Blog do Automóvel

Categoria: Montadora


11:41 · 22.08.2013 / atualizado às 16:47 · 22.08.2013 por

Uma quinta-feira atípica na capital do Ceará. Dois presidentes de importantes montadoras estão em Fortaleza. O presidente da Audi, Leandro Radomile,  inaugura concessionária autorizada Audi Center Fortaleza. Já o presidente da Renault do Brasil, Olivier Murguet, fez extensa visita ao Grupo Edson Queiroz e Sistema Verdes Mares, onde fez questão de visitar a redação do Diário do Nordeste, TV Diário, TV Verdes Mares (afiliada da TV Globo). Concedeu entrevista ao caderno AUTO e caderno Negócios do Diário do Nordeste. Ele veio a Fortaleza para ministrar palestra na Renault Experience, para alunos da Universidade de Fortaleza (Unifor).

Presidente da Renault do Brasil, Olivier Murguet
Presidente da Renault do Brasil, Olivier Murguet

 

A entrevista você vai ler no próximo post, na íntegra. Na entrevista ele revela detalhes da chegada do novo Logan ao Brasil, do Captur, bem como da previsão de participação da marca no Brasil e Ceará e os planos de expansão de concessionárias Renault no País.

15:19 · 06.08.2013 / atualizado às 15:19 · 06.08.2013 por

A Nissan fechou julho com 7.437 unidades comercializadas. Com esse resultado, a empresa acumula 44.503 veículos vendidos em 2013. Os destaques da marca no mês passado foram os compactos March e Versa, com 2.362 e 2.343 unidades, respectivamente.
Entre as cidades que a Nissan teve maior participação de mercado estão Santos (SP), com 5,7%, Recife (PE), com 4,3%, Salvador (BA), com 4,2%, São Paulo (SP) e Rio de Janeiro (RJ), com 3,6%.
“Com as fortes campanhas de varejo no mês passado, conseguimos bons resultados, dentro dos nossos objetivos. Agora é importante consolidar nos próximos meses esse trabalho”, explica o vice-presidente de Vendas e Marketing da Nissan, Manuel De La Guardia.

Compacto March
Compacto March

Destaques
March – Com o resultado do mês, o compacto registrou 2.362 unidades;
Versa – O sedan compacto atingiu um total de 2.343 unidades no mês;
Frontier – Foram 1.443 unidades vendidas;
Família Livina – Juntos, Livina e Grand Livina acumularam 877 unidades no mês;
Concessionárias – A Nissan do Brasil fechou julho com 166 concessionárias em sua rede.

10:55 · 06.07.2013 / atualizado às 10:55 · 06.07.2013 por

A Toyota mantém a liderança das marcas com alta de 3% em abril se comparado ao ano passado. A Volkswagen segue em segundo lugar com crescimento de 9,8% nas vendas. A Ford vem logo atrás com aumento de 17,2% em relação ao ano anterior.

toyotaMarca

A Chevrolet ocupa o quarto lugar com 12,2% de veículos vendidos a mais em abril que em 2012. Os dados foram revelados pela JATO Dynamics do Brasil, líder em fornecimento de informações automotivas, que divulgou seu release mensal com os dados de veículos vendidos mundialmente no mês de abril de 2013.

13:56 · 12.04.2013 / atualizado às 14:10 · 12.04.2013 por

São mais de 3 milhões de carros da Toyota, Honda, Nissan e Mazda. A Associação de Consumidores PROTESTE cobra agilidade para reparo dos problemas no País

 

toyotaMarca
Defeitos em airbags de cerca de 3,4 milhões de veículos da Toyota, Honda, Nissan e Mazda em todo o mundo, levou as empresas a iniciarem um recall. No Brasil, a Secretaria Nacional do Consumidor pediu esclarecimentos às empresas para que seja informado de imediato de que forma e quando serão feitos os reparos, caso os dispositivos sejam do mesmo fabricante Takata Corp e lote defeituoso.
A PROTESTE Associação de Consumidores alerta a quem tem carros dessas marcas a ficar atento para agendar a troca do equipamento tão logo esteja disponível nas concessionárias, pois os defeitos nos acessórios provocam risco de incêndio ou ferimento aos passageiros. Após levar o carro para a troca do airbag, o consumidor deve exigir o comprovante de que o serviço foi feito. É importante mantê-lo para repasse a outro dono em caso de venda do veículo.

HONDAMARCA
A PROTESTE entende que segurança é critério básico para se colocar um produto no mercado, seja em que país for. No caso brasileiro, esse requisito está consagrado no Código de Defesa do Consumidor. Assim como investem em conforto e desempenho, as montadoras precisam investir na segurança do consumidor. Defeito num item básico de segurança, é como se a proteção do consumidor pudesse ser colocada no mesmo nível do conforto oferecido por bancos de couro. Por envolver risco à saúde e segurança do consumidor, as montadoras têm que agir rápido.

NISSANMARCA
A Associação entende que, por força da gravidade dos riscos em tais casos, os fornecedores deveriam envidar todos os esforços para dar à divulgação de tais procedimentos a maior abrangência possível. Além disso, discorda da imposição, pelos fornecedores, de prazo limite para a realização dos serviços necessários à plena regularização das condições dos produtos ou serviços objeto de recall.
Enquanto houver no mercado produtos que apresentem os problemas que levaram ao chamamento, o fornecedor será responsável por sua pronta reparação, sem qualquer ônus para os consumidores, ainda que a campanha de chamamento estipule um prazo para seu encerramento.

MAZDAMARCA

Nota oficial da Toyota

A marca japonesa publicou na edição desta sexta-feira ( 12/04) nota sobre o assunto. Abaixo as orientações publicadas.

“A Toyota do Brasil convoca os proprietários dos veículos Corolla modelos XEi e SEG, produzidos entre 31/05/2002 e 06/08/2003, abaixo identificados, a atender à campanha de chamamento para verificação e possível substituição da bolsa do airbag dianteiro do lado do passageiro.
Veículo
Data de Fabricação: 31/05/2002 a 06/08/2003
Modelo dos Veículos: Corolla XEi e SEG
Código alfanumérico: 9BR53****
Últimos 7 dígitos do chassi: 8500004 – 8530349

Defeito apresentado: O defeito reside na bolsa do airbag dianteiro do lado do passageiro, dos veículos objetos da campanha.
Riscos e implicações: Deflagração inadequada da bolsa do airbag dianteiro do lado do passageiro em caso de colisão frontal do veículo, com possibilidade de danos materiais e de lesão física ao ocupante do banco dianteiro do passageiro.
Medidas corretivas: A campanha consistirá em duas etapas:
1ª etapa: com início em 25 de abril de 2013, mediante a inspeção da bolsa do airbag dianteiro do lado do passageiro e, se constatado o defeito, a desativação do dispositivo. Fixação de etiqueta adesiva no painel do veículo, por meio da qual o consumidor é alertado sobre a desativação temporária do airbag.
2ª etapa: com início previsto até 60 dias após o começo da primeira etapa, abrangerá os veículos em que o defeito do airbag dianteiro do lado do passageiro foi constatado. Neste caso, os proprietários destes veículos serão novamente comunicados para a substituição da bolsa do airbag dianteiro do lado do passageiro, a reativação do sistema e a remoção da etiqueta de alerta.
Atenção: O consumidor que confirmar o envolvimento do seu veículo na campanha, não deverá utilizar o banco dianteiro do passageiro para o transporte de pessoas, devendo aguardar o início da campanha, em 25 de abril de 2013.
Locais de atendimento e agendamento: Para agendar o atendimento do seu veículo, os proprietários deverão entrar em contato com a Rede de Concessionárias Toyota. Os endereços e telefones estão disponíveis no endereço eletrônico www.toyota.com.br.
A Toyota do Brasil esclarece que a presente campanha não representa qualquer custo ao consumidor.

Para informações adicionais, consulte: Rede de Concessionárias Toyota do Brasil
S.A.C.: 0800 703 02 06 – www.toyota.com.br

 

15:34 · 30.01.2013 / atualizado às 15:34 · 30.01.2013 por

A Jaguar Land Rover começará a produzir o sedan Jaguar XF em sua fábrica em Pune, na Índia, a partir de componentes vindos da outra fábrica da marca, em Castle Bromwich, no distrito de Birmingham, no Reino Unido.


The initial Pune-built Jaguar XF models will feature the company’s acclaimed 2.2-litre diesel engine, which is coming to the Indian market for the first time. The Jaguars will be built alongside Land Rover Freelander 2 vehicles which have been produced in Pune since May 2011
O Jaguar XF fabricado em Pune será equipado com o motor a diesel de 2.2 litros, sendo comercializado no mercado indiano pela primeira vez. O modelo será fabricado ao lado da linha de produção do Land Rover Freelander 2, produzido na unidade industrual desde Maio de 2011.
Para o CEO global da Jaguar Land Rover, Dr Ralf Speth, “a Índia é um mercado que oferece oportunidades significativas tanto para a Jaguar como para a Land Rover. A expanção de nossas operações em Pune e a inclusão da produção do Jaguar XF nessa unidade vão nos ajudar a concretizar nossas ambições no mercado indiano”.
“A Jaguar Land Rover está empenhada em construir um negócio sustentável e rentável. Aumentar a nossa presença global de fabricação é um elemento-chave para a nossa estratégia de crescimento. Juntamente com a joint venture já em construção na China, a expansão de nossas operações em Pune nos ajudará a aumentar o volume global de veículos produzidos, além daqueles que saem das fábricas do Reino Unido”, acrescenta o CEO.


Já para o vice-presidente da Jaguar Land Rover Índia, Rohit Suri, “o Land Rover Freelander 2 e o Jaguar XF são nossos modelos mais vendidos na Índia e isso impulsionou a fabricação local de ambos os veículos. O Jaguar XF se tornou muito popular entre os nossos clientes, devido ao seu desempenho esportivo, sua elegância, o interior luxuoso e seu estilo contemporâneo. Estamos muito satisfeitos em oferecer este carro como um produto de fabricação nacional, equipado com um motor completamente novo, o que nos permitirá oferecer aos nossos clientes uma maior variedade de modelos a preços competitivos.”
Recentemente a Jaguar Land Rover Índia anunciou crescimento de 32% em 2012, tendo vendido 2.393 carros.

15:19 · 30.01.2013 / atualizado às 15:19 · 30.01.2013 por

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou financiamento no valor de R$ 154 milhões à Peugeot Citroën do Brasil para o desenvolvimento de novo modelo de automóvel, o Peugeot 208, lançado industrialmente nesta quarta-feira, 30, em cerimônia na fábrica da empresa, na cidade de Porto Real (RJ).

208, o carro da Peugeot, será lançado em abril

O projeto financiado pelo Banco foi desenvolvido pela equipe brasileira de engenharia. Ele inclui investimentos necessários à adaptação da fábrica à nova produção, apoio à exportação do veículo e investimentos sociais. Essa operação faz parte do plano de negócios do Grupo PSA no Brasil para o período 2011/2014, que prevê investimentos da ordem de R$ 3 bilhões para aumento da capacidade produtiva e novos modelos de veículos e motores.
Nesse contexto, o BNDES já havia aprovado, anteriormente, um outro financiamento, no montante de R$ 119,7 milhões, para investimentos realizados pela Peugeot Citroën no aumento da capacidade de usinagem de motores e no desenvolvimento do novo modelo Citroën C3, já incorporando ao veículo itens de segurança e acessórios como ABS e airbags frontais para motorista e passageiro. A legislação tornou obrigatória a presença desses itens em todos os projetos novos no Brasil a partir de 2013.
Além desses equipamentos de segurança, o novo modelo Peugeot 208 sairá de fábrica com etiqueta do Inmetro, categoria “A” (mais econômico), informando o grau de consumo de energia do veículo e seguindo, assim, orientação do Programa Federal de Incentivo à Inovação Tecnológica e Adensamento da Cadeia Produtiva de Veículos Automotores (Inovar Auto).

Empreendimento
Os investimentos industriais para adaptações da unidade fabril incluem a elevação do nível de automatização dos processos e o aumento da capacidade instalada da fábrica. Entre os méritos desse projeto, destacam-se o aumento dos investimentos em engenharia local, o ingresso de divisas no País por conta das exportações e o desenvolvimento de um veículo com maior eficiência energética.
Na parte social, o empreendimento da Peugeot Citroën prevê investimentos para a formação técnica na região sul-fluminense, com cursos profissionalizantes a jovens carentes da comunidade de Porto Real. Além disso, a montadora, em conjunto com demais empresas do polo industrial de Resende e Porto Real, vai participar da construção de uma nova escola técnica na região, com capacidade para o atendimento de 400 alunos por ano. O objetivo é facilitar o ingresso desses jovens no mercado de trabalho e atender à necessidade local de mão de obra.

11:02 · 27.11.2012 / atualizado às 11:02 · 27.11.2012 por

12 de novembro de 1962. Há 50 anos, em uma segunda-feira, o então presidente da Toyota no Brasil, Kiyoyasu Koide, inaugurava a primeira unidade industrial da fabricante de automóveis fora do Japão. E o local escolhido foi a cidade de São Bernardo do Campo, na grande São Paulo, região que já começava a despontar como berço da indústria automotiva nacional.

 

Estrutura metálica quando da construção

 
Motivo de orgulho para a Toyota e seus colaboradores, a fábrica de São Bernardo é considerada até hoje um marco no desenvolvimento da indústria automotiva nacional.
O primeiro veículo produzido em São Bernardo do Campo foi o saudoso Toyota Bandeirante, ícone entre os modelos fora-de-estrada pela sua fama de inquebrável. Sua manufatura perdurou por 39 anos, até 2001, com um total acumulado de 103.750 unidades,
Ao longo desses 50 anos, a fábrica de São Bernardo do Campo reúne histórias curiosas. Uma delas ocorreu em 1970 quando um incêndio atingiu o setor de pintura da fábrica da Volkswagen, localizada na mesma cidade. A Toyota então, por um período de seis meses, assumiu a primeira etapa da pintura do Fusca. Nessa época romântica, pintavam-se, por dia, não mais do que 20 carrocerias, número inimaginável para os padrões atuais da indústria.

Personalidades durante a inauguração

Com o passar dos anos e com o desenvolvimento da indústria nacional, a Toyota decidiu introduzir novos modelos no país e, para isso, abriu duas novas fábricas. Uma em Zárate (Argentina), em 1997, responsável pela produção da Hilux, e outra em Indaiatuba (SP), em 1998, onde faz o Corolla. Com isso, aliado ao fim da produção do Bandeirante em 2001, a empresa modernizou e adaptou a fábrica de São Bernardo do Campo para a produção de peças que abastecem o mercado de reposição do Bandeirante e também para manufatura de componentes que fomentam a linha de montagem de Zárate e Indaiatuba.


O último grande investimento em São Bernardo do Campo, de US$ 42 milhões, ocorreu em agosto de 2006, quando uma nova forjaria foi construída, para a produção de peças (biela e virabrequim), que são exportados para os Estados Unidos e utilizados nos modelos Camry e Corolla fabricados naquele país.
Adicionalmente, em 2009, foi erguido em São Bernardo um novo Centro de Funilaria e Pintura, utilizado para capacitar os colaboradores da rede de concessionários da Toyota.
Atualmente, contando com área construída de 4.400 metros quadrados e 1.337 colaboradores, a fábrica da Toyota em São Bernardo exerce papel estratégico dentro dos planos de negócios da empresa, abrigando, além das áreas industriais já citadas, os departamentos administrativo, financeiro, jurídico, engenharia, planejamento de produção e planejamento corporativo, entre outros. A unidade também abriga a sede da Associação Desportiva Classista “Toyota Bandeirante”, clube da empresa para as unidades de São Bernardo e São Paulo.

Saiba mais
A Toyota do Brasil Ltda conta com três unidades produtivas em Indaiatuba (SP), São Bernardo do Campo (SP) e Sorocaba (SP), dois centros de distribuição de veículos em Guaíba (RS) e Vitória (ES), um centro de distribuição de peças em Votorantim (SP), um escritório de representação em Brasília (DF) e um escritório comercial na cidade de São Paulo (SP) e mais de 4.700 colaboradores. Fundada em 1937, a Toyota Motor Corporation (TMC) é uma das fabricantes de veículos para passageiros e comerciais mais representativas do mundo. Com produção em 28 países e regiões e vendas em mais de 160 países, a empresa é detentora das marcas Toyota, Lexus, Daihatsu e Hino. A Toyota possui ações nas Bolsas de Valores de Tóquio, Nagoya, Osaka, Fukuoka e Sapporo (Japão), Nova Iorque (EUA) e Londres (Reino Unido) e emprega atualmente mais de 325.000 colaboradores em todo o mundo.

17:33 · 22.10.2012 / atualizado às 18:08 · 22.10.2012 por

Veja aqui o que está confirmado que estará nas concessionárias nos próximos meses do que foi apresentado hoje para a imprensa no Salão Internacional do Automóvel de São Paulo. Evento abre para o público apenas na quarta-feira. Hoje foram realizadas 18 coletivas de imprensa, um recorde. Caderno AUTO do Diário do Nordeste fez muitas entrevistas nos bastidores, com informações quentes

André Marinho

Editor (Direto de São Paulo, SP)

 

 

Renault confirmou nova geração do compacto Clio, mas não divulgou o preço; consumo de combustível declarado: 15 km/l
Presidente da Renault, Olivier Murguet revela o Duster Cross, carro conceito
Híbrido Prius estará à venda no Brasil em janeiro: preço R$ 120 mil
Detalhe de coletiva da Toyota, repleta de jornalistas
NS4, carro conceito da Toyota

 

Nissan confirmou sedan grande Altima em 2013, mas não revelou preço

 

Uma Hilux irada no estande da Toyota

 

 

Mercedes-Benz mostrou seu SUV de entrada, a nova GLK 300, com motor V6, 3.5 litros e 252 cv de potência
Fusca conversível no estande da alemã Volkswagen
Detalhe da entrada do Pavilhão de Exposições do Anhembi
Fusca volta com dois preços: R$ 77.600 (câmbio manual) e R$ 80.990 (câmbio automático)

 

 

Conceito Evos, da norte-americana Ford
Ford revelou EcoSport automática e com tração 4x4: em dezembro nas revendas; versão automática apenas com motor 2.0 litros

 

Geral do estande da alemã Porsche
Ferrari F 458 Spider ficou em local de destaque no estande da Fiat: motor V8, 570 cv

 

Maserati Grancabrio Sport ficou também no estande da Fiat: motor V8, 450 cv
HB20X é a versão aventureira do compacto da Hyundai HB20; motor 1.6 litros em alumínio e 128 cv de potência: preço só em novembro

 

Nova geração da SantaFe aposenta a Vera Cruz e tem opções de 5 e 7 lugares

 

27º Salão do Automóvel de SP

Marcas: 49

Carros: 500 veículos em exposição

Expositores: 113

Expectativa de público: 750 mil pessoas

Área de exposição: 85 mil metros quadrados

00:41 · 27.09.2012 / atualizado às 00:47 · 27.09.2012 por

*André Marinho

Editor (Direto de Paris, França)

Em avant-premiere realizada na noite de terça-feira, o Grupo Volkswagen mostrou as principais atrações de suas nove marcas no Salão do Automóvel de Paris. Uma delas foi a sétima geração do Golf, carro que interessa muito aos brasileiros, tendo em vista que atualmente o carro no Brasil está em sua quarta geração.

CEO do Grupo Volkswagen apresenta o Golf Blue Motion, em sua sétima geração

Além da Volkswagen, outras marcas do Grupo, como Lamborghini, Bentley, Porsche, Seat, Audi, Skoda, Ducati (motos) e Bugatti também mostraram suas atrações. As coletivas de imprensa do Salão do Automóvel de Paris têm início nesta quarta-feira (27/9). O Jornal Diário do Nordeste é o único veículo do Ceará a estar presente na cobertura, a convite da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores). Acompanhe as novidades neste Blog, no caderno AUTO e no programa Sobre Rodas, da Rádio Verdes Mares.

Detalhe da nova traseira do Golf
Novo Audi A3 Sportback

 

Jornalista André marinho é o único cearense a cobrir o Salão do Automóvel de Paris, um dos três maiores Salões do mundo

* O Editor viajou a Paris, França, a convite do Pool da Anfavea (Volkswagen, Ford, Fiat, Mercedes-Benz, Peugeot, Citroen, Renault)

 

11:04 · 05.09.2012 / atualizado às 11:14 · 05.09.2012 por

As concessionárias comemoram os números de vendas de junho, julho e agosto, resultado da redução do IPI. Em agosto foram emplacados 7.068, dados da Fenabrave-CE. “Um recorde histórico”, comentou o presidente da entidade, Fernando Pontes.

Como comparativo, de janeiro a maio, antes da redução, foram vendidos 19.823 carros, em cinco meses, uma média mensal de 3.965 carros. Nos três meses seguintes, junho, julho e agosto, foram vendidos 19.676 unidades, média de 6.559 carros por mês. Em setembro está faltando carro. O recado do presidente da Fenabrave ao consumidor é que o público que está interessado em comprar deve aproveitar o momento e negociar seu carro logo, pois terão prioridade junto aos pedidos de faturamento junto as montadoras. Os modelos 1.0, 1.3, 1.4 e 1.6 litros são os mais procurados.

Mercado brasileiro

O total de veículos emplacados aumentou 11,52% em agosto em relação a julho, para 580.843 unidades, informou nesta terça-feira a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). O resultado é recorde histórico do setor, com contagem iniciada em 1957. Sobre agosto de 2011, as vendas do mês passado avançaram 10,18%. No acumulado do ano, os licenciamentos somam 3.764.755, o que representa uma alta de 0,13% sobre igual período do ano passado. O total de veículos emplacados engloba automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motos, implementos rodoviários, máquinas agrícolas e outros.

Comerciais

Considerando apenas automóveis e comerciais, foram vendidas 405.518 unidades em agosto, o que equivale a uma alta de 15,40% sobre julho e um avanço de 31,76% sobre igual mês do ano passado O montante vendido também é recorde histórico.

As vendas de caminhões e ônibus em agosto apresentaram crescimento de 13,87% ante julho, porém decréscimo de 25,52% ante igual período de 2011. Foram comercializadas 14.583 unidades no País.

Motos

Em relação a motos, os emplacamentos somaram 140.641 veículos em agosto, o que representa uma alta de 1,56% sobre julho e um recuo de 22,45% ante agosto de 2011. As vendas de implementos rodoviários subiram 9,43% em agosto na comparação com julho e diminuíram 10,55% em relação a igual mês do ano passado. Foram vendidos 4.792 implementos, informou a Fenabrave.

Pesquisar

Blog do Automóvel

Blog da editoria Auto, do Diário do Nordeste, para coberturas em test drive, lançamentos de automóveis e salões e notícias sobre carros, motos e outros veículos.
Posts Recentes

12h10mNovo Camaro vai ser destaque no Salão do Automóvel de São Paulo 2018

11h10mAudi mostra sua linha de SUVs na Chapada dos Veadeiros, em Goiás

02h10mConfira detalhes do primeiro carro elétrico feito no Brasil

10h10mSalão do Automóvel de São Paulo com novo lote de ingressos disponível

10h10mSetor de locação foi responsável por 1 em cada 4 veículos emplacados no primeiro semestre de 2018

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs