Busca

Tag: Chihuahua


21:25 · 28.05.2018 / atualizado às 21:25 · 28.05.2018 por

Dez ONGs de proteção animal do Ceará recebem apoio durante o grande evento cinófilo Américas e Caribe 2018, que acontece de 31 de maio a 3 de junho no Centro de Eventos do Ceará. São duas iniciativas: uma da Prefeitura de Fortaleza e sua Coordenadoria de Proteção e Bem-Estar Animal (Coepa); outra do Kennel Clube do Estado do Ceará, juntamente com seis fotógrafos especializados em cães. As ONGs beneficiadas são Abrace, Deixa Viver, Abrigo do Duda, São Lázaro, Abrigo da Estela, Novelo de Lã, Upac, Lar Tintin, GPA e Manda Chuva.

Em cada dia do evento, as ONGs se revezarão no estande oficial da Prefeitura/Coepa, divulgando seus trabalhos e realizando bazar com renda revertida para as atividades de proteção animal de cada entidade (confira cartaz ao lado). A coordenadora da Coepa, Toinha Rocha,  destaca a responsabilidade social na parceria. “Nossa parceria com as ONGs no evento internacional foi, principalmente, para dar visibilidade ao trabalho que essas instituições fazem na defesa e proteção animal. Mostrar que aqueles que criam cães de raças também podem se sensibilizar com os animais sem raça definida que estão, na sua grande maioria, sofrendo, passando fome, sede, calor e sem afeto. Um evento dessa grandiosidade tem que ter seu papel social. A Prefeitura de Fortaleza vai dividir com as ONGs seu espaço para que as mesmas mostrem seu trabalho, conquistem padrinhos e possam vender seus produtos. É a responsabilidade social do evento”.

A presidente da Abrace, Cristiane Angélica, também comemora. “Esse apoio dado pela Prefeitura de Fortaleza às ONGs, através da Coepa, e do Kennel Clube do Ceará e fotógrafos no evento internacional Américas e Caribe, é uma grande vitória para a proteção animal no nosso Estado, e porque não dizer, em nosso País. Por ser um evento de grande projeção, coloca ONGs e protetores ao lado de grandes expositores, abrindo portas para que os animais carentes tenham oportunidade de serem vistos de uma maneira digna. É importante que a proteção animal desperte a compaixão e a atitude das pessoas, e não apenas a piedade. Dessa forma, poderemos dar as mãos e aliar forças em prol do bem-estar animal, trazendo benefícios de forma duradoura e coerente, alinhada ao nosso projeto maior que é lutar em favor dos animais, contra o abandono e os maus-tratos. É a razão e o coração imbuídos de um propósito maior: o amor aos animais“.

Fotografias de arte

Outra iniciativa de grande impacto nesse apoio é a exposição de fotografias de arte, tendo os cães como tema, na autoria dos fotógrafos Nilton Novaes, Bibbo Camargo, Bruno Santana, Johnny Duarte, João Alexandre e Edmilson Reis. São 40 quadros que ficam em exposição durante os quatro dias de evento, disponíveis à venda, com renda revertida para os trabalhos das dez ONGs participantes da programação. Cada imagem configura verdadeira obra de arte em forma de fotografia. Confira a seguir uma pequena mostra, de encher os olhos!

Fotografia de Nilton Novaes

Fotografia de Bibbo Camargo

Fotografia de Bruno Santana

Fotografia de Johnny Duarte

Fotografia de João Alexandre

Fotografia de Edmilson Reis

A Exposição Américas e Caribe 2018  é promovida pela Confederação Brasileira de Cinofilia (CBKC), presidida por Sérgio de Castro, e Federação Cinológica Internacional (FCI), que tem Rafael De Santiago como presidente, com apoio logístico do Kennel Clube do Estado do Ceará (KCEC), tendo na presidência Roberto Bezerra. A Américas e Caribe, presidida por José Luiz Payró, é uma das Seções da FCI.

MAIS INFORMAÇÕES: Exposição Américas e Caribe 2018, de 31 de maio a 3 de junho, a partir das 9h, no Centro de Eventos do Ceará. Entrada gratuita.

12:42 · 27.05.2018 / atualizado às 12:42 · 27.05.2018 por

Tudo pronto para o grande evento cinófilo Américas e Caribe 2018, de 31 de maio a 3 de junho no Centro de Eventos do Ceará. Estão inscritos 1.235 cães de cerca de 100 raças, vindos de diversos países do mundo. Handlers, criadores e cães já começam chegar a Fortaleza. A Confederação Brasileira de Cinofilia (CBKC), que promove o evento, com apoio logístico do Kennel Clube do Estado do Ceará (KCEC), divulgou comunicado confirmando a realização do evento dentro da normalidade, e confiando em solução breve para a paralisação dos caminhoneiros. As exposições têm entrada gratuita.

O grande evento cinófilo é promovido pela Confederação Brasileira de Cinofilia (CBKC), presidida por Sérgio de Castro, e Federação Cinológica Internacional (FCI), que tem Rafael De Santiago como presidente, com apoio logístico do Kennel Clube do Estado do Ceará (KCEC), tendo na presidência Roberto Bezerra. A Américas e Caribe, presidida por José Luiz Payró, é uma das Seções da FCI.

O vice-presidente do KCEC, Luiz Eduardo Matos Mendes, diz que os participantes da exposição já se hospedam em hotéis e canis da cidade. Na próxima quarta-feira, 30, serão abertos os acampamentos no Centro de Eventos do Ceará. As exposições acontecem em oito pistas simultâneas, e 41 juízes de diversos países fazem a avaliação dos cães.

O evento conta com patrocínio e apoio da Royal Canin, Prefeitura de Fortaleza, Dra. Myrza Melo, Mundo Pet, Honda Nova Luz, Hiseg Soluções Tecnológicas e Gestart Condomínios.

Confira a programação das Exposições no Centro de Eventos do Ceará, com entrada gratuita:

30/05/2018 (Quarta-feira): Abertura dos acampamentos e credenciamento.
31/05/2018 (Quinta-feira): Exposições especializadas e nacionais de raça, assembleia de delegados da seccional e congresso de juízes.
01/06/2018 (Sexta-feira): Abertura oficial do evento, exposição geral CBKC.
02/06/2018 (Sábado): Exposição geral comemorativa ao aniversário da CBKC.
03/06/2018 (Domingo): Exposição das Américas y el Caribe.

No dia 31, acontecem as Exposições Especializadas. Confira algumas pistas (veja a programação completa no site do evento):

No dia 01 de junho, após a Abertura Oficial do evento, acontece a Exposição Geral. Veja algumas pistas:

No dia 02 de junho, a Exposição Geral marca o aniversário da CBKC. Confira algumas pistas:

No dia 03 de junho, será a vez da Exposição da Seção Américas e Caribe, da FCI. Veja algumas pistas:

 

Mais informações: Exposição Américas e Caribe. FCI/CBKC/KCEC

12:42 · 01.05.2018 / atualizado às 12:42 · 01.05.2018 por

Contagem regressiva meesmoo! As inscrições de cães para o grande evento cinófilo Américas e Caribe 2018 terminam sexta-feira, dia 4. O evento acontecerá de 31 de maio a 3 de junho no Centro de Eventos do Ceará, com mais de 1.000 cães de 100 raças em média.

O grande evento cinófilo é promovido pela Confederação Brasileira de Cinofilia (CBKC), presidida por Sérgio de Castro, e Federação Cinológica Internacional (FCI), que tem Rafael De Santiago como presidente, com apoio logístico do Kennel Clube do Estado do Ceará (KCEC), tendo na presidência Roberto Bezerra. A Américas e Caribe, presidida por José Luiz Payró, é uma das Seccionais da FCI.

O presidente da CBKC, Sérgio de Castro, foi o grande responsável pela decisão de trazer para Fortaleza a Américas e Caribe 2018. E, de acordo com o vice-presidente da CBKC, Fábio Amorim, a Capital cearense foi escolhida para sediar o evento porque possui instalações e logística adequadas. “Além do fato de o KCEC estar realizando exposições caninas com excelente número de cães e elevado profissionalismo há bastante tempo”, destaca ele.

Segundo adianta o vice-presidente do KCEC, Luiz Eduardo Matos Mendes, a programação do evento traz muitas novidades. Já contará com as mudanças de acordo com o novo Regulamento de Exposições da CBKC, uma forma de adequação ao modelo da FCI. E terá, entre outras inovações, a competição em Classes Opcionais (Parelhas ou Duplas; Grupo de Criação; Progênie).

A terceira edição da Revista Bem-Estar Animal, do Diário do Nordeste, a ser lançada durante o grande evento cinófilo, trará reportagens especiais sobre o evento, com entrevistas exclusivas com as presidências da FCI, CBKC, Américas e Caribe e KCEC. Também apresenta todas as novidades da programação.

Luiz Eduardo garante que o público conferirá ampla programação de desfiles de cães, em pistas gerais e especializadas de raças; apresentações de adestramentos nas modalidades Dog Show (Border Collie) e Segurança (Pastores Alemão e Belga de Malinois) nos intervalos das competições, além de  contar com uma completa infraestrutura de arquibancadas com 600 lugares; área para acampamento dos handlers e cães; três praças de alimentação; atendimento veterinário de urgência 24h para os cães participantes; e muito mais. Tudo isso em ambiente climatizado 24h.

Os criadores e proprietários de cães terão seus animais avaliados por um quadro de árbitros da FCI, de alta excelência, oriundos de países como Estados Unidos, Suíça, China, Bulgária, México,  Argentina, Costa Rica, Peru, Uruguai, Chile, entre outros.

Podem participar cães com pedigree, a partir de 4 meses e um dia de idade. Cerca de 12 raças já confirmaram presença para as Exposições Especializadas: Akita, Australian Cattle Dog, Boxer, Buldogue Campeiro, Buldogue Francês, Chihuahua, Dálmata, Fila Brasileiro, Mastiff, Pastor Alemão, Rottweiler, Spitz Alemão e Staffordshire Bull Terrier.

Entre as novidades da programação, será o anúncio da criação do Conselho Brasileiro da Raça Chihuahua (CBRC), oficializado recentemente pela CBKC, tendo como presidente a criadora e juíza cinófila, Paloma Pegorer, e na vice-presidência o criador e diretor do Kennel Clube do Estado do Ceará (KCEC), Benon Linhares.

A Confederação Brasileira de Cinofilia está priorizando a criação de Conselhos de Raças no País. Recentemente também instituiu a Coordenadoria dos Conselhos de Raças, que tem como titular o árbitro e presidente do Doberman Clube de São Paulo, Renato Almada.

Com todas essas novidades, é impossível ficar fora deste grande evento. E se você quer apresentar o seu próprio cão durante as exposições, o Kennel Clube do Ceará promoverá nova edição do Curso Básico para Apresentação de Cães, com certificado do KCEC. Será nesse fim de semana, dias 5 e 6, ministrado pelos handlers Pablo Henrique e Oiram Filho. A aula teórica acontecerá na Universidade Paulista (Unip), na Av. Treze de Maio, 389, no sábado, 5; ficando a parte prática para o domingo, 6, no Hotel Dog Fortaleza, bairro Lagoa Redonda.

Então é correr para as inscrições do Curso e das Américas e Caribe!

MAIS INFORMAÇÕES: Exposições Américas e Caribe (Inscrições no site). Curso Básico para Apresentação de Cães, KCEC 3265.5040. contato@kcec.com.br

 

MAIS INFORMAÇÕES:

14:38 · 23.01.2018 / atualizado às 14:38 · 23.01.2018 por

Criadores de Chihuahua estão se mobilizando no País para criar o Conselho da Raça junto à Confederação Brasileira de Cinofilia (CBKC). Como forma de viabilizar a proposta, a movimentação já começa em nível dos Estados, junto às entidades cinófilas. O Rio Grande do Sul parte na frente, com a criação do Departamento Gaúcho do Chihuahua (DGC), junto à Federação Cinológica daquele Estado (FECIRS). Mas as mobilizações também acontecem em São Paulo, Rio de Janeiro e Ceará, entre outros, para a criação de departamentos estaduais.

O Blog Bem-Estar Pet conversou com alguns criadores e também com a árbitra da CBKC, Paloma Pegorer, especializada na raça. “Temos muitos criadores interessados em fazer a raça crescer em número e em qualidade no Brasil. Vejo com bons olhos essa união e mobilização, acredito que, com o apoio de todos, em breve teremos boas notícias!”, declara ela (confira entrevista completa ao final do texto).

Américas e Caribe

Vale destacar que durante o grande evento cinófilo, Américas e Caribe, de 31 de maio a 3 de junho no Centro de Eventos do Ceará, em Fortaleza, acontecerá, entre as Exposições Especializadas, a da Raça Chihuahua, com a expectativa de reunir cerca de 50 cães. “Não vejo a hora! A Exposição Américas e Caribe será uma importante prévia para a Mundial 2022. Acredito muito no trabalho que o Kennel Clube do Estado do Ceará (KCEC) vem realizando e tenho certeza que será um show memorável onde espero ver muitos chihuahuas!”, afirma Paloma Pegorer.

O maior criador de Chihuahua no Ceará, com cães campeões em pista, Benon Linhares, também está com boa expectativa em relação à Exposição. “Esperamos que esta Exposição Especializada venha chamar a atenção de vários cinófilos e criadores de outras raças para passarem a criar Chihuahuas, tanto como sua raça principal quanto como uma segunda raça, aumentando assim o número de criadores daqui, além de contribuir para que os atuais criadores da raça passem a criar com mais aperfeiçoamento, de acordo com o padrão técnico da raça definido pela Federação Cinológica Internacional (FCI) e suas tendências atuais”, afirma ele, proprietário do Bennetag’s Kennel junto com a esposa Angélica Miranda. Benon também integra a nova diretoria do KCEC, como membro do Conselho Disciplinar da entidade.

Gaúchos na frente

Partindo na frente, o Departamento Gaúcho do Chihuahua (DGC) está assim constituído: Coordenadora, Carla Verrone Souza Lima; Marketing, Karina Carvalho; Tesoureiro, Lucas Monteiro; diretora técnica, veterinária Ana Paula Bina; Divulgação e Arrecadação de Fundos, Perla Fraga.

Criadores durante fundação do Departamento Gaúcho do Chihuahua (DGC), da Federação Cinológica do Rio Grande do Sul (FECIRS)

“O Departamento será uma ferramenta de estudos e conhecimento da raça através de encontros, palestras, cursos e também faremos exposições especializadas e machs. Ainda temos muitas coisas a definir e ajustar mas ficamos felizes em dar este grande passo para a raça”, afirma Carla Verrone.

Como integrante do DGC, Karina Carvalho observa que o Departamento segue a legislação da CBKC/FCI, entidades das quais a FECIRS é filiada. Vale destacar que Karina, junto com a mãe, Heloísa Carvalho, no Canil Wooki, foram consideradas como Melhor Criador de Chihuahua Pelo Longo, de acordo com o Ranking DogShow 2017. O mesmo ranking apontou como Melhor Criador Pelo Curto o Canil R&R Blanche (SP), dos criadores Renato Perestrelo e Adolfo Arrayago.

Sobre a Especializada da Raça em Fortaleza, Carla está otimista: “Acho que a Especializada da Américas e Caribe será uma grande oportunidade onde criadores e proprietários poderão confraternizar, discutir sobre a raça em um evento de tamanha importância”, afirma ela.

Já no Ceará, Benon Linhares informa que os criadores vão postular junto ao presidente do KCEC, Roberto Bezerra, a criação de um Departamento ou Núcleo da Raça Chihuahua.

Paloma Pegorer: otimismo na mobilização

Árbitra da CBKC e criadora de Chihuahua, Paloma Pegorer

Confira a entrevista completa da Árbitra da CBKC, Paloma Pegorer, sobre a proposta de criação do Conselho Brasileiro da Raça Chihuahua (CBRC). Ela é juíza cinófila desde 2012 e atualmente julga cães dos Grupos 4, 9 e 10. Além de Chihuahua cria cães das raças Griffon de Bruxelas e Cão de Crista Chinês no Canil Lapinus de São Roque (SP). Já julgou exposições na Europa e Austrália, o que lhe permitiu ter uma visão global, principalmente da criação de cães de companhia como o Chihuahua.

Blog Bem-Estar Pet – O que você acha da mobilização nacional dos criadores de Chihuahua para fundar o CBRC?

Paloma Pegorer – Temos muitos criadores interessados em fazer a raça crescer em número e em qualidade no Brasil. Vejo com bons olhos essa união e mobilização, acredito que com o apoio de todos em breve teremos boas notícias!

Blog- O que é este Conselho?

Paloma- Um Conselho de Raça é um órgão diretamente ligado a CBKC, responsável pela regulamentação na criação de uma certa raça, organização de exposições especializadas e tudo que possa levar ao crescimento da raça no país.

Blog- O que vai melhorar para a raça?

Paloma – Primeiramente acredito que o intercâmbio de conhecimentos e de linhas de sangue entre os criadores pode contribuir consideravelmente para o melhoramento da qualidade da raça no Brasil. Lembrando que o objetivo é crescimento com qualidade, não nos interessa o aumento do número de cães se a qualidade não acompanhar. Queremos que o Brasil se destaque no cenário mundial de criação da raça chihuahua.

Blog – O que é preciso para criar um Conselho de Raça junto à CBKC?

Paloma – Até pouco tempo bastava provar junto a CBKC que a criação do Conselho seria benéfico para a raça e aguardar a aprovação. Recentemente foram estabelecidas algumas regras.

Blog – Como você avalia a criação de Chihuahua no Brasil?

Paloma – Eu acho que a raça ainda é bastante heterogênea. Vemos em pista muitos tipos diferentes. Houve importações importantes por parte de vários criadores, mas vejo acasalamentos sendo realizados sem muito critério, um pai Best In Show (BIS) com uma mãe BIS não produzirá necessariamente filhotes BIS. Resumindo, acho que temos no país uma base muito boa, com padreadores e matrizes de alta qualidade e das melhores linhas de sangue do mundo. Basta agora, através da união entre criadores, produzir aqui cães tão bons quanto os que foram importados.

Blog – Que orientações você pode dar para os canis recentes na raça?

Paloma – Primeiro escolha um tipo! Vejo canis com cães de linhas e tipos totalmente diferentes e que acabam por não produzir nada especial. Segundo, sejam humildes. Ao invés de importar filhotes sem saber o que vão se tornar, tentem usar alguns excelentes padreadores que já temos por aqui. Terceiro, acredito que para se escolher um cão para fazer parte do plantel, muitas vezes temos que segurar a ninhada inteira para somente depois poder escolher o melhor. A raça muda muito com a idade, muitos filhotes promissores acabam ficando com mordida errada, aprumos ruins… isso é algo difícil de fazer quando se trata de raças grandes, mas é perfeitamente possível com os chihuahuas.

Blog – Para uma boa criação, você acha essencial os cães irem para as exposições cinófilas?

Paloma – Eu acho muito importante mas não é regra. Conheço excelentes criadores que há anos não pisam em uma exposição. Porém, acho essencial para iniciantes, para conhecer pontos de vista diferentes, conhecer outros criadores. Muitas vezes, o cãozinho que temos em casa e que julgamos ser espetacular, quando vai a uma exposição não se sai tão bem assim. As exposiçoes são importante para nos livrar da “cegueira de canil”.

Blog – Quais as principais linhagens de chihuahua desenvolvidas no Brasil?

Paloma – Como eu disse acima, importamos “ de tudo um pouco” para o Brasil. Há alguns anos, só encontrávamos cães de linhas mexicanas e americanas. Já hoje, vejo mais cães europeus (ingleses, italianos, espanhois e russos principalmente). Precisamos focar em um tipo!

MAIS INFORMAÇÕES: Para saber mais sobre o Padrão da Raça Chihuahua, ver CBKC.

14:09 · 19.01.2018 / atualizado às 14:24 · 19.01.2018 por

Atenção cinófilos e apaixonados por cães!! A partir de 1º de fevereiro começam as inscrições pelo Kennel Clube do Estado do Ceará para o grande evento internacional Américas e Caribe, que acontecerá em Fortaleza de 31 de maio a 3 de junho, no Centro de Eventos do Ceará. A programação geral já pode ser conferida no site do evento.

A Exposição das Américas e Caribe é um dos maiores eventos da cinofilia mundial, que após 15 anos volta a se realizar no Brasil. Está prevista a participação de mais de mil cães de 100 raças em média. Serão 8 pistas simultâneas de julgamento, 27 exposições especializadas de raças, 41 juízes convidados e uma estimativa de público de 15 mil pessoas nos quatro dias de evento.

A Confederação Brasileira de Cinofilia (CBKC), presidida por Sérgio de Castro, a Federação Cinológica Internacional (FCI), que tem Rafael de Santiago como presidente, e a Seção Américas e Caribe da FCI, com José Luiz Payro na presidência, realizam as exposições, com apoio logístico do Kennel Clube do Estado do Ceará (KCEC), presidido por Roberto Bezerra.

O vice-presidente do KCEC, Luiz Eduardo Matos Mendes, explica que as principais mudanças no regulamento da CBKC já são válidas para todas as exposições a partir deste ano são: Machos entram antes das fêmeas; volta da Classe Inicial; Filhote e Jovem tiram grupo antes do BIS; Filhote não pode mas ganhar a raça; Jovem agora é até 18 meses (antes era até 15 meses); e criação da Classe Intermédia (que vai de 15 a 24 meses).

Entre as pistas especializadas, estão das raças Akita, American Staffordshire, Basenji, Boxer, Buldogue Francês, Buldogue Campeiro, Chihuahua, Dálmata, Dogue Alemão, Golden Retriever, Pastor Alemão, Pug, Schnauzer Miniatura, Spitz Alemão Anão e Staffordshire Bull Terrier. Cinco raças das Especializadas são chanceladas por seus Conselhos na CBKC. São elas: Australian Cattle Dog, Dachshund, Fila Brasileiro, Rottweiler e Terrier Brasileiro.

Juízes de diferentes países da Ásia, Europa e das Américas foram convidados. Entre eles Barbara Muller (Suíça), David Miller (EUA), Denis Kuzelj (Bulgária), Franki Leung (China), Augusto Benedicto Santes (Filipinas), Gopi Krishnan (Malásia), Ilaria Ciabati (Peru), José Luis Payro (México), Miguel Angel Martinez (Argentina), Eugenio Aguiló (Chile) e os brasileiros Sergio de Castro, Jayme Martinelli, Clarice Oliveira e Gutenberg Soares.

Sobre as inscrições, Luiz Eduardo informa que o KCEC está desenvolvendo um sistema em separado que será acessado por meio do site do evento. “Começará em fevereiro. Vale lembrar que até o dia 4 de abril, a inscrição tem preço menor. Outra coisa importante é a data de encerramento, 4 de maio. Portanto, quatro semanas antes do evento”, ressalta ele.

A Exposição Américas e Caribe tem a Royal Canin como patrocinadora oficial, e a Prefeitura de Fortaleza e Honda Cidade Luz como apoiadores. Outros patrocínios serão divulgados brevemente.

A segunda edição da Revista Bem-Estar Animal, do Diário do Nordeste, já trouxe reportagem especial no ano passado sobre o evento. A terceira Revista será uma edição especial com os principais cinófilos, para circulação dentro do evento.

A infraestrutura do evento contará com 1.200m² de áreas de competição, 350m² de arquibancadas, duas áreas de alimentação, uma praça de convivência, ambulância, brigadistas, seguranças, entre outros equipamentos de infraestrutura, como o ambulatório veterinário, sob responsabilidade do Dr. Daniel Couto Uchoa, que funcionará 24 horas.

Uma novidade realizada pelo KCEC são as aulas gratuitas com os handlers Oiram Filho, Cláudio Cruz e Pablo Henrique, para os proprietários interessados em apresentar os próprios cães nas exposições.

“As aulas gratuitas são uma iniciativa do Kennel com apoio dos handlers. Queremos potencializar a participação dos cães, pois se os proprietários apresentarem também aumenta a possibilidade de participação. Além do que os handlers têm um limite de número de cães que conseguem apresentar”, explica Luiz Eduardo. A primeira aula será no dia 28 de janero, 17h, na Praça da OAB, para todos os Bulls (Inglês, Francês, Campeiro etc).

MAIS INFORMAÇÕES: Exposição Américas e Caribe, de 31 de maio a 3 de junho, Centro de Eventos do Ceará. contato@kcec.com.br / Aberto ao público.

 

 

 

 

americasyelcaribe2018.com.br

14:59 · 01.12.2017 / atualizado às 14:59 · 01.12.2017 por

Neste sábado, 2, integrantes do Grupo Chihuahuas Fortaleza-CE visitam o Lar Amigos de Jesus para doar alimentos para as famílias atendidas pela instituição de caridade. Os alimentos foram arrecadados durante a programação do 3º Encontro de Chihuahuas Fortaleza, realizado no dia 18 passado na Barraca Arpão, Praia do Futuro.

Para participar do sorteio de brindes no Encontro, os participantes doaram 1kg ou mais de alimentos não perecíveis. Cada quilo deu direito a um cupom de sorteio. Durante a programação foram arrecadados cerca de 70 quilos. Até o dia da visita, a meta é chegar a 100kg. No grupo do Whatsapp dos criadores, o pedido de alimentos continua sendo feito e até o momento da visita os participantes podem levar.

O Lar Amigos de Jesus é uma entidade que há muitos anos dedica-se a dar assistência às famílias de crianças que necessitam de tratamento médico. A instituição presta um atendimento humanista, com muito carinho e dedicação às crianças, através de mais de 100 voluntários que trabalham com amor, daí a credibilidade e a seriedade que a casa beneficente transmite aos que acompanham o trabalho, como empresas do porte dos Grupos Pão-de-Açúcar, Shopping Iguatemi, Receita Federal e tantos outros empresários, numa prova de solidariedade ao trabalho comandada pelas irmãs Conceição, Lurdes, Rocilda e voluntária Sandra.

O 3º Encontro de Chihuahua  teve patrocínio da Barraca Arpão e apoio da Royal Canin, Cãopcake, Edukdog, Diário do Nordeste e sua Revista Bem-Estar Animal, VibeBox, Frontline, Animal Line, Sabor e Vida, Beeps, CatChorreiras Store, Roma Pet, Lucas Vinhas, e dos canis especializados em Chihuahua Bennetag’s Kennel, Carvalho Brasil e Nature’s House.

 

MAIS INFORMAÇÕES: Visita ao Lar Amigos de Jesus, neste sábado, 2, 9h. Rua Ildefonso Albano, 3052, Joaquim Távora. (85) 3067.6565. Interessados em doar alimentos podem falar com administradores do Grupo Chihuahuas Fortaleza CE. Entre eles,  Angélica Miranda (85) 8773.2647/ Romário Carvalho (85) 9 8813.7538/ Jéssica Oliveira (85) 9 8771.34.27/ Valéria Feitosa (85) 9 9996.9946/ Érika Fiquer (85) 8854.5414.

14:08 · 11.11.2017 / atualizado às 14:08 · 11.11.2017 por

Acontecerá no próximo sábado, 18, o 3º Encontro de Chihuahuas Fortaleza, a partir das 8h30, na Barraca Arpão, Praia do Futuro. Haverá café da manhã em área reservada da barraca, espaço para socialização dos Chihuahuas e muitos brindes. Para participar do café da manhã, basta doar um alimento (entrar em contato com a organização do evento).

Já para participar do sorteio dos brindes, basta doar 1kg de alimento não perecível. Cada quilo dará direito a um cupom a ser sorteado. Os alimentos serão em prol do Lar Amigos de Jesus.

O evento tem patrocínio da Barraca Arpão e apoio da Royal Canin, Cãopcake, Edukdog, Diário do Nordeste e sua Revista Bem-Estar Animal, VibeBox, Frontline, Animal Line, Sabor e Vida, Beeps, CatChorreiras Store, Roma Pet, Lucas Vinhas, e dos canis especializados em Chihuahua Bennetag’s Kennel, Carvalho Brasil e Nature’s House.

Para marcar este 3º Encontro, o Bennetag’s Kennel levará, entre outros brindes, um bolo temático de três andares, feito especialmente para o evento pela confeiteira Ângela Miranda Bolos. O bolo será para os papais e mamães dos Chihuahuas.

A organização do encontro orienta que, para a socialização dos pequeninos cães ocorrer de forma harmoniosa, os Chihuahuas devem estar vacinados, vermifugados, com controle de pulgas e carrapatos, enfim, com a saúde em dia.

MAIS INFORMAÇÕES: 3º Encontro de Chihuahuas Fortaleza. Sábado, 18. A partir das 8h30. Barraca Arpão, Praia do Futuro. (85) 3262.1946. Angélica Miranda (85) 8773.2647/ Romário Carvalho (85) 9 8813.7538/ Jéssica Oliveira (85) 9 8771.34.27/ Valéria Feitosa (85) 9 9996.9946.

 

15:13 · 29.09.2017 / atualizado às 13:37 · 30.09.2017 por
A Golden “Princesa Sophia” vestida de “Carmem Miranda” ganha a final do Meu Pet na TV Diário”, Programa Tudo Por Elas

Mais um sucesso de audiência foi a final do Concurso Meu Pet na TV Diário, do Programa Tudo Por Elas! Desta vez concorreram as fêmeas, cada uma mais linda do que a outra! Uau… os jurados ficaram numa “saia justa” para eleger a melhor! E a vencedora foi a Golden Retriever “Princesa Sophia” com a fantasia “Carmen Miranda“. Várias raças estiveram representadas: Chihuahua, Maltês, Labrador, Golden, Bull Terrier, Beagle e Yorkshire. Um festival de belezas!

Mais uma vez, palmas para o diretor do Programa Tudo Por Elas, Augusto Abreu, e os apresentadores Nayara Gusmão e Emanuel Sales! Também para os produtores Victor Sousa, Thais Herculano e Diego Moraes! No estúdio, acompanharam os desfiles a gerente comercial da TV Diário, Linda Tavares, e o Assessor de Comunicação do Sistema Verdes Mares, Kiko Barros.

Apresentadores Nayara Gusmão e Emanuel Teles, com jurados e vencedora

Também alguns criadores como Romário Carvalho, do Canil Carvalho Brasil Chihuahua, a empresária da Branquela Fashion Pet, Dely Nicolete, e os “papais” das concorrentes, como Márcio Tanaka, da Chihuahua “Ruah”, apresentada por sua mamãe Jéssica Oliveira Silva. A pequena “Ruah” vestiu-se de “Bailarina” e representou muito bem a raça na passarela, com sua saia de tule rosa e peitoral bordado com seu nome e pedrinhas brilhosas. Um Charme!

Outro destaque foi a Golden “Maya”, apresentada por sua mamãe Erika Marques. “Maya” vestiu-se de “A Pequena Sereia” e fez bonito no tapete vermelho, com sua calda verde brilhante e uma peruca vermelho fogo. Um encanto!

Teve ainda Labradora vestida de “Garçonete”, levando até bandeja com copinho; York com a indumentária completa da cangaceira “Maria Bonita”, esta com um design da Branquela Fashion Pet; Outra Golden fantasiada de “Paquita”, entre as demais que também marcaram a passarela com bom humor, criatividade, brilho e colorido especial. Estão de parabéns todos os concorrentes!

Jurados ficaram encantados com a beleza das concorrentes. Revista Bem-Estar Animal marca presença

Nós, do Blog Bem-Estar Pet e da Revista Bem-Estar Animal, do Diário do Nordeste, tivemos o prazer de, mais uma vez, participar dos jurados deste concurso que já ganhou cadeira cativa na programação televisiva dos apaixonados por pet. Nesta edição, também estiveram entre os jurados o humorista Bené Barbosa, o “Papudim”; a apresentadora Juliana Melo; o ex-BBB Luiz Felipe Bari; e a adestradora da Cão Cidadão, Priscila Furlan, também voluntária da ONG Abrace – Uma Causa Animal.

MAIS INFORMAÇÕES: Programa Tudo Por Elas, TV Diário. Confiram principais flashes!

10:33 · 25.08.2017 / atualizado às 14:05 · 08.09.2017 por

Postagens com crianças ou animais bombam nas redes sociais. E sobre animais, especificamente cães, os grupos de raças também movimentam bastante o Facebook, Instagram, WhatsApp e afins. Em Fortaleza, aumentam os grupos de raças caninas. Fizamos aqui um levantamento dos mais representativos! Confiram:

 

AKITA
Akita Clube Ceará
Administradores: Katy, Tamys, Emily e Henrique. Existe há um ano. Possui 540 membros no Facebook; 150 no WhatsApp; e 1.180 seguidores no Instagram. Promove três encontros oficiais e dois não oficiais ao longo do ano, em média.
Facebook: akita clube ceara
Instagram: @akitaclubeceara

BEAGLE
Grupo Beagle Fortaleza
Administradora: Lorena Botto. Existe há quatro anos. Tem 3.100 membros no Facebook; e 441 seguidores no Instagram. Promove três grandes encontros por ano.
Facebook: Grupo Beagle Fortaleza
Instagram: @grupo beagle fortaleza!

BULDOGUE FRANCÊS
Bulldogue Francês Ceará
Administradores: Cyntia Cidália, Lourdes Monteiro, Sabrina Moura e Tchalisson Apolonio. Existe há 1 ano e meio. Tem 166 membros ativos. Promove por ano cerca de três eventos grandes e vários encontrinhos informais.
Facebook: Buldogue Francês Ceará
Instagram: @buldoguefrancesceara

Clube do Bulldog Francês Fortaleza
Administradores: Jackson Pontes, Brena Queiroz, Priscila Frota, Fábio de Castro e Phelipe. Existe há 2 anos. Tem 223 membros ativos. Promove cerca de três encontros oficiais por ano, mas todo mês faz encontrinhos.
Facebook : Clube do Bulldog Francês ( Fortaleza – Ce )
Instagram : @clubedobulldogfrancesfortaleza

BULDOGUE INGLÊS
Turma do Bulldog
Administradores: Pedro Araújo , Lívia Abreu , Henrique Leitão , Andressa Vitoriano , Ricardo Araripe , Bia , Gustavo e Cinthia. Existe há dois anos. Tem 138 membros no WhatsApp; 231 seguidores no Instagram; e 2.730 no Facebook. Promove três encontros, em média, por ano.
Facebook: turma do bulldog
Instagram: turmado bulldog_official

BULL TERRIER
Bull Terrier Fortaleza
Administradores: Ederson Freitas, Adriano Carneiro, René Vasconcelos, Michelle Lebowe, Anderson Pinheiro, Amanda Barros, Verônica Silva, Samuel Barroso, André Barros Leal, Camilla Soares e Yárina. Existe há 4 anos. Antes realizava encontros mensais, mas a partir deste ano seguirá a programação de quatro grandes encontros anuais. Tem 1.200 membros no Facebook; e cerca de 40 em atividade diária no WhatsApp.
Facebook: Bull Terrier Fortaleza
Instagram: @bullterrierfortaleza
Site: http://bullterrierfortal.wixsite.com/btfortaleza

CHIHUAHUAS
Chihuahuas Fortaleza-Ce
Administradores: Angélica Miranda, Romário Carvalho, Valéria Feitosa. Existe há quatro meses. Tem 65 membros no WhatsApp e 201 seguidores no Instagram. Promove cerca de três grandes eventos anuais.
Instagram: @chihuahuas_fortaleza_ce

GOLDEN RETRIEVER
Golden Retriever Fortaleza
Administradores: Gizelle Neves, Laura Farias, Erika Marques, Kalaham Cristina e Victoria Brígido. Existe há 6 anos. Tem mais de 7 mil membros em todas as mídias sociais. Promove cerca de seis grandes encontros nas datas comemorativas (Carnaval, Natal, Páscoa, São João etc) além de “encontrinhos” ao longo do ano.
Facebook: Golden Retriever Fortaleza
Instagram: @goldenretrieverfortaleza
Site: www.goldenretrieverfortaleza.com.br

HUSKY SIBERIANO
Husky Siberiano Ceará
Administradores: Charlie Câmara e Ana Luiza Cardoso. Existe há 3 anos e meio. No Facebook tem mais de 2.900; e no WhatsApp, mais de 200. Promove, em média, um encontro anual e vários encontrinho ao longo do ano.
Facebook: Husky Siberiano Ceará
Instagram: @huskysiberianoceara

LABRADOR
Labrador Retriever Ceará
Administradores: Davi Lima, Felipe Aires, Raquel Gondim, Sâmia Araújo e Silvana Barros. Existe há 4 anos. Tem 2.012 membros no Facebook; 2.259 seguidores no Instagram; e 203 no WhatsApp. Iniciou a fidelização dos membros para receberem a carteira do grupo. Tem, atualmente, 55 cadastrados (trabalho iniciado em julho de 2017). Promove quatro encontros anuais e vários encontrinhos eventuais.
Facebook: Labrador Retriever Ceará
Instagram: @labradorretrieverceara

POODLE
Clubinho Poodle Lovers Fortaleza
Administradoras: Alzira Cavalcante e Laila Jucá; moderadores: Levi Cavalcante e Renato Jucá. Existe há pouco mais de 1 ano. Tem 2.500 seguidores no Instagram; 240 membros no Facebook; e 58 no WhatsApp. Promove três grandes encontros anuais e três miniencontros ao longo do ano.
Facebook : Clubinho Poodle Lovers Fortaleza
Instagram : @clubinhopoodlelovers

PUG
Pugs Fortaleza
Administradores: Danilo Assis, Renata Costa, Victor Costa, Renata Lustosa e Catarina Quintela. Existe há 3 anos e meio. Tem 160 membros no WhatsApp. Promove cerca de cinco Pug Encontros por ano.
Facebook: Pugs Fortaleza
Instagram: @pugsfortaleza

PugNic Fortaleza
Administradores: Luciana Nunes, Deborah Fontenele, Diego Costa e Ederson Ramos. Existe há 2 anos. Tem 3 mil membros no Facebook e em torno de 150 Pugs cadastrados no PugNic Club. Promove cinco encontros por ano (Carnaval, Páscoa, Aniversário do grupo, Halloween e Natal) além de mini encontros esporádicos.
Facebook: facebook.com/pugnicfortaleza
Instagram: @pugnicfortaleza

SCHNAUZER
Schnauzer Fortaleza
Administradoras: Vania Bastos, Luciana Portela e Bethy Pinheiro. Tem 2.570 membros no Facebook; e 1.344 seguidores no Instagram. Antes fazia cerca de quatro encontros oficiais por ano. A partir de agora, um grande encontro anual. Mas promove cerca de 50 encontrinhos ao longo do ano, com programação de férias e datas comemorativas (mães, pais, crianças etc). Também promove um dia fixo de socialização, o “Schnauzer Day”, toda quarta-feira no Truckville.
Facebook: Schnauzer Fortaleza
Instagram: @schnauzerfortaleza
email: schnauzerfortalezaoficial@gmail.com

SHARPEI
Sharpei Ceará
Administradores: Bruno, Elizabeth, Fatima, Amanda. Existe há 5 anos. Tem 907 membros no Facebook; e 143 no WhastApp. Promove, em média, três encontros por ano.
Facebook: Sharpei Ceará
Instagram: @sharpeice

SHIHTZU
Clubinho Eu Amo Shihtzu Fortaleza
Administradores: Erika Fiquer, Neuma Pompeu, Valeska Furtado, Emiliana Moraes, Marília Figueiredo, Niedja Gonçalves, André Fontinele. Existe há 3 anos. Tem 205 membros no Whatsapp. Promove cerca de cinco encontros oficiais da raça por ano.
Facebook: Clubinho Eu Amo Shihtzu Fortaleza
Instagram: @clubinhoeuamoshihtzufortal

YORKSHIRE
Clube Yorkshire Terrier Fortaleza
Administradora: Myrian Taumaturgo; moderadoras: Nayane Menezes, Suellen Monteiro, Érika Albuquerque e Natasha Góis. Existe há 4 anos. Tem 4 mil membros no Facebook e 1.640 seguidores no Instagram. Promove quatro encontros por ano em média.
Facebook: Clube Yorkshire Terrier Fortaleza Oficial
Instagram: @clubeyorkshireterrierfortaleza

 

11:13 · 21.07.2017 / atualizado às 11:13 · 21.07.2017 por

O Diário do Nordeste publica toda semana esta seção Dr. Disciplina. Os consultores caninos Jackson Maciel,  Henrique Silva e Priscila Furlan se revezam na participação, tirando dúvidas sobre o comportamento de cães.

Tira-dúvida #14: Chihuahua pegador de sandálias! O que fazer?

Hoje vamos responder a pergunta de criadores de Chihuahua. “Criadores do Grupo Chihuahuas Fortaleza CE, tais como Romário Carvalho e Angélica Miranda, comentam que seus cãezinhos têm mania de pegar os chinelos deles. Se descuidar, as sandálias somem e quando eles vão procurar, o calçado está no cantinho dos cães. Por que isso acontece? Por que os cães gostam de pegar objetos dos donos? O que fazer para modificar este comportamento?

Dr. Disciplina, Henrique Silva: “Olá, Romário e Angélica! Vamos lá entender este problema. O Chihuahua é uma raça excelente de se criar. Muito amiga, muito amável e também uma raça bem esperta. Vamos lá entender porque os cãezinhos estão levando os chinelos para o cantinho deles. Um aspecto básico a entender: eles fazem isso para chamar atenção. Os chinelos têm o cheiro de seus donos, daí sabem que este objeto, de uso pessoal deles, vai chamar atenção dos “papais”. Isto também vale para todos os outros objetos que têm o cheiro da pessoa, tais como roupas, bolsas, livros, móveis. Então a primeira coisa a fazer para evitar este comportamento é enriquecer o ambiente com brinquedos apropriados, tipo os brinquedos inteligentes da Kong, que você pode colocar petiscos dentro e o cão vai passar um bom tempo naquela brincadeira tentando tirar o alimento. Quando mais enriquecido o ambiente estiver, mais os cães vão se concentrar em seus próprios brinquedos e ignorar os objetos da casa. Outra coisa importante são as relações de liderança na casa. As pessoas têm que se colocar mais como líderes de seus cães. E para isso é necessário, durante o aprendizado, os cães ficarem mais em seus locais, evitando aquela relação muito “grudada”, que geralmente se tem com as raças de pequeno porte. Isto causa muita ansiedade no cão quando ele fica longe do dono, daí eles compensam a separação pegando as coisas de seus “papais” e “mamães”. Reduzir mais os “mimos”, quando o cão fica colado demais no dono ao ponto de o cão se sentir o líder. É o cão dono do ser humano, quando deve ser o contrário. O ser humano é quem deve liderar a relação. Não é só porque é um pequeno Chihuahua, que ele não deve se colocar em seu lugar, ou seja, o lugar do cão. Ele não é um ser humano, uma criança. Ele deve aprender a se comportar como um cão, brincando com outros cães, com brinquedos de animais. Ele tem que passear, pisar no chão, ver outros ambientes, outros animais, sentir cheiros diferentes. Isso é importantíssimo para ter um cão equilibrado. Tudo isso vai fazer com que ele pare de querer se apropriar dos objetos de sua família humana. Outra coisa a fazer para evitar de vez a atração pelos objetos do dono, é utilizar alguns produtos com cheiros fortes, como cânfora, ou outras fórmulas da linha pet. Daí coloca nos chinelos e o cão vai evitar imediatamente. E ainda, adotar um comportamento de líder: toda vez que ver o cão indo pra pegar os chinelos, dar uma bronca nele, alguma forma de punição, leve mesmo, mas que ele entenda que está sendo chamado a atenção. E quando o cão corresponder com o bom comportamento, ou seja, ver as sandálias sem pegar, recompensá-lo com um petisco, um carinho. Isto sinalizará para o cão que este é o comportamento correto. E para um trabalho mais eficiente, os interessados podem recorrer às orientações de um especialista em comportamento canino, que vai melhor avaliar e identificar as causas, a raiz do problema. Com isso, modificará de vez aquelas atitudes indesejadas. Boa sorte a todos!”.

O que é o Dr. Disciplina?

A seção conta com a participação dos consultores em comportamento canino Jackson Maciel  e sua esposa Kátia Saraiva, sócios no trabalho de adestramento de cães e proprietários do Casa Hotel (pet service e hospedagem); Henrique Silva, da Adestramento e Comportamento Edukdog;  e também Priscila Furlan, adestradora e franqueada da Cão Cidadão, empresa de comportamento e adestramento animal que também atua em Fortaleza. Toda segunda-feira, eles dão dicas e recomendações sobre o que fazer com cães com distúrbios de comportamentos, tais como:

  • latidos excessivos;
  • ataques caninos a móveis, calçados, roupas e demais objetos em casa;
  • ciúme ou possessividade em relação a algum membro da família, brinquedos, alimento ou móveis da casa;
  • auto-mutilação, lambendo patas ou mordendo a cauda até ferir;
  • mesmo sendo cães de companhia, se comportam como se fossem cães de guarda, atacando visitas;
  • entre outros distúrbios que comprometem uma convivência pacífica com a família
Henrique Silva, da Adestramento e Comportamento Edukdog

Vale destacar que as dicas são orientações gerais. Para casos mais graves de distúrbios de comportamento, tais como agressividade extrema, o correto é contratar um profissional especializado para um trabalho semanal ou, até mesmo, diário. Boa sorte!

TEM SUGESTÃO PARA ALGUM TEMA? OU DÚVIDA? Se você tem alguma dúvida sobre o comportamento canino, envie pergunta para este blog nos comentários ou ainda pelo WhatsApp (85) 9 9996.9946.