Busca

Categoria: SUV


15:49 · 14.09.2018 / atualizado às 16:06 · 14.09.2018 por

Com a participação de 20 SUVs Duster, a concessionária Regence Renault promove neste domingo (16/9) mais uma edição do Domingo Duster. “Será uma oportunidade fantástica para o dono de um Duster testar a tração 4×4 de seus carros nas praias do litoral leste e de fazer uma bela aventura com sua família”, explica Alexandre Leão, superintendente da Regence e idealizador da iniciativa.

Duster tem tração 4×4 e é boa de trilha

O evento começa 8h da manhã, com um super café da manhã na concessionária Regence Dunas, na Av. Santos Dumont. Depois às 9h45min segue para as praias do litoral leste, passando pelo Porto das Dunas e Praia do Japão, no município de Aquiraz. Finaliza com um almoço no Pier 85.

Alexandre Leão, superintendente da Regence Renault, ao lado do SUV Duster, um dos campeões de venda

Zé Carneiro, que organizou a trilha disse que será um domingo diferente com a família a bordo de um carro que leva segurança e estabilidade em terrenos sem aderência. “Vamos explorar todo o potencial do 4×4 do Duster e fazer uma gincana no local chamado Dunas do Catavento, que vai motivar os participantes”, adianta ele. A previsão é de terminar o evento às 14h.

Serviço

Domingo Duster – Dia 16/9, domingo, a partir das 8h, na concessionária Regence Dunas (Av. Santos Dumont, 7600). Informações: 85-3388-4000.

Ficha Técnica Duster

Motor: 2.0l, 4 cilindros

Potência:148 cv

Câmbio:  manual, 5 velocidades

Tração: 4×4

 

08:43 · 20.08.2018 / atualizado às 21:48 · 19.08.2018 por

O novo T-Cross já está esquentando os motores para o lançamento. Dimensões de SUV e uma construção inteligente. Compatível com o uso na cidade, preparado para as pequenas e grandes aventuras da selva urbana e além. A estreia mundial oficial do T-Cross acontecerá no segundo semestre deste ano

Enquanto isso, a Volkswagen revela os primeiros detalhes deste SUV, que está quase pronto para a produção em série. Com este novo modelo, a Volkswagen irá expandir a gama de Sport Utility Vehicles (SUV). T-Cross, Tiguan Allspace e Touareg – estes são, até agora, os formatos de SUV da marca no Brasil. O T-Cross possui um design carismático, sempre com tração dianteira, conceito funcional e configurações personalizáveis. O T-Cross oferece mais, sem precisar ser mais caro por isso.
“Prático, descolado, intuitivo e seguro”. Essas são as quatro principais características do T-Cross: “Prático” – mais espaço e flexibilidade; “Descolado” – design marcante e personalização; “Intuitivo” – digital e conectado; “Seguro” – um dos automóveis mais seguros do seu segmento. O novo SUV da Volkswagen, que será produzido na fábrica de São José dos Pinhais (PR), mede 4.192 mm de comprimento e 1.568 mm de altura (10 mm mais alto que o T-Cross europeu). A distância entre eixos do modelo que será produzido no Brasil é a maior do segmento: 2.649 mm (86 mm a mais do que a distância entre-eixos do T-Cross europeu). Sendo assim, o T-Cross é consideravelmente maior do que o Novo Polo.

O T-Cross e o Novo Polo agregam variedade ao segmento, fragmentado em dois tipos de veículos independentes. Esta fragmentação torna a oferta mais variada e a mobilidade mais rica em experiências. O T-Cross demonstra isso – um SUV prático e, ao mesmo tempo, estiloso, com uma condução intuitiva e segura. Equipada com rodas de até 17 polegadas, a gama T-Cross dispõe de duas opções de motores com turbocompressor e injeção direta de combustível. O motor 1.0 TSI Total Flex atinge uma potência de até 128 cv (94 kW) com etanol. Já o motor 1.4 TSI Total Flex gera uma potência de até 150 cv (110 kW), também com etanol.


“Prático.” O novo SUV oferece um espaço surpreendente. Um dos elementos responsáveis por isso é a Estratégia Modular MQB. Esta base inovadora puxa o eixo dianteiro bastante para a frente, garantindo uma distância adicional entre os eixos, maior espaço interno e volume de carga. Assim, a capacidade do porta-malas é excelente (390 litros). O encosto dobrável do banco do passageiro dianteiro oferece ainda mais flexibilidade. Típica de um SUV é a posição elevada dos assentos no T-Cross. O ângulo de visão elevado do T-Cross é obtido graças a uma maior altura livre do solo e ao sistema de bancos.
“Descolado.” O design é marcante. A parte dianteira destaca-se por sua altura; o design é carismático, com uma grade ampla e faróis de LED integrados. Também responsável por esta altura acentuada é a tampa do compartimento do motor. A região inferior da parte dianteira distingue-se por detalhes como os faróis de neblina inseridos de modo marcante.

Nas versões do T-Cross com faróis halógenos, a luz de condução diurna é integrada no módulo dos faróis de neblina; já no caso de faróis full-LED, a luz de condução diurna encontra-se acima, na carcaça do farol. Nas laterais, uma linha característica acentuada divide os espaços. Atrás, ela forma uma seção dos ombros impactante, e assinala na traseira um novo elemento de design da Volkswagen: a faixa de refletores estendida transversalmente na parte traseira e emoldurada por um painel preto. Dash pads integram o estilo jovial e as oito cores do exterior (opcionalmente também bicolor) com o interior do veículo projetado de forma explicitamente generosa para esta classe. A música do smartphone ou dos serviços de streaming pode ser reproduzida pelo sistema de som “Beats”, com sete alto-falantes e qualidade de som premium.
“Intuitivo.” Ainda é cedo demais para revelar todos os novos detalhes técnicos do interior. Porém, já é claro: o T-Cross inclui, opcionalmente, um sistema de Infotainment com tela sensível ao toque (touchscreen) de 8 polegadas e um cockpit digital “Active Info Display” (painel de instrumentos) de última geração. A operação é intuitiva. Quatro entradas USB (duas na frente, duas atrás) garantem a conexão ideal e energia suficiente para os smartphones. O sistema opcional de travamento e partida “Keyless Access” torna o acesso ao T-Cross mais confortável, enquanto os faróis full-LED proporcionam mais eficiência e precisão na iluminação.
Seguro

A influência positiva da Estratégia Modular MQB revela-se em todas as áreas do T-Cross. Graças à MQB, o SUV já entrará na concorrência como um dos veículos mais seguros de sua classe – o que é garantido pela alta resistência a impactos, seis airbags e uma gama especialmente ampla de sistemas de assistência. Além de sensores dianteiro e traseiro para estacionamento, o T-Cross também está equipado com o sistema “Park Assist 3.0”, que permite o estacionamento autônomo em vagas paralelas e transversais – e agora com a função de freio de manobra. Entre os outros sistemas de assistência estão o sistema de “Frenagem Automática Pós-Colisão” (aciona automaticamente os freios do veículo em caso de acidente) e o “Detector de fadiga” (detecta a perda de concentração do motorista e o sistema recomenda uma pausa para descanso). Além disso, o T-Cross poderá ser equipado com o “Seletor do perfil de condução”, para o motorista ajustar a experiência de direção entre os modos normal, ecológico, esportivo ou individual.
Uma dúzia de novos SUVs da Volkswagen entre 2016 e 2020
Com o novo T-Cross, a Volkswagen reforça sua campanha mundial de produtos SUV, iniciada em 2016 com o atual Tiguan. Em 2017, na Europa, vieram o Tiguan Allspace, com até sete assentos, e o T-Roc, mais compacto. Paralelamente, a Volkswagen lançou no mercado em 2017, no segmento acima, o Atlas, desenvolvido para os Estados Unidos, e o Teramont, seu correlato chinês – ambos com sete assentos.
O ano de 2018 começou novamente com um verdadeiro show de SUVs: em Nova York, a Volkswagen of America apresentou dois protótipos do Atlas: o Cross Sport (cinco assentos, próximo da versão de série) e o Tanoak (picape). Já na China, a Volkswagen mostrou no mesmo mês, em estreia mundial, o novo Touareg – o SUV topo de linha da marca. No contexto da estreia do Touareg, a empresa também apresentou em Pequim dois futuros SUVs para a China: o Powerful Family SUV (protótipo de um veículo versátil concebido para famílias) e o Advanced Midsize SUV (equivalente do protótipo Atlas Cross Sport).
O futuro mais distante também já revela fatos muito concretos: em 2020, chegará ao mercado europeu o primeiro SUV totalmente elétrico da Volkswagen: o I.D. CROZZ. Com a gama do T-Cross até o I.D. CROZZ, a Volkswagen oferecerá um dos maiores catálogos de SUV do mundo, cobrindo quase todos os segmentos.

15:32 · 03.07.2018 / atualizado às 15:42 · 03.07.2018 por

T-Cross vai expandir o programa de SUVs na Europa
Com espaço inovador, compartimento de passageiros oferece excelente espaço
Graças à MQB, T-Cross traz diversos sistemas de assistência de classes de veículos superiores para o segmento compacto

 

O T-Cross está pronto para inaugurar um novo formato de SUV da marca Volkswagen. Apresentado em 2016 no Salão de Genebra como um estudo antecipado, a versão de série está agora trilhando o seu caminho em direção à produção. Com o T-Cross, a Volkswagen está expandindo o portfólio de Sport Utility Vehicles, incluindo um modelo menor. “I am more than one thing” – essa é a abordagem com a introdução do T-Cross.

Assim, “more” é para ser entendido como um benefício: oferecer mais, mas sem custar mais. A World Première do novo T-Cross acontecerá no segundo semestre deste ano (outono europeu). Até lá, a Volkswagen encurtará o tempo de espera com um primeiro olhar para o futuro SUV compacto da marca.

T-Cross, T-Roc, Tiguan, Tiguan Allspace e Touareg serão agora os cinco formatos de SUVs da marca na Europa. Mas o novo T-Cross vai enriquecer também o portfólio de SUVs na China e na América do Sul. O comprimento do T-Cross europeu é de 4.107 mm, enquanto o T-Cross desenvolvido para a América do Sul mede 4.192 mm. O desenho é carismático, sempre dirigido à frente, funcionalmente conceituado e com construção inteligente. Compatível com o uso na cidade, o T-Cross é preparado para as pequenas e grandes aventuras da selva urbana.

A matriz modular transversal (MQB) possibilita um surpreendente espaço interno. A influência positiva da matriz modular transversal revela-se em todas as áreas. Assim, o T-Cross está entrando no mercado como um dos veículos mais seguros de sua classe – o que é garantido pela alta resistência a impactos e uma ampla gama de sistemas de assistência. No Brasil deve chegar até o final deste ano, mas nada oficial foi divulgado.

Jürgen Stackmann, membro do Board da Marca VW responsável por Vendas e Marketing, e Klaus Bischoff, designer chefe da Marca VW, explicam o novo T-Cross, veja o vídeo

12:36 · 04.06.2018 / atualizado às 12:36 · 04.06.2018 por

A SUBARU lança no Brasil o Novo SUBARU XV, nova geração do modelo crossover, ideal para enfrentar as mais diversas situações no dia a dia, ou ainda, um veículo perfeitamente adequado para quem deseja se divertir em terrenos irregulares


O Novo SUBARU XV, importado com exclusividade pela CAOA para o País, é a síntese do equilíbrio harmônico obtido pela SUBARU entre o seu know-how no desenvolvido e produção de modelos com tração 4×4 e fatores de desempenho de alto nível – como eficiência no consumo e prazer ao dirigir – com um design exterior que expressa emoção e prazer, ampla lista de equipamentos série, elevados níveis de segurança e versatilidade.


De acordo com Roberto Pedrosa, Diretor de Vendas da SUBARU no Brasil, “o lançamento do Novo SUBARU XV simboliza o início de uma nova fase da SUBARU no País, marcada pela chegada de novos modelos ainda esse ano, que oferecerão ainda mais tecnologia, performance e segurança. Além disso, estamos investindo fortemente na ampliação da nossa Rede de Concessionárias, que serão inspiradas em um novo conceito, focada em oferecer uma experiência única de Vendas e Pós-Venda, priorizando o conforto, qualidade e agilidade. A primeira Concessionária SUBARU nessa filosofia é a SUBARU CAOA Brooklin, que já está em pleno funcionamento na cidade de São Paulo (SP) e abriga o maior espaço dedicado ao Pós-Venda de veículos da marca no Brasil. Nos próximos meses também serão nomeadas novas lojas independentes da marca SUBARU nas principais cidades do Brasil”.


O Novo SUBARU XV foi desenvolvido a partir da nova Plataforma Global Subaru, concebida para proporcionar ainda mais dirigibilidade, segurança, performance e diversão para o motorista. Outra vantagem dessa nova plataforma é o aumento da distância entre eixos e da largura do novo veículo, 30 mm e 20 mm, respectivamente, quando comparada com a atual geração do SUBARU XV, o que se reflete em mais espaço interno, ou seja, mais conforto para os ocupantes do veículo.
Outra importante característica é o fato dele se manter fiel à sua vocação SUV (Sporty Utility Vehicle). Com isso, ele possui atributos mecânicos que lhe permitem permite enfrentar os mais diversos tipos de terrenos, proporcionando conforto e agilidade para o dia-a-dia nas áreas urbanas.


O Novo SUBARU XV chega ao mercado brasileiro com duas opções de acabamento:
· Novo SUBARU XV “L”, versão de entrada e preço sugerido de R$ 114.990,00. Esta versão oferece uma experiência única aos seus ocupantes, graças às amplas dimensões, utilização de materiais selecionados e uma completa lista de equipamentos de série, composta por itens como:
– Airbags (duplo dianteiro, joelhos, lateral do tipo cortina e laterais nos bancos dianteiros);
– Ar-condicionado automático Dual Zone com filtro anti-pólen;
– Sistema de entretenimento com tela touchscreen de 8”, com entradas USB e Auxiliar, viva-voz integrado e compatível com Android Auto e Apple CarPlay;
– Sistema de som com seis alto-falantes;
– Sistema X-Mode;
– Freio de estacionamento eletrônico;
– Controle de Descida (HDC);
– Controle Eletrônico de Estabilidade;
– Controle Eletrônico de Tração;
– Sistema de Distribuição Eletrônica de Frenagem;
– Câmera traseira para auxilio em marcha a ré;
– Assistente de partida em aclive (Hill Start Assist);
– Acendimento automático dos faróis;
– Sensor de chuva;
– Tecnologia de Direção de Faróis Responsivos (Steering Responsive Headlights);
– Sistema de Controle de Velocidade de Cruzeiro;
– Volante de direção multifunção e com ajuste de altura e profundidade;
– Revestimentos dos bancos em tecido na cor Cinza Carvão;
– Manopla do câmbio e volante revestidos em couro com costura laranja;
– Fixação de cadeiras para crianças do tipo ISOFIX;
– Computador de bordo;
– Encosto dos bancos traseiros rebatíveis 60/40;
– Rodas de alumínio de 18 polegadas;
– Faróis dianteiros e lanternas traseiras em LEDs;
– Duas tomadas 12V para conexão de acessórios;
– Console central com porta-copos e descanso de braço;


· Novo SUBARU XV “S”, versão topo de gama e valor de tabela de R$ 123.000,00. Além dos itens citados anteriormente, essa versão também inclui como equipamentos de série:
– Teto solar elétrico com abertura por deslizamento ou inclinação;
– Banco revestido em couro com costura laranja;
– Banco do motorista com ajustes elétricos de altura, profundidade e do encosto;
– Detector de Pontos Cegos (Blind Spot Detection);
– Assistente de Luz Alta (High Bean Assist)
Ambas contam com uma ampla e completa lista de equipamentos de série e estão equipadas uma evolução do motor Boxer 2.0 litros 16 válvulas, 12 kg mais leve que a versão utilizada pela edição anterior desse modelo e que conta com os benefícios de um avançado sistema de injeção direta de combustível. Esse propulsor atinge a potência máxima de 156 cv de potência a 6.000 rpm e gera torque de 20 kgf.m a 4.000 rpm. O Novo SUBARU XV conta ainda com câmbio automático Lineartronic de sete velocidades e sistema de tração integral Subaru Symmetrical All-Wheel Drive, que é sinônimo de segurança, performance e dirigibilidade nos mais variados tipos de piso e condição de rodagem.
“O Novo SUBARU XV chega para estabelecer novos parâmetros no concorrido segmento de modelos SUVs Compactos, que é a categoria de mercado de veículos Sporty Utility que está em expansão nos últimos anos”, explica Roberto Pedrosa.

03:34 · 03.06.2018 / atualizado às 15:37 · 01.06.2018 por

Mês de liderança absoluta para a Jeep entre os SUVs. O Compass e Renegade superaram os concorrentes e tiveram juntos 9.938 emplacamentos. Compass tem preço inicial de R$ 109.990 enquanto o Renegade parte de R$ 76.990. A Hyundai colocou o Creta no top 3 alcançando 3.841 emplacamentos.

Jeep Compass

1 – Jeep Compass – 5.560 unidades

2 – Jeep Renegade – 4.378 unidades

3 – Hyundai Creta – 3.841

Renegade, sucesso de vendas no Nordeste e no Brasil
Creta, da Hyundai
15:14 · 08.05.2018 / atualizado às 15:17 · 08.05.2018 por

O carro tem previsão de chegada ao mercado brasileiro no segundo semestre de 2018. Fruto de um projeto global, com desenvolvimento e produção realizados na América Latina, o Citroën C4 Cactus representa com exatidão a nova assinatura “Inspired By You”, inspirada pela vida e atitude das pessoas


Conectado e tecnológico, o Citroën C4 Cactus reflete a própria ousadia da marca, caracterizado por um design provocante, um desempenho surpreendente e um conforto global de referência, uma marca registrada da Citroën.
O Citroën C4 Cactus traz, desta forma, respostas às necessidades de um amplo leque de novos consumidores, que valorizam a estética, a modernidade e o bem-estar em seu dia a dia, aliadas às amplas possibilidades oferecidas pelo território SUV. “Mais do que um produto estratégico, o C4 Cactus representa para nós a renovação da Citroën, totalmente conectada aos desejos e necessidades de nossos clientes. Ele é a essência da marca hoje e chega para romper com os códigos do segmento”, afirma Ana Theresa Borsari, Country Manager da Peugeot, Citroën e DS.

Com uma silhueta marcante, o Novo C4 Cactus nasce da inspiração das equipes de design do Groupe PSA da América Latina para atender as demandas e o gosto dos clientes latino-americanos.
No perfil, uma silhueta com um equilíbrio moderno que propõe uma nova visão do segmento, aliando os principais elementos do universo SUV. Destaque para o exclusivo teto “flutuante”, as belas e funcionais barras de teto, as rodas aro 17“ diamantadas com pneus de uso misto e os protetivos Airbump®, verdadeira assinatura estilística do modelo.
Na traseira, reconhecível por suas formas musculosas, destaque para o aerofólio integrado e para os módulos em LED com efeito 3D, que asseguram uma assinatura luminosa gráfica e tecnológica. Detalhes sobre motorização, câmbio e preço do veículo não foram revelados. Especula-se que será equipado com o motor 1.6 l flex de até 122 cv, além do turbo de 173 cv.

12:32 · 11.04.2018 / atualizado às 12:32 · 11.04.2018 por

A Toyota do Brasil anuncia a chegada da linha SW4 2019. A principal novidade para o portfólio do utilitário médio mais vendido do País é a introdução da versão especial SRX Diamond, desenvolvida a partir da configuração topo SRX, equipada com tração 4×4, motorização a diesel e com capacidade para sete ocupantes

O modelo possui maior nível de equipamentos e detalhes exclusivos, e entrega ainda mais requinte e conforto ao proprietário de SW4, que não abre mão da robustez, dirigibilidade, segurança e capacidade off-road de um verdadeiro SUV.
Ainda a partir da linha SW4 2019, a opção SR flex de sete lugares deixa de ser comercializada.
Ao público final, a família SW4 2019 conta, então, com cinco integrantes, sendo duas opções flex e três diesel:
Flex: opção de entrada SR de cinco lugares e intermediária SRV de sete, ambas com tração 4×2 e motorização Dual VVT-i Flex 2.7 litros de 16V DOHC, que gera 163 cv de potência a 5.000 rpm, quando abastecidos com etanol, e 159 cv, também a 5.000 giros, com gasolina. O torque máximo é de 25 kgfm (com álcool e gasolina), sempre a 4.000 rpm.


Diesel: topo de linha SRX com cinco ou sete assentos e sua derivada, a nova SRX Diamond, também com capacidade para sete ocupantes, todas equipadas com tração 4×4 e motor 1GD 2.8 litros e de 16 válvulas, rendendo 177 cv a 3.400 rpm, e 45,9 kgfm, entre 1.600 e 2.400 rpm.
Todas as versões contam com transmissão automática sequencial de seis velocidades e controle eletrônico (Super ECT), capaz de aproveitar todo o potencial do motor por meio de um alcance de relações mais amplo e melhor aceleração em primeira marcha, além de reduzir o consumo de combustível na sexta, diminuindo a velocidade do motor. O sistema é capaz de adequar o desempenho do veículo ao estilo de condução, inclinação do terreno e nível de carga, atingindo, simultaneamente, desempenho e durabilidade.
Completam ainda o portfólio SW4 duas versões destinadas a Vendas Diretas: a SR diesel 4×4 automática e a SR 4×2 flex mecânica de cinco marchas, ambas com cinco assentos.


SW4 SRX Diamond 2019
Com todos os itens presentes em sua versão base, a SW4 SRX Diamond conta ainda om protetor de para-choques na cor preta, rodas de liga leve 18’’ com novo design e logo Diamond na parte traseira do veículo.
A SRX Diamond é a única da linha SW4 2019 equipada de série com sistema de som JBL® com 10 alto-falantes e um subwoofer, elevando o nível de exclusividade aos ocupantes.
No interior, os bancos, portas e painel possuem revestimento em couro e material sintético na cor bege, além de sistema de ventilação nos assentos dianteiros. O console central da SW4 Diamond ganhou acabamento nas cores bege e bronze, enquanto a chave é personalizada na cor branca e os tapetes e soleiras contam com logo Diamond.
A linha SW4 2019 está disponível nas cores Branco Sólido (exceto as versões SRX), Branco Pérola (apenas para as versões SRX), Prata Metálico, Cinza Metálico, Preto Metálico e Marrom Metálico. A SRX Diamond será oferecida somente em duas cores: Branco Pérola e Marrom Metálico.


Segurança
A atual geração do SW4, lançada no Brasil no início de 2016, recebeu cinco estrelas nos testes realizados pelo Latin NCAP, tanto para passageiros adultos quanto para crianças. Todas as versões de cinco e sete assentos listam uma série de sistemas com a finalidade de levar ao motorista e ocupantes, total tranquilidade em quaisquer terrenos.
A partir da configuração de entrada SR, são oferecidos dois airbags frontais (motorista e passageiro) e um de joelho (motorista). As demais versões contam com mais duas bolsas de cortina e dois airbags laterais, também para o motorista e passageiro dianteiro.
Completam os itens de série ligados à segurança do utilitário SW4: freios ABS com distribuição eletrônica (EBD), Assistente de Frenagens Emergenciais (BAS), Controle Eletrônico de Tração (A-TRC), Controle Eletrônico de Estabilidade (VSC), sensor de estacionamento traseiro, Assistente de Reboque (TSC) e de Subida (HAC), sistema ISOFIX para fixação de cadeirinha para crianças no banco traseiro, seis alças de segurança, apoios de cabeça dianteiro e traseiros com regulagem de altura, cintos de segurança dianteiros de três pontos com regulagem de altura, pré-tensionador e limitador de força e cintos de três pontos na segunda fileira de assentos (também incluídos na terceira fileira no caso de sete assentos). O Assistente de Descida (DAC) est&aac ute; disponível somente nas versões SRX.


Equipamentos e itens de série
Toda a linha SW4 oferece, a partir da versão SR flex de cinco assentos disponível ao público final, coluna de direção com regulagem de altura e profundidade; ar-condicionado integrado frio e quente; Sistema Multimídia Toyota Play com tela de 7” touchscreen, com sistema de navegação (GPS) integrado, sistema de entretenimento de vídeo integrado ao painel com TV Digital e leitor de DVD, rádio com CD Player/MP3, câmera de ré, Bluetooth®, conexão USB e AUX e seis alto-falantes; volante com comandos integrados de telefone, áudio e vídeo; computador de bordo com aviso de portas abertas, odômetros total e parcial e temperatura externa, além de seleção de modo de condução entre Eco e Power.
A partir da intermediária SRV, o pacote de itens contempla tela em TFT de 4,2″ com funções que revelam autonomia, consumo médio e instantâneo de combustível, distância a percorrer com combustível no tanque, economia realizada, indicador de modo econômico, tempo de direção, velocidade média do veículo, visualização do navegador e de áudio.

Mais detalhes

Completam a lista alarme ultrassônico; ar-condicionado automático com display digital; assento do motorista com ajuste elétrico para distância, inclinação e altura; bancos de couro; paddle shift; painel com detalhes em madeira; Smart Entry System, que permite o desbloqueio das portas com a simples pressão do botão na maçaneta; botão Push Start, facilitando a operação de ligar e desligar o veículo; maçanetas cromadas e vidros elétricos com sistema de abertura e fechamento por um toque com antiesmagamento.
As versões diesel SRX contam com todos esses equipamentos e mais abertura elétrica do porta-malas com função de memória para ajuste de altura da tampa; luz de leitura individual dianteira em LED; ajuste elétrico para distância, inclinação e altura também para o passageiro dianteiro; retrovisor interno eletrocrômico; espelhos externos com regulagem elétrica, indicadores de direção e iluminação de boas-vindas; faróis alto e baixo com nivelamento automático; faróis de neblina dianteiros e luzes de condução diurna, ambos em LED.
Liderança
Desde o lançamento de sua nova geração no País, o SW4 tem liderado o ranking de vendas entre os SUVs médios. No ano passado, o modelo conquistou mais de 50% em market share nesta fatia de mercado, com 12.943 unidades comercializadas e alta de 6% em relação ao mesmo período do ano anterior. Nos dois primeiros meses deste ano, o modelo mantém a liderança, com pelo menos metade

11:56 · 11.04.2018 / atualizado às 11:56 · 11.04.2018 por

Produzido na fábrica de Ghent, na Bélgica, o XC40 foi apresentado mundialmente em novembro de 2017, em Barcelona (Espanha), e é oferecido em três versões de acabamento: T4, T5 Momentum e T5 R-Design


“Com o XC40, a Volvo vai oferecer ao consumidor, pela primeira vez em sua história, três utilitários esportivos globais voltados ao segmento que mais cresce no mundo. Acreditamos que esse modelo será mais um sucesso da marca, pois traz soluções inovadoras e recursos que o posicionam acima de seus concorrentes, dimensões de um verdadeiro SUV, inovações em conectividade, o motor mais potente da categoria e novos sistemas de segurança oferecidos também no XC60 e XC90”, afirma Luis Rezende, presidente da companhia.
As versões T5 Momentum First Edition e T5 R-Design First Edition, já esgotadas, trazem um pacote especial de equipamentos, incluindo câmera 360°, assistente de estacionamento paralelo e perpendicular (Park Assist), sistema de alerta de ponto cego (BLIS) com Cross Traffic Alert, bancos dianteiros com aquecimento, bancos traseiros rebatíveis eletricamente com acionamento pelo porta-malas e sistema de alerta em caso de colisão traseira.


O XC40 é o primeiro modelo a utilizar a nova plataforma modular de veículos compactos da Volvo Cars (CMA, Compact Modular Arquitecture). Ela será a base dos futuros veículos da série 40, incluindo carros totalmente eletrificados. Co-desenvolvida com a Geely, controladora da marca sueca, a CMA proporciona à fabricante a economia de escala necessária para esse segmento.
A versatilidade dessa plataforma modular permite reunir em um só automóvel design refinado, interior sofisticado e recursos ainda mais avançados de segurança e dirigibilidade que colocam o XC40 em uma condição de superioridade no segmento.
Prova disso são as medidas do novo utilitário esportivo, que se destacam de seus concorrentes diretos. Com dimensões de um legítimo SUV, o XC40 apresenta um grande entre-eixos de 2,70 m; 1,86 m de largura; 1,65 m de altura; e 4,42 m de comprimento, garantindo conforto e amplo espaço interno a todos os ocupantes.


Design jovial, sofisticação e soluções inovadoras
O XC40 segue a expressão pura do design escandinavo, combinando robustez com visual elegante e refinado. O exterior combina um capô longo e largos para-lamas que confirmam a presença imponente do modelo. A forte personalidade da dianteira, a exemplo do XC60 e do XC90, é expressada pelo mais avançado sistema de iluminação do segmento.
O Volvo FULL LED System incorpora quatro funções aos faróis do veículo: Automatic Bending Lights (ABL), com luzes auto-direcionais que acompanham o giro do volante; Active High Beam (AHB), com sistema automático que adapta a luz alta para evitar o ofuscamento em outros veículos; nivelamento automático do facho do farol, de acordo com a carga do veículo; e Daytime Running Lights (DRL) com acendimento automático, no qual a luz diurna em formato “T” (Martelo de Thor) contribui para a visualização do veículo, mesmo em dias muito claros.
O sistema LED também está presente conjunto de iluminação dos faróis de neblina.
Na traseira, a lanterna característica se identifica com os novos SUVs da Volvo. Com feixes de LED, o conjunto ótico elevado apresenta um desenho marcante que invade a lateral da carroceria. O caráter jovial do modelo é expressado também pela cor do teto, diferente da carroceria na versão R-Design, e pelas barras de teto de alumínio.
O interior do XC40 tem uma abordagem radicalmente nova para os porta-objetos. O engenhoso design de interiores oferece espaço de armazenamento mais funcional nas portas e sob os assentos, espaço especial para smartphones (com carregamento indutivo), um gancho para sacolas pequenas no porta-luvas e uma lixeira removível no túnel do console central.


Para obter mais espaço de armazenamento nas portas do XC40, os designers tiraram os autofalantes do local e desenvolveram um subwoofer ventilado a ar de alta qualidade montado no painel, criando espaço suficiente no compartimento para acomodar um laptop e um tablet, ou algumas garrafas de água. O XC40 também oferece espaços para guardar cartões, uma grande área de armazenamento com uma caixa revestida de tecido e uma lixeira especial, que pode ser removida para o passageiro descartar facilmente o lixo.
No porta-malas, um assoalho inteligente pode ser dobrado para levar sacolas ou outras bagagens por meio de ganchos ou para usar o espaço completo sem removê-lo do carro, além do mecanismo de rebatimento do banco traseiro fornecer um assoalho plano para bagagens.


Conectado aos novos tempos
O sistema de entretenimento e conectividade do XC40 é o mais completo da categoria. O Sensus Connect é acessível pela tela antirreflexo sensível ao toque de 9 polegadas de LCD no painel central, que reúne praticamente todos os comandos do veículo em um único lugar. O display recebeu atualização gráfica aprimorada, tornando o uso para o motorista ainda mais natural e intuitivo. Navegação, conectividade e entretenimento estão a pouquíssimos toques. As funções também podem ser acessadas por comando de voz. Como no XC60 e XC90, a integração do smartphone está disponível com os aplicativos Apple CarPlay e Android Auto.


O XC40 apresenta, ainda, painel de instrumentos digital personalizável de 12,3″.
Outro destaque do Sensus é a qualidade do sistema de som, o High Performance System, com 8 alto-falantes de 250 W de potência. Já o Harman Kardon Premium Sound vai além e, na versão R-Design, conta com 13 alto-falantes e um subwoofer totalizando 600 W de potência.
O sistema Sensus integra também o Volvo On Call, um serviço de segurança, proteção e conveniência que oferece assistência 24h, auxílio de emergência e localização, em caso de roubo ou furto.
Dirigibilidade 
O XC40 chega equipado com tração integral AWD (All Wheel Drive), que calcula constantemente a distribuição de tração entre os eixos para obter a melhor performance e estabilidade. O controle absoluto do veículo se dá também por meio de diferentes modos de condução.

São cinco no total, que ajustam parâmetros relacionados à resposta do motor, agilidade de troca de marchas, ajuste de esforço da direção, resposta dos freios e controle de estabilidade:
Eco: privilegia economia de combustível;
Comfort: prioriza suavidade nas reações do veículo;
Off-road: para transitar fora de estrada;
Dynamic: para uma condução mais esportiva;
Individual: customiza a configuração.

Transmissão
O modelo dispõe de transmissão automática Geartronic de 8 velocidades acoplada ao motor T4 Drive-E, de 2 litros, 4 cilindros em linha, com turbocompressor, que gera potência de 190 hp a 4.700 rpm e torque de 300 N.m entre 1.300 e 4.000 rpm – esta versão chega ao mercado brasileiro a partir de julho.
Também está disponível para o XC40 o renovado propulsor T5 Drive-E, de 2 litros, 4 cilindros em linha, com turbocompressor e injeção direta de gasolina, o mais potente de seu segmento com 252 hp. O ótimo torque de 350 N.m se dá numa ampla faixa entre 1.800 e 4.800 rpm, garantindo ótima retomada de velocidade e ultrapassagens seguras.
Em números, o novo utilitário esportivo da Volvo Cars chega a 230 km/h e sai da imobilidade aos 100 km/h em 6,4 segundos.

Segurança
Em relação à segurança, o XC40 se beneficia das premiadas tecnologias conhecidas nos veículos XC90 e XC60, tornando-o referência entre os SUVs compactos de luxo. O modelo chega ao Brasil equipado com o inovador City Safety, sistema que auxilia o condutor com frenagem automática para evitar e reduzir o risco de colisão contra veículos, pedestres e animais de grande porte à frente do carro.
Outro recurso é a Mitigação de Pista Oposta (Oncoming Lane Mitigation), que ajuda os motoristas a evitar colisões com veículos que se aproximem vindos da pista contrária. Esse recurso funciona ao avisar o motorista distraído que invade a faixa oposta, oferecendo suporte automático à direção e conduzindo o veículo de volta à sua própria pista, fora do caminho de qualquer outro automóvel que esteja vindo. O sistema é ativado entre 65 e 140 km/h.
O XC40 também disponibiliza como itens de série outros recursos exclusivos para o segmento, como sistema de alerta de mudança de faixa, sistema de proteção em saída de estrada, sistemas de proteção contra impactos laterais e lesões na coluna cervical.
O modelo acrescenta ainda à extensa lista de equipamentos controle de cruzeiro adaptativo (ACC), no qual o motorista ajusta a velocidade e a distância a ser mantida em relação ao carro da frente e o sistema automaticamente acelera ou freia o veículo, e direção semiautônoma de até 130 km/h. Assim, o XC40 passa a se tornar o primeiro modelo a oferecer o Pilot Assist no segmento e o mais barato do Brasil dotado com essa tecnologia.
A visão da marca é de que ninguém perca a vida ou sofra lesões graves num veículo novo da Volvo até 2020. Por isso, em sua estrutura, o XC40 é projetado para proteger ao máximo os passageiros de todas as colisões e acidentes, incluindo batida lateral e capotamento, além de dissipar por completo a energia nas zonas de impacto dianteira e traseira. Para adicionar força e reduzir peso e consumo de combustível, foi utilizado uma grande quantidade de aço de ultra alta resisitência, um dos aços mais fortes disponíveis no mercado.
Além de todos esses recursos, o SUV oferece e abertura e fechamento elétrico da tampa do porta-malas ao passar o pé debaixo do para-choque (função Hands-Free).
O XC40 já está sendo distribuído nas 31 concessionárias da rede nas versões T5 Momentum e T5 R-Design. Em julho chega a configuração T4.

Tabela de preços (modelo 2019):
XC40 T4 – R$ 169.950 (a partir de julho)
XC40 T5 Momentum – R$ 194.950
XC40 T5 R-Design – R$ 214.950

Vendas para PCD
O novo XC40 também faz parte do programa Volvo For All, que oferece a pessoas com deficiência isenção de Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) na compra do modelo. Além de todos os benefícios para aquisição dos veículos da marca, a fabricante sueca também disponibiliza em suas concessionárias equipes treinadas e preparadas para atender os interessados nas vantagens do programa.
Tabela de preços para vendas especiais (PCD):
XC40 T4 – R$ 145.950
XC40 T5 Momentum – R$ 169.950
XC40 T5 R-Design – R$ 189.950

16:07 · 28.03.2018 / atualizado às 16:07 · 28.03.2018 por

· Versão já pode ser encontrada nas concessionárias da marca
· Modelo recebe pacote de equipamentos e design
· Motor 1.4 TFSI desenvolve 150 cv de potência


A Audi apresenta uma novidade para seu SUV de maior sucesso no país: a série especial Q3 Black Edition, já pode ser encontrada nas concessionárias da marca. O modelo, apenas na versão com motor 1.4 TFSI Flex, recebe uma série de equipamentos e retoques no visual para ficar com estilo mais esportivo e dinâmico. O preço sugerido para a versão é de R$ 184.990. A série especial está disponível apenas para a motorização 1.4 TFSI Flex com injeção direta de combustível, que desenvolve potência máxima de 150 cv entre 4.000 e 6.000 rpm e um generoso torque de 250 Nm, disponível entre 1.500 e 3.500 giros, tanto com etanol quanto com gasolina.
Os atributos do motor são potencializados pela dinâmica transmissão S tronic de seis velocidades. Com dupla embreagem, o câmbio realiza trocas de marchas com extrema rapidez, sem deixar que a rotação do motor caia. A caixa S tronic pode funcionar de forma automática, permitindo trocas manuais por meio da alavanca no console ou pelos shift paddles, instalados junto ao volante multifuncional. Com esse conjunto, o Q3 alcança os 100 km/h em 8,9 segundos e atinge uma velocidade máxima de 204 km/h com ambos os combustíveis.

Baseado na versão Ambiente, o Q3 Black Edition traz, entre as novidades, acabamento interno de alumínio, computador de bordo colorido, teto solar panorâmico “Open Sky”, abertura e fechamento elétrico da tampa do porta-malas, pacote de luzes, teto interior na cor preta e sistema de som Bose. Na parte de design, o carro recebe kit esportivo S Line, capas dos espelhos retrovisores externos pretas, frisos decorativos na cor High Gloss Black (preto brilhante) e rodas exclusivas de liga leve de 18”. Esse pacote é extremamente vantajoso para o cliente, uma vez que se fosse equipar o Q3 Ambiente com todos esses itens, arcaria com mais de R$ 12 mil acima do preço da versão Black Edition.
O Q3 Black Edition está disponível nas cores Branco Cortina, Branco Geleira, Cinza Monção, Prata Florete, Preto Brilhante, Preto Mito e Verde Camuflagem.

A lista de equipamentos inclui ainda ar-condicionado automático de duas zonas, bancos de couro, sensor de luz e chuva, volante multifuncional com shift paddles e base aplanada revestido de couro, sistema Audi drive select, controle de cruzeiro, parking assist com câmera de ré, assistente de partida em aclives, Audi Music Interface e Bluetooth.


Ficha Técnica
Q3 Black Edition
Motor: 1.4 TFSI
Cilindros /cilindrada: 4 em linha/1.395 cm³
Potência: 150 cv entre 5.000 e 6.000 rpm
Torque máximo: 250 Nm entre 1.500 e 4.000 rpm
Tração: dianteira
Transmissão: S tronic, 6 velocidades
Peso: 1.405 kg
Comprimento: 4.388 mm
Largura: 1.831 mm
Altura: 1.590 mm
Distância entre-eixos: 2.603 mm
Tanque de combustível: 64 l
Porta-malas: 460 l
Aceleração 0-100 km/h: 8,9 s

04:02 · 26.03.2018 / atualizado às 20:04 · 25.03.2018 por

Um SUV não tem a pretensão de superar a performance de um superesportivo, mas foi exatamente isso que aconteceu quando o novo Range Rover Sport SVR encarou uma temível estrada na China
O SUV de alta performance, conduzido pelo piloto da equipe Panasonic Jaguar Racing Ho-Pin Ting, destruiu o antigo recorde ao cruzar as 99 curvas da famosa Tianmen Road.
O modelo padrão do Range Rover Sport SVR estabeleceu um novo registro – extraoficial – de 9 minutos e 51 segundos para os 11,3 quilômetros de subidas, com uma velocidade média de 68,8 km/h, batendo o recorde anterior, de uma Ferrari 458 Itália, conquistado em 2016.
Com 575 cv e motor V8 supercharged, o novo Range Rover Sport SVR é o Land Rover mais rápido e acelera 0-100km/h em 4,5 segundos, com velocidade máxima de 280km/h.


Juntamente com as mudanças do chassi, a versão SVR responde de maneira mais dinâmica, sem comprometer o tradicional conforto de um Range Rover. Os engenheiros da Divisão de Operações Especiais concentraram-se em controlar a freagem em altas velocidades e as mudanças no amortecimento melhoraram a aderência e o controle do corpo.
O piloto da Panasonic Jaguar Racing Ho-Pin Tung disse: “estou acostumado com as altas velocidades das corridas, mas essa prova foi ainda mais exigente. Manter a concentração foi um grande desafio, já que as curvas são constantes. As consequências de um erro teriam sido realmente graves, então eu foquei em manter um ritmo e o Range Rover Sport SVR tornou isso fácil – ele pode ser um SUV, mas tem performance e agilidade de um superesportivo e pode te levar a lugares que os supercarros só chegam em sonhos.


O capô com fibra de carbono opcional é uma das inovações introduzidas pelos especialistas da Divisão de Operações Especiais e apresenta grandes aberturas de ventilação para realçar o seu potencial de desempenho. O para-choque dianteiro revisado proporciona um freio avançado e o resfriamento do motor, enquanto o motor de supercharged de 5.0 litros V8 produz 700Nm de torque.


No interior, os novos assentos do SVR oferecem qualidade superior e o luxo tradicional do Range Rover com couro Windsor, logotipo SVR em alto relevo e quatro combinações de cores.
A quebra desse recorde é o último desafio encarado pelo Range Rover Sport depois que o modelo PHEV subiu até o arco das rochas, no Heaven’s Gate, na China, mês passado.