Blog do Automóvel

Categoria: Mercedes-Benz


11:40 · 11.10.2018 / atualizado às 11:41 · 11.10.2018 por

O Mercedes Classe C recebeu uma série de mudanças na linha 2019. Montado em Iracemápolis (SP), o sedan estará nas concessionárias em novembro em quatro versões, com preços entre R$ 187,9 mil e R$ 259,9 mil. A maior novidade é o C200 EQ Boost, de R$ 228,9 mil. Ele é equipado com um motor 1.5 turbo a gasolina que produz até 197 cavalos. Destes, 14 cv são fornecidos pelo alternador

Chamado BSG (do inglês Belt-driven Start Generator), esse sistema engenhoso faz com que o alternador armazene energia na bateria convencional de 12 volts (como fazem os alternadores comuns) e também em outro acumulador de 48 V durante desacelerações e frenagens. Quando é preciso ele devolve essa eletricidade em forma de força extra durante acelerações ou para ajudar a manter o carro em movimento. A tecnologia resulta em redução de consumo até 10%, segundo a montadora.

Essa característica fez com que o C200 EQ Boost fosse classificado como híbrido pelo governo, o que elevou seu IPI de 13% para 19% e resultou em um preço final cerca de R$ 10 mil mais alto. As versões C 180 Avantgarde e Exclusive mantiveram o motor flex 1.6 turbo, que produz 156 cavalos. No C 300 Sport, o 2.0 turbo passou de 245 para 258 cavalos. A linha 2019 é uma atualização da quinta geração do Classe C, que no Brasil representa 39% das vendas de automóveis Mercedes-Benz

Desde a versão C 180 Avantgarde, de entrada, o Classe C 2019 traz sistema ativo de frenagem, que ajuda a evitar impactos e acidentes em caso de distração do motorista. O câmbio automático tem nove velocidades e aletas para troca de marcha atrás do volante. Controles eletrônicos de estabilidade e tração, assistente de partida em rampa, volante multifuncional com novos comandos sensíveis ao toque e novo sistema multimídia com integração para Waze também estão no Avantgarde 2019.

A versão C180 Exclusive custa R$ 188,9 mil, apenas R$ 1 mil a mais que a Avantgarde. As principais diferenças estão na grade dianteira, que também oculta o radar, mas é inteiriça e substitui a grande estrela central por outa menor sobre sua moldura. Por dentro, o acabamento interno preto brilhante dá lugar à madeira. No C 300, além do motor mais potente, a Mercedes adotou novas rodas de cinco raios com fundo preto. O console central usa madeira preta e a grade tem acabamento com detalhes cromados.

 

Do lado de fora é fácil perceber a troca dos faróis, agora totalmente por LEDs. Em vez de canhões de luz ou parábolas há oito pequenos projetores, que direcionam a iluminação somente para onde ela realmente deve chegar.

O para-choque dianteiro também mudou. Outra alteração ocorreu na estrela do centro da grade. Ela era vazada, mas teve as aberturas fechadas para proteger o radar utilizado em conjunto com uma câmera no para-brisa em sistemas de segurança.

Desde a versão C 180 Avantgarde, de entrada, o Classe C 2019 traz sistema ativo de frenagem, que ajuda a evitar impactos e acidentes em caso de distração do motorista. O câmbio automático tem nove velocidades e aletas para troca de marcha atrás do volante. Controles eletrônicos de estabilidade e tração, assistente de partida em rampa, volante multifuncional com novos comandos sensíveis ao toque e novo sistema multimídia com integração para Waze também estão no Avantgarde 2019.

A versão C180 Exclusive custa R$ 188,9 mil, apenas R$ 1 mil a mais que a Avantgarde. As principais diferenças estão na grade dianteira, que também oculta o radar, mas é inteiriça e substitui a grande estrela central por outa menor sobre sua moldura. Por dentro, o acabamento interno preto brilhante dá lugar à madeira. No C 300, além do motor mais potente, a Mercedes adotou novas rodas de cinco raios com fundo preto. O console central usa madeira preta e a grade tem acabamento com detalhes cromados.

A Mercedes ainda não revela quando, mas é certo que o novo motor 1.5 será estendido a outros modelos em pouco tempo. É provável que algum anúncio desse tipo ocorra no Salão do Automóvel (de 8 a 18 de novembro no São Paulo Expo). A introdução da tecnologia flex no novo propulsor também é aguardada. A fábrica de Iracemápolis trabalha em um turno e monta tanto o Classe C como o GLA (utilitário esportivo). Os dois são fabricados no interior paulista, cada um em quatro versões. A unidade abastece apenas o mercado interno. O gerente senior de vendas da Mercedes, Dirlei Dias, afirma que não há planos atuais de exportar a partir dali, mas garante que a fábrica é moderna e flexível o bastante para atender eventuais demandas desse tipo.

 

13:13 · 26.09.2018 / atualizado às 13:14 · 26.09.2018 por
Referência de mercado em qualidade, conforto e agilidade, bem como em tecnologia e segurança, as vans de passageiros da Linha Sprinter ganham destaque na ABAV Expo Internacional de Turismo 2018, maior e mais importante feira do setor na América Latina
A 46ª edição do tradicional evento da Associação Brasileira de Agências de Viagens (ABAV) será realizada, entre 26 e 28 de setembro, no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo, capital.
No estande da Mercedes-Benz estará exposta a van Sprinter 415 CDI versão 15+1 (15 poltronas para passageiros, mais o banco do motorista). O portfólio da marca é formado pelos modelos 415 CDI (versões 9+1 e 15+1, com Teto Baixo ou Teto Alto) e 515 CDI (versões 17+1 e 20+1, Teto Alto), aumentando as opções de escolha para os clientes que atuam no setor de turismo, como no transporte executivo, VIP, fretamento, urbano e escolar.
“A Linha Sprinter também é reconhecida no mercado pelo reduzido custo operacional, assegurando a rentabilidade desejada pelo cliente”, afirma Jefferson Ferrarez, diretor de Vendas e Marketing Vans da Mercedes-Benz do Brasil. “Também é destaque pelo excelente custo/benefício e maior valor de revenda. Além disso, é o veículo mais desejado da categoria e agrega uma imagem positiva ao serviço prestado por nossos clientes”.
Durante a ABAV Expo, o atendimento aos clientes e demais visitantes será realizado por equipes de concessionários da Grande São Paulo. Além da linha de vans, serão apresentados vários destaques de peças & serviços para o segmento de comerciais leves, como os Planos de Manutenção do Mercedes-Benz Service Care, a Revisão Declarada com Preço Fixo, o Mercedes Service 24 Horas, linhas de peças genuínas e remanufaturadas, opções atrativas de financiamento oferecidas pelo Banco Mercedes-Benz e os planos do Consórcio Mercedes-Benz.
Atendimento customizado 
Com 60 versões em seu portfólio, a família de veículos comerciais leves Sprinter posiciona-se na categoria de “Large Vans” (3,5 a 5 ton de PBT). É formada pelos modelos 313 CDI Street (PBT de 3,50 ton), 415 CDI (PBT de 3,88 ton) e 515 CDI (PBT de 5 ton), com vans de passageiros e também furgões e chassis para transporte de carga e distribuição urbana, indicados para empresas de transporte, profissionais autônomos e empreendedores.
A Mercedes-Benz e sua Rede de Concessionários oferecem atendimento customizado aos clientes de comerciais leves, focado em um público-alvo cada vez mais exigente e profissional. Nesse sentido, a Rede conta hoje com o Van Center (estrutura totalmente dedicada para os modelos Sprinter e Vito, atualmente com sete pontos de atendimento: três no Rio de Janeiro, dois em Belo Horizonte, um em São Paulo e um em Curitiba) e Centros Especializados, além da comercialização dessas linhas de produtos em todos os concessionários de veículos comerciais no País. Em Fortaleza, a Ceará Diesel é a concessionária que vende as vans Sprinter e Vito.
Sobre a ABAV Expo
Realizada pela ABAV Nacional, a ABAV Expo contribui de maneira decisiva para a consolidação de negócios entre empresas dos cinco continentes e favorece toda a cadeia produtiva global do turismo, ao atrair a participação massiva de agentes de viagens e profissionais dos mais diversificados nichos de mercado, além de compradores locais e internacionais.
15:09 · 13.09.2018 / atualizado às 15:09 · 13.09.2018 por

A Mercedes-Benz do Brasil está representada no maior salão de veículos comerciais do mundo, o IAA 2018 de Hannover, na Alemanha, evento que estará aberto ao público até o dia 27 de setembro. Produzidos na fábrica da Empresa em São Bernardo do Campo, estado de São Paulo, o caminhão leve Accelo 815 para distribuição urbana e o semipesado Atego 1725 4×4 para operações fora de estrada estarão expostos entre vários modelos das marcas do Grupo Daimler.

“O Accelo e o Atego complementam o portfólio global da Daimler Trucks. Com base nos modelos de série, nós customizamos esses caminhões no Brasil para atender demandas específicas de regiões como África e Oriente Médio”, afirma Philipp Schiemer, presidente da Mercedes-Benz do Brasil e CEO América Latina. “Para isso, contamos com larga experiência de mais de 50 anos de atendimento a países de vários continentes e também com a competência da área de Exportação e do Centro de Desenvolvimento Tecnológico, em São Bernardo, para atender cada nova demanda”.

A Mercedes-Benz do Brasil passou a contar, em maio deste ano, com seu próprio Campo de Provas no País, em Iracemápolis, no interior paulista, o que ajuda a otimizar os testes com caminhões e ônibus. “Isso nos permite simular a realidade das estradas de qualquer lugar do mundo, acelerando a entrega de soluções para os clientes da marca”, ressalta Philipp Schiemer. “Reafirmamos assim o posicionamento da Empresa como importante polo de desenvolvimento e produção de caminhões para a Daimler Trucks”.

Customização

O Accelo e o Atego operam com eficiência e produtividade tanto nas cidades e estradas, como em condições adversas, como vias não pavimentadas, desertos, temperaturas elevadas e topografia irregular, muito comuns em regiões como a África e o Oriente Médio. Além de reconhecer a qualidade dos produtos, os clientes locais dão muito valor à confiabilidade da marca e ao suporte de atendimento e assistência técnica que a Mercedes-Benz oferece em qualquer lugar do mundo, em parceria com os concessionários e os escritórios regionais da Daimler Trucks.

Os caminhões exportados pela Mercedes-Benz do Brasil são customizados para atender às solicitações específicas dos clientes e às legislações de cada país. Sob coordenação do Centro de Customização para Clientes (Custom Tailored Trucks – CTT), esse trabalho conta com o envolvimento de profissionais de Engenharia, Produção, Vendas, Marketing, Controlling e Peças & Serviços.

Como resultado da atuação do CTT, foram criadas, por exemplo, soluções como a aplicação de pneus largos super single 365/85 no Atego 1725 4×4, a fim de aumentar a eficiência nas operações fora de estrada no deserto. Do mesmo modo, foram produzidos caminhões com escape vertical, iluminação externa de emergência no teto da cabina (giroflex), entre-eixos mais curtos, dispositivo de proteção frontal e painel de instrumentos com idioma árabe.

A Mercedes-Benz do Brasil, em parceira com implementadores, também exporta veículos completos, como para o transporte de tropas, tanques de água e combustível, coletor de lixo e autossocorro.

O Accelo é um modelo totalmente desenvolvido no Brasil. Além disso, com as soluções customizadas do Atego, a Empresa amplia sua participação no atendimento a diversos mercados da Daimler Trucks, com motores Euro 3 ou Euro 5, conforme a necessidade do cliente e as legislações locais.

18:58 · 09.09.2018 / atualizado às 18:59 · 09.09.2018 por

As vendas de veículos comerciais leves da linha Sprinter cresceram 27% no acumulado de janeiro a agosto deste ano. Nesses oito meses, foram emplacadas 4.751 unidades no País, frente a 3.743 unidades do mesmo período de 2017

Assim, a Mercedes-Benz atinge a liderança do segmento de comerciais leves, entre 3,5 a 5 toneladas de PBT, com 36% de participação de mercado.
“Esse aumento de 27% nas vendas da Sprinter significa 10 pontos percentuais a mais em relação ao crescimento de 17% do mercado como um todo”, informa Jefferson Ferrarez, diretor de Vendas e Marketing Vans da Mercedes-Benz do Brasil. “Distribuição urbana, e-commerce e aplicação ambulância vêm puxando as vendas da Linha esse ano, como também o transporte executivo e o turismo”.
O executivo ressalta especialmente o excelente resultado obtido com os furgões Sprinter. “Considerando o acumulado até agosto, chegamos a 53% de crescimento no volume de vendas de furgões, com o emplacamento de 2.184 unidades, contra 1.431 unidades do mesmo período de 2017”, afirma Jefferson. “Dessa forma, a marca alcançou cerca de 33% de participação na categoria, 6 pontos percentuais a mais em relação aos 27% dos oito primeiros meses do ano passado”.


O crescimento de vendas da Sprinter continua sendo muito expressivo em 2018 no segmento de vans de passageiros, liderado com folga pela marca. A Empresa aumentou em 12% as vendas desses veículos até agosto, com o emplacamento de 2.028 unidades, ante 1.815 unidades do período anterior. Com isso, saltou de 51% de participação no acumulado de janeiro a agosto de 2017 para 57% este ano.



No segmento de chassis com cabina, o crescimento nas vendas é de 8%, com 539 unidades emplacadas este ano, o que resulta num market share superior a 18%. Os estados de São Paulo, Paraná, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul seguem sendo os maiores compradores dessa linha Sprinter no Brasil.


Sprinter é referência 
Com 60 versões à escolha dos clientes, a linha Sprinter é formada pelos modelos 311 CDI Street (Peso Bruto Total – PBT de 3,50 ton), 415 CDI (PBT de 3,88 ton) e 515 CDI (PBT de 5 ton). Os modelos da linha são indicados para empresas de transporte, profissionais autônomos e empreendedores.
A Linha se consolidou no Brasil como referência em qualidade, tecnologia, segurança, conforto, agilidade e excelente custo operacional. Além disso, também é reconhecida por sua ótima relação custo/benefício e valor de revenda. Com isso, os clientes têm à disposição um portfólio de produtos com diversas versões para atender uma ampla diversidade de aplicações de transporte, o que reforça a imagem da Sprinter como o veículo mais desejado da categoria.

16:26 · 08.08.2018 / atualizado às 15:31 · 08.08.2018 por

A Mercedes-Benz do Brasil recebeu o prêmio pela liderança em satisfação nos serviços de pós-venda. Fruto do Customer Service Index (CSI) StudySM Brasil 2018, estudo desenvolvido anualmente pela empresa de consultoria J.D. Power, a marca atingiu a maior pontuação (849 de 1.000) na estreia do índice que analisa o segmento premium


“Padrões extremamente rígidos de qualidade estão entre os principais pilares da Mercedes-Benz e temos em nosso DNA o compromisso de promover a melhor experiência desde o momento da compra do automóvel, acompanhando de perto todo o processo de pós-venda”, afirma Holger Marquardt, managing director Marketing e Vendas Automóveis América Latina e Caribe.
A análise destaca, entre outros elementos, a atenção que marcas de luxo oferecem para a entrega do veículo após a realização de um serviço no concessionário. Nesse contexto, por exemplo, 73% dos clientes afirmam terem recebido de volta o automóvel mais limpo do que quando o deixaram para execução do serviço. Em relação ao contato do concessionário após o serviço finalizado, 77% dos proprietários de automóveis premium foram acionados. O estudo mostra, ainda, que 82% dos clientes de marcas de luxo tiveram o carro entregue com ajustes originais, como sistema de áudio configurado, posição do volante, espelhos e altura de banco.
“Ter esse esforço reconhecido pelos nossos clientes em uma pesquisa já tão consolidada no mercado ratifica o investimento constante da companhia em serviços que garantam ainda mais robustez para o atendimento de pós-venda”, afirma Alexandre Ayres, Head de Serviços ao Cliente Automóveis Mercedes-Benz.
O estudo foi realizado à luz das avaliações de 4.887 proprietários de veículos novos no Brasil, registrados entre fevereiro de 2017 e março de 2018. Seu principal objetivo é examinar a satisfação dos clientes com serviços de manutenção e reparação em concessionários de novos veículos. O Customer Service Index (CSI) StudySM Brasil 2018 é focado em cinco critérios da experiência com serviços: iniciação do serviço; retirada do veículo; instalações do concessionário; qualidade do serviço e consultor técnico.


Portfólio de pós-venda
Nos últimos anos, a Mercedes-Benz investiu massivamente em programas de pós-venda, lançando novidades que compõem um amplo portfólio de serviços de manutenção que se complementam. São eles: o Expess Service, o XENTRY Portal Pro, o MB Oil e, a partir desse mês, também o MB Tires.
O primeiro deles consiste em execução de revisões em até 1 hora possibilitando que o cliente aguarde no próprio concessionário o término da manutenção. Durante essa espera, ele poderá acompanhar todos os processos realizados em seu veículo e esclarecer dúvidas com a equipe técnica do concessionário. O XENTRY Portal Pro é uma plataforma que centraliza vários sistemas em uma nuvem on-line, oferecendo informações mais detalhadas sobre cada veículo. Lançado no início do ano passado, o MB Oil passou a fazer parte do portfólio de serviços de pós-venda a fim de aumentar a vida útil do motor e seus componentes. Além disso, o produto diminui os custos de manutenção, uma vez que segue fatores específicos dos motores da marca, garantindo qualidade e segurança.
O complemento mais recente a esse portfólio é a linha MB Tires de pneus originais Mercedes-Benz. Esse novo produto é desenvolvido em cooperação com os fabricantes de pneus premium especialmente para os modelos da marca, dentro de padrões extremamente rigorosos de qualidade, otimizando a segurança, mobilidade e conforto.
Adicionalmente a esses serviços, a Mercedes-Benz expandiu o portfólio de automóveis que fazem parte do programa de Revisão Declarada, permitindo ao cliente antecipar o custo de manutenção para os modelos Classe A, Classe B, Classe C, CLA, GLA e GLC.
A marca oferece, ainda, um contrato de manutenção (Mercedes Service Care) possibilitando que o cliente adquira até cinco revisões (ou 50 mil quilômetros) no momento da compra do automóvel.

12:55 · 22.06.2018 / atualizado às 12:55 · 22.06.2018 por

O mercado de veículos semileves, que abrange de 3,5 a 5 toneladas de PBT, como os caminhões chassi-cabine, furgões e vans de passageiros, deve crescer no mínimo 15% em 2018 na comparação com o volume total feito no ano passado, que foi de pouco mais de 17,2 mil unidades

 

A projeção é da Mercedes-Benz, que atua no segmento com o modelo Sprinter, disponível nas três opções, e com a van Vito, com as quais a empresa quer continuar na briga para manter a liderança: em 2017, a marca computou participação de 36,7% neste mercado.
Segundo o diretor de vendas e marketing de vans Mercedes-Benz, Jefferson Ferrarez, de janeiro a maio, a marca computou um aumento de 16% das vendas sobre igual período do ano passado, com 2,7 mil unidades, acima dos 9% que o mercado total fez no mesmo período, com o emplacamento de 7,5 mil veículos. O volume lhe garante uma fatia de 36%, dois pontos porcentuais acima do verificado há um ano.
“Isso nos traz mais confiança para continuar a brigar pela liderança”, comemora Ferrarez. “O segmento deve ter um crescimento de pelo menos 15% este ano. A demanda está maior, percebemos um volume maior de consultas nas concessionárias e até agora, só não entregamos mais por falta de produto e acredito que essa não é uma situação exclusiva da Mercedes-Benz, mas de todo o mercado que atua nesse segmento”, revela.

Vito, van da Mercedes

O executivo confirma que há uma fila de espera para este tipo de produto, que está cada vez mais customizado de acordo com a necessidade do cliente. Outros fatores como o envelhecimento da frota circulante está fazendo com que frotistas maiores procurem atualizar seus ativos.
“Exceto pelos últimos dois anos, que tivemos queda no mercado, havia uma média de 35 a 40 mil semileves por ano e que já estão no momento de trocar”, analisa.
Em seu planejamento, Ferrarez aponta os mesmos 15% de crescimento para cada um dos três subsegmentos neste ano. Por enquanto, as vendas da marca estão em alta de 1% para vans (com 1,1 mil unidades e 55,4% de participação), 10% em chassi-cabine (1,8 mil e 19,9% de market share) e de 37% para furgão (3,6 mil unidades e fatia de 33,3%).
NOVIDADES À FRENTE
Surpresa com o sucesso da edição limitada Sprinter 20 anos, com apenas vinte unidades para venda, a marca decidiu dar mais atenção aos clientes fãs da marca. “Percebemos, por meio dos concessionários, que este é um público que preza pela marca e pelo que ela representa, assim como ocorre com automóveis, também existe com caminhões e vans.”
Para isso, a empresa recebeu o aval da matriz para a produção de uma nova edição limitada denominada Golden Edition, com itens diferenciados aos que já são oferecidos normalmente “para dar a oportunidade aos clientes que querem essa exclusividade”, garante Ferrarez. Previsto para chegar ao mercado no segundo semestre, ainda não há definição sobre quantidade e preço do veículo.
FOCO NO CLIENTE
Com uma rede exclusiva ao modelo Sprinter lançada em 2012, a empresa evoluiu e agora contabiliza sete unidades ao negócio, sendo uma em São Paulo, duas em Curitiba (SP), três no Rio de Janeiro e duas em Belo Horizonte (MG). Além delas, outros 35 centros especializados, sendo quatro em São Paulo (maior mercado da marca para o segmento), montados em concessionárias com equipes exclusivas dedicadas ao atendimento.
“Este é um dos pilares da nossa estratégia de ter o diferencial e trazer para o cliente algo a mais além do produto em si”, afirma Ferrarez se referindo aos serviços oferecidos no pós-venda.
A marca adotou uma política para trabalhar com clientes do varejo e para isso montou uma equipe dedicada para tratar com os clientes maiores, como frotistas. Um dos braços dessa equipe cuida especificamente da área de implementação. O executivo explica que engenheiros da montadora trabalham juntos a diversos implementadores para desenvolverem soluções que atendam de forma específica as aplicações de clientes dos modelos Sprinter.
“Os implementadores – que são muitos – possuem na sua maioria produtos padrões que servem a todos as marcas atuantes no mercado. Com isso, por diversas vezes, são necessários alguns tipos de adaptações. Então temos trabalhado junto a eles para o desenvolvimento de um implemento, mesmo um baú, que aparenta ser a aplicação mais simples, mas na medida e com a especificação ideal para as características das várias opções Sprinter.”
Ferrarez acrescenta que essa iniciativa gerou um programa de certificação pela montadora para as implementadoras e que elas estão aptas a atender todas as necessidades e requisitos necessários para completar um modelo Sprinter.
Na área de serviços, considerada crucial pelo executivo – pois é a que mantém ou afasta o cliente – a empresa está lançando a revisão com preço fixo, que mostra ao cliente o quanto ele gastará exatamente na primeira, segunda e terceira revisão. “Era uma facilidade que faltava no portfólio: para se ter uma ideia, na primeira revisão, o cliente sabe que vai desembolsar R$ 890,00. Para o segmento, é um preço bem competitivo”, destaca.
Além disso, a marca oferece o novo contrato de manutenção Service Care, mesma nomenclatura utilizada para os contratos de manutenção de automóveis da marca, disponível em dois planos: o básico, que abrange troca de óleo, filtros e manutenções preventivas e que pode ser contratado pelo período de um a cinco anos. O segundo é o pacote completo, com formato flexível e modular, que pode ser adequado conforme a necessidade do cliente.

03:50 · 16.05.2018 / atualizado às 15:52 · 15.05.2018 por

A Mercedes-Benz mantém sua liderança nas vendas de ônibus no Brasil. Nos primeiros quatro meses do ano, a Empresa alcançou 62% de participação no segmento acima de 8 toneladas de PBT, percentual quatro vezes maior na comparação ao que foi obtido pelo segundo colocado no ranking de vendas

 


“No volume acumulado do primeiro quadrimestre deste ano, foram emplacados 2.217 ônibus da nossa marca no País, o que representa 95% a mais em relação ao mesmo período de 2017, quando chegamos a 1.138 unidades”, informa Walter Barbosa, diretor de Vendas e Marketing Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil. “Estamos notando um aumento de vendas nos rodoviários e no fretamento neste início de ano. As renovações de frota das empresas de transporte de passageiros continuam puxando as vendas, tanto no urbano como no rodoviário”.
O executivo ressalta o ótimo resultado de vendas da marca nos dois segmentos de mercado. “Entre os urbanos, foram emplacadas 1.593 unidades, o que nos dá aproximadamente 82% de participação no primeiro quadrimestre de 2018”, diz Walter Barbosa. “Já nos rodoviários, foram cerca de 50% de participação, com 188 unidades emplacadas”.
O mercado de ônibus tem tido um melhor desempenho, motivado também, pelas modalidades de financiamento bem mais atrativas. O Banco Mercedes-Benz oferece financiamento aos seus clientes de ônibus com opções de CDC, Finame ou Refrota. No primeiro quadrimestre de 2018, a opção mais solicitada foi a modalidade CDC, que é pré-fixada, oferecendo aos clientes um fluxo de pagamentos fixos, sem variações.
Mercedes-Benz oferece atendimento dedicado a frotistas de ônibus
Com um atendimento especialmente dedicado aos frotistas de ônibus, a Mercedes-Benz reforça ainda mais o portfólio de produtos e serviços de pré e de pós-venda que oferece aos clientes da marca. Uma das novidades recentes é a atuação do consultor dedicado BSP (Bus Service & Parts), que acompanha o dia a dia dos clientes a fim de ouvir todas as suas demandas. Assim, ele pode otimizar, customizar e antecipar as soluções voltadas à operação e à manutenção dos veículos da frota.
Além do consultor dedicado BSP, uma Sprinter Unidade Móvel equipada com peças básicas e ferramentas de diagnose vai às garagens das empresas de ônibus a fim de realizar manutenção in loco, disponibilizando rapidamente a frota para o trabalho.
A presença constante de um consultor junto ao cliente cria uma valiosa oportunidade do conhecimento detalhado sobre a estrutura e as necessidades das empresas de ônibus.
“Além de fortalecer o relacionamento, isso permite que a Mercedes-Benz atue de forma ainda mais consistente em prol da excelência operacional da frota”, afirma Silvio Renan, diretor de Peças e Serviços ao Cliente da Mercedes-Benz do Brasil. “O consultor está ali para resolver questões técnicas e comerciais, além de oferecer peças e serviços adequados, consolidando a presença e o papel da marca como geradora de soluções para as necessidades do cliente, assegurando a sua satisfação e conquistando a sua fidelidade. ”

04:12 · 24.04.2018 / atualizado às 15:13 · 23.04.2018 por

A Mercedes-Benz do Brasil encerrou o primeiro trimestre de 2018 com um resultado muito positivo nas exportações de caminhões. A marca aumentou em 37% as vendas para o mercado externo, com 2.134 unidades comercializadas entre janeiro e março, ante as 1.555 unidades exportadas no mesmo período do ano passado


A Argentina é a que mais adquiriu caminhões Mercedes-Benz em 2018. Foram embarcadas 1.372 unidades ao país vizinho nos três primeiros meses do ano, volume praticamente idêntico ao do mesmo período de 2017. As vendas para o Peru ganham importante destaque, com 482 caminhões exportados, o que significa um aumento de cerca de 570% em relação ao volume do primeiro trimestre do ano passado. Assim, o Peru é o segundo país para quem a Mercedes-Benz do Brasil mais vendeu caminhões em 2018, seguido pelo Chile, com 186 unidades, 390% a mais do que no ano passado.
“Os resultados de exportação estão superando nossas expectativas. Aliás, não é só para o mercado latino-americano que estamos vendendo caminhões. Exportamos também para países do Oriente Médio e Norte da África”, afirma Philipp Schiemer, presidente da Mercedes-Benz do Brasil e CEO América Latina. “Estamos avançando bastante as nossas vendas para outros países. Para se ter uma ideia, a representação da exportação na produção da Empresa saltou de 10% em 2014 para 40% em 2017”.
A Mercedes-Benz do Brasil tem aumentado de forma significativa as exportações de caminhões nos últimos anos. Em 2017, a marca avançou 25% nas vendas desse segmento para o mercado externo, que passaram de 6.382 unidades em 2016 para 7.986 veículos no ano seguinte. “Os 37% de crescimento no primeiro trimestre de 2018 confirmam esse excelente desempenho comercial, o que nos deixa otimistas com as exportações neste ano”.


Mercedes-Benz do Brasil é a maior exportadora do setor no País
A Mercedes-Benz do Brasil, maior fabricante de veículos comerciais da América Latina, é a maior exportadora de caminhões e ônibus do País. Seus produtos chegam, hoje, a cerca de 50 países de vários continentes.
No primeiro trimestre de 2018, além dos 2.134 caminhões, a Empresa também exportou 1.239 ônibus. No total, são 3.373 veículos comerciais vendidos ao mercado externo, o que representa cerca de 12% de crescimento sobre as 3.021 unidades de 2017.

14:44 · 21.03.2018 / atualizado às 14:44 · 21.03.2018 por

No próximo domingo (25) será dada a largada da primeira corrida da temporada 2018 da Fórmula 1, no circuito de Albert Park, Austrália. Em busca do pentacampeonato entre construtores, a equipe Mercedes-AMG Petronas Motorsport terá a estreia do recém-apresentado F1 W09 EQ Power+, modelo responsável por manter a tradição dos consagrados “Flechas de Prata” da marca. Com a característica cor prateada e detalhes em azul esverdeado nas laterais, ele traz como principal novidade o “halo”, proteção de cabeça obrigatória a partir deste ano.


Além da expectativa de continuar dominando a categoria como equipe, 2018 pode ser histórico para o tetracampeão Lewis Hamilton. Se vencer o campeonato entre pilotos mais uma vez, o inglês ultrapassará as conquistas de Juan Manuel Fangio, primeiro corredor da Mercedes-Benz na história.
Outro destaque da Mercedes-AMG Petronas Motorsports na temporada é o finlandês Valtteri Bottas. A bordo do “Flecha de Prata” #77, o piloto de 28 anos busca seu primeiro título na categoria, consolidando de vez seu nome na história dos corredores da marca.


Segurança com alta performance
Adicionalmente ao lançamento do F1 W09 EQ Power+, a temporada 2018 da Fórmula 1 terá a estreia de outro modelo AMG nas pistas. O Mercedes-AMG GT R, equipado com motor V8 biturbo de 4,0 litros, será o Safety Car oficial da categoria durante as 20 corridas do calendário. Com 585 cv e 700 Nm de torque, o modelo é o mais potente da marca segundo o princípio ‘Handcrafted By Racers’ (feito à mão por corredores).


Com isso, os veículos fabricados em Affalterbach completam mais de 20 anos como automóveis oficiais da categoria mais famosa do automobilismo mundial. Confira todos os modelos:
C 36 AMG (1996/97)
CLK 55 AMG (1997/98)
CL 55 AMG (1999/2000)
SL 55 AMG (2001/02)
CLK 55 AMG (2003)
SLK 55 AMG (2004/05)
CLK 63 AMG (2006/07)
SL 63 AMG (2008/09)
SLS AMG (2010 to 2014)
AMG GT S (2015-2017)
AMG GT R (a partir de 2018)

13:22 · 02.03.2018 / atualizado às 13:22 · 02.03.2018 por

A noite de quarta-feira foi de festa para os convidados da Mercedes-Benz Night – Immersion. O agito aconteceu no 033 Rooftop, do Teatro Santander, e celebra a ligação da marca com a inovação. Reunindo mais de mil pessoas, a Mercedes-Benz antecipou as tendências e novidades para o ano.

Em cerimônia comandada por Isabella Fiorentino, os convidados puderam conhecer em primeira mão o novo Concept A Sedan, carro-conceito que antecipa as linhas de design dos veículos compactos da marca. Outra novidade foi a apresentação exclusiva da versão superesportiva do GLC. O modelo equipado com motorização AMG V8 biturbo, chega ao Brasil ainda este ano e completa a família de SUVs de alta performance da Mercedes-Benz.

Durante a noite, os convidados curtiram com exclusividade o show da artista internacional MØ e apresentações de Pietra Bertolazzi e JetLag Music. A modelo Fernanda Motta transmitiu em tempo real todas as novidades para o instagram da Mercedes-Benz Brasil.

Paula Fernandes, Ellen Jabour, Karol Conka, Bárbara Evans e Henri Castelli foram alguns dos convidados que participaram dos cliques e marcaram presença no evento.

O evento contou com parceiros exclusivos, que possuem toda a sinergia com o universo da marca Mercedes-Benz, são eles: Hotel Pullman São Paulo Vila Olímpia como o hotel oficial do evento; Grupo Bacardi com as bebidas Grey Goose, Gin Bombay e Martini Prosecco; Energético Monster Energy.

Pesquisar

Blog do Automóvel

Blog da editoria Auto, do Diário do Nordeste, para coberturas em test drive, lançamentos de automóveis e salões e notícias sobre carros, motos e outros veículos.
Posts Recentes

12h10mNovo Camaro vai ser destaque no Salão do Automóvel de São Paulo 2018

11h10mAudi mostra sua linha de SUVs na Chapada dos Veadeiros, em Goiás

02h10mConfira detalhes do primeiro carro elétrico feito no Brasil

10h10mSalão do Automóvel de São Paulo com novo lote de ingressos disponível

10h10mSetor de locação foi responsável por 1 em cada 4 veículos emplacados no primeiro semestre de 2018

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs