Busca

Tag: proteção animal


18:28 · 13.08.2018 / atualizado às 18:28 · 13.08.2018 por

Em novo momento de atuação, a Abrace – Uma Causa Animal, ONG presidida pela professora Cristiane Angélica, realiza no sábado, 18, a partir das 15h30, o encontro e treinamento “Fortalecendo a causa animal com sinergia institucional: abraçando novos olhares e adotando novas atitudes”. O evento é destinado aos representantes da Diretoria da Abrace e voluntários da entidade, tanto os veteranos como também pessoas novatas que queiram conhecer o trabalho voluntário em favor dos animais.

A professora Cristiane Angélica explica que o objetivo da formação é introduzir a metodologia Abordagem Sinérgica dos Cinco Pilares Institucionais, que se baseia nas áreas do planejamento, comunicação, sustentabilidade, voluntariado e sistematização.

“A Abrace está querendo fazer um aprimoramento no que diz respeito ao seu trabalho em relação ao voluntariado e eventos promovidos pelas ONGs em prol dos animais. Entendemos que a nova era, vivenciada no nosso planeta, nos impõe esta responsabilidade. Pretendemos preparar um voluntariado que seja parte do cotidiano das pessoas, feito de forma consciente, ativa, coerente e responsável“, explica Cristiane Angélica. “Assim, a Abrace convida não só seus voluntários ativos, mas também todos que pretendem abraçar o voluntariado da causa animal, independente de ser ou não com a nossa ONG, para se fazerem presentes nesse evento piloto, que será o primeiro de muitos que ainda virão, para capacitação dentro da abordagem sinérgica dos cinco pilares”, completa ela.

Segundo destaca, a ONG passou recentemente por uma triagem entre seus voluntários, bem como por uma reformulação na sua diretoria e no seu grupo ativo de participantes. “Então aproveitamos para esclarecer ao público que somente as pessoas abaixo citadas estão autorizadas a falar em nome da ONG Abrace, bem como receber doações e marcar eventos. Para evitar que não cheguem ao correto destino as nossas doações, seguem os nomes das pessoas”, alerta a presidente.

Linha de frente da Abrace – Coordenadores

Fundadora- Presidente: Cristiane Angélica Justa

  1. Alana Frota
  2. Adriana Degani
  3. Adriana Thábita
  4. Ana Nery⁩
  5. Ana Teresa Ponte
  6. Cristina Pacheco
  7. Eulina Gondim
  8. Galba Lima
  9. Leila Sousa
  10. Pathy Bahia
  11. Rodrigo Silva
  12. Jane Vieira
  13. Cristiane Vieira
  14. Rosane Rocha
  15. Luísa Accioly
  16. Andressa Gondim

SAIBA MAIS

O encontro da Abrace é realizado em parceria com o Instituto Sinergia Social. O presidente do Instituto, Pablo Albuquerque Robles, também administrador e cientista social, explica o que é o trabalho. “Pensamos o desenvolvimento social e canalizamos nossa vontade de mudar o mundo, combater suas desigualdades e democratizar relações altruístas através da construção de soluções e competências institucionais que empoderem os atores sociais, potencializem seus impactos e emancipem de forma sustentável suas comunidades. Priorizamos demandas organizativas geralmente secundarizadas por terceiros”, afirma.

Nascido em 2007 e assumindo funcionamento contínuo a partir de 2014 com o Programa Saberes que Transformam e em 2016 com o Projeto Somos Mobilizadores, envolvendo respectivamente a produção social de um livro (a ser lançado em breve) e o desenvolvimento de campanhas de financiamento coletivo (crowdativismo), o Instituto Sinergia Social passou a priorizar, também, a realização de cursos e eventos formativos com ênfase em temas estratégicos de fortalecimento institucional, além do apoio técnico e fomento de serviços com ONGs atuantes em diversas áreas, como a proteção animal, a questão prisional, a geração de renda, a gestão esportiva, o intercâmbio multicultural e a infância.

Um desdobramento inovador desse novo ciclo se traduz na incubação em marcha do Programa Causas do Bem e do Laboratório Comunitário de Projetos – Coopera Labs. “Nossa missão é potencializar as causas sociais por meio de assessorias, formações e mobilizações, promovendo a causa do Fortalecimento Institucional, Solidário e Sustentável da Sociedade civil. Em termos concretos, nossa metodologia de consultorias e atendimentos fundamenta-se na abordagem sistêmica de cinco pilares institucionais: planejamento, comunicação, sustentabilidade, voluntariado e sistematização. Trabalhamos para ser reconhecido como um Instituto vocacionado para o desenvolvimento de soluções sociais a partir do investimento multidisciplinar em competências institucionais”. destaca Pablo.

PARA PARTICIPAR

  • Os interessados em participar do Encontro e treinamento da Abrace deve confirmar inscrição no site institutosinergiasocial@gmail.com
  • A programação será no Parque Del Sol (endereço completo será passado no privado para os inscritos.
  • A Abrace está pedindo um valor simbólico de R$ 5,00 para cada participante.
  • O Encontro dará direito a um certificado de participação, com total de 4h/aula, que pode ser utilizado para valorização de currículo (o voluntariado tem sido, atualmente, grande diferencial na vida acadêmica e profissional).

MAIS INFORMAÇÕES: Encontro e treinamento da Abrace. Sábado, 18, a partir das 15h30. Parque Del Sol. Inscrição no institutosinergiasocial@gmail.comWhatsApp 9 88128654/ Telefone e WhatsApp (85) 9 99883699. Aberto aos voluntários da Abrace e a todos os interessados.

 

18:48 · 15.10.2017 / atualizado às 18:58 · 15.10.2017 por

O debate sobre o Bem-Estar Animal chega em nível de Estado. Por iniciativa da Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema-CE), e com a participação de representantes de diversos órgãos e ONGs, foi criado o Grupo de Trabalho para o Bem-Estar e Proteção Animal. Um grupo no Wahtsapp mobiliza os participantes e já aconteceram duas reuniões no Cineteatro do Parque Estadual do Cocó, com a presença do secretário do Meio Ambiente, Artur Bruno.

Um dos coordenadores do grupo, Sérgio Mota, da Sema, explica o objetivo do GT. “A questão do Bem-Estar e Proteção Animal vem ganhando destaque no mundo quando se fala em meio ambiente. Aqui no Ceará ainda estamos muito atrasados nesse contexto. Assim, diante de alguns episódios que ocorreram recentemente, como a inclusão da vaquejada como patrimônio cultural na Constituição Federal, e o caso do Abrigo São Lázaro, a Sema decidiu tomar a frente, com o secretário Artur Bruno solicitando a criação de um Grupo de Trabalho – GT”, afirma ele.

Conforme complementa, o GT não abrangerá apenas os animais domésticos e sim, toda fauna cearense. “O GT tem como objetivo discutir, propor e acompanhar políticas públicas sobre o tema. Se reunirá mensalmente”, diz Sérgio Mota. Ele também observa que, dentre as experiências que norteará a atuação do GT Estadual estão o projeto contra abandono de animais no Parque Estadual do Cocó, legislações de outros Estados e Municípios brasileiros e o GT de Fortaleza.

Vale destacar que o GT criado no âmbito da Capital cearense resultou pela oficialização, pelo prefeito Roberto Cláudio, da Coordenadoria Municipal de Proteção e Bem-Estar Animal, que tem a ex-vereadora Toinha Rocha como coordenadora, com data de posse prevista para o próximo dia 18.

Nós, da Revista Bem-Estar Animal e do Blog Bem-Estar Pet, do Diário do Nordeste, estamos entre os participantes convidados.

O Grupo de Trabalho para o Bem-Estar e Proteção Animal do Estado tem como participantes:

  • Sérgio Mota, Sema-CE
  • Paulo Lira, gerente do Parque Estadual do Cocó
  • Rosania Ramalho, coordenadora do Centro de Controle de Zoonoses de Fortaleza (CCZ)
  • Anderson Cavalcante, da União Internacional Protetora dos Animais (UIPA-CE)
  • Toinha Rocha, titular da Coordenadoria de Proteção e Bem-Estar Animal de Fortaleza
  • Lucíola Cabral, presidente da Comissão de Bem-Estar Animal da OAB e procuradora do Município
  • Célio Studart, vereador de Fortaleza
  • Cláudia Gomes, vereadora de Fortaleza
  • Valéria Feitosa, editora da Revista Bem-Estar Animal/Blog Bem-Estar Pet ( Diário no Nordeste)
  • Marilac Alencar – Ouvidoria da UECE
  • Jane Cris Cunha, médica veterinária do Nuvet Sesa -CE
  • Gabriela Moreira, representante das ONGs Deixa Viver e Viva Bicho
  • Marta Synara Duarte, agente de Endemias do CCZ de Maracanaú
  • Thais Câmara, da Seuma
  • Maria Sanford, da Procuradoria Geral do Município (PGM)
  • Leonardo Borralho, da Sema-CE
  • Cecília Licarião, coordenadora de Educação Ambiental do Parque do Cocó
  • Ana Teresa, representante das ONGs de Fortaleza
  • Emerson, Nuvet Sesa -CE
  • Andre Ricardo, da ONG São Francisco de Assis
  • Arlinne Brasil, protetora independente
  • Sandra, representante da ONG Apata
  • Cláudia Lopes, protetora independente e Ouvidora da Ceasa

 

22:17 · 05.04.2017 / atualizado às 22:17 · 05.04.2017 por

A presidente da Abrace – Uma causa Animal, professora Cristiane Angelica, nos envia este pedido de socorro:

“Bom dia amigos! A Abrace está passando por momentos difíceis, pois toda essa crise financeira se reflete em toda sociedade e então conosco não é diferente. Atualmente, dentro do canil, os animais consomem 360 quilos de ração mensais. Não estamos conseguindo doação de ração e o que estamos arrecadando no bazar mal tem dado para pagar as contas fixas mensais do canil que são: Aluguel: R$ 1.107,00; Água: Varia entre R$ 70,00 e R$ 90,00; Energia: Em torno de R$ 100,00; Voluntários ajudantes: Segunda a sábado, R$ 1.000,00/ Limpeza externa e domingos: R$ 300,00. Diante de todos esses custos não estamos podendo nem levar os animais ao veterinário e nem comprar ração. Pedimos então, aos amigos, que se alguém puder nos doar ração, essa doação será muito bem vinda. Infelizmente, existe muita ração no mercado que faz mal aos animais. Não é que eles botem banca pra comer, é porque quando comem determinadas rações eles ficam doentes, com vômito e diarreia, o que causa, além do sofrimento ao animal, mais despesas com veterinário e remédios. Então a gente sugere rações que não são caras como por exemplo, a Kanina, Herói, Dog Chow, Faro, porque eles aceitam bem, não faz mal e ainda podemos colocar menos quantidade nas porções. As rações são para animais de raças pequenas, grãos pequenos, pois os grãos grandes, alguns animais não conseguem mastigar. Agradecemos toda e qualquer ajuda. Apesar de ser o consumo de 360 kg mensais, a doação de até apenas 1 kg de ração nos ajuda. Os nossos animais AUgradecem pois a fome dói e eles não sabem pedir, mas sabem agradecer. Ama e ajuda teu próximo, mesmo que ele não seja teu semelhante!”

Os voluntários da Abrace aproveitam para divulgar mais uma campanha de adoção dos animais protegidos pela entidade. Vamos todos participar!

 

Mais informações: Abrace – Uma Causa Animal (85) 9 8812.8654 (WhatsApp)

21:41 · 05.04.2017 / atualizado às 21:42 · 05.04.2017 por

A terceira edição da Cãomiada acontecerá neste domingo, 9, no Aterro da Praia de Iracema. O evento já faz parte do calendário de programação dos cachorros, gatinhos, seus tutores, bem como defensores da causa animal. É realizado pelo Movimento São Francisco de Defesa de Animais e começa a partir das 16h, com saída em frente ao Boteco Praia. A atração principal da programação é a participação do adestrador Gerfyson Dantas. Ele vai ensinar dicas de comportamento animal.

O idealizador do evento, Célio Studart, destaca que o principal objetivo da Cãomiada é cobrar medidas enérgicas contra os maus tratos aos animais. “ Também iremos reivindicar castrações, para que possam diminuir a enorme quantidade de animais abandonados nas ruas, e para que, finalmente, os animais possam ter seus direitos e cuidados em um Hospital Público Municipal”, afirma.

Adestrador Gerfyson Dantas vai dar dicas sobre comportamento animal

Após concurso que movimentou as redes sociais, os pets “Lola” e “Tigão”, que tiraram 1º e 2º lugar, além de “Lola” e “Belinha”, 3º e 4º lugar, foram escolhidos para estampar a camisa do evento. Todo o valor arrecadado com a venda das blusas será destinado para os abrigos: São Lázaro; ABRACE; Arca de Noé; Novelo de Lã, Abrigo da Estela e UPAC.

A camisa pode ser adquirida pelo preço de R$ 20,00 e pode ser encontrada nos pet shops Alfhavillle Dog e Medicão.

MAIS INFORMAÇÕES: 3ª edição da Cãomiada Fortaleza – Aterro da Praia de Iracema – Domingo, 9/4. 16h

 

 

 

 

21:59 · 06.11.2015 / atualizado às 11:26 · 09.11.2015 por

Acontece hoje (9),  no Paço Municipal da Prefeitura de Fortaleza, uma reunião para discutir políticas de proteção e bem-estar animal. A vereadora Toinha Rocha articulou o encontro com o prefeito Roberto Cláudio. Sua Assessoria Parlamentar comunica que a vereadora está recebendo das ONGs e voluntários interessados propostas de proteção animal para serem encaminhadas ao prefeito. O mandato parlamentar já tem alguns projetos encaminhados em favor dos animais na Capital cearense. FUI INFORMADA AGORA QUE A REUNIÃO SERÁ ÀS 18 HORAS (e não mais às 16h como havia sido marcado inicialmente).

TOINHA ROCHA 12202312_10205412165248101_419052006_n

Os interessados podem enviar as propostas para: https://www.facebook.com/toinha.rocha1?fref=ts e https://www.facebook.com/carolinevvs?fref=ts

14:23 · 02.12.2014 / atualizado às 14:23 · 02.12.2014 por

Neste período do ano, a solidariedade está em alta! A protetora animal Cristiane Angélica, que coordena a Abrace – Uma Causa Animal, convida todos para o bazar e brechó em favor dos animais que a entidade socorre das ruas. Ela destaca que a entidade ainda está recebendo doações para o evento, bem como aceitando pessoas voluntárias para a programação. Quem quiser participar é só falar com a Cristiane Angélica pelo Facebook. Confiram!

Abrace Bazar 10484942_741433229268076_1026732869609580231_n

 

08:36 · 23.09.2014 / atualizado às 08:36 · 23.09.2014 por

Gente, posse responsável de nossos amados bichinhos inclui a castração. É uma cirurgia rápida e minimamente invasiva. Se você não é “cinófilo” ou “gatófilo”, ou seja, aquele criador que se dedica a desenvolver uma determinada raça de cão ou gato, dentro dos critérios do bem-estar animal e com base nos padrões definidos pelos Kennels Clubes e demais entidades afins, deve castrar o seu animalzinho para que todos tenham uma vida plena e feliz.

A protetora animal Ana Cristina Ramos está divulgando mutirão de castração, que acontecerá no domingo, (28/09), na Clínica Pet Saúde. Vamos apoiar!

Mutirão castração 1940308_619795698131042_416616687_n

15:15 · 08.08.2014 / atualizado às 15:15 · 08.08.2014 por

A protetora Rúbia Bernardes está divulgando este evento que acontece amanhã, promovido pelo grupo Voluntários Independentes de Proteção Animal (Vipa). Toda a renda é revertida para o trabalho feito pelo grupo em benefício dos animais abandonados. Vale conferir!

Vipa 10574416_1529075507323856_868587902616896787_n

11:57 · 25.07.2014 / atualizado às 11:57 · 25.07.2014 por
09:56 · 06.12.2013 / atualizado às 09:56 · 06.12.2013 por

Valéria Feitosa
Editora

Inscrições abertas para interessados em discutir ações de proteção aos animais abandonados nas ruas das cidades

Fortaleza. Mais um marco no movimento de proteção animal do Ceará acontecerá neste domingo, dia 8. Será durante o Encontro de Protetores da Causa Animal, marcado para as 15h30, na Universidade Estadual do Ceará, Campus do Itaperi, numa realização do Movimento SOS Gatos de Fortaleza. O evento é aberto a todas as pessoas e entidades que trabalham pelo bem-estar animal. Os interessados devem se inscrever gratuitamente até a próxima sexta-feira, dia 6, pela página do grupo no Facebook – www.facebook.com/sosgatosdefortaleza. Basta enviar inbox dados (nome e telefone) para ter autorização na entrada ao campus da universidade no domingo.

Movimento SOS Gatos de Fortaleza, em parceria com a Prefeitura de Fortaleza e Faculdade de Veterinária, já realizou castrações e feiras de adoção de animais abandonados nas ruas, com a participação de voluntários e entidades

Movimento SOS Gatos de Fortaleza, em parceria com a Prefeitura de Fortaleza e Faculdade de Veterinária, já realizou castrações e feiras de adoção de animais abandonados nas ruas, com a participação de voluntários e entidades
Movimento SOS Gatos de Fortaleza, em parceria com a Prefeitura de Fortaleza e Faculdade de Veterinária, já realizou castrações e feiras de adoção de animais abandonados nas ruas, com a participação de voluntários e entidades

O encontro tem o apoio da Prefeitura de Fortaleza e da Uece. Uma das articuladoras do movimento SOS Gatos, Renata Costa, editora do blog Gata Lili, diz que o encontro objetiva coletar reivindicações e promover o alinhamento do projeto de Políticas Públicas de Bem-Estar Animal. Na ocasião, os organizadores estarão apresentando as ações que dão continuidade às negociações com a administração municipal, iniciada na gestão Luiziane Lins e que tem continuidade agora, com o prefeito Roberto Cláudio. Já aconteceram algumas reuniões com o vice-prefeito Gaudêncio Lucena e com o diretor da Faculdade de Medicina Veterinária da Uece (Favet), professor Célio Pires nesse sentido.

Ela explica que o movimento é integrado por pessoas e Organizações Não Governamentais (ONGs) de proteção animal que buscam soluções para a situação emergencial de animais de Fortaleza. Ainda que concentre as ações na Capital, também está aberto a atuar junto às Prefeituras de municípios cearenses, na mobilização contra o abandono e pela guarda responsável dos bichos. Negociações para isto também já foram iniciadas junto à Prefeitura de Aracati.

O SOS Gatos foi iniciado no ano passado, após audiência na Assembléia Legislativa do Ceará. O debate foi motivado pela matança de gatos no Parque do Cocó, criando um grupo de trabalho para apresentar soluções ao problema. Desde então, o movimento foi ampliado. Atualmente, não destina-se apenas à proteção dos felinos, mas a todas as espécies. Já foram realizados dois mutirões de castração de gatos, com a participação de dez veterinários da Favet-Uece.

No primeiro mutirão, foram operados 120 gatos que estavam abandonados no Parque das Crianças. Na segunda mobilização, foram mais 120 animais que viviam no cemitério municipal do Mucuripe.

Na ocasião, a Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, disponibilizou recursos para toda a logística da mobilização, incluindo as cirurgias, caixas de transporte e outras ações. Em seguida, aconteceram feiras de adoção. Atualmente, quase todos os bichos já se encontram em novo lar.

Trabalho educativo

O SOS Gatos também já dispõe de 70 mil cartilhas com orientações sobre guarda responsável e mais a mesma quantidade de folders explicativos sobre o tema, com destaque para a adoção de animais abandonados nas ruas.

Renata Costa explica que o movimento quer definir um trabalho educativo para utilização do material, de forma a disseminar na sociedade a consciência de que os animais merecem respeito e carinho.

Como protetora voluntária de bichos, ela diz que os casos de maus-tratos são crescentes em Fortaleza. Tanto é que recebe uma média de cinco a seis ligações por dia e mais uma média de 10 a 15 emails diários de pessoas denunciando maus-tratos ou que querem fazer castração de seus animais. O principal problema ainda é o crescente número de animais abandonados nas ruas. “Queremos, com o encontro, mostrar o que já fizemos até agora e unir todas as pessoas e entidades da área, para provar a nossa força”, afirma ela.

FIQUE POR DENTRO
Cartilha será base para ação educativa
O SOS Gatos de Fortaleza dispõe de 70 mil cartilhas “Adotar”, com orientações sobre guarda responsável de animais. O grupo quer definir um trabalho educativo para utilização dos exemplares. A publicação orienta que maltratar animais é crime previsto na lei federal 9.605/98, artigo 32. Qualquer pessoa pode denunciar este crime. De acordo com a lei complementar 140, as denúncias e ocorrências de casos desta natureza podem ser feitas nos órgãos ambientais municipais.

“Ao se deparar com situações de maus-tratos, procure ajuda policiais. Você pode fazer a denúncia em qualquer delegacia de Polícia ou discando o 190. No Ceará, a CPMA – Companhia de Policiamento Militar Ambiental faz o trabalho de averiguação de denúncias”, informa a cartilha. A CPMA fica na Av. Dr. Raul Barbosa, 6801, bairro Aerolândia, em Fortaleza. Fone (85) 3101.3545.

Entre os casos de maus-tratos estão não dar água e comida diariamente; privar o animal de liberdade, mantendo-o preso em corrente, em local sujo ou pequeno demais para que possa andar ou correr; abandonar; ferir ou machucar.

Mais informações:
Encontro de Protetores da Causa Animal – domingo, dia 8/12
15h30 – Campus do Itaperi – Uece
Inscrições inbox no Facebook
SOS Gatos de Fortaleza