Blog do Automóvel

Categoria: Nordeste


12:32 · 19.11.2015 / atualizado às 12:32 · 19.11.2015 por

O Sistema Sincopeças/Assopeças (Ce) realizará, no próximo dia 7 de dezembro, o III Seminário Automotivo do Nordeste, um evento com foco na capacitação de  empresários e gestores deste segmento, que traz, a cada edição, assuntos de  relevância para a gestão de pequenas e médias empresas do setor automotivo. Este ano, o Seminário acontecerá no Hotel Recanto Wirapuru, que fica na Av. Alberto Craveiro, nº 2222, bairro Dias Macêdo.

Ranieri Leitão é o presidente do Sistema Sincopeças/Assopeças
Ranieri Leitão é o presidente do Sistema Sincopeças/Assopeças

A programação terá início às 14h e contará com dois painéis de debates sobre as perspectivas para o mercado de reposição em 2016 e valorização da mão de obra. O evento finalizará com uma das palestras mais requisitadas no país: Construindo uma Tropa de Elite, ministrada pelo ex-capitão do BOPE, Paulo Storani, um dos oficiais que serviram de inspiração para a criação do personagem Capitão Nascimento, interpretado por Wagner Moura no cinema.
Consultor dos filmes Tropa de Elite, Storani estabelece uma relação entre a realidade do BOPE e as atividades do mundo corporativo, com foco no que está além dos processos: o compromisso com a marca (empresa); o foco no resultado; o trabalho em equipe; a superação de limites – metas; a liderança mútua; e a auto-realização no cumprimento da missão – tarefa.
Organizado pela Duo Eventos e tendo o Sebrae como parceiro nesta iniciativa, o Seminário Automotivo do Nordeste conta com o patrocínio das empresas Auto Norte, Bezerra Oliveira, Gagliardi, Nosso Estoque, Odonto System, Sama / Laguna Autopeças e SK Automotive, além do apoio institucional da Revista Auto Ceará, Assomotos e Stand Show.
As inscrições são feitas exclusivamente pelo site www.sincopecas-ce.com.br e as vagas são limitadas. Para este ano, a previsão de público é de aproximadamente 250 participantes. O valor para associados é de R$ 100,00 e para não-sócio é de R$ 250,00. Informações: (85) 3206.6191.

12:05 · 22.07.2015 / atualizado às 12:05 · 22.07.2015 por

Dois modelos, três opções de motores, preços de R$ 15 mil, R$ 18 mil ou R$ 21 mil. O Nanico, micro carro que tem concepção de um inventor brasileiro, terá motor elétrico, flex, gás natural e até mesmo com placa para bateria solar!

Carrinho surpreende quem vê na rua
Carrinho surpreende quem vê na rua

Isso mesmo! A informação foi concedida a este repórter com exclusividade pelo empresário Henrique Santana, que fez a mediação da fábrica paulista com o governo cearense. O lançamento oficial será entre os dias 10 e 20 de agosto, no Centro de Eventos do Ceará.
A linha de montagem ficará no município de São Gonçalo do Amarante, município distante 65 km de Fortaleza (1h 10 min de viagem). Segundo Santana, a fábrica terá capacidade de entregar 300 unidades por mês, 100 para cada versão, dependendo, claro, do mercado. Cerca de 100 carros já foram encomendados. Ceará dessa vez ganhou a disputa por essa mini montadora – Bahia e Pernambuco também estavam na disputa.

Nanico, o Tata Nano brasileiro
Nanico, o Tata Nano brasileiro

A Nani Car Indústria Automobilística vai produzir dois modelos de micro automóveis: o Nanico Car e o Nanico FS e vai gerar cerca de 800 empregos para a região. De acordo com o físico e diretor do projeto de produção dos veículos da marca, Paulo Roberto da Conceição, como incentivo para a montadora, o Governo do Ceará ofereceu redução de ICMS que pode chegar a 75%, enquanto a prefeitura de São Gonçalo do Amarante doou terreno de 3 hectares para instalação da fábrica, com um incentivo fiscal via redução do Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS).
“Em um primeiro momento, o Governo do Ceará deve investir cerca de R$ 8 milhões por meio de um financiamento cedido por algum banco que ainda não foi definido”, conta Paulo Roberto. Com esta fábrica, agora serão duas montadoras no Ceará. A  linha de montagem da Troller, que pertence a Ford, está instalada em Horizonte, município a 42 km de Fortaleza.

No primeiro momento a linha de montagem terá capacidade para 300 unidades por mês
No primeiro momento a linha de montagem terá capacidade para 300 unidades por mês

Ficha técnica do Tata Nano brasileiro
O Nanico tem 1,90 metro de comprimento e foi criado pelo designer autodidata Caio Strumiello. Um motor de 125cc, herdado de um scooter, rende de 12 cavalos a 16 cavalos de potência e empurra o carrinho de 242 kg até 80 km/h, mas obviamente velocidade não é seu forte.

nanico4
Além de ser pequeno, ele é econômico, com consumo médio de 30 km/l. O tanque guarda até 4 litros de gasolina, o que permite uma autonomia de cerca de 120 km. Atualmente, versões a gasolina ou a gás natural (GNV) são produzidas artesanalmente em São Paulo, por um preço de R$ 15 mil e R$ 18 mil, respectivamente.

Carro pesa mil quilos
Carro pesa mil quilos

O Nanico Car chamou a atenção do físico Paulo Roberto, que se tornou sócio de Strumiello para desenvolver uma versão elétrica. Os dois esperam parceiros para produção em grande escala. Segundo Roberto, a empresa já tem cerca de 100 encomendas pelo veículo, que será movido inicialmente por motor de 7,5 kW e bateria importados da China. O motor elétrico tem autonomia de 300 km, com velocidade entre 70 km e 80 km.

Fácil para estacionar
Fácil para estacionar

Micro carros são comuns na Ásia. Países como Japão, China, Tailândia e India tem vários modelos. O mais famoso é o Tata Nano, o carro mais barato do mundo, com preço equivalente a menos de R$ 7 mil. Mas não tem itens de segurança como freios ABS ou airbags, o que torna o veículo proibido em mercados como os Estados Unidos, Alemanha ou Brasil. Vamos aguardar para ver os detalhes dos carros na linha de produção no Ceará, para conferir a segurança, estabilidade e desempenho do carrinho.

Diferença entre um carro normal e o micro
Diferença entre um carro normal e o micro

 

Tata Nano, o micro carro indiano mais barato do mundo
Tata Nano, o micro carro indiano mais barato do mundo
14:51 · 11.06.2015 / atualizado às 14:51 · 11.06.2015 por

Para alavancar mais as vendas e fortalecer o segmento de veículos no Ceará, começa amanhã o Feirão Veículos Classificados, no Estacionamento da Arena Castelão. Na ocasião, o cliente poderá levar para a casa, tanto um carro zero-quilômetro (direto das concessionárias) como um seminovo (das revendedoras de usados) de sua preferência, marca, modelo e ano.

Se preferir, o cliente poderá levar seu carro como entrada para trocar por um “novo bala” ou mesmo um outro usado de maior valor. No Feirão, onde estarão 30 empresas automotivas, o consumidor poderá financiar o veículos em até 48 vezes, com taxa de 0,99%.

Everton Fernandes, vice-presidente do Sindicato dos Revendedores Automotores do Estado do Ceará (Sindivel) e um dos parceiros do evento pela Via Verde, calcula que nos três dias deverão passar cerca de 20 mil pessoas. Segundo ele, no estacionamento serão ofertados carros de diversos tipos, ano, modelo e várias formas de pagamento. Na prática, incentivo é o que não vai faltar para você colocar mais um veículo na sua garagem.

Mais informações:

Local: estacionamento do Arena Castelão

Dias: 12, 13 e 14 de junho

Horário: sexta e sábado ( 8 às 18 horas) e domingo (8 às 17horas)

 

 

10:11 · 16.04.2015 / atualizado às 10:18 · 16.04.2015 por

Localizada a cerca de 80km de Recife, a cidade de Gravatá (PE) será palco, pela primeira vez, do rali de regularidade Mitsubishi Motorsports. Esta é a 21ª temporada da competição, que reúne famílias, casais e amigos em busca de aventura e diversão off-road

 

rally
Para participar, não é necessário ter experiência. A prova é dividida em três categorias: Turismo Light, para duplas iniciantes, Turismo, para os intermediários, e Graduados, para pilotos e navegadores mais experientes.
Além de desafios off-road, muitos participantes aproveitam para viver um fim de semana diferente e sair da rotina, caso de Ariel e Pamela Bueno da Fonseca, que viaja e revive a lua de mel. “Estamos há cinco anos juntos e deixamos nossa filhinha com os avós”, conta o navegador. “Cada metro percorrido vale a pena. A estrutura que a Mitsubishi monta a gente não encontra em lugar nenhum. E as amizades não tem preço!”
Em Gravatá, a prova largará do Hotel Canarius e passará também pelos municípios de Chã Grande, Bezerros e Cumaru. Os competidores da Graduados e da Turismo percorrerão 180km e os da Turismo Light, 140km.

rally2
“Será uma prova muito bonita com vários desafios do terreno. A região de Gravatá tem um relevo ótimo e as trilhas serão emocionantes, com subidas e descidas em estradas sinuosas”, adianta Fernando Julianelli, diretor de marketing da Mitsubishi Motors do Brasil.
Como funciona?
As inscrições são abertas sempre 12 dias antes da competição. Os interessados devem entrar no site www.mitsubishimotors.com.br e preencher o cadastro. As vagas são limitadas.
Na sexta-feira véspera da competição, os participantes se encontram para confirmar a inscrição e adesivar os carros. À noite, há um briefing sobre as trilhas e aula de navegação.
No sábado, os competidores se reúnem para a largada. “As provas são cuidadosamente planejadas para que todos possam usar ao máximo seus 4×4 e também curtir paisagens lindas. A dificuldade varia entre as categorias, então podem participar iniciantes, até quem nunca colocou o carro em uma trilha, até os mais experientes”, explica Julianelli.

rally3
Na chegada, há um grande almoço e cerimônia de premiação para as melhores duplas.
Premiação da temporada
A dupla campeã da temporada Nordeste na categoria Graduados viajará para esquiar no Chile. O piloto irá com acompanhante para o complexo Valle Nevado. Já o navegador, também com acompanhante, desfrutará da estação de Portillo. As viagens são cortesia da operadora Maktour.
Já na categoria Turismo, o piloto campeão levará uma viagem, para quatro pessoas, para a Pousada Maravilha, em Fernando de Noronha, oferecida pelo Circuito Elegante.
Calendários 2015
Mitsubishi Motorsports Nordeste*
25/04 – Gravatá (PE)
12/09 – João Pessoa (PB)
26/09 – Natal (RN)
24/10 – Fortaleza (CE)
*Calendário sujeito a alterações.
Mitsubishi Pró-Brasil – Ação Social
A Nação 4×4 da Mitsubishi também está envolvida no espírito de solidariedade e cidadania com a ação social Mitsubishi Pró-Brasil. Desde 1994 foram arrecadadas mais de 980 toneladas de alimentos, em doações através das inscrições. Para participar das provas, os competidores fazem a doação, por carro, de 30kg de alimentos não perecíveis e seis produtos de higiene, que serão destinados a associações da cidade.
O Mitsubishi Motorsports tem patrocínio de Petrobras, Itaú, Dalgas, W. Truffi, Transzero, Pirelli, Clarion, Unirios, Embracon, STP, Tecfil, Mapfre, Pilkington, Flamma, Rede, Sky, Sideral e Artfix.

rally4

Programação – Mitsubishi Motorsports
24 de abril – Sexta-feira
Entrega de kits, vistoria, briefing e aula de navegação – das 17h às 22h
Local: Hotel Canarius, Rodovia BR 3232 S/N – Brejinho
25 de abril – Sábado
Local: Hotel Canarius, Rodovia BR 3232 S/N – Brejinho
A partir das 8h – Largada
A partir das 14h – Chegada, almoço e premiação

Troféus do Rally
Troféus do Rally

 

14:40 · 13.04.2015 / atualizado às 11:13 · 14.04.2015 por

Após terminar o campeonato 2014 na quarta posição entre 16 competidores em sua primeira temporada no Campeonato Brasileiro de Motovelocidade, o Moto1000 GP, o piloto cearense José Duarte parte para a sua segunda temporada completa na competição e tem investido na preparação para começar bem a batalha pelo título de 2015 na categoria GPR 250

 

MOT
Aos 17 anos, José Duarte mantém uma rotina de treinos e atividades que passam por um trabalho de orientação nutricional, atividades físicas, reeducação postural global (RPG), pilates, e treinamentos na pista com moto.
Filho do também piloto Wagner Duarte, ele iniciou sua carreira disputando provas de motocross, mas decidiu trocar o terreno acidentado pelo asfalto e, em 2013 participou da última etapa do Moto1000 GP em Cascavel, no Paraná.
Em 2014, já no Team Estrella Galicia 0,0 by Alex Barros, teve um ano de aprendizado e terminou a competição na quarta colocação, subindo ao pódio em seis das oito etapas disputadas.

MOT3
O convite para ele integrar a escuderia do maior representante brasileiro no motociclismo surgiu após Alexandre Barros acompanhar sua participação em um curso de pilotagem. Como bom caça talento Barros enxergou o potencial do cearense e fez a proposta, logo aceita por ele e seu pai, que não tem poupado esforços para realizar o sonho dos dois.
Em meio às disputas da competição nacional, ele encontrou tempo para participar do Campeonato Nordestino de Motovelocidade, Fast1000 GP, na categoria 250cc e foi campeão em 2014.
O atleta aposta em um ano competitivo, mas mostra disposição para encarar o desafio que terá este ano.
“Sei que tenho uma missão difícil este ano, mas com o apoio que tenho dos meus pais e da equipe, espero chegar ao fim da competição na disputa pelo título da minha categoria. Não há nada fácil, tampouco impossível. Vou fazer o que estiver ao meu alcance. Se pedirem 100 farei 110”, disse o jovem campeão nordestino de motovelocidade.

MOT4
A quinta temporada do Moto 1000 GP tem início no dia três de maio, com a primeira das oito etapas no Autódromo Internacional de Curitiba, na cidade de Pinhais (PR). O calendário do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade prevê a realização das provas nos autódromos do Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo, e Goiás.

MOT5
Crédito das Fotos: Equipe Sanderson

22:17 · 23.03.2015 / atualizado às 22:17 · 23.03.2015 por

Na noite desta segunda-feira (23) a marca norte-americana Jeep revelou para a imprensa especializada no Rio de Janeiro os detalhes e preços do Renegade, SUV da marca fabricado no interior de Pernambuco. A versão de entrada mais barata sai por R$ 66.900, mas só chega nas concessionárias em três meses. A intermediária, Sport, que chega agora custa R$ 69.900. A versão com câmbio automático custa a partir de R$ 75.900. A Longitude Automática por R$ 80.900, Flex.

JEEP

 

A versão mais cara com motor a diesel, tração 4×4 com reduzida, custa R$ 116.990. A versão mais barata com motor a diesel sai por R$ 99.900. O Renegade vai brigar para ser líder no segmento de SUV compactos, hoje liderado pelo Ford EcoSport e em segundo o Renault Duster. Vai enfrentar também o recém lançado Honda HR-V. A rede de concessionárias da marca Jeep cresceu e hoje são 120 no Brasil. Em Fortaleza o grupo Newland inaugura sua loja e o grupo Via Sul outra.

JEEP2

 

 

 

14:47 · 19.02.2015 / atualizado às 14:47 · 19.02.2015 por

O primeiro Jeep Renegade fabricado para clientes deixou a linha de montagem da fábrica Jeep, em Goiana (PE), nesta quinta-feira (19)

 

JEEPREN

O modelo está pronto para ganhar as ruas do Brasil. “O primeiro carro destinado a um cliente é um marco importante na trajetória da FCA (Fiat Chrysler Automobiles). Sua produção atesta a eficiência da fábrica que construímos em Goiana, incorporando as melhores práticas industriais acumuladas pelo grupo em todo o mundo. E também é um passo fundamental para multiplicar as vendas da marca Jeep no Brasil, contribuindo para torná-la uma força global”, explica Stefan Ketter, vice-presidente mundial da manufatura da FCA/ Projeto Pernambuco.
Seguindo o sistema global de qualidade da FCA, os primeiros veículos produzidos na planta de Goiana passaram por uma ampla bateria de testes. Desde outubro do ano passado foram fabricados 250 modelos pré-série do Jeep Renegade, para que o conjunto de seus mais de 2 mil componentes fosse cuidadosamente avaliado. Os testes abrangem a geometria da carroceria e as certificações das peças, além de uma verificação minuciosa dos parâmetros de pintura e solda.

JEEPREN2
A robustez do processo de qualidade faz do Jeep Renegade um destaque na categoria de SUVs compactos. “Nossa equipe de qualidade trabalha com equipamentos e sistemas capazes de criar soluções e garantir a eficiência total do veiculo”, explica o diretor de qualidade da fábrica Jeep, Luís Filipe Batista. Depois de todos os testes e avaliações, a produção em escala comercial do Jeep Renegade foi liberada. Isto significa que a nova fábrica propicia um processo produtivo eficiente e que os modelos que deixam a linha de montagem alcançam alto padrão de qualidade e conformidade.

Urbano e off-road
O Jeep Renegade oferece uma combinação de apelo urbano e promessa de bom desempenho fora de estrada em sua categoria. Reúne versatilidade, liberdade, comodidade e tecnologia na dose certa. Ele traz em seu pacote inovações para a categoria, como opção de câmbio automático de nove marchas e motor a diesel, interior refinado e uma ampla lista de avançados itens tecnológicos. O resultado é um veículo atual, eficiente e prazeroso de dirigir.
“Uma das maiores oportunidades para o crescimento da Jeep está no Brasil”, diz Mike Manley, CEO global da marca Jeep. “Agora temos um veículo produzido no Brasil que se encaixa perfeitamente ao mercado latino-americano, com capacidade 4×4 e tecnologia única no segmento. O novo Jeep Renegade reúne como nenhum outro o espírito de aventura e a iniciativa do povo brasileiro e vai atrair milhares de novos consumidores para a nossa marca.”

JEEPREN3
Com três versões de acabamento, duas opções de motor, três tipos de câmbio, três tipos de tração e uma enorme relação de equipamentos, o Jeep Renegade atenderá a todos os tipos de exigência de quem procura um SUV compacto, seja para a cidade, seja para encarar aventuras mais radicais no off-road. O Jeep Renegade terá motor flex 1.8 E.TorQ Evo ou o inédito diesel turbo 2.0 MultiJet II, o mais forte da categoria. A transmissão pode ser manual de cinco marchas ou automática de seis ou de nove marchas – outra exclusividade no segmento. E a tração pode ser 4×2 dianteira ou 4×4, de dois tipos. As versões serão Sport, Longitude e Trailhawk.
Polo Automotivo Jeep
Mais moderna e eficiente planta da FCA, a fábrica Jeep de Pernambuco foi concebida para atender aos mais avançados processos globais de fabricação automotiva ao aplicar mais de 15 mil das melhores práticas, aprimoradas dentro do sistema Word Class Manufacturing (WCM). Os focos estão, principalmente, na excelência na produção e na otimização do fluxo logístico.
A fábrica Jeep é flexível para a produção de diversos modelos simultaneamente e terá capacidade para entregar ao mercado 250 mil veículos por ano, que atenderão ao mercado da América Latina. Ao todo, a planta soma uma área construída de 260 mil metros quadrados composta por cinco edifícios principais: Prensas, Funilaria, Pintura, Montagem e Centro de Comunicação (local por onde passam todos os veículos depois de cada fase de fabricação). Seu formato permite uma rápida solução de problemas e uma melhoria contínua dos processos, garantindo a qualidade total do produto final.
O Polo Automotivo concentra também o Supplier Park. Um parque de fornecedores formado por 16 empresas, que se instalam em 12 edifícios para produção de 17 linhas estratégicas de componentes. Os produtos responderão por 40% da demanda de partes e componentes nacionais da planta Jeep.
Com sua implantação (obra civil e instalação de equipamentos) superando 95% de conclusão, a inauguração oficial da fábrica, âncora do Polo Automotivo, acontecerá no primeiro quadrimestre deste ano. Atualmente, o Polo emprega cerca de 3 mil pessoas, somados os funcionários da fábrica Jeep e das 16 empresas que compõem o parque de fornecedores. Desse total, 80% são pernambucanos. Durante o pico de operação, o Polo Automotivo Jeep irá gerar cerca de 10 mil empregos diretos e indiretos.
O investimento na etapa de treinamento é outro destaque do projeto. No final de julho de 2014, mais de 200 profissionais retornaram de treinamento no exterior (em fábricas de referência da FCA na Itália, Sérvia e Estados Unidos) como multiplicadores de conhecimento para a planta Jeep. Inaugura ainda uma inovadora forma de gestão das pessoas, com redução de níveis hierárquicos, onde todos os funcionários, de todas as funções, terão papéis importantes no processo de decisão.
Por seu poder irradiador sobre a economia, o mercado de trabalho e sobre a educação e qualificação, o Polo Automotivo Jeep projetará seus efeitos por toda região Nordeste e toda a sociedade. Estudo das consultorias Ceplan e Diagonal, encomendado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (Sdec), estima que sejam gerados 47,5 mil empregos diretos e indiretos da fase de implantação até o pico de operação. Sua contribuição para o Produto Interno Bruto (PIB) do Estado chegará a 6,5% em 2020.

11:07 · 29.01.2015 / atualizado às 22:50 · 31.01.2015 por

Grupo Newland inaugurou sua concessionária autorizada Mercedes-Benz em João Pessoa, capital da Paraíba, no último dia 28 de janeiro. Mercado premium na capital paraibana está aquecido, como em todo o Nordeste. Com mais essa loja, o grupo cearense tem agora concessionárias Toyota em Fortaleza, Juazeiro do Norte e Sobral e Teresina (PI) além de Mercedes-Benz e Chrysler/Dodge/Jeep em Fortaleza, João Pessoa, e Jaguar Land Rover em Teresina, no Piauí. Ainda em março inauguram outra loja Jeep, onde vão vender o novíssimo Renegade, fabricado em Pernambuco. Expansão está focada na região Nordeste.

NEWSEDAN JOAO PESSOA - FOTO 2

05:51 · 29.10.2014 / atualizado às 20:13 · 30.10.2014 por

 

 

André Marinho

Editor (Direto de São Paulo, SP)

Os estandes das montadoras revelaram carros que chegam nas concessionárias ainda neste ano e no primeiro semestre de 2015. Selecionei os principais destaques por marca. Confira aqui e selecione aqueles que podem caber no seu bolso e no seu gosto. O detalhe é que infelizmente não foram informados os preços oficiais. Cobertura completa também no Caderno Auto do Diário do Nordeste e no programa Guia Automotivo deste sábado, 10h3omin da manhã na TV Diário. FOTOS: ANDRÉ MARINHO

A Nissan revelou o novo design do New Versa, que deve chegar nas lojas até o início de 2015
A Nissan revelou o novo design do New Versa, que deve chegar nas lojas até o início de 2015

 

Sedan de luxo Renault Fluence mudou para ganhar mais mercado em 2015
Sedan de luxo Renault Fluence mudou para ganhar mais mercado em 2015

 

Outra novidade da Renault foi o Sandero Stepway
Outra novidade da Renault foi o Sandero Stepway

 

Fiat 500 Abarth: a versão esportiva do pequenino Cinquecento
Fiat 500 Abarth: a versão esportiva do pequenino Cinquecento

 

Fiat e a versão 2015 do hatch médio Bravo
Fiat e a versão 2015 do hatch médio Bravo

 

Peugeot aposta no 2008, SUV compacto que será fabricado no Brasil no início de 2015
Peugeot aposta no 2008, SUV compacto que será fabricado no Brasil no início de 2015

 

Jeep Renegade, o primeiro carro da marca a ser fabricado em Penambuco, com lançamento após o Carnaval
Jeep Renegade, o primeiro carro da marca a ser fabricado em Penambuco, com lançamento após o Carnaval

 

Chevrolet não confirmou, mas o Onix pode ganha essa descolada versão esportiva
Chevrolet não confirmou, mas o Onix pode ganha essa descolada versão esportiva

 

Volkswagen e o novíssimo Crossfox
Volkswagen e o novíssimo Crossfox

 

Troller mostrou versão especial Offroad: não foi confirmada se será vendida, mas atraiu atenções
Troller mostrou versão especial Offroad: não foi confirmada se será vendida, mas atraiu atenções

 

Jaguar confirmou o XE para o início do próximo ano; preço deve ser em torno de R$ 150 mil
Jaguar confirmou o XE para o início do próximo ano; preço deve ser em torno de R$ 150 mil

 

Mercedes-Benz GLA já está nas conessionárias e foi destaque no estande da marca
Mercedes-Benz GLA já está nas conessionárias e foi destaque no estande da marca

 

Land Rover e a Discovery Sport, que chega no início de 2015
Land Rover e a Discovery Sport, que chega no início de 2015

 

 

15:26 · 14.10.2014 / atualizado às 15:26 · 14.10.2014 por

10720999_4779369218277_1966378816_n_thumbA fábrica do grupo FCA (leia-se Fiat-Chrysler), na pacata Goiana (PE), já dá seus primeiros frutos. A planta, que vai operar com a bandeira Jeep, finalizou nesta semana a produção do primeiro Renegade nacional, que será apresentado no Salão do Automóvel de São Paulo, no final de outubro. Entretanto, a nova linha de produção ainda está sendo testada.

Na prática, a produção da versão definitiva do Renegade brasileiro, ou seja, em série,  deve começar até o final deste ano, enquanto as vendas estão previstas para março de 2015.

Versões de combustível

O Renegade será fabricado em Goiana com opção de motor 1.8 16V flex da família E.torq e outro diesel da linha Multijet. Ainda não há mais informações detalhadas sobre a segunda versão de motorização, mas o mais provável é que o carro adote um bloco 2.0 turbo.

Para as concessionárias venderem a versão diesel, conforme exige a lei brasileira,  o Renegade deve ter tração 4×4 com bloqueio de diferencial eletrônico. Também é esperado que o modelo movido a óleo diesel venha equipada com câmbio automático de 9 marchas.

Já a versão flex terá tração 4×2 convencional e transmissão manual. Os preços do Renegade para o Brasil ainda não foram divulgados pela Jeep, mas seu valores já são especulados na mídia, que aponta cifras começando na faixa dos R$ 65 mil e chegando até R$ 100 mil na versão top de linha, que deve contar com itens sofisticados como controle eletrônico de estabilidade (ESP) e teto solar panorâmico.

Pesquisar

Blog do Automóvel

Blog da editoria Auto, do Diário do Nordeste, para coberturas em test drive, lançamentos de automóveis e salões e notícias sobre carros, motos e outros veículos.
Posts Recentes

12h10mNovo Camaro vai ser destaque no Salão do Automóvel de São Paulo 2018

11h10mAudi mostra sua linha de SUVs na Chapada dos Veadeiros, em Goiás

02h10mConfira detalhes do primeiro carro elétrico feito no Brasil

10h10mSalão do Automóvel de São Paulo com novo lote de ingressos disponível

10h10mSetor de locação foi responsável por 1 em cada 4 veículos emplacados no primeiro semestre de 2018

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs