Busca

Categoria: Saúde Animal


18:16 · 09.06.2015 / atualizado às 18:16 · 09.06.2015 por

Campanha nacional vai auxiliar animais carentes. Confiram:

Pesquisa abandono de animais image012São Paulo. Cada produto vendido representa uma refeição para um animal abandonado. A Zee.Dog e a PremieR pet deram as mãos em mais uma campanha para ajudar cães abandonados. A ação acontece durante os meses de junho e julho e contempla todas as vendas de produtos da marca Zee.Dog em lojas físicas ou e-commerce pelo Brasil, que serão revertidas em refeições de alta qualidade da PremieR pet para cães abandonados, na proporção de 1 produto para 1 refeição. Um por um.

Para Thadeu Diz, Diretor Criativo da Zee.Dog, as pessoas muitas vezes gostariam de ajudar, mas não sabem como. “Queremos encurtar essa distância entre a vontade e a necessidade desses seres que amamos tanto. Ajudar e estimular campanhas de adoção faz parte da cultura da marca, está no nosso DNA, e no dia a dia de todos que trabalham aqui. Além de parceiros em diversos outros projetos, a Premier pet acredita nas mesmas coisas que nós e por isso essa iniciativa acabou acontecendo naturalmente”, afirma.

“Esta ação vem se somar ao trabalho regular que desenvolvemos por meio do Instituto PremieR pet para subsidiar alimentos a ONGs parceiras que resgatam animais das ruas. Queremos agora envolver mais diretamente nossos consumidores em projetos de interesse coletivo, pois eles se mostram cada vez mais conscientes de seu poder de ação e interessados em fazer a diferença. Ao lado da Zee.Dog ampliamos o alcance da ação, unimos forças com uma empresa parceira que admiramos e compartilha de nossos valores”, afirma Madalena Spinazzola, responsável pelo departamento de planejamento estratégico e marketing corporativo da Premier pet.

Ao final do período da campanha, será feita a apuração do número de unidades vendidas de produtos Zee.Dog. Para cada unidade, a Premier pet doará uma refeição de 200 gramas. O alimento será entregue para ONGs indicadas pelas empresas. A doação será registrada e poderá ser conferida no site e redes sociais da Premier pet e da Zee.Dog. A expectativa é beneficiar, no total, entre 30 e 50 mil cães ao término do programa.

Pesquisa abandono de animais image013

Quer participar?

Os produtos da Zee.Dog podem ser encontrados em quiosques e pet shops de todo o País ou adquiridos pelo site. Veja a relação de lojas e acesse o e-commerce aqui: www.zeedog.com.br. A ação vale para todos os produtos adquiridos entre 01.06.2015 e 31.07.2015. Os consumidores receberão um cartão de agradecimento confirmando a participação.

Inovação social – a filosofia “Um Por Um”

O modelo de negócio One To One (Um Por Um) surgiu em 2006, a partir da experiência do empreendedor americano Blake Mycoskie em visita a um vilarejo na Argentina. Ele percebeu que as crianças não tinham sapatos, ficavam expostas a doenças e não podiam ir à escola. Comovido com a situação, idealizou sua empresa, TOM SHOES, em que para cada par de sapato vendido, um par é doado para uma criança necessitada. Assim, a marca de alpargatas começou como uma ideia simples e tornou-se referência mundial em empreendedorismo e inovação social, a primeira empresa “for profit” do mundo, que utiliza os lucros ganhos para reverter em outros produtos sem fins lucrativos. A causa hoje envolve consumidores de todos os continentes, que se engajam na missão e subsidiam as doações da TOMS, com mais de 10 milhões de sapatos distribuídos.

Na esteira da TOMS vieram outras startups com a mesma filosofia, tais como a empresa americana de óculos Warby Parker, que promove a ação Buy a Pair, Give a Pair (Compre um Par de Óculos, Dê um Par de Óculos). Outro exemplo é a associação canadense Mealshare, com a campanha By One, Give One (Compre Uma, Doe Uma), que doa uma refeição a cada refeição comprada num restaurante associado. E ainda a empresa Two Degrees Foods, de São Francisco – EUA, com a ação This Bars Saves Lives (Estas Barras Salvam Vidas), criada com o objetivo alimentar uma criança subnutrida a cada barrinha de cereal vendida. Nos primeiros dois anos de atuação foram 750 mil refeições em países como Mianmar, Haiti e Malaui.

O modelo de negócio “venda um, doe outro” vem crescendo rapidamente nos EUA e é tendência para o empreendedorismo em outras partes do mundo. Não necessariamente as empresas doam o que produzem, mas atrelar uma ação social ao negócio permite viabilizar ações efetivas para mudanças sociais e o engajamento dos consumidores em causas que acreditam.

Juntas no Brasil, a Zee.Dog e a PremieR pet hoje seguem essa tendência mundial e somam esforços pela causa animal!

Mais informações no site www.premierpet.com.br ou pelo Pet Phone: 0800 55 6666 (de segunda à sexta das 8h30 às 17h30).

19:02 · 27.05.2015 / atualizado às 19:02 · 27.05.2015 por

A Campanha de Castração realizará na Taíba, dia 7 de junho, um mutirão a baixo custo para cães e gatos. Será em um domingo, das 8 às 16 horas, na Clínica Pet Show, que fica na Estrada da Taíba, S/N – próximo ao Supermercado Bom Motivo, Bairro Parada, no município de São Gonçalo do Amarante. Confiram:

Mutirão de castração 19529_1101027303246780_6454730127894484103_n

14:58 · 27.05.2015 / atualizado às 14:58 · 27.05.2015 por

Sabia que a separação do cão do seu dono pode trazer graves problemas? Um deles é a Síndrome de Ansiedade de Separação (SAS), um conjunto de comportamentos apresentados pelo cão ao sentir-se sozinho, longe do seu dono. E estes comportamentos são os mais diversos, desde latir excessivamente, a roer os móveis da casa, rasgar roupas, livros e revistas e até se automutilar.

Um caso menos grave, mas típico desta síndrome, aconteceu com o cãozinho do jornalista Hugo Renan. Veja o que ele conta: “Oi Valéria, tudo bem? O meu cãozinho é uma mistura de Fox Paulistinha com Pinscher e é muito hiperativo. Corre muito pela casa, gosta de por tudo na boca, é muito danado e brincalhão. Na hora de comer ele come muito rápido, parece um aspirador de pó. É tipo de cachorro que tudo que ouve corre atrás, é muito fácil chamar atenção dele. Uma vez ele comeu rápido e vomitou, mas isso aconteceu apenas uma vez mesmo. Normalmente ele come e toma água. Vive com fome. Mesmo dando a comida na hora ele termina e vai atrás de comer a nossa comida. Enfim, só gostaria de saber se há algum problema em relação à velocidade que ele come, se faz mal, se isso tem a ver com ansiedade dele, e se tem como corrigir este ‘desvio’”.

"Júnior", com o tio do Hugo Renan, José Cláudio
“Júnior”, com o tio do Hugo Renan, José Cláudio

Na conversa com o Hugo, ele falou que o “Júnior” , o cãozinho, fica muito tempo sozinho em casa quando ele e a família sai para trabalhar. Quando retornam, o “Júnior” fica correndo desesperado de um lado para o outro. Tudo isto por estar alegre com o retorno dos donos, mas também demonstrando muita ansiedade. Mandamos o caso do Júnior para o Dr. Disciplina, o treinador de cães, Jackson Maciel.

O Dr. Disciplina confirmou o que o Hugo tinha visto em alguns sites, falando sobre a Síndrome da Ansiedade da Separação. Em um deles, tem a recomendação para deixar a tv ou rádio ligado baixinho, para o cão ficar ouvindo sons de vozes quando estiver sozinho. O Hugo fez isto e já sentiu mais tranquilidade do cão, ao retornar para casa.

Dr. Disciplina, Jackson Maciel / Foto: Bruno Gomes
Dr. Disciplina, Jackson Maciel / Foto: Bruno Gomes

Mas o Jackson faz mais recomendações: “É verdade. É bom deixar som ligado em casa para ele se sentir mais seguro, achando que as vozes são de pessoas, ou que tem pessoas na casa. Mais tem todo um protocolo para ser feito também nesse processo. Um pouco de exercícios de obediência é importante, como entrar em um dos cômodos da casa e pedir para o cachorro esperar do lado de fora, para fazer com que se acostume com a distância entre eles. Outra dica são os exercícios físicos e mentais. Ao sair de casa, não se despedir do cão. Deixar um brinquedo com petisco dentro para ele tirar é um bom entretenimento. Espalhar pedacinhos de carne ou petiscos escondidos pela casa para ele sair procurando também é uma boa distração. Na ansiedade de separação, o pior são os 20 primeiros minutos. É o tempo crítico. Depois disto, o cão relaxa e vai descansar. Mas se ficar na ociosidade, sozinho, vai procurar o que fazer. Daí vem o mau comportamento. Ele precisa estar ocupado com algum brinquedo ou petisco. Boa sorte!”

Mais informações: Dr. Disciplina, Jackson Maciel – (85) 8564.4850/ 9702.5155

 

14:11 · 22.05.2015 / atualizado às 14:11 · 22.05.2015 por

Uma boa pedida para quem quer levar um animalzinho para casa!

Fortaleza. Neste sábado, dia 23 de maio, das 15h às 19h, a ONG Abrace – Uma Causa Animal realiza Feira de Adoção de Cães e Gatos, no estacionamento do RioMar. A Feira contará com animais que foram encontrados em situação de risco e de muito sofrimento. Todos os bichos receberam tratamento veterinário e os adultos estão castrados.

A Abrace realiza regularmente feira para adoção de animais
A Abrace realiza regularmente feira para adoção de animais

Os interessados em adotar um cãozinho ou gatinho podem comparecer ao local, trazendo RG, CPF e comprovante de residência (original e xerox). No local será feito uma entrevista com preenchimento de questionário para selecionar o interessado na adoção.

Os que de imediato preencherem o perfil poderão levar seu animalzinho, os outros serão analisados posteriormente e a ONG entrará em contato para realizar a entrega ao novo dono selecionado. Desfile O Cão Mais Fashion Além da Feira de Adoção, o RioMar em parceria com a Animale Pet Shop realizará a 1ª edição do Fashion Pet RioMar.

O evento é voltado para os apaixonados por pets e contará com inusitados desfiles de cães, vestidos com estilo. Cerca de 50 lindos cãezinhos desfilarão acompanhados de seus donos. Os três primeiros lugares ganharão a Medalha o “Cão Mais Fashion” e serão escolhidos por um júri composto por três especialistas.

Os desfiles serão realizados, das 15h às 21h, na Pracinha RioMar, no piso L1. Quem tiver interesse em participar do evento com seu animal de estimação pode realizar a inscrição até 15h, do dia 23, na loja Animale Pet Shop, no piso E2.

Para se inscrever, os donos dos cãezinhos devem trazer dois (2) quilos de ração, que serão doados para animais da ONG ABRACE. Além de ser necessário, trazer cartão de vacinação. O desfile é destinado apenas para animais de porte pequeno. O regulamento completo está no site do RioMar Fortaleza: www.rioamarfortaleza.com.br

Confira Programação Completa:

PROGRAMAÇÃO FASHION PET RIOMAR

HORÁRIO – 15h às 16h

ATRAÇÃO – Abertura do evento com Desfile de Animais para Adoção

LOCAL – Piso L1 – Pracinha RioMar

Horário: 16h às 17h

Atração: O Cão a Cara do Dono

Local: Piso L1 – Pracinha RioMar

Horário: 17h às 18h

Atração: Palestra: Cuidados com a Pelagem de Cães e Gatos

Local: Piso L1 – Pracinha RioMar

Horário: 18h às 19h30

Atração: Concurso de Desfile: O Cão Mais Fashion

Local: Piso L1 – Pracinha RioMar

Horário: 19h30 às 21h

Atração: Desfile de Convidados por Lázaro Medeiros

Local: Piso L1 – Pracinha RioMar

Horário: 15h às 19h

Atração: Feira de Adoção de Animais com a ONG ABRACE

Local: Piso E2 – Estacionamento Canoa Quebrada – Próximo à loja Animale Pet Shop

Mais informações: Feira de Adoção de Cães/ Local: Piso E2, no estacionamento Canoa Quebrada, próximo ao Acesso da Animale Pet Shop. (RioMar Fortaleza – Rua Lauro Nogueira, 1.500. Papicu)/ Horário: das 15h às 19h Mais informações: 8789.1510 /96514400 / 85385034

10:39 · 15.05.2015 / atualizado às 10:39 · 15.05.2015 por

Acontece logo mais às 14h30 de hoje, a Audiência Pública para discutir o Direito dos Animais e as Políticas Públicas voltadas para estes. Será no Complexo das Comissões Técnicas da Assembléia Legislativa do Ceará, na Capital cearense. O evento foi solicitado e será presidido pela presidente da Comissão de Meio Ambiente da Casa Legislativa, deputada estadual, Dra. Silvana. É aberto a todos os interessados na temática.

castraçãoEntre os convidados para debater o assunto estão a editora deste blog, jornalista Valéria Feitosa, também editora de Opinião e de Bem-Estar Animal do Diário do Nordeste; a professora da UFC, Maria de Fátima; e a coordenadora do Centro de Controle de Zoonose de Fortaleza, médica veterinária Rosania Ramalho.

Autoridades, técnicos e a sociedade cearense estão convidados para a discussão, que objetiva avaliar e propor possíveis medidas legais para garantir o direito dos animais.