Blog do Automóvel

Categoria: Honda


12:45 · 25.01.2011 / atualizado às 12:46 · 25.01.2011 por
Versão terá mesmo motor, mas não virá com som incluso, apenas preparação para instalação

A família do New Fit está maior. A Honda acaba de lançar a versão DX, que chega à rede de concessionárias com a proposta de ampliar o atendimento à categoria que mais cresce em território nacional. Para atingir o objetivo, o modelo é produzido com rodas de aço e calota com design inovador, mantendo o tamanho de 15’.

Design na traseira e na frente não mudou

Além disso, a escolha de rádio e de alto-falantes ficará sob a responsabilidade do cliente, que poderá adquirir livremente no mercado de acordo com suas necessidades. O modelo já vem preparado para instalação desse tipo de equipamento.

Lateral do Fit

A nova versão, assim como as versões LX e LXL, é desenvolvida com o propulsor de 1.4l e tem potência de 100 cv a 6.000 rpm, na utilização de gasolina, além de 101 cv a 6.000 rpm, quando for apenas álcool. O motor tem torque de 14,8 kgf.m a 4.800 rpm. Os preços públicos sugeridos com frete incluso (base Estado de São Paulo) são: R$ 51.805,00 (DX MT Flex); R$ 55.805,00 (DX (AT Flex).

Detalhe da nova roda
16:44 · 27.12.2010 / atualizado às 16:44 · 27.12.2010 por
Carro tem duas versões (motor 2.0 litros e V6) e preço variando de R$ 99 mil a R$ 144 mil

O sedan de luxo da Honda Automóveis está mais elegante. A linha 2011 do Honda Accord chega às concessionárias com algumas modificações externas, como a nova grade frontal cromada, o para-choque dianteiro remodelado, novo extensor de lanternas traseiras e um novo design nas rodas de liga leve na versão top de linha EX V6.

Motor VCM do Honda Accord

O modelo importado do Japão manteve a combinação  de três atributos tão vislumbrados pelo consumidor: elegância, luxo e alto desempenho. Uma série de detalhes reforça essa afirmação, como ar-condicionado Dual Zone, que permite que motorista e passageiro escolham temperaturas diferentes de forma independente, e bancos de couro com regulagem elétrica.

Detalhe da nova roda do Accord

A versão EX V6 é equipada com motor 3,5l de 278 cv, enquanto a versão EX 2.0 dispõe de 156 cv de potência. Isso sem contar alguns detalhes de segurança ativa e passiva, como o sistema ACE (Advanced Compatibility Engineering), uma tecnologia com estrutura frontal capaz de dissipar o impacto de uma colisão. Esse e outros itens aplicados fazem o Honda Accord ser um veículo de sucesso.

No Brasil, contabiliza mais de 16 mil unidades emplacadas entre 1992, início de sua importação, até o final do ano passado.  Vai concorrer com Ford Fusion, Toyota Camry, Hyundai Azera, dentre outros.

Traseira do sedan da Honda
11:50 · 08.10.2010 / atualizado às 11:50 · 08.10.2010 por

Honda Fit fez história ao atingir a expressiva marca de 3,5 milhões de unidades vendidas mundialmente. Somente no Japão, o modelo, que é conhecido como Honda Jazz em alguns países, chegou a 1,5 milhão de unidades comercializadas.

Hatch Fit faz sucesso no mundo

O resultado retrata um veículo moderno, confortável e dotado de elevada tecnologia. Apresentado oficialmente em 2001, ele está em sua segunda geração e é comercializado em 115 países. 

No Brasil já foram vendidas 300 mil unidades

No Brasil, o Honda Fit começou a ser produzido em 2003 e já superou a casa das 300 mil unidades emplacadas. O New Fit, como é chamada sua nova geração em território nacional, é considerado um dos veículos mais bem avaliados do setor automotivo.

Mas a linha Fit não para por aí. A Honda anunciou para outubro o início da produção de sua versão híbrida, o mais novo ecologicamente correto da marca. O veículo é equipado com o mesmo motor do Honda Insight, um propulsor a gasolina de 1.3l e outro elétrico. Na Europa, estará disponível para comercialização em 2011.

16:37 · 21.09.2010 / atualizado às 16:37 · 21.09.2010 por
Honda já vendeu mais de 40 mil unidades do City, desde seu lançamento

Com a chegada do Ford New Fiesta no mercado, a Honda contra ataca com uma nova versão do City, a DX, considerada sua versão de entrada. A diferença em comparação com as demais versões (LX, EX e EXL) é que será vendida sem sistema de som (rádio e alto-falantes) e a bandeja sob o assento traseiro. O motor é o mesmo das outras versões: i-VTEC Flex (Controle Eletrônico Variável de Sincronização e Abertura de Válvulas) de 1.5l está em todas as versões do City. Este propulsor gera 115 cv a 6.000 rpm, na utilização de gasolina, e 116 cv a 6.000 rpm, quando for apenas álcool. O motor possui torque de 14,8 kgf.m a 4.800 rpm. Ou seja, excelente potência e torque com baixo consumo de combustível. As versões possuem transmissão automática e manual, todas com cinco velocidades.

Detalhes

O carro mantém todos os atributos que o transformaram num dos mais emplacados em sua categoria. Seu habitáculo é amplo. Os bancos das versões DX, LX e EX são revestidos em tecido. Já a top de linha, a EXL, possui couro nos bancos.
Os preços públicos sugeridos com frete incluso (base Estado de São Paulo) são: R$ 55.420,00 (DX MT), R$ 59.300,00 (DX AT), R$ 57.420,00 (LX MT), R$ 61.300,00 (LX AT), R$ 62.975,00 (EX MT), R$ 66.855,00 (EX AT), R$ 66.780,00 (EXL MT) e R$ 72.625,00 (EXL AT).

Sedan médio da marca concorre com New Fiesta, Cerato, Linea, dentre outros

Ficha Técnica
Motor: 1.5 litros, flex
Potência: 115 cv (gasolina)/ 116 cv (álcool)
Porta-malas: 506 litros
Preço: R$ 55.420,00 (mecânico)/ R$ 59.300,00 (automático), preço base SP, sem frete incluso.

09:01 · 31.08.2010 / atualizado às 09:01 · 31.08.2010 por

A JATO Dynamics  revelou o desempenho das marcas em vendas mundiais nos primeiros sete meses deste ano.  A Toyota manteve a liderança em vendas no acumulado entre janeiro e julho de 2010, seguido pela Ford e Volkswagen. A Chevrolet obteve um aumento de 29,02% no período, mantendo a quarta colocação.

De janeiro a julho deste ano, a Toyota continua a ser a maior vendedoras de carros do mundo

Abaixo o ranking das 10 maiores, comparando janeiro a julho de 2009, com janeiro a julho de 2010 e sua variação percentual.

 10 Maiores Marcas Jan~Jul 2009 / Jan~Jul 2010/ Variação %

1ºTOYOTA           2.759.576  /          3.264.992 /          18,31%

2ºFORD           2.239.379        /    2.510.565      /     12,11%

3ºVOLKSWAGEN           2.267.684      /      2.488.397 /  9,73%

4ºCHEVROLET           1.576.126      /      2.033.484    /    29,02%

5ºHONDA           1.681.144        /    1.835.146          /        9,16%

6ºNISSAN           1.452.185       /     1.800.369 /        23,98%

7ºHYUNDAI           1.433.969     /       1.630.459      /   13,70%

8ºFIAT           1.165.319        /    1.107.528      /  -4,96%

9ºRENAULT              837.718    /           987.190   /   17,84%

10ºKIA              707.947         /      905.823    /   27,95%

Ford é a segunda maior do mundo; no Brasil está na quarta posição

A pesquisa contempla os seguintes países: África do Sul, Alemanha, Argentina, Austrália, Bélgica, Brasil, Canadá, China, Coreia do Sul, França, Espanha, EUA, Grã Bretanha, Holanda, Índia, Itália, Japão, Malásia, México, Rússia, Tailândia e Turquia e inclui carros e  comerciais leves.

Volkswagen: terceira no mundo, segunda no Brasil

“A Chevrolet mantém o crescimento acima da média e começa a ameaçar a Volkswagen, se continuar com este direcionamento estratégico cada vez mais voltado para o cliente, não vai surpreender se fechar o ano em 2º lugar”, analisou Luiz Carlos Augusto, diretor superintendente da Jato Dynamics do Brasil.

Até 2008 a Chevrolet era a maior do mundo; agora está em quarto lugar; no Brasil é a terceira em vendas

Vale lembrar que a Chevrolet está em amplo crescimento em vários mercados mundiais, inclusive no Brasil. O detalhe também é que a Fiat, lider no Brasil desde 2003, teve queda de sua participação global, o que deve melhorar após a compra de parte da  norte-americana Chrysler. Outra curiosidade: das 10 maiores, três são japonesas( Toyota/Honda/Nissan), duas são dos EUA  (Ford/Chevrolet), duas são coreanas (Kia/Hyundai), uma é alemã (Volkswagen), uma é francesa (Renault) e uma é italiana (Fiat).

20:53 · 10.07.2010 / atualizado às 20:53 · 10.07.2010 por

Os números do mercado brasileiro de motocicletas indicam um aumento de 13% nas vendas no segundo trimestre de 2010, em comparação com os três primeiros meses do ano. Os dados, divulgados pela Abraciclo (Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares), mostram que, de janeiro a março, o setor faturou para o mercado interno 410.095 unidades, contra 462.729 no período de abril a junho.

Sai da frente! Vendas de motos estão aquecidas

No acumulado do ano, 2010 teve 11% a mais de vendas no atacado do que em 2009, já que nesses seis primeiros meses foram comercializadas 872.824 unidades, contra 788.626 do ano anterior. Apesar dos números gerais positivos, o mês de junho apresentou vendas 16% menores do que as registradas em maio, e apenas 1% acima dos dados do mesmo mês de 2009.

Final de 2008 e 2009: setor pegou carona com a crise; em 2010 está em ampla recuperação

O setor vem se recuperando das quedas sofridas no ano passado, mas é uma evolução gradativa. “Ainda sentimos muitos reflexos causados pela rigidez e dificuldade na liberação de financiamentos, que permanecem, mas acreditamos que o  reaquecimento do mercado será constante e que teremos um segundo semestre promissor”, afirma Jaime Teruo Matsui, presidente da Abraciclo.

Nordeste é um dos melhores mercados para as motos; o Ceará é um dos três que mais compram no País

A produção de motocicletas também apresentou resultados gerais positivos. No comparativo  entre o primeiro e o segundo trimestre deste ano, as fábricas produziram 15% a  mais neste segundo período, sendo 402.083 unidades de janeiro a março e 461.478 de abril a junho. No acumulado do ano a alta foi de 18,1% sobre os primeiros seis meses de 2009. “Os fabricantes estão confiantes e investindo fortemente no setor. Esse primeiro semestre marcou recorde histórico de investimento do setor duas rodas”, adianta Matsui.

Detalhe da fábrica da Honda, em Manaus, Amazonas

Como ocorrido com as vendas no atacado, no comparativo com o mês anterior o desempenho de junho foi negativo. Foram fabricadas 142.556 motocicletas, ante 167.850 em maio; uma baixa de 15%. Já as exportações; as mais afetadas pela crise de 2009 ; seguem em leve recuperação.  O segundo trimestre registrou aumento de 7,3% nas comercializações para o mercado externo, em comparação com os primeiros três meses do ano: 16.272 unidades contra 15.158.

Honda CB600 Hornet

No comparativo entre os primeiros semestres de 2009 e 2010, alta de 10,1%, com 31.430 motocicletas exportadas da janeiro a junho deste ano, ante 28.539 do ano anterior. Na evolução mês a mês, junho registrou 5953 vendas, 18,8% a mais do que o apontado em maio.

10:34 · 08.04.2010 / atualizado às 10:34 · 08.04.2010 por
Sedan de luxo da Honda é importado do Japão

A linha 2010 do Honda Accord está nas concessionárias com uma novidade: o sedan terá a versão EX 2.0, que substituirá a LX. É mais equipada que a anterior e se soma à já conhecida EX V6, top de linha da oitava geração do veículo.

Carro concorre com Ford Fusion e Hyundai Azera

A nova versão terá ar-condicionado Dual Zone, que permite que motorista e passageiro escolham temperaturas diferentes de forma independente, painel black-out com indicador de temperatura externa, e um sistema de som, de última geração, com 160 watts –radio AM/FM e CD Changer 6 discos MP3/WMA com sistema RDS (Radio Data System) — sistema de transmissão de dados em formato digital que exibe no display diversas informações ao usuário, como tipo de  programação, nome da música– e tomada auxiliar P2 para MP3 Player no console central.

Interior luxuoso e tecnológico

A versão EX V6 é equipada com motor 3,5l, i-VTEC 24V (SOHC), de comando simples no cabeçote (SOHC). Alcança uma potência de 278 cv a 6.200 rpm e 34,6 kgfm de torque a 5.000 rpm,. Já a nova versão EX 2.0 possui propulsor 2,0l, i-VTEC 16V (SOHC). Tem 156 cv de potência a 6.300 rpm, além de 19 kgfm de torque a 4.300 rpm. A transmissão automática de cinco velocidades com Shift Hold Control detecta automaticamente as condições de condução e seleciona as marchas adequadamente, proporcionando transições muito mais suaves. Preço do V6: R$ 144 mil; já o 4 cilindros R$ 99 mil, na concessionária cearense Nova Luz.

11:57 · 31.12.2009 / atualizado às 11:57 · 31.12.2009 por
O super esportivo Impreza, da Subaru, marca que chega a Fortaleza no primeiro semestre de 2010
Nada foi confirmado oficialmente, mas a Audi deve ter nova concessinária cearense até junho
Este é o Tiggo, da chinesa Chery; esta marca já está confirmada e a revenda com terreno comprado; previsão de inauguração em março

Em terras cearenses, 2010 já começou, e muita expectativa em torno da chegada de outras competidoras no mercado local. Algumas consagradas, outras estreantes. Confirmadas as vindas da japonesa Subaru, a chinesa Chery e a alemã Audi. A Chery e a Subaru já estão com terrenos comprados para instalar suas concessionárias. A Audi faz mistério e deve estrear de novo por aqui no primeiro semestre. A francesa Citroen acaba de inaugurar outra Paris Car, desta vez no bairro Água Fria, na Avenida Washington Soares. A MBI Motors, da BMW, já confirmou a compra de um grande terreno, onde vai aumentar seu show room, sua oficina e funilaria. Outra Honda automóveis será instalada e a concessionária vem de um grupo pernambucano, a Queiroz Galvão, também dona da Silcar. Os próximos passos do mercado você encontra aqui, no Blog mais bem informado do Nordeste.

22:13 · 10.12.2009 / atualizado às 22:13 · 10.12.2009 por
Visual agressivo, compacto e ideal para a vida urbana, veículo conceito da Honda foi apresentado nos EUA
Visual agressivo, compacto e ideal para a vida urbana, veículo conceito da Honda foi apresentado nos EUA
No cockpit o condutor fica no centro do veículo, e os passageiros atrás; repare no volante: parece um manche de avião!
No cockpit o condutor fica no centro do veículo, e os passageiros atrás; repare no volante: parece um manche de avião!

A Honda aproveitou o Salão de Los Angeles (EUA), que ocorre até dia 13 de dezembro, para apresentar mais uma inovação tecnológica. Trata-se do novo carro-conceito P-NUT (Personal Neo Urban Transport), que significa em português “novo transporte urbano pessoal”.

Futurista

Seguindo o conceito “cupê ultracompacto”, o P-NUT recebe um design futurista e um amplo habitáculo, lembrando até um sedan médio. Com 3,40 metros de comprimento e 1,75 metros de largura, o veículo conta com espaço para três pessoas, além de ser cercado por vidros emformas angulares.

Condutor

Na cabine, o motorista fica no centro do veículo e os outros dois ocupantes em bancos isolados na parte traseira. Além disso, o porta-malas pode ser ampliado com o rebatimento de um ou dois bancos.O compartimento do motor do veículo fica localizado na parte traseira e foi projetado para acomodar uma ampla variedade de tecnologias.

Motor

É possível incluir um motor de combustão convencional, ou um propulsor híbrido ou apenas utilizar uma bateria elétrica. Recebe ainda uma pequena câmera na traseira, que reproduz as imagens no retrovisor e auxilia no momento de estacionar. Este carro não tem previsão de fabricação comercial e deve estar no próximo Salão do Automóvel de São Paulo, que acontecerá de 28 de outubro a 07 de novembro de 2010.

Pesquisar

Blog do Automóvel

Blog da editoria Auto, do Diário do Nordeste, para coberturas em test drive, lançamentos de automóveis e salões e notícias sobre carros, motos e outros veículos.
Posts Recentes

12h10mNovo Camaro vai ser destaque no Salão do Automóvel de São Paulo 2018

11h10mAudi mostra sua linha de SUVs na Chapada dos Veadeiros, em Goiás

02h10mConfira detalhes do primeiro carro elétrico feito no Brasil

10h10mSalão do Automóvel de São Paulo com novo lote de ingressos disponível

10h10mSetor de locação foi responsável por 1 em cada 4 veículos emplacados no primeiro semestre de 2018

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs