Busca

Tag: belas no esporte


14:28 · 20.05.2012 / atualizado às 14:58 · 20.05.2012 por

Faltam poucos dias para uma das mais tradicionais corridas de rua de Fortaleza! No próximo dia 17 de junho, a partir das 7 horas da manhã, será dada a largada para a corrida Professor Marcos de Oliveira, a conhecida corrida do Colégio Militar de Fortaleza. O evento marcará o 93° aniversário do Colégio Militar e contará com percursos de 5 e 10 quilômetros.

Se quer participar da edição da corrida neste ano, CORRA! São apenas 1.300 vagas e as inscrições vão até o dia 30 de maio, enquanto houver vaga.

Na edição do ano passado, a equipe do blog Belas no Esporte marcou presença no evento. Nathália Lobo (na foto) e Ticiana de Castro participaram da competição! Foto: Emanuelle Lobo

Para mais informações, acesse o site do Colégio Militar de Fortaleza (http://www.cmf.ensino.eb.br/) ou ligue para 3388.7805/06. A equipe do blog Belas no Esporte estará lá, participando da corrida e registrando seus principais momentos para mostrar aqui, para vocês!

Confiram o percurso a ser realizado pelos corredores:

11:38 · 04.12.2011 / atualizado às 08:01 · 05.12.2011 por

Fortaleza tem se destacado cada vez mais na promoção de eventos esportivos. Foto: Divulgação

Mais uma vez, nossa capital será a sede de um grande evento esportivo. De 05 a 10 de dezembro, oito seleções irão disputar o II Torneio Mundial de Futsal Feminino, no Ginásio Paulo Sarasate, em Fortaleza. A competição, com apoio da Secretaria de Esporte e Lazer de Fortaleza, tem aprovação da FIFA e pretende ampliar a divulgação da modalidade no mundo. A rodada de abertura será disputada amanhã (05).

O primeiro jogo será entre Angola e Espanha, que se enfrentam às 14 horas. Às 16 horas, Portugal e Japão iniciam campanhas na competição. Às 18 horas, Rússia e Argentina duelam e, às 20 horas, o Brasil inicia a defesa do título diante da Venezuela. O Brasil, atual campeão, está no grupo A, ao lado da Espanha, de Angola e da Venezuela. A chave B é composta por Portugal, Rússia, Japão e Argentina. Pelo regulamento, as equipes enfrentam-se em turno único dentro das próprias chaves e as duas melhores seleções de cada grupo garantem vaga na semifinal. As equipes vencedoras do confronto eliminatório fazem a decisão do Mundial.

Clique no link a seguir (http://www.futsaldobrasil.com.br/arquivos/154634.pdf) e confira a tabela completa do II Torneio Mundial de Futsal Feminino. 

Organizado pela Confederação Brasileira de Futebol de Salão (CBFS), o II Torneio Mundial de Futsal Feminino dá sequência à competição realizada na Espanha, em 2010, pela Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF). Na ocasião, as cidades de Alcobendas e Torrejón de Ardoz foram sedes da disputa. De 2010, oito seleções foram mantidas para a edição deste ano. Angola e Argentina são as estreantes e buscam competir com Brasil, Portugal, Espanha e Rússia, que ficaram com as quatro primeiras colocações, respectivamente. Venezuela e Japão, que disputaram o campeonato na Espanha, esperam demonstrar evolução para brigar por melhores posições.

SERVIÇO:

 II Torneio Mundial de Futsal Feminino Data: de 05 a 10 de dezembro Local: Ginásio Paulo Sarasate

11:26 · 27.09.2011 / atualizado às 14:47 · 27.09.2011 por

 
 
 
 
 
 
 

A cada dia mais atletas tem procurado o Treinamento Funcional para melhoria de seu desempenho. Fotos: Sérgio Sampaio (Divulgação)

 

O Treinamento Funcional,  ‘boom’ do momento nas academias de todo o País, vem conquistando, a cada dia, novos e mais preparados adeptos. Além daquelas pessoas que buscam praticar uma  atividade física ou experimentar uma modalidade diferente, atletas  de corrida, natação, voleibol, basquete, ginástica, surf, jiu-jitsu e até de futebol, estão buscando esta atividade para desfrutarem dos inúmeros benefícios que ela proporciona.  

 Como o próprio nome diz, essa atividade física tem como finalidade fazer com que o treinamento se desenvolva buscando a funcionalidade e semelhança de gestos de uma determinada prática esportiva ou de movimentos relacionados as atividades da vida diária (AVDs). No caso dos atletas de corrida, por exemplo, não é diferente, já que trata-se de uma combinação de gestos motores que podem ser aperfeiçoadas e treinadas com a prática do Treinamento Funcional.

 

 
 
 
 

Atletas de diversas categorias, como surf, corrida e jiu-jitsu, tem melhorado sua performance com treinos funcionais.

 

 Sérgio Sampaio, educador físico e preparador de atletas da academia Funcional Work, explica como isso acontece. “O Treinamento Funcional pode ser aplicado visando a melhoria de todas as valências físicas e, dentre elas, estão a velocidade e resistência, essenciais para os corredores. Na realidade são dois tipos de sistemas energéticos trabalhados: anaeróbico e aeróbico. No caso dos corredores, principalmente os fundistas, ambos estão diretamente interligados. No Treinamento Funcional a resistência é amplamente trabalhada quando aplicamos intervalos os quais chamamos de “repouso ativo”. São intervamos entre-séries em que a frequência cardíaca, através de exercícios, permanece dentro de uma zona-alvo pré-calculada de acordo com os objetivos do atleta. Nesses exercícios incluem-se deslocamentos, saltos e isometrias. A velocidade pode ser desenvolvida com a aplicação de exercícios específicos para cada gesto motor. Nesses exercícios pode-se trabalhar inclusive o aperfeiçoamento do movimento e/ou um trabalho específico de força e resistência para o grupo muscular envolvido“.

Isso tem ocorrido principalmente porque mesmo aqueles atletas com altos níveis de preparação e performance precisam treinar de forma periodizada e sistemática.  “Isso faz com que, fisiologicamente, o corpo mantenha-se em condições de absorver novas cargas de treino e adaptações no que diz respeito a manutenção e melhoria do desempenho. É o que chamamos, no Treinamento Desportivo, de Princípio da Continuidade“, explica  Sérgio Sampaio.

O grande diferencial do Treinamento Funcional aplicado aos atletas que praticam a corrida está no cuidado com as lesões. “O treino não só evita lesões mas também as trata. Quanto mais fortalecido ou trabalhado um grupo muscular ou articulação menos propenso a lesões ele está. No caso dos atletas é primordial um trabalho não só aeróbico mas também que o corpo seja treinado de forma integral“, esclarece o personal trainner.

 Outra categoria que vem buscando a modalidade como ‘reforço’ para a performance é a de atletas de luta, especialmente jiu-jitsu. “O treinamento ajuda na medida em que é aplicado visando o aperfeiçoamento e prática dos movimentos relativos ao esporte. Esse treinamento tem como objetivo fazer com que o atleta execute movimentos que simulem os gestos da uma determinada luta e até mesmo situações que imitem a própria competição. Vale a pena ressaltar que esse treinamento deve ser realizado trabalhando o atleta como um todo, já que a os segmentos corporais são interligados em cadeias musculares. Os trabalhos realizados em superfícies instáveis também tem proporcionados excelentes resultados“.

 Uma dúvida constante de quem se interessa pela atividade é se o treinamento funcional substitui a musculação. Sérgio Sampaio esclarece que  termo ‘complementa’ é o mais adequado, dependendo dos objetivos. “O Treinamento Funcional é aplicado com melhores resultados em indivíduos que buscam trabalhar o corpo de forma integral com ganhos de condicionamento aeróbico, atletas que buscam resultados em um esporte específico. Pessoas em fase reabilitação e com alguns tipos de assimetrias também podem obter bons resultados com treinos de propriocepção. Outro fator importante a ser ressaltado são os ganhos proporcionados quanto ao equilíbrio e consciência corporal“.

 Legal, não é? E os atletas confirmam que a comprovação prática disso está nos resultados obtidos em um reduzido período de tempo. Até os grandes clubes de futebol do Brasil já incluíram o Treinamento Funcional como parte de sua preparação física. Atletas que optam por esse tipo de treinamento relatam uma rápida melhoria de rendimento após o início dessa prática.

As Belas no Esporte já aderiram ao Treinamento Funcional! E você?

 SERVIÇO:

Sérgio Sampaio – personal trainner (sergiodesampaio@gmail.com)

Telefones: 85.99000828 e 85.8661.3788

Indicado até para idosos, o Treinamento Funcional evita e trata lesões.
20:00 · 10.08.2011 / atualizado às 14:15 · 10.08.2011 por

Se você é fã de praticar esportes na água, na terra, no ar ou até mesmo na neve, não pode perder o maior evento de esportes e aventura da América Latina. Começa amanhã (dia 11 de agosto) e segue até o dia 14 de agosto, na Bienal Ibirapuera, em São Paulo, a Adventure Sports Fair, uma feira de esportes e turismo de aventura.

A edição deste ano promete diversidade e novidades para os esportistas e aventureiros. Os participantes da feira poderão EXPERIMENTAR as atrações. Qualquer pessoa habilitada poderá, por exemplo, dirigir os carros das linhas de aventura das montadoras patrocinadoras.

As pistas de bicicleta e de snowboard também vão agitar o público. Na primeira, os visitantes poderão testar suas habilidades com a bike, enquanto na pista do esporte favorito de inverno a aventura ficará ainda mais interessante na neve artificial.

Os esportes aquáticos também terão sua vez! Dois tanques preencherão uma área da exposição para a prática da canoagem e do mergulho (já fiquei com vontade de aparecer por lá!)

Já para quem gosta de se aventurar desafiando a gravidade, paredes de escalada e boulder, áreas para arvorismo e tirolesa ficarão mais emocionantes no espaço da Bienal.

É isso aí! Quem estiver passando por São Paulo nesses dias pode ir até a Bienal e conferir a feira. E depois… contar para a gente como foi! belasnoesporte@gmail.com

10:37 · 10.08.2011 / atualizado às 10:43 · 10.08.2011 por
A aula de Treinamento Funcional é dinâmica e estimula os músculos de maneira global. Fotos: Mayara de Araújo e Viviane Pinheiro

Alonga, aquece, corre, empurra, puxa, levanta peso, senta e levanta, abaixa, avança, sobe e desce, agacha, segura o peso do corpo contraindo o abdome! Acabou? Não!! Agora, passa de um cone para o outro, volta correndo, segura firme uma corda e pedala vigorosamente. Seeeeeeelvaaaaaaa! E repete tudo, logo em seguida.

Essa é a sensação de quem conhece uma aula de treino funcional em forma de circuito. Marcando o tempo, o professor corrige a postura, observa, ensina o jeito certo do exercício e não deixa você parar. Tem, sim, intervalos entre um exercício e outro. Embora rápidos, necessários para a recuperação e para a funcionalidade da atividade esportiva.

E eu digo a vocês, por experiência própria: essa aula é o máximo! Eu, Nathália Lobo, e a bela Emanuelle Lobo, fomos convidadas pela academia Cross Gym para experimentarmos o treino funcional. Confesso que fiquei, assim, meio receosa. “Vocês já praticam atividade física?”, perguntou o educador físico Célio Gurgel. Como estamos alternando a caminhada com corrida, o professor graduou a aula de acordo com o nosso condicionamento físico. “Vocês vão suar um bocado, vão sentir alguns músculos que não costumam trabalhar, mas não vão ficar ‘quebradas’ não. Vão sair daqui felizes, com a sensação do dever cumprido e com vontade de fazer outra aula”. E não é que ele acertou?

O treino funcional é uma modalidade relativamente nova. A academia Cross Gym, primeira em Fortaleza a oferecer a atividade aos seus alunos, inovou com a aula “fora da sala de aula”. Num espaço grande e verde com piscina e equipamentos que vão da bola do Pilates à bicicleta ergométrica, o aluno pode escolher praticar o esporte “ao ar livre”. “As turmas foram crescendo e, a cada dia, temos procurado lançar novos horários. São aqueles alunos que não querem mais ficar fechados, na sala de musculação, mas querem resultados mais efetivos”, explica Célio Gurgel.

O treino funcional é super indicado para quem quer perder peso e melhorar o condicionamento físico.

E o professor tem razão. Foi-se o tempo em que o único motivo que tínhamos para praticar atividades físicas era a estética. Hoje, malhar é sinônimo de saúde. Isso tem levado as pessoas a procurarem modalidades cada vez mais completas e  que proporcionem boa forma e qualidade de vida. “O treinamento funcional reúne todas as ferramentas necessárias para a promoção da saúde, melhoria da estética e performance”, destaca.

E a melhor notícia para a mulherada. O treinamento funcional emagrece! Diferente da musculação convencional, que trabalha grupos musculares em cada exercício, o objetivo do treino é trabalhar o corpo de forma global. Nessa nova – e divertida- forma de malhar, o maquinário tradicional das academias cede espaço a movimentos, acessórios e estímulos diferentes. “A musculação estimula somente a força. Já o treinamento funcional trabalha outras habilidades como equilíbrio, velocidade, coordenação, flexibilidade e resistência, evitando desequilíbrios musculares e lesão”, afirma o educador físico André Bellaguarda, que também ensina a modalidade. 

De acordo com André Bellaguarda, o treinamento funcional é indicado para todas as pessoas sejam elas atletas ou não, jovens ou idosos. “Com essa metodologia de treino conseguimos adaptar os exercícios de acordo com a necessidade especifica do aluno. Os interessados em aderir a essa nova modalidade de exercícios tem que ficar atento à qualificação dos profissionais. Muita gente diz que faz treinamento funcional, mas na realidade só faz um desequilíbrio, não utiliza, de fato, o método do treinamento funcional” conclui o especialista.

Quer saber? A aula acabou e ficou um gostinho de quero mais!
Quer saber? A aula acabou e ficou um gostinho de quero mais!
Descobrimos e trouxemos, para vocês, outros benefícios do Treinamento Funcional:

– Perda de Peso;

– Melhora da Postura;

– Melhora do equilíbrio muscular;

– Melhora do desempenho nos esportes;

– Diminuição de ocorrências de lesões;

– Melhora na eficiência dos movimentos;

– Maior estabilidade da coluna vertebral;

– Melhora do equilíbrio estático e dinâmico;

– Desenvolvimento da consciência sinestésica (sensação do movimento).

As Belas no Esporte recomendam!
Serviço: CrossGym Treinamento Funcional – Rua República do Líbano, 1415. Meireles. Telefone: 3267.4795
08:51 · 02.08.2011 / atualizado às 08:56 · 02.08.2011 por
Uma jovem tatuou o nome do craque na orelha! Os pais não gostaram muito da ideia...

 Algumas fãs do jogador santista Neymar já fizeram loucuras por ele! As imagens caíram na rede e estão deixando as pessoas curiosas e assustadas… Uma das jovens tatuou o nome do craque na orelha. A tatuagem não deixou os pais da garota muito satisfeitos…

Outra garota escolheu local mais inusitado e tatuou o nome de Neymar na boca! E perdeu o namorado, em consequência.

Loucura, loucura, loucura! Tudo pelo seu ídolo!

Ela se chama Juliana Lemes, tem 17 anos, e é de Uberlândia. Em entrevista a um site, a menina explicou a escolha do lugar para ser tatuado. “Como o lema do Neymar é ‘ousadia e alegria’, decidi que a tatuagem deveria ser em um lugar bem ousado e diferente. Por isso decidi tatuar na boca”.

Antes da tatoo, a menina já alimentava uma paixão pelo jogador. “Não sei explicar muito bem como tudo aconteceu, eu sempre o admirei muito, mas a paixão ficou mais intensa quando ele veio aqui em Uberlândia em uma partida de futebol beneficente”.

É isso! As Belas no Esporte estão a procura de novos “loucos pelo seu time”. Será que existem outros como essas duas garotas?

Enviem fotos ou vídeos para o nosso email: belasnoesporte@gmail.com

08:52 · 25.07.2011 / atualizado às 08:53 · 25.07.2011 por
A bela Cristina de Barros foi eleita a nossa grande guerreira! Fotos: Arquivo pessoal de Cristina

Sabe aquelas histórias da vida real que emocionam, deixam você arrepiado, com vontade de sair correndo, gritando, agradecendo pela vida? Pois é… Folheando uma revista, um dia desses, encontrei um artigo escrito por uma grande mulher. Apaixonada pela vida e pelo ciclismo, a brasileira Cristina de Barros é uma daquelas pessoas que a gente tem que ter por perto. Exemplo de luta, força e fé, a ciclista não se deixou abater ao descobrir um temível câncer de colo de útero. E o melhor… Depois de atravessar a guerra contra a doença está firme e forte e pedalando muuuito por aí. Quer conhecer mais uma pouco dessa guerreira? Segue para vocês a entrevista que Cristina de Barros concedeu, com muito carinho, às  Belas no Esporte. Valeu, Cris!

Belas no Esporte: Como o ciclismo entrou na sua vida?

Cristina de Barros: Uns três anos depois do meu divórcio, fiquei diante de um dilema atroz: não sabia se me casava novamente ou se comprava uma bicicleta… Naquele momento, pensei no custo e benefício e achei melhor comprar uma bicicleta… Hoje tenho duas bikes e não estou no meu segundo casamento! (Risos) Não que eu seja contra o casamento não, mas é que o meu infelizmente não deu certo… Quem sabe ainda encontrarei a minha cara metade… (Risos). Comecei a pedalar sozinha pelas ruas de Sampa (São Paulo) aos finais de semana. Assim tive a oportunidade em conhecer o grande universo das bikes! Então resolvi fazer uma viagem sobre duas rodas e “recrutei” dois amigos para fazerem comigo porque eu não sabia nada de bikes… Se furasse um pneu estava perdida… (Risos) Deste modo, fiz a minha primeira cicloviagem: Caminho do Sol que começa em Santana de Parnaíba-SP e vai até Águas de São Pedro – SP. Foram 250 km em quatro dias. Sempre aprendo coisas novas em minhas viagens, como por exemplo, nessa primeira viagem, sem ter muita noção ainda do que levar, carreguei muitas coisas desnecessárias, e durante o caminho, conversando comigo mesma, fiz uma analogia a vida onde temos a triste tendência de carregar sobre os nossos ombros fardos que são totalmente desnecessários, fardos que às vezes nem nos pertencem… Foi deste modo que o “bichinho” do ciclismo, ou melhor, do cicloturismo me picou e desde então hoje a bike faz parte da minha vida!
 

Belas no Esporte: Quando descobriu a doença, o que você sentiu diante da possibilidade de abandonar seus sonhos, sua rotina de vida saudável, de atividade física?

Cristina de Barros: Quando o médico me falou que estava com câncer, foi muito difícil, pois ele não teve muita sensibilidade para me dar a notícia, uma vez que estava sozinha durante a consulta. Ele disse que teria muita dificuldade de dar aulas de Educação Física novamente, devido ao edema (inchaço) na perna e que por isso também dificilmente conseguiria voltar a andar de bicicleta. Ao sair do consultório, confesso que parecia “cachorro caído de mudança”, não sabia para que lado ir… Então sozinha chorei muito dentro do carro e pensei comigo mesma: “Cristina, você tem dois caminhos para seguir: desistir, se entregando numa cama e lamentando a vida ou levantar a cabeça e enfrentar de frente essa doença!” Bem, não preciso dizer qual foi a minha opção não é? É ruim eu me entregar hein!?(Risos)

Belas no Esporte: Foi então, nesse momento, que a volta por cima aconteceu? (mais…)

09:35 · 24.07.2011 / atualizado às 09:35 · 24.07.2011 por
A baiana Ana Marcela, de 19 anos, disputou sua primeira prova de 25 quilômetros. Fotos: Divulgação

Mais uma brasileira – mulher brasileira, que fique bem claro! – se destaca no universo esportivo. Ana Marcela Cunha entrou para a história da natação, neste fim de semana, ao conquistar a inédita medalha de ouro na maratona aquática do Mundial de Esportes Aquáticos em Xangai.

Com desenvoltura de causar inveja a qualquer peixinho, Ana Marcela completou os 25 quilômetros da prova em 5h29min22 com pouco mais de dois segundos de vantagem para a segunda colocada, a alemã Angela Maurer. Este foi o primeiro ouro de uma mulher brasileira em campeonatos mundiais!

A nadadora brasileira é baiana e tem apenas 19 aninhos! A competição marcou sua primeira vez na prova dos 25 quilômetros. E certamente, muitas que virão! Parabéns, Ana Marcela! As Belas no Esporte se orgulham de mais uma brasileira no alto do pódio!

Brasileira levou o País ao lugar mais alto do pódio!
09:13 · 12.07.2011 / atualizado às 09:13 · 12.07.2011 por
Wesley Matos representa o Ceará com orgulho! Foto: Divulgação

Há apenas quatro dias para o início do 5º Jogos Mundiais Militares do CISM, o triatleta cearense Wesley Matos, uma das grandes promessas da competição, ‘quebrou o silêncio’ e concedeu uma entrevista exclusiva às Belas no Esporte.  Na entrevista, o super atleta fala sobre sua vida, sua relação com o esporte e a maior dificuldade encontrada pelos atletas da atualidade: a falta de patrocínio.

Conheçam, agora, um pouquinho mais desse cearense “arretado” que vai meter o pé na carreira para garantir seu lugar no pódio!

Belas no Esporte: Como você começou no esporte?

Wesley Matos: Iniciei na natação aos oito anos de idade, minha irmã praticava natação e foi o meu espelho para iniciar no esporte.

Belas no Esporte: Quando percebeu que podia ser um atleta na modalidade?

Wesley Matos: Com apenas um mês que praticava natação, o treinador me convidou a fazer parte da turma de atletas da Academia Hedla Lopes e a partir daí só foi sucesso. Com 17 anos experimentei uma prova promocional de triathlon e tive resultado surpreendente fazendo com que fosse incentivado pela Federação Cearense e Confederação Brasileira para competir no triathlon. Depois de nove anos de muitos títulos e recordes na natação, passei a me dedicar ao triathlon.

Belas no Esporte: Como a sua família enxergou isso?                                   

Wesley Matos: Minha família sempre foi a maior incentivadora. Meus pais sempre gostaram e incentivaram. Com apenas oito meses de vida eles já me levaram para nadar (eu e minha irmã), nadamos um pouco quando bebê e mais tarde voltamos às piscinas. (mais…)

07:00 · 12.07.2011 / atualizado às 19:35 · 14.07.2011 por

Wesley Matos conta com uma forte torcida cearense no próximo dia 24! Foto: Divulgação
A contagem regressiva já começou!

Faltam apenas seis dias para os Jogos Mundiais Militares do CISM, terceiro maior evento mundial esportivo e maior competição esportiva já realizada no Brasil. Para representar o Brasil na modalidade de Triatlo, o cearense Wesley Matos passou por uma intensa rotina de treinos nas últimas semanas.  “Os treinos são bastante puxados. São duas sessões, dando em torno de seis horas por dia, com trabalhos de força, natação, ciclismo e corrida, além de fisioterapia e massagens” conta o nosso triatleta.

Wesley voltou de Portugal no último dia 8. Ele esteve lá, no Projeto Rio Maior, durante um mês de forte preparação junto com a Seleção Brasileira Militar. No local funciona um dos melhores centros de treinamento do mundo, que conta com o apoio e a supervisão de treinadores militares e do treinador português e medalhista olímpico Sérgio Santos. “A estrutura é de primeira linha. Tudo o que precisamos está ao nosso redor, além das boas estradas para o treinamneto de ciclismo que Portugal oferece”, afirma Wesley.

O triatleta cearense deve passar, agora, alguns dias em Fortaleza e embarca para o Rio de Janeiro no próximo dia 14 de julho para a preparação final para a prova, que será realizada dia 24 e contará com a participação de 24 atletas e medalhistas olímpicos. “A prova está muito forte, mas estamos competindo em casa e queremos medalhas. Diferente dos Jogos Olímpicos, os Jogos Militares tem, além da medalha individual, a medalha disputada  por equipe. O Brasil está com uma equipe muito forte e equilibrada onde iremos fazer jogo de equipe para subir ao pódio por equipes e, quem sabe, conquistar medalha no individual”, explica Wesley.

(mais…)