Busca

Categoria: Geral


13:31 · 08.12.2017 / atualizado às 13:31 · 08.12.2017 por

Novo trabalho da consagrada diretora argentina Lucrecia Martel, “Zama”, que estreia dia 25 de janeiro, acaba de ganhar trailer oficial. O longa retrata a trajetória de Zama (Daniel Giménez Cacho), um oficial da Coroa Espanhola nascido na América do Sul que aguarda uma carta do Rei autorizando-o a se transferir da cidade em que vive estagnado para um lugar melhor.

Para garantir a transferência, Zama se ver forçado a aceitar todas as ordens e tarefas que são passadas por consecutivos governantes ao longo dos anos. Quando percebe que a tal carta não vai chegar, ele decide se unir a um grupo de soldados em busca de um perigoso bandido.

Lucrecia Martel é um dos principais nomes do cinema contemporâneo, seus filmes anteriores, “A Mulher sem Cabeça” e “A Menina Santa”, tiveram estreia mundial no Festival de Cannes e O Pântano no Festival de Berlim.

“Zama” teve estreia mundial no Festival de Veneza e recentemente foi indicado ao Prêmio Sur 2017, uma das principais premiações argentinas, em 11 categorias, entre elas, melhor filme, melhor diretor, melhor ator e melhor direção de arte – com a brasileira Renata Pinheiro. Coproduzido com o Brasil, o filme já passou pelos Festival do Rio 2017, 41ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo e X Janela Internacional de Cinema, no Recife, e será o representante da Argentina no Oscar.

09:07 · 04.12.2017 / atualizado às 09:07 · 04.12.2017 por

O primeiro clipe de “As Aventuras de Tadeo 2: O Segredo do Rei Midas” traz de volta Múmia, um dos personagens mais engraçados da animação, que chega aos cinemas brasileiros pela Paramount Pictures no dia 21 de dezembro.

A cena mostra a tentativa do aspirante a arqueólogo Tadeo Jones, de manter descrição total com sua chegada na cidade de Granada, primeira parada do seu plano de resgate do poderoso colar do Rei Midas. Múmia, sempre solícita e fiel, procura um disfarce e acaba chamando ainda mais atenção.

Na trama, Tadeo Stones é um pedreiro muito aventureiro e aspirante a arqueólogo. Ao descobrir que o colar do rei Midas, que transformava tudo que tocava em ouro, existiu de verdade sai rumo a Los Angeles com seus amigos – Sara Lavrof, o cão Jeff e sua velha amiga Múmia. Mas um problema surge quando Sara desaparece misteriosamente.

14:19 · 30.11.2017 / atualizado às 14:19 · 30.11.2017 por

Dois filmes chegam às plataformas de streaming na próxima quinta, dia 30. O documentário “Um Novo Capitalismo”, de Henry Grazinoli, faz a sua estreia no Brasil direto no streaming. Inspirados em uma pesquisa da ONU que sinaliza a gravidade das desigualdades sociais no mundo, um grupo de empreendedores brasileiros, indianos e mexicanos pensam e criam estratégias para construir um novo capitalismo, mais justo e humano, com projetos de negócios mais lucrativos, e, ao mesmo tempo, que visassem acabar com a pobreza.

Segundo o relatório da Oxfam, o 1% mais rico da população mundial concentra a mesma riqueza do que os outros 99% das pessoas. Como viver em um mundo sem desigualdade social? É com base nessa pergunta que “​​Um Novo Capitalismo” traz para o debate o legado e o movimento de transformação social que os empreendedores sociais querem deixar para o mundo. A produção protagonizada e produzida por Antonio Emílio de Moraes Neto, herdeiro do grupo Votorantim e cofundador do fundo de investimento de negócios de impacