Blog do Automóvel

Categoria: Honda


14:48 · 29.05.2018 / atualizado às 14:48 · 29.05.2018 por

As marcas asiáticas são as líderes em satisfação do consumidor com o processo de compra de veículos. A conclusão é do Sales Satisfaction Index (SSI), levantamento realizado pela J.D. Power pelo sexto ano no Brasil. A Toyota voltou a ocupar a liderança do ranking, como a montadora com clientes mais satisfeitos. No ano passado esta posição foi perdida para a Hyundai Caoa, que caiu para a segunda colocação no levantamento atual


Em geral, as marcas asiáticas lideraram o SSI. Na terceira colocação aparece a Hyundai Brasil, seguida por Nissan e Honda. “As empresas japonesas têm tradição em processos mais robustos no atendimento ao cliente. As montadoras coreanas estão indo pelo mesmo caminho”, avalia Fabio Braga, diretor de operações da J.D. Power no Brasil.
Para construir o SSI, a consultoria analisa a experiência do consumidor na compra de carros novos. O levantamento considera cinco aspectos: processo de entrega, negociação, test drive, instalações e vendedor.


Satisfação
Independentemente das marcas que ocuparam as primeiras colocações do ranking, Braga reforça que o índice de satisfação do consumidor brasileiro com a compra de veículos alcançou recorde, com média de 805 pontos (a nota máxima é 1.000), 14 acima do registrado em 2017. Houve melhora em todas as empresas pesquisadas, com exceção da Ford, que registrou queda de 9 pontos em sua nota. Apesar de não ter ficado nas primeiras posições do ranking, a Peugeot teve o crescimento mais impressionante na satisfação de seus clientes, elevando a nota em 30 pontos para 816. “O nível médio de satisfação no Brasil cresce desde 2014 e já se compara ao que verificamos em países maduros, como Canadá, Estados Unidos e Japão”, diz Braga. Segundo ele, o resultado reflete a evolução da indústria local que, com a crise dos últimos anos, investiu para se aproximar dos clientes e potencializar resultados nas concessionárias.


Negociação, entrega e test-drive
Segundo o consultor, aspectos como o processo de entrega do automóvel, a negociação e o test drive apresentaram as melhorias mais expressivas. “O tempo de duração do test drive tem grande impacto na satisfação do consumidor. Quanto demora menos de 10 minutos, a satisfação fica perto de 743 pontos. Nas empresas em que este período é superior a 30 minutos, a satisfação pode chegar a 871 pontos”, conta, destacando a necessidade de realizar o test drive mais completo possível.
Braga lembra também que o profissional que acompanha o teste faz toda a diferença, com clara vantagem para as marcas que oferecem um especialista para mostrar o veículo ao cliente no lugar de um vendedor. A avaliação do carro usado é outro ponto sensível e que tem melhorado bastante. Segundo o estudo, 87% dos clientes disseram que acharam justa a análise de preço feita pela concessionária – um ótimo resultado em relação aos anos anteriores.
Entre os desafios das empresas para melhorar a satisfação, Braga destaca o posicionamento e atendimento na internet. Por causa da importância deste aspecto, a companhia já prepara um novo estudo, focado na performance das marcas on-line, o Digital Shopper Study. Os resultados do levantamento serão divulgados no segundo semestre deste ano.

14:52 · 23.04.2018 / atualizado às 14:52 · 23.04.2018 por

Lançado em abril de 2003, segundo veículo produzido pela Honda no Brasil revolucionou o aproveitamento de espaço interno e a versatilidade


A Honda comemora neste mês 15 anos de produção do Honda Fit no Brasil. Lançado pela marca em 2003 e em sua terceira geração fabricada no Brasil, o modelo vendeu mais de 545 mil unidades desde seu lançamento, com 37 premiações recebidas pela imprensa especializada neste período. Inovador na forma de aproveitar o espaço interno e em oferecer configurações múltiplas de uso dos assentos, o Honda Fit também foi o primeiro automóvel da marca a adotar, ainda em 2003, a transmissão do tipo CVT, uma tendência nos modelos atuais.


Renovado no ano passado, o modelo da Honda recebeu importantes e marcantes aprimoramentos no design, segurança e conforto, tornando-o ainda mais completo e atraente para o consumidor.
O Fit 2018 trouxe novo design frontal e traseiro, bem como tecnologias modernas de iluminação, como luzes diurnas de rodagem e lanternas em LED, além de faróis em LED na versão EXL. Na segurança, em todas as versões, recebeu o sistema VSA (Vehicle Stability Assist) com controle de tração e estabilidade, e o sistema HSA (Hill Start Assist) de assistência de partidas em rampas, que evita que o carro desça por alguns instantes ao se tirar o pé do freio em subidas.


Em suas versões superiores, o modelo recebeu ar-condicionado digital e conectividade com os sistemas Apple CarPlay e Android Auto.
Um autêntico carro urbano
Desde seu lançamento, em 2003, o Fit se definiu como um automóvel ideal para o uso urbano, com medidas externas compactas – e excelente aproveitamento de espaço interno. Além disto, sempre ofereceu ótima visibilidade, posição do motorista elevada e interior versátil, com ampla modularidade.


Na geração atual, o sistema de rebatimento dos bancos permite acomodar diversos tipos de carga, criando tanto um assoalho plano para o transporte de volumes de grandes dimensões, como carregar materiais mais altos com toda praticidade, por meio do rebatimento da segunda fileira de bancos. Essa modularidade é uma marca do Fit, e característica que o acompanha em todas as gerações vendidas no Brasil.
Transmissão CVT
O Fit foi um dos primeiros automóveis no Brasil a trazer a transmissão continuamente variável, CVT, que permite uma aceleração linear e um comportamento suave em diversas condições de uso, permitindo uma ótima relação entre desempenho e consumo.
Combinado ao eficiente motor 1.5 i-VTEC FlexOne, que rende 116 cv a 6.000 rpm e 15,3 kgfm de torque a 4.800 rpm no etanol, o conjunto motriz permite um desempenho eficiente e agilidade para as mais diversas situações.


Premiado e bom de revenda
O Fit recebeu 37 premiações ao longo de seus 15 anos de mercado, sendo muitas delas relacionadas à ótima experiência do consumidor com o produto. Por diversas publicações automotivas, os clientes elegeram o modelo como a “melhor compra” em sua categoria, sendo avaliado também como o automóvel que menos desvaloriza em sua categoria por diversos anos consecutivos.
Em 2017, o modelo foi escolhido novamente pelos consumidores na premiação “Os Eleitos”, da revista Quatro Rodas, como o veículo que mais agrada a seus proprietários, em sua categoria.


Linha do tempo
2003 – Lançado em abril nas versões LX e LXL, com motor 1.4 de 80 cv a gasolina e transmissão CVT.
2005 – Chegada da versão EX, com motor 1.5 VTEC de 105 cv.
2007 – Lançamento das versões flexfuel para o motor 1.4.
2008 – Produção da série especial S, com pacote visual esportivo.
2008 – Em outubro de 2008, foi lançada a segunda geração do Fit no Brasil, como modelo 2009, passando a se chamar New Fit. O carro chegou disponível em quatro versões: LX, LXL, EX e EXL.
2011 – A Honda amplia a gama de versões do Fit com a versão DX.
2012 – Facelift da segunda geração do New Fit trazia para-choques, faróis e grades com novo design, bem como aprimoramentos mecânicos.
2013 – Fit Twist, versão aventureira desenvolvida exclusivamente para o mercado brasileiro.
2014 – Fit é apresentado na versão CX automática, com ótimo custo-benefício.
2015 – Lançamento da terceira geração do Fit no Brasil.
2017 – Terceira geração recebe alterações de design, com adoção de novos equipamentos de segurança e conectividade.

12:24 · 21.03.2018 / atualizado às 12:27 · 21.03.2018 por

Superesportiva que é a máxima referência tecnológica entre as superbikes, a CBR1000RR Fireblade SP recebe placa numerada de 01 a 25 para festejar o sucesso alcançado desde seu lançamento em 1992


O conceito “Controle Total” guia desde sempre o projeto de todas Fireblade. Tal filosofia, simples mas genial, deu origem às mais espetaculares superesportivas da categoria Superbike, resultando em motocicletas capazes de conciliar potência com maneabilidade em doses exatas.
As Fireblade são instrumentos perfeitos para pilotos talentosos e também acessíveis para aqueles que desejam aperfeiçoar a tocada. O “Controle Total” está na raiz desta versatilidade, fator de sucesso nas pistas e que fez escola, sendo por muitos imitado mas jamais igualado.
A Fireblade foi 100% renovada em 2017, ano de seu 25º aniversário, porém manteve intocado seu DNA. A versão mais sofisticada, a SP “Sport Package”, será oferecida em versão comemorativa (exclusiva e numerada), limitadas à apenas 25 exemplares para o mercado brasileiro. São verdadeiras preciosidades, imediatas “cult bikes”, destinadas à típica e merecida valorização por representarem o máximo de diferenciação, qualidade e performance dentro de seu segmento.


A CBR1000RR Fireblade em versão SP exalta de maneira superior um aspecto marcante da filosofia “Controle Total”: a relação peso/potência favorabilíssima, que na prática resulta em maneabilidade, aceleração e comportamento superior seja em curva ou nas acelerações.
Nenhuma Fireblade conseguiu ser tão eficiente quanto esta nova “safra” comemorativa dos 25 anos, que nesta versão SP tem peso reduzido em 15 kg face a versão ABS, com o tetraciliíndro de potência elevada em 11cv, alcançando a brutal cifra de 192 cv a 13 mil rpm e exatos 998 cm³.
Para gerenciar tal cavalaria a Honda afinou a eletrônica da Fireblade à um nível de estado de arte através do RMSS ? Riding Mode Selectable System, que permite ao piloto escolher vários modos adequados às condições de uso e suas necessidades específicas.
Através da unidade de medição inercial IMU (Inertial Measurement Unit) ocorre a análise em tempo real com leitura em cinco eixos (três de aceleração e dois de velocidade angular), determinando assim a ação do controle de tração HSTC (Honda Selectable Torque Control System) em nove níveis e a exata gestão da derrapagem da roda traseira sob a precisa ação do acelerador eletrônico TBW (Throttle-By-Wire).
A plataforma inercial IMU está integrada ao ABS e limita a elevação da roda traseira em frenagem (RLC Real Lift Control) como o levantamento da roda dianteira sob aceleração.


Os três modos de gestão eletrônica selecionáveis – Street (Estrada), Circuit (Circuito) e Mechanic (Mecânico) – podem ser ajustados durante a condução através de controles no punho esquerdo e todas as operações podem ser observadas através do painel LCD TFT colorido.
O uso de materiais nobres como o magnésio resultou na redução de 2 kg apenas no motor. O escape de titânio 4-2-1 é 2,8 kg mais leve e o tanque de combustível realizado no mesmo material perdeu 1,3 kg. Tais componentes, exclusivos da versão SP resultaram peso de apenas 195 kg em ordem de marcha, 15 kg a menos se comparada à Fireblade ABS.
Um grande diferencial da versão SP está no sistema de suspensões: trata-se das semiativas Öhlins S-EC, com o garfo NIX30 e amortecedor traseiro TTX36, que atuam integrados ao “electronic pack”. De acordo com a seleção do RMSS (Riding Mode Selectable System) este informa ao SCU (Suspension Control Unit) os diversos parâmetros dinâmicos que definem ajustes de compressão e extensão adequados às condições específicas de uso, constantemente atualizados em tempo real.


Também no sistema de frenagem a Fireblade em versão SP se destaca, com o sistema ABS de última geração associado à cálipers de fixação radial Brembo monobloc de quatro pistões em vez dos Tokico da Fireblade ABS. A Fireblade SP ainda conta com exclusivas rodas de alumínio com cinco raios em Y são calçadas com pneus de especificação 120/70 R17 na dianteira e 190/50 R17 na traseira.
Importada do Japão, a nova CBR1000RR Fireblade  estará disponível ao mercado brasileiro em toda rede Dream, em duas versões exclusivas: CBR1000RR Fireblade ABS e CBR1000RR Fireblade SP, nas cores vermelha (CBR1000RR Fireblade ABS); ou a versão nas cores da HRC em vermelho, preto e branco (SP). Os preços públicos sugeridos serão de R$ 69.990,00 e R$ 79.990,00.

13:09 · 31.01.2018 / atualizado às 12:33 · 02.02.2018 por

Reconhecida como excelente opção para o uso profissional, a versão 2018 incorpora a segurança do sistema de freio CBS (Combined Break System)


A Honda CG 160 Cargo é por décadas uma excelenter opção para o uso profissional. Seu projeto voltado ao uso por profissionais liberais e frotistas concilia grande resistência e baixo custo de manutenção, típicos da família CG. O modelo 2018 incorpora como grande novidade o sistema de freio CBS (Combined Break System).
Seguindo a tradição de pioneirismo, vanguarda e inovação tecnológica que sempre nortearam a sua atuação, a Honda lançou a primeira motocicleta de baixa cilindrada no mundo equipada com sistema de freio CBS em 2015 com a CG 150 Titan. Essa tecnologia faz parte de uma política de esforços contínuos da marca em desenvolver projetos globais, com foco na segurança do usuário e também nas questões ambientais.

