Blog do Automóvel

Categoria: Pneu


15:10 · 17.09.2018 / atualizado às 15:10 · 17.09.2018 por

Empresa colocará R$ 153 milhões em ampliação da produção de pneus para veículos pesados


Após anunciar o investimento de R$ 487 milhões para ampliação de sua fábrica de pneus de passeio e construção de um novo módulo para produzir pneus de carga, a Dunlop Pneus, empresa japonesa que faz parte do Grupo Sumitomo, investirá mais R$ 153 milhões em uma nova expansão do complexo instalado em Fazenda Rio Grande, na região metropolitana de Curitiba no Paraná. O objetivo é aumentar a produção de pneus de caminhões e ônibus dos já anunciados 500 pneus por dia (previstos para março de 2019) para 1.000 pneus por dia.
O novo aporte da companhia está voltado para novos maquinários, que começarão a chegar a partir de outubro de 2019 e, gradativamente, irão possibilitar o aumento da capacidade produtiva. Espera-se que a produção dos 1.000 pneus de carga seja alcançada já em julho de 2020. Além disso, a Dunlop prevê a contratação de mais de 50 funcionários para a nova fase da fábrica no Paraná.

Por dentro da fábrica

Expansão da fábrica e tecnologia 
A Dunlop, que hoje possui aproximadamente 5,6% de market share de pneus para caminhões e ônibus no mercado de reposição, projeta um crescimento desses números a médio e longo prazos: “Nossa ambição é crescer mais que o mercado em 2018. O primeiro semestre do ano foi desafiador, mas nossas estratégias estão traçadas para sustentar esse crescimento de forma sólida e, consequentemente, gerar mais desenvolvimento e qualidade de vida à população brasileira”, resume Rodrigo Alonso, Gerente Sênior de Vendas e Marketing da Dunlop.
O primeiro pneu de carga que será produzido na unidade da Dunlop será o SP320, pneu lançado em maio, que já é um sucesso de vendas e possui a mais alta tecnologia japonesa que oferece maior vida útil ao produto e alto índice de recapabilidade. O pneu foi desenvolvido para equipar caminhões do segmento regional e rodoviário, para aplicação em todas as posições, porém otimizado para utilização em eixos direcionais.
A fábrica de pneus de carga no Brasil será a primeira da Dunlop no mundo a produzir pneus sem emenda para a categoria de veículos pesados. A empresa já possui esse sistema de produção ultramoderno para os veículos de passeio em território nacional. A fabricação de pneus Dunlop no Brasil utiliza a alta tecnologia Sun System, que permite a produção sem emendas nas partes de borracha do pneu, o que garante pneus mais redondos que proporcionam mais conforto, estabilidade, com menos consumo de combustível.

04:55 · 20.08.2018 / atualizado às 20:58 · 19.08.2018 por

Durante as férias, muitos veículos se deslocaram para diferentes destinos do país. As longas viagens rodoviárias, o estado de conservação das estradas e as frenagens bruscas, geralmente ocasionam desgastes desiguais nos pneus, itens decisivos para uma boa aderência do veículo e, consequentemente, para a segurança do motorista e dos passageiros.


A primeira avaliação que o motorista deve fazer é a da conferência das pressões dos pneus, sempre seguindo as indicações do manual do proprietário do veículo. Em seguida, é necessário que seja verificado se não há desgaste desiguais, corte ou deformações, bem como nenhum prego ou elemento cortante que esteja danificando o composto.

Pneus: alinhamento e balanceamento após viagens

Para finalizar esta primeira etapa, o motorista deve avaliar a profundidade do sulco, que sempre deve estar acima de 1,6 mm. As consequências de rodar com os pneus abaixo desta medida estão no maior risco de furos e na ocorrência de possíveis instabilidades em pistas molhadas, aumentando assim a probabilidade de derrapagens e elevando a necessidade de um espaço maior para frenagens. Caso continue em dúvida, a Goodyear recomenda que o motorista leve o carro em uma loja especializada para a realização de uma revisão mais aprofundada.
Posso mudar um único pneu?
A Goodyear não recomenda, as diferenças dos desgastes dos compostos podem gerar instabilidade nas frenagens, afetar a leitura dos sensores do ABS e do controle de tração.
Mudança dos dois pneus
No caso da troca dos dois pneus, eles devem manter o tamanho dos outros dois, porém podem ter melhor desempenho e qualidade. Eles devem ser colocados no eixo traseiro, pois isso ajuda o motorista a manter mais facilmente o controle sobre superfícies molhadas e curvas.
Mudança dos quatro pneus
No caso de mudar os quatro pneus, as possibilidades são vastas, e você pode trocar os pneus de tamanho diferente, melhor qualidade, ou mesmo adequá-los ao tipo de condução ou terreno em que o veículo é geralmente conduzido. No entanto, lembre-se sempre de que você deve cumprir as especificações do fabricante do veículo.

Outra dica
Além das verificações básicas já mencionadas, outra dica importante para o prolongamento da vida útil dos pneus é fazer a manutenção de alinhamento e balanceamento logo ao chegar de uma viagem. O alinhamento é o processo necessário para manter a maior estabilidade e correção dos ângulos da suspensão e a direção do carro. Já o balanceamento é a maneira de equilibrar o peso do pneu diante das irregularidades da roda, eliminando as vibrações no volante e consequentemente o desgaste prematuro dos pneus. É recomendado fazer o alinhamento e o balanceamento a cada 6 meses ou a cada 5 mil quilômetros.

12:35 · 10.08.2018 / atualizado às 12:35 · 10.08.2018 por

Com a implantação do novo CD, os clientes da região do Cariri cearense, sobretudo revendedores e frotistas, contam com um atendimento mais imediato

Imagem aérea da Magnum Tires

A Magnum Tires, maior importadora de pneus e câmaras de ar do Brasil, está inaugurando um novo Centro de Distribuição em Juazeiro do Norte (CE), município localizado no Sertão do Cariri, a 491 quilômetros de Fortaleza. O CD, que já está funcionando em sistema soft opening, será inaugurado oficialmente em setembro.
O novo Centro de Distribuição, que ocupa uma área útil de 500 metros quadrados e é fruto de um investimento de mais de R$ 1 milhão da Magnum Tires, surge como um complemento estratégico para o CD de Fortaleza, que ocupa uma área de 4.700 metros quadrados e atende o todo o Estado. “Por mês, no Ceará, recebemos mais de mil pedidos”, contabiliza Olinto Correia, executivo da Magnum Tires.
Com a implantação do CD em Juazeiro do Norte, os clientes da região do Cariri cearense, sobretudo revendedores e frotistas, contam com um atendimento mais imediato. “Hoje o cliente utiliza muito mais nosso estoque, até para não precisar investir muitos recursos para estocar pneus”, explica Correia.

Detalhe do pneu

Cada vez mais, a Magnum Tires tem uma preocupação maior de investir no interior do Nordeste, oferecendo aos clientes uma opção de logística e de rapidez em uma região mais carente desse tipo de serviço, com um produto com o melhor custo-benefício do mercado e um preço bastante competitivo.
“Temos condições de prazo muito interessante que financia o caminhoneiro e o frotista. Quando o cliente tem um problema de crédito, fazemos uma avaliação de crédito e vendemos para ele em seis, oito ou até dez vezes, com a parcela que cabe no bolso”, ressalta Antônio Araújo, também executivo da Magnum Tires. “Estamos preocupados em termos condições de poder fornecer para aquele caminheiro ou frotista que tem uma dificuldade de crédito na praça uma parcela que ele pode pagar.”
Marca própria
O carro-chefe da marca é o pneu Magnum, marca própria do importador que acaba de chegar ao mercado depois de mais de dois anos em teste no País. “Nós testamos o pneu no Brasil, em várias condições diferentes, e o ‘tropicalizamos’ durante dois anos. Após todos os testes efetuados no mercado e desenvolvimento, colocamos nossa marca”, conta Araújo.
Ao todo, a marca Magnum conta com três modelos para caminhão: MGM01, MGM02 e MGM03. Até no máximo um ano a família será ampliada também para veículos de passeio. Também está em desenvolvimento um modelo voltado para o seguimento misto, voltado para veículos que rodam em estradas de terra e de asfalto, a exemplo de fazendas, usinas e estradas vicinais. “Trata-se de um pneu desenvolvido especialmente para o mercado brasileiro, com suas ruas, estradas e rodovias peculiares”, afirma o diretor da companhia Apolo Santana Vieira.

Galpão de pneus da marca

Sobre a Magnum Tires
Maior importadora e distribuidora de pneus e câmaras de ar do Brasil, a Magnum Tires investe constantemente em tecnologia visando atender aos diversos canais de venda em todo o País, procurando simplificar os processos para oferecer os melhores produtos por condições excelentes. Nascida em Pernambuco, tem muito orgulho de ser hoje uma referência no segmento em todo o território nacional, com mais de 600 itens oferecidos aos clientes.
Maior importadora brasileira de câmaras de ar e maior importadora de pneus GT Radial da América Latina, a Magnum Tires tem sede no município de Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife, próximo ao Porto de Suape e do Aeroporto Internacional dos Guararapes, onde ocupa uma área de 25.000 m² com 17 docas para carga e descarga de mercadorias. Possui ainda um moderno e bem equipado centro de distribuição em Santa Catarina, que facilita o atendimento às Regiões Sul e Sudeste, atendendo à crescente demanda de forma mais estratégica, e uma equipe comercial em 22 Estados. Além da GT Radial, a Magnum Tires representa as marcas Roadstone, Tornel, Alliance, Giti, Centella, Chaoyang e Petlas.
Ao todo, a Magnum Tires conta com mais de 450 colaboradores e representantes em todo Brasil. Em Pernambuco são empregadas cerca de 180 pessoas de forma direta. Sua carteira de clientes possui cerca de 9.000 clientes ativos.
Em 2017 foram vendidos mais de 1 milhão de pneus. A projeção para 2018 é de um crescimento de 20%.

02:25 · 20.06.2018 / atualizado às 16:32 · 29.06.2018 por

As férias escolares estão chegando. Roteiro fechado, hotel reservado, vouchers na mão. Mas, antes de pegar a estrada para curtir um merecido descanso vale conferir esses oito cuidados básicos sugeridos pela Continental Pneus:
Calibragem – é importante checar a pressão do ar semanalmente e sempre com o pneu frio. Rodando com a calibragem correta você economiza combustível e amplia a vida útil do seu pneu. Para saber a calibragem correta para os pneus de seu carro basta consultar o manual do proprietário, as etiquetas afixadas nas portas, no batente das portas ou, ainda, no bocal de abastecimento de combustível


Balanceamento e alinhamento – devem ser realizados a cada 10 mil km. O mesmo vale para a medição e o ajuste da cambagem. Além de ser um importante item de segurança, o perfeito alinhamento e balanceamento garante um excelente comportamento dinâmico do veículo, preservando a vida útil dos pneus
Rodízio – é recomendável que seja efetuado a cada 10.000 km, mesmo que os pneus não apresentem sinais de desgaste. A inversão de posição entre os pneus que rodam nos eixos dianteiro e traseiro contribui para manter o desgaste uniforme, proporciona melhor estabilidade, especialmente em curvas e freadas, colaborando também para uma melhora no desempenho global do veículo

Calibrar semanalmente o pneu é fundamental

Sulcos – verificar se eles já atingiram o limite legal de 1,6 mm, momento em que os pneus devem ser substituídos. Vale lembrar que transitar com pneu careca pode resultar em multa e adição de cinco pontos no prontuário do motorista
Válvula – deve passar por uma análise visual, pois se estiver desgastada ou trincada pode causar o esvaziamento gradativo do pneu
Bolhas – observar se há bolhas nas paredes. Um pneu que apresente bolhas está initulizado, pois corre o risco de se romper a qualquer momento causando uma perda súbita de pressão. Nessas condições, deve ser imediatamente substituído;
Excesso de peso – procure não sobrecarregar seus pneus conferindo antes da viagem a capacidade da carga que eles podem transportar
Estepe – lembre-se de checar seu estado e também de calibrá-lo corretamente

04:04 · 30.05.2018 / atualizado às 15:12 · 29.05.2018 por

Cada tipo de piso requer um pneu diferente, e no caso dos percursos off-road isso é ainda mais importante. A Goodyear, uma das maiores fabricantes de pneus do mundo e fornecedora oficial da NASCAR, principal competição automobilística dos Estados Unidos, dá algumas dicas sobre o que você deve atentar quando o assunto é pneu para trilhas fora de estrada


Para o público que é fã dos percursos todo-o-terreno, a Goodyear indica a aplicação de pneus especialmente desenvolvidos para picapes e utilitários esportivos, ideais para serem utilizados em pisos mais acidentados. O piloto do Campo de Provas da Goodyear, Felipe Zacarias, explica a importância do pneu certo em pisos adversos: “Em meio ao lamaçal é recomendado usar pneus com os sulcos mais profundos, pois eles têm maior facilidade para remover a lama durante o percurso. Eles cavam a lama e ganham maior tração. Os modelos mais estreitos e altos são os mais adequados para esse tipo de piso”.
“Em terrenos com muita areia a tração é muito mais precária, pois a estrutura é mais fina e faz os pneus escorregarem com maior facilidade. Neste caso, os pneus indicados são aqueles mais largos e lisos, pois apresentam uma boa flutuação e geram maior contato com o solo, evitando que cavem buracos durante o percurso, sem atolar o veículo”, explica Zacarias.


Para atuar nesse segmento, a Goodyear desenvolveu tecnologias exclusivas como a TractiveGrooveTM, que consiste em pequenos dentes de serra na base dos sulcos para melhorar a tração em lama, e com o desenho composto por blocos com sistema de autolimpeza nos ombros do pneu, aumentando a estabilidade e a tração em pisos secos e molhados. Os pneus da família Wrangler contam com essa tecnologia, além de um composto diferenciado que se sobressai quando o assunto é oferecer alto desempenho e performance elevada em qualquer tipo de terreno.

Durante a trilha, a Goodyer dá algumas dicas para que o motorista evites situações inesperadas.

Veja abaixo:
Ultrapassagens em pontes de madeira – Se desconfiar das condições do local, desça do carro e analise a ponte, buscando mapear os lugares em que a madeira esteja em melhores condições. Se houver dúvida sobre a segurança do local, procure um desvio. Caso não seja possível passe devagar e em velocidade constante pelos lugares que estiverem mais firmes.
Terrenos com areia – Procure evitar areia fofa. Se o veículo afundar, tome cuidado para não apoiar os eixos, acelere pouco, mantenha velocidade constante. Em praias, verifique as tábuas de maré e evite circular perto da água. Em dunas, ande sobre a vegetação rasteira (onde o terreno é mais firme), desça o morro em marcha reduzida e peça ajuda a pessoas acostumadas com o terreno.
Barro/Lama – Faça um reconhecimento a pé para antever problemas, além disso, verifique a existência de paus ou pedras que possam furar o pneu ou bater embaixo do veículo. Observe a existência de valas profundas em que haja a possibilidade de atolar. Utilize um pedaço de pau ou bambu para medir a profundidade do alagadiço. Ao passar use velocidade baixa e constante e não acelere demais, pois isso pode fazer com que os pneus percam a aderência e patinem. Evite passar em facões feitos por outros carros, em especial se forem profundos. Prefira o terreno mais irregular.
Mata fechada – Nesta situação preste atenção aos espelhos retrovisores e à antena do rádio para não os danificar no trajeto. Em veículo aberto, o cuidado com passageiros deve ser redobrado, evitando possíveis escoriações com galhos e espinhos. Caso tenha dúvidas sobre a segurança do trajeto, pare o carro e verifique se embaixo de folhas e troncos caídos existe algum buraco, depressão mais acentuada ou erosão. Não tente cortar caminho, mesmo com GPS e mapas de boa qualidade em mãos. Tomar essa decisão pode ser desastroso para a natureza.
Conheça os pneus da família Wrangler:
– Wrangler MT/R Kevlar (revolucionário pneu off-road construído com Kevlar® da DuPont®, cinco vezes mais resistente do que o aço);
– Wrangler Duratrac (pneu off-roadpara uso em condições severas)
– Wrangler Silent Armor (pneu para uso em terrenos on e off-road que proporciona rodar tranquilo e silencioso);
– Wrangler All-Terrain Adventure (pneu robusto para picapes e utilitários de uso misto com design superior e tecnologia);
– Wrangler Armortrac (pneus que proporcionam performance, design e estabilidade aos mais variados tipos de terreno);
– Wrangler RT/S (pneu robusto que oferece um rodar silencioso);
– Wrangler HP All Weather (pneu com sofisticados recursos tecnológicos e máxima tração em diferentes tipos de piso);
– Wrangler SUV (Entrega maior durabilidade e controle com design superior e construção otimizada).

19:30 · 04.06.2017 / atualizado às 19:30 · 04.06.2017 por

O Extra, maior vendedor de pneus há seis anos apontado pela Nielsen, realiza a primeira edição do Festival Automotivo do ano. Do dia 01 a 18/06, a rede preparou descontos em diversos produtos da categoria, como pneus, acessórios, ferramentas, baterias e itens de limpeza

A rede tem como expectativa um crescimento de 17,5% em comparação ao mesmo período do ano passado. Durante os 15 dias do Festival, a novidade são os descontos de 20% que acontecerão em determinadas categorias em alguns dias da semana para clientes que utilizarem o cartão Extra. Às segundas-feiras (05 e 12/06), os consumidores poderão desfrutar do benefício em serviços de limpeza e embelezamento automotivo. Às terças-feiras (06 e 13/06), a dinâmica passa a valer para todas as baterias e lubrificantes. Às quartas-feiras (07 e 14/06) é a vez dos acessórios internos ou externos para carros. Nas duas quintas-feiras do período, todas as ferramentas manuais contarão com o desconto e, de sexta-feira a domingo os clientes poderão parcelar todos os pneus e baterias em até 20x sem juros no cartão Extra ou em até 10 vezes sem juros nos demais cartões.
Dentre as ofertas, as apostas são os pneus, que são sucesso de vendas nacional:
· Pneus aro 13: a partir de R$ 159,90;
· Pirelli aro 14 de R$ 289,90 por R$ 246,42 cada na compra de três unidades;
· Pneus Altimax aro 15: de R$ 299,90 por R$ 254,92 cada na compra de três unidades;
· Pneus aro 16 e 17: Na compra de quatro unidades, ganhe um conjunto com três malas Paris.
Para os clientes que buscam trocar a bateria de seus veículos, o Extra disponibiliza desde o ano passado um aplicativo que auxilia a identificar qual o modelo mais adequado para o automóvel, bem como qual a loja Hiper mais próxima de sua localização para realizar a compra.

15:42 · 19.12.2016 / atualizado às 15:42 · 19.12.2016 por

Todo motorista já passou ou ainda vai passar pelo momento da troca de pneus. Apesar de ser uma prática comum, nem sempre o condutor está preparado ou sabe qual a hora certa de fazer a substituição
Com a chegada do final de ano, a revisão dos pneus se torna ainda mais necessária para a segurança de todos durante a viagem de férias. Confira aqui 7 dicas que vão descomplicar esse momento.

pneus
1 – Lembre-se de checar seu estepe com frequência. Você é daqueles que nem lembra se seu estepe está no carro? Pois esse é um erro clássico: um dia o pneu fura e você descobre que o estepe pode não estar em boas condições.
2- Consulte sempre o Manual do Proprietário do seu veículo. No item pneus, é possível encontrar as recomendações mais importantes, inclusive as opções de tamanhos de pneus opcionais homologados e admitidos pelo fabricante do veículo.
3- O rodízio de pneus é fundamental para evitar desgaste desigual. Para os pneus radiais, o rodízio deve ser feito a cada 8 mil km, para os diagonais, recomenda-se o rodízio a cada 5 mil km.
4- Os pneus devem ser substituídos sempre que os sulcos atingirem 1,6mm de profundidade. Essa regra, estabelecida de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, vale sempre quando qualquer um dos sulcos atingir essa medida.
5- Observe se há bolhas ou deformidades nos pneus. Nesses casos os pneus devem ser substituídos o quanto antes, independente da profundidade dos sulcos, pois o pneu pode estar com sua estrutura comprometida.

Calibrar é fundamental para evitar acidentes
Calibrar é fundamental para evitar acidentes

6- Seu veículo é de uso urbano ou rodoviário? Leve em consideração qual o tipo de utilização do seu veículo, se percorre estradas pavimentadas ou estradas primárias (de terra), etc. É importante transmitir essas informações aos especialistas de revendas autorizadas de pneus, assim, eles poderão indicar os modelos mais adequados.
7- Trafegar com o pneu careca é ilegal e pode acarretar em multas. O artigo 230 do Código de Trânsito considera infração conduzir o veículo “em mau estado de conservação, comprometendo a segurança. Cuidado, ao expor o veículo às más condições o condutor pode receber multas.

11:18 · 17.08.2016 / atualizado às 11:18 · 17.08.2016 por

Manter a manutenção do veículo em dia é uma garantia de segurança para condutores e passageiros, além de prolongar a vida útil de diversos componentes do automóvel.Veja dez dicas fundamentais para aumentar a vida  seus pneus, numa cortesia da Gerardo Bastos, empresa de Fortaleza e associada à ABRAPNEUS (Associação Brasileira de Revendedores de Pneus)

pneus
1 – Pressão dos pneus respeitando o manual do fabricante
Pesquisas apontam que 25% dos motoristas circulam com pressão dos pneus abaixo do recomendado pelo fabricante. Estudos indicam que 0,2 bar (aprox. 3 libras) abaixo da pressão recomendada pelo fabricante reduz em até 10% a vida útil do pneu. Se a pressão ficar 0,4 bar (aprox.5,8 libras) abaixo do recomendado, a vida útil do pneu pode cair até 25%. Rodar com 0.4 bares (aprox. 5,8 libras) abaixo da pressão recomendada aumenta em 2% o consumo de combustível.

Calibrar semanalmente o pneu é fundamental
Calibrar semanalmente o pneu é fundamental

2 – Pneus com desenho diferente no mesmo eixo: errado
Os pneus estão cada vez mais tecnológicos e nos últimos anos isto tem ajudado muito em sua durabilidade. Por outro lado, há novos fatores que devem ser considerados no momento da montagem, como por exemplo, o sentido de giro do pneu, lado de montagem, uso em estrada pavimentada ou terra e outros. Quando são instalados pneus com desenho de bandas diferentes no mesmo eixo, há uma perda considerável dos benefícios técnicos do pneu como, por exemplo, a diferença de aderência entre os lados, a capacidade de escoar água diferente entre os lados, geração de ruído diferente, resistência a rolagem diferente entre os lados e etc. Estas diferenças de performance entre os lados pode, em situações extremas, desestabilizar o veículo e colocar o motorista numa situação de risco.

Pneus novos ou seminovos valorizam na hora da venda
Pneus novos ou seminovos valorizam na hora da venda

3 – Respeitar a capacidade máxima de carga do veículo
Todo pneu possui um limite de carga estipulado pelo fabricante e informado na lateral do próprio pneu. Exceder este limite pode tornar o pneu muito suscetível a falhas, além de danificar sua estrutura e acelerar o desgaste da banda de rodagem. Uma combinação perigosa é pneu com baixa pressão e carga excessiva.

Mantenha sempre o alinhamento dos pneus: no volante você percebe a diferença se o carro puxar mais para um lado
Mantenha sempre o alinhamento dos pneus: no volante você percebe a diferença se o carro puxar mais para um lado

4 – Alinhamento correto para uma direção segura
Veículos desalinhados provocam diversos prejuízos e, entre os principais, destaca-se o desgaste prematuro de pneus e componentes da suspensão, além do aumento do consumo de combustível. Por se tratar de uma medição precisa de ângulos e tolerâncias milimétricas, a Gerardo Bastos mantem rigorosa manutenção e calibração de seus equipamentos. O técnico que executa a medição e correções necessárias precisa ser treinado frequentemente e ter amplo conhecimento da geometria de um veículo.
5 – Balanceamento em dia, direção sadia
O balanceamento consiste na correção de uma má distribuição de massas ao longo do conjunto pneu e roda e deve ser executado através da adição de pequenas massas (chumbinho) que compensarão esta irregularidade e deixarão equilibrado o conjunto pneu/roda. A falta de balanceamento causa desgaste irregular nos pneus e antecipa a troca do componente.
6 – Manter as válvulas de segurança protegidas
A falta da tampinha na válvula de segurança (bico de encher) pode gerar acúmulo de sujeira no seu interior e/ou danificar o núcleo da válvula e, em ambos os casos, haverá a perda de pressão dos pneus. A válvula de segurança resseca e trinca com o passar do tempo, e o principal motivo é a incidência do sol na borracha. É recomendada a troca das válvulas sempre que houver a troca dos pneus.
7 – Realizar o rodízio periodicamente
Os pneus dianteiros e traseiros dos veículos trabalham em situações diferentes mas que ocasionam em desgastes desiguais. Para aumentar a vida útil e o desempenho dos pneus mantendo um nível equivalente de desgaste entre todos com benefício à segurança, é essencial fazer o rodízio dos pneus do veículo conforme recomendação do fabricante. O ideal é realizar o rodízio a cada dez mil quilômetros, além de alinhamento e balanceamento a cada cinco mil quilômetros.
8 – Câmara de ar em pneus sem câmara é errado sim
A maioria dos pneus dos veículos leves atuais é de construção radial e não usam câmara de ar, ao contrário dos pneus de décadas atrás que eram majoritariamente de construção diagonal e utilizavam câmaras de ar. Instalar câmaras de ar em pneus originalmente sem câmaras pode provocar superaquecimento do pneu e deixa-lo numa situação de risco quanto à segurança.
9 – Continue com a mesma medida estabelecida pelo fabricante
A montadora, em conjunto com a fabricante do pneu, projeta a melhor especificação de pneu para cada veículo. Além disto, todo conjunto de suspensão e freio sofre influência do desempenho dos pneus, e vice versa. Alterar as medidas originais de fábrica pode colocar o veículo numa condição de dirigibilidade e estabilidade diferente do que ele foi projetado e, consequentemente, gerar uma condição de insegurança para o motorista.
10 – Direção agressiva é um perigo
Acelerações e frenagens bruscas, além de representarem um perigo para a vida do condutor, ocasionam um desgaste irregular e acentuado dos pneus.

11:54 · 10.06.2016 / atualizado às 11:54 · 10.06.2016 por

Quem precisa dar uma renovada no seu carro deve ficar esperto com o Festival Automotivo, realizado pelo Extra até o dia 21 de junho. São descontos especiais em toda a linha de pneus, acessórios para carros e limpeza. Entre as ofertas estão Pneu Pirelli aro 15 Leve 4 e pague 3; pneu aro 13 a partir de R$ 169,90 cada; pneu Michelin 175/65 R14 por R$ 327,90 cada. Além dos descontos especiais, o cliente pode parcelar os pneus em até 14X sem juros no Cartão Extra.
Durante o período, na compra de baterias Moura 40, 48, 50 ou 60 amperes, o cliente ganha cabo de transmissão de carga. Além disso, traz ofertas especiais em rádio e DVD para carro: Auto rádio Positron BT SP2310 com bluetooth, USB e MP3 por R$ 159,90; DVD automotivo Positron tela 7´´SP 6320 por R$ 649,00.

pneus
Para os papais e mamães, a rede traz também ofertas de bebê conforto e cadeirinha para carro. Bebê-conforto Voyage de 0 a 13kg por R$ 249,90 e Cadeira para auto Cosco Simple Safe por R$ 299,90.

bebe-dormindo-na-cadeirinha-do-automovel-marlon-lopez-shutterstock-0000000000004DD6
A rede traz ainda a dinâmica comercial 1,2,3 passos da economia. O cliente que levar 1 unidade do óleo lubrificante Shell Helix 5w30 sintético de 1L, ganha 20% desconto e a unidade sai por R$ 47,92. Na compra de 2 produtos, ganha 50% de desconto na segunda unidade (R$44,93 cada) e na compra de 3, sai um grátis (R$ 39,53 cada). Na compra de 1 unidade do Aditivo para radiador Luxcar Radlux 1 litro o cliente ganha 20% de desconto e sai por R$ 9,52. Na compra de 2, o segundo sai com 50% de desconto (8,93 cada) e na compra de 3, sai um grátis (7,85 cada).

Som com bluetooth e tela sensível ao toque
Som com bluetooth e tela sensível ao toque

O Festival Automotivo acontece em todas as lojas Extra Hiper do país até dia 21 de junho.

10:22 · 08.01.2016 / atualizado às 12:45 · 08.01.2016 por
foto
Sandero RS pelas ruas de Fortaleza

Janeiro está só no começo e você descobre com o Guia Automotivo quais foram os carros mais vendidos de 2015, além do balanço do ano e as perspectivas para 2016 nos segmentos de novos, usados, peças e reparação automotiva. E nesse cenário, veja quais os planos da Nissan para o Brasil e o seu próximo produto que entrará na sua linha de produção em Resende, no Rio de Janeiro.

//

Espero vocês neste sábado!!! Os carros mais vendidos em 2015! Líderes do setor falam das perspectivas para 2016! Testamos o SANDERO Esportivo! O novo HONDA Accord! Arte em pneus usados! Conheça o novo carro da Nissan!!! Sábado 10h30min na TV Diário! #guiaautomotivo

Publicado por Andre Marinho em Sexta, 8 de janeiro de 2016

Quer mais? Tem test-drive com Sandero RS pelas ruas de Fortaleza, apresentação do Honda Accord 2016 em São Paulo e um vídeo com uma picape feita para enfrentar tornados. Além disso, tem uma história curiosa de um artesão que transforma pneus em móveis, brinquedos infantis e vasos para jardins verticais. É amanhã, às 10h30, na TV Diário, canal 22.

Downloads
Pedro e os balanços feitos com pneus usados
Pesquisar

Blog do Automóvel

Blog da editoria Auto, do Diário do Nordeste, para coberturas em test drive, lançamentos de automóveis e salões e notícias sobre carros, motos e outros veículos.
Posts Recentes

12h10mNovo Camaro vai ser destaque no Salão do Automóvel de São Paulo 2018

11h10mAudi mostra sua linha de SUVs na Chapada dos Veadeiros, em Goiás

02h10mConfira detalhes do primeiro carro elétrico feito no Brasil

10h10mSalão do Automóvel de São Paulo com novo lote de ingressos disponível

10h10mSetor de locação foi responsável por 1 em cada 4 veículos emplacados no primeiro semestre de 2018

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs