Busca

Tag: corrida


14:28 · 20.05.2012 / atualizado às 14:58 · 20.05.2012 por

Faltam poucos dias para uma das mais tradicionais corridas de rua de Fortaleza! No próximo dia 17 de junho, a partir das 7 horas da manhã, será dada a largada para a corrida Professor Marcos de Oliveira, a conhecida corrida do Colégio Militar de Fortaleza. O evento marcará o 93° aniversário do Colégio Militar e contará com percursos de 5 e 10 quilômetros.

Se quer participar da edição da corrida neste ano, CORRA! São apenas 1.300 vagas e as inscrições vão até o dia 30 de maio, enquanto houver vaga.

Na edição do ano passado, a equipe do blog Belas no Esporte marcou presença no evento. Nathália Lobo (na foto) e Ticiana de Castro participaram da competição! Foto: Emanuelle Lobo

Para mais informações, acesse o site do Colégio Militar de Fortaleza (http://www.cmf.ensino.eb.br/) ou ligue para 3388.7805/06. A equipe do blog Belas no Esporte estará lá, participando da corrida e registrando seus principais momentos para mostrar aqui, para vocês!

Confiram o percurso a ser realizado pelos corredores:

15:43 · 02.01.2012 / atualizado às 15:50 · 02.01.2012 por

Depois de maratona, lesão leve, vinte sessões de fisioterapia (com algumas escapulidas) e treinos em casa, estou finalmente voltando a correr na rua. Tudo muito leve e sem forçar.

Resolvi aproveitar meu retorno para repassar aos interessados um treino que serve justamente para pessoas saídas de lesões, como eu, ou que simplesmente deixaram a corrida de lado durante as festas de fim de ano e estão querendo voltar devagar. Tenho a sorte de ter perto de casa pelo menos quatro trajetos diferentes: uma praça menorzinha, cuja volta mede em torno de 200 metros; duas maiores, de 400 metros, aproximadamente; e uma ciclovia extensa, em que é possível fazer treinos até para meias maratonas.

Escolhi voltar aos treinos no circuito menor, de 200 metros. A vantagem dele, no entanto, é muito mais pelo chão da praça, que é o mais nivelado de todos os trajetos. Para quem está retornando de lesão, principalmente, é PROIBIDO correr e mesmo trotar em terrenos desnivelados!

Essa é a minha rotina:

Etapa I – Exercícios de alongamento – Não é preciso nem dizer a importância disso, né? Agora, cuidado com os locais em que você tem feito os exercícios. Existem praças públicas em que as prefeituras costumam instalar aparelhos para facilitar a vida dos atletas, mas acabam prejudicando, pois as barras são muito altas e forçam os tendões. Veja se o local é adequado a sua estatura e use o bom senso.

Etapa II – 5 minutos de aquecimento – Isso é extremamente importante. O aquecimento com uma caminhada leve ou moderada prepara o corpo para a atividade. Anuncia ao organismo: “atenção, galera, vamos trabalhar!”

Etapa III – Começe 3 minutos de uma caminhada forte. A caminhada forte é aquela em que fica difícil conversar enquanto caminha, por exemplo. Mantenha o ritmo e a respiração sempre. Respirar errado ou forçar demais vão prejudicar seu desempenho.

Etapa IV – Trote – Estou voltando com um trote de 2 minutos, alternado com a caminhada forte, da etapa anterior. Se você está retornando de lesão, é um bom tempo. Se está apenas parado a algumas semanas, adeque ao seu ritmo. Aumente o tempo ou troque o trote por corrida. Só não exagere.

Faço a repetição das Etapas III e IV por 3 vezes.

Etapa V – Desaceleração de 5 minutos. Assim como o aquecimento, a desaceleração avisa ao corpo que ele vai retornar ao ritmo normal. Não pense que os dois minutinhos de caminhada do local de treino até a sua casa ou ainda os poucos minutos até seu carro, por exemplo, são suficientes para isso. É preciso sempre desacelerar com uma caminhada moderada e depois mais leve.

Etapa VI – Sempre termine com exercícios de alongamento novamente. Se a intenção é perder a barriguinha junto com a corrida, aproveite o momento para fazer algumas abdominais.

Carboidratos e frutas: indispensáveis na alimentação pré-treino

Bom, esse é o meu esquema de treinos atual. Calculando o tempo, somando ainda os alongamentos, é possível cumprí-lo em meia horinha. aliás, 150 minutos (30 minutos por cinco dias) é o tempo de exercício indicado pela Organização Mundial de Saúde!

Lembre-se de cuidar da alimentação, importante para quem está voltando: meia hora antes do treino, consuma carboidratos. Uma banana, um pãozinho de leite com mel e meio copo de água são o suficiente para mim.

Nada de proteínas no pré-treino, ok? Deixe para consumí-las somente depois! Aí sim, iogurte, queijo e outros derivados do leite em geral estão liberados, além das carnes. Se quer perder uns quilinhos, procure os desnatados. A proteína ajuda na reposição dos músculos, forçados no treino. Se for demorar a se alimentar, tome uns goles de bebida energética. Não deixe o organismo com fome!

Desejo a todos um feliz ano novo e uma feliz rotina de treinos nova!

Boa sorte para mim e para vocês!

15:51 · 26.12.2011 / atualizado às 11:29 · 29.12.2011 por

Duas delegações cearenses com 120 atletas viajam, nesta segunda-feira (26/12), para participar da tradicional Corrida Internacional de São Silvestre que acontece, em São Paulo, no próximo sábado (31/12). Os ônibus que levam os atletas saem da Praça Otávio Bonfim, no Parque Araxá, e da Praça do Liceu, no Centro, às 18h.

Representada por 44 atletas amadores, a Associação Cearense de Atletas Veteranos participa da mais famosa corrida de rua do Brasil desde 1997. “Além da oportunidade de correr na São Silvestre, evento que fecha o calendário mundial de atletismo, trata-se de um incentivo à prática do esporte por atletas amadores”, comentou a presidente da entidade, Ivonise Gomes.

“Na nossa comitiva, temos pessoas que estão indo pela primeira vez e atletas com boa condição física e que, a cada ano, buscam melhorar o desempenho”, disse Luciano Cavalcante, presidente da União dos Atletas Corredores de Rua do Estado do Ceará. No quinto de participação, o grupo conta com 76 atletas para representar o Ceará na São Silvestre.

10:04 · 08.12.2011 / atualizado às 10:08 · 08.12.2011 por
Rosângela Mendonça se prepara agora para a São Silvestre - Foto: Divulgação

A atleta cearense Rosângela Mendonça é só alegria. Ela representou a garra da mulher nordestina na XIII Volta Internacional da Pampulha, no último domingo (4), em Belo Horizonte (MG), e conquistou o sétimo lugar na categoria de 45 a 49 anos, entre um total de 272 participantes. No total geral, entre 1.850 mulheres inscritas, Rosângela se classificou na 79ª colocação.

A atleta está em plena preparação para participar, ainda este ano, da 20º Corrida da Unifor, no próximo dia 11, e da tradicional Corrida Internacional de São Silvestre, no dia 31 de dezembro. Para as próximas competições, segundo orientações do treinador, Michel Roney, Rosângela intensificou os treinos para todos os dias (exceto aos domingos), com exercícios de corrida, natação, musculação, pilates e uma alimentação saudável.

Há 17 anos, a desportista representa o Ceará e o Brasil em competições nacionais e internacionais, superando desafios e lesões (hérnia de disco) que a afastaram por 10 anos das pistas. “Sinto orgulho de levar comigo a bandeira do Ceará e do Brasil, é gratificante saber que existem pessoas que torcem por mim nas competições, quando corro é como se levasse cada um junto comigo”, afirma.

A atleta é patrocinada e funcionária da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece).

18:23 · 19.11.2011 / atualizado às 18:54 · 19.11.2011 por

Quem acompanha o Belas no Esporte sabe que, há alguns meses, algumas de nossas integrantes, inclusive eu, voltaram a fazer atividades físicas e a testar o corpo em novas modalidades, no intuito de mostrar aos nossos internautas as muitas possibilidades do esporte. Pelo Belas, fiz aulas de Muay Thai, Pilates e encontrei uma paixão: a corrida.

Mas minha paixão, infelizmente, não durou muito. Logo depois da Maratona de Revezamento do Pão de Açúcar, em julho, passei a sentir fortes dores na parte interna do joelho direito e um incômodo no esquerdo.

Insisti na corrida, reduzindo a distância, mas não funcionou. Finalmente, depois de uns dois meses, deixei de protelar e procurei um médico. Fiz um ultrassom, que mostrou uma leve tendinite em ambos e iniciei a fisioterapia. Após 10 sessões, a dor do joelho esquerdo passou, mas o direito permanecia doendo, inclusive em atividades cotidianas como subir escadas ou dirigir.

Essa semana, fiz uma ressonância magnética e veio o laudo: condromalácia patelar, mas apenas em grau 1. Como tudo o que fazemos relacionado a esportes dividimos com vocês, resolvi dividir também informações sobre essa lesão, também conhecida como “joelho de corredor”.

(mais…)

09:40 · 16.11.2011 / atualizado às 09:41 · 16.11.2011 por
Aplicativo Cardio Trainer, no Facebook

Uma das coisas que mais interessam os atletas em geral, logo que adotam uma rotina esportiva, é saber tempo, distância, calorias eliminadas e todos esses dados. Alguns esportistas, inclusive, gostam de fazer uma medição rigorosa de cada treino, para contabilizar os gastos calóricos e controlar seu desempenho.

De fato, esse tipo de iniciativa é não só importante quanto estimulante, impulsionando o atleta a se superar. Em entrevista ao blog Belas no Esporte, na época em que participava da reeducação alimentar proposta pelo quadro Medida Certa, a apresentadora do Fantástico Renata Ceribelli comentou que as metas não são algo obrigatório para quem está começando, mas podem, sim, ajudar os que possuem um temperamento mais competitivo.

Bom, se você acha que é um desses atletas vidrados em estatísticas e desafios, existem vários aparelhos que podem fazer essa medição: relógios com monitores cardíacos e odômetro, MP3 com contador de passos… Mas se você não está lá com essa grana toda pra desembolsar um desses, o Belas no Esporte encontrou um aplicativo do Facebook que pode lhe ajudar.

Ele se chama “Cardio Trainer” e pode ser adicionado gratuitamente a sua conta. Nele você seleciona que tipo de atividade você fez (o programinha dá a opção de várias delas: caminhada, corrida, exercício em esteira, elíptico, boxe, dança…), quantos quilos você possui, por quanto tempo executou a atividade e a distância percorrida (se houver). Com esses dados, o programa não apenas faz a contagem dos seus gastos calóricos como ainda lhe dá a opção de postar no seu mural e arquivar os seus registros.

A vantagem é que o aplicativo ainda conta com um GPS do Google Maps: caso você não saiba ao certo qual a distância percorrida, você seleciona no mapa e ele calcula! A quantidade de calorias pode até não ser tão confiável, mas ao menos vai lhe dar uma média.

Para acessá-lo, basta entrar em sua conta do Facebook e, no campo de busca, digitar Cardio Trainer. Coloque seus dados, poste e depois é só curtir os elogios dos seus amigos de Face!

Boa sorte!

12:50 · 01.11.2011 / atualizado às 12:52 · 01.11.2011 por

A mulherada vai lotar a Beira Mar no dia 19 de novembro. É a primeira edição da Corrida do Batom, patrocinada pela Avon. A competição – que premia com medalhas, troféus e um valor em dinheiro – oferece diversas categorias: para quem corre, persursos de 4km ou 6km, e para as moças que preferem um passeio mais leve, caminhada de 2km.

A corrida tem início às 7h e deve percorrer apenas o espaço da Beira Mar. As inscrições vão até o dia 16 de novembro e custam R$ 35, dos quais R$ 5 serão doados para o Iprede.

Para se inscrever, é simples: no site oficial do evento e no endereço www.ingressando.com você tem acesso à ficha de inscrição e ao regulamento. Quem quiser fazê-lo pessoalmente, basta ir às lojas Renner.  O Kit da Atleta deverá ser retirado no dia 18 de novembro, de 8h às 18h, na D&E Entretenimento (Av. Eng. Leal Lima Verde, 83 – Edson Queiroz). Saiba Mais no telefone: (85) 3052.9900

Percursos:

11:26 · 27.09.2011 / atualizado às 14:47 · 27.09.2011 por

 
 
 
 
 
 
 

A cada dia mais atletas tem procurado o Treinamento Funcional para melhoria de seu desempenho. Fotos: Sérgio Sampaio (Divulgação)

 

O Treinamento Funcional,  ‘boom’ do momento nas academias de todo o País, vem conquistando, a cada dia, novos e mais preparados adeptos. Além daquelas pessoas que buscam praticar uma  atividade física ou experimentar uma modalidade diferente, atletas  de corrida, natação, voleibol, basquete, ginástica, surf, jiu-jitsu e até de futebol, estão buscando esta atividade para desfrutarem dos inúmeros benefícios que ela proporciona.  

 Como o próprio nome diz, essa atividade física tem como finalidade fazer com que o treinamento se desenvolva buscando a funcionalidade e semelhança de gestos de uma determinada prática esportiva ou de movimentos relacionados as atividades da vida diária (AVDs). No caso dos atletas de corrida, por exemplo, não é diferente, já que trata-se de uma combinação de gestos motores que podem ser aperfeiçoadas e treinadas com a prática do Treinamento Funcional.

 

 
 
 
 

Atletas de diversas categorias, como surf, corrida e jiu-jitsu, tem melhorado sua performance com treinos funcionais.

 

 Sérgio Sampaio, educador físico e preparador de atletas da academia Funcional Work, explica como isso acontece. “O Treinamento Funcional pode ser aplicado visando a melhoria de todas as valências físicas e, dentre elas, estão a velocidade e resistência, essenciais para os corredores. Na realidade são dois tipos de sistemas energéticos trabalhados: anaeróbico e aeróbico. No caso dos corredores, principalmente os fundistas, ambos estão diretamente interligados. No Treinamento Funcional a resistência é amplamente trabalhada quando aplicamos intervalos os quais chamamos de “repouso ativo”. São intervamos entre-séries em que a frequência cardíaca, através de exercícios, permanece dentro de uma zona-alvo pré-calculada de acordo com os objetivos do atleta. Nesses exercícios incluem-se deslocamentos, saltos e isometrias. A velocidade pode ser desenvolvida com a aplicação de exercícios específicos para cada gesto motor. Nesses exercícios pode-se trabalhar inclusive o aperfeiçoamento do movimento e/ou um trabalho específico de força e resistência para o grupo muscular envolvido“.

Isso tem ocorrido principalmente porque mesmo aqueles atletas com altos níveis de preparação e performance precisam treinar de forma periodizada e sistemática.  “Isso faz com que, fisiologicamente, o corpo mantenha-se em condições de absorver novas cargas de treino e adaptações no que diz respeito a manutenção e melhoria do desempenho. É o que chamamos, no Treinamento Desportivo, de Princípio da Continuidade“, explica  Sérgio Sampaio.

O grande diferencial do Treinamento Funcional aplicado aos atletas que praticam a corrida está no cuidado com as lesões. “O treino não só evita lesões mas também as trata. Quanto mais fortalecido ou trabalhado um grupo muscular ou articulação menos propenso a lesões ele está. No caso dos atletas é primordial um trabalho não só aeróbico mas também que o corpo seja treinado de forma integral“, esclarece o personal trainner.

 Outra categoria que vem buscando a modalidade como ‘reforço’ para a performance é a de atletas de luta, especialmente jiu-jitsu. “O treinamento ajuda na medida em que é aplicado visando o aperfeiçoamento e prática dos movimentos relativos ao esporte. Esse treinamento tem como objetivo fazer com que o atleta execute movimentos que simulem os gestos da uma determinada luta e até mesmo situações que imitem a própria competição. Vale a pena ressaltar que esse treinamento deve ser realizado trabalhando o atleta como um todo, já que a os segmentos corporais são interligados em cadeias musculares. Os trabalhos realizados em superfícies instáveis também tem proporcionados excelentes resultados“.

 Uma dúvida constante de quem se interessa pela atividade é se o treinamento funcional substitui a musculação. Sérgio Sampaio esclarece que  termo ‘complementa’ é o mais adequado, dependendo dos objetivos. “O Treinamento Funcional é aplicado com melhores resultados em indivíduos que buscam trabalhar o corpo de forma integral com ganhos de condicionamento aeróbico, atletas que buscam resultados em um esporte específico. Pessoas em fase reabilitação e com alguns tipos de assimetrias também podem obter bons resultados com treinos de propriocepção. Outro fator importante a ser ressaltado são os ganhos proporcionados quanto ao equilíbrio e consciência corporal“.

 Legal, não é? E os atletas confirmam que a comprovação prática disso está nos resultados obtidos em um reduzido período de tempo. Até os grandes clubes de futebol do Brasil já incluíram o Treinamento Funcional como parte de sua preparação física. Atletas que optam por esse tipo de treinamento relatam uma rápida melhoria de rendimento após o início dessa prática.

As Belas no Esporte já aderiram ao Treinamento Funcional! E você?

 SERVIÇO:

Sérgio Sampaio – personal trainner (sergiodesampaio@gmail.com)

Telefones: 85.99000828 e 85.8661.3788

Indicado até para idosos, o Treinamento Funcional evita e trata lesões.
08:47 · 23.09.2011 / atualizado às 08:47 · 23.09.2011 por

 

 

Quer malhar o corpo e a mente, e de quebra, ajudar alguém e deixar seu coração feliz da vida? Então conheça o projeto “Faz bem ao coração”, que em sua quinta edição vem cheinho de novidades. Durante uma semana – a partir do próximo sábado, dia 24 de setembro, até o seguinte, dia 1º de outubro, você escolhe uma atividade física – ou mais!!! – para praticar ou conhecer e doa uma lata de leite ou brinquedo. Simples assim! 

A meta do projeto, em 2011, é arrecadar 1.000 latas de leite e 1.000  brinquedos para serem doados às instituições de abrigo para crianças e adolescentes e incentivar a prática de exercícios físicos de, pelo menos, 300 pessoas.  Com a doação, você tem direito a participar de um dos eventos do projeto a seguir:

No sábado, dia 24 de setembro (abertura às 9 horas):

– TREINAMENTO FUNCINOAL E AULA DE MUAY THAI – 9h na Academia Completa – 32627220. A academia fica na Rua Nunes Valente, 1740, no bairro da Aldeota. 

 – AULÃO DE GINÁSTICA, também às 9h, no Clube do Vôlei – 32726478. Fica na Rua Joaquim Sá, 1140, no Dionísio Torres.

Na segunda-feira, dia 26 de setembro

– AULÃO DE GINÁSTICA às 19h, na  Academia Power Fitness – 30233489 – na Avenida Antônio Augusto, 2392, bairro Piedade.

Na terça, dia 27 de setembro:

– AULÃO DE GINÁSTICA, 18h, na 40 Graus Academia – 32575453. Fica na Avenida 13 de Maio, 975, Bairro de Fátima. 

Na quinta-feira, 29 de setembro:

 – AULÃO DE GINÁSTICA, às 20h30, na Faculdade Católica – 40096272. Fica na Avenida Duque de Caxias, 101, no Centro da cidade. 

 Na sexta-feira, dia 30 de setembro:

– AULÃO DE HIDROGINÁSTICA 18h, na Escola de Natação Peixinho do Mar – 32786768, na Rua Elizeu Oriá, 433, bairro Água Fria.

E no sábado, dia 1º de Outubro, dia de encerramento do projeto: 

– a grande CAMINHADA FAZ BEM AO CORAÇÃO, às 5h e às 16h, na Praça do Lago Jacarey, na Avenida Viena Weine, 1180.

Pronto! Alternativas não faltam para todo tipo de público. Mas… Quer uma dica? Não fique só em uma das opções não! Experimente tudo, participe!  Junte os amigos, familiares, a turma da academia e vamos aderir! Importante lembrar… Para cada evento, uma doação. As Belas no Esporte apoiam o projeto! 🙂

23:01 · 17.09.2011 / atualizado às 17:32 · 19.09.2011 por

Tem cada modalidade esportiva no mínimo curiosa! O Belas no Esporte relacionou algumas delas. Tem gosto para tudo.
Os esportes mais estranhos do mundo!
Xadrez-Boxe

Sediado em Berlim, possui até uma associação, a “World Chess Boxing Association”, cujo lema é: “Lutas se resolvem no ringue, guerras no tabuleiro”. Consiste em rounds de dois minutos de boxe, alternados com rounds de 4 minutos de xadrez. Coisa para brucutu inteligente.

Pólo de elefantes

Como o próprio nome já diz, é um jogo de pólo, porém ao invés de cavalos, joga-se com elefantes. Inicialmente eram utilizadas bolas de futebol, mas como os paquidermes adoravam pisar e esmagá-las, foram adotadas bolas convencionais de pólo.

Rolamento de queijo

Todo mês de maio, na localidade de Gloucestershire, acontece o evento que tomei a liberdade de traduzir como rolamento de queijo. Uma roda de queijo Gloucester é atirada rolando colina abaixo, e dúzias de participantes saem correndo atrás do veloz laticínio. Vence aquele que agarrar o queijo e cruzar a linha de chegada com ele.
Como característica primordial do evento, as velocidades dos participantes podem chegar a 110 km/h e sempre ocorrem fraturas nos participantes. Ambulâncias ficam de prontidão para atendê-los, e também há espectadores atingidos pelo queijo rolante.

Tejo

Praticado na Colômbia, é um esporte para lá de perigoso. Justamente por ser jogado com explosivos. Os jogadores atiram pedras em pacotes com explosivos que ocupam determinada configuração espacial, tentando mover os pacotes. Que podem explodir, claro.

The tough guy

“O cara durão”, é uma espécie de corrida desumana, realizada na Inglaterra, que dura entre 90 minutos a 5 horas, dependendo da forma física do participante e do seu limiar de dor. Começa com uma longa corrida de cross-country, para depois os participantes entrarem numa pista com obstáculos “do inferno”: cercas elétricas, túneis subterrâneos e subaquáticos, fogueiras, arame farpado e toneladas de lama. Para piorar, possui uma versão de inverno, com temperaturas abaixo de zero.

Carregamento de esposa

Simples como o nome diz, basta carregar a sua esposa num percurso de 250 metros, o mais rápido vence. Inicialmente uma brincadeira, tem até campeonato mundial anual, realizado na Finlândia. O peso mínimo da esposa é de 49 kg, o ex-jogador de basquete Dennis Rodman já participou (ele alugou uma esposa), e um dos prêmios é o peso da sua esposa… Em cerveja.

Bog Snorkelling

Parece simples, consistindo em nadar ida e volta numa trincheira escavada num trecho pantanoso e fétido, medindo 60 metros. Mas o participante tem que usar snorkels, máscara de mergulho, pé de pato e… Qualquer roupa que não seja de natação. Serve até terno e gravata.

Parede da morte

Um barril gigante de 30 pés de diâmetro, com grande profundidade e praticamente vertical é escavado no solo. O público fica na beira do barril e assiste a carros e motos numa performance a la globo da morte. O objetivo é chegar o mais alto possível na parede, até quase encostar no público. Muito popular na Índia.
Isso sem falar em outras bizarrices como:

PASSADA DE FERRO EXTREMA

Além de extremamente chato, o que mais pode haver de extremo no ato de passar roupa? Com certeza este “esporte” foi criado por uma mulher que queria ter mais liberdade entre o fogão e a tábua de passar roupas. A idéia é levar a tábua de passar e umas roupas para o lugar mais maluco possível – o topo de uma montanha, o fundo do mar (?), uma caverna – e passar o ferro. O esporte nasceu na Inglaterra em 1997. Já pensou que coisa?!!! imagine seu namorado ou namorada naquela hora, dar uma paradinha para passar roupa porque é adepto (a) dessa coisa e não pode parar!!!

SEPAKTAKRAW

É uma mistura de futevôlei (que já é uma mistura) com artes marciais: o objetivo de cada trio é chutar a bola de 170 gramas por cima de uma rede de 1,55 metro de altura e fazê-la tocar o lado adversário da quadra. Para dar potência aos chutes, os jogadores abusam das voadoras e malabarismos. O esporte surgiu na Malásia há cinco séculos. Faz sucesso no Sudeste Asiático. Nem consigo imaginar tamanha imaginação para um esporte!

Você conhece alguma outra estranheza dessas?

Nos siga no twitter @belasnoesporte ou facebook