Frenagem
A segurança proporcionada por este consagrado sistema de frenagem combinada ganhou plena aceitação desde seu lançamento em modelos de alta performance, e oferece redução efetiva na distância de frenagem. Como nas CG 160 Fan e Titan 2018, o freio a disco de acionamento hidráulico na dianteira atua em conjunto com o sistema mecânico a tambor da roda traseira para otimizar a frenagem: ao acionar o curso total do pedal de freio traseiro a frenagem é total na traseira e ao mesmo tempo de até 30% na dianteira. O manete de freio, por sua vez permanece acionando somente o disco dianteiro.
Completam as características específicas de diferenciação do modelo, o robusto bagageiro com capacidade para até 20 kg e suspensões ajustadas para uso profissional.

Motor: detalhes
A Honda CG 160 Cargo é equipada com um  potente e robusto motor: o monocilindro bicombustível (etanol/gasolina) FlexOne de quatro tempos, alimentado pelo sistema de injeção eletrônica PGM-FI, dotado de comando de válvula no cabeçote (OHC – Over Head Camshaft) e balancins roletados. Com 162,7 cm3 é capaz de gerar 15,1 cv (etanol) e 14,9 cv gasolina) a 8.000 rpm. O torque máximo é de 1,54 kgf.m (etanol) e 1,40 kgf.m (gasolina) a 6.000 rpm.
O tanque de combustível tem capacidade para 16,1 litros o que garante uma ampla autonomia, fator fundamental especialmente no uso profissional. O chassi produzido em chapa de aço se vale da consagrada arquitetura Diamond com o motor desempenhando papel estrutural. Tal chassi é um dos grandes diferenciais da CG Cargo, proporcionando maneabilidade e estabilidade superiores além da renomada robustez.
O cavalete central é outro equipamento padrão na CG 160 Cargo que permite o estacionamento com maior estabilidade em condições de carga plena e em pisos irregulares. Dotada de painel digital com um útil hodômetro parcial, a Honda CG 160 Cargo será comercializada exclusivamente na cor branca e seu preço sugerido é de R$ 8.990,00 base estado de São Paulo, sem despesas de frete e seguro. Assim como em toda linha Honda CG 2018 a CG 160 Cargo tem garantia de um ano, sem limite de quilometragem.

04:16 · 22.01.2018 / atualizado às 20:19 · 21.01.2018 por

Pelo terceiro ano consecutivo, a Honda conquista a premiação North American Car of the Year, em sequência iniciada com o Civic (2016) e a picape Ridgeline (2017)
O Accord 2018 foi homenageado por sua nova abordagem “desde o zero” para reconstruir o carro mais vendido da América do Norte nos últimos 41 anos
Mais de 11 milhões de unidades do Accord foram produzidos na América do Norte desde seu lançamento

 

O novo Honda Accord 2018, a décima geração do carro mais vendido da América do Norte, ganhou a importante premiação Carro do Ano da América do Norte 2018 (2018 North American Car of the Year). A conquista do Accord marca o terceiro ano consecutivo em que um automóvel Honda recebe a honra máxima do júri de jornalistas automotivos locais, somado aos prêmios conquistados pelo Honda Civic e o Ridgeline, condecorados como carro e picape do ano em 2016 e 2017, respectivamente.
“A Honda buscou uma nova abordagem para reinventar o carro mais popular da América do Norte, e não podemos estar mais orgulhosos ao receber essa honra para o Accord como o carro do ano”, disse Henio Arcangeli, Jr., vice-presidente sênior da Divisão de Automóveis e gerente geral da Honda Sales, American Honda Motor Co., Inc. “Estamos especialmente orgulhosos pelos colegas de produção em Ohio, onde o Accord foi produzido com os mais altos padrões de qualidade por mais de 35 anos.”
Os prêmios de carro, utilitário e picape do ano da América do Norte honram a excelência em inovação, design, características de segurança, desempenho, tecnologia, satisfação do cliente e valor. Iniciados em 1994, os prêmios são julgados por 60 jornalistas automotivos profissionais dos Estados Unidos e Canadá que trabalham para revistas independentes, televisão, rádio, jornais e sites da indústria.


Totalmente redesenhado “desde o zero”, o novo Accord apresenta uma estrutura mais leve e rígida, um novo design de chassi avançado, envolto em linhas mais sofisticadas, elegantes e atléticas, com espaço interior e conforto de alto nível. As opções de powertrain incluem dois motores VTEC Turbo de alto torque, a primeira transmissão automática de 10 velocidades do mundo para um carro de tração dianteira e uma nova geração da tecnologia híbrida de dois motores Honda. O Accord também inclui uma série de novas tecnologias de segurança, assistência ao motorista e de conectividade.


Sobre o Honda Accord
Ao longo de 10 gerações e 41 anos, os clientes fizeram do Accord o carro mais vendido na América do Norte, comprando mais de 13 milhões de unidades neste período. Ele foi o primeiro modelo de uma montadora japonesa a ser fabricada na América do Norte, a partir de novembro de 1982, em Marysville, Ohio, com a produção acumulada mais de 11 milhões de veículos por mais de 35 anos nos Estados Unidos. O Accord também é um vencedor sem precedentes, por 32 vezes, do cobiçado prêmio 10Best, da revista Car and Driver.

12:04 · 17.01.2018 / atualizado às 12:11 · 17.01.2018 por

Sedan passa a trazer, de série em todas as versões, centrais multimídia com sistemas Apple CarPlay e Android Auto
Versão EXL recebe sensores de estacionamento dianteiro e traseiro
Novos acabamentos internos e retrovisores com pintura Cristal Black perolizada são as novidades da versão Sport


A Honda Automóveis apresenta a linha 2018 do Civic Geração 10. O premiado sedan recebeu novos equipamentos de conforto e comodidade, tornando o modelo ainda mais completo e atraente para o consumidor. A principal novidade, que chega nas versões EX e Sport, é a adoção de uma nova central multimídia, desenvolvida no Brasil, que traz conectividade com os sistemas Apple CarPlay e Android Auto.
De fácil operação, tem manuseio semelhante ao de um tablet, permitindo a operação intuitiva de mapas do sistema de navegação do Waze (por meio do Android Auto), além da reprodução de músicas via Bluetooth, por dispositivos portáteis, ou de serviços de streaming (via conexões Bluetooth, Android Auto ou Apple CarPlay).
Essa central oferece a visualização da câmera de ré com três ângulos de visão e indicação de distância por cores, além de diversas possibilidades de regulagem de áudio, permitindo uma equalização adequada para cada estilo musical.


As versões EXL e Touring, por sua vez, seguem com a moderna central multimídia lançada com o modelo, que traz tela de sete polegadas sensível ao toque, navegador integrado e compatibilidade com os sistemas Apple CarPlay e Android Auto.
Com isso, todas as versões do Civic passam a trazer integração com a maioria dos smartphones disponíveis no mercado, permitindo uma condução mais segura e maior conectividade para o motorista.
Mais comodidade e conforto
A versão EXL também traz novidades na linha 2018. O modelo recebe sensores de estacionamento frontais e traseiros, que complementam o auxílio da câmera de ré em manobras, permitindo estacionar o Civic com mais facilidade em vagas estreitas. O sistema – o mesmo adotado na versão Touring – traz indicação visual da distância na central multimídia além de alertas sonoros que avisam a aproximação de objetos nas extremidades do veículo.
Já a versão Sport recebe mudanças externas e internas que valorizam ainda mais o seu perfil jovial. Os retrovisores ganham novo acabamento, com pintura Cristal Black perolizada, que acompanha o visual da grade frontal e das rodas de liga leve com acabamento escurecido.
Na parte interna, a versão Sport passa a adotar, além da nova central multimídia, bancos com um novo acabamento de alta qualidade, com costuras em contraste – o mesmo adotado no Civic norte-americano. Os bancos trazem ainda um acabamento diferenciado na parte central, que reforça o aspecto mais jovial da versão.
As versões Sport e EX chegam com um quadro de instrumentos atualizado, com indicadores de temperatura do motor e do nível de combustível na cor vermelha.
Civic: 20 anos de Brasil
O Honda Civic completou 20 anos de produção no Brasil em 2017. Neste período, o sedan médio da Honda introduziu no mercado nacional diversas inovações e tecnologias sendo um dos principais responsáveis pela construção da história e da imagem da Honda Automóveis no país.
E para marcar essa data, a Honda acrescentou um detalhe especial ao modelo. Em todas as versões do Civic 2018 o consumidor irá encontrar um tapete de borracha no console central. Na parte de baixo deste, desenhos aleatórios em baixo relevo representam diferentes valores da Honda. Um destes Easter Eggs simboliza os 20 anos de produção do modelo no Brasil, e traz as cinco gerações do Civic produzidas no país.
Sobre o Civic Geração 10
O Civic Geração 10 é a maior e mais extensa renovação do modelo em toda sua história, que resultou na criação de um automóvel mais sofisticado, espaçoso, seguro e tecnológico, com eficiência e desempenho.
Ele foi desenvolvido para estabelecer um novo padrão de performance dinâmica em seu segmento e para competir com sedans sofisticados em aspectos-chave como sensação ao volante, precisão de direção, qualidade de rodagem e nível de ruído e vibração.
Também se destacam o desempenho em aceleração e frenagem, a entrega de potência de forma linear e a eficiência energética.

O Civic Geração 10 foi o primeiro modelo da Honda no Brasil a introduzir a motorização turbo combinada à transmissão CVT. Todo esse desenvolvimento do modelo foi reconhecido pelas diversas premiações recebidas no Brasil e, também, no mundo.
O modelo é oferecido em três propostas: EX e EXL, com um perfil mais elegante e focado no conforto e na tecnologia; Sport, com personalidade esportiva e jovial; e Touring, com apelo superior para competir com os sedans sofisticados.
O modelo traz duas opções de transmissão: manual de seis velocidades (Sport), e uma continuamente variável (Sport, EX, EXL e Touring), além de duas opções de motorização – 2.0 FlexOne de 155 cv, para as versões Sport, EX e EXL e 1.5 Turbo, de 173 cv para a Touring.
Em todas as propostas, o Civic já oferece um pacote completo de equipamentos onde se destacam: ar-condicionado digital, freio de estacionamento eletrônico com função Brake-Hold, controle de cruzeiro e botão ECON de modo de condução econômico.
Todas as versões trazem ainda airbags frontais, laterais e de cortina, controle de tração e estabilidade VSA (Vehicle Stability Assist), sistema de partida em aclive (HSA), sistema de vetorização de torque baseado em frenagem Agile Handling Assist (AHA), dentre outros equipamentos de segurança, conforto e comodidade.
Preços – Honda Civic 2018:
Sport MT: R$ 89.400,00
Sport CVT: R$ 96.400,00
EX CVT: R$ 99.900,00
EXL CVT: R$ 106.200,00
Touring CVT: R$ 124.900,00

12:27 · 21.12.2017 / atualizado às 12:27 · 21.12.2017 por

O Honda Insight Prototype fará sua estreia global durante o Salão Internacional do Automóvel de Detroit 2018, dia 15 de janeiro, como a antecipação do novo Honda Insight 2019 – um refinado e estiloso sedã de cinco lugares posicionado acima da gama Civic

 

Honda Insight protótipo

O novo Insight utiliza a última geração do inovador sistema híbrido de dois motores da Honda e será lançado no próximo verão norte-americano como o novo veículo eletrificado do lineup da marca.
“Com o seu estilo sofisticado, linhas dinâmicas, amplo espaço interno e a melhor performance da categoria, o novo Insight carrega consigo a abordagem da Honda de criar veículos elétrificados sem as típicas desvantagens destes sistemas”, explica Henio Arcangeli Jr. vice-presidente sênior de vendas e gerente geral da divisão Honda na American Honda Co., Inc. “Você não precisa ser um entusiasta da eletrificação para apreciar o novo Insight – é um ótimo carro por si só, independentemente do que ocorre embaixo do capô”.
Lançado em 1999, o Insight de primeira geração foi o primeiro veículo híbrido norte-americano, com um conjunto mecânico tecnológico, aerodinâmica otimizada e estrutura de alumínio de baixo peso. Como resultado, o Insight de duas portas foi, em seu lançamento, o veículo mais eficiente certificado pela EPA, com um consumo rodoviário de 70 milhas por galão (29,8 km/l). Foi também o primeiro veículo da marca a utilizar o sistema híbrido de Motor Assistente Integrado Honda (Integrated Motor Asssist – IMA).
A segunda geração do Insight foi lançada em 2009 como o híbrido mais acessível do mercado. Com cinco portas e espaço para cinco passageiros, a segunda geração do Insight oferecia espaço e utilidade ampliados, utilizando o sistema híbrido IMA.
O novo Insight 2019 trará uma nova abordagem com o estilo, conjunto, equipamentos e performance premium, desejada pela grande parte dos compradores – um carro híbrido sem nenhum comprometimento inerente. Diferente das duas primeiras gerações do Insight, o novo modelo será equipado com o sistema híbrido de dois motores da Honda, oferecendo economia de combustível competitiva se comparada a outros modelos híbridos compactos.
“No Salão Internacional de Detroit de 2017 nós anunciamos nossa Iniciativa de Eletrificação Honda, com a proposta de ter dois terços dos carros vendidos globalmente eletrificados até 2030”, diz Arcangeli. “Com o Insight sendo lançado em fim de 2018 como o quinto veículo eletrificado apresentado ao mercado desde o último ano, nós estamos demonstrando o nosso compromisso com esse objetivo”.
O Insight – que será produzido na planta de Greensburg, Indiana, junto do Civic e do CR-V – será parte da linha de veículos eletrificados Honda, composta pelo Clarity (Clarity Fuel Cell, Clarity Electric e Clarity Plug-in Hybrid) e o novo Accord Hybrid 2018, com lançamento nos Estados Unidos no começo do próximo ano.

BMW


O Salão de Detroit, nos Estados Unidos, servirá de plataforma para o lançamento mundial do novo BMW X2, o mais novo integrante da família BMW X, e que tem lançamento no Brasil confirmado para o primeiro semestre de 2018.

11:31 · 23.10.2017 / atualizado às 11:31 · 23.10.2017 por

Primeiro Civic Si turbo é mais ágil e traz a melhor dinâmica já oferecida no modelo
A Honda Automóveis do Brasil confirmou hoje a comercialização do novo Honda Civic Si no Brasil. O modelo será oferecido na versão cupê de duas portas, desenvolvida para os entusiastas do dia a dia. As vendas do modelo terão início em 2018.
“O Civic Si é o primeiro Si turbo e estabelece um novo patamar em termos de agilidade e de direção precisa”, explica Issao Mizoguchi, presidente da Honda Automóveis do Brasil. “Trata-se de um modelo que já tem uma tradição no Brasil e que possui uma legião de entusiastas apaixonados pela performance e pelo design esportivo que ele entrega. Essa nova geração eleva essas qualidades à um novo patamar e é muito aguardada pelos fãs brasileiros”.


Powertrain e chassis
Equipando o Civic Si, há o motor 1.5 turbo de alta performance e torque, com injeção direta, duplo comando de válvulas variáveis no cabeçote (Dual VTC) e quatro cilindros. Combinado com uma transmissão manual de seis velocidades – e engates curtos – esse conjunto proporciona uma nova experiência de direção, com torque abundante durante toda a faixa de rotação do motor. A potência máxima de 208 cv surge aos 1.300 rpm e o torque de 26,5 kgf.m aparece aos 2.300 rpm, e é mantido em 70% da faixa de rotação do motor.
Permitindo uma utilização plena da motorização, o Civic Si é significativamente mais leve que a antiga geração e traz carroceria mais rígida, incluindo componentes de chassi e de direção aprimorados. Essas melhorias incluem a direção elétrica de duplo pinhão adaptativa com relação variável, suspensão com acerto esportivo, amortecedores adaptativos e diferencial com deslizamento limitado. O Si traz ainda discos de freio de 12,3 polegadas na dianteira e largos pneus 235/40 R18.
Em complemento aos amortecedores adaptativos, a suspensão recebeu ainda molas mais firmes, barras estabilizadoras mais rígidas (30% a mais na dianteira e 60% a mais na traseira), buchas sólidas na dianteira e traseira, além de braços de controle ultra rígidos na dianteira, oriundos do Civic Type R.


Design e estilo esportivo
Para ampliar o quociente esportivo do Civic, os modelos Si trazem uma dianteira agressiva com friso frontal preto e largas tomadas de ar. Rodas de liga leve de 18 polegadas, com dez raios e acabamento exclusivo em dois tons, usam pneus de 235 mm, largos, de perfil baixo, além de escapamento central com formato poligonal e acabamento cromado. Na traseira, o cupê mantém a assinatura de design do modelo, com barra de LED horizontal e elevado aerofólio traseiro.
O interior do Civic Si traz exclusivos e envolventes bancos dianteiros esportivos, com costuras vermelhas e logotipos da versão. A costura vermelha dos bancos é replicada nas portas, volante e na coifa do câmbio, com alavanca em alumínio. Outros detalhes do interior são a iluminação vermelha do painel em TFT e dos comandos internos, os pedais em alumínio e o friso do painel de instrumentos com acabamento Dry Metal Carbon.


Conforto interno, conveniência e conectividade
O novo Civic Si traz alto conforto e equipamentos de conveniência, vindos de outras versões do Civic, que incluem:
•Freio de estacionamento eletrônico
•Travamento das portas por distância
•Ar condicionado digital de duas zonas
•Sensor de chuva
Para as necessidades modernas de conectividade, o novo Civic Si também traz um sistema multimídia de sete polegadas sensível ao toque, que controla todas as funções de áudio e é integrada aos sistemas Apple CarPlay e Android Auto, proporcionando uma conexão fácil do smartphone ao automóvel. O Si traz ainda sistema de áudio de 450 watts, com 10 alto-falantes.


Segurança
O Civic Si foi desenvolvido para proporcionar alto nível de segurança em diversos cenários. Isso é possível graças a sua visibilidade ampla, direção precisa, estável e previsível, além da alta performance dos freios. O sistema ABS, com distribuição eletrônica de frenagem, o VSA (controle de tração e estabilidade), além do exclusivo Agile Handling Assist garantem dirigibilidade máxima em diversas situações. O Civic Si alcançou o melhor resultado nos testes de colisão do NCAP, com cinco estrelas.

FICHA TÉCNICA

Motor: 1.5l turbo

Potência:  208 cv aos 1.300 rpm

Torque: 6,5 kgf.m aos 2.300 rpm

Câmbio: manual, 6 velocidades

Preço: não divulgado

15:03 · 22.08.2017 / atualizado às 15:03 · 22.08.2017 por

Empresa oferece 20 oportunidades para atuar nas cidades de São Paulo, Sumaré e Indaiatuba (SP)
Jovens universitários que buscam iniciar a vivência profissional em uma grande multinacional já estão diante da oportunidade de desenvolver uma carreira de sucesso. Estão abertas as inscrições para o Programa de Estágio Honda 2018, que irá oferecer 20 vagas de estágio para as unidades da empresa na cidade de São Paulo, Sumaré e Indaiatuba (SP).
Podem se candidatar às vagas, estudantes universitários do penúltimo ou último ano dos cursos de Administração, Publicidade e Propaganda, Marketing, Engenharias (Controle e Automação, Mecânica, Mecatrônica, Elétrica, Eletrônica, Produção, Aeroespacial, Sistemas e Automobilística), Ciências Econômicas, Ciências Contábeis, Ciência da Computação, Sistemas de Informação e Análise e desenvolvimento de Sistemas, todos com domínio da língua inglesa.
Além da participação de projetos e atividades da área, os estudantes selecionados passarão por uma grade específica de treinamentos e terão que desenvolver um projeto de melhoria na área atuante. Durante todo o processo, os estudantes serão acompanhados por gestores da área de Recursos Humanos.
As inscrições para o processo seletivo contam com o suporte da Cia de Talentos e podem ser feitas pelo site www.honda.com.br/jovenstalentos. A página traz todos os detalhes sobre o programa. Os interessados devem se candidatar até o dia 18 de setembro. Os aprovados iniciarão as atividades 8 de janeiro de 2018.

15:33 · 25.05.2017 / atualizado às 15:33 · 25.05.2017 por

A Honda Motor Co. fará uma exposição com foco no conceito de “Ecossistema de Mobilidade Cooperativa” em sua participação na CES Asia 2017, feira de tecnologia e eletrônicos, que acontece em Xangai, China, de 7 a 9 de junho

 

Com isso, a Honda irá acelerar ainda mais os seus esforços de inovação aberta que utilizam inteligência artificial, big data e tecnologias robóticas para melhorar a qualidade de vida das pessoas.
A variedade de itens em exibição no estande da Honda incluirá:
– Honda NeuV: um conceito de miniveículo elétrico automatizado, equipado com um mecanismo de inteligência artificial denominado “motor emocional”, que permite as máquinas gerarem artificialmente suas próprias emoções;
– Honda Riding Assist: uma motocicleta conceito autoequilibrável, que aplica uma tecnologia de controle de equilíbrio desenvolvida pela Honda por meio de pesquisas em robótica;
– UNI-CUBß: dispositivo de mobilidade pessoal equipado com um API (Interface de Programação de Aplicativos) compatível com ROS (sistema operacional de robô) que possibilita a operação remota do dispositivo;
– Conceito Safe Swarm: proposta da Honda para promover um fluxo de tráfego suave usando tecnologias de conectividade;
– LiB-AID E500: protótipo de um gerador de energia portátil equipado com uma bateria.
Em sua coletiva de imprensa, programada para o dia 7 de junho, a Honda ainda fará uma apresentação sobre como está imaginando o futuro e o direcionamento de seus esforços em inovação aberta nesse cenário.

Pesquisar

Blog do Automóvel

Blog da editoria Auto, do Diário do Nordeste, para coberturas em test drive, lançamentos de automóveis e salões e notícias sobre carros, motos e outros veículos.
Posts Recentes

12h10mNovo Camaro vai ser destaque no Salão do Automóvel de São Paulo 2018

11h10mAudi mostra sua linha de SUVs na Chapada dos Veadeiros, em Goiás

02h10mConfira detalhes do primeiro carro elétrico feito no Brasil

10h10mSalão do Automóvel de São Paulo com novo lote de ingressos disponível

10h10mSetor de locação foi responsável por 1 em cada 4 veículos emplacados no primeiro semestre de 2018

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs