Blog do Automóvel

Categoria: JAC


11:22 · 08.05.2015 / atualizado às 11:22 · 08.05.2015 por

2Os utilitários esportivos, cada vez mais, estão invadindo o mercado automotivo. Somente nos dois últimos meses foram seis lançamentos envolvendo modelos com um apelo fora de estrada, como o Honda HR-V, Suzuki S-Cross, Peugeot 2008, Jeep Renegade, Renault Duster e Jac T6. Além disso, há ainda no mercado outros representantes fortes no segmento, como o Ford EcoSport. Diante desse cenário, veja um pouco de cada um deles antes de escolher qual o seu próximo SUV.

Mas, o Guia Automotivo tem muito mais, como um passeio a bordo de um ônibus para conhecer pontos turísticos de Fortaleza, inclusive o Museu do Transporte, o qual mostra curiosidades e a evolução nos meios de transporte na capital. Tem ainda “Meu carro, minha vida” com um músico da banda Os Transacionais sobre sua paixão enferrujada, a sua queda por carros antigos. E tem os carros da polícia dos Estados Unidos,  a versão Savana da L200 e os 35 anos do Gol.

É neste sábado, amanhã, às 10h30 na TV Diário.

11162211_855112454550570_4602899165502338148_n

13:00 · 17.04.2015 / atualizado às 13:00 · 17.04.2015 por

111

Cada vez mais esquenta a briga no segmento de SUVs com várias estreias: Honda HR-V, Jeep Renegade, Peugeot 2008 e o Renault Duster de cara nova. O que ocorre é que os chineses da JAC Motors apresentaram um concorrente para esse mercado, o JAC T6, que custa R$ 69.990 em sua configuração única, mas chega a R$ 75.670 com todos os opcionais.

Do lado mecânico, o T6 tem motor 2.0 flex de 160 cv com etanol e 155 cv com gasolina. O torque é de 20,6 kgfm e 20 kgfm respectivamente. Por enquanto, como tem sido uma constante nos carros da JAC, a única opção de câmbio para o SUV é uma caixa manual de seis velocidades, enquanto a tração é só dianteira.
jac-t6-02

Mas é nas medidas, além do preço, que o JAC tem seus maiores (literalmente) trunfos. São 4,5 m de comprimento, 1,8 m de largura, 1,7 m de altura e 2,6 m de entre-eixos. O porta-malas abriga nada menos que 610 litros de bagagens. O contraponto? É um dos mais pesados de todos os SUVs citados, com 1.505 kg.
37

A JAC quer abocanhar 1% do mercado de SUVs em 2015 com T6. O que nas contas da marca dão 3.600 unidades comercializadas ainda neste ano, sendo que 90% das vendas devem se concentrar no modelo mais caro. O JAC T6 chamou todo mundo para a briga e não é só pressão: custa o equivalente aos SUVs menores em configuração intermediária, tem mais equipamentos de série e seu tamanho é de utilitário, mas não compacto.

08:43 · 06.11.2014 / atualizado às 08:51 · 06.11.2014 por

Quatro marcas estão presentes com muitos lançamentos e muitas atrações em seus estandes no Salão Internacional do Automóveis de São Paulo. Confira um resumo do que cada uma delas reservou para o evento, que tem seu último dia neste domingo (9).

Chery

Celer
Celer

Na corrida entre as chineses, a Chery cruzou a linha de chegada e expõe no Salão como a primeira e única montadora da China com fábrica no País. Instalada no Vale do Paraíba, em Jacareí (SP), o complexo industrial da Chery no Brasil recebeu investimento de mais de R$ 1 bilhão. São duas fábricas, uma de automóveis e outra de motores, além de pista de testes e de um Centro de Pesquisa & Desenvolvimento, que deve começar suas operações em três anos.

QQ
QQ

Aproveitando a ocasião do evento, a marca promove o pré-lançamento das novas versões dos modelos Celer e QQ, que serão nacionais a partir de 2015. No primeiro momento, o Celer chega sozinho, com produção em dezembro e no início do ano chega nas concessionárias.No segundo semestre, é a vez do QQ. No início do ano ele continuará sendo importado.

Além dos futuros nacionais da marca, estiveram presente toda a linha comercializada atualmente, inclusive a versão anterior do QQ. Há ainda três modelos que representam a nova geração da Chery no Brasil, a partir de 2016: o sedan Arrizo 7, o Tiggo 5 (futura geração do SUV) e o carro conceito Alfa.

Tiggo 5
Tiggo 5

O primeiro é comercializado na China desde o início de 2014 e é equipado do motor 1.6 com possibilidade de transmissão manual de cinco velocidades ou CVT. Ele ainda não tem previsão de chegar ao mercado nacional. O segundo, o Tiggo 5, é impulsionado pela motorização 2.0, alimentado por um sistema de injeção multiponto digital que desenvolve 140cv de potência. O câmbio pode ser manual ou CVT. Já o último, comentado anteriormente no Blog do Automóvel, a expectativa é que realmente torne-se um automóvel produzido e vendido. A expectativa é que em dois anos entre na linha de produção.

“Esse carro conceito mostra a cara da nova Chery, a busca pela internacionalização, por oferecer modelos cada vez mais universais, modernos, sem deixar de lado a qualidade. Estamos iniciando uma nova era na China que em pouco tempo deve se espalhar para toda a Chery no mundo”, declara Sérgio Loureiro, diretor de designer da marca.

Lifan

Lifan 820
Lifan 820

Como dito anteriormente, o x50 e o 820 foram os destaques no estande. O primeiro com motor 1.5, desenvolve 103 cv de potência máxima e torque de 13,6 Kgfm. O câmbio é manual de cinco velocidades, os freios são a disco nas quatro rodas e os pneus são aro 15. A capacidade do porta-malas é de 570 litros e o tanque suporta 42 litros.

Já o segundo, o sedan médio, vem equipado com motor 4 cilindros VVT 2.4 que desenvolve 160 cv de potência máxima e torque de 22,5 Kgfm. A transmissão é automática de seis velocidades. Em termos de capacidade, o porta-malas aguenta 510 litros e o tanque tem espaço para 63 litros.

Esta foi uma das versões do Foison apresentadas no Salão: o Food Truck
Esta foi uma das versões do Foison apresentadas no Salão: o Food Truck

No mesmo espaço também estava os velhos conhecidos da Lifan: o SUV X60, o minitruck Foison e o recém lançado sedan compacto 530. Para quem não conhece ainda, os carros que abastecem o Brasil vem direto da sua fábrica no Uruguai, o qual tem capacidade para produzir até 20 mil veículos por ano. A Lifan Motors conta hoje no Brasil com 42 concessionárias e terá até dezembro de 2014 60 lojas operando em todo o Brasil.A meta da empresa para este ano é vender 6.000 carros e em 2015 chegar a 12.000 unidades.

Jac

J6
J6

Logo na entrada é possível ver o grande estande da marca. No local é possível ver quatro lançamentos praticamente imediatos (T6, novo J5, J2 Jet Flex e J6 Jet Flex), mais uma novidade anunciada para meados de 2015 (T5) e a proposta da marca para motorização totalmente livre de emissões, por intermédio de propulsão elétrica (IEV – Intelligent Electric Vehicle).

Primeiro vamos aos lançamentos. O T6, primeiro SUV da marca será lançado comercialmente em novembro. O seu preço será de R$ 69.990. O motor é o 2.0 16V VVT Jet Flex, que funciona com gasolina e etanol. Esse propulsor gera 155 cv e 160 cv, respectivamente, ambos a 6.000 rpm. O novo integrante da família possui porta-malas de 610 litros de capacidade, que ainda permite expansão com o rebatimento do banco bipartido traseiro.

J6
T6

O J5 passou por uma reestilização. Foi um face-lift na frente e na traseira, novos revestimentos internos e ganhou um painel de instrumentos diferente. O motor continua com o 1.5 16V VVT de 125 cv de potência a 6.000 rpm, que é equipado  com câmbio manual de 5 marchas. O propulsor faz com que o J5 acelere de 0 a 100 km/h em 11,8 segundos e atinja uma velocidade máxima de 188 km/h.

J5
J5

Quanto ao J2 , chega em nova motorização, com 1.4 litros Jet Flex. Na nova configuração tem 110 cv de potência quando abastecido com gasolina e 113 cv com etanol. Com 915kg, a sua relação peso/potência é de 8,1 kg/cv. Já o J6, diferentemente do J2, que apenas recebeu o pacote Jet Flex, ele vem com um motor inteiramente novo. Além do sistema bicombustível, também passa a adotar o VVT (comando variável), melhorando seu torque em baixas e médias rotações, além de maximizar a potência nos altos regimes. Houve um ganho de 19 cv em relação ao modelo 2014 somente a gasolina.

J2
J2

No caso da grande novidade, está o T5, utilitário-esportivo premium de porte compacto. Ele vai adotar motor 1.5 16V VVT Jet Flex de 127 cv com etanol e 125 cv na gasolina. Ele é o mesmo que já é utilizado no J3 S 1.5 Jet Flex. Esse modelo será o primeiro JAC Motors a receber câmbio automático no mercado brasileiro, com uma caixa CVT. A sua chegada está prevista para meados de 2015.

T5
T5

Geely

EX7
EX7

A novata não fez feio em sua estreia. Em um estande de 1.210m², a Geely expõe onze carros dos modelos EC7, sedã e hatch, o compacto GC2, GX2 (versão off-road do compacto), o SUV EX7 e um carro conceito.Além dos quatro modelos, todos em sua segunda geração, e do carro conceito, a Geely pretende mostrar como a montadora começou em 1997 e, um ano depois, já liberava seu primeiro modelo, o Haoqing SRV, da linha de montagem e, dois anos depois, em 2000, o segundo modelo, o Geely Meiri. E, como a partir de 2009, fez uma série de aquisições estratégicas para conseguir, em curto espaço de tempo, o domínio do conhecimento automotivo.

GC2
GC2

Para o mercado, os atuais dois modelos da Geely Motors – o EC7 GS e o GC2 GL – em comercialização vão ter a companhia de mais dois novos produtos em 2015: o EC7 RV (hatch) e o sedã EC7 com transmissão automática CVT. Em 2016, o GC2 flexfuel. Os seus preços serão definidos somente na ocasião de seus lançamentos.

O Geely EC7 RV traz novidades em relação ao sedã EC7 GS: vem com motor de 1.8 litros, 16 válvulas, cuja potência é de 130,5 cv a 6.100 rpm (com gasolina) e torque máximo de 17,2 Kgfm a 4.400rpm. O câmbio é automático CVT de seis velocidades e também com modo sequencial de troca de marchas.

Já o GX2, O motor é 1.5 litros, que desenvolve 102 cv a 5.800 rpm (gasolina) e 104 cv a 5.800 rpm (etanol), com torque máximo de 13,1 Kgfm a 2.800 rpm.

EC7 Hatch / GX2
EC7 Hatch / GX2
15:02 · 05.11.2014 / atualizado às 15:09 · 06.11.2014 por

A JAC Motors aproveitou o Salão do Automóvel para mostrar que quer entrar de vez na briga no segmento dos utilitários-esportivos. Além do lançamento do T6, a marca vai exibir sua maior aposta para o mercado brasileiro em 2015: o T5. Batizado de S3 no mercado chinês, ele receberá, no Brasil, a designação “T”, que já é usada em outros utilitários da empresa, como o T8 e o T6.

T5

Assim como todos os carros lançados pela JAC Motors até hoje no Brasil, o T5 rodará cerca de 1 milhão de quilômetros e passará por todos os ajustes e as alterações necessárias para conquistar a preferência do consumidor brasileiro. Os testes de durabilidade serão iniciados logo após o Salão do Automóvel.

“Apostamos muito no sucesso do T5. Além do design, ele deverá se diferenciar em sua categoria pela extensa lista de equipamentos de série. E mais do que isso: o T5 será o primeiro JAC vendido no Brasil com opção do câmbio automático”, explica Sergio Habib, presidente da JAC Motors.

SUV T5 tem o nome de S3 na China
SUV T5 tem o nome de S3 na China

Com 4,325 metros de comprimento e 2,56 m de distância entre-eixos, o T5 será posicionado no segmento de entrada dos SUV´s, fortemente ocupado por modelos fabricados no Brasil.  O motor será o já conhecido 1.5 16V VVT JetFlex – usado no J3 S 1.5 e no J3 Turin S –, que possui 125/127 cv.

13:11 · 09.10.2014 / atualizado às 13:11 · 09.10.2014 por

Captura de tela inteira 9102014 130048

O primeiro carro brasileiro da Jac já tem data certa para estrear: primeiro trimestre de 2016. Para isso, no próximo mês tem-se início as obras civis da planta da fábrica em Camaçari. A liberação de um financiamento de R$ 120 milhões do Desenbahia, órgão estadual de fomento, divulgada no início de setembro, permitiu a definição do novo cronograma.

Quando concluída, a planta terá capacidade de 100 mil carros de passeio em dois turnos de produção. Além disso, o Complexo vai abrigar centros de pesquisa e desenvolvimento, pista de testes, além das tradicionais etapas de produção de automóveis, como estamparia, pintura e montagem final. O investimento total é de R$ 1 bilhão.

10:11 · 21.04.2013 / atualizado às 10:11 · 21.04.2013 por

A Auto Xanghai 2013, na China, abriu suas portas neste domingo (21/04). Centenas de novidades que inundarão o mercado internacional estão presentes. No estande de uma das anfitriãs, JAC Motors, essas novidades totalizam uma dezena. A marca aproveitou a mostra internacional para apresentar sua visão de futuro para o mercado mundial de veículos. Praticamente não há modelos produzidos em série, e sim apenas novidades, o que torna o estande da JAC Motors um dos mais concorridos do Salão.

JAC
Para o presidente da JAC Motors Brasil, Sergio Habib, homenageado na Convenção Anual 2013, ocorrida na sede da empresa, em Hefei, dois dias antes, como “Importador do Ano 2012”, a velocidade com que a JAC Motors vem empreendendo novas soluções e preenchendo lacunas de mercado tende a torná-la brevemente uma montadora de expressão mundial.
“A quantidade de lançamentos feitos pela JAC Motors em Xanghai é incomum. Ninguém tem esse fôlego para apresentar cinco lançamentos e três carros-conceito, além dos dois facelifts. Isso prova que a marca, à medida que amplia seus quadros de Pesquisa e Desenvolvimento, que já passa de 5 mil engenheiros, quer mesmo alçar vôos ainda mais altos no cenário internacional. Dentro de um ano e meio, quando nossa unidade industrial estiver operando no Brasil, nosso time local de engenheiros manterá uma estreita parceria no desenvolvimento de novas tecnologias com o time chinês”, afirma Habib.
S5 – Lançado há cerca de um mês no mercado chinês, o novo utilitário-esportivo da marca já traz duas novidades em Xanghai. Além da versão de produção em série, equipada com motor a gasolina, 2.0 turbo, de 177 cv e 27 kgfm de torque máximo, e câmbio manual de seis marchas, que já registra mais de 5 mil unidades vendidas em poucas semanas, o S5 apresenta ao público uma nova versão de motorização: 1.5 GDI, turbo e injeção direta, que desenvolve 163 cv e 25,6 kgfm. Essa versão deverá entrar em produção no próximo ano. A outra novidade é a transmissão automática de seis velocidades, também prometida para 2014. Para o Brasil, a JAC Motors prevê a comercialização do S5 apenas em 2014, em versão ainda indefinida.
T8 – Batizada de Refine no mercado chinês, a T8, que chega ao Brasil em outubro deste ano, está mostrando em Xanghai um elenco de três novidades: um motor turbodiesel 1.9 CTI (139 cv e 29,1 kgfm) e uma versão automática de cinco marchas para a versão 2.0 Turbo a gasolina de série. Além disso, a JAC M6 é uma nova leitura de design do segmento de vans, extremamente competitivo e no qual a marca é líder no mercado chinês. A M6 recebe linhas sinuosas e um vistoso pacote estético que a aproxima do facefamily da JAC Motors, com um interior ainda mais luxuoso e capacidade para sete passageiros.
Os sedãs A20 e A30 prometem roubar a cena nos próximos anos no mercado chinês. O primeiro deles deverá, a partir de 2015, ser o sucessor natural do J3 Turin, que, por sua vez, junto com o J6, estreiam versões reestilizadas em Auto Xanghai 2013. Com a mesma motorização da atual família de compactos da JAC, o A20 ganha 90 mm no entreeixos, passando a 2.490 mm, além de 85 mm no comprimento (terá o total de 4.275 mm). Já o A30 começará a ser produzido na China no segundo semestre deste ano e, no Brasil, chegará no final de 2014 com o nome de J4.
Também baseado nessa plataforma, o S30 é um SUV de porte compacto, ainda sem previsão de início de produção. Equipado com o motor 1.5, igual ao do J5, que desenvolve 127 cv de potência, a novidade mecânica desse utilitário esportivo, além do design chamativo e alinhado à tendência futura de linhas orgânicas da marca, é a transmissão automática CVT.
Já o J5 com motor 1.8 e transmissão automática e o J3 Cross, também exibidos no Auto Xanghai 2013, não têm previsão de comercialização no mercado brasileiro.

17:02 · 30.07.2012 / atualizado às 17:09 · 30.07.2012 por

Notícia postada no Site G1 informa que a Jac Motors teria cancelado a implantação de sua fábrica de R$ 900 milhões no Polo de Camaçari, na Bahia. Segundo a assessoria de imprensa da empresa,o aumento de 30 pontos percentuais no Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para carros importados e a alta do dólar tornaram a construção inviável. Além disso, a marca chinesa cobra uma definição do governo brasileiro sobre o novo regime automotivo, que traria descontos para empresas que desejam se instalar no país.

O projeto ainda estava em fase inicial, com o início da terraplanagem previsto para setembro. Evento da marca já havia colocado a  “pedra fundamental” para início das obras, com a presença em peso da imprensa nacional. Por enquanto o Governo Federal ainda não se pronunciou sobre o assunto.

A outra marca chinesa com projeto de fábrica no Brasil, a Chery, mantém o investimento, e deve começar sua linha de montagem em Jacareí, São Paulo, no primeiro semestre de 2013.

11:05 · 19.03.2012 / atualizado às 11:14 · 19.03.2012 por

As marcas chinesas são abusadas no bom sentido. Sem medo da concorrência, a JAC Motors está lançando em Salvador (Bahia) para a imprensa nacional o sedan J5. Vai concorrer com Civic e Corolla a um preço em torno de R$ 54 mil. Desenhado na Itália, possui câmbio manual com 5 velocidades. Esse sedan médio tem 4,59 m de comprimento por 1,76 de largura com porta malas de 460 litros. Ele virá completo de série. Airbag duplo, ar-condicionado automático, CD player com MP3 e conexão USB com opção de DVD, seis alto falantes de alta qualidade, direção hidráulica, suspensão traseira independente, rodas de liga leve de 16 polegadas, volante revestido de couro, freios ABS, faróis de neblina, regulagem elétrica de altura nos faróis, sensor de estacionamento, portas com luzes de segurança e alarme antifurto. Aguardem mais detalhes nos próximos posts.

17:10 · 29.02.2012 / atualizado às 17:11 · 29.02.2012 por
Sedan vai ter adaptações para o mercado brasileiro

Sedan J5 da JAC Motors já está nas concessionárias da marca. Mas o modelo não é o que será vendido no Brasil. A versão brasileira terá interior preto, com detalhes em “black piano” e bancos pretos, inclusive com opção de couro preto. A versão que está na revenda de Fortaleza tem interior bege e bancos de couro na mesma cor. Lá estão duas unidades. Lançamento oficial será dia 17 de março, em Salvador, na Bahia, quando também do evento da Pedra Fundamental da fábrica da JAC Motors em Camaçari (BA).

14:16 · 17.02.2012 / atualizado às 14:16 · 17.02.2012 por

Confirmado: dia 18 de março será o evento de pedra fundamental da fábrica da JAC Motors na Bahia. Novo carro J5 será revelado para a imprensa nacional no mesmo dia! Outra novidade: concessionária de Fortaleza, que já está bombando em vendas inaugura oficialmente dia 29 de março, já com o novo J5 à venda. Passem adiante!

 
Pesquisar

Blog do Automóvel

Blog da editoria Auto, do Diário do Nordeste, para coberturas em test drive, lançamentos de automóveis e salões e notícias sobre carros, motos e outros veículos.
Posts Recentes

12h10mNovo Camaro vai ser destaque no Salão do Automóvel de São Paulo 2018

11h10mAudi mostra sua linha de SUVs na Chapada dos Veadeiros, em Goiás

02h10mConfira detalhes do primeiro carro elétrico feito no Brasil

10h10mSalão do Automóvel de São Paulo com novo lote de ingressos disponível

10h10mSetor de locação foi responsável por 1 em cada 4 veículos emplacados no primeiro semestre de 2018

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs