Busca

Categoria: Picapes


12:41 · 22.08.2018 / atualizado às 12:43 · 22.08.2018 por

Veículo faz 50 anos e ganha mudanças; lançamento para a imprensa em Fortaleza será dia 30 de agosto e alguns lançamentos regionais já estão acontecendo. Em setembro já estará nas lojas

Com design frontal renovado e uma extensa lista de equipamentos que destacam a robustez, a nova Hilux 2019 chega ao mercado. A Linha 2019 segue equipada com motores Diesel e Flex. As transmissões para os modelos diesel são automática de seis velocidades sequencial para as versões SRX, SRV e SR e manual de seis velocidades para as versões Standard Power Pack, Standard Narrow, Cabine Simples e Cabine Chassi.

As versões Flexfuel trazem motorização Dual VVT-i Flex 2.7L 16V DOHC, e desempenham 163 cv de potência a 5.000 rpm, quando abastecidos com etanol, e 159 cv, também a 5.000 giros, com gasolina.

E o grande diferencial é a tecnologia de duplo comando de válvulas variável (Dual VVT-i), que atua no gerenciamento dos sistemas de admissão e escape da câmara de combustão, otimizando a queima do combustível de maneira inteligente.

São três versões dotadas de transmissão automática de seis velocidades sequencial: SRV 4×4 Cabine Dupla, SRV 4×2 e SR 4×2. Há ainda opção de transmissão manual de cinco velocidades, que é a SR 4×2.


Modelo, Versão e Preço
DIESEL 4X4
– SRX 50th Anniversary AT – R$ 196.990
SRV AT – R$ 179.990
SR AT – R$ 160.490
– STD Power Pack MT – R$ 140.490
– STD Narrow MT – R$ 138.010
– Cabine Simples MT – R$ 125.560
– Chassi e Cabine – R$ 121.530


FLEXFUEL
– SRV 4×4 AT – R$ 140.990
– SRV 4X2 AT – R$ 129.990
– SR 4X2 AT – R$ 117.990
– SR 4X2 MT – R$ 111.990

12:09 · 18.04.2018 / atualizado às 12:09 · 18.04.2018 por

Modelos acessorizados com carroceria preta e acabamentos escurecidos são nova tendência para quem aprecia um veículo customizado de aspecto mais esportivo e provocador
S10 Midinight (Meia-noite) estreia com este conceito, destacada pela pintura metálica Ouro Negro, além de rodas aro 18, grade frontal, Santo Antônio, capota marítma e até os logos Chevrolet escurecidos
Picape vem com motor TurboDiesel, transmissão automática, sistema 4×4 e controle eletrônico de estabilidade; OnStar e Mylink com Android Auto e Apple Car play também são de série


Idealizada pela Chevrolet nos Estados Unidos, a edição Midnight chega ao Brasil seguindo uma nova tendência de estilo: a dos veículos totalmente pretos, incluindo carroceria, frisos e acabamentos, que o deixam com aspecto mais esportivo e provocador.
O modelo escolhido para estrear a edição Midnight no país é a picape S10, conhecida pelo design marcante, força e robustez. Com a roupagem Midnight, estas características ficam ainda mais evidentes e ganham um toque de arrojo e exclusividade típico de carros customizados.
A edição Midnight acompanha o estilo todo preto aplicado por consumidores e preparadores, acrescentando acessórios originais e acabamentos estilizados que seguem a linguagem de design da marca Chevrolet.


Destaque para a silhueta única da picape, de aspecto mais fluído por conta do teto plano prolongado pelo Santo Antônio esportivo, já o protetor de caçamba envolvente deixa a caçamba mais alta.
“O visual monocromático da edição Midnight da S10 é intencionalmente provocativo para atender um consumidor de atitude bem marcante. Tanto que é a primeira versão da empresa a trazer a gravata Chevrolet com fundo preto, em vez do tradicional dourado”, pontua Rodrigo Fioco, diretor de Marketing de produto da GM.
A S10 Midnight é caracterizada externamente pelos seguintes itens visuais:
• Grade frontal e logos Chevrolet em preto
• Carroceria com pintura metálica Ouro Negro
• Santo Antônio e capota marítima igual ao da versão High Country
• Rodas aro 18 com acabamento escurecido acetinado
• Faróis com DRL em LED
• Emblemas Midnight nas portas dianteiras e na tampa traseira


O acabamento interior da Midnight também traz elementos exclusivos, como os revestimentos do teto e das colunas em cor escura, para trazer mais esportividade também à cabine. Eles combinam com o tecido Jet Black dos bancos e com os detalhes em preto brilhante do painel.
O nome da edição também vem grafado em uma placa de aço escovado posicionada no friso que leva à maçaneta internas das portas dianteiras.
Entre as versões LT e a LTZ
A S10 Midnight vem equipada com motor 2.8 TurboDiesel de 200 cavalos de potência, transmissão automática de seis marchas sequenciais, sistema 4X4, controles eletrônicos de estabilidade e tração e assistente de partida em rampas, que não permite que o veículo recue em saídas íngremes.
Posicionada entre as versões intermediárias LT e LTZ, a edição Midnight traz uma ampla lista de itens de série relacionados à segurança, conforto e conectividade, como direção elétrica progressiva com revestimento premium e ajuste de altura, freios ABS com assistente de frenagem de urgência, faróis e lanternas de neblina.


Travas e vidros elétricos comandados por controle remoto, sensor de estacionamento traseiro, retrovisor eletrocrômico multimídia MyLink com Android Auto e Apple Car Play e sistema de telemática avançada OnStar também fazem parte do pacote.
A edição chega às concessionárias Chevrolet no fim de abril como mais uma opção de acabamento.


A picape é ofertada agora no país em seis versões de acabamento (LS, Avantage, LT, Midnight, LTZ e High Country), três opções de cabine (simples, dupla e chassis cab), duas de motorização (2.8 TurboDiesel e 2.5 SIDI Flex), dois tipos de transmissão (manual e automática, ambas de seis velocidades), além de dois tipos de tração (4×2 e 4×4 com reduzida).
O estilo Midnight foi exibido pela primeira vez no Brasil na última edição do Salão do Automóvel de São Paulo, em 2016, como um carro-conceito.

11:45 · 18.04.2018 / atualizado às 11:45 · 18.04.2018 por

A Ford anunciou um novo pacote de ofertas da Ranger 2018 válido para o mês de abril que inclui desconto especial para produtores rurais, além da opção de financiamento com taxa zero e bônus de até R$10.000 na troca do veículo usado, conforme o modelo.
A principal oferta é a da Ranger XLS 2.2 Diesel 4×4 automática, com um desconto de 22% para produtores rurais. Com isso, o modelo que tem preço à vista de R$161.590 sai por R$126.040. Conhecida pela eficiência do motor Duratorq de 160 cv com transmissão automática de seis velocidades e tração 4×4 com reduzida, a picape já vem equipada com 7 airbags, controle eletrônico de estabilidade e tração AdvanceTrac, piloto automático, rodas de liga leve de 17 polegadas e central multimídia SYNC, entre outros itens.


Ranger Limited
A versão de topo da Ranger, a Limited 3.2 Diesel 4X4 automática, oferece financiamento com taxa zero e bônus. Com preço à vista a partir de R$181.490, ela pode ser adquirida com entrada de R$139.747,30 e saldo em 36 parcelas de R$ 1.215,00. E o cliente ainda conta com um bônus de até R$ 10.000 na troca do seu veículo usado.
A Ranger Limited 3.2 Diesel 4×4 automática é disponível também no plano sazonal, para produtores rurais. Com ele, o cliente dá uma entrada de R$90.745 e o saldo é financiado em seis parcelas semestrais de R$19.240 (taxa de 0,99% ao mês).
Equipada com motor de 200 cv, a Ranger Limited vem completa: tem bancos de couro com ajuste elétrico em oito posições, central multimídia SYNC 3 com tela de 8 polegadas, sistema de permanência em faixa, rodas de liga leve de 18 polegadas, santantônio, capota marítima e protetor de caçamba.

Versão Flex

A Ranger XLT 2.5 Flex, com preço à vista a partir de R$117.990, também conta com bônus de até R$10.000 na valorização do carro usado do cliente na troca. Com motor de 173 cv e transmissão manual, ela traz bancos de couro, 7 airbags, controle de estabilidade e tração, SYNC 3 com tela de 8 polegadas e câmera de ré.

13:10 · 23.02.2018 / atualizado às 13:10 · 23.02.2018 por

Picape com recursos de segurança, inovação e conectividade, a Volkswagen Amarok é agora também a mais potente, com a introdução da versão V6 Highline. A novidade, que traz o motor 3.0 V6 TDI (turbodiesel) de 225 cv, chega às concessionárias da marca em fevereiro, com preço sugerido de R$ 184.990, para complementar a oferta da picape


A Amarok V6 Highline tem configuração de carroceria cabine dupla e extensa lista de itens de série, que inclui recursos como faróis bixenônio com luzes de uso diurno de LEDs, sistema de auxílio ao estacionamento com câmera de ré, sistema de freios pós-colisão e os mais modernos recursos de infotainment do mercado. Visualmente, se diferencia das demais versões pelos logotipos na grade do radiador e na tampa traseira e pelos retrovisores pintados na cor Preto Mystic, com detalhes cromados. A Amarok V6 Highline está disponível nas cores Branco Cristal (sólida), Preto Mystic (perolizada), Prata Sírius e Cinza Indium (metálicas).
De última geração, o novo motor tem 3 litros de cilindrada e combina tecnologia de injeção direta common-rail de combustível e turbocompressor de geometria variável. Esse motor possui acionamento dos comandos por correntes, que não requerem manutenção, e circuitos separados de arrefecimento para o cabeçote e o bloco, o que permite melhor gerenciamento da temperatura de funcionamento.


Com ele, a Amarok V6 Highline torna-se a picape mais potente e de maior torque em seu segmento no mercado brasileiro. São 225 cv disponíveis na ampla faixa de 3.000 rpm a 4.500 rpm. E o torque é de 550 Nm (56,1 kgfm), entregue já a partir de apenas 1.500 rpm e mantendo-se pleno até as 2.500 rpm.
Em relação ao já eficiente motor quatro-cilindros 2.0 biturbo que equipa as versões Trendline e Highline automáticas (todas de cabine dupla), o ganho é de 25% em potência (45 cv a mais) e de 31% no torque (130 Nm, ou 13,3 kgfm)
Todo esse torque entregue a tão baixo regime de giro dá à Amarok V6 desempenho excelente em qualquer tipo de terreno. Mais do que isso: a picape tem desempenho próximo ao de modelos esportivos da Volkswagen. Sua velocidade máxima é de 190 km/h. E a picape acelera de 0 a 100 km/h em apenas 8 segundos.


Para esse desempenho de carro esporte colabora o câmbio automático de 8 marchas que equipa a Amarok V6 Highline. Trata-se de uma nova versão da transmissão utilizada atualmente nas demais versões da picape (equipadas com o motor 2.0 TDI), desenvolvida para lidar com o maior torque produzido pelo motor V6 TDI.
A picape produzida na fábrica da Volkswagen em General Pacheco, na Argentina, tem sistema de tração permanente nas quatro rodas 4MOTION e é equipada com pneus 255/60 R18, com rodas de liga leve de 18 polegadas com desenho “Manaus”. Opcionalmente o modelo pode ser equipado com pneus 255/55 R19 e rodas “Milford”.
Segurança total na Amarok V6 Highline
A segurança é total na Amarok V6 Highline. O modelo oferece o que há de mais moderno no segmento de picapes médias. Além do sistema ABS off-road, que auxilia na frenagem sobre piso solto (como terra ou cascalho), a Amarok V6 Highline é equipada com freios a disco nas quatro rodas, recurso exclusivo no segmento.
Os discos dianteiros possuem 332 mm de diâmetro, o que colabora para melhor desempenho em situações de maiores cargas. Os discos traseiros, de 300 mm de diâmetro, possuem cobertura interna para evitar o acúmulo de sujeira, especialmente em situações de fora de estrada.


A Amarok V6 Highline traz de série o sistema de freios “Post- Collision Brake” (sistema de frenagem automática pós-colisão), exclusivo na categoria. Esse sistema aciona automaticamente os freios do veículo quando ele se envolve em uma batida, para reduzir a energia cinética residual. O acionamento do sistema de frenagem pós-colisão se baseia na detecção da colisão inicial pelos sensores dos airbags.
A picape Volkswagen é equipada com vários recursos de auxílio ao motorista, como Controle Eletrônico de Estabilidade (ESC), HDC (Hill Descent Control ou Controle Automático de Descida) e HSA (Hill Start Assist ou Assistente para Partida em Subida). Também traz o BAS (Sistema de Assistência à Frenagem), ASR (Controle de Tração) e EDS (Bloqueio Eletrônico do Diferencial), todos itens de série.
Também é item de série o indicador de perda de pressão dos pneus. Esse sistema (composto de 4 sensores instalados nas válvulas de enchimento dos pneus) mede diretamente a pressão de cada pneu e aciona um alerta no quadro de instrumentos se um deles tiver a pressão abaixo do valor recomendado. Resultado: maior segurança – aumentando a vida útil dos pneus – e menor consumo de combustível.


A lista de recursos de segurança da Amarok V6 Highline é incrementada pela oferta, de série, de quatro airbags (dianteiros e laterais de tórax e de cabeça para motorista e passageiro), além de sistema ISOFIX para fixação de cadeiras para criança no banco traseiro.


Os faróis são bixenônio com luz de condução diurna (DRL) em LEDs. Também há faróis de neblina com luz de conversão estática, o que garante maior segurança, ampliando a área iluminada em curvas feitas a baixa velocidade. Sempre que os faróis estiverem ligados (alto ou baixo) e a seta for acionada ou o volante for girado, o farol de neblina do lado correspondente ao que o veículo estiver virando é acionado automaticamente.

10:44 · 15.02.2018 / atualizado às 10:44 · 15.02.2018 por

A Volkswagen Amarok ganha versão mais potente, com motor 3.0 l, turbodiesel V6, com 225 cv de potência. Evento para a imprensa será em São Paulo, no Campo de Marte. Veículo estará  nas concessionárias da marca já neste mês. Câmbio automático com oito velocidades. Preço da máquina na pré-venda de 450 unidades que esgotou rápido: a partir de R$ 184.990, mas com jogo de rodos com 19 polegadas foi para R$ 187.710. Preço oficial ainda não revelado.

 

16:09 · 05.12.2017 / atualizado às 16:09 · 05.12.2017 por

Em sua 8º edição, a “Nissan Frontier Experience” chega a Fortaleza esta semana, entre os dias 7 e 10 de dezembro. Uma pista off road foi montada especialmente para colocar as qualidades da picape à prova. O evento apresenta todos os atributos da nova Nissan Frontier, lançada em março no mercado nacional. Com estrutura exclusiva, os visitantes podem vivenciar uma experiência off-road completa com a nova geração da picape.

Quem fizer o test drive irá encarar obstáculos como caixa de ovos, king, “V”, inclinação lateral positiva e negativa. Nas nove cidades por onde já passou – Londrina, Maringá, Santa Maria, Cuiabá, Goiânia, Salvador, Recife, Teresina e São Luís –, o evento recebeu cerca de 3 mil pessoas. Foram quase 250 horas de test drive, com mais de 1.100 visitantes tendo a oportunidade de testar o desempenho off road e a tecnologia da nova Nissan Frontier, como o Controle Automático de Descida (HDC) e o Sistema de Auxílio de Partida em Rampa (HSA).
Serviço:

Nissan Frontier Experience. De 7 a 10 de dezembro. Das 9h às 17h.  Local: Av. Washington Soares, S/N, ao lado do Siará Hall

20:08 · 19.11.2017 / atualizado às 20:08 · 19.11.2017 por

Obra celebra o centenário das picapes da marca no mundo


Como parte das comemorações do centenário das picapes Chevrolet no mundo, chega às livrarias o livro “Picapes Chevrolet”. A obra faz um recorte desta trajetória no Brasil, trazendo detalhes de todos os principais modelos que foram comercializados no País.
Estão presentes dos importados até às picapes de produção local, incluindo as que ganharam divertidos apelidos do consumidor, como a “Boca de Sapo” e a “Marta Rocha”, e a 3100 Brasil.
Outros modelos históricos contam com capítulos inteiros, entre eles a linha C, a D20, a Silverado e as compactas Chevy 500, Corsa Pick-up e Montana. A S10 é outra protagonista. A saga da primeira picape média brasileira passa por todas as suas gerações e culmina na série especial 100 YEARS, lançada para comemorar o centenário da produção de picapes Chevrolet no mundo.
A publicação é rica em fotografias inéditas, parte delas garimpada nos arquivos da GM e parte oriunda do acervo pessoal dos próprios autores, Fábio C. Pagotto e Rogério de Simone. Ambos têm forte ligação com o mundo do antigomobilismo, seja como editor de publicações especializadas, seja como fundador de clube de carros antigos.
Mais informações sobre o livro “Picapes Chevrolet” estão disponíveis no site da Chevrolet Fan Store, pelo link: https://www.chevroletfanstore.com.br/livros

07:41 · 30.10.2017 / atualizado às 07:41 · 30.10.2017 por

A imprensa automotiva brasileira esta em Santiago, no Chile, para um test drive de longa duração da primeira picape premium do mundo, a Mercedes Classe X.

Foram 400 km de test no primeiro dia com a versão intermediária com motor a diesel de 190 cv de potência e câmbio com sete velocidades.


São três versões com motor a diesel para vendas na Europa no final deste ano: uma com 163cv, outra com 190 cv e a partir de meados de 2018 será possível optar pelo motor V6 diesel com 258 cv, uma motorização topo de linha que assumirá a primeira posição no segmento das picapes médias.


No Brasil não foi revelado ainda qual a motorização inicial para vendas mas acredito que deve ser com o motor diesel X 250 d (190 cv). A picape na Europa é fabricada na Espanha, em uma fábrica da Nissan, onde também é feita a Frontier. A que vem para o Brasil será montada em Córdoba, na Argentina, em uma fábrica da RENAULT , de onde sairá outra picape, a Alaskan, da marca francesa.


A Mercedes Classe X chega no Brasil apenas em maio de 2019. Preço não revelado, mas valores devem variar de R$ 195 mil a R$ 260 mil.

12:46 · 18.10.2017 / atualizado às 12:46 · 18.10.2017 por

A Ford trouxe ao Brasil para exibição na Fenatran o F-450 Super Duty Platinum, com cabine dupla e tração 4×4, um grande sucesso norte-americano. Apresentado na feira dos transportes em São Paulo como veículo demonstrativo do potencial da Série F, o modelo é classificado como um caminhão do segmento de leves e tem uma concepção que combina as características de um veículo comercial de trabalho com o conforto e a tecnologia de última geração de uma picape de grande porte, comum nos Estados Unidos para atividades mistas de rodagem pesada, em especial como reboque


Produzido e vendido exclusivamente naquele país, o F-450 não tem ainda previsão para o Brasil, mas demonstra toda a tradição de uma linha de veículos de grande aceitação, representada no Brasil pelo F-350 e F-4000, caminhões semileve e leve, respectivamente, para uso urbano e nas estradas. O F-450 Super Duty chama a atenção tanto por ter a maior potência e capacidade de carga da categoria como pelos recursos inéditos de assistência ao motorista.


Equipado com motor V8 turbodiesel de 6.7 litros, o F-450 Super Duty tem mais de 440 cavalos e torque de 128 kgfm. O chassi feito com mais de 95% de aço de alta resistência e a carroceria de liga de alumínio de nível militar contribuem para garantir uma carga útil de 3.460 kg e capacidade de reboque de 14.741 kg. Tem nada menos que 20 tecnologias de assistência ao motorista exclusivas na categoria, aumentando a produtividade e a confiança no trabalho. Entre elas, o assistente de ré para trailer, o piloto automático adaptativo com sistema anticolisão, alerta de ponto cego e tráfego cruzado e alerta de permanência em faixa.
Traz também sete câmeras de alta resolução – duas dianteiras, duas laterais, duas traseiras e uma na caçamba, que facilitam o engate de trailer –, monitoramento de pressão dos pneus e abertura e fechamento remoto da caçamba.
A direção adaptativa é outra tecnologia nova desenvolvida pela Ford que já gerou o registro de oito patentes, além do pedido de outras 11. Ela leva a um novo patamar os recursos da direção com assistência elétrica e reduz em até um terço o esforço no volante em manobras de estacionamento com trailer. Além disso, também torna a direção mais segura e precisa em alta velocidade.


Todo o sistema – composto por um motor elétrico, um computador e um redutor – fica instalado no próprio volante. Sua vantagem é que, em vez de usar uma relação fixa, é capaz de adicionar ou reduzir a rotação no volante, dependendo dos comandos do motorista e da velocidade do veículo. Para se ter uma ideia, em baixa velocidade o giro da direção batente a batente pode ser reduzido em até uma volta.


A assistência de ré permite ver o reboque na tela da central multimídia SYNC em manobras e também monitorar o seu comportamento na estrada. O piloto automático adaptativo com assistência anticolisão usa o freio-motor para reduzir a velocidade e evitar acidentes com reboques pesados. Equipado com radar, o alerta de ponto cego e tráfego cruzado chama a atenção do motorista para obstáculos e a movimentação de veículos, principalmente em espaços apertados e estacionamentos.
O alerta de permanência na faixa funciona com uma câmera montada entre o parabrisa e o espelho retrovisor, que detecta quando o caminhão sai involuntariamente da pista.

19:03 · 17.02.2017 / atualizado às 19:03 · 17.02.2017 por

A Ford anunciou que vai iniciar a venda da F-150 na China, o maior mercado do mundo. Esta será a primeira vez nos 69 anos de história da Série F que a picape mais vendida do mundo estará disponível para os consumidores chineses


“Com seu estilo e desempenho fora de estrada incomparáveis, a F-150 Raptor se tornou uma picape desejada ao redor do mundo. A sua exportação para a China vai trazer um novo grupo de fãs para a família Ford”, diz Joe Hinrichs, presidente da Ford nas Américas.
A F-150 Raptor de segunda geração conta com tecnologias avançadas, como carroceria de liga de alumínio de alta resistência, de nível militar. É equipada com uma versão especial do motor 3.5 EcoBoost, com alta potência, transmissão automática de 10 velocidades e um sofisticado sistema de gerenciamento de terreno com seis modos.


Outros recursos exclusivos da picape off-road da Ford são o chassi de aço de alta resistência projetado pela Ford Performance, os amortecedores Fox Racing personalizados, com distância maior do solo, os pneus off-road BFGoodrich e o sistema de escapamento duplo.
“Em todos os salões em que foi exibida na China, a Raptor atraiu um interesse surpreendente”, afirma David Schoch, presidente da Ford Ásia Pacífico. “Ela é mais um exemplo do nosso compromisso de oferecer uma ampla gama de veículos para os consumidores na China, desde utilitários esportivos até carros e picapes de alto desempenho.”


A F-150 Raptor é um dos mais de 12 novos veículos de alta performance que a Ford planeja lançar até 2020, ao lado do Ford GT, do Focus RS, do Shelby GT350 e do Shelby GT350R.