Blog do Automóvel

Categoria: Saúde


10:47 · 24.06.2015 / atualizado às 10:47 · 24.06.2015 por

16018496

Além do estresse, a dupla calor e trânsito podem causar problemas bem mais graves que a normal impaciência. “Ficar muito tempo exposto no trafego e no calor podem levar a desidratação. Há alguns que sentem sonolência, fadiga, tontura, e um eventual desmaio. Faz com que o indivíduo perca a concentração e o raciocínio rápido, podendo causar um acidente”, alerta o médico Dirceu Rodrigues, da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego, a Abramet.

Antídotos

Para escapar dessas sequelas no cotidiano, para ele, a solução é simples: se hidratar o máximo possível, repondo potássio e sódio. “Comer alguma fruta e beber bastante água é recomendado em qualquer situação, no trânsito não é diferente. Isotônicos também ajudam”, ressalta.

Para o profissional desidratação não é o único perigo. Queimaduras de primeiro grau também são causadas nessas situações. Problemas simples podem até gerar um câncer de pele. É recomendado o uso de filtro solar.

NWD07 NUEVA DELHI (INDIA) 27/05/2015.- Un motorista pasa junto a las marcas de tráfico pintadas sobre el pavimento que resultaron distorsionadas a causa de las altas temperaturas registradas en Nueva Delhi (India), hoy, miércoles 27 de mayo de 2015. Al menos 1.150 personas han muerto durante las últimas semanas por la ola de calor que sacude los estados de Telangana y Andhra Pradesh, en el sureste de la India. Andhra Pradesh es el estado más afectado por la ola de calor, donde de acuerdo con una portavoz del departamento de Gestión de Desastres de la región, Tulsi Rani, han fallecido 884 personas, sobre todo en los distritos costeros de Guntur y Visakhaptnam. EFE/Harish Tyagi
Na Índia, recentemente, até o asfalto sentiu a onda de calor ao derreter as faixas

Se o calor estiver muito forte, é aconselhável usar roupas leves. Bermuda, regatas e sandálias. Evitar terno e gravata. Não se esqueça de proteger a cabeça. Um chapéu ajuda a evitar problemas causados pelo sol. A última dica do Dr. Dirceu Rodrigues é também a mais importante: “Evitar pegar o trânsito entre as 10h e às 16h, quando a exposição de raios ultravioletas é maior”.

Sombra é tudo!

As vagas na sombra são as mais disputadas e com razão. Colocar o veículo sob o sol – mesmo que por pouco tempo – pode deixar o carro muito quente. O recomendado é abrir as portas e deixar o vapor quente de dentro do veículo sair e esse processo não leva mais do que cinco minutos. Ligar o ar-condicionado também ajuda. “É importante realizar esse processo, pois o ar quente contêm gases prejudiciais a saúde que emanam de tudo que tem no interior do carro”, lembra o Dr. Dirceu Rodrigues.  Com o veículo em movimento, basta fechar os vidros e manter o ar-condicionado ligado.

09:41 · 20.03.2013 / atualizado às 09:41 · 20.03.2013 por

Se o motorista identificar mau cheiro ao ligar o ar condicionado é hora de fazer uma limpeza no equipamento

Com o ar condicionado sempre limpo fica fácil evitar doenças respiratórias
Com o ar condicionado sempre limpo fica fácil evitar doenças respiratórias

É cada vez mais comum o uso do ar condicionado no automóvel, seja para enfrentar as altas temperaturas do verão brasileiro ou para aumentar a segurança, inibindo a prática de roubos. No entanto, são necessários cuidados com o equipamento, para garantir o bem-estar do motorista e passageiros durante a permanência no veículo. “Se o motorista identificar mau cheiro ao ligar o ar condicionado ou perceber a ocorrência de alergias e irritações, é hora de fazer uma limpeza no equipamento”, explica o gerente executivo de Operações da Autoglass, Flavio Cezario.
É preciso fazer a higienização do ar condicionado a cada seis meses ou sempre que for necessário. Primeiro, é feita uma limpeza completa no interior do veículo com aspirador de pó. Em seguida, é aplicada uma ampola de higienização, com produto especial, enquanto o ar condicionado do automóvel está em funcionamento e com todos os vidros fechados. O produto penetra nos dutos do ar, promovendo a limpeza e eliminando ácaros e fungos que se acumulam no local e que podem gerar doenças respiratórias. O procedimento dura cerca de 30 minutos, não precisa de agendamento prévio e tem custo médio de R$ 60,00.
Nos intervalos entre uma manutenção e outra, Flavio Cezario recomenda ligar o ar condicionado ao menos uma vez por semana, por cerca de 20 minutos, mesmo durante o inverno. “Além disso, é importante deixar o equipamento funcionando por cerca de cinco minutos na função “ventilar”, na velocidade máxima, para tirar toda a umidade do sistema, onde se formam os ácaros e fungos”, aconselha o especialista. O serviço está disponível em todas as unidades da Autoglass, em todo o País, assim como uma série de cuidados com os acessórios do automóvel.

Pesquisar

Blog do Automóvel

Blog da editoria Auto, do Diário do Nordeste, para coberturas em test drive, lançamentos de automóveis e salões e notícias sobre carros, motos e outros veículos.
Posts Recentes

12h10mNovo Camaro vai ser destaque no Salão do Automóvel de São Paulo 2018

11h10mAudi mostra sua linha de SUVs na Chapada dos Veadeiros, em Goiás

02h10mConfira detalhes do primeiro carro elétrico feito no Brasil

10h10mSalão do Automóvel de São Paulo com novo lote de ingressos disponível

10h10mSetor de locação foi responsável por 1 em cada 4 veículos emplacados no primeiro semestre de 2018

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs