Busca

Tag: jogo


09:51 · 12.02.2012 / atualizado às 09:51 · 12.02.2012 por

O primeiro amistoso da seleção brasileira de futebol masculino será dia no próxino dia 28, em St. Gallen, na Suiça, contra a Bósnia Herzegovina. Para a partida, o técnico Mano Menezes convoca 22 jogadores na terça-feira. Da lista, até agora, dois jogadores são certos: Neymar e Dedé. O restante é esperar para ver.
A lista será divulgada no Hotel Sheraton São Conrado, às 11 horas. Em seguida, o técnico Mano Menezes concederá entrevista coletiva. Em St. Gallen, na Suiça, a Seleção ficará concentrada no Säntispark Hotel. Hotel, aliás, de cinco estrelas. O time brasileiro, que também tem cinco estrelas no peito, precisa mostrar um futebol mais convicente do que vem apresentando até agora na era Mano.

10:43 · 19.01.2012 / atualizado às 10:45 · 19.01.2012 por

O Fortaleza divulga a relação dos jogadores e a numeração das camisas para o Campeonato Cearense que começa hoje para o clube.
A torcida pode conferir:
1. Lopes
2. Rafinha
3. Ciro
4. Cleber Carioca
5. Leandro
6. Kauê
7. Lucas
8. Marielson
9. Ray
10.Marquinhos
11.Cleo
12.Fábio Lima
13.Gilmak
14.Guto
15.Rogério
16.Bismark
17.Reginaldo Júnior
18.Rômulo

O Leão joga hoje à noite contra o Crato, no Estádio Mirandão, no Crato, às 20 horas.
A TV Diário transmite a partida.
Boa sorte ao time!

23:42 · 17.09.2011 / atualizado às 23:42 · 17.09.2011 por
Jogadoras do Los Angeles Temptations treinam para o jogo contra o Dallas Desire antes da abertura da última Lingerie Football League Mark Ralsto/AFP

Gente, pelo sucesso que vem fazendo nos EUA, a novidade vem para o Brasil logo, logo. Não duvidem!. E pensar que tudo começou como uma brincadeira no intervalo do Superbowl em 2004. Mas as modelos jogando futebol americano vestindo lingeries sensuais fizeram tanto sucesso que ganharam um campeonato próprio em 2009. A liga não para de crescer e uma das ideias é trazer os jogos para o Brasil já em 2014.

Segundo o site oficial da Lingerie Football League, o planejamento é criar um campeonato no Canadá no ano que vem. Em 2013, o evento chegaria à Austrália, e em 2014, à Europa. O plano é reunir os quatro times vencedores de cada liga no Brasil, para o World Bowl que seria realizado na cidade de São Paulo em 2014.

Além dos planos de expansão pelo mundo, a marca pretende invadir outras mídias, como o videogame. “Temos recebido um significativo volume de interesse e discussão sobre os direitos da liga para jogos em console, PC e celular. Nós vamos negociar esses direitos em breve”, avisou Stephon McMillen, gerente de negócios da Lingerie Football League.

A competição é transmitida desde o ano passado pela MTV norte-americana, que passa 20 jogos da temporada regular, dois jogos de playoffs e a grande decisão durante o intervalo do Super Bowl.

Todas as partidas são realizadas às sextas-feiras, uma vez por semana. São 12 times, alguns com nomes sugestivos: alguns com nomes sugestivos, como Las Vegas Sin (Las Vegas Pecado), Los Angeles Temptation (Los Angeles Tentação) e Philadelphia Passion (Philadelphia Paixão).

As regras do jogo são quase iguais às do futebol americano masculino. São sete jogadoras de cada lado, devidamente vestidas com seus biquínis sensuais. As partidas são disputadas em dois tempos de 17 minutos, com 15 minutos de intervalo. Além das roupas mínimas, as garotas usam apenas capacetes e proteções nos ombros.

Apesar do sucesso, a liga não escapa das críticas dos mais conservadores. Até o criador Mitchell Mortaza admitiu que a liga é bancada pela audiência de “estudantes de faculdade tomadores de cerveja”. Mas fez um convite: “Você pode até vir atraído apenas pelo apelo sexual, mas ficará empolgado com a competição”.

A temporada regular 2011-2012 termina no dia 21 de janeiro do ano que vem. As semifinais acontecem na semana seguinte, em 28 de janeiro, enquanto o Lingerie Bowl está marcado para o dia 5 de fevereiro, em Las Vegas. Por enquanto, a hegemonia é do Los Angeles Temptation, que venceu as duas temporadas anteriores.

07:11 · 29.08.2011 / atualizado às 07:11 · 29.08.2011 por
O sorriso de Diego derrete o coração de muita gente

Já falamos dele outro dia aqui no Belas. O árbitro baiano Diego Pombo, considerado o mais bonito dos gramados brasileiros, continua com tudo. Em menos de dois meses, o juiz de futebol acaba de fazer o seu segundo ensaio sensual, desta vez na praia. O galã do Campeonato Baiano 2011 mostrou que continua lindo e sendo foco das meninas nos jogos que apita. Confiram como ficou o ensaio da beldade.

Diego Pombo mostra que continua cada vez mais bonitão
08:01 · 26.08.2011 / atualizado às 08:01 · 26.08.2011 por

Está definido o time que as cearenses do Caucaia enfrentarão na segunda fase da Copa do Brasil feminina. Será o Vitória de Santo Antão, de Pernambuco. Na partida realizada, na noite de ontem, no município da Região Metropolitana de Recife, as pernambucanas venceram o Tiradentes, do Piauí, por 3 a 0 e confirmaram o favoritismo. A partida entre Vitória e Caucaia deverá acontecer na próxima quinta-feira, dia 1º de setembro, em local e horário ainda a ser definido pela CBF.

De antemão, gente, vamos comparecer ao estádio onde as meninas do Caucaia vão jogar. Segundo a CBF, o jogo entre Caucaia e Força Luz, na primeira fase da competição, registrou o menor público. Olha que coisa: apenas 14 pessoas assistiram a partida onde o Caucaia goleou o time adversário por 6×0. A rende foi de apenas R$ 28,00.

Gente, vamos dar uma força para o futebol feminino de nosso Estado. O clube investiu e o time está muito preparado para representar o Ceará. Só lembrando, o vencedor da Copa do Brasil  disputará a Libertadores.

11:25 · 14.08.2011 / atualizado às 11:25 · 14.08.2011 por

Excelente resultado para as meninas do Brasil. Em partida realizada neste domingo, a seleção brasileira feminina de vôlei mostrou que é fortissima candidata ao título do Grand Prix 2011 e bateu a Itália por 3X1, com parciais de 25/26, 24/26, 25/18 e 25/18. O jogo foi em Almaty, no Cazaquistão,  válido pela sexta rodada da fase de grupos da competição.

Os dois primeiros sets foram equilibrados, mas a partir daí o Brasil foi superior e venceu as duas últimas etapas com certa tranqüilidade. O destaque brasileiro na partida foi a reserva Tandara, que entrou muito bem no segundo set e cravou três bolas seguidas, essenciais para a reação do time no período.

As seleções entraram em quadra invictas no Grupo F da competição, com cinco vitórias em cinco partidas, mas as brasileiras estavam melhor na tabela, pois tinham perdido apenas um set, contra sete da Itália.

O começo da partida foi equilibrado, com as duas equipes se alternando na dianteira do placar. No final da etapa, as duas equipes empatavam em 23 a 23 e qualquer uma podia vencer, mas as brasileiras foram bem e fecharam o set em 25 a 23.

No segundo set, a Itália começou melhor e chegou a abrir 8 a 4, o que motivou um pedido de tempo brasileiro. A bronca do técnico José Roberto Guimarães deu certo, e o Brasil conseguiu encostar, empatando em 10 a 10. Mas o Brasil falhava muito na recepção, Dani Lins era previsível nos levantamentos, e as italianas novamente se distanciaram no placar. Em boa parte graças à oposta Tandara, que fazia uma grande partida, o Brasil conseguiu empatar no final, mas acabou perdendo por 26 a 24.

De volta à quadra, foi a vez do Brasil começar uma etapa de forma arrasadora, abrindo 5 a 1 no início do terceiro set. Mesmo com as duas equipes continuando mal na recepção, e o jogo de Sheila não encaixando, o Brasil era melhor e não deixava a Itália se aproximar no placar. As brasileiras fecharam o set com tranqüilidade, por 25 a 18.

No começo do quarto set, o Brasil continuou encaixando seu jogo e era implacável nos bloqueios, mas a certa altura o time caiu de rendimento e deixou a Itália encostar. No entanto, as brasileiras não vacilaram e venceram por 25 a 18 novamente.

A Seleção volta à quadra na próxima sexta-feira, às 4h (de Brasília), para enfrentar Cuba, que não está bem na competição, tendo conseguido apenas uma vitória até agora.

Rumo ao novo título do Grand Prix, Brasil!

18:13 · 13.07.2011 / atualizado às 10:33 · 14.07.2011 por

A sexta edição da Copa do Mundo de Futebol Feminino será decidida no próximo domingo, 17, entre Japão e Estados  Unidos. Nas semi-finais realizadas nesta quarta-feira, as norte-americanas ganharam das francesas por 3X1, enquanto as japonesas surpreenderam mais uma vez e bateram outra favorita ao título, a seleção da Suécia também por 3×1.

Pela primeira vez na história das copas femininas, japonesas e americanas vão se enfrentar. E mais ainda, o Japão jamais havia avançado para além das quartas de final da Copa do Mundo Feminina da FIFA  e  voltou a fazer história nesta quarta-feira, em Frankfurt. Com uma equipe taticamente bem postada, jogadoras talentosas, as baixinhas nipônicas deram um verdadeiro show de bola, deixando as gigantes suecas sem saber o que fazer. Parabéns, Japão! Merecidíssima a vitória.

Na outra partida, mais uma vez, as norte-americanas confirmam o seu futebol de resultado. As francesas dominaram boa parte da primeira semifinal da Copa do Mundo Feminina da FIFA, em Moenchengladbach, mas esbarraram na incrível eficiências das atuais campeãs olímpicas, que aproveitaram boa parte de suas chances e avançaram à decisão do título mundial com uma vitória por 3 a 1. É a primeira vez que as americanas chegam à final desde quando ganharam o título em casa, em 1999.

No sábado, äs 12h30, França e Suécia decidem o terceiro lugar. A partida será no estádio da cidade de Sinsheim. Já no domingo, a partir das 15h45min (horário de Brasília), Japão e EUA jogam pelo título mundial da categoria. As Belas no Esporte parabenizam a todas as equipes e, em especial, a Alemanha, sede da competição, pela organização e brilhantismo.

07:19 · 12.07.2011 / atualizado às 19:36 · 14.07.2011 por

É nas derrotas que se aprendem lições. O velho ditado do esporte, entretanto, não é bem aplicado quando o assunto é Seleção Brasileira feminina de futebol. Afinal, no último domingo, as jogadoras do Brasil acumularam mais uma queda dolorosa após três vice-campeonatos (Atenas 2004, Copa do Mundo 2007 e Pequim 2008). Erros administrativos, técnicos e de planejamento ajudam a explicar porque a vaga, que estava quase na mão, foi embora com o gol de Wambach aos 117min e a derrota nos pênaltis. Marta, nossa maior craque, fez de tudo, se desdobrou, mas o time não é só ela. Mesmo assim, sai do Mundial como nosso maior artilheira, somando 14 gols nas seis edições da Copa do Mundo Feminina.

Abaixo, a jornalista Dessler Marques, do Terra, analisa, com muita propriedade, as razões que mais uma vez a seleção feminina não aguentou e falhou na hora decisiva. Não existe uma culpada, como estão apontando a zagueira Daiane. Os erros são muitos e a gente precisa refletir sobre eles se queremos ter uma seleção forte, talentosa e bem preparada.

Você concorda com ela? leia e avalie

1 – Preparação deficiente:

Por falta de condições de trabalho e também prejudicado pelo vulcão chileno que atrapalhou o tráfego aéreo sul-americano em junho, a Seleção teve uma preparação bastante ruim para a Copa do Mundo. Até a disputa do Mundial, só dois jogos foram realizados: Chile e combinado de Pernambuco. Pouquíssimo. Entre a última Copa e a atual, os Estados Unidos jogaram mais que o dobro em relação ao Brasil.

(mais…)

09:37 · 08.07.2011 / atualizado às 09:37 · 08.07.2011 por

A seleção brasileira de futebol feminino faz os últimos preparativos visando o jogo contra os EUA, no domingo, às 17h30 (12h30 de Brasília), no Estádio Rudolf Harbig, pelas quartas-de-final do Mundial da Alemanha. Nesta sexta-feira, as meninas da seleção tiveram a manhã livre e foram conhecer a linda Catedral de Dresden.

No período da tarde, nada de moleza! a equipe participa de  atividade no Centro de Treinamento Ostra, aberta  para a Imprensa apenas por 15 minutos. Depois, será um treino secretíssimo visando o clássico contra as norte-americanas.

O técnico Kleiton Lima quer melhorar posicionamento da defesa, meio-campo e ataque. A estratégia é fazer com que a equipe marque a saída de bola americano para impedir que elas, que tem um bom toque de bola, organizem as jogadas com facilidade.

Na foto do arquivo Fifa, Marta, orienta as companheiras para marcação cerrada. E ela tem razão. Experiência tirada do jogo entre a Suécia e EUA, quando as suecas não deixaram as americanas jogar e ganharam a partida.

A cidade de Dresden tem história e recebe muito bem a seleção brasileira, onde Marta e Cia são tratadas como estrelas. Dresden é a capital do Estado Livre da Saxônia. Situada em ambas as margens do Elba, é a quarta maior cidade da Alemanha em área. A paisagem e a arquitetura mediterrânea que a circundam renderam a Dresden o apelido de  “Florença do Elba”. É uma das cidades mais verdes da Europa, com 63% dos seus terrenos ocupados por parques, campos e florestas. Uma das principais áreas ao ar livre perto do centro é o Grosse Garten, com elementos do estilo barroco e estradas simétricas.

Fundada nas proximidades de uma antiga vila de pescadores eslavos, Dresden aparece em registros oficiais do ano 1206. A partir do século XV, a cidade foi o lar de duques, príncipes-eleitores e reis da Saxônia, além de conhecer triunfos magníficos e tragédias horrendas. Importante sustentáculo da política, comércio e cultura europeia no século XVIII, ela veio a simbolizar a devastação apocalíptica da guerra duzentos anos depois.

O nome Dresden vem da palavra eslava que denomina o morador da floresta, mas a cidade é há muito tempo um importante centro internacional artístico e cultural. A Semperoper, casa de ópera construída entre 1871 e 1878 conforme um projeto do construtor Gottfried Semper, foi palco de estreias de óperas de Richard Wagner e Richard Strauss. E será palco, com certeza, do show que as meninas do Brasil darão no domingo para garantir a classificação para as semi-finais do Mundial. Bora Brasil!
Neste sábado, as quartas-de-final do Mundial Feminino começam para alemãs e japonesas, que jogam no estádio de Wolfsburgo, a partir das 15h45 (horário de Brasília) e para Inglaterra e França, que se enfrentam em Leverkuser, às 13 horas.

No domingo, além de Brasil e EUA, a Austrália e Suécia jogam em Augsburgo, a partir das  8 horas.

17:52 · 06.07.2011 / atualizado às 17:56 · 06.07.2011 por

Cristiane comemora seu primeiro gol contra Guiné Equatorial

Domingo, äs 12h30, na cidade de Dresden, o Brasil vai enfrentar os EUA pelas quarta-de-final da Copa do Mundo da Alemanha. Nessa etapa quem perder sai da competição. Portanto, será um jogão, considerado o mais difícil dessa fase do Mundial.

A definição dos cruzamentos dos grupos C e D veio depois dos confrontos Brasil 3 X 0 na Guiné Equatorial e de Suécia 2 X 1 Estados Unidos, realizadas na tarde desta quarta-feira.

Acompanhamos a partida entre americanas e suecas, torcendo para que os EUA, mas vendo o jogo incrível das suecas, sei não…acho que jogar contra as americanas, apesar da pedreira, é melhor…

A seleção norte-americana é bicampeã mundial e nunca havia perdido uma partidinha sequer numa primeira fase de mundial. Elas são muito fortes, mas as Belas no Esporte são mais Brasil. Lembrando que no último mundial, na China, as brasileiras aplicaram 4 X 0 nelas. O confronto Brasil Versus EUA é um clássico do futebol feminino e não tem favoritas. Por isso, Marta, Cristiane, Érika, Maurine e todas da seleção brasileira tem que confiar, jogar o que sabem e botar bonito pra cima delas!

As quartas-de-final da Copa da Alemanha começam no sábado com Alemanha e Japão e Inglaterra e França. Já no domingo, Brasil e EUA e Austrália X Suécia. As vencedoras das duas partidas do sábado se enfrentarão na semi-final. E as vencedoras dos jogos do domingo também fazem a outra semi-final. Portanto, para ganhar, o Brasil não tem como escolher adversárias. É vencer e vencer! Bora, Brasil!