Blog do Automóvel

Categoria: Mobilidade


11:59 · 20.06.2018 / atualizado às 12:02 · 20.06.2018 por

Ao menos um décimo de todos os acidentes com fatalidades é causado por motoristas distraídos
O álcool tem sido considerado uma das mais perigosas causas de falta de aptidão dos motoristas, mas as distrações causadas pela tecnologia, incluindo celulares e GPS, provam que agora também representam um grande risco. Cerca de 74% dos motoristas admitem distrair-se enquanto dirigem

Olhar o celular: causa de muitos acidentes

Um novo estudo do Centro de Tecnologia Allianz (AZT) mostra que o risco de um acidente cresce drasticamente quando os motoristas dividem a atenção entre o trânsito e a tecnologia. Os destaques do estudo fazem uma correlação entre altos índices de acidentes e o uso de dispositivos de informação, comunicação e entretenimento disponíveis nos veículos.
Por exemplo, 60% dos motoristas que tiveram um acidente nos últimos três anos afirmaram que estavam usando o telefone celular enquanto dirigiam. Apenas 37% dos motoristas que afirmaram fazer o mesmo não se envolveram em acidentes.
“Isso não é nenhuma surpresa”, diz Jochen Haug, diretor de Sinistros da Allianz Alemanha. “Quanto mais itens de tecnologia no veículo e mais complexa a operação, mais distraído estará o motorista em relação ao trânsito”, conta.

Tão nocivo quanto o álcool
De acordo com os especialistas, um décimo dos acidentes de trânsito com fatalidade é causado por motoristas distraídos. Em 2016, mais de 3.200 pessoas morreram nas estradas da Alemanha – 256 deles porque uma das vítimas envolvidas estava bêbada. Significativamente mais pessoas, por volta de 350, morreram devido distrações ao volante.
Até os anos 70, era aceitável um motorista beber muitas taças de vinho e ainda sim dirigir, afirma Haug. Mais de 20 mil pessoas morreram nas rodovias em 1970 e o governo respondeu introduzindo limites de velocidade nas estradas do País e estabelecendo o nível máximo de álcool no sangue em 0,8 em 1971. “O comportamento em relação à bebida alcoólica mudou. Não é mais socialmente aceitável beber e dirigir. Nós precisamos adotar a mesma atitude em relação ao uso do celular no volante”, diz Haug. “Nosso estudo é claro, o motorista que usa o celular enquanto dirige coloca outras vidas em risco”.
De acordo com a pesquisa, a todo momento o motorista comete alguma infração em relação ao celular enquanto dirige. Três quartos dos entrevistados admitiram distrair-se regulamente com as tecnologias disponíveis no veículo, enquanto 39% afirmaram que opera manualmente o sistema de navegação ao mesmo tempo em que dirige.
Um em quatro motoristas afirmaram que leem mensagens de texto enquanto dirigem e 15% afirmaram que as respondem. Isso é mais comum em motoristas acima de 24 anos: mais de 27% lê mensagens e 23% as respondem enquanto conduzem o veículo.
Os resultados convergem com pesquisas internacionais. Um estudo de 2015, que entrevistou 1.211 motoristas nos Estados Unidos, apontou que quase 60% dos entrevistados leem mensagens no celular com o veículo em movimento. Um mês depois foi encontrada uma forte correlação entre os resultados e os índices de colisões.
Além disso, as colisões com veículo motorizado são responsáveis por aproximadamente um quarto de todas as mortes de adolescentes e jovens adultos (entre 15 e 24 anos) nos Estados Unidos. Mais de um terço (36%) de todos os motoristas distraídos envolvidos em acidentes fatais tinham entre 15 e 29 anos, de acordo com as estatísticas da U.S. National Highway Traffic Safety Administration de 2015.
Ação necessária
O AZT defende há muito tempo que a distração seja incluída como uma causa oficial nas estatísticas de acidentes e regulamentações de trânsito. O governo da Alemanha recentemente estendeu a definição de celulares para incluir tablets e dispositivos similares.
A Allianz também defende medidas adicionais, como desabilitar a navegação ou acesso à internet nas telas disponíveis no carro enquanto o veículo está em movimento. Determinados sistemas avançados de assistência, como assistentes de frenagem de emergência, podem ajudar evitando ou reduzindo o impacto dos acidentes causados por distrações.

03:58 · 27.04.2018 / atualizado às 16:00 · 26.04.2018 por

· Empresas oferecerão transporte premium por carro e helicóptero
· Operação já está disponível em São Paulo e na Cidade do México
· Rupert Stadler, CEO da Audi: “O Grupo Audi está empenhado em melhorar a mobilidade nas cidades, introduzindo ideias inteligentes e inovadoras”
ILA Berlim Air Show – A Audi e a fabricante de aviões Airbus se uniram para desenvolver soluções de mobilidade urbana reais e de curto prazo. A partir do segundo semestre, a Airbus – por meio de sua plataforma sob demanda de helicópteros Voom – fará parceria com a Audi para oferecer um serviço de transporte de ponta a ponta, começando em São Paulo e na Cidade do México. Essa parceria proporcionará transporte terrestre premium atendido por veículos da Audi e transporte de helicóptero por meio do serviço Airbus Voom, oferecendo aos clientes uma experiência de viagem direta e superconveniente.


“Essa importante parceria com a Audi aborda os desafios atuais e futuros da mobilidade urbana. Como um primeiro marco concreto na cooperação que estamos desenvolvendo, ofereceremos soluções de transporte multimodal para as cidades mais congestionadas do mundo”, afirma o CEO da Airbus, Tom Enders. “O mundo está se urbanizando rapidamente e a infraestrutura terrestre sozinha não pode atender às demandas de amanhã. O aumento do congestionamento está levando os sistemas de transporte das cidades ao limite, custando aos viajantes e municípios valiosos tempo e dinheiro. Adicionar o céu como uma terceira dimensão às redes de transporte urbano vai revolucionar a maneira como vivemos – e a Airbus está pronta para moldar e construir esse voo do futuro”.
“O Grupo Audi está empenhado em melhorar a mobilidade nas cidades, introduzindo ideias inteligentes e inovadoras. Para encontrar as melhores soluções para nossos clientes, mostramos em 2018 o primeiro sistema modular para a Urban Air Mobility junto com a Airbus e nossa subsidiária Italdesign”, afirma o CEO da Audi, Rupert Stadler. “Hoje, estamos indo para o próximo passo ao entrar em um serviço com a Airbus e a Voom para oferecer mobilidade premium aos clientes. Ao fazer isso, aprenderemos ainda mais como podemos garantir um transporte multimodal perfeito com os melhores parceiros para nossos clientes. Juntamente com a Airbus, desenvolveremos essa cooperação ainda mais.”
A Airbus já realizou testes bem-sucedidos em São Paulo com o serviço Voom, cujo objetivo é driblar o congestionamento ao tornar as viagens de helicóptero mais baratas e acessíveis. Desde março de 2018, o serviço também está disponível na Cidade do México. A Airbus e a Italdesign são parceiras ainda na Pop Up, um conceito totalmente elétrico, autônomo e modular, que inclui uma cápsula conectada aos módulos terrestres ou aéreos. Em outros lugares, as equipes estão trabalhando para criar veículos totalmente novos: a CityAirbus, que estará pronto para voar antes do final de 2018, é uma demonstração de tecnologia de um veículo elétrico de decolagem e aterrissagem vertical (VTOL) para até quatro passageiros. Já o Vahana visa criar um modo de transporte semelhante para viajantes individuais ou carga. O veículo concluiu seu primeiro voo em escala total em janeiro de 2018. Em Cingapura, a empresa está trabalhando com o projeto National University on the Skyways para testar um sistema de transporte de encomendas usando drones autônomos.
Sobre a Audi
O Grupo Audi com suas marcas Audi, Ducati e Lamborghini é um dos mais bem-sucedidos fabricantes de automóveis e de motos no segmento premium. Ele está representado mundialmente em mais de 100 mercados e produz em 16 unidades distribuídas por doze países. Subsidiárias a 100% da Audi AG são, nomeadamente, a Audi Sport GmbH (Neckarsulm), a Automobili Lamborghini S.p.A. (Sant’Agata Bolognese/Itália) e a Ducati Motor Holding S.p.A. (Bologna/Itália). Em 2016, o Grupo entregou aos clientes 1.871 milhão de automóveis da marca Audi, 3.457 carros esportivos da Lamborghini e 55.451 motos da Ducati. No exercício de 2015, o Grupo AUDI teve um volume de negócios de 58,4 bilhões de euros e apresentou um resultado operacional de 4,8 bilhões de euros. Atualmente cerca de 88.000 pessoas trabalham em todo o mundo para a empresa, das quais cerca de 60.000 na Alemanha. A Audi está centrada em novos produtos e tecnologias sustentáveis com vista ao futuro da mobilidade.
Sobre a Italdesign
A Italdesign é uma empresa de serviços que fornece design, engenharia e produção para o setor de transporte, passando pelos testes finais e pela aprovação de tipo e suporte ao Início da Produção e ao design de modelos de negócios completos. A Italdesign está constantemente pesquisando e desenvolvendo as soluções de mobilidade do amanhã. A Italdesign está sediada em Moncalieri, Torino, Itália e hoje possui mais de 50.000 metros quadrados, um campus de design e engenharia em escala real e um centro de desenvolvimento e prototipagem de ponta. Tem 1.000 funcionários na Itália, Espanha e no exterior. A Italdesign oferece seus serviços a todas as partes interessadas em todo o mundo. Em 2017, a Italdesign lançou como um negócio adicional, uma unidade dedicada ao design, desenvolvimento e produção de veículos ultralimitados para todos os OEMs em todo o mundo. Em 2016, 2017 e 2018, a Italdesign recebeu a certificação Top Employer na Itália. Mais informações em: www.italdesign.it
Sobre a Voom
A Voom é uma subsidiária da Airbus Helicopters que foi lançada em 2016 como uma plataforma de reserva de helicóptero sob demanda, permitindo que os passageiros solicitem um assento em um helicóptero em questão de minutos. A Voom agora oferece seus serviços em São Paulo e na Cidade do México. Ao fornecer uma opção de transporte mais eficiente para os passageiros que viajam diariamente, o objetivo é abordar os desafios associados ao tráfego na hora do rush, oferecendo uma forma alternativa de transporte em algumas das cidades mais congestionadas do mundo.
Sobre a Airbus
A Airbus é líder global em aeronáutica, espaço e serviços relacionados. Em 2017, gerou receitas reportadas de 67 bilhões de euros – ou 59 bilhões de euros atualizados para o IFRS 15 – e empregou uma força de trabalho de cerca de 129.000 pessoas. A Airbus oferece a gama mais abrangente de aviões de passageiros de 100 a mais de 600 lugares. A Airbus também é líder europeia no fornecimento de aviões-tanque, aviões de combate, transporte e missão, bem como uma das principais empresas espaciais do mundo. Em helicópteros, a Airbus fornece as soluções de helicópteros civis e militares mais eficientes do mundo.

11:36 · 16.10.2017 / atualizado às 11:36 · 16.10.2017 por

Como companhia de mobilidade, fabricante tem o compromisso com a “Liberdade de Mobilidade para Todos”. A Toyota lançou a campanha “Start Your Impossible” – uma iniciativa corporativa global que visa inspirar funcionários, parceiros e clientes da Toyota e conectá-los com as principais convicções da empresa

Em uma época marcada pela velocidade no desenvolvimento tecnológico e ambiental, “Start Your Impossible” fixa o compromisso da Toyota de apoiar a criação de uma sociedade mais inclusiva e sustentável, na qual todos possam desafiar seu impossível.
A Toyota acredita que a mobilidade vai além dos carros. Para a companhia, isso significa superar desafios e tornar sonhos em realidade. A iniciativa “Start Your Impossible” reflete esses valores e destaca o objetivo da empresa de proporcionar liberdade de mobilidade para todos. “Queremos compartilhar este pensamento com todos os nossos stakeholders, o que inclui os consumidores, para que juntos possamos enfrentar este desafio”, diz Akio Toyoda, presidente da Toyota.
Desde a sua fundação, com início da fabricação de máquinas para tear, a Toyota foi impulsionada pelo compromisso de contribuir com a sociedade. Ao longo de sua trajetória, a Toyota desenvolveu o primeiro veículo híbrido produzido em massa, c Prius, há 20 anos e, mais recentemente, o carro elétrico de célula de combustível de hidrogênio, o Mirai. A Toyota vê nos propulsores alternativos, nos carros automatizados, na mobilidade como serviço e na robótica oportunidades significativas para mover pessoas e transformar toda a companhia.


Como parceira mundial dos Jogos Olímpicos e dos Jogos Paralímpicos, a fabricante pretende incentivar a criação de uma sociedade pacífica, sem discriminação, por meio do esporte, além de incentivar uma sociedade sustentável pela mobilidade. Os valores da Toyota, enraizados na cultura de melhoria contínua e respeito pelas pessoas, são compartilhados pelos Jogos Olímpicos, que reúne o mundo inteiro em amizade e solidariedade para celebrar a maior realização do potencial humano.
“Ao longo da nossa história, a Toyota tornou o impossível possível por meio da inovação e da paixão, desafiando continuamente a definição de impossibilidade. Hoje, a indústria automobilística está claramente em meio ao seu período de mudança mais dramático – e, durante este tempo, a Toyota continua empenhada em fazer carros cada vez melhores. O mais importante é que estamos desenvolvendo soluções de mobilidade para ajudar todos a aproveitar suas vidas, e estamos fazendo a nossa parte para criar uma sociedade melhor para os próximos 100 anos e além. Para que isso aconteça, temos que sonhar além dos veículos convencionais e criar novas formas de mobilidade que superem os limites de hoje e resolva os problemas do amanhã. Compartilhamo s este sonho e este espírito de melhoria contínua com atletas olímpicos e paralímpicos, que desafiam seus próprios limites todos os dias. Espero que os Jogos Olímpicos e Paralímpicos criem uma oportunidade para todos os afiliados à Toyota desafiarem o seu impossível e desafiarem suas limitações”, declara Toyoda.
Como primeiro parceiro de mobilidade dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos, a Toyota pretende oferecer serviços de mobilidade e expertise em logística. O primeiro filme “Start Your Impossible”, chamado “Mobilidade para Todos”, apresenta soluções de transporte, mobilidade para o futuro e tecnologias avançadas. A iniciativa “Start Your Impossible” também incluirá uma variedade de programas adicionais focados em funcionários, revendedores e consumidores, além de buscar colaboração com a Toyota Mobility Foundation, que foi criada para enfrentar os desafios de transporte urbano e expandir a mobilidade pessoal para todos, inspirando as soluções de mobilidade para a próxima geração.

Site
A Toyota também está lançando um novo site – www.MobilityForAll.com. Em concordância com o Centro Nacional de Mídia Acessível (NCAM) nos Estados Unidos, o site (que será lançado em fases) é construído para ser acessível para usuários com várias deficiências e, assim, permitir que todos conheçam o conteúdo completo do site. Tanto o usuário comum, ou com deficiência visual, auditiva, de mobilidade ou cognitiva tem à disposição funções de codificação e design para tornar a experiência igualmente agradável a todos.
Para comemorar o lançamento da iniciativa “Start Your Impossible”, e sua parceria com os Jogos Olímpicos e Paralímpicos, a Toyota realiza hoje a primeira etapa do “Toyota Mobility Summit”, em Atenas, Grécia, cidade anfitriã dos primeiros Jogos Olímpicos modernos. O evento apresenta uma conversa ao vivo com Akio Toyoda, bem como uma série de discussões lideradas pelo vice-presidente executivo da Toyota, Didier Leroy, com líderes globais e atletas olímpicos e paralímpicos. O evento abordará temas de mobilidade do ponto de vista do bem-estar social, físico e das perspectivas esportivas, bem como o futuro da mobilidade com os avanços tecnológicos e de pesquisa.

14:59 · 07.12.2015 / atualizado às 15:05 · 07.12.2015 por

O aplicativo exclusivo do Detran-CE possibilita um relacionamento diferente entre o órgão e os usuários. Com o serviço, o condutor pode acessar dados exclusivos sobre CNH e veículos

O aplicativo Detran CE é mais uma ferramenta que possibilita um relacionamento mais próximo entre condutores e o órgão. Até agora quase 30 mil usuários já baixaram o aplicativo para ter acesso às informações e aos serviços do DETRAN-CE com exclusividade. O aplicativo pode ser acessado de smatphones e tablets, disponível para as plataformas Google Android e Apple iPhone/iPad.

 

detran
Os usuários têm acesso aos diversos serviços do órgão, sem a necessidade de se deslocar a uma unidade de atendimento ou mesmo usar um computador, tudo com um simples toque.
Como fazer parte
A navegação é simples e o ambiente é amigável e intuitivo. Para fazer parte da rede, é preciso realizar um cadastro com informações pessoais( Meu Detran), sobre a habilitação e o veículo. No email cadastrado, o usuário receberá a confirmação do registro. Depois de efetuado o login, o condutor tem acesso aos avisos sobre habilitação, como validade, agendamento de exames e pontos acumulados. Assim, o condutor pode ter um maior controle sobre o registro de multas e pontuação na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).
Caso seja proprietário de um veículo, o condutor também pode acessar dados sobre seu carro. Se a categoria de habilitação for para outros transportes, também há uma aba específica para esse tipo de condutor. O cadastro também possibilita que os usuários recebam informações por email, SMS e redes sociais. Porém, o aplicativo não substitui o site oficial do Detran, principal canal do órgão na internet.
Pioneirismo
O objetivo da ferramenta é abrir mais um canal de diálogo com a sociedade, através de uma comunicação simples e direta. De acordo com um levantamento realizado pela equipe do Detran, não há em nenhum outro órgão de sistema de trânsito do Brasil um canal mais abrangente e inovador.

11:57 · 31.07.2015 / atualizado às 11:57 · 31.07.2015 por

Honda_Pop100_frentlat_2016

Sem confetes e serpentinas, a Honda, fabricante japonesa de motos, lançou no Brasil a Pop 110i. Porta de entrada do mercado brasileiro de duas rodas, a moto ganhou novo motor em sua versão 2016, agora com 109,1cc e alimentado por injeção eletrônica de combustível, em substituição ao tradicional carburador.

O modelo está bem mais compacto e ainda mais econômico, à gasolina, oferece boas respostas para deslocamentos urbanos graças à potência elevada para 7,9 cv a 7.250 rpm, com torque de 0,9 kgf.m a 5.000 rpm.

Concebida no final de 2006, esta é a principal evolução do modelo desde o seu lançamento. Além do novo motor, apresenta novo desenho, mantendo o estilo jovial, com novas carenagens e painel de instrumentos.

A Pop 110i já está em conformidade com a segunda fase do Promot 4 (Programa de Controle de Poluição do Ar por Motociclos e Veículos Similares), previsto para vigorar no país a partir de janeiro de 2016.

O modelo será vendida nas cores vermelha, preta e branca, a nova Pop 110i é produzida na fábrica de Manaus (AM) e estará disponível na rede de concessionárias a partir de agosto. A Pop 110i custa R$ 5.100,00 e passa a contar com três anos de garantia, sem limite de quilometragem e com ampliação dos intervalos de revisões.

09:50 · 09.07.2015 / atualizado às 11:38 · 09.07.2015 por

guerrero-Jeep

Recém-anunciada como patrocinadora do Flamengo, a Jeep já começa a investir na divulgação do Renegade junto aos jogadores do clube. Prova maior disso foi a chegada do aguardado atacante peruano Paolo Guerrero para sua apresentação no time da Gávea com o modelo produzido em Goiana (PE) – uma unidade da versão Sport na cor vermelha.

A Jeep tem um contrato de R$ 4,5 milhões com o clube carioca até o fim deste ano, valor que ajudou a trazer o craque da seleção peruana para jogar pelo Flamengo. Guerrero chega com o status de ter sido o artilheiro da recém-terminada Copa América no Chile, com quatro gols. A estreia com a camisa rubro-negra (com a Jeep nas costas) foi na noite da última quarta-feira, no Beira Rio, em Porto Alegre (RJ), diante do Internacional.

Fonte: Carplace

10:01 · 08.07.2015 / atualizado às 10:01 · 08.07.2015 por

maxresdefault.5

Quando quando foi fabricada, em 1993,  a Ducati Monster não fazia ideia de como viria a contribuir para o crescimento da empresa. Desde então, o modelo responde por quase metade das vendas da marca. Fiel ao design original e ainda mais segura, a nova Monster 821 espera fazer o mesmo papel no mercado brasileiro: atrair mais clientes. “Acredito que o Brasil tenha um grande potencial. Essa nova Monster, mais versátil e amigável, vai permitir que a Ducati chegue a mais pessoas”, afirmou o recém-nomeado “COO” da Ducati, Antonino Labate, chefe da marca no Brasil.

Para chegar a isso, a caçula da família naked ganhou um novo motor — mais suave e com arrefecimento líquido — e um completo pacote eletrônico para ficar mais segura. A Monster 821 lembra visualmente a “irmã” de 1.200 cc, mas vai custar cerca de R$ 20 mil a menos: R$ 43.900. Será o modelo de entrada da marca italiana no Brasil (substitui a versão anterior, 796, que era vendida a R$ 37.900). Ela será montada na fábrica da Dafra em Manaus (AM) e será vendida apenas nas cores preta e vermelha.

O preço, porém, pode dificultar os planos, já que ela é mais salgada que seus principais concorrentes: a BMW F 800R, por exemplo, também é equipada com controle de tração e freios ABS e custa R$ 37.900; a Kawasaki Z 800, com motor de quatro cilindros e 115 cv, sai por R$ 40.990 na versão com ABS.

Motor

A principal novidade da “Monstrinha” é o Testastretta 11º, também utilizado na linha Hypermotard. Com dois cilindros em “L” (um “V” a 90º), 821 cc, oito válvulas e arrefecimento líquido, trata-se de um dos melhores motores da empresa: seu funcionamento é mais “liso” que o anterior (803 cc com refrigeração a ar) e ainda oferece mais potência e torque — são 112 cv a 9.250 rpm e 9,12 kgfm a 7.750 rpm.

A principal melhoria vem do torque em baixos e médios regimes de rotação. Se o motor anterior acordava acima de 4.000 giros, o novo demonstra vigor a partir de 2.500 rpm, exigindo menos trocas de marchas do câmbio de seis marchas. Vale destacar a leveza da embreagem de acionamento hidráulico com sistema deslizante, que diminui os trancos nas reduções.

Fonte: Auto Esporte

11:36 · 03.07.2015 / atualizado às 11:36 · 03.07.2015 por

15_zf_trw_higway_driving_assist

Você já pensou em responder um e-mail ou ler um livro enquanto dirige? Parece coisa surrealista, não é? Porém, no futuro, cenas assim têm grandes chances de serem normais no futuro próximo. É pensando nisso que o grupo ZF, um dos três maiores fornecedores automotivos do mundo, apresentou nesta semana, em Potsdam, na Alemanha, o Highway Driving Assist – um sistema que esterça, freia e acelera automaticamente acima de 40 km/h.

Para “dar vida a novidade”, basta entrar em uma estrada, apertar o botão que aciona a tecnologia e pré-definir uma velocidade, que será mantida até que o carro encontre um veículo mais lento à sua frente, ou se outro automóvel atravessar a faixa. O motorista também pode determinar a distância que deseja estar do carro da frente. Pronto, aí é só abandonar o volante.

Acertando o caminho

Ainda há outras duas funções para o sistema. O Highway Driving Assist faz uma espécie de varredura das marcações da pista. O objetivo é manter o carro no centro da faixa, já que o motorista não estará segurando o volante, que pode ser assumido a qualquer momento. Caso o condutor queira mudar de faixa, é preciso verificar se a pista está livre e acionar a alavanca da seta – o carro mudará de pista sozinho.

ZF salienta que a tecnologia deve estar pronta para ser comercializada em apenas dois anos, mas que a viabilização do sistema dependerá das montadoras e da legislação de cada país. O veículo de demonstração utilizado era equipado com um radar AC1000 e uma câmera de vídeo S-Cam 3 da ZF TRW. “A fusão dos dados entre câmeras e radares a cada 30-40 milissegundos ajuda a confirmar se determinada situação requer uma intervenção dos sistemas de bordo, como, por exemplo, da função de frenagem rápida pelo programa eletrônico de controle de estabilidade para a função de frenagem automática de emergência”, afirmou durante o evento Ken Kaiser, vice-presidente de engenharia da unidade global de eletrônica da ZF TRW.

De acordo com a marca, a câmera de vídeo S-Cam 3 começará a ser montada em uma série de sedãs do segmento compacto e crossovers na Europa, América do Norte e Ásia até o final de 2015. A próxima geração, a S-Cam4.x, terá lente tripla, que inclui uma lente telefoto para melhor capacidade sensorial de longa distância e uma lente fisheye (olho de peixe) para perto.

Fonte: Auto Esporte

09:51 · 27.04.2015 / atualizado às 09:51 · 27.04.2015 por

Relatório divulgado  pelo portal Mobilize Brasil apresenta Fortaleza como a segunda pior cidade brasileira em sinalização para pedestres, ciclistas e usuários de transporte coletivo
O estudo é resultado da campanha Sinalize, realizada pelo portal Mobilize Brasil com o apoio da Associação Ciclovida em Fortaleza. Das 14 cidades avaliadas, Curitiba recebeu a melhor nota: 5,4 numa escala de 0 a 10. Manaus ficou em último lugar, com 0,7. Fortaleza, em penúltimo, recebeu nota 1,3.
Segundo o relatório, apesar de as viagens a pé, de bicicleta e de transporte coletivo responderem por 70% dos deslocamentos diários nas cidades brasileiras, 90% da sinalização viária é destinada aos condutores de veículos motorizados, restando apenas 10% aos usuários daqueles modos de deslocamento.
Para a Ciclovida, a sinalização precária em Fortaleza soma-se ao desconhecimento de normas básicas no trânsito relacionadas aos veículos à propulsão humana, como a obrigatoriedade de mudar de faixa para ultrapassar o ciclista. Assim como a falha na sinalização, a inexistência de campanhas educativas é responsabilidade da Prefeitura de Fortaleza.
O relatório completo encontra-se em:

http://www.mobilize.org.br/midias/pesquisas/relatorio-sinalize-2014.pdf
Mobilize Brasil é o primeiro portal brasileiro de conteúdo exclusivo sobre Mobilidade Urbana Sustentável.

10:40 · 01.04.2015 / atualizado às 10:40 · 01.04.2015 por

As montadoras também entraram na onda da mobilidade. Depois da Ferrari, Fiat, Land Rover,  General Motors entra na onda das bikes. Ela inicia as vendas no Brasil de sua linha de bicicletas, apresentada durante o Salão do Automóvel de São Paulo, promovido no fim do ano passado

 

BIKECHEV
O primeiro modelo a chegar é a Mountain Bike Aro 27,5, que já está sendo comercializada em concessionárias da marca.
De alta tecnologia e projetada para ter conforto e agilidade nas trilhas, a bicicleta é identificada pelo nome Chevrolet em destaque no garfo. A peça traz desenho concebido em conjunto com o Centro de Design GM.
“Seguindo o posicionamento do Find New Roads, a Chevrolet apoia o movimento de mobilidade sustentável como complemento à utilização dos carros da marca e queremos também estar presentes em momentos relevantes da vida de nossos clientes, como durante a pratica de esportes ou de lazer”, justifica Samuel Russell, diretor de Marketing da Chevrolet.
A bicicleta estreia no ano em que a GM e a marca Chevrolet completam 90 anos de atividades no Brasil.

bikepreta
Conheça o modelo:
A bicicleta esportiva Chevrolet MTB Aro 27,5, é uma mountain bike que reúne o que se tem de mais moderno em tendência de tamanho de rodas, o aro 27,5. Além disso, vem com quadro de alumínio hidroformado, suspensão hidráulica a ar e óleo, freios a disco hidráulicos, e relação de 27 marchas. Pesa apenas 13,6 kg, o que faz uma diferença enorme ao se pedalar, ou quando se eleva a bicicleta ao nível da capota para fixação no rack ou caçamba. Preço sugerido: R$ 3.499.

Pesquisar

Blog do Automóvel

Blog da editoria Auto, do Diário do Nordeste, para coberturas em test drive, lançamentos de automóveis e salões e notícias sobre carros, motos e outros veículos.
Posts Recentes

12h10mNovo Camaro vai ser destaque no Salão do Automóvel de São Paulo 2018

11h10mAudi mostra sua linha de SUVs na Chapada dos Veadeiros, em Goiás

02h10mConfira detalhes do primeiro carro elétrico feito no Brasil

10h10mSalão do Automóvel de São Paulo com novo lote de ingressos disponível

10h10mSetor de locação foi responsável por 1 em cada 4 veículos emplacados no primeiro semestre de 2018

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs