Busca

Tag: Morumbi


09:53 · 22.12.2011 / atualizado às 09:56 · 02.01.2012 por

O São Paulo anunciou, na noite de ontem, o seu tão esperado “pacote” de reforços para a temporada 2012. O clube do Morumbi, que buscará a recuperação depois de um ano morno em 2011, confirmou as contratações dos seguintes nomes:

Lateral esquerdo Cortês, ex-Botafogo;
Zagueiro Edson Silva e o meio-campista Maicon, ambos ex-Figueirense;
Volante Fabrício, ex-Cruzeiro;
Defensor Paulo Miranda, ex-Bahia.
Maior contratação do São Paulo, até agora, é o jogador Cortês

A maior contratação até agora foi a de Cortês. O São Paulo venceu a concorrência de Santos e Roma, da Itália, e pagou R$ 6 milhões por 50% dos direitos econômicos do jogador, que pertenciam ao Botafogo. O tempo de contrato foi firmado em cinco anos.

Destaque no Campeonato Brasileiro com a camisa do fogão, o atleta de 24 anos chegará no Morumbi com a função de assumir a lateral esquerda do time, que nos últimos anos sofreu com a irregularidade de jogadores como Juan, o qual conviveu com vaias da torcida durante a temporada.

Aposta da diretoria e do técnico Emerson Leão para ser um dos líderes do time, que neste ano foi chamado de pouco combativo, o volante Fabrício também espera marcar época no Morumbi.

O volante Fabrício promete fazer a diferença no São Paulo em 2012 (Crédito: VIPCOMM)

Experiente, o antigo volante do Cruzeiro, com passagem pelo rival Corinthians, afirmou que possuía o sonho de atuar no hexacampeão nacional. “…Sempre alimentei o sonho de jogar no São Paulo, pela organização, estrutura e seriedade. Chego com uma expectativa enorme, de títulos é claro. Vi vários quadros na parede do CT e quero deixar o meu também”, disse o jogador.

O mais jovem dos reforços são-paulinos é Paulo Miranda. Também destaque na Série A, mas com a camisa do Bahia, o zagueiro chegou a São Paulo prometendo bom futebol. “Lutei muito pra chegar aqui e agora depende de mim para fazer um grande ano no clube. A torcida pode esperar um jogador que vai honrar a camisa do clube”, frisou.

Para não repetir algumas fracassadas contratações para este ano, o vice-presidente de futebol do clube, João Paulo de Jesus Lopes, aproveitou para mandar um recado aos reforços e cobrou comprometimento do time. “Estes atletas vêm para preencher as necessidades que a gente detectou na equipe. São jogadores que entendemos de grande talento, buscando uma projeção maior e certamente todos com muito compromisso com a equipe, algo que insistiremos que ocorra na temporada 2012”, avisou.

14:04 · 20.12.2011 / atualizado às 09:59 · 02.01.2012 por
Chael Sonnen ganhou antipatia do público nacional após críticas constantes a Anderson Silva e ao próprio Brasil

A recepção hostil e até mesmo violenta dos brasileiros para Chael Sonnen já é motivo de preocupação do UFC. O presidente da entidade, Dana White, admitiu estar com bastante receio da maneira em que o polêmico (para não dizer chato) lutador será recebido no país, mas prometeu que o desafiante terá uma segurança presidencial em sua possível passagem por solo verde-amarelo.

“Já começamos a nos preocupar com a segurança dele. O maior medo de todos será se o Chael ganhar. Teríamos que cavar um túnel embaixo do octógono para tirá-lo de lá”, afirmou o dirigente ao site Heavy MMA.

Sonnen irá enfrentar Anderson Silva no Brasil se conseguir vencer o compromisso contra Mark Muñoz no fim de janeiro. O campeão dos médios já aceitou a revanche com o norte-americano desde que o confronto aconteça no Brasil (ele não é bobo…), possivelmente no estádio do Morumbi.

O Morumbi é o estádio mais cotado para receber o possível confronto entre Sonnen e Anderson Silva. O brasileiro quer revanche

O americano ganhou antipatia por parte dos brasileiros após ter feito uma série de comentários negativos contra o nosso país. Em agosto deste ano, por exemplo, ele disse eu seu Twitter que as condições de treino por aqui são as piores possíveis. “Indo treinar nas piores condições possíveis para tornar essa luta ainda mais fácil. Resumindo, Rio na sexta-feira. Vejo vocês nas ruas, ‘perus'”, declarou, em seu microblog. Na ocasião, Chael venho ao Brasil para acompanhar os treinos de Yushin Okami, seu companheiro de equipe. O lutador japonês enfrentou, dia 27 de agosto, o brasileiro Anderson Silva no card principal do UFC 134.

Outro caso de provocação gratuita do lutador. Após se auto-declarar palmeirense apenas para ir contra o Corinthians (clube que patrocina Anderson), Sonnen usou mais uma vez o Timão, na última segunda-feira, para apimentar a rivalidade, via Twitter. “Queria ver construírem escolas no Brasil, não estádio para o Corinthians. Mas se fizerem (o estádio), podem ter certeza que derrubarei Anderson Silva lá mesmo”, postou no microblog, ao se referir à arena em obras em Itaquera (São Paulo), que será usada também na abertura da Copa do Mundo de 2014.