Busca

Categoria: Suzuki


10:46 · 19.06.2018 / atualizado às 10:46 · 19.06.2018 por

Quem gosta de jipe deve ficar esperto com essa notícia. Gosta do estilo quadradão do Jimny? A Suzuki revelou a nova geração do modelo. Como é possível ver nas fotos, a Suzuki mexeu em pouca coisa no Jimny, apenas atualizando a consagrada receita do jipe compacto

Ele mantém, por exemplo, a construção de carroceria sobre chassi, algo que agrada em cheio parte dos usuários do modelo que preferem um modelo mais robusto para o uso fora do asfalto.
O visual manteve-se quase igual na nova geração, abusando dos ângulos retos para a carroceria do Jimny 2019. Tanto no exterior como no interior, contudo, as linhas foram modernizadas. Uma novidade é que o Jimny 2019 será oferecido em duas configurações de carroceria. Uma mais compacta, chamada apenas Jimny e que atuará no segmento dos kei car japoneses, e outra ligeiramente maior, denominada Jimny Sierra, destinada a mercados fora do Japão e provavelmente com maior espaço para passageiros e carga.


O Jimny Sierra deverá, segundo alguns rumores da mídia especializada global, contar com um motor 1.5 e, como é de praxe no modelo, tração 4×4 com reduzida. Além de opção manual 5 marchas, a Suzuki poderá equipar o modelo com uma caixa automática de 4 velocidades, uma tentativa, portanto, de atender a demanda cada vez maior por câmbios desse tipo em quaisquer segmentos.
Na parte interna, a Suzuki resolveu manter muito da identidade mais rústica do Jimny, porém a nova geração pode receber alguns refinamentos como central multimídia, ar-condicionado automático, piloto automático e até mesmo um sistema de frenagem de emergência automática.
Aqui no Brasil não existe previsão de lançamento do novo Jimny 2019, mas os representantes da marca japonesa adiantam que a novidade seguirá convivendo com a geração atual do modelo, que continua produzida normalmente no Brasil.

História e detalhes

Há quase 20 anos, o Suzuki Jimny está no mercado mundial. O compacto e versátil 4×4 se tornou bastante famoso por suas capacidades no fora de estrada e robustez. Ele foi revelado no Salão de Tóquio de 1997 e chegou a ser fabricado pela espanhola Santana por 10 anos. Mas, toda essa trajetória – que incluiu as marcas Chevrolet e Mazda, bem como produção na Colômbia e atualmente no Brasil – é referente apenas à terceira geração do modelo, que originalmente surgiu em 1970.
As rodas de aço estampado também contribuem para o aspecto clean do Suzuki Jimny 2019, que não chamaria a atenção para a grande maioria das pessoas. Até as janelas laterais são comedidas em comparação com o atual. Na traseira, uma porta com abertura lateral, estepe embutido e para-choque com lanternas. Tudo muito simples e prático.

Geração atual do Jimny, fabricado no Brasil

Se por fora esse suposto Suzuki Jimny 2019 parece não surpreender, por dentro, ele já é bem atual. O painel tem um formato robusto e bem horizontal, mas vem com uma destacada multimídia com tela que pode ter de 8 a 10 polegadas. A instrumentação é embutida no conjunto e é analógica. Os controles de climatização são convencionais, assim como os difusores de ar centrais, que ficam posicionados mais acima. A alavanca de transmissão CVT está bem à frente e forma um par com o volante de três raios.
O baixo custo, no entanto, aparece na forma da tampa do airbag do passageiro. Não é surpresa a ideia de redução drástica nos gastos com o Suzuki Jimny, já que seu objetivo é ser acessível, pelo menos no mercado internacional. Mecanicamente ele também não deve ir muito longe, substituindo o motor 1.3 pelo novo DualJet 1.2 com potência semelhante ao atual. O câmbio de cinco marchas manual, mais o CVT e a tração 4×4 simples com redução também deverão fazer parte do pacote.

Leve (1060 kg), o Jimny tem bom custo benefício
12:56 · 25.05.2018 / atualizado às 12:56 · 25.05.2018 por

Pesquisa realizada pela Suzuki Japão avaliou os principais mercados em vários países
A Suzuki Veículos do Brasil acaba de ser reconhecida mundialmente graças ao trabalho realizado junto às concessionárias em prol dos clientes em todo o País. Em Fortaleza, Suzuki Sol também é referência em atendimento, pós-venda e na qualidade dos profissionais


“É uma satisfação muito grande receber um prêmio como esse”, enfatiza Julio Fiorin, diretor de Pós-Venda da Suzuki Veículos. “Mais do que isso, é a certeza de que os nossos consumidores estão recebendo um atendimento com alto padrão de qualidade pela nossa rede de Concessionárias e agora reconhecido mundialmente”, afirma.
Durante 12 meses, foram avaliados 50 distribuidores de várias partes do mundo e a Suzuki Brasil ficou à frente de mercados tradicionais, como Itália, Reino Unido e Rússia.

Jipinho é vendido em Fortaleza na Concessionária Suzuki Sol

Entre os itens avaliados estão a Gestão de Serviços, gerenciamento de entrega no prazo conforme prometido, qualidade na reparação, instalações da Concessionária, nível de primeiro atendimento em peças e Retenção de Clientes.

Ricardo Rolim, diretor do grupo Rolim Autos, com o Suzuki S-Cross, na concessionária Sol

Os Clientes Suzuki no Brasil têm à disposição uma série de produtos e serviços que tornam a experiência com a marca ainda melhor: SZK Revisão Programa com preço fixo, SZK Funilaria e Pintura, SZK Pneus, SZK Store, SZK Kit Peças, SZK Renova, SZK Acessórios, SZK Assistence, SZK Seguros, SZK Financiamento, SZK Locação Executiva, SZK Consórcio, Recompra Garantida e o Suzuki Day, um passeio 4×4 em várias partes do Brasil e exclusivo para proprietários de veículos da marca.
A Suzuki tem mais de 100 anos de história e 50 milhões de veículos vendidos em 201 países.

21:17 · 10.12.2017 / atualizado às 21:23 · 10.12.2017 por

Raid Suzuki Sol Icapuí com muita emoção, no último final de semana. Tudo começou no sábado (9/12), com a partida na Concessionária Suzuki Sol

 

Detalhe do jipe valente Jimny, na praia de Fortim, rumo a Icapuí

Comboio de 27 carros partiu da concessionária Suzuki Sol em Fortaleza até Beberibe e finalizando na linda praia de Icapuí. A partir de Beberibe, aventura e perícia a bordo do Jimny, New Vitara e Grand Vitara passando por cenários belíssimos e muitos obstáculos nas dunas, areia, pedras e na estrada, totalizando mais de 135 km. Passando por Morro Branco, Praia das Fontes, Fortim, Canoa Quebrada, Ponta Grossa e finalizando em Icapuí, após 12 horas de Raid. Três carros de apoio fizeram parte do evento, comandados por Paulino Rocha, Paulo Amaury e Germano Barbosa. Mais uma aventura no currículo dos participantes, que foram saudados no hotel com um jantar e sorteio de brindes. A organização da Suzuki Sol já estuda o calendário do próximo ano com possibilidade de cenários de Serra nas trilhas em 2018. Confira abaixo os melhores momentos em super imagens

Antes de iniciar nas trilhas, para em posto de Beberibe para secar os pneus na calibragem correta para enfrentar os obstáculos
Bom humor e espírito coletivo fizeram parte da trilha: na image um dos participantes, Waldir e seu mascote do time do Ceará

 

Após a travessia de balsa, comboio espera para seguir a trilha

 

Após quase 11 horas de trilha, comboio chegou à noite ao destino, com muita segurança e entusiamos dos participantes e organizadores

 

06:28 · 11.02.2017 / atualizado às 12:33 · 10.02.2017 por

Lama, barro, poeira e muita terra. O paraíso para quem é apaixonado por off-road já tem dia e local para começar: 8 de abril, em Itupeva, interior de São Paulo; Fortaleza também terá etapa

A cidade abre a temporada 2017 do Suzuki Off-Road, um rali de regularidade destinado a famílias e amigos, onde o objetivo é se divertir em meio a belas paisagens. Serão seis etapas ao longo do ano: Itupeva (SP), Caldas Novas (GO), Penha (SC), São José do Rio Preto (SP), Campos do Jordão (SP), além de uma prova no Nordeste, em Fortaleza (CE).
“Neste ano iremos explorar novas regiões, possibilitando que mais pessoas conheçam e participem do rali. Quem tem um 4×4 não vê a hora de colocar o carro na terra e é isso que queremos propiciar: um dia divertido com a família e amigos em meio à natureza. Com uma equipe superexperiente no off-road, elaboramos trajetos na medida certa para a diversão”, destaca Fernando Julianelli, diretor de marketing da Suzuki Veículos.

Fábrica brasileira da japonesa Suzuki vai montar o jipinho Jimny, o carro tracionado mais barato do País

Não é necessário ter experiência, nem qualquer preparação especial nos veículos. Os participantes recebem uma planilha com o percurso a ser seguido e o tempo de passagem em cada ponto pré-determinado. Vence a dupla que se mantiver o mais próximo possível desse tempo. Na sexta-feira, véspera da prova, é feito um briefing com todos os participantes, além de uma aula de navegação para as duplas novatas.
São duas categorias: Turismo, destinada a duplas mais experientes, e Turismo Light, para quem está começando. O rali ainda conta com outras duas sub-categorias, que premiam os melhores na Dupla Mista e Dupla Feminina. Podem participar os veículos Suzuki 4×4 das linhas Grand Vitara, Vitara, Jimny, Samurai e Sidekick. São até quatro pessoas por carro, sendo que o navegador precisa ter, no mínimo, 16 anos e os acompanhantes, pelo menos, 10 anos.
As inscrições são abertas sempre 30 dias antes de cada etapa no site da Suzuki Veículos: www.suzukiveiculos.com.br. As duplas não pagam nenhuma taxa para participar, mas cada carro faz a doação de uma cesta básica, que é destina a associações assistenciais dos municípios onde a prova é realizada.
Confira o calendário e programe-se para participar:
Suzuki Off-road – Calendário 2017*
1ª etapa – 08 de abril – Itupeva (SP)
2ª etapa – 06 de maio – Caldas Novas (GO)
3ª etapa – 03 de junho – Penha (SC)
4ª etapa – 12 de agosto – Fortaleza (CE)
5ª etapa – 30 de setembro – São José do Rio Preto (SP)
6ª etapa – 28 de outubro – Campos do Jordão (SP)
* Calendário sujeito a modificações.

12:00 · 17.07.2015 / atualizado às 12:00 · 17.07.2015 por

Um dos SUVs mais queridos de quem gosta de off-road chega em nova versão. O Grand Vitara “4Sport” é mais alto e vai conquistar novos clientes principalmente pela altura livre do solo e posição de dirigir

GV1

Estar mais alto representa mais conforto e segurança, pois garante mais visibilidade e bem estar. Além de conforto e segurança a nova versão é mais versátil e valente. A altura aliada ao novo conjunto de suspensão com molas, amortecedores e pneus ATR, exclusivos da versão “4Sport” transformam o Grand Vitara em um agressivo off roader com grande capacidade para vencer obstáculos, mantendo o mesmo padrão de dirigibilidade e estabilidade. Não testamos ainda o veículo mas podemos confirmar que a tradicional segurança dos carros japoneses da Suzuki está no DNA desse veículo.

GV2
O design é marcante e torna o Novo Grand Vitara “4Sport” um SUV com forte personalidade off-road. Possui personalização exclusiva com pintura em grafite fosco no contorno inferior da carroceria e rodas, além da identificação do modelo. No interior, o volante revestido em couro vem com costura na cor grafite. O modelo estará inicialmente disponível nas cores branco e prata.
“A vida é muita curta para dirigir carros sem graça, por isso criamos o Grand Vitara 4Sport. Assim, os consumidores podem usar o carro tanto no dia a dia como nas aventuras outdoor do final de semana, para curtir a vida de verdade”, destaca o gerente de engenharia da Suzuki, Renato Pereira.

GV3
O Grand Vitara 4Sport 4X4 MT está sendo lançado por R$ 95.990 e o Grand Vitara 4Sport 4X4 AT por R$ 104.990. A linha Grand Vitara conta também com outras oito versões para atender diversos públicos com preços que variam de R$ 78.990,00 a R$ 105.990,00.

GV4

10:33 · 10.07.2015 / atualizado às 10:33 · 10.07.2015 por
suzuki-gsxr30th-anniversary5-1024x683
A edição comemorativa não terá mudanças técnicas, só mesmo o esquema de cores

Para marcar as celebrações de 30 anos da lendária GSX-R 750, a Suzuki apresentou hoje, na pista de Sachsenring, na Alemanha, uma edição especial da GSX-R 1000 batizada de “30th Anniversary Edition“. A roupagem é um releitura da combinação de azul e branco do primeiro modelo, lançado em 1985. De acordo com a fábrica japonesa, a edição especial de 30 anos da GSX-R 1000 será vendida em todo o mundo em breve. Porém, não há informações de alterações técnicas no modelo, que aparenta ser especial somente nas cores.

468RPM_Suzuki_GSXR-1024x683
Equipe Suzuki Ecstar da MotoGP também usará a roupagem comemorativa nas motos, nos macacões dos pilotos e uniformes

Como parte das comemorações, a equipe Suzuki Ecstar irá utilizar a mesma roupagem nas próximas duas etapas da MotoGP. As motos GSX-RR dos pilotos Maverick Viñales e Aleix Espargarò irão vestir o tradicional esquema de cores azul e branca do modelo original e que também ganhou fama nos anos de 1980 com o americano Kevin Schwantz. Os macacões de Viñales e Espargarò também usaram o mesmo esquema de cores. A equipe utilizará a roupagem comemorativa na etapa alemã da MotoGP, que será disputada em Sachsenring neste final de semana, e também em Indianápolis, nos Estados Unidos, em 9 de agosto.

12:25 · 12.05.2015 / atualizado às 12:25 · 12.05.2015 por

Um grande resultado para uma equipe afiada. A concessionária Sol Suzuki, de Fortaleza, conseguiu o terceiro lugar em vendas no Brasil, em abril. O jipinho Jimny, o Grand Vitara, o esportivo Swift e agora o S-Cross fazem parte da linha de veículos da marca. O crossover S-Cross é a nova aposta da Suzuki, com uma proposta de carro urbano e ao mesmo tempo off-road.

Ricardo Rolim, diretor do grupo Rolim Autos, com o Suzuki S-Cross, na concessionária Sol
Ricardo Rolim, diretor do grupo Rolim Autos, com o Suzuki S-Cross, na concessionária Sol
11:22 · 08.05.2015 / atualizado às 11:22 · 08.05.2015 por

2Os utilitários esportivos, cada vez mais, estão invadindo o mercado automotivo. Somente nos dois últimos meses foram seis lançamentos envolvendo modelos com um apelo fora de estrada, como o Honda HR-V, Suzuki S-Cross, Peugeot 2008, Jeep Renegade, Renault Duster e Jac T6. Além disso, há ainda no mercado outros representantes fortes no segmento, como o Ford EcoSport. Diante desse cenário, veja um pouco de cada um deles antes de escolher qual o seu próximo SUV.

Mas, o Guia Automotivo tem muito mais, como um passeio a bordo de um ônibus para conhecer pontos turísticos de Fortaleza, inclusive o Museu do Transporte, o qual mostra curiosidades e a evolução nos meios de transporte na capital. Tem ainda “Meu carro, minha vida” com um músico da banda Os Transacionais sobre sua paixão enferrujada, a sua queda por carros antigos. E tem os carros da polícia dos Estados Unidos,  a versão Savana da L200 e os 35 anos do Gol.

É neste sábado, amanhã, às 10h30 na TV Diário.

11162211_855112454550570_4602899165502338148_n

11:42 · 05.05.2015 / atualizado às 11:43 · 05.05.2015 por

O mercado brasileiro já tem novos queridinhos. São os Utilitários Esportivos, os SUVS

As montadoras atuam baseadas em pesquisas que raramente erram. E elas apontaram um crescimento fantástico nesse segmento. Mas não é sem razão. Os SUVs oferecem espaço para a família, conforto ao dirigir como um sedan, porta malas generoso e altura elevada do solo. Além disso, passam uma sensação de segurança para quem dirige e para a família. Neste ano nada menos que CINCO novos SUVs chegaram.

Confira detalhes deles e faça a sua escolha. E veja também os até então líderes, Ford EcoSport e Renault Duster.

O primeiro a ser lançado foi o Honda HR-V, em março. Com quase cinco mil vendidos está entre os 13 mais procurados do Brasil e passou o Ford EcoSport, sendo o primeiro em sua categoria. Sua proposta é urbana. O carro não tem versão 4×4, mas conforto e espaço de sobra. Além disso o design encanta.

 

Peter Rydberg
Honda HR-V
Motor: 1.8 litro, flex
Potência: 140 cv
Câmbio: manual ou automático
Porta-malas: 437 litros
Preço: a partir de R$ 69.900

Renegade_Sport-foto_Marcos_Camargo (7)
Outro rival de peso é o jeep Renegade. Com opção de tração nas quatro rodas, câmbio manual ou automático, motor flex ou a diesel, tem versões para todos os gostos e bolsos. É um jipe robusto e preparado para as trilhas
Jeep Renegade
Motor: 1.8 litro, flex ou 2.0 litros
Potência: 132 cv/170 cv
Câmbio: manual ou automático
Porta-malas: 260 litros
Preço: a partir de R$ 69.900

Peugeot2208abre1_1
Outra opção com estilo francês é o Peugeot 2008. Esse é urbano mesmo e tem duas opções de motores. 1.6 aspirado com 122 cavalos e 1.6 turbo com 173 cavalos. Um foguete. Com um lindo design, o 2008 conquista no primeiro olhar
Peugeot 2008
Motor: 1.6 litro, flex
Potência: 122cv/173 cv
Câmbio: manual ou automático
Porta-malas: 350 litros
Preço: a partir de R$ 67.190

01504_murilomattos_lancamentoSCross_2015
Com o DNA off-road da japonesa Suzuki o S-Cross não nega sua tradição de trilhas. Seu novo sistema de tração all grip é bem acertado e garante estabilidade em terrenos sem aderência
Suzuki S-Cross
Motor: 1.6 litro
Potência: 120 cv
Câmbio: manual ou automático
Porta-malas: 440 litros
Preço: a partir de R$ 74.900

111
Um chinês também entrou na briga! O JAC T6 tem muitos equipamentos de série e um lindo design. Mas é  difícil concorrer com marcas mais tradicionais
JAC T6
Motor: 2.0 litros, flex
Potência: 160 cv
Câmbio: manual
Porta-malas: 610 litros
Preço: a partir de R$ 69.900

ECOSPORTBLOG
O antigo líder Ecosport ainda consegue boas vendas. Mas a Ford está preparando surpresas diante da concorrência e por enquanto mantêm o mesmo design
Ford EcoSport
Motor: 1.6l/2.0 litros
Potência: 110 cv/147 cv
Câmbio: manual ou automático
Porta-malas: 362 litros
Preço: a partir de R$ 66.900

NovoDuster2016_001
Outro francês, o Renault Duster é bom de venda! Teve um tapa no visual agora e é o mais barato de todos. Tem opção com câmbio manual e automático !
Renault Duster
Motor: 1.6 l/2.0 litros
Potência: 115 cv/148 cv
Câmbio: manual ou automático
Porta-malas: 475 litros
Preço: a partir de R$ 62.990

E aí já escolheu o seu? Com tanta opção o melhor é ir na concessionária fazer um test drive e sair de SUV novo com a família. E não perca próxima edição do programa Guia Automotivo, na TV Diário, neste sábado, 10h30min com imagens e detalhes desses lançamentos.

13:57 · 24.04.2015 / atualizado às 12:26 · 24.04.2015 por

01504_murilomattos_lancamentoSCross_2015O embargo acabou e finalmente podemos falar sobre o lançamento da Suzuki para este mercado acirrado que é o off roda. Ao contrário de muitas marcas que, no mês passado, apostou nos utilitários, a japonesa – assim como a Peugeot, apresentou um crossover. Inclusive, quem esteve no Salão Internacional do Automóvel de São Paulo, pôde ver de antemão todos os traços do design do S-Cross.

O grande destaque do modelo é o novo sistema de tração nas quatro rodas, selecionáveis para melhor dirigibilidade em diferentes condições de terreno e performance. É o AllGrip. Ele interpreta  o movimento do motorista ao volante combinado com o micro escorregamento dos pneus no solo e modula a distribuição de torque entre as rodas e o esforço do volante. Se necessário, o sistema ainda aplica frenagem de forma individual em qualquer uma das rodas para garantir aderência e tração.  A sua tecnologia de aderência total incorpora um inovador padrão de segurança ativa embarcado no Suzuki S-Cross. Controla não só a transmissão de força às rodas do eixo traseiro, como também atua em conjunto com os sistemas de motor, transmissão, TCS (controle de tração) e ESP (controle de estabilidade) e direção.

00843_murilomattos_lancamentoSCross_2015 Painel

No interior, o volante conta com sistema de regulagem de ajuste de profundidade em até 36mm e variar sua altura em 40mm. Já o painel, incorpora o velocímetro, conta giros e computador de bordo de 12 funções. Algumas delas são relógio, modo de Tração 4X4 (somente nos veículos 4WD), consumo médio e instantâneo de combustível, temperatura externa e autonomia.

No modelo top de linha tem como item exclusivo o sistema de multimídia (FM, CD player, MP3 e USB no console central) e vídeo de 8” com navegação integrada e conexão com a internet. Na opção 4WD CVT GLS também é encontrado o teto solar panorâmico. Quando fechado, os painéis de vidro têm comprimento total de 1.000mm. Conta ainda com defletor aerodinâmico, função antiesmagamento e fechamento automático.

01668_murilomattos_lancamentoSCross_2015

As quatro versões vão chegar ainda este mês ou, no máximo, início do próximo. Ele vem em duas opções de câmbio e tração e uma única de motor: 1.6 a gasolina. Confira mais detalhes técnicos abaixo:

Ficha técnica
Motor: 1.6 litros a gasolina
Potência: 120cv a 6.000rpm
Torque: 15,5 kgf.m a 4.400rpm
Transmissão: manual de cinco velocidades ou CVT de sete velocidades
Modelos/Preços:
2WD MT GL – R$ 74.900
2WD CVT GLX – R$ 88.900
4WD CVT GLX – R$ 95.900
4WD CVT GLS – R$ 105.900
*Preço com base em São Paulo