Busca

Categoria: Ônibus


03:50 · 16.05.2018 / atualizado às 15:52 · 15.05.2018 por

A Mercedes-Benz mantém sua liderança nas vendas de ônibus no Brasil. Nos primeiros quatro meses do ano, a Empresa alcançou 62% de participação no segmento acima de 8 toneladas de PBT, percentual quatro vezes maior na comparação ao que foi obtido pelo segundo colocado no ranking de vendas

 


“No volume acumulado do primeiro quadrimestre deste ano, foram emplacados 2.217 ônibus da nossa marca no País, o que representa 95% a mais em relação ao mesmo período de 2017, quando chegamos a 1.138 unidades”, informa Walter Barbosa, diretor de Vendas e Marketing Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil. “Estamos notando um aumento de vendas nos rodoviários e no fretamento neste início de ano. As renovações de frota das empresas de transporte de passageiros continuam puxando as vendas, tanto no urbano como no rodoviário”.
O executivo ressalta o ótimo resultado de vendas da marca nos dois segmentos de mercado. “Entre os urbanos, foram emplacadas 1.593 unidades, o que nos dá aproximadamente 82% de participação no primeiro quadrimestre de 2018”, diz Walter Barbosa. “Já nos rodoviários, foram cerca de 50% de participação, com 188 unidades emplacadas”.
O mercado de ônibus tem tido um melhor desempenho, motivado também, pelas modalidades de financiamento bem mais atrativas. O Banco Mercedes-Benz oferece financiamento aos seus clientes de ônibus com opções de CDC, Finame ou Refrota. No primeiro quadrimestre de 2018, a opção mais solicitada foi a modalidade CDC, que é pré-fixada, oferecendo aos clientes um fluxo de pagamentos fixos, sem variações.
Mercedes-Benz oferece atendimento dedicado a frotistas de ônibus
Com um atendimento especialmente dedicado aos frotistas de ônibus, a Mercedes-Benz reforça ainda mais o portfólio de produtos e serviços de pré e de pós-venda que oferece aos clientes da marca. Uma das novidades recentes é a atuação do consultor dedicado BSP (Bus Service & Parts), que acompanha o dia a dia dos clientes a fim de ouvir todas as suas demandas. Assim, ele pode otimizar, customizar e antecipar as soluções voltadas à operação e à manutenção dos veículos da frota.
Além do consultor dedicado BSP, uma Sprinter Unidade Móvel equipada com peças básicas e ferramentas de diagnose vai às garagens das empresas de ônibus a fim de realizar manutenção in loco, disponibilizando rapidamente a frota para o trabalho.
A presença constante de um consultor junto ao cliente cria uma valiosa oportunidade do conhecimento detalhado sobre a estrutura e as necessidades das empresas de ônibus.
“Além de fortalecer o relacionamento, isso permite que a Mercedes-Benz atue de forma ainda mais consistente em prol da excelência operacional da frota”, afirma Silvio Renan, diretor de Peças e Serviços ao Cliente da Mercedes-Benz do Brasil. “O consultor está ali para resolver questões técnicas e comerciais, além de oferecer peças e serviços adequados, consolidando a presença e o papel da marca como geradora de soluções para as necessidades do cliente, assegurando a sua satisfação e conquistando a sua fidelidade. ”

10:05 · 07.02.2017 / atualizado às 10:05 · 07.02.2017 por

O chassi de ônibus OF 1721 Mercedes-Benz confirma a sua ampla aceitação no mercado brasileiro. Com 3.103 unidades emplacadas em 2016, este chassi foi o mais vendido do País, considerando todos os modelos disponíveis para transporte urbano e rodoviário

 


“Para se ter a dimensão exata do expressivo significado dessa conquista, o OF 1721 superou em 1.305 unidades o total vendido pela marca que ocupa a segunda colocação no ranking de vendas, e que leva em consideração a soma de seus chassis urbanos e rodoviários”, destaca Walter Barbosa, diretor de Vendas e Marketing de Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil. “Esse resultado reafirma o posicionamento do OF 1721 como um grande campeão de vendas da história da Empresa, com 46.392 unidades comercializadas em 19 anos de mercado”.
De acordo com o executivo, o OF 1721 tem obtido grande preferência nas renovações e ampliações de frotas de cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador, São Luís, Natal, Fortaleza, Vitória, Brasília e Florianópolis. “Este modelo faz parte do amplo e abrangente portfólio que a Mercedes-Benz oferece a todas as demandas do transporte coletivo urbano do País”, afirma Walter Barbosa. “Com versões para linhas alimentadoras, distribuidoras e troncais, as soluções da nossa marca atendem sistemas como BRT, corredores e faixas exclusivas. Dessa forma, contribuem de maneira importante para a mobilidade urbana e a melhoria da prestação de serviços à população, assegurando também a eficiência e um excelente custo operacional e rentabilidade às empresas operadoras”.


Mercedes-Benz é líder de vendas em ônibus urbanos no Brasil
O sucesso de vendas do OF 1721 contribui de maneira importante para que a Mercedes-Benz mantenha sua tradicional e destacada liderança nas vendas de ônibus urbanos no Brasil. “Em 2016, nossa marca obteve 73% de participação no segmento urbano acima de 8 toneladas, com 4.593 unidades emplacadas”, informa Walter Barbosa. “Considerando o mercado total de ônibus, acima de 8 toneladas, a participação é superior a 58%, com emplacamento de 6.067 unidades no ano passado. Isso significa 5,9 pontos percentuais a mais em relação aos 52,5% do mesmo período de 2015.
OF 1721 oferece opções de suspensão metálica ou pneumática
O chassi OF 1721 é especialmente indicado para o transporte urbano de passageiros. Atende também a demandas de clientes que atuam com fretamento contínuo, como o transporte de funcionários, e fretamento eventual, em caso de grupos de turistas, além de transporte rodoviário de curtas distâncias. Nestes casos, os veículos recebem carroçarias com características de ônibus rodoviários, proporcionando mais conforto e bem-estar a bordo.


Desenvolvido para receber carroçarias de até 13,2 metros, o OF-1721 vem equipado com o motor eletrônico OM-924 LA de 4 cilindros, que oferece potência de 208 cv a 2.200 rpm e torque de 780 Nm de 1.200 a 1.600 rpm. Este motor se destaca pela economia no consumo de combustível e por um alto torque em baixas rotações.
Além da tradicional configuração com suspensão metálica, o OF 1721 é oferecido também com suspensão pneumática, aumentando a satisfação dos passageiros e do motorista em relação à comodidade do veículo.
O chassi OF 1721, como também toda a linha de ônibus urbanos e rodoviários da marca, conta com um novo painel de instrumentos. O display central colorido, no formato TFT, proporciona uma navegabilidade amigável e intuitiva, similar à de um smartphone, com detalhes gráficos superiores em relação à antiga versão e com uma maior quantidade de dados. O novo painel conta com diagnose on board e com as funções EcoSupport, Tour e Econômetro, que auxiliam o motorista a obter um melhor aproveitamento do veículo, visando uma condução mais econômica. Em conjunto, estes recursos potencializam ainda mais os ganhos operacionais para o cliente.
Entre os itens de série do OF 1721 incluem-se ainda o exclusivo freio-motor Top Brake, sistema de freio ABS, caixa de mudanças G 85 de 6 marchas com radiador de óleo, polia adicional para ar condicionado e conexão para extração de dados de telemetria (FMS). A lista de opcionais conta com itens como tacógrafo digital, retarder e limitador de velocidade.

07:45 · 10.06.2015 / atualizado às 10:13 · 10.06.2015 por

O Centro Cultural do Transporte está na edição de hoje do caderno Auto do Diário do Nordeste.  Também conhecido como Museu do Transporte, ele pertence a Federação dos Transportes (Cepimar) e está aberto gratuitamente de segunda-feira a sexta-feira a visitação. Ao todo são seis exposições fixas em três andares, sendo um no térreo. O espaço mais antigo é o Memorial Fotográfico do Transporte, inaugurado em 1999 no último andar. Além dele, há ainda Galeria dos Empresários (2003); Salão do Trabalho em Transporte (2004); Mais de Um Século Sobre Rodas (2005); Um Passeio pelo Tempo (2006) e o mais recente João Paulo II em Fortaleza (2014). Para completar, tem a exposição Trilhos, a qual é itinerante, mas está localizada por enquanto no primeiro andar do prédio, compartilhando um pouco da história das vias e centros de Fortaleza. Veja mais na galeria de fotos abaixo sob o olhar do fotógrafo Bruno Gomes.

15:58 · 06.11.2014 / atualizado às 15:58 · 06.11.2014 por

Articulado

 

Os sete primeiros ônibus articulados entregues pela Ceará Diesel, integrante ao Grupo Guanabara, às empresas Dragão do Mar, Maraponga, Siará Grande, Vega, Viação Fortaleza, Viação São José e Viação Urbana, já circularam por algumas das principais ruas e avenidas da capital cearense. Esta semana foi realizada uma exposição no estacionamento do Centro de Eventos do Ceará (CEC), onde as pessoas puderam ver de perto todos os detalhes dos veículos, que são os modernos Mercedes-Benz, modelo O-500 MA 2836, equipados com motor eletrônico OM-457 LA (Proconve P-7), posicionado na parte traseira e que desenvolve 354 cv.

Articulado 1
Depois de quase três horas de exposição, os novos coletivos que passarão a integrar a frota do transporte público de passageiros de Fortaleza, a fim de garantir maior comodidade aos usuários do sistema, saíram em carreata pela região do Cocó e Aldeota. A exemplo dos novos coletivos que integrarão a frota de Fortaleza, a partir de dezembro, todos os veículos possuem ar-condicionado, além de uma série de itens que aliam conforto, segurança, desempenho e respeito ao meio-ambiente. É a modernidade que já existe em diversas capitais brasileiras, e até outros países do mundo, chegando para melhorar o transporte coletivo de Fortaleza.

 

Articulado 2

Articulado 3

10:44 · 26.09.2014 / atualizado às 10:44 · 26.09.2014 por

O evento, que acontece neste sábado em Fortaleza, se consolida como um dos mais importantes do País
Apaixonados por ônibus de todo o Brasil se reúnem neste sábado (27/09) em Fortaleza para trocar idéias, conhecer as novidades do setor e testar conhecimentos. Trata-se do Encontro Nacional de Busólogos Guanabara/Fortalbus que chega em 2014 à sua sexta edição consolidando-se como um dos mais importantes do Brasil.
Neste ano, o evento contará com a participação de busólogos de todas as regiões brasileiras, totalizando um público de cem pessoas. A iniciativa é uma parceria da Guanabara com a comunidade de busólogos Fortalbus e conta com apoio da Associação Brasileira das Empresas de Transporte Terrestre de Passageiros (Abrati).
Busologia é um termo que ganha cada vez mais popularidade no Brasil e em especial no Nordeste. Ele é usado para designar a admiração, a paixão e o estudo, praticado como hobby, de ônibus e dos assuntos relacionados a esse tipo de veículo, tais como história, sistemas de transportes, empresas operadoras, políticas públicas, fabricantes de veículos, motores e carrocerias. Mesmo se tratando de um passatempo, os busólogos o exercitam com muita seriedade buscando informações e colecionando todo e qualquer material relacionado ao universo dos ônibus.
O Encontro de Busólogos Guanabara/Fortalbus tem como objetivo estreitar o relacionamento da empresa com esse grupo de pessoas tão singular que cultivam o inusitado hobby. O evento será realizado na sede da Guanabara e contará com uma programação diversificada, com palestras, debates e visita às instalações da empresa.
Serviço:
VI Encontro Nacional de Busólogos Guanabara/Fortalbus
Dia 27/09, das 8h30 às 14h
Local: Sede da Guanabara (BR-116, km 4 n° 700 – Messejana – Fortaleza – CE)

11:33 · 07.05.2013 / atualizado às 11:33 · 07.05.2013 por

A Cummins Brasil registrou recorde de participação no mercado de ônibus fechando o primeiro trimestre deste ano com 22% no acumulado, ou seja, um crescimento de 100% em relação ao mesmo período do ano passado, quando a maior fabricante independente de motores Diesel fechou o trimestre com 11% de marketshare.  De janeiro a março, a Cummins Brasil comercializou um total de 1.683 motores, sendo que o volume do mercado no trimestre ficou ao redor de 7.650 unidades. A empresa vem aumentando gradativamente sua atuação, conquistando novos clientes e boa parte do segmento de ônibus leves.  O marco, histórico para a Cummins, também se deve ao Programa Caminhos da Escola, promovido pelo Ministério da Educação, que garante aos estados e municípios os recursos necessários para implantar soluções de transporte escolar para alunos da educação básica, nas zonas rurais e urbanas do País. “Cerca de 1000 motores ISF 3.8 foram entregues ao Programa do Governo Federal Caminhos da Escola””, diz Ricardo Schalch, Gerente de Vendas da Cummins.  O propulsor da Cummins Brasil é oferecido entre faixas de potência que variam de 148 cv a 160 cv.

 

10:07 · 27.03.2012 / atualizado às 12:02 · 28.03.2012 por

Confirmada a chegada do presidente da Mercedes-Benz do Brasil, Jürgen Ziegler, a Fortaleza, próximo dia 10 de abril. Ele vem para visitar as novas instalações da Newsedan e também a autorizada de caminhões, ônibus e vans, Ceará Diesel, uma das líderes em vendas no País.

Jürgen Ziegler, presidente da Mercedes-Benz do Brasil

 Além dele, a Diretoria da marca também vai estar em solo cearense, bem como o presidente do Banco Mercedes-Benz. Na oportunidade não haverá coletiva de imprensa, mas ele vem apresentar para os frotistas e clientes a nova Linha 2012 de caminhões e ônibus. Apuramos com uma fonte que a nova van Sprinter só deve chegar em maio no mercado brasileiro.

15:02 · 09.02.2012 / atualizado às 15:10 · 09.02.2012 por

A tecnologia não para. Agora chegou a vez de um ônibus pronto para enfrentar as trilhas mais difíceis. A MAN Latin America desenvolveu produtos sob medida para seus clientes faz parte de seu DNA. A montadora desenvolveu um modelo de ônibus fora-de-estrada, o Volksbus 15.190 EOD 4×4, tradicionalmente configurado na versão 4×2. O produto incorporou o portifólio da empresa em 2011 por meio de solicitações especiais do segmento de mineração, celulose e construção civil.

Este é o ônibus off-road, da MAN

As seis primeira unidades do modelo foram adquiridas pela Transbrasiliana, empresa do ramo de transporte de passageiros em linhas regulares e de fretamento, pelo valor de R$ 2 milhões. Os veículos já estão sendo utilizados no transporte de funcionários da empresa Vale, nas minas de ferro de Carajás, no Pará.

Detalhes do projeto
O ônibus off-road possui eixo dianteiro com sistema de diferencial e caixa de transferência Marmom Herrington, eixo traseiro Meritor com bloqueio entre rodas, suspensão elevada e reforçada, dimensões reduzidas no balanço dianteiro e traseiro, assim como no entre eixos. Tudo para facilitar a transposição de obstáculos.
Segundo Ricardo Alouche, diretor de Vendas, Marketing e Pós-Vendas da MAN Latin America, a expectativa é de que mais unidades sejam produzidas esse ano, já com motorização Euro 5. “O segmento de mineração demonstrou bastante interesse pela nossa história com veículos especiais. Esse mercado representa pelo menos 350 ônibus por ano e se tornou um nicho de grande interesse”, diz o executivo, reforçando a experiência da empresa em ônibus off-road, graças ao Programa Caminho da Escola. “Os ônibus escolares com configuração 4×2 são um grande sucesso. Desde o início do programa do Governo Federal, em 2007, já vendemos mais de 6.000 unidades do veículo, desenvolvido especialmente para o transporte de alunos na zona rural”.

12:46 · 06.04.2011 / atualizado às 12:54 · 06.04.2011 por

As vendas de veículos no primeiro trimestre do ano registram novo recorde no país. E muito disso se deve principalmente ao comércio de caminhões e ônibus, que se manteve em ritmo acelerado e registrou as maiores altas entre todos os segmentos: de 26,92% e 25,03%, respectivamente.

Caminhões tiveram alta de vendas no trimestre

Considerando apenas as vendas em março, 14.488 caminhões e 2.925 ônibus foram comercializados, altas de 7,63% e 1% em relação ao mesmo mês de 2010. Por outro lado, os carros e as motos registram quedas (-18,63% e -1,86%).

No acumulado do ano, o segmento de automóveis e comerciais leves teve alta de 3,63% em relação ao primeiro trimestre do ano passado (777.725 unidades). Já as motos cresceram 8,12% (438.647 vendidas) em igual período.

“O agronegócio, principalmente da região sul, está aquecido, com uma bela safra, e isso anima, e muito, o setor de transporte. Somado a isso, há uma vontade de renovar a frota, há financiamentos e o empresário está comprando caminhão. Mas isso não resolve o problema, porque hoje enfrentamos a questão da falta de mão de obra qualificada e uma infraestrutura que não está adequada à realidade”, diz o diretor da Seção de Transporte Rodoviário de Cargas da CNT e presidente da Federação das Empresas de Transporte de cargas do Estado do Paraná (Fetranspar), Luiz Anselmo Trombini.

Mercado de ônibus também teve crescimento

No entanto, ainda segundo ele, o aumento da taxa de juros do programa Pró-caminhoneiro, anunciado no mês passado pelo BNDES, deve esfriar um pouco as vendas. “Algumas pessoas que não são da área acabaram comprando caminhões devido às facilidades, e agora isso deve diminuir”, ressalta.

Participação de mercado
A liderança nas vendas de caminhões no mês ficou, mais uma vez, com a Volkswagen (30,93% do mercado), seguida por Mercedes Benz (23,38%), Ford (17,15%), Volvo (11,42%), Scania (8,34%), Iveco (7,8%) e outros (0,99%).

No segmento de ônibus, a Mercedes Benz teve a maior participação de mercado no mês, com 45,23%. Logo em seguida aparecem Volkswagen (33,09%), Marcopolo (12,85%), Iveco (3,38%), Scania (2,39%), Agrale (2,26%), outros (0,79%).