Busca

Tag: UFC


00:08 · 14.03.2012 / atualizado às 00:08 · 14.03.2012 por
Flávio Canto e José Aldo estiveram no evento (Crédito: Ismar Ingber/UFC)

O UFC (Ultimate Fighting Championship) e o Instituto Reação, idealizado pelo ex-judoca medalhista olímpico Flávio Canto e atual apresentador do Corujão do Esporte da Rede Globo, firmaram parceira nesta terça-feira. O projeto de Canto, que ensina judô a crianças de comunidades de baixa renda no Rio de Janeiro e fica na Rocinha, recebeu os lutadores José Aldo e Rousimar Toquinho, além de Marshall Zelaznik, diretor de desenvolvimento internacional do UFC.

Esta é a primeira parceria do UFC com projetos sociais no Brasil. Durante visita à Rocinha, José Aldo exibiu seu cinturão de campeão mundial dos pesos penas e posou para fotos. Flávio Canto, que estava acompanhado da namorada, a atriz Fiorella Mattheis, também fez pose ao lado de Aldo e da criançada.

O apoio do UFC abrange duas frentes de atuação do Instituto: uma focada no desenvolvimento educacional e outra direcionada ao preparo físico dos atletas. O programa educacional, para alunos entre 4 e 15 anos, visa ao desenvolvimento de competências básicas para a vida em sociedade, abrangendo temáticas como meio ambiente, tecnologia e comunicação. A parceria auxiliará as atividades disciplinares regulares e artísticas, com investimentos nas oficinas de fotografia, vídeo e grafite.

No Instituto Reação, o judô também é trabalhado como uma ferramenta educacional dos pequenos atletas. Assim, o Ultimate Fighting Championship investiu também na reforma total do dojô, área destinada à prática de artes marciais, frequentado pelos alunos do projeto. Com todas as ações, a parceria irá atingir diretamente 400 crianças e 50 atletas das comunidades do entorno do Polo Rocinha.

Além do dojô, os atletas do Reação, que atende 1.200 crianças nas comunidades da Rocinha, Tubiacanga, Cidade de Deus e Pequena Cruzada, foram beneficiados com uma sala de musculação totalmente renovada. A academia, utilizada diariamente, recebeu aparelhos de última geração, visando a melhor preparação dos atletas para as competições. Entre os frequentadores da academia estão esperanças olímpicas para os Jogos Olímpicos Rio 2016.

Para quem não sabe, o Instituto Reação teve, em 2011, oito atletas na Seleção Brasileira de Judô, entre eles, Rafaela Silva, considerada terceira melhor atleta do ranking mundial de judô e promessa de medalha olímpica em 2012.

05:30 · 10.01.2012 / atualizado às 20:47 · 09.01.2012 por

 O lutador Anderson Silva está com a popularidade cada vez maior. O campeão dos médios confirmou o título de grande nome do UFC e ultrapassou o número de um milhão de seguidores no Twitter, justamente na mesma semana em que irá estrear como comentarista no UFC Rio para a TV Globo (no próximo sábado, ele será o comentarista da Globo ao lado do locutor Galvão Bueno, opinando sobre os combates de José Aldo e Vitor Belfort).

Esta foi a primeira vez que um lutador deste esporte atingiu tal marca. Agora, o atleta do Corinthians só está atrás em popularidade do presidente da entidade, Dana White, que possui pouco mais de 1,8 milhões de seguidores em seu microblog.

“Estou muito feliz com essa conquista. É uma honra para qualquer pessoa ter esse grande numero de seguidores. Agradeço muito a todos que me seguem e aos meus fãs que sempre me apoiaram e estão sempre ao meu lado”, comentou o Aranha por meio de nota oficial.

18:32 · 23.12.2011 / atualizado às 15:47 · 26.12.2011 por

Após sofrer uma fratura no úmero, durante a luta contra Frank Mir, no UFC 140, no último dia 10 de dezembro, o brasileiro Rodrigo Minotauro já demonstra sinais de recuperação. O atleta, que foi submetido a uma cirurgia para acelerar o processo de recuperação, recebeu a notícia de que em junho de 2012, poderá retornar ao octógono.

O lutador, que encontra-se em San Diego, começou o trabalho de fisioterapia há três dias. Otimista com a sua recuperação, Minotauro garantiu a aceleração do seu retorno, pelo seu perfil no Twitter. “Acabamos de chegar de Vail, Colorado, onde operei o braço com Dr. Thomas Hamck. Sucesso, logo estarei de volta ao Brasil e fazendo o que mais amo: MMA”, garantiu.

Minotauro sofreu uma fratura no úmero, durante a luta contra Frank Mir, no UFC 140, no último dia 10 de dezembro. Foto: Divulgação
14:04 · 20.12.2011 / atualizado às 09:59 · 02.01.2012 por
Chael Sonnen ganhou antipatia do público nacional após críticas constantes a Anderson Silva e ao próprio Brasil

A recepção hostil e até mesmo violenta dos brasileiros para Chael Sonnen já é motivo de preocupação do UFC. O presidente da entidade, Dana White, admitiu estar com bastante receio da maneira em que o polêmico (para não dizer chato) lutador será recebido no país, mas prometeu que o desafiante terá uma segurança presidencial em sua possível passagem por solo verde-amarelo.

“Já começamos a nos preocupar com a segurança dele. O maior medo de todos será se o Chael ganhar. Teríamos que cavar um túnel embaixo do octógono para tirá-lo de lá”, afirmou o dirigente ao site Heavy MMA.

Sonnen irá enfrentar Anderson Silva no Brasil se conseguir vencer o compromisso contra Mark Muñoz no fim de janeiro. O campeão dos médios já aceitou a revanche com o norte-americano desde que o confronto aconteça no Brasil (ele não é bobo…), possivelmente no estádio do Morumbi.

O Morumbi é o estádio mais cotado para receber o possível confronto entre Sonnen e Anderson Silva. O brasileiro quer revanche

O americano ganhou antipatia por parte dos brasileiros após ter feito uma série de comentários negativos contra o nosso país. Em agosto deste ano, por exemplo, ele disse eu seu Twitter que as condições de treino por aqui são as piores possíveis. “Indo treinar nas piores condições possíveis para tornar essa luta ainda mais fácil. Resumindo, Rio na sexta-feira. Vejo vocês nas ruas, ‘perus'”, declarou, em seu microblog. Na ocasião, Chael venho ao Brasil para acompanhar os treinos de Yushin Okami, seu companheiro de equipe. O lutador japonês enfrentou, dia 27 de agosto, o brasileiro Anderson Silva no card principal do UFC 134.

Outro caso de provocação gratuita do lutador. Após se auto-declarar palmeirense apenas para ir contra o Corinthians (clube que patrocina Anderson), Sonnen usou mais uma vez o Timão, na última segunda-feira, para apimentar a rivalidade, via Twitter. “Queria ver construírem escolas no Brasil, não estádio para o Corinthians. Mas se fizerem (o estádio), podem ter certeza que derrubarei Anderson Silva lá mesmo”, postou no microblog, ao se referir à arena em obras em Itaquera (São Paulo), que será usada também na abertura da Copa do Mundo de 2014.

10:32 · 06.12.2011 / atualizado às 10:38 · 06.12.2011 por

Dessa vez, a combinação futebol e luta pegou pesado. O lutador Chael Sonnen, maior desafeto de Anderson Silva, patrocinado pelo Corinthians, enfim recebeu o presente enviado pela torcida alviverde: uma camisa do Palmeiras! O falastrão vestiu pela primeira vez o uniforme e, através de um vídeo gravado por seus amigos, elogiou a atuação do time na última rodada do brasileiro e prometeu ganhar o título dos pesos-médios no ano que vem.

Chael e o presentinho palmeirense

– Palmeiras, aqui é o Chael Sonnen dos Estados Unidos. Queria parabenizar vocês pela temporada. Sou um fã de todas as horas, não apenas quando vocês ganham. Foi um bom campeonato e um bom jogo (contra o Corinthians). Estou muito orgulhoso de vocês. Eu sei que o time não levou o título nacional, mas eu vou conseguir o título mundial e colocar o Palmeiras onde merece – disse o lutador.

Chael Sonnen ganhou destaque na mídia por falar mal do Brasil e provocar alguns lutadores brasileiros no UFC, principalmente Anderson Silva, contratado neste ano pelo Corinthians. Para contrariar Spider, o americano se declarou palmeirense, e isso motivou o clube alviverde a presenteá-lo.

Nesta semana, o UFC anunciou o combate de Sonnen contra Mark Muñoz, dia 28 de janeiro. O vencedor do combate deve ganhar o direito de disputar o título da categoria com Anderson. E aí, será que vai rolar uma final de Campeonato Brasileiro no octógono?

YouTube Preview Image

09:00 · 29.11.2011 / atualizado às 10:31 · 29.11.2011 por

Esta semana foi divulgado o pôster do documentário “Anderson Silva: Como Água”. O filme fala sobre o treinamento do brasileiro contra Chael Sonnen, em agosto de 2010, e que deu a Anderson o cinturão do UFC (Ultimate Fight Champioship).

A gravação foi realizada durante os três meses que antecederam a luta (quase exclusivamente com câmeras de mão), mostrando a rotina do lutador durante seus treinos e também como um pai de família dedicado.

Embora o documentário não tenha ainda data oficial para ser lançado – estima-se que deva estrear no início de 2012 – o mesmo já foi exibido durante o Festival do Rio, em outubro. Na ocasião, Anderson comentou que o objetivo do filme é servir “como exemplo de que o povo brasileiro não desiste nunca”. E acrescentou: “O filme fala sobre honra e lealdade. Estou feliz por ajudar a criar novos heróis aqui no país”.

No mesmo evento, o diretor da produção Pablo Croce elogiou Anderson Silva. “Ele se dedica muito ao que faz. O que me impressionou é que é um atleta metódico, criativo e cultiva o seu estado físico. É algo muito impressionante. Essa é a lição que devemos ter dele”.

Para os fãs do lutador, o mais interessante é a oportunidade de ver como o “Spider” é castigado nos treinos, como se comporta longe das câmeras de TV e como tudo o que aconteceu na luta com Sonnen fora previsto pelo campeão e sua equipe.

Fica claro, na trama, o respeito que Anderson tem pelos seus treinadores e pela estratégia montada. Embora a famosa lesão na costela direita, sofrida uma semana antes do combate, não seja nem sequer citada, o incômodo sentido pelo atleta na região é nítido nos últimos treinos e no aquecimento para o confronto.

Só por curiosidade: o título do documentário é inspirado em uma entrevista de Bruce Lee (1940-1973). Na declaração, o ator de “Operação Dragão” explica que o lutador deve ser “como água”, adaptável.

Veja trailer do Documentário:

19:52 · 07.11.2011 / atualizado às 19:52 · 07.11.2011 por

A primeira transmissão de um evento do Ultimate Fighting Championship pela Rede Globo terá narração de Galvão Bueno e comentários de Vitor Belfort, que exerceu essa função no UFC Rio, quando comentou o espetáculo transmitido pela RedeTV.

A luta será transmitida ao vivo, na madrugada de sábado para domingo, às 0:25 (horário de Brasília), e reunirá dois dos maiores lutadores da atualidade, o campeão Cain Velasquez e o desafiante Junior dos Santos. Anderson Silva, anteriormente anunciado como comentarista, não estará no País e portanto não formará dupla com Galvão.

Confira as demais lutas do evento:

Clay Guida x Ben Henderson
Dustin Poirier x Pablo Garza
Cub Swanson x Ricardo Lamas
Damarques Johnson x Clay Harvison
Norifumi Yamamoto x Darren Uyenoyama
Mackens Semerzier x Robert Peralta
Alex Caceres x Cole Escovedo
Mike Pierce x Paul Bradley
Aaron Rosa x Matt Lucas

16:23 · 31.10.2011 / atualizado às 16:32 · 31.10.2011 por
Malvino Salvador viverá o lutador José Aldo, em filme de Afonso Poyart

O ator Malvino Salvador assinou, nesta semana, o contrato para interpretar o amazonense José Aldo, dono do cinturão do peso-pena do UFC, nas telas do cinema.

Chamado de “Vale Tudo – Uma História de Luta”, o longa do diretor Afonso Poyart começará a ser filmado no início de 2012 e deve estreiar no final do mesmo ano ou começo de 2013.

A ideia é contar a história de José Aldo desde a saída de Manaus até as primeiras lutas, quando já estava no Rio de Janeiro. Um aspecto que deve ser retratado é a obstinação de Aldo, que chegou a dormir na academia para poder treinar. Essa característica acaba refletida nos ringues, em toda a agressividade do lutador.

“O filme não retrata somente as lutas de Aldo, mas a trajetória pessoal do lutador. É uma aventura, com passagens por Manaus, Rio de Janeiro, Tóquio, Los Angeles, com muita ação, risadas e uma história de romance que perpassa toda a trama”, disse o diretor. Para o papel da esposa do lutador estão sendo cotadas Fernanda Paes Leme e Priscila Fantin.

Hoje, aos 24 anos, Aldo é o número um do ranking mundial de pesos-pena do UFC e em 2010 foi considerado o lutador do ano pelo World MMA Awards.

09:03 · 12.09.2011 / atualizado às 12:09 · 12.09.2011 por
'Minotauro' e seu irmão gêmeo 'Minotouro' estão confirmados para o UFC canadense. Foto: Divulgação

Os irmãos gêmeos ‘Minotauro’ e ‘Minotouro’ estão confirmadíssimos para o UFC 140, em dezembro próximo, em Toronto, no Canadá. Na última sexta-feira (9), o UFC confirmou que Rogério ‘Minotouro’ Nogueira retorna ao octógono na edição canadense do evento, a mesma em que Rodrigo ‘Minotauro’ encara Frank Mir.

A confirmação sobre a participação de ‘Minotouro’ veio após sua recuperação de uma lesão no ombro. Agora, ele vai pegar o norte-americano Tito Ortiz, ex-campeão dos meio-pesados. A programação acontece em 10 de dezembro. 

O brasileiro Rogerio ‘Minotouro’ vem de duas derrotas e tem situação arriscada dentro da organização. Ele perdeu para Ryan Bader no UFC 119 e para Phil Davis no UFC Fight Night de março deste ano. Apesar de ter duelo agendado contra Franklin, em agosto, o baiano teve de se retirar para tratar sua lesão.

 

 

20:40 · 04.07.2011 / atualizado às 20:46 · 04.07.2011 por

Campeão da categoria dos pesos pena do UFC (Ultimate Fighting Championship) e um dos principais lutadores do evento na atualidade, o brasileiro José Aldo terá a história de sua vida contada nas telas de cinema. Hoje, a Paris Filmes confirmou que distribuirá o longa-metragem sobre o lutador amazonense, com estreia prevista para o final de 2012 e início de 2013.

O filme que contará a trajetória de José Aldo será dirigido por Afonso Poyart e co-produzido entre as produtoras ViraLata Filmes e Black Maria.  As filmagens deverão começar no início de 2012 e o roteiro está em processo de finalização.

De acordo com o diretor do filme, a obra sobre José Aldo fugirá dos tradicionais filmes de lutas. “Será um filme de luta, mas não o clichê do gênero. Ele irá contar a história de um cara que começou lá embaixo, passou por necessidades e comoveu o mundo.  Ele tem uma história impressionante e o momento de crescimento do MMA é perfeito para alavancar o projeto”, ressaltou.

O elenco ainda não foi definido. Porém, Poyart já falou sobre a possibilidade de Jonathan Haagensen interpretar Aldo nas telonas. Quanto às atrizes cotadas para fazer a esposa do lutador são Deborah Secco, Priscila Fantin e Fernanda Paes Leme.

Por fora ainda é citado o ator Malvino Salvador, contudo o diretor comenta que a diferença física entre ambos é grande. Outra saída, afirma o diretor, talvez seja a realização de testes para um ator não tão conhecido.

O longa acompanhará toda a vida do lutador: desde a mudança de Manaus para o Rio de Janeiro, até o momento no qual assegurou o cinturão dos pesos-pena do UFC na edição 129 do evento, realizada em 30 de abril de 2011. Na ocasião, Aldo derrotou o canadense Mark Hominick e estreou com vitória na marca.