vale a menção honrosa também para o Geely GC2, que é bem equipado em modelo de fábrica e possui o quarto menor preço do País.

Confira a lista:

10º – Chevrolet Celta
R$ 34,990
Um dos preferidos de quem está começando a dirigir pela facilidade de guiar, opções de itens e peças, além de ser pequenininho (muito bom de estacionar). Versão vem com trava elétrica, ar-condicionado, direção hidráulica, dentre outros.

novo-celta-2015-3

9º – Chevrolet Classic
R$ 34.250
Sedã compacto, com diversos itens como ar-condicionado, desembaçador, sistema de som.

classic_2015

8º – Renault Sandero
R$ 34.070
Possui espaço interno de destaque em relação aos concorrentes. Versão básica não possui muitos itens.

novo-renault-sandero-2015-3

7º – Chery New QQ Look
R$ 31.990
O coreano já foi o mais barato do País, mas a nova versão deu uma leve aumentada no preço. Ele vem com ar-condicionado, direção hidráulica e travas elétricas.

Chery New QQ Look

6º – VolksWagen Gol Special (2 portas)
R$ 30.930
Praticamente um clássico. Mas a este preço, é vendido praticamente sem itens, para baratear e deixá-lo na quinta posição.

VW-Gol-Special-2015

5º – Volkswagen Take Up!
R$ 30.560
Compacto da VW é muito bem equipado internamente e se destaca pela segurança.

Volkswagen Take Up

4º – Geely GC2
R$ 29.900
Grande diversidade de itens de série, com ar-condicionado, direção hidráulica, rádio MP3 com USB, rodas de liga leve, sensor de ré.

geely-gc2

3º – Fiat Uno Vivace (2 portas)*
R$ 28.770
O preço se refere ao modelo básico, versão não reestilizada e sem itens de série, em estratégia semelhante à do Gol.
(* Em São Paulo, uma promoção da Fiat oferece o veículo a R$ 26.990)

Novo-Uno-Vivace-2015 (3)

2º – Renault Clio Authentique (2 portas)
R$ 27.380
Também passou pela ‘dieta’ para baratear e oferece os itens como compra extra.

clio

 

1º – Fiat Palio Fire (2 portas)
R$ 27.340
Barato, mas não conta com item algum. O famoso ‘peladão’, modelo antigo do veículo é o de menor preço do País.

novo-palio-2015-5

11:02 · 13.03.2015 / atualizado às 12:00 · 20.03.2015 por

DownloadsO Guia Automotivo deste sábado vai fazer você ficar colado no sofá até o último minuto do programa. Tem estreia do quadro “Meu carro, minha vida”, o qual mostra histórias reais de loucos por carros. No primeiro “episódio”, mostramos a saga de um jovem em adquirir o seu primeiro veículo: os anos de dedicação, poupança e planejamento para atingir o sonho de ter um automóvel. Outra curiosidade é o test-drive de uma escavadeira hidráulica. Veja detalhes de como foi operar esse veículo e por que ele é considerado com um conforto de um carro de passeio. Além disso, veja também o lançamento da Mini: o hatch de cinco portas e detalhes dos modelos Geely GC2 e Volkswagen Jetta. É isso e mais amanhã às 10h30 na TV Diário.

12:20 · 05.03.2015 / atualizado às 12:27 · 05.03.2015 por

Nova marca chega ao Ceará, com dois carros completos. É a Geely, chinesa que é a dona da Volvo Cars. Os carros  já estão disponíveis na nova concessionária da marca em Fortaleza, Hiclave Motors. Muitos itens de série nos veículos e preços acessíveis fazem parte do mix

Hatch GC2 tem design que lembra um urso Panda
Hatch GC2 tem design que lembra um urso Panda

Um hatch e um sedan chegaram primeiro. O compacto GC2 tem design arrojado, inspirado na forma de um urso panda.  Com ótima relação custo-benefício, é um carro econômico e completo, tem motor de 1.0 litro – 3 cilindros, 12 válvulas, 68 cavalos – duplo air bag frontal, ar-condicionado, direção hidráulica, sensor de ré e trio elétrico. O detalhe é que o veículo está em uma promoção de inauguração. Baixou de R$ 32.900 para R$ 31.900.

Show room da concessionária de Fortaleza
Show room da concessionária de Fortaleza

 

Mais carros no show room
Mais carros no show room

 

 

Diretor da Hiclave Motors, Hildo Leitão
Diretor da Hiclave Motors, Hildo Leitão

Já o sedan Geely EC7 prima pelo desempenho e pelo bom acabamento em todos os detalhes. Tem câmbio mecânico de cinco marchas, motor com bloco de alumínio de 1.8 litro – 16 válvulas, duplo air bag, freios ABS com EBD e ar-condicionado digital de série. E o porta malas é um dos maiores da categoria, com capacidade para mais de 500 litros. Já o sedan baixou de R$ 52.900 para R$ 46.900,00. São carros completos que cabem no bolso do consumidor. Na direção da Hiclave Motors, Hildo Leitão, profissional com mais de 30 anos de experiência no mercado de veículos e conhecido no País pela sua credibilidade. Na gerência comercial, Victor Leitão e na parte administrativa, como gerente, Tiago Pinho.

Sedan EC7 vem completo e tem grande bagageiro e espaço interno
Sedan EC7 vem completo e tem grande bagageiro e espaço interno

 

GEELYCONCS

GC2, carro da entrada da Geely
GC2, carro da entrada da Geely

 

Na esquerda o gerente administrativo da loja, Tiago Pinho e o diretor, Hildo Leitão
Na esquerda o gerente administrativo da loja, Tiago Pinho e o diretor, Hildo Leitão

Mais informações:

Hiclave Motors. Endereço: Av. Antonio Sales, 1300 – Fone: 85-3046-1300
www.hiclavemotors.com.br
facebook/HiclaveMotors.Geely

08:43 · 06.11.2014 / atualizado às 08:51 · 06.11.2014 por

Quatro marcas estão presentes com muitos lançamentos e muitas atrações em seus estandes no Salão Internacional do Automóveis de São Paulo. Confira um resumo do que cada uma delas reservou para o evento, que tem seu último dia neste domingo (9).

Chery

Celer
Celer

Na corrida entre as chineses, a Chery cruzou a linha de chegada e expõe no Salão como a primeira e única montadora da China com fábrica no País. Instalada no Vale do Paraíba, em Jacareí (SP), o complexo industrial da Chery no Brasil recebeu investimento de mais de R$ 1 bilhão. São duas fábricas, uma de automóveis e outra de motores, além de pista de testes e de um Centro de Pesquisa & Desenvolvimento, que deve começar suas operações em três anos.

QQ
QQ

Aproveitando a ocasião do evento, a marca promove o pré-lançamento das novas versões dos modelos Celer e QQ, que serão nacionais a partir de 2015. No primeiro momento, o Celer chega sozinho, com produção em dezembro e no início do ano chega nas concessionárias.No segundo semestre, é a vez do QQ. No início do ano ele continuará sendo importado.

Além dos futuros nacionais da marca, estiveram presente toda a linha comercializada atualmente, inclusive a versão anterior do QQ. Há ainda três modelos que representam a nova geração da Chery no Brasil, a partir de 2016: o sedan Arrizo 7, o Tiggo 5 (futura geração do SUV) e o carro conceito Alfa.

Tiggo 5
Tiggo 5

O primeiro é comercializado na China desde o início de 2014 e é equipado do motor 1.6 com possibilidade de transmissão manual de cinco velocidades ou CVT. Ele ainda não tem previsão de chegar ao mercado nacional. O segundo, o Tiggo 5, é impulsionado pela motorização 2.0, alimentado por um sistema de injeção multiponto digital que desenvolve 140cv de potência. O câmbio pode ser manual ou CVT. Já o último, comentado anteriormente no Blog do Automóvel, a expectativa é que realmente torne-se um automóvel produzido e vendido. A expectativa é que em dois anos entre na linha de produção.

“Esse carro conceito mostra a cara da nova Chery, a busca pela internacionalização, por oferecer modelos cada vez mais universais, modernos, sem deixar de lado a qualidade. Estamos iniciando uma nova era na China que em pouco tempo deve se espalhar para toda a Chery no mundo”, declara Sérgio Loureiro, diretor de designer da marca.

Lifan

Lifan 820
Lifan 820

Como dito anteriormente, o x50 e o 820 foram os destaques no estande. O primeiro com motor 1.5, desenvolve 103 cv de potência máxima e torque de 13,6 Kgfm. O câmbio é manual de cinco velocidades, os freios são a disco nas quatro rodas e os pneus são aro 15. A capacidade do porta-malas é de 570 litros e o tanque suporta 42 litros.

Já o segundo, o sedan médio, vem equipado com motor 4 cilindros VVT 2.4 que desenvolve 160 cv de potência máxima e torque de 22,5 Kgfm. A transmissão é automática de seis velocidades. Em termos de capacidade, o porta-malas aguenta 510 litros e o tanque tem espaço para 63 litros.

Esta foi uma das versões do Foison apresentadas no Salão: o Food Truck
Esta foi uma das versões do Foison apresentadas no Salão: o Food Truck

No mesmo espaço também estava os velhos conhecidos da Lifan: o SUV X60, o minitruck Foison e o recém lançado sedan compacto 530. Para quem não conhece ainda, os carros que abastecem o Brasil vem direto da sua fábrica no Uruguai, o qual tem capacidade para produzir até 20 mil veículos por ano. A Lifan Motors conta hoje no Brasil com 42 concessionárias e terá até dezembro de 2014 60 lojas operando em todo o Brasil.A meta da empresa para este ano é vender 6.000 carros e em 2015 chegar a 12.000 unidades.

Jac

J6
J6

Logo na entrada é possível ver o grande estande da marca. No local é possível ver quatro lançamentos praticamente imediatos (T6, novo J5, J2 Jet Flex e J6 Jet Flex), mais uma novidade anunciada para meados de 2015 (T5) e a proposta da marca para motorização totalmente livre de emissões, por intermédio de propulsão elétrica (IEV – Intelligent Electric Vehicle).

Primeiro vamos aos lançamentos. O T6, primeiro SUV da marca será lançado comercialmente em novembro. O seu preço será de R$ 69.990. O motor é o 2.0 16V VVT Jet Flex, que funciona com gasolina e etanol. Esse propulsor gera 155 cv e 160 cv, respectivamente, ambos a 6.000 rpm. O novo integrante da família possui porta-malas de 610 litros de capacidade, que ainda permite expansão com o rebatimento do banco bipartido traseiro.

J6
T6

O J5 passou por uma reestilização. Foi um face-lift na frente e na traseira, novos revestimentos internos e ganhou um painel de instrumentos diferente. O motor continua com o 1.5 16V VVT de 125 cv de potência a 6.000 rpm, que é equipado  com câmbio manual de 5 marchas. O propulsor faz com que o J5 acelere de 0 a 100 km/h em 11,8 segundos e atinja uma velocidade máxima de 188 km/h.

J5
J5

Quanto ao J2 , chega em nova motorização, com 1.4 litros Jet Flex. Na nova configuração tem 110 cv de potência quando abastecido com gasolina e 113 cv com etanol. Com 915kg, a sua relação peso/potência é de 8,1 kg/cv. Já o J6, diferentemente do J2, que apenas recebeu o pacote Jet Flex, ele vem com um motor inteiramente novo. Além do sistema bicombustível, também passa a adotar o VVT (comando variável), melhorando seu torque em baixas e médias rotações, além de maximizar a potência nos altos regimes. Houve um ganho de 19 cv em relação ao modelo 2014 somente a gasolina.

J2
J2

No caso da grande novidade, está o T5, utilitário-esportivo premium de porte compacto. Ele vai adotar motor 1.5 16V VVT Jet Flex de 127 cv com etanol e 125 cv na gasolina. Ele é o mesmo que já é utilizado no J3 S 1.5 Jet Flex. Esse modelo será o primeiro JAC Motors a receber câmbio automático no mercado brasileiro, com uma caixa CVT. A sua chegada está prevista para meados de 2015.

T5
T5

Geely

EX7
EX7

A novata não fez feio em sua estreia. Em um estande de 1.210m², a Geely expõe onze carros dos modelos EC7, sedã e hatch, o compacto GC2, GX2 (versão off-road do compacto), o SUV EX7 e um carro conceito.Além dos quatro modelos, todos em sua segunda geração, e do carro conceito, a Geely pretende mostrar como a montadora começou em 1997 e, um ano depois, já liberava seu primeiro modelo, o Haoqing SRV, da linha de montagem e, dois anos depois, em 2000, o segundo modelo, o Geely Meiri. E, como a partir de 2009, fez uma série de aquisições estratégicas para conseguir, em curto espaço de tempo, o domínio do conhecimento automotivo.

GC2
GC2

Para o mercado, os atuais dois modelos da Geely Motors – o EC7 GS e o GC2 GL – em comercialização vão ter a companhia de mais dois novos produtos em 2015: o EC7 RV (hatch) e o sedã EC7 com transmissão automática CVT. Em 2016, o GC2 flexfuel. Os seus preços serão definidos somente na ocasião de seus lançamentos.

O Geely EC7 RV traz novidades em relação ao sedã EC7 GS: vem com motor de 1.8 litros, 16 válvulas, cuja potência é de 130,5 cv a 6.100 rpm (com gasolina) e torque máximo de 17,2 Kgfm a 4.400rpm. O câmbio é automático CVT de seis velocidades e também com modo sequencial de troca de marchas.

Já o GX2, O motor é 1.5 litros, que desenvolve 102 cv a 5.800 rpm (gasolina) e 104 cv a 5.800 rpm (etanol), com torque máximo de 13,1 Kgfm a 2.800 rpm.

EC7 Hatch / GX2
EC7 Hatch / GX2
10:11 · 04.11.2014 / atualizado às 10:21 · 04.11.2014 por

Ao mesmo tempo em que as montadoras investiram em carros prontos para atender ao mercado consumidor, não deixaram de lado o aspecto tecnológico e futurista promovido pelos carros-conceito. Praticamente, um modelo era exposto por marca, tanto que para o melhor aproveitamento da leitura, iremos dividir em duas partes essa postagem.. Quanto a questão sair do protótipo e ser fabricado, a maioria não pretende tirar o “conceito” do nome. No máximo, alguns deles prometer dar suas formas ou alguns de seus detalhes como inspiração para posteriores lançamentos. No entanto, dentre as opções exibidas no Salão de São Paulo, há versões que se aproximam de ser exceções para virar realidade nas ruas.

Duster Oroch

Duster Oroch
Duster Oroch

Por enquanto, este é somente um conceito baseado no Duster, nada de nova versão no mercado. Pelo menos não declarado oficialmente pela Renault. Além de ter como base o utilitário da marca, em sua concepção também foi considerado aspectos do  D-Cross Concept, uma outra reedição do Duster, apresentado no Salão de São Paulo de 2012.

Duster Oroch
Duster Oroch

Como destaque está as grandes rodas aro 18 e as duas câmeras traseiras que equipam o veículo por fora. As imagens podem ser visualizadas numa tela dentro do carro e tem ângulo de visão de 80º a 140º. O painel de instrumentos é equipado com uma tela multimídia que permite ver, em tempo real, as imagens capturadas pelas duas câmeras instaladas na cabine dupla, na parte externa do veículo. As câmeras são controladas por um comando rotativo, que fica ao lado do passageiro, no console central.

Kwid Concept

Kwid Concept
Kwid Concept

Assim como o outro conceito da Renault, este também integra tecnologia e os recursos fotográficos que praticamente já acompanham a vida de quem adora uma boa aventura. Com um drone acoplado ao carro, será possível enviar imagens em tempo real aos ocupantes por meio de uma câmera de alta definição. Assim, pode mostrar a situação do trânsito, tirar fotos de paisagem ou detectar obstáculos pelo caminho.

Kwid Concept
Kwid Concept

Outra curiosidade é a posição do volante. Em vez de tradicionalmente na lateral esquerda, ele fica localizado ao centro, assim como o quadro de instrumentos. Dessa forma, o motorista dirige sentado entre os passageiros dianteiros. A troca de marchas é feita por meio de um botão localizado no painel.

Salão de São Paulo2
Kwid Concept

Esse é o primeiro carro-conceito concebido pelas equipes de estilo da marca em vários países, liderado pelo Brasil, com a missão de explorar novos mercados fora da Europa.

Conceito α

Conceito α
Conceito α

Apresentado pela primeira vez no Salão do Automóvel de Pequim, a inspiração de seu conceito vem dos elementos da arquitetura chinesa antiga. De acordo com a Chery, a grade contém elementos yin e yang da cultura tradicional chinesa e as laterais incorporam o elemento água, trazendo fluidez ao modelo.

A motorização prevista desse sedan seria 1.6 turbo, acoplada a uma transmissão automatizada de dupla embreagem e seis marchas. A expectativa é, em dois anos, ter esse conceito na linha de produção da marca.

NSX Concept

honda
NSX Concept

Este é a sua segunda versão em forma de conceito da Honda. Com tração integral, o carro futurista alia esportividade com a economia de ser híbrido. O motor é um VTEC com transmissão sequencial de dupla embreagem (DCT), combinado com um propulsor elétrico e duas unidades elétricas que alimentam diretamente cada uma das rodas dianteiras. O modelo já tem data para sair apenas do protótipo, será um lançamento global em 2015.

FCEV

FCEV
FCEV

Evolução do Honda FCX, mostrada em 2002, a marca traz esse conceito movido a célula de hidrogênio. Uma célula comprime o hidrogênio para transformá-lo em energia e suprir um motor elétrico capaz de gerar 136 cv de potência. O carro tem autonomia de mais de 480 km e a única emissão deste sistema é vapor d’água, com índice zero de poluentes.

PHEV

PHEV
PHEV

A estreante no Salão, a chinesa Geely, também apresentou um carro-conceito. É o FE-7, oficialmente denominado de  Cross Concept PHEV. A sigla resume o conceito Plug-in Hybrid Eletric Vehicle. Ele é movido por um motor à gasolina de 1.8 litros com acoplamento auxiliar de dois motores elétricos.

No modo híbrido (ou seja, com motor à combustão somado ao motor elétrico maior), o outro motor elétrico de menor potência fica desligado. A autonomia total é de 650km, a velocidade máxima é de 190km/h e a aceleração (0 a 100km) é em 10 segundos. Esse conjunto emite 46g de CO2 por quilômetro rodado.

T-ROC

T-ROC
T-ROC

A Volks apresenta uma nova proposta a sua linha de SUV. Em seu design, ele leva um DNA inspirado no novo Golf, mesclando ainda traços de utilitários com ares esportivos ao dispor de apenas de duas portas. A parte do meio do teto divide-se em duas metades, as quais podem ser removidas e guardadas no porta-malas, dando a possibilidade de ser conversível.

T-ROC
T-ROC

O motor é turbodiesel com injeção direta de 184cv e equipado com três modos de direção: “Street”, “Off-road” e “Snow”. O câmbio é automático com dupla embreagem de sete marchas. As rodas são de liga leve de 19 polegadas. Para auxiliar, há o assistente de saída em rampa e o controle de descida.

T-ROC
T-ROC
07:12 · 20.10.2014 / atualizado às 07:49 · 20.10.2014 por
geely_gc2_bx
Geely Gc2

Além de estreias de carros, a 28º edição do Salão Internacional do Automóvel de São Paulo tem uma marca nova entre as já de vaga cativa no evento. É a Geely Motors do Brasil que estará presente em 1.210 m² no saguão. No estande, ela levará onze carros dos modelos: EC7 (sedan e hatch), o compacto GC2, GX2 (versão cross do compacto), o SUV EX7 e o conceito, já na versão híbrida, da futura geração de modelos da marca.

Geely EC7
Geely EC7

Durante o evento, estará presente para falar com a imprensa o vice-presidente de Design, Peter Horbury. O objetivo é comunicar sobre a estratégia futura para o desenvolvimento de uma nova geração de modelos Geely e sobre como compartilhar plataformas de arquitetura modular dos autos  Volvo e Geely (modelos V40, EC7,  e outros, em gestação), a partir de 2016.