Busca

Categoria: Saúde Animal


17:59 · 06.08.2015 / atualizado às 18:02 · 06.08.2015 por

Uma ação solidária em prol dos animais do Abrigo São Lázaro acontece neste fim de semana, sábado, 8, e domingo, 9. A Camila Garcia, do Shopping Benfica, nos informa. Confiram:

cão shoppingbenficaabrigosaolazaroFortaleza. Neste sábado, 8, e domingo, 9, voluntários do Abrigo São Lázaro, que cuidam de cachorros e gatos carentes, promovem o 3º Bazar no Shopping Benfica. O evento visa a arrecadar dinheiro para saldar as dívidas da ONG com clínicas veterinárias e dar sequência ao trabalho de resgate e cuidado com os animais. O bazar irá funcionar das 10 às 22 horas no sábado, e no domingo, das 15 às 21h.

cão bazar lazaroNos dois dias, serão comercializados, a preços populares, roupas, calçados, livros e artigos domésticos que foram doados por pessoas que se sensibilizam com a causa. Além do material doado, também será possível adquirir peças feitas pelo abrigo, como camisas estampadas com as fotos dos animais acolhidos.

Todo o valor arrecadado com as vendas será revertido para o pagamento de contas com clínicas veterinárias e serviços básicos de manutenção do abrigo. O montante também será usado para os cuidados de saúde dos bichos e para as despesas com material de higiene, alimentação.

O Abrigo São Lázaro foi criado em 1993 com a missão de possibilitar uma vida digna a cachorros e gatos vítimas de maus-tratos e em estado de situação de rua. Além dos animais que são acolhidos por voluntários, outros são deixados no local, onde recebem tratamento médico, alimentação, banho e o principal, muito carinho.

cão shoppingbenficaabrigosaolazaro15Quando recuperados, os animais participam de eventos de adoção, quando têm mais uma chance de voltar ao convívio social. Todos os animais adotados seguem acompanhados pelos responsáveis do abrigo, como medida para garantir a adoção responsável.

cão shoppingbenficaabrigosaolazaro27Durante os dias de bazar, também serão recebidas doações de ração, medicamentos, produtos para banho de animais, toalhas e lençóis para os bichos, assim como artigos de limpeza. Quem quiser também pode fazer a entrega de material para ser vendido.

Mais informações: Bazar do Abrigo São Lázaro, dias 08 e 09/08/15
Local: Shopping Benfica – Horário: das 10 às 22 h no sábado; no domingo, das 15h às 21h. (85) 3243-1000

12:51 · 05.08.2015 / atualizado às 12:51 · 05.08.2015 por

Rosania Coleira ScaliborO Centro de Controle de Zoonoses de Fortaleza (CCZ) está com 30.000 coleiras Scalibor para distribuição gratuita entre os cães de moradores de bairros com maior incidência de casos de Leishmaniose e entre entidades protetoras de animais na Capital cearense. A ação faz parte do trabalho de prevenção à Leishmaniose canina (calazar) em Fortaleza.

Rosania Ramalho e equipe do CCZ de Fortaleza
Rosania Ramalho e equipe do CCZ de Fortaleza

A coordenadora do CCZ, médica veterinária Rosania Ramalho, informa que no próximo dia 10, segunda-feira, a partir das 14 horas, o CCZ estará promovendo reunião com entidades e protetores
interessados. “Estamos dando preferência aos bairros com maior incidência de casos de leishmania nos últimos anos na Capital. Os agentes de endemias vão nas residências, nos bairros escolhidos segundo esses critérios”, afirma ela.
Os protetores interessados devem estar munidos com o documento de identidade e alguma documentação do abrigo, se houver. Devem especificiar a quantidade de animais e o endereço completo do local onde os cães estão. “Estaremos fazendo cadastramento de todos os protetores no dia 10, para agendamento do trabalho”, disse Rosania Ramalho.
Rosania coleiras wmX-640x480x4-52fe0210e2248cf59d209c0acf1747344325af4f1baa1O encoleiramento dos cães acontece ao longo do mês de agosto. A iniciativa parte do gerente de Vigilância Ambiental do Município, médico veterinário Nélio Moraes. O CCZ é subordinado a este setor.
De acordo com Rosania Ramalho, os bairros escolhidos para o trabalho são: SR I – Barra do Ceará, Cristo Redentor e Jardim Iracema; SR II – Vicente Pinzon; SR III – Henrique Jorge e João  XXIII; SR IV – Parangaba; SR V – Granja Portugal; e SR VI – Passaré.

Mais informações: CCZ de Fortaleza, Rua Betel, nº
2980, Maraponga, Fones: (85) 3131.7849/ 7848/
3467.6112

17:55 · 04.08.2015 / atualizado às 17:55 · 04.08.2015 por

Abrace adoção 1O Centro de Adoção de Animais Abrace está com cães e gatos que precisam de uma nova família.

Abrace adoção 2São lindos animais que, segundo a coordenadora da entidade, Cristiane Angélica, serão entregues vacinados e com castração garantida, quando eles estiveram na idade adequada para o tipo de procedimento veterinário.

Abrace adoção 3As pessoas interessadas devem enviar email para abraceadoteumamigo@gmail.com

O grupo também tem a página no Facebook: Centro de Adoção de Animais ABRACE.Abrace adoção 4

14:02 · 21.07.2015 / atualizado às 17:10 · 21.07.2015 por
Médica veterinária Ceres Berger Faraco é autoridade no tema interação humano-animal
Médica veterinária Ceres Berger Faraco é autoridade no tema interação humano-animal

A médica veterinária Ceres Berger Faraco será a  coordenadora da programação de “Bem-estar e Comportamento”, durante o Congresso Medvep de Especialidades Veterinárias, de 22 a 25 de julho, no Expotrade Convention Center, em Pinhas – Região Metropolitana de Curitiba. Como parte da programação, acontecerá o Simpósio Internacional de Ortopedia, nesta quarta-feira (22) e quinta-feira (23).

Ceres Berger é autoridade no assunto interação humano-animal. A organização do evento nos enviou uma prévia do que ela vai falar durante o evento. Confiram:

Ceres Berges adverte que a falta de socialização com outros animais compromete o desempenho de pets. Ela explica que é preciso atenção para bichos que reproduzem reações de seus donos.

Curitiba. Os bichos de estimação já fazem parte dos lares, mas a convivência exclusiva com humanos pode afetar seu comportamento. “Os animais precisam aprender a conviver com o ser humano, mas sem perder seus instintos. Para isso, é muito importante a orientação veterinária, que explicará as características de cada espécie, principalmente caninas e felinas”, explica Ceres Faraco, coordenadora da programação de “Bem-estar e Comportamento”, palestras que farão parte do Congresso Medvep de Especialidades Veterinárias.

De acordo com ela, é preciso tomar precauções para que não haja uma “humanização” dos animais. “Os bichos acabam reforçando comportamentos dos donos e a interpretação humana é muito prejudicial”, afirma.

cão no sofaA veterinária comenta que impedir o animal de se expressar normalmente traz consequências preocupantes. “Por exemplo, cães que não têm oportunidade de conviver com outros cachorros, não se exercitam, recebem alimentação inapropriada ou são submetidos à procedimentos estéticos excessivos chegam a ter sua saúde física e mental comprometidas”, conta.

Comportamentos nocivos para os bichos são: isolamento social, falta de exercícios, ambiente empobrecido, má alimentação, cuidados de saúde negligenciados, recursos limitados de alimento, água e banheiro. “O problema não está em deixar o animal dormir na cama e sim em não dar condições básicas para seu bem-estar”, observa.

A coordenadora afirma que doenças comuns nos humanos também podem acometer animais. “Por falta de experiências sociais, filhotes e adultos podem desenvolver transtornos de ansiedade, agressividade e se automutilarem por frustração”, alerta.

Segundo ela, as doenças são estudadas há muito tempo, mas foi nos últimos dez anos que ganharam mais atenção. “As doenças se tornam mais significativas na medida em que mais pessoas convivem intimamente com animais e procuram auxílio para resolver questões que perturbam a convivência entre todos”, ressalta.

Ceres Faraco comenta que a melhor forma de prevenção é treinar o animal a ficar tranquilo diante de experiências novas e desafios. “É preciso motivá-lo com atividades diárias e ter convivência social, caso contrário, os bichinhos ficarão ‘hibernando’, ou seja, não corresponderão a nenhum estímulo sem a presença do dono”, explica.

Ela também ressalta que eles podem ter comportamentos e reações exageradas ao enfrentarem novas situações. “Na tentativa de afastar o que perturba, os animais podem ficar ofegantes, buscar insistentemente a proteção do dono, vocalizar, se esconder, entre outras manifestações comportamentais”, salienta.

Congresso Medvep de Especialidades Veterinárias

Congresso-Medvep-de-Especialidades-Veterinárias-20151As novidades do setor veterinário, tanto para lojistas quanto para médicos, serão apresentados em um dos maiores eventos do setor no Brasil, entre os dias 22 a 25 de julho, no Expotrade Convention Center, em Pinhais, na Grande Curitiba: o Congresso Medvep de Especialidades Veterinárias e a Mepvep Pet Fair, feira paralela ao evento voltada para profissionais do mercado pet. “São esperados mais de 6 mil visitantes, que poderão conhecer lançamentos e produtos com as 160 empresas expositoras da feira ou se atualizar em uma das mais de 400 palestras de diversas áreas da veterinária”, conta Dilso Henrique Bloot, um dos coordenadores do Congresso.
Entre os temas discutidos pelos congressistas, a saúde do animal de estimação será um dos focos, com palestras que terão o objetivo de reciclar o conhecimento dos profissionais e discutir novidades ou temas ainda polêmicos nas áreas de Oftalmologia, Homeopatia, Acupuntura, Cardiologia, Fisioterapia, Alergologia, Oncologia, Dermatologia e Nutrição.
Fazem parte da programação do evento o IX Cobov – Congresso Brasileiro de Odontologia Veterinária, o I Convel – Congresso Internacional de Medicina Veterinária Legal e o Simpósio Internacional de Ortopedia.

SERVIÇO: O Simpósio Internacional de Ortopedia ocorre nos dias 22 e 23 de julho, dentro do Congresso Medvep de Especialidades Veterinárias, que vai de 22 e 25 de julho, no Expotrade Convention Center, em Pinhas – Região Metropolitana de Curitiba. Mais informações e inscrições pelo site www.medvep2015.com.br, telefones (41) 3039-1100 e (41) 3039-2867 ou pelos e-mails medvep@medvep.com.br, contato@medvep.com.br e dalmar@medvep.com.br.

13:00 · 15.07.2015 / atualizado às 13:00 · 15.07.2015 por

Que Legal!! As campanhas de castração de animais carentes estão chegando ao Interior do Estado do Ceará. A “Campanha de Castração – Mais animais castrados e menos filhotes abandonados” vai realizar o 1° Mutirão de Castração a baixo custo para cães e gatos no município de Iguatu. Será no próximo domingo, dia 19,  a partir das 8 horas, no Centro de Controle de Zoonose (CCZ)  de Iguatu, situado na Rodovia Adil Mendonça, bairro Fomento.

Os organizadores informam que os machos podem ser castrados a partir dos 5 meses e as fêmeas a partir dos 3 meses. “Teremos uma excelente equipe de médicos veterinários que realizarão as cirurgias de castração, com total responsabilidade, desde a chegada do animal, ao acompanhamento na sala de cirurgia, até a saída. Com anestesia geral, o animal não sentirá nenhuma dor e sairá medicado com anti-inflamatório e antibiótico e pomada no local da cirurgia , e acompanhamento do animal ao longo do pós operatório até a retirada dos pontos da cirurgia”, informam os organizadores.

Ligue e cadastre-se no (88) 9855.3728 ou (88) 9926.0143

Faça sua parte e castre seu animal de estimação.

Atualmente, no Brasil, existem cerca de 50 milhões de cães e gatos abandonados. Não há lares para todos!

Campanha de castração 11707509_1133676606648516_5241056777204633691_n