Belas no Esporte

Busca


Dedicação à dança

Publicado em 29/04/2011 - 7:16 por | 5 Comentários

Categorias: Entrevista, Eu e meu esporte

  • Enviar para o Kindle

No Dia Internacional da Dança, o Belas no Esporte traz o exemplo de Claudia Bezerra, 31 anos, dentista e amante do balé e dança de salão.

Claudia, em momento de descontração na Escola de Dança Madiana Romcy (Fotos: Arquivo Pessoal)

A agenda de Claudia é concorrida, mas ela não se importa. Afinal, é tudo em prol da qualidade de vida. A dentista trabalha em dois lugares (o que já a consome muito!) e ainda encontra tempo para o balé clássico. De segunda a sexta, após o expediente, Claudia faz aulas na Escola de Dança Madiana Romcy. “Saio do consultório na correria, enfrento a loucura do trânsico de Fortaleza para chegar a tempo nas aulas. Quando começo a dançar, todo aquele stress acumulado se esvai”, confessa. Além do balé, Claudia dedica-se à dança de salão, apresentando-se em eventos e festivais, normalmente com integrantes da Cia. El Paso. 

Quando tudo começou…

Os primeiros passos de Claudia no balé aconteceram quando ela ainda era uma menininha de três anos.  No entanto, após um período de intercâmbio nos Estados Unidos, durante adolescência, e posterior vestibular/faculdade, ela acabou passando cerca de oito anos parada. “Voltei do exterior 12 a 15 quilos mais pesada. Não queria dançar assim. Dificulta os movimentos. Foi quando comecei a estudar para o vestibular, entrei na faculdade e fiquei sem tempo. Só retornei mesmo à ativa em 2006, mas isso não significa que permaneci distante da dança”.

Claudia recebeu muito apoio de ex-colegas e professores para voltar à ativa. Foi quando, em 2005, ela descobriu a paixão pela dança de salão. Seu mentor nas aulas foi o dançarino Fabiano Araújo, da Cia. El Paso. “Eu já tinha a postura do balé clássico. A dança de salão veio para me ajudar a liberar meu lado mais sedutor”, defende.

Espetáculo "Tango en la calle 1", no Teatro Celina Queiroz (2006)

Normalmente, Claudia se dedica  à dança de salão nas férias, em julho, dezembro e janeiro, quando se acumulam as maiores demandas de apresentações em festivais. Em seu currículo, estão participações no 1º e 2º Brasil Tango Show, Tango en La Calle 1 e 2; além de festas de empresas e 15 anos. “Para mim, é uma realização subir na sapatilha de ponta e fazer solos ou duos no salão. Nesse momento, eu me transformo”, acrescenta.

Claudia se maquia antes de se apresentar no Passo de Arte 2010, pela Escola de Dança Madiana Romcy (à esquerda) e, em momento de descontração, em Guaramiranga (à direita), em 2006

Preocupadíssima com a saúde, Claudia conta que, com o tempo, foi adquirindo maior consciência da necessidade de se alimentar adequadamente.  Afinal, uma hora de balé clássico faz a pessoa perder de 400 a 600 calorias. A dança de salão (tango, gafieira, fox, bolero, entre outros ritmos) leva a um consumo de cerca de 400 calorias. “Consumo dois litros de água por dia e procurei uma nutricionista para que ela criasse, para mim, cardápios balanceados. Como muita fibra e banana, que evita as cãibras”, defende.

Bailarina em festa de 15 anos, com o mentor Fabiano Araújo (à esquerda) e espetáculo "Joias" (à direita)

Gostou do exemplo de Claudia Bezerra? Aguarde, então, os próximos posts sobre dicas de lugares para fazer balé e dança de salão. Afinal, nunca é tarde para começar!

Tags: , ,

Comentários

Nathália Lobo

em 29 de abril de 2011

Muito legal, Tici! Adoro dança! E as dançarinas são todas sempre lindas, elegantes! Parabéns a todas elas!

Regina Cláudia

em 29 de abril de 2011

Eu e minha família somos pacientes da Dra. Cláudia. Além de uma profissional excelente, ela também se mostra uma excelenete dançarina. Realmente é um exemplo a ser seguido de profissionalismo e determinação.
Parabéns pelo artigo!

Ticiana

em 1 de maio de 2011

Obrigada pela visita, Regina. Volte sempre e comente nossos posts!

dhenis

em 2 de maio de 2011

bem legal a materia e o espaço que o belas tem dado aos internautas

oakley

em 23 de agosto de 2011

É isto ai, nao pode parar.


Autores

Editora Verdes Mares Ltda.

Praça da Imprensa, S/N. Bairro: Dionísio Torres

Fone: (85) 3266.9999

teste