Busca

Categoria: Saúde Animal


19:25 · 28.09.2015 / atualizado às 19:25 · 28.09.2015 por

Evento reunirá gastronomia, entretenimento e serviço para pets e seus humanos

São Paulo. Nos dias 3 e 4 de outubro acontecerá a primeira edição do Virada Animal. O projeto tem por objetivo chamar a atenção do público para a causa animal e para a necessidade de toda forma de ajuda aos pets.

Virada animal image0063Idealizado pela organização sem fins lucrativos 4Cão, o evento irá reunir gastronomia, entretenimento, compras e diversão para gente que ama bicho e bicho que ama gente. Serão dois dias de shows, boa comida, informações relevantes sobre o setor, e muita ajuda, incluindo a feirinha de adoção virtual.

Tudo vai acontecer ambientado por food trucks, bike foods e barracas de comidas para todos os gostos no estilo de feirinha de rua.
Durante todo o evento haverá venda de produtos e alimentos para os pets com degustação, artesanato, banho entre outras atrações.

No palco principal do Virada Animal, haverá música ao Vivo com a cantora Adriana Sanchez e de vários artistas que apoiam a causa animal. Já estão confirmadas a presença de Dede Soares, Felipe Camara, Folk na Kombi, Nathália Ravak, além do DJ.

cao11Os visitantes poderão participar de aula de Zumba, pista para Game de Dança e fitness interativo. Entre as atrações haverá um desfile de moda com cães da raça Bulldogue, show com estrelas caninas em pistas de acrobacias entre outras atrações.

O Virada Animal tem o apoio da Subprefeitura de Santo Amaro, que aposta no evento para fazer parte da agenda oficial de São Paulo a partir do próximo ano.

Sobre a 4 Cão
Um projeto de Ajuda Animal idealizado por uma protetora independente com experiência em resgates, cuidados, castrações e doações. O Projeto 4CÃO tem por objetivo angariar fundos para a proteção animal em geral, ajudando protetores em seus resgates, favorecendo aqueles que mantêm cães em lares temporários ou hoteizinhos, custeando o tratamento médico veterinário de animais resgatados, fornecendo ração e medicamentos a protetores independentes, promovendo mutirões de castração e vacinação e realizando cirurgias eletivas a preços populares.

Serviço: Evento 1º Virada Animal
Data: 3 e 4 de Outubro de 2015
Horário: 10h às 22h
Local: Avenida Professor Alceu Maynard Araújo – Granja Julieta
Entrada Gratuita

19:26 · 09.09.2015 / atualizado às 19:26 · 09.09.2015 por

Dois cães de criadores de Fortaleza (CE)  estão perdidos. Seus proprietários estão desesperados para encontrá-los. Oferecem recompensa para quem achar!

O primeiro é o “Trovão Faraó”, chamado carinhosamente de “Tutu”! Ele fugiu de sua casa quando o portão da rua foi aberto. Como é de porte pequeno, somente depois a família percebeu a fuga. Agora, todos estão sofrendo muito com a ausência do cãozinho. Seu dono Herbeson Fernandes oferece recompensa!

cão perdido Tutu 11997181_937749322938039_436265518_nO outro desaparecido é o Thor! A sua dona adoeceu, sofrendo com a falta do cãozinho. Ele se perdeu no feriado de 7 de Setembro, numa casa de praia em Mundaú. Usa uma coleira azul.  A família também está desesperada e oferece recompensa para quem o encontrar.

cão perdido thor12002067_883996188345112_7398560433697944390_n

 

08:00 · 09.09.2015 / atualizado às 17:43 · 08.09.2015 por

Parabéns a todos os queridos Médicos Veterinários pela seu dia, 9 de Setembro! Nós que amamos os animais somos muito, muito gratos por todo o trabalho que vocês fazem em proveito da saúde e bem-estar dos nossos queridos cães, gatos, cavalos, jumentos, bois, carneiros, bodes, pássaros, peixes, etc, etc, etc! O que seríamos de nós todos se não fosse a competência de vocês!

E para marcar esta data, confiram abaixo entrevista com o presidente do Conselho Regional de Medicina Veterinária-Ceará (CRMV-Ce), Célio Pires Garcia, também diretor da Faculdade de Veterinária da Universidade Estadual do Ceará (Fave-Uece).

Dr. Célio Pires Garcia, presidente do CRMV-CE e diretor da Favet-Uece / Fotos: Kid Júnior
Dr. Célio Pires Garcia, presidente do CRMV-CE e diretor da Favet-Uece / Fotos: Kid Júnior

1 – O que comemorar no Dia do Veterinário? Quais os bons motivos da profissão no Ceará?

Dr. Célio Pires Garcia: Foi no dia 9 de setembro de 1933, através do Decreto nº 23.133, que o então presidente Getúlio Vargas criou uma normatização para a atuação do Médico Veterinário e para o ensino dessa profissão. Em reconhecimento, a data passou a valer como o Dia do Veterinário. A Medicina Veterinária é uma profissão que vem assumindo uma posição de destaque na sociedade em função da amplitude da sua área de atuação. Se levarmos em conta a importância do Médico Veterinário na saúde pública, no controle e erradicação de zoonoses, na inspeção e tecnologia dos produtos de origem animal, na reprodução e na produção animal, na clínica e cirurgia de animais e em outras atividades inerentes à profissão, podemos concluir ser esse profissional indispensável ao bem-estar da sociedade. Quando um cidadão vai ao supermercado comprar um produto cárneo, um produto lácteo, ovos, embutidos ou qualquer outro produto de origem animal, isso só é possível devido à participação do Médico Veterinário em todas as fases da produção. Infelizmente uma grande faixa da população desconhece essa amplitude de atuação do Médico Veterinário e, por conseguinte, não tem como mensurar a importância desse profissional para a sociedade.

2 – Quantos veterinários existem no Ceará? (Capital e Interior)

Dr. Célio: O Ceará conta com 1.514 Médicos Veterinários inscritos e considerados atuantes pelo Conselho Regional de Medicina Veterinária. Se levarmos em conta que o ensino da Medicina Veterinária iniciou-se no Ceará em 1963 com a criação da Faculdade de Veterinária (Favet), hoje pertencente à estrutura funcional da Universidade Estadual do Ceará (UECE) e, permanecendo até hoje como o único curso de Veterinária público do Estado do Ceará. O qual permaneceu como único curso até 2007 quando foi criado o Curso de Medicina Veterinária, particular, da Faculdades INTA, em Sobral. Portanto, com o surgimento de novos cursos e a formação anual de um maior número de profissionais, acreditamos que em um curto espaço de tempo este número sofrerá significativos crescimentos. Observa-se que um grande número de profissionais Médicos Veterinários está na Capital. No entanto, temos uma atuação muito forte no Interior, o que faz do Estado do Ceará um dos grandes produtores de leite no cenário nacional, sem contar com a produção de ovos, frango de corte, produção de caprinos, de ovinos, carne suína e outros.

cão shoppingbenficaabrigosaolazaro3 – É verdade que a maioria está em pequenos animais (pets)?

Dr. Célio: Segundo dados oficiais, a indústria pet brasileira foi responsável por um faturamento de mais de R$ 16 bilhões em 2014, crescimento de 10% sobre 2013 e segundo lugar absoluto no mercado mundial, atrás apenas dos Estados Unidos. As exportações acompanharam esse crescimento, e movimentaram U$ 269,3 milhões em 2014, contra cerca de U$ 4 milhões de importações. O Brasil é o quarto país no ranking de população de animais de estimação no mundo, com 132,4 milhões de pets. Esse contingente movimenta um setor que, em 2014, chegou a ocupar 0,38% do PIB nacional, número superior àqueles das geladeiras e freezers, componentes elétricos e eletrônicos e automação industrial. As vendas de Pet Food continuam sendo a maior fonte de receita, ocupando 66,9% do faturamento do ano passado, seguidas por Pet Serv, com 17,8%. Pet Care representou 8% e Pet Vet, 7,3%. Por se tratar de um mercado atuante e ainda bastante promissor, tem despertado um grande interesse por parte daqueles que fazem o ensino da Medicina Veterinária e seus estudantes. Evidentemente, que os dados citados tem uma grande influência na oferta de empregos e no estímulo à implantação de um próprio negócio.

Bovinos na Favet-Uece
Bovinos na Favet-Uece

4 – Quais as áreas de interesse mais crescentes na Veterinária?

Dr. Célio: A Clínica e Cirurgia em pequenos animais pelas razões já relatadas representam uma importante fatia no mercado de trabalho do Médico Veterinário. No entanto, a saúde pública, a produção animal, a inspeção, a atuação em laboratório de auxílio ao diagnóstico, a atuação no mercado de produtos e medicamentos de uso veterinário, a iniciativa privada, a inspeção dos produtos de origem animal, o ensino e a pesquisa, são algumas das atividades desenvolvidas pelos Médicos Veterinários que têm apresentado um crescimento significativo do Ceará.

5 – Como o Sr. avalia a Medicina Veterinária praticada no Ceará?

Dr. Célio: Primeiramente devemos verificar que o Ceará tem um curso de Medicina Veterinária público, Faculdade de Veterinária da Universidade Estadual do Ceará, com o maior conceito de avaliação do Ministério da Educação, através do ENAD, com nota “5” e um Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias, com mestrado e doutorado, onde foram titulados 317 Mestres e 92 Doutores, tendo obtido a segunda maior nota da CAPES (6,0) nas duas últimas avaliações trianuais. No âmbito privado temos a Faculdade INTA em Sobral, a FATENE em Caucaia e a Faculdade Cisne em Quixadá, todas com uma estrutura muito bem montada e com um corpo de professores de boa titulação. Isso reflete diretamente na qualidade da Medicina Veterinária praticada no Ceará, onde encontramos, nas diversas áreas, profissionais do mais elevado nível técnico e científico, contando com estruturas e recursos bastante avançados, especialmente na linha pet onde temos clínicas veterinárias de pequenos animais, laboratórios de auxílio ao diagnóstico que não deixam a desejar quando comparados com outros centros mais desenvolvidos. Quando direcionamos para a produção e reprodução de grandes animais, verificamos que o Ceará tem quatro produtores de leite entre os 15 maiores do país. A Medicina Veterinária tem um domínio excepcional sobre a reprodução dos animais, podendo ser observada essa afirmação pelo uso da Inseminação Artificial, Transferência de Embriões, Fecundação In Vitro, clonagem, transgênese, praticadas não só em nível experimental como em propriedades de criação e exploração de bovinos, eqüinos, caprinos, ovinos e até em cães. Portanto, em alguns segmentos da Medicina Veterinária os profissionais do Ceará são tidos como referência e exemplo para todo o país.

Anita 10421958_928553067156975_2143918251552782523_n6 – O setor pet é um dos que mais crescem no Brasil. Como o Sr. avalia a Medicina Veterinária no Ceará voltada para pequenos animais (especialmente cães e gatos). As clínicas se equiparam aos grandes centros do País?

Dr. Célio: Temos várias clínicas com estrutura de atendimento, com aparelhagem e equipamentos que se equiparam às existentes nos grandes centros do país. Além dessas modernas e eficientes estruturas, a Medicina Veterinária conta com um grande número de profissionais, nas diversas especialidades, com elevado nível de capacitação e titulação. Quando se observa as diversas especialidades praticadas nas clínicas veterinárias, tais como, odontologia, oftalmologia, ortopedia, cardiologia, diagnóstico por imagem, laboratório de diagnóstico patológico, diagnóstico e outras, pode-se evidenciar o desenvolvimento da Medicina Veterinária.

7 – Quais as prioridades do CRMV-CE?

Dr. Célio: O CRMV-CE tem como missão a defesa intransigente da sociedade através da fiscalização do exercício profissional e retirando do mercado os maus e os falsos profissionais. Ao exercer essa função o Conselho Regional de Medicina Veterinária trabalha na preservação da saúde pública, na segurança alimentar e na qualidade dos alimentos. Temos tido uma luta insana contra os falsos profissionais, sobre os quais nos chamamos a atenção da população que exija as credenciais de qualquer pessoa que atenda o seu animal. Somente o Médico Veterinário tem a competência e a habilidade para tratar as doenças dos animais. Desconfiem daqueles que praticam preços muito baixos ou realizam promoções. Muitas vezes o consumidor está sendo ludibriado e colocando em risco a saúde e vida do seu animal de estimação. Associado a essa função de fiscalizar o exercício profissional, o CRMV-CE tem por finalidade promover a Medicina Veterinária através da promoção da educação continuada, acompanhamento do ensino, do cadastramento e regularização das empresas e o registro dos respectivos responsáveis técnicos.

9 – Quais os desafios a vencer na Medicina Veterinária do Estado?

Dr. Célio: O grande desafio da Medicina Veterinária do Ceará é continuar crescendo de forma organizada e responsável, com o surgimento de novos cursos, primando pela qualidade do ensino, dos serviços prestados e principalmente, respeitado o código de ética e os direitos da população.

Mais informações: Conselho Regional Medicina Veterinária, Rua Dr. José Lourenço, 3288 – Joaquim Távora, Fortaleza (CE), telefone (85) 3272-4886 / www.crmv-ce.org.br

17:59 · 06.08.2015 / atualizado às 18:02 · 06.08.2015 por

Uma ação solidária em prol dos animais do Abrigo São Lázaro acontece neste fim de semana, sábado, 8, e domingo, 9. A Camila Garcia, do Shopping Benfica, nos informa. Confiram:

cão shoppingbenficaabrigosaolazaroFortaleza. Neste sábado, 8, e domingo, 9, voluntários do Abrigo São Lázaro, que cuidam de cachorros e gatos carentes, promovem o 3º Bazar no Shopping Benfica. O evento visa a arrecadar dinheiro para saldar as dívidas da ONG com clínicas veterinárias e dar sequência ao trabalho de resgate e cuidado com os animais. O bazar irá funcionar das 10 às 22 horas no sábado, e no domingo, das 15 às 21h.

cão bazar lazaroNos dois dias, serão comercializados, a preços populares, roupas, calçados, livros e artigos domésticos que foram doados por pessoas que se sensibilizam com a causa. Além do material doado, também será possível adquirir peças feitas pelo abrigo, como camisas estampadas com as fotos dos animais acolhidos.

Todo o valor arrecadado com as vendas será revertido para o pagamento de contas com clínicas veterinárias e serviços básicos de manutenção do abrigo. O montante também será usado para os cuidados de saúde dos bichos e para as despesas com material de higiene, alimentação.

O Abrigo São Lázaro foi criado em 1993 com a missão de possibilitar uma vida digna a cachorros e gatos vítimas de maus-tratos e em estado de situação de rua. Além dos animais que são acolhidos por voluntários, outros são deixados no local, onde recebem tratamento médico, alimentação, banho e o principal, muito carinho.

cão shoppingbenficaabrigosaolazaro15Quando recuperados, os animais participam de eventos de adoção, quando têm mais uma chance de voltar ao convívio social. Todos os animais adotados seguem acompanhados pelos responsáveis do abrigo, como medida para garantir a adoção responsável.

cão shoppingbenficaabrigosaolazaro27Durante os dias de bazar, também serão recebidas doações de ração, medicamentos, produtos para banho de animais, toalhas e lençóis para os bichos, assim como artigos de limpeza. Quem quiser também pode fazer a entrega de material para ser vendido.

Mais informações: Bazar do Abrigo São Lázaro, dias 08 e 09/08/15
Local: Shopping Benfica – Horário: das 10 às 22 h no sábado; no domingo, das 15h às 21h. (85) 3243-1000

12:51 · 05.08.2015 / atualizado às 12:51 · 05.08.2015 por

Rosania Coleira ScaliborO Centro de Controle de Zoonoses de Fortaleza (CCZ) está com 30.000 coleiras Scalibor para distribuição gratuita entre os cães de moradores de bairros com maior incidência de casos de Leishmaniose e entre entidades protetoras de animais na Capital cearense. A ação faz parte do trabalho de prevenção à Leishmaniose canina (calazar) em Fortaleza.

Rosania Ramalho e equipe do CCZ de Fortaleza
Rosania Ramalho e equipe do CCZ de Fortaleza

A coordenadora do CCZ, médica veterinária Rosania Ramalho, informa que no próximo dia 10, segunda-feira, a partir das 14 horas, o CCZ estará promovendo reunião com entidades e protetores
interessados. “Estamos dando preferência aos bairros com maior incidência de casos de leishmania nos últimos anos na Capital. Os agentes de endemias vão nas residências, nos bairros escolhidos segundo esses critérios”, afirma ela.
Os protetores interessados devem estar munidos com o documento de identidade e alguma documentação do abrigo, se houver. Devem especificiar a quantidade de animais e o endereço completo do local onde os cães estão. “Estaremos fazendo cadastramento de todos os protetores no dia 10, para agendamento do trabalho”, disse Rosania Ramalho.
Rosania coleiras wmX-640x480x4-52fe0210e2248cf59d209c0acf1747344325af4f1baa1O encoleiramento dos cães acontece ao longo do mês de agosto. A iniciativa parte do gerente de Vigilância Ambiental do Município, médico veterinário Nélio Moraes. O CCZ é subordinado a este setor.
De acordo com Rosania Ramalho, os bairros escolhidos para o trabalho são: SR I – Barra do Ceará, Cristo Redentor e Jardim Iracema; SR II – Vicente Pinzon; SR III – Henrique Jorge e João  XXIII; SR IV – Parangaba; SR V – Granja Portugal; e SR VI – Passaré.

Mais informações: CCZ de Fortaleza, Rua Betel, nº
2980, Maraponga, Fones: (85) 3131.7849/ 7848/
3467.6112