Busca

Tag: Agility Show


14:39 · 22.09.2017 / atualizado às 14:52 · 22.09.2017 por

Fim de semana está recheado de atrações para os animais de estimação! De hoje, 22, a domingo, 24, acontece uma ampla programação gratuita para seu pet durante a Vila Pet – Feira de Negócios e Entretenimento de Pequenos Animais, de 16h às 22h no Salinas Shopping. O evento é realizado pela ONG União Comunitária Jacira Mendes Oliveira, com patrocínio da Royal Canin e organização da Result Eventos.

O consultor em comportamento canino, Olivier Soulier, dará dicas de adestramento e apresentará Agility e Frisbeedog

O consultor em comportamento canino, Olivier Soulier, é uma das grandes atrações da programação. Ele estará neste sexta e amanhã, oferecendo dicas de adestramento e apresentando seus cães em Agility, frisbeedog.”Vamos fazer apresentações de obediência, truques, Agility e um pouco de frisbeedog. Vamos debater sobre dois pontos que determinam o bem-estar de cães e proprietários, na convivência em família e na sociedade. Primeiro, as necessidades básicas dos cães domésticos em termo de atividades ocupacionais e socialização; e segundo, os fundamentos da formação dos comportamentos animais e dos condicionamentos para cria-los ou modifica-los”, explica ele. “Em seguida, irei tirar algumas dúvidas, individualmente, sobre comportamentos específicos, do interesse da plateia”, completa Olivier.

O comportamentalista animal Vladinir Maciel, da Cão Gentil, também estará hoje à noite com seu cão Jacó, apresentando números de show dog. E no domingo, as dicas de comportamento animal serão dadas pelo também consultor animal, André Damasceno, da Ada Trainning.

Veterinários da Prefeitura de Fortaleza, integrantes do Centro de Controle de Zoonose (CCZ), coordenado pela Dra. Rosânia Ramalho, estarão também na Vila Pet, conversando com o público sobre saúde animal e oferecendo vacinação anti-rábica.

A programação também traz o Concurso de Mister e Miss Pet e desfiles de moda. Os que desejam a participação do seu animal no Concurso Mister Miss Pet, é só acessar http://www.vilapet.net/ingressos/ e preencher o cadastro. Lá está todo o regulamento do concurso. Para mais informações, ligar no 9.8893-8955. E para ser um expositor, contactar o telefone 9.8417-1717 ou no email result@resultonline.com.br.

Para o diretor-presidente da Pet Distribuidor, representante exclusivo da Royal Canin no Ceará, Sérgio Henrique Gurgel Leite, o mercado pet está crescente, devido ao novo status que o animal de estimação ganhou nas famílias. “A afetividade com o animal de estimação os tornou membro da família. Dessa forma busca-se o melhor para o animal de estimação”, afirma o empresário.

Um dos grandes destaques da feira será a participação das Organizações Não Governamentais Abrace (cães), Deixa Viver (gatos) e Grupo de Proteção Animal (GPA – gatos), que estarão com cães e gatos para adoção. As instituições levarão, por dia, cerca de 40 animais, Sem Raça Definida (SRDs), para que ganhem novos lares e famílias. A presidente da Abrace, professora Cristiane Angélica, destaca que é objetivo da ONG encontrar famílias responsáveis para acolher os animais resgatados pela entidade em situação de abandono. Os animais disponibilizados para adoção pelas entidades são vacinados, vermifugados e castrados (caso já estejam na idade certa para este procedimento).

No domingo, a Revista Bem-Estar Animal, do Diário do Nordeste, estará presente ao evento, com distribuição de sua segunda edição, que traz como reportagem de capa o grande evento cinófilo internacional Américas e Caribe, que acontecerá em maio de 2018, no Centro de Eventos do Ceará, com a participação de mais de 1.000 cães de diferentes raças e países.

Segunda edição da Revista Bem-Estar Animal será distribuída na Vila Pet no domingo

Royal Canin traz a Mostra de Gatos, com participação de alguns criadores de raças felinas como Eliezer Albuquerque, do Gatil Sekhmet, especializado em Persas bicolores, vans e sólidos. No domingo à tarde, a médica veterinária Ticiana Franco estará palestrando sobre comportamento felino.

Durante os três dias de Vila Pet, os papais e mamães dos queridos animais terão a oportunidade de conhecer diferentes marcas e diversos tipos de alimentação que são oferecidos pelo mercado. Empresas como Spectrum Brands, Granado, Sanremo, Pethy Group, Uricat, Citrosafe e Laboratório Brouwer estarão com expositores no evento, além da participação da maior fabricante de produtos animais do mundo, a Royal Canin, que levará toda a sua linha específica para raças e terapêutica (produtos para animais com problemas de saúde).

As empresas participantes são: Pet Distribuidor/Royal Canin; 100% Pet; Petstory; PetPlace; DusPet; Patas e Manhas; Hotel Zoo; Plantão Pet; Residence Pet Care; e Frozen Pet.

MAIS INFORMAÇÕES: Vila Pet – de 22 a 24/09Salinas Casa Shopping, Av. Washington Soares, 909. de 16h às 22h. Entrada franca. (85) 9 8888.8899/ 9 8157.4929. Inscrições para os adestramentos, desfiles e concurso já abertas no site : www.vilapet.net

18:45 · 20.12.2016 / atualizado às 09:49 · 11.01.2017 por

Com o invejável título de Campeão Brasileiro de Adestramento (Ano 2014), o cearense André Damasceno decidiu aplicar toda a sua experiência em comportamento canino em um empreendimento que já está conquistando a preferência de muitos criadores do Estado do Ceará.

Andre damasceno 15451323_1358774604172685_1662383853_n
Crédito: Arquivo Pessoal

No Município do Eusébio, ele abriu o Hotel Escola de Adestramento ADA Training, que oferece completa infraestrutura para o lazer dos cães dos mais variados portes. Com o feriadão chegando, o novo espaço já está pronto para receber os pets.

O Hotel Escola conta com um pet shop, dotado de área para embelezamento canino; canis para cães de pequeno, médio e grande portes; campos para treinamento e recreação dos animais; piscina de bolinhas; e área com alguns equipamentos para a prática do Agility Show (corrida entre obstáculos).

O empreendimento oferece variados serviços para criadores de cães como Táxi Dog, hospedagem, aulas de adestramento, day care e pet hotel.

andre damasceno 15494125_1358774564172689_517381408_n
Crédito: Arquivo Pessoal

Para o feriadão de Natal e Ano Novo, o ADA Training já está esperando novos hóspedes caninos. “No feriadão estamos aceitando novos hóspedes. Temos uma ampla área para recreação e garantimos cuidados com profissionais qualificados. Diariamente, enviamos vídeos para os clientes acompanharem como estão seus cães”, afirma ele.

Como o Hotel Escola dispõe de ampla área de lazer seguro para os cães, muitos grupos de raças já realizaram seus encontros nas instalações. O lugar também sedia a Associação dos Adestradores do Ceará e tem servido para as aulas práticas de cursos para estes profissionais, bem como o Curso de Handler promovido pelo Kennel Clube do Ceará.

Os preços dos serviços são variados, conforme o tipo de atividade que o cão realizará. Para saber os valores, os interessados podem ligar para lá.

andre damasceno 15555939_1358774727506006_1203968491_n
Crédito: Arquivo Pessoal

MAIS INFORMAÇÕES: Hotel Escola de Adestramento ADA Training, Rua das Violetas, 501, Mangabeira, Eusébio. (85) 9 8414.9880/ 9 9937.7750

 

10:20 · 10.12.2016 / atualizado às 10:20 · 10.12.2016 por

Acontece neste sábado, 10, o 1º FestPet Animalzão, na Praça da Comunicação, em Aracati, com ampla programação para quem gosta de animais de estimação. O evento é gratuito e tem caráter beneficente. É realizado em parceria com a Apada, única entidade protetora dos animais no município. A protetora Rita Moura, da Apada, informa que haverá feira de adoção e eles estarão recebendo doação de rações e remédios para os animais assistidos pela ONG.

FestPet15355604_1600321659981780_1542814579710774387_nUma parte da programação será com o comportamentalista animal, Olivier Soulier. Ele vai apresentar os serviços realizados em seu Espaço Canino EAOS (com sede em Fortaleza), tais como adestramento, modificação comportamental e treinamentos de esportes caninos. Olivier também vai anunciar o novíssimo “Curso de Comportamentos e Adestramentos Caninos” do EAOS. “A programação acontece de 15h30min até 19h30min, sejam todos bem-vindos!”, convida Olivier.

O FestPet Animalzão será uma verdadeira festa de cães e gatos. Também haverá desfile do mais belo cachorro, feira de adoção, palestras com veterinário, Eduardo Gomes Bezerra e apresentação dos cães adestrados por Oliviver, entre outros. O evento é gratuito quem ainda quiser se inscrever para o desfile logo mais procura o Pet Shop e Centro Veterinário Animalzão de Aracati e Icapuí.

Olivier Boss 13275770_1363763296970952_116447125_nMAIS INFORMAÇÕES: 1º FestPet Animalzão, em Aracati, sábado,10, na  Praça da Comunicação (Praça da Caixa D’água). de 15h30min às 19h30min. Gratuito. A Apada estará recebendo doação de ração e remédios. Os participantes podem levar as doações e entregar à ONG no local.
https://www.facebook.com/events/888087027992529/

11:47 · 28.09.2016 / atualizado às 11:47 · 28.09.2016 por
Olivier Soulier é comportamentalista animal e praticante de Agility Show com seus cães Border Collie
Olivier Soulier é comportamentalista animal e praticante de Agility Show com seus cães Border Collie

A Escola de Adestramento Olivier Soulier (EAOS) está com inscrições abertas para dois cursos imperdíveis. O primeiro acontecerá de 17 a 19 de novembro, “Freestyledog e Showdog”,  a ser ministrado pela autoridade nesses esportes caninos, Arthur Wollmann Soares. O segundo curso é em “Agility Show”, que será ministrado pelo também renomado no esporte,  Aurélio Schubert.

O comportamentalista animal Olivier Soulier, proprietário da EAOS, explica que mais de 90% dos problemas de convivência dos cães em família, com outros animais ou na sociedade em geral são devido à falta de atividades ocupacionais e de socialização adequadas para os mesmos. “Educá-los brincando é a melhor forma de tornar cachorros sadios, equilibrados, controlados e sociáveis com todos. O Agility, o Showdog e o Freestyledog reúnem todos esses requisitos e muito mais”, afirma ele.

Olivier também cria cães da raças Border Collie e Jack Russel, que são campeões em Agility. “O Agility é um esporte praticado por dupla  de cão e condutor, que deve completar um percurso de obstáculos, comparável ao “jumping” para os cavalos, com o mínimo de faltas e no menor tempo possível. A prática pode ser feita de forma recreativa ou em competições.  O esporte representa ainda a segunda mais importante atividade cinófila da Confederação Brasileira de Cinofilia (CBKC) e da Federação Cinológica Internacional (FCI), depois das exposições de estrutura e beleza, registrando uma forte expansão no Nordeste do Brasil”, explica ele.

olivier cursos3Já o Showdog trata-se de uma sucessão de diversos exercícios adiantados de obediência, verdadeiros truques caninos engraçados e divertidos, culminando em comportamentos muito bem elaborados que transformam qualquer cãozinho no centro das atrações em aniversários, demonstrações para eventos, programas de televisão e até em ator profissional na frente das câmeras para propagandas, novelas, séries e cinema. “É o cartão postal do adestramento, um dos destaques no cartão de visita do adestrador”, destaca Olivier.

E o Freestyledog é a atividade em que o treinador e seu cão realizam uma performance artística em conjunto – coreografia de dança ou encenação, com ou sem música. Em todas essas práticas esportivas, o cão é bastante treinado em obediência a comandos. “O treinamento para a obediência canina prevê métodos e técnicas corretas para desenvolver a docilidade, bem como habilidades para melhorar a comunicação e a convivência entre os animais e seus tutores humanos”, diz ele.

olivier cursos4 anderssonlovisaOs cursos na EAOS têm como público-alvo todos os criadores de cães, que queiram oferecer aos seus pupilos momentos de bem-estar, lazer, esporte e obediência. Também é voltado para os profissionais que trabalham como cães, tais como adestradores, handlers, veterinários, assistentes de veterinários e cuidadores. Eles irão conhecer as técnicas mais modernas em treinamento canino.

Os cursos têm apoio do Kennel Clube do Estado do Ceará (KCEC) e da Associação dos Adestradores do Ceará (AACE).

MAIS INFORMAÇÕES: Escola de Adestramento Olivier Soulier. Curso de Freestyle e Showdog, de 17 a 19 de novembro; Curso de Agility Show, 20 de novembro. Inscrições abertas (até 15/10, desconto 20%; e até 31/10, desconto 10%). (85)3021.3441 / 9990.85782 / 986994492 (WhatsApp), horário comercial // www.eaos.com.br / Youtube:https://www.youtube.com/user/EAOSOLIVIER

 

 

12:21 · 17.07.2016 / atualizado às 12:21 · 17.07.2016 por
A pedido do Blog Bem-Estar Pet, o Grupo Amigos da Praça fizeram um "test drave" no cachorródromo do Joaquim Távora. Eles aprovaram o equipamento/ Fotos cedidas pelo Amigos da Praça
A pedido do Blog Bem-Estar Pet, o Grupo Amigos da Praça fez um “test drive” no cachorródromo do Joaquim Távora. Eles aprovaram o equipamento/ Fotos cedidas pelo Amigos da Praça

Para alegria dos criadores de cães, Fortaleza já está entre as Capitais que ampliam suas políticas de Bem-Estar Animal. E uma das medidas que comprovam isto é a ampliação de áreas de lazer para cães em praças públicas, os famosos cachorródromos. O prefeito Roberto Cláudio abraçou a causa de coração. Sua administração já construiu seis cachorródromos na Capital cearense, em três Regionais da Cidade (2,3 e 6). E já está programado mais um, no Polo de Lazer da Av. Sargento Hermínio.

cachorrodromo Página-cachorródromo-11138132_1051925651486382_6443693136883473759_n (1)O Diário do Nordeste foi o primeiro jornal do Estado a divulgar movimento em favor da instalação do cachorródromo, por meio de mobilização de criadores de cães na Praça da Ceart, na então Página de Bem-Estar Animal. Na edição do dia 29 de setembro de 2015, o Grupo Amigos da Praça, integrado por Fernanda Soares, Aloísio Jr., Hedlanne Filgueiras e outros criadores lançaram o movimento pelo cachorródromo na Capital. Na ocasião, a vereadora Toinha Rocha se manifestou porque também já tinha projeto nesse sentido. Foi então que depois houve a reunião com o prefeito Roberto Cláudio para definição de políticas públicas em favor dos animais e, agora, a primeira medida já está sendo concretizada, com este novo cachorródromo.

Agora, atendendo um pedido do Blog Bem-Estar Pet, o grupo Amigos da Praça fez um “test drive” no mais novo cachorródromo da cidade, na Praça Joaquim Távora (Regional, II), na Rua Fiscal Vieira/Avenida Pontes Vieira. Os coordenadores Fernanda Soares, Antony Alencar, Hedlane Filgueira, Aloísio Jr. e Isabela Castro, juntamente com os membros do grupo Clarisse Albuquerque, Fabiana Machado, Aline Figueira, Victoria Brígido, entre outros, visitaram a nova área de lazer com seus lindos cães.

Amigos da Praça no cachorródromo da Praça Joaquim Távora: Fernanda Soares, Antony Alencar, Hedlane Filgueira e Isabela Castro
Amigos da Praça no cachorródromo do Joaquim Távora: Isabela Castro, Antony Alencar, Fernanda Soares e Hedlane Filgueira

“A estrutura é muito boa, no que se refere a piso, tamanho e equipamentos. A estrutura e tamanho são maravilhosos”, afirma Fernanda Soares. No entanto, ela admite que a praça ainda não está muito bem frequentada pela população, o que dará mais urbanidade e segurança para os criadores de cães que utilizarem o cachorródromo. O Grupo Amigos da Praça continua a mobilização para instalação de um cachorródromo na Praça Luíza Távora (Praça da Ceart, entre as Avenidas Santos Dumont e Costa Barros), sob administração do Governo do Estado. Eles querem marcar uma audiência junto ao Gabinete da Primeira-Dama do Estado, para viabilizar a reivindicação. Enquanto isso, o Amigos da Praça, com cerca de 30 cães, visita os cachorródromos quando pode, ou uma área próxima à Praça da Ceart, cedida por uma imobiliária.

Uma das grandes entusiastas dos cachorródromos é a coordenadora do Centro de Controle de Zoonose de Fortaleza (CCZ), médica veterinária Rosania Ramalho. Ela observa que a população criadora de cães bem como os grupos de proteção animal devem utilizar mais esses novos espaços de lazer. “Como os cachorródromos são espaços criados relativamente em curto espaço de tempo, as pessoas ainda não estão utilizando adequadamente. As pessoas, hoje em dia, estão morando em apartamentos e os animais pets estão cada vez presentes no cotidiano delas. Então, esses novos espaços de lazer se tornam muito seguros para os cães e para os frequentadores das praças el geral, tanto criadores como não criadores. Lá, eles podem correr livres, leves e soltos, gastarem a energia acumulada durante o dia de clausura. E principalmente em segurança, sem correr risco de serem atropelados”, explica Rosania.

Coordenadora do CCZ, Rosania Ramalho/ Foto: Nilton Novaes
Coordenadora do CCZ, Rosania Ramalho/ Foto: Nilton Novaes

“Convido a todos os proprietários, tutores de cães, ONGs, adestradores para conhecerem os cachorródromos,  planejados e pensados especialmente para os cães e seus proprietários. Podemos desenvolver diversas atividades, tais como aulas de adestramento; Agility Show; encontros de várias raças; ponto estratégico para vacinação contra a raiva e exame para calazar em datas definidas; palestras para os criadores, tutores e interessados; e feira de adoção de cães abandonados. O espaço é de todos, vamos usar com responsabilidade!”, conclama a coordenadora do CCZ de Fortaleza.

Ela explica que o papel primordial do CCZ é trabalhar a prevenção e controle das zoonoses. Os cachorródromos são frequentados por todos os tipos de cães. Tem doenças que podem ser transmitidas por carrapatos, pulgas, vermes e mosquitos, tais como Erliquiose, Babesiose, Leishmaniose Visceral Canina ( calazar) e verminoses. Porém, para prevenir que esses espaços sejam focos dessas doenças, o CCZ, em parceria com as Regionais e com sua equipe especializada da UBV, fará semanalmente borrifação com produtos apropriados, seguros e eficientes para quebrar o ciclo das parasitoses e endemias.

“Em acordo com as Regionais, os cachorródromos serão fechados uma vez por semana para a realização desses trabalhos. Essa política de Bem-Estar Animal, criando esses espaços nas praças de Fortaleza, é uma iniciativa pioneira do prefeito Roberto Claudio, priorizando e reconhecendo a necessidade da atividade física dos animais, o que refletirá na convivência saudável entre os cães e seus tutores”, diz Rosania Ramalho.

cachorrodromo 13695225_1321212794560049_1706027399_n“Os cães e gatos são considerados como entes da família, e como nós, eles também têm suas necessidades físicas e psicológicas que devem ser mantidas em bom estado. A importância desses espaços para desenvolver varias atividades físicas traz inúmeras vantagens, tais como: aceleração do metabolismo, evitando e combatendo a obesidade, aumento da resistência respiratória, auxílio na digestão dos alimentos, prevenção e combate ao estresse, melhoria no tônus muscular e na flexibilidade das articulações, entre outros. Cada cão apresenta características e resistências individuais nas atividades, por isso, é fundamental os limites e os horários adequados nas visitas aos cachorródromos”, observa ela.

Confira os locais com cachorródromos em Fortaleza:

cachorrodromo 13705132_1321215494559779_1420984430_nRegional II

– Praça Joaquim Távora, Rua Fiscal Vieira com Avenida Pontes Vieira

Regional VI

-Praça da Igreja da Gloria (da Assunção), Avenida Oliveira Paiva esquina com Desembargador Gonzaga,  Cidade dos Funcionários

-Praça do Guajiru, Rua Socorro Gomes esquina com Estrada do Guajeru

– Praça Deputado Paulo Benevides, Rua Guarujá esquina com Luiz Carlos Lopes Ribeiro, Messejana

– Praça Ubiratan Aguiar, Rua Jacarandá esquina com Rua B, Cajazeiras

Regional III

– Praça da Regional III, Pássaros Livres, Jóquei Clube

No cachorródromo do Joaquim Távora, há saquinhos para os criadores apanharem as fezes dos animais e descartarem nas lixeiras
No cachorródromo do Joaquim Távora, há saquinhos para os criadores apanharem as fezes dos animais e descartarem nas lixeiras

Dicas importantes aos frequentadores:

– Somente levas os cães sadios, que não apresentem sintomas de doenças infecto-contagiosa, como vômito, diarreia, febre e falta de apetite.

– Evitar levar cães agressores; cães não socializados para ficar em grupo devem sempre usar focinheiras.

– Sempre apanhar as fezes deles e colocar em lixeiras.

– Evitar levar cães com carrapato e pulgas. Utilizar antes produtos no cão que combatem esses parasitas.

Mais informações: CCZ de Fortaleza, Rua Betel, nº 2980, Maraponga, Fones: (85) 3131.7849/ 7848/
3467.6112 / Facebook CCZ de Fortaleza / Grupo Amigos da Praça, Fernanda Soares (85) 996352200cachorrodromo 13689763_1321214741226521_1199498021_ncachorrodromo 13735182_1321215384559790_1224617232_n

Os cães podem praticar agility show nos cachorrodomos
Os cães podem praticar agility show nos cachorródromos
11:00 · 21.05.2016 / atualizado às 11:47 · 21.05.2016 por

Olivier premiação 13236243_1363764216970860_2122290898_nO Estado do Ceará teve excelente participação na II Copa Paraíba de Agility Show, representado por Olivier Soulier, Romeu Alves e os cães das raças Border Collie e Jack Russel. “Terminamos a temporada 2015/2016 com cinco duplas participantes, sendo três na categoria iniciante e duas graduadas no Grau 1”, comemora Olivier, comportamentalista animal e treinador de cães, de origem francesa, que abraçou o Ceará como nova pátria há mais de 20 anos. O Agility é um esporte que reúne duplas de condutor e cão, que correm em pista com obstáculos variados. Vence aquele que realizar o percurso em menor tempo, ultrapassando corretamente todas as barreiras.

Olivier Boss 13275770_1363763296970952_116447125_nNão poderia ser melhor, o resultado da equipe cearense, na sua primeira participação em um campeonato oficial: 9 pistas zeradas excelentes; 6 pistas excelentes; 9 pistas em 1ª colocação; 4 pistas em 2ª colocação; 2 pistas em 3ª colocação. “Fomos Campeões numa categoria e vice-campeões numa outra, vice-campeonato com uma dupla que somente participou de uma das três etapas”, explica ele.

Olivier Bruna 13236172_1363763726970909_347901225_nEstão de parabéns os cães “Loop”, Jack Russell Terrier macho de 3 anos, campeão na categoria iniciante mini; “Bruna”, Border Collie fêmea de 22 meses, vice-campeã na categoria iniciante standard; “Pirata”, Border Collie macho de 4 anos, que perdeu a excelente pontuação na categoria iniciante standard por se graduar, depois da primeira etapa, mas que mesmo assim na sua segunda participação em grau 1 terminou em terceiro lugar, atrás somente de dois cães que depois desses últimos resultados, conseguiram os zerados excelentes que precisavam e vão subir para grau 2 nas próximas provas das quais virão a participar; “Cabotin”, Border Collie macho de 2 anos e meio, que subiu para o grau 1, mas se machucou três dias antes da final e não pode viajar para participar, mesmo assim já tinha conseguido resultados excelentes na categoria iniciante standard nas duas primeiras etapas; E, por fim, “Boss”, (irmão de ninhada de “Cabotin”), que começou a participar somente na segunda etapa, se classificando em terceiro lugar na sua primeira participação e que também deveria ter brilhado nessa última etapa, se não tivesse sido eliminado em razão da equipe ter esquecido de retirar a coleira protetora contra parasitas do seu pescoço durante a prova. “Mas regulamento é regulamento. Aceitamos na boa isso, mas serve de aprendizagem forçada e amarga, para nunca mais errarmos”, admite Olivier.

Oliviver Soulier Jack Russel 13233326_1363762443637704_1678987843_nO Ceará tem muito a reconhecer e agradecer aos seus representantes no Agility Show:  os preparadores e condutores dos brilhantes atletas caninos, que foram Romeu Alves, eficiente e comprometido instrutor e treinador, do EAOS Espaço Canino; e Olivier Soulier, já bem conhecido comportamentalista animal e treinador de cães, de origem francesa, que abraçou o nosso Ceará como nova pátria há mais de 20 anos.

Lembrando que tudo isso ocorreu a quase 700km de Fortaleza, em João Pessoa (PB), necessitando, para cada etapa, de 9 a 10 horas de viagem para chegar lá, antes de um dia de prova e um outro dia de viagem para retornar à Capital Fortaleza.

Olivier Cabotin13245943_1363762956970986_1912720515_n“Começamos no Agility Show em Fevereiro de 2015, com um cachorro em nível iniciante, recebendo do Kennel Clube do Estado do Ceará (KCEC/CBKC/FCI), um convite de última hora para participar da primeira prova de Agility da Paraíba. O KCEC, com a vontade e determinação própria às autoridades cinófilas regionais e ao nosso povo nordestino, decidiu promover o Agility em nosso Estado. O KCEC, sendo um dos mais representativo na cinofilia nacional, com as maiores exposições do país, queria ingressar também no mundo do Agility, segunda mais importante atividade cinófila. O Kennel vislumbra a criação de futuros campeonatos cearenses e o primeiro campeonato nordestino em conjunto com o Kennel Clube do Estado do Pernambuco e o Kennel Clube do Estado da Paraíba”, declara Olivier Soulier.

Mais informações: EAOS Espaço Canino /  Fones (85) 3021.3441/ 9 8699.4492 (whatsapp), 9 9908.5782/ 9 9108.4492. www.eaos.com.br

 

 

09:38 · 11.03.2016 / atualizado às 09:38 · 11.03.2016 por

Fortaleza. Pela primeira vez, o Estado do Ceará forma uma equipe de cães competidores de Agility Show. São os cães do comportamentalista animal Olivier Soulier que, neste sábado, 12, estão participando das competições da II Copa Paraíba de Agility Show, em João Pessoa (PB). Cerca de 50 cães do Nordeste competem nas provas, que exigem agilidade e atenção dos cães e seus condutores, em percursos ultrapassando obstáculos.

Olivier Soulier, com seu Border Collie, está otimista na vitória de seus cães durante a II Copa de Agility Show
Olivier Soulier, com seu Border Collie, está otimista na vitória de seus cães durante a II Copa de Agility Show

Com os cães de Olivier, esta é a primeira vez que o Ceará consegue formar uma equipe de atletas competidores em campeonato de Agility. O Ceará está representado pelo Espaço Canino Olivier Soulier (EAOS), que leva os três cães da raça Border Collie “Pirata”, “Cabotin” e “Boss”, e o Jack Russell Terrier “Loop”, criados e treinador pelo comportamentalista animal, que também é adestrador de cães, gatos e aves e sócio-diretor da EAOS.

Olivier já vem treinando os cães por cerca de um ano e lidera movimento no Estado para formar equipe de cães atletas no Agility. Este esporte, segundo ele, uma vez que é praticado por duplas formadas por cães e condutores, em provas de percursos com obstáculos, tem atraído o interesse de muitos criadores.

O Jack Russel Terrier "Loop" já é campeão em sua categoria. Promete continuar vencendo nas competições
O Jack Russel Terrier “Loop” já é campeão em sua categoria. Promete continuar vencendo nas competições

Os cães do Ceará vão competir em três categorias: “Loop”, na categoria mini iniciante (no ranking da Copa nesta categoria, o cãozinho já está em primeiro lugar); “Boss” e “Cabotin”, na categoria iniciante standart; e “Pirata” vai passar a concorrer na mesma categoria, mas em grau diferenciado.

“Considerando o grau de desenvolvimento das duplas nos treinamentos e competições em tão pouco tempo, nossa expectativa é de conquistar mais títulos na etapa”, aposta Olivier.

“Está aumentando interesse de criadores na prática do Agility Show, mas também como atividade recreativa, outra função deste esporte, tanto para os animais como para os seus “papais” e “mamães”. O esporte é indicado para praticamente todas as raças, cães de médio, pequeno e mini portes. Comumente, vemos mais as raças Border Collie, Labrador, Golden Retriever e Pastor Malinois. Porém é excelente para raças como Schnauzer, Beagle, Pastor de Shetland, entre outros de porte médio, e pequenos e minis, tais como Jack Russel Terrier, Terrier Brasileiro e, mais recente Chihuahua”, explica Olivier Soulier.

O Espaço Canino Olivier Soulier tem pista oficial de Agility Show. Os interessados podem agendar aulas, tanto para formar cães competidores como para apenas momentos esportivos e de recreação.
Mais informações: Espaço Canino Olivier Soulier (EAOS), Fones 85-3021.3441/ 9 8699.4492 (whatsapp), 9 9908.782/ 9 9108.4492.

11:21 · 22.01.2016 / atualizado às 11:25 · 22.01.2016 por

Pela primeira vez no Ceará, o juiz especializado em Agility Show, Aurélio Schubert, ministra, neste fim de semana (dias 23 e 24), curso sobre este esporte, na Escola de Adestramento Olivier Soulier (EAOS), em Fortaleza.

Agility 12571418_1266260166721266_2137681255_nO evento é destinado a todos os criadores de cães interessados. Eles poderão participar com ou sem os animais. Organizado pelo especialista em comportamento canino, Olivier Soulier, e pela médica e criadora da raça Border Collie, Rita Moura, o curso objetiva capacitar os condutores e seus cães, com a meta de, posteriormente, formar uma equipe cearense de competidores.

O Agility é um esporte onde o cão é treinado para correr ultrapassando obstáculos, sob o comando de seu condutor. Muitos pensam que este esporte destina-se mais para raças como Border Collie, Labrador ou Golden Retriever. Mas não. Segundo explica Olivier, todas as raças podem praticar a corrida com obstáculos. Inclusive os cães de pequeno porte como Yorkshire e Chihuahua.

As exigências para participar são: o cão deve estar saudável, com vacinação e controle de pulgas e carrapatos em dia. Também deve ter uma socialização mínima. Cães agressivos e sem controle do condutor não podem participar (eles precisam primeiro passar por adestramento de obediência).

Especialista em Comportamento Canino, Olivier Soulier
Especialista em Comportamento Canino, Olivier Soulier

“O curso é uma excelente oportunidade para conhecer o Agility de “A a Z”. O que é, como funciona, se tem condição de participar, de treinar ou até competir com o seu xodó, quais os benefícios, entre outras informações serão passadas durante o curso teórico e prático”, afirma Olivier.

Ele diz que os benefícios são inúmeros para a saúde do cão e do condutor. Viabiliza a educação, a socialização e equilíbrio psicológico do cão, fortalecendo o vínculo entre a dupla. Além de garantir o bem-estar para ambos. O método segue o reforço positivo no ensino/aprendizagem.

Médica e praticante de Agility Show, Rita Moura, também criadora de Border Collie
Médica e praticante de Agility Show, Rita Moura, também criadora de Border Collie

Rita Moura diz que já pratica o esporte com seus cães. Mas tem interesse em divulgar o Agility no Estado para aumentar o número de praticantes. A meta é que o Estado tenha uma equipe de competidores.

O juiz Aurélio Schubert tem vários títulos nacionais e internacionais, entre eles, o de 3° lugar no Mundial de Agility Show realizado na Noruega em 2007, juntamente com a equipe Midi do Brasil; é instrutor da famosa Amigo Cão, a maior escola de Agility Show do Rio Grande do Sul.

O curso tem apoio do Kennel Clube do Estado do Ceará (KCEC) e da FCM Distribuidora.

Mais informações: Escola de Adestramento Olivier Soulier, (85) 3021.3441/ 9 9908.5782/ 9 86994492.

12:45 · 18.10.2014 / atualizado às 12:45 · 18.10.2014 por

Para quem quer conhecer melhor as aptidões do Border Collie, não pode perder evento neste sábado (18), na Estância Kirst. Confiram!

Fortaleza. O I Encontro da Raça Border Collie do Estado do Ceará será realizado neste sábado (18), na Estância Kirst, localizada no município de Caucaia. A proprietária do local e criadora da raça, Andrea Câmara, diz que o evento é aberto ao público. “É voltado para criadores, proprietários e admiradores da raça Border Collie”, afirma.

RegionalEla explica que é um evento para mostrar toda funcionalidade deste cão, por meio de palestras e demonstrações em pista. Para quem for levar a criançada, haverá espaço infantil com pula-pula, inflável, pipoca e algodão doce. “Vamos ter sorteios de brindes”, diz Andrea.

A programação tem início a partir das 16 horas, com apresentação de Agility Show das Escolas Estância Kirst e EAOS, de Olivier Soulier. Em seguida, acontece palestra sobre Bem-Estar com a médica Karla Renata, da Universidade Federal do Ceará, e tira-teima com o especialista em comportamento animal Olivier Soulier.

Os cães dos canis Estância Kirst e Dunas Flecheiras farão apresentação de Pastoreio. Em seguida, haverá palestra sobre Nutrição, com a veterinária da Purina Pro Plan, Carolina Sales.

Estância Kirst, EAOS e The Dogs farão apresentação de Showdog e Frisbee, seguida de palestra sobre Suplementação, com o veterinário da Vetnil, Océlio Silva. O encontro será finalizado com abertura da pista de Agility Show para a confraternização de todos os participantes.

Regional“Resolvemos promover o evento por vários motivos. O Border Collie é o cão mais inteligente do mundo e mais funcional. O Encontro será para mostrar e divulgar a raça e toda a sua funcionalidade. Muitas pessoas compram um cão desta raça, mas desconhecem o potencial dele, não criam da maneira correta ou não exploram sua capacidade”, explica Andrea.

Por isto, segundo destaca, o Encontro reúne profissionais e informações para enriquecer ainda mais o conhecimento de todos sobre a criação, alimentação,desenvolvimento e estimulação da inteligência do cachorro.

Mais informações:  I Encontro Estadual da Raça Border Collie, sábado (18), 16h, Estância Kirst – Rua Luíza Menezes Muniz, 163 – Mestre Antônio – Caucaia www.Estanciakirst.Com.Br
(85) 3342.3596/ 8846.3596

15:30 · 08.09.2014 / atualizado às 15:30 · 08.09.2014 por

Para quem quer se exercitar e, ao mesmo tempo, se divertir com seu amiguinho peludo, o mais certo é praticar Agility Show. No Ceará, a Estância Kirst inaugurou a primeira pista oficial para a prática deste esporte. Recentemente, publiquei matéria sobre o tema na nossa Página de Bem-Estar Animal (editada toda terça-feira no Diário do Nordeste). Agora, você pode conferir a integra a entrevista com a Andrea Câmara, instrutora e praticante de Agility Show, e proprietária da Estância Kirst, junto com seu marido Ricardo Kirst. Confiram, com fotos de Helosa Araújo:

Regional1 – Como está equipada a pista do Agility na Estância?

Andrea Câmara: Atualmente, a pista de Agility da Estância Kirst é a única no Ceará com padrões e tamanho oficiais regulamentados de acordo com a Comissão Brasileira de Agility (CBA), Confederação Brasileira de Cinofilia (CBKC) e federação Cinológica Internacional (FCI). A pista tem uma área de 800m² (40mx20m) e com todos os obstáculos em tamanhos oficiais. Está apta para prática de campeonatos. Está equipada com todos os obstáculos oficiais para disputa de campeonatos em tamanho e padrões oficiais seguindo todos os critérios de segurança da CBA para que o cão não se machuque. Os obstáculos são os de salto: Salto simples, salto duplo, salto em distância, Muro. O túneis: Túnel Aberto ou Túnel, Túnel Fechado ou Casa. Os de Zona de Contato: Gangorra, Rampa em A ou rampa, Passarela e o Slalom que é considerado o mais complexo, sendo o último obstáculo a ser ensinado.

2 – Quem pode participar?

AC: O Agility pode ser praticado por todas as pessoas e cães de todos os tamanhos e idades, com ou sem raça definida, com ou sem pedigree, mas que sejam sociáveis, saudáveis e aptos a prática de atividade física. Para competir torneios da CBA, o cão deve ter pedigree e ter uma idade acima de 18 meses. Se a competição for no exterior, além dos requisitos anteriores, o cão deverá ser microchipado. Assim, pessoas de todas as idades e tamanhos que estejam aptas à prática de atividade física. Hoje, na Hungria, há o paragility, onde pessoas portadoras de algumas limitações praticam o esporte e, por forçar a pessoa a memorizar o circuito, caminhar e ter uma ligação afetiva com um cão, acredito que, futuramente, será uma iniciativa terapêutica muito importante assim como a equoterapia. Cães de todas as idades, todos os tamanhos, com raça ou sem raça definida, desde que sejam sociáveis, saudáveis e aptos a pratica de atividade física
Regional3 – Como a equipe da Estância foi capacitada?

AC:  Há anos que a equipe Estância Kirst (Ricardo Kirst e Andrea Câmara) vem estudando e fazendo cursos para a prática e ensino do Agility em São Paulo, Paraná e Pernambuco. Muitos foram cursos particulares, específicos e voltados apenas para a equipe da Estância Kirst. Não podemos deixar de destacar o grande apoio e incentivo que recebemos das escolas pernambucanas Canil Oatã Border, de Miguel Vilas Boas e Moab Ordônio, e Canil Woods Nook, de Alexandre Borges, árbitro da CBA.
4 – Vamos ao básico: o que é o Agility?

AC: Agility é um esporte no qual participa uma dupla, condutor e cão. Consiste em a pessoa conduzir o cão por um percurso composto por vários obstáculos numerados sem errar nenhum deles e sem extrapolar o tempo máximo estabelecido para o percurso. Ganha a dupla que for mais ágil (não errar nenhum obstáculo). Mas se houver empate, a dupla que tiver feito o percurso no menor tempo vence. Então, o Agility é, principalmente, uma prova de agilidade.
5 – Qual o objetivo deste esporte?

AC: O objetivo é a agilidade, como o nome já faz menção. A dupla deve fazer o percurso sem errar nenhum obstáculo. O tempo é um fator secundário. Apenas no caso de um empate que vencerá a dupla que tiver feito o percurso no menor tempo.

Regional6 – Como o Ceará se posiciona na prática deste esporte (ainda é muito novidade)?

AC: Apesar de já haver algumas pistas recreativas, o esporte ainda é novidade no Estado do Ceará. A pista da Estância Kirst está na mira da CBA para futuros campeonatos e etapa de circuitos. Como iniciamos nossas atividades há apenas 3 meses, estamos formando alunos a nível de competição para representar o Ceará no Brasil e exterior. Após essa primeira fase de no Ceará ter duplas a nível de competição que daremos início a segunda fase que é a promoção de campeonatos.

7 – O que é preciso para participar desse esporte?

AC: Ter um cão no qual você tenha um laço afetivo. Esse cão ter disposição e saúde para praticar o esporte e ser sociável. E a pessoa ter saúde, estar apta a prática de atividade física e se identificar com o esporte.

8 – Qual a meta da Estância em promover a prática deste esporte?

AC: Nossa meta é formar campeões, promover campeonatos e difundir o esporte. Fazer campeonatos cearenses, nordestino e brasileiro. Estamos trabalhando e preparando mais nossos alunos. Como a prática do Agility ainda é novidade no Ceará, primeiro, vamos capacitar nossos alunos para então realizar e promover campeonatos para que nosso Estado esteja bem representado.
9 – Quais horários, dias e custo para participar do esporte na Estância?

AC: Em um ambiente seguro e familiar, as aulas ocorrem todas as quintas, sextas e sábados, das 8 às 11 horas, e das 15 às 22 horas. O valor é R$ 200,00 por mês, com direito a 3 aulas por semana e o tempo de duração da aula é indeterminado, varia de acordo com a necessidade e resistência da dupla inscrita. Cada aluno recebe uma carteirinha que lhe dá direito a descontos exclusivos nos serviços oferecidos pela Estância e em parceiros. Há sábados que tem confraternização entre os alunos que é o Agility + Churrasco.

Regional10 – Como surgiu o Agility?

AC:  O Agility começou como uma maneira de entreter as platéias durante os intervalos das exposições caninas e demais competições. O que era pra ser apenas um “show do intervalo” acabou fazendo tanto sucesso que se tornou o esporte canino mais praticado no mundo. Inspirada nas provas hípicas, essa atividade requer bastante concentração e habilidade, e claro, quanto mais rápido for feito o percurso, melhor. No Brasil, o Agility se formou realmente no final dos anos 90. A primeira competição oficial aconteceu em São Paulo, no parque da Água Branca, em 1998. A Comissão Brasileira de Agility (CBA) é a responsável pela regulamentação dos campeonatos nacionais e pela participação do Brasil em campeonatos internacionais. A CBA é ligada à Confederação Brasileira de Cinofilia, a CBKC.

15 – Como é a prática desse esporte no Brasil?

AC:  No Sul e Sudeste, o Agility é uma febre. No mundo também, principalmente na Europa e América Latina. No Nordeste, há forte prática em Pernambuco. Mas ainda é um esporte desconhecido.  O Agility é um esporte para família, por isso há um código de ética seguido e respeitado por cada Clube e seus integrantes. Respeito para com o cão e para com o próximo é o que mais se preza e a boa educação. Vestimentas respeitosas e ambiente amigável e familiar. O Agility traz vários benefícios para o cão, o dono e a convivência de ambos. Vou citar algumas. O cão e o dono (condutor) praticam atividade física. O cão gasta energia e libera hormônios do bem-estar em uma atividade prazerosa e, com isso, fica mais tranquilo e equilibrado dentro do lar. No Agility, é natural o cão ter a obediência para seguir os comandos do condutor durante o percurso. Há um aumento do laço afetivo entre cão e dono. O Agility é praticado com estímulos positivo o que torna uma atividade prazerosa. O cão fica mais sociável. O Agility trabalha agilidade e flexibilidade do cão e do condutor. Estimula o raciocínio do cão e do condutor e melhora a coordenação motora.

Mais informações: Facebook Estância Kirst