Busca

Tag: vôlei


08:15 · 18.06.2013 / atualizado às 08:15 · 18.06.2013 por

Sheilla é um dos destaques do destaque do Brasil para o Grand Prix de vôlei. Foto: arquivo CBV
Sheilla é um dos destaques do destaque do Brasil para o Grand Prix de vôlei. Foto: arquivo CBV

As levantadoras Claudinha, Dani Lins e Fabíola, as opostos Sheilla, Monique e Tandara, as ponteiras Fernanda Garay, Natália, Ellen, Priscila Daroit e Michelle, as centrais Juciely, Adenízia, Bia, Fabiana, Thaisa e Letícia Hage e as líberos Fabi e Camila Brait são as convocadas do técnico José Roberto Guimarães para o Grand Prix de vôlei. A competição internacional será realizada entre os dias 2 de agosto e 1º de setembro. Serão três semanas com disputa entre grupos e uma semana para a fase final. As 19 jogadoras se apresentam nesta terça-feira em Saquarema.
A Seleção Brasileira feminina de vôlei começa sua campanha no Grand Prix jogando o Grupo A, em Campinas, entre 2 e 4 de agosto, com Estados Unidos, Rússia e Polônia. Na semana seguinte, o time joga o Grupo G, em San Juan, contra República Dominicana, Porto Rico e Bulgária. Entre 16 e 18 de agosto, o desafio é em Almaty contra Cuba, Holanda e Cazaquistão.
Caso consiga classificação à fase final, a Seleção Brasileira feminina viaja na sequência para Sapporo, no Japão, onde ocorre a disputa pelas primeiras colocações do torneio.

17:17 · 07.10.2011 / atualizado às 17:18 · 07.10.2011 por

Gente, começa amanhã, mas ainda dá tempo de se programar para curtir a  I Etapa do Campeonato Cearense de Voo Livre, que acontece, até domingo, na CE 060, distrito de Munguba, na Pacatuba. A previsão é de que mais de 60 pilotos de asa delta e parapente cruzem os céus da Serra da Aratanha. “Pacatuba é o Hawaii do voo livre no Ceará”, afirma o presidente da Federação Cearense de Voo Livre, Guy Almeida.

Segundo o secretário de Esportes de Pacatuba, Walmir de Freitas, além deste evento, serão realizados uma série de   ações na área de cultura, saúde e educação por parte de outras secretarias locais com o objetivo de comemorar o aniversário de 142 anos de Pacatuba. “Esse calendário contempla, ainda, torneio de futebol e volêi, além do projeto Ceará Aventura, do Governo do Estado”, destaca. O Ceará Aventura é uma iniciativa estadual que, em parceria com as prefeituras municipais, leva esportes diversos para o interior do Estado. 

Os corajosos poderão aventurar-se em modalidades como Bicicross, Arvorismo, entre outros. Na ocasião, haverá a I Etapa do Campeonato Cearense de Skate, no Ginásio da Carnaubinha (Centro). Cada modalidade esportiva disputada será validada por sua respectiva federação. A proliferação das práticas do esporte de aventura, através do proveito dos cenários paradisíacos de Pacatuba, colabora ainda para impulsionar a economia e o turismo local.

Além de toda a programação, haverá no complexo ecoturístico Apoena Park, situado na sede de Pacatuba, um evento solidário em comemoração ao aniversário do município. No sábado, dia 8, das 8h às 17h, o público poderá comparecer levando 3kg de alimentos não perecíveis ou brinquedos, que serão doados a duas entidades locais. Na ocasião, as pessoas poderão se aventurar no arvorismo, escalada, rappel, tirolesa, trilhas, entre outros. É lá que existe a maior tirolesa do Ceará e a segunda maior do Nordeste, com 330 metros.

Serviço:
Mais informações no site www.pacatuba.ce.gov.br ou pelo (85) 3345.2317.
07:55 · 08.09.2011 / atualizado às 07:55 · 08.09.2011 por
Seleção brasileira se prepara para o sul-americano. Foto: CBV

Acostumada a encarar desafios, a seleção brasileira masculina de vôlei terá mais um pela frente. Será o Campeonato Sul-Americano, de 19 a 25 de setembro, em Cuiabá (MT), onde a equipe comandada pelo técnico Bernardinho terá como meta, além da conquista do título, a busca pela vaga na Copa do Mundo. Esta competição, que será de 20 de novembro a quatro de dezembro, no Japão, será classificatória para os Jogos Olímpicos de Londres, em 2012.

No Sul-Americano, o Brasil enfrentará as seleções da Argentina, Uruguai, Paraguai, Chile, Venezuela e Colômbia. Acontecerão sempre três jogos por dia e todos serão no Ginásio Poliesportivo Professor Aecim Tocantins (Av. Agrícola Paes de Barros, S/N – Bairro Verdão).

A equipe brasileira já conhece a tabela do Sul-Americano. No jogo de estreia, na segunda-feira, dia 19, o time de Bernardinho enfrentará o Uruguai, às 19h. No dia seguinte, às 18h30, o adversário será o Chile. Na quarta (21.09), o jogo será contra o Paraguai, também às 18h30. Na quinta-feira (22.09), os brasileiros enfrentarão a Colômbia no mesmo horário.

O Brasil terá folga na rodada de sexta-feira (23.09) e voltará à quadra no sábado (24.09), às 10h, para enfrentar a Venezuela. E a última partida será o tão esperado confronto contra a Argentina. O jogo será novamente às 10h.

13:00 · 12.08.2011 / atualizado às 15:23 · 12.08.2011 por
Equipe de José Roberto Guimarães não encontrou dificuldades para bater as adversárias pelo placar de 3 sets a 0 Foto: Jefferson Bernardes/VIPCOMM

A seleção feminina de vôlei venceu a Tailândia por 3 sets a 0, com parciais de 25/16, 25/23 e 25/16, no ginásio Baluan Sholak Sports Palace, nesta sexta-feira (12/08), em Almaty, no Cazaquistão. A partida marcou estreia das jogadoras na segunda fase do Grand Prix 2011. Com o resultado, as brasileiras mantém a invencibilidade na competição.

Destaque

O jogo começou disputado e permaneceu com grande equilíbrio até o primeiro tempo técnico, quando o Brasil assumia a vantagem de 8/7 no placar. Após as instruções do técnico José Roberto Guimarães, as atletas voltaram ligadas no confronto e com grande volume de abriram 16/12. No final, as jogadas de ataque da oposta Sheilla e da ponteira Mari e deram tranquilidade para a seleção fechar em 25/16.

As brasileiras iniciaram melhor a segunda etapa e chegaram a vantagem de 11/6. Entretanto, as tailandesas reagiram e encostaram duas vezes no placar, a primeira quando viraram 12/11e a segunda no final do set, quando estava 22/22. O Brasil não se intimidou com o adversário, passou a frente e fez 2 sets a 0, com 25/23. (mais…)

13:36 · 13.07.2011 / atualizado às 19:42 · 14.07.2011 por

A ponteira da  seleção brasileira de vôlei, Jaqueline, prova, mais uma vez, a força da mulher brasileira ao superar ano muito difícil com lesões e aborto e dar a volta por cima. Ela acertou contrato com o Sollys/Osasco para a temporada 2011/2012, voltará às quadras e já visa as Olimpíadas de Londres, em 2012. Toda mulher sabe o quanto é dolorido a perda de um filho e Jaque diz que a dor é insuperável. No entanto, com o carinho das pessoas que acompanham a sua carreira, do marido Murilo, dos fãs, ela jogará com mais afinco ainda.

“Quando engravidei meus planos eram outros, mas, a partir do momento da perda do bebê, estou com novos planos. Quero retomar aos treinos bastante focada e pensando na temporada do Sollys e nas Olimpíadas de 2012. Esse é o meu objetivo neste momento e vou me dedicar o máximo e dar o melhor de mim. Se tiver que voltar pra seleção, voltarei de braços abertos pra ajudar a equipe”, afirma Jaque.

Jaqueline construiu uma carreira vitoriosa e sua maior conquista foi a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de 2008, em Pequim. A jogadora é também tricampeã do Grand Prix (2005, 2006 e 2008), campeã da Copa dos Campeões, em 2005; e ganhou três medalhas de prata, sendo duas em Campeonatos Mundiais (2006 e 2010) e uma na Copa do Mundo (2007).

(mais…)

10:13 · 20.05.2011 / atualizado às 10:13 · 20.05.2011 por

Aos 38 anos de idade, a ceaShelda mantem a forma e pensa em voltar às quadrasrense Shelda, multicampeã na areia, avisa que vai voltar, mas dessa vez para as quadras. Aposentada do vôlei de praia, ela quer disputar a próxima Superliga de vôlei como líbero. E avisa: assim como na areia, ela quer arrebentar e conquistar títulos. A ideia inicial é disputar apenas uma temporada na quadra.
Só lembrando que ela começou a jogar vôlei na quadra, mas seguiu a carreira na areia. Shelda tem mantido sua forma física praticando atividades no Rio de Janeiro, onde mora. Ela, no entanto, ainda não iniciou os treinamentos em quadra para tentar se adaptar à modalidade. A jogadora ainda não conversou com nenhuma equipe sobre a possibilidade. Primeiro, fará um período de adaptação, que estima entre três e quatro meses, para ver se terá condições de se aventurar na quadra.
Adriana e Shelda possuem 1.101 vitórias e 114 títulos ao longo da carreira. Entre as conquistas, estão duas medalhas de prata em Jogos Olímpicos, duas medalhas de ouro em Mundiais e um ouro em Jogos Pan-Americanos, além de seis títulos do Circuito Mundial, o que levou a parceria ao Livro Guinness dos Recordes, em 2006. Elas também são a dupla feminina que mais participou de eventos de praia desde a criação do circuito da Federação Internacional de Vôlei de Praia (FIVB), em 1992. Boa sorte para a nossa campeã!

07:55 · 09.05.2011 / atualizado às 07:55 · 09.05.2011 por

Quem gosta de vôlei se prepare para as fortes emoções que virão por aí. A Seleção Brasileira Feminina tem uma série de competições e é a seleção a ser batida pelas adversárias, já que somos as atuais campeãs olímpicas e temos um timaço acostumado a conquistar títulos.

Para começar a preparação, o técnico José Roberto Guimarães divulgou as 16 jogadoras que irão representar o Brasil na Copa Pan-Americana, entre 29 de junho e 9 de julho, no México. O Brasil, já avisou Zé Roberto, irá com força máxima. Entre as novidades da lista estão Mari e Paula Pequeno, que, por lesão, ficaram de fora da lista do mundial do ano passado. De resto, a convocação só tem uma alteração em relação ao time que foi vice-campeão mundial no Japão, em novembro passado. Sai Carol Gattaz e entra Juciely, da Unilever.
A lista de convocadas pelo técnico brasileiro tem quatro jogadoras da Unilever, campeã da Superliga, e seis do Osasco, vice. O Vôlei Futuro, terceiro colocado, teve três jogadoras chamadas, contra uma do Pinheiros. Só Fernanda Garay não atua no Brasil – ela joga no Japão.

Confira a relação:

Levantadoras: Dani Lins (Unilever) e Fabíola (Pinheiros).

Opostos: Sheilla (Unilever) e Joycinha (Vôlei Futuro)

Pontas: Fernanda Garay (Nec Red Rockets/Japão), Jaqueline (Osasco), Mari (Unilever), Natália (Osasco), Paula Pequeno (Vôlei Futuro) e Sassá (Osasco).

Centrais: Adenízia (Osasco), Fabiana (Vôlei Futuro); Juciely (Unilever) e Thaísa (Osasco).

Líberos: Camila Brait (Osasco) e Fabi (Unilever). (mais…)

13:16 · 15.04.2011 / atualizado às 13:17 · 15.04.2011 por

Uma nova seção do Belas no Esporte vai dar o que falar… e ver! É que nela, a “Quem procura… acha!”, você poderá achar e mostrar os craques desconhecidos mundo a fora. Se você tiver talento para algum esporte e quer ser visto (principalmente por um “olheiro”, empresário ou diretor de clube ou organização esportiva), este é o seu espaço.

Para divulgar no Belas no Esporte é bem fácil: faça um vídeo bem legal, publique em algum site e nos envie o link, caso não seja possível pode enviar direto pra gente. Nosso e-mail é: belasnoesporte@gmail.com. Lembrando: não é só futebol! Os esportistas de vôlei, basquete, judô, handebol, atletismo, bodyboarding, bilhar, bicicross, ginástica, xadrez, boxe, skate, surf,  kitesurf e as outras mil e uma atividades também terão espaço garantido.

No “Quem procura… acha!” publicaremos, além de novos talentos, fatos curiosos e divertidos, como este aí embaixo:

Golaço no estilo Cirque du Soleil

Este aí já tem time! E você??? Manda o vídeo e divulgaremos seu talento esportivo.

13:21 · 12.04.2011 / atualizado às 21:34 · 12.04.2011 por

Atenção esportistas do Interior! Nosso blog quer conhecê-los e, acima de tudo, divulgar novos talentos. Por isso, não se “acanhem” em mandar notícias sobre o esporte amador de sua cidade, jogos escolares etc, pois estamos abertas para publicar, seja vídeo ou texto, assim como fez a galera do Município de Jaguaribe.

As equipes de voleibol do Instituto Dom José (IDJ) de Jaguaribe, masculino e feminino, conquistaram o título de campeão do 60º Jogos Universitários do Ceará ( JUCs ) 2011, sendo as primeiras equipes de alunos do Interior a conquistarem este título.

Os alunos campeões são: Geruza, Marcela, Claudinha, Cintia, Daniele, Alice, Wala, Clécio, Tata, Bebeto, Junior, Vanvan, Clystenes, Sávio e Yuri. Técnico: Fábio Freitas, graduado em Educação Física pelo IDJ. A coordenação recebe os estudantes para um coquetel na sede do IDJ.

Esperamos novas informações! Participe você também enviando e-mail para: belasnoesporte@gmail.com !

01:09 · 12.04.2011 / atualizado às 01:17 · 12.04.2011 por

Gente, é tão bom quando vemos um exemplo negativo mexer com a revolta das pessoas ao ponto de elas saírem de seus mundinhos particulares e responderem com atitudes de encher os olhos!

Essa reflexão cabe para situações diversas em nossas vidas, mas nesse momento, em especial, ela se refere ao ocorrido com o jogador Michael, da equipe do Vôlei Futuro. Em post passado, falei de toda a situação de preconceito envolvendo ele e a torcida do Sada Cruzeiro. Para quem não viu, Michael foi xingado por torcedores mineiros por ser homossexual, em plena partida realizada em Contagem (MG), no último dia 1º.

Acompanhando o desenrolar do caso, é bom (compensador, talvez?) ver que o número de torcedores que rejeitam o preconceito é muito superior à quantidade que o estimula. Na segunda partida pela Semifinal da Superliga Masculina de Vôlei, realizada desta vez na casa da equipe do Vôlei Futuro (Araçatuba – SP), jogadores e público se uniram contra a discriminação.  

Na arquibancada, os torcedores receberam bisnagas cor de rosa – o famoso bate-bate, para fazer barulho e atrapalhar o adversário -, com o nome de Michael. Camisas reforçaram a mensagem contra a homofobia. Na frente, os dizeres “preconceito é a pior violência” e, atrás, “preconceito, não”. Em determinado momento, uma faixa em homenagem a Michael foi aberta. Em quadra, o jogador Mário Júnior usou camisa colorida com os dizeres “Vôlei Futuro contra o preconceito”.

O carinho demonstrado foi enorme.  Atitude assim é que é digna de se ver. Michael se mostrou emocionado durante o jogo, que acabou sendo ganho por sua equipe (3 sets a 2). A vitória iguala a disputa da semifinal (O Sada Cruzeiro venceu a primeira partida por 3 sets a 0) e força o terceiro jogo na próxima sexta-feira, às 20h30. A disputa que vale vaga na decisão ocorrerá no ginásio de Contagem, aquele mesmo onde Michael foi xingado pela torcida rival. Vale acompanhar o jogo e ver se, dessa vez, os torcedores adversários ainda vão ter coragem de ofender e xingar. D U V I D O !!! (Fotos: Divulgação/CBV)

E você, o que acha de toda essa situação de intolerância nos esportes?