Busca

Tag: Yamaha


10:02 · 25.05.2015 / atualizado às 15:06 · 25.05.2015 por

A Honda é a campeã de vendas em território brasileiro. A empresa detém 80,3% das unidades emplacadas em todo o País, conforme dados da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

E dentre as 10 motos mais vendidas no País, oito são da Honda. As outras duas são da Yamaha.

A preferida dos brasileiros, conforme os números da Fenabrave, é a Honda CG150. Em segundo lugar vem a Honda Biz, seguida pela Honda NXR150.

Confira a lista das 10 motos mais vendidas:

10º lugar
Honda PCX150
De janeiro a maio de 2015, foram 9.651 modelos do Scooter comercializados no País

hondapcx150_1

9º lugar
Honda CB300R
Ao todo, já são 11.250 unidades emplacadas neste ano

Honda_CB300R_3-4_Frente

8º lugar
Honda XRE300
Em cinco meses, 12.504 motos vendidas

XRE300

7º lugar
Yamaha YS150 Fazer
No BRasil, 14.754 proprietários optaram pelo modelo

Yamaha-YS-150-Fazer-01

6º lugar
Yamaha YBR125
O modelo mais vendido da Yamaha ficou apenas em sexto lugar, com 15.839 unidades

factor_ybr_125_2015

5º lugar
Honda CG125
A diferença do quinto para o sexto lugar é quase o dobro: foram 28.585 motos deste modelo vendidas

honda_cg125_w

4º lugar
Honda Pop 100
A diferença vai ficando cada vez maior. Aqui, foram 38.946 unidades emplacadas

nova-pop-100

3º lugar
Honda NXR150
Abrindo o pódio, são 78.219 para o terceiro colocado no ranking nacional

honda-nxr-150-bros-mix

2º lugar
Honda Biz
O Scooter soma 80.436 já vendidos neste ano

Honda-Biz-2015
1º lugar
Honda CG150
A Titan, campeão de vendas,  soma incríveis 139.149 unidades emplacadas em todo o Brasil neste ano

honda-cg-150-ficha-tecnica

 

16:00 · 18.05.2015 / atualizado às 11:16 · 18.05.2015 por

A Ténéré 250 chega ainda mais versátil em seu modelo 2016. Ela passa a ter tecnologia BlueFlex, que permite o abastecimento com gasolina, etanol ou a mistura de ambos os combustíveis em qualquer proporção. Outra grande novidade é a traseira da Ténéré 250 Blueflex, que ganhou novo bagageiro com capacidade de carga aumentada de 4,7 kg para 7,0 kg (incluindo peso do bauleto) e alças de apoio lateral mais ergonômicas, em alumínio, nova lanterna em LED e protetor de escapamento em preto fosco.

O novo desenho da chave e a introdução do moderno painel totalmente digital com iluminação branca em LED, inspirado no conjunto que equipa a Super Ténéré 1200, ainda traz outra novidade: indicador ECO, que acende quando o motor trabalha na faixa de rotação de maior eficiência, indicando uma pilotagem mais econômica.

A Ténéré 250 Blueflex chega já neste mês de maio às concessionárias Yamaha no tradicional azul, além do branco e cinza fosco e, agora também, na cor marrom metálico, pelo preço sugerido de R$ 15.015,00. O modelo tem garantia de um ano sem limite de quilometragem.

Novo motor BlueFlex

O propulsor monocilíndrico, de arrefecimento misto, uma vez que conta com o auxílio de um radiador de óleo, de 249,45 cm³, com comando simples no cabeçote (SOHC), tem potência máxima gerada de 20,7 cv quando abastecida com gasolina e de 20,9 cv em caso de o motor ser alimentado com etanol, ambos atingidos a 8.000 rpm. O torque, por sua vez é de 2,1 kgf.m quando com etanol e 2,09 kgf.m quando gasolina, disponíveis a 6.500 giros. O motor com pistão forjado em alumínio e cilindro revestido de cerâmica, material similar ao de motos de competição, que diminui o atrito e dispersa o calor com mais eficiência, o que aumenta sua confiabilidade.

O conjunto ciclístico acertado da Ténéré 250 Blueflex permanece para 2016 e conserva o garfo telescópico dianteiro com curso de 220 mm, que traz protetores de bengala emborrachados. Já a suspensão traseira faz uso de balança monoamortecida tipo monocross com link, cujo curso da roda é de 200 mm. Facilmente ajustável, a suspensão traseira tem sistema de regulagem na pré-carga da mola.

As rodas raiadas em aço oferecem segurança em vias sem asfalto. As mesmas calçam pneus Metzeler Tourance, com medidas 80/90-21 M/C 48S na dianteira e 120/80-18 M/C 62S na traseira, com aptidão também para deslocamentos em vias pavimentadas.

Confira imagens: (Clique para ampliar)