Blog do Automóvel

Categoria: Salão de Genebra


13:45 · 07.03.2011 / atualizado às 13:45 · 07.03.2011 por

A véspera do Salão do Automóvel de Genebra foi marcada por um evento emblemático. 50 anos depois de ser apresentado para a imprensa e público em geral, o Jaguar E-Type, um dos mais premiados veículos da história, percorreu novamente as ruas da cidade suíça: desta vez na companhia de executivos da Jaguar Land Rover e do Grupo Tata. O evento começou no Hotel Du Parc dês Eaux Vives, mesmo palco de lançamento cinco décadas atrás.

Lendário modelo da Jaguar, o E-TYPE

O evento de comemoração contou com a presença do alto escalão de executivos da Jaguar Land Rover como o CEO e diretor-geral da Tata Motors, sr. Carl-Peter Foster; o presidente do Tata Group, Sr. Ratan N. Tata; o vice-presidente do Tata Group, Sr. Ravi Kant; e o CEO da Jaguar Land Rover, Dr. Ralph Speth. Eles se encontraram com proprietários de alguns Jaguar E-Type e dirigiram esses emblemáticos veículos.

“Não há melhor maneira de celebrar meio século do E-Type do que dirigindo este belo modelo”, declarou Carl-Peter Foster. “Este magnífico e clássico esportivo simboliza todo o poder e a paixão da marca Jaguar. Isso, inclusive, foi um fator determinante que atraiu o grupo Tata Motors em sua compra da Jaguar Land Rover”, complementou o executivo.

Liderada por Carl-Peter Foster, que teve como passageiro o Sr. Ratan N. Tata, a comitiva de E-Type saiu do Hotel Parc dês Eaux Vives e percorreu a mesma rota que foi escolhida 50 anos atrás para o lançamento do veículo para a imprensa, em 1961. Naquela época, o modelo superou todas as expectativas dos jornalistas e mostrou como um carro esportivo conseguiu unir performance a exuberante aparência.

Seguida por um pequeno grupo de jornalistas e por donos de exemplares do veículo, a comitiva abre uma série de eventos comemorativos que estão programados para o decorrer de 2011.

Ainda em Genebra, assim como foi feito em 1961 com o E-Type, a Jaguar voltará a apresentar um modelo que reúne beleza, conforto e alta performance, com a apresentação do XKR-S, tido como o mais rápido Jaguar já produzido em série.

13:38 · 07.03.2011 / atualizado às 13:38 · 07.03.2011 por

O artista plástico londrino Benedict Radcliffe apresentou no Salão do Automóvel de Genebra (Suíça) sua mais recente criação: uma obra de arte produzida sobre um Range Rover Evoque feito em arame. A exclusiva peça foi mostrada pela primeira vez ao público em um coquetel oferecido pela Land Rover, em Genebra.

Curiosa obra de arte da marca Land Rover

A obra de arte foi criada especialmente para marcar a apresentação das opções de personalização que estarão disponíveis aos clientes do novo Range Rover Evoque.

Ao mesmo tempo em que a obra de Benedict Radcliffe era apresentada ao público, o Range Rover Evoque foi anunciado como o vencedor do prêmio “Car Design of the Year”, na categoria “Melhor Veículo de Produção”. Este é o primeiro prêmio internacional recebido pelo Evoque, antes mesmo de sua chegada às lojas.

A criação de Benedict foi baseada no design de elementos individuais do Evoque. Construída sobre uma réplica de arame do veículo – chamada de wireframe –, a obra inclui peças em terceira dimensão como rodas e bancos traseiros e dianteiros, todos feitos em aço e pintados com cores diversas.

Estes componentes ficam suspensos dentro da estrutura de arame, criando um aspecto 3D ao mesmo tempo em que as peças podem ser vistas “individualmente” como obras de arte.

Benedict vem desempenhando um papel protagonista na criação do conceito de arame para a Land Rover, peças que já foram apresentadas em diversas cidades do mundo.

Para ele, “o conceito do wireframe conseguiu bastante visibilidade no ano passado e a ação em Genebra é uma oportunidade perfeita para ir-se um pouco mais a fundo nos aspectos de design do Range Rover Evoque. As pessoas podem-se envolver e interagir com essas esculturas”.

13:23 · 25.02.2011 / atualizado às 13:23 · 25.02.2011 por

Presente no Salão de Genebra, que acontece de 3 a 13 de março, a marca mantém sua ofensiva de produtos iniciada em 2010, no qual comemorou 200 anos de história.

Sedan 508, por enquanto só na Europa

No ano em que celebrou seu 200º aniversário, a Peugeot conquistou um recorde histórico em suas vendas mundiais com um aumento de 16,3% e 2.142.000 unidades vendidas.

Em 2010, a Peugeot:

    · Ganhou uma posição no ranking de marcas, tanto ao nível mundial (9º) como no europeu (4º);
    · Lançou o cupê RCZ, entregou as primeiras unidades do Peugeot iOn, veículo 100% elétrico, e comercializou modelos específicos para os grandes mercados em crescimento, como o 408 na China e a picape compacta Hoggar no Brasil;
    · Iniciou a implantação na Europa do inovador serviço de mobilidade Mu by Peugeot;
    · Continuou com a internacionalização da Marca na Ásia (vendas em alta de 38,9%), na Rússia (+34%) e na América Latina (+24%).

 

Conceito HR1
18:28 · 21.02.2011 / atualizado às 18:28 · 21.02.2011 por

As atrações programadas pela Land Rover em seu espaço montado no Salão de Genebra podem ser consideradas como as mais inovadoras da história da marca.

Range Rover Evoque será mostrado com três e cinco portas

 O evento mostrará ao público as mais novas tecnologias desenvolvidas pela empresa para motores híbridos, as opções de personalização do novo modelo Range Rover Evoque nas versões 3 e 5 portas e duas edições limitadas e exclusivas de sua linha de veículos.

 

Range Rover híbrida

Apresentado ao mundo pela primeira vez nesta edição do Salão de Genebra, o Range_e é um protótipo que traz um motor híbrido movido a eletricidade e diesel, desenvolvido pelo Centro de Engenharia e Design da Land Rover no Reino Unido.

 O Range_e é baseado no Range Rover Sport de motor 3.0 TDV6 diesel e transmissão ZF automática de oito velocidades. Equipado com um sistema diesel paralelo e híbrido, o veículo oferece uma experiência Premium em SUV e pode rodar apenas com eletricidade.

Em ação: luxo na terra

Tido como o primeiro veículo 4×4 produzido pela Land Rover que consegue índices de emissões de apenas 89 gramas de CO2 por quilômetro rodado, o Range_e ainda pode rodar 32 km utilizando apenas eletricidade, possui uma autonomia de 1.112 quilômetros e chega aos 193 km/h de velocidade final.

Evoque 

Outra grande atração da Land Rover em Genebra, o Range Rover Evoque será apresentado em suas versões três e cinco portas. Durante a coletiva de imprensa que será promovida aos jornalistas do mundo todo no dia 1º de Março, a Land Rover apresentará pela primeira vez as diversas opções de personalização que a linha Evoque oferecerá aos clientes, proporcionando a criação de veículos praticamente únicos. A coletiva também trará a lista de preços de todas as versões do Evoque para os países europeus.

 As opções de personalização trazem pacotes com as cores do teto e dos espelhos retrovisores diferentes da utilizada nas demais partes da carroceria, além de diversas opções de acabamento interno e uma linha de novas tecnologias embarcadas que eleva o conforto e o prazer de se estar a bordo de um veículo como esse. O Evoque será oferecido em três diferentes versões que possuem temas variados: o contemporâneo Pure, o luxuoso Prestige e o esportivo Dynamic.

 Cada uma dessas três opções possui uma grande variedade de temas, design interior, opções de acessórios e cores externas que proporcionam mais liberdade aos clientes em escolher um veículo bastante personalizado, de acordo com suas preferências.

Série limitada 

Também apresentado pela primeira vez neste Salão de Genebra, a série exclusiva e limitada Range Rover Autobiography Ultimate chega como o mais luxuoso Range Rover já produzido. A série oferece itens que vão além do conforto e tecnologia, como revestimento dos bancos, volante, painel e portas em couro suave costurado a mão, piso do porta-malas em madeira nobre – inspirado nos iates de luxo – e dois iPads* aos passageiros dos bancos traseiros como itens de série.

Em Genebra será apresentada série especial da Discovery 4

 Discovery 4

A também exclusiva e limitada Black and White oferece design diferenciado e contemporâneo para a linha 2011 do Discovery 4. Ambas as opções Black e White trazem níveis de conforto e luxo nunca antes vistos neste modelo. A série preza pela versatilidade e traz uma combinação de acabamento interior refinado com opções de cores exclusivas, o luxo e conforto de um sedã Premium, capacidade para até sete passageiros e um impressionante desempenho fora de estrada.

16:48 · 14.02.2011 / atualizado às 16:48 · 14.02.2011 por

Anual, o Salão de Genebra, na Suíça, é um dos mais importantes do mundo, principalmente para as marcas europeias. Não são poucas as que mostram tendências e estudos automotivos, bem com lançamentos mundiais. Neste ano acontece de 3 a 13 de março. A Mercedes-Benz revela por completo a nova Classe C Coupé.

Carro será vendido em junho na Europa; não foi anunciado quando vem ao Brasil

Com duas portas, o carro tem linhas similares às do sedan. Esse modelo toma os lugares da hatchback CLC e da já extinta CLK. As vendas começam em junho na Europa. Não se sabe ainda se será vendido no Brasil.

Uma Mercedes esportiva para quatro lugares

A Classe C Coupé tem seis motorizações disponíveis. As movidas a gasolina são a C180 (156 cavalos), C250 (204 cv), ambas com o mesmo motor 1.8, e a C350, dotada de um 3.5 V6 (seis cilindros, em “V”) de 306 cv. O motor 2.2 turbodiesel tem potências de 170 cv (C220 CDI) e 204 cv (C250 CDI).
A transmissão 7GTronic, de sete marchas, é oferecida em toda a gama. Nas versões turbodiesel e na C180 o câmbio é manual de seis velocidades. A suspensão Agility Control varia a firmeza conforme o tipo de estrada.

Vista por dentro: conforto e ergonomia
No teto, tons de preto para contrastar com o vermelho

O cupê tem espaço para quatro passageiros. Entre os equipamentos, alerta de perda de atenção do motorista (Attention Assist), piloto automático ativo (Distronic Plus), alertas de mudança involuntária de faixa e de veículos em ângulo morto, além de faróis de xenônio direcionais. O navegador Comand Online tem acesso a internet e permite usar rotas gravada no Google Maps.

Será que fará sucesso?
16:33 · 10.02.2011 / atualizado às 16:33 · 10.02.2011 por

No próximo Salão do Automóvel de Genebra, que terá  início no dia 1º  de março, a Nissan vai revelar pela primeira vez um carro conceito esportivo puramente elétrico. A companhia, que responde pela criação de um dos carros esportivos mais emocionantes do mercado, o Nissan GT-R, e recentemente lançou  o primeiro carro 100% elétrico a ser vendido em grande escala no mundo, o Nissan LEAF, agregou suas experiências e desenvolveu o modelo conceito de dois lugares: o Nissan ESFLOW.

Carro conceito será lançado no Salão de Genebra, na Suíça

 O Esflow não é simplesmente um veículo movido por motor de combustão interna adaptado para rodar com eletricidade, mas um carro esportivo que foi projetado desde o início como um veículo de emissão zero. Isso significa que designers com visão de futuro da Nissan tiveram liberdade para colocar os componentes que geram força ao carro (power train) e as sua baterias na posição ideal para beneficiar manipulação do modelo, seu desempenho e aumentar o prazer de dirigi-lo.

 O Nissan ESFLOW conta com propulsão nas rodas traseiras e dois motores, um para cada roda traseira. As baterias laminadas de íon-lítio foram montadas na parte inferior do carro para melhor distribuição de peso. O modelo pode chegar de 0-100 km/h em menos de cinco segundos e tem autonomia para rodar 240 km com uma carga de bateria.

15:09 · 09.02.2011 / atualizado às 15:10 · 09.02.2011 por
A Land Rover apresenta no próximo Salão de Genebra o novíssimo Range Rover Autobiography Ultimate, série especial e limitada que traz o modelo mais luxuoso já produzido pela marca desde o lançamento da linha em 1970.
Poucas unidades serão vendidas no mundo, mas o Brasil foi contemplado

 Apenas 500 unidades serão produzidas no Reino Unido, mas o veículo será comercializado em mais de 20 países, já a partir do mês de Abril. O Brasil terá apenas cinco unidades para vender.

Detalhe interno em madeira

Com acabamento que traz o que há de mais Premium disponível no mercado, o Autobiography Ultimate chega com o revestimento dos bancos, do teto e do painel em couro costurado à mão. O veículo traz acomodações de primeiríssima classe ao motorista e aos passageiros, com níveis de luxo e conforto jamais vistos em nenhum outro Range Rover.

Conforto e espaço interno

O modelo traz dois bancos traseiros com regulagem elétrica de posições independentes, que lembram confortáveis poltronas que proporcionam um maior espaço aos ocupantes, o que faz desta série limitada o mais exclusivo veículo executivo disponível no mercado. Para a maior comodidade dos ocupantes dos bancos traseiros, o Range Rover Autobiography Ultimate traz como itens de série duas mesas para laptops feitas em alumínio, um refrigerador e dois Apple iPads* (o primeiro carro a oferecer o tablet) que proporcionam uma experiência única a esses passageiros.

Itens de entretenimento para os passageiros

O aspecto luxuoso também se estende aos ocupantes dos bancos da frente, em um ambiente que traz um piso feito em inspirado nos iates mais luxuosos e acabamento em couro e metal.

O interior do veículo teve cada um de seus detalhes meticulosamente analisados e desenvolvidos de forma a proporcionar uma experiência que eleva os conceitos de luxo e conforto ao extremo. O acabamento traz couro soft touch como cobertura dos bancos, volante, de detalhes internos das portas e do painel e está disponível em duas opções diferentes de cores: vermelho-cereja escuro ou o Arábica. O uso de madeira nobre no revestimento das portas e do painel ajuda a criar um ambiente único e sofisticado. A madeira também está presente no revestimento do piso do porta-malas, que teve inspiração nos iates de luxo.

Detalhe do carro

Por fora, o Range Rover Autobiography Ultimate traz duas diferentes opções de cores de carroceria: o Vermelho Roussillon ou o Cinza Otago, ambas exclusivas que ocupam toda a carroceria, as maçanetas das portas, além do acabamento da grade dianteira e das saídas de ar laterais. A série limitada também traz rodas em liga leve de 20 polegadas de design exclusivo e assinatura traseira Ultimate. O veículo ainda possui opcionais como um pacote de design exterior e estribo lateral.

Motor 

Para empurrar todo esse luxo, o modelo pode ser equipado com o mais novo motor 4.4 diesel TDV8 de 313 cavalos e 700 Nm de torque, que traz 14% menos emissões de CO2 e maior economia de combustível em relação à versão anterior. O desempenho é garantido pelo câmbio ZF de 8 velocidades e opções para trocas por meio de “borboletas” dispostas na pare traseira do volante, assim como no Range Rover Sport Supercharged.

Transmissão

A nova caixa de câmbio foi desenvolvida em parceria com os engenheiros da Land Rover para proporcionar respostas extremamente rápidas, combinadas às trocas suaves, sem trancos. A nova combinação motor/câmbio é capaz de empurrar o veículo da imobilidade as 60 mph (96 km/h) em apenas 7.5 segundos. Mesmo sendo um carro de grandes dimensões, ele arranca das 50 mph até as 75 mph em apenas 5.1 segundos.

Tecnologia

Como um legítimo Land Rover, o veículo possui uma capacidade inigualável em situações fora de estrada. Ambas as versões chegam com o exclusivo e premiado sistema Terrain ResponseTM, que ao simples giro de um botão, adapta automaticamente as configurações de motor, câmbio, suspensão e aceleração para cinco diferentes tipos de terrenos: asfalto, terra, lama, pedras e areia.

16:03 · 28.01.2011 / atualizado às 16:04 · 28.01.2011 por

Neste ano, a Jaguar Cars celebra o 50º aniversário de um dos veículos esportivos mais emblemáticos e desejados da história da indústria automobilística, o Jaguar E-Type. Apresentado pela primeira vez durante o Salão de Genebra de 1961, o modelo foi uma verdadeira sensação no evento. Na edição deste ano do evento suíço, o veículo percorrerá as mesmas ruas que fez há cinco décadas

Ícone, esse modelo da Jaguar já pertenceu a Brigite Bardot e Stveve McQueen

Para comemorar, a marca britânica de automóveis de luxo programou diversos eventos ao longo de 2011. O cronograma de celebrações terá início durante o Salão de Genebra, em Março, e continuará dentro do festival anual de Goodwood. Além deles, também estão previstas ações dentro dos festivais de Pebble Beach Concours d’Elegance, na França, no Nurburgring Old Timer Grand Prix, na Alemanha além de outros eventos lifestyle que contarão com a participação de clientes e concessionários.

Capaz de atingir 242 km/h e com preço muito inferior aos seus principais rivais com mesmas capacidades, o esportivo se consolidou de forma imediata como um autêntico ícone de sua época. O E-Type foi vendido entre 1961 e 1974 e ultrapassou as fronteiras do mundo do automóvel. O equilíbrio em suas proporções, sua forte presença e a pureza de suas linhas o fizeram merecedor de um espaço permanente no Museu de Arte Moderna de Nova York.
Desde sua primeira apresentação ao público, o modelo estabeleceu novos padrões de design e capacidades, tornando-se objeto inspirador para as linhas atuais dos veículos produzidos pela Jaguar. Modelos que, assim como o E-Type, oferecem uma incomparável combinação de capacidade, esportividade, dirigibilidade, alta tecnologia e design.

Hoje o modelo é uma raridade para colecionadores

Tido como um dos grandes símbolos dos anos sessenta, o E-Type já foi o veículo preferido de grandes personalidades como George Best, Brigitte Bardot, Tony Curtis e Steve McQueen.

Curiosidades

* O E-Type foi apresentado pela primeira vez em 15 de Março de 1961, em evento realizado no Restaurant Hôtel Parc des Eaux Vives, em Genebra. O impacto foi tão grande entre os presentes, que todos pediram uma demonstração pelas ruas próximas ao restaurante. Sir William Lyons, fundador da Jaguar Cars, solicitou ao então chefe de provas, Norman Dawis, que trouxesse da fábrica em Coventry, Inglaterra, um outro exemplar até a Suíça. Norman dirigiu por toda a madrugada e as demonstrações começaram na manhã seguinte à apresentação.

* O comendador Enzo Ferrari disse uma vez que “o E-Type era o veículo mais belo do mundo”.

* O motor de cinco cilindros em linha, que depois viria a equipar o E-Type, proporcionou à Jaguar cinco vitórias nas 24 Horas de Le Mans, durante a década de 1950. Já a versão 3.8 litros, capaz de desenvolver 265 cavalos e 35,9 mkg de torque, impulsionava o veículo aos 242 km/h, velocidade que fazia do E-Type o veículo de série mais rápido do mundo para a época, marca já alcançada por seu antecessor, o XK 120.

* Quando foi lançado no mercado, o E-Type custava £2.256,15 (com impostos incluídos), valor que hoje gira em torno de £38 mil, no Reino Unido.

* As proporções perfeitas da carroceria do E-Type são obra de Malcolm Sayer, engenheiro aeronáutico que também aplicou seus conhecimentos no design de veículos como o C-Type e o D-Type, vencedores das 24 Horas de Le Mans.

* O E-Type foi produzido por 14 anos e teve mais de 70 mil unidades comercializadas em todo o mundo. Tal fato o tornou o primeiro veículo esportivo produzido em série do planeta.

Pesquisar

Blog do Automóvel

Blog da editoria Auto, do Diário do Nordeste, para coberturas em test drive, lançamentos de automóveis e salões e notícias sobre carros, motos e outros veículos.
Posts Recentes

12h10mNovo Camaro vai ser destaque no Salão do Automóvel de São Paulo 2018

11h10mAudi mostra sua linha de SUVs na Chapada dos Veadeiros, em Goiás

02h10mConfira detalhes do primeiro carro elétrico feito no Brasil

10h10mSalão do Automóvel de São Paulo com novo lote de ingressos disponível

10h10mSetor de locação foi responsável por 1 em cada 4 veículos emplacados no primeiro semestre de 2018

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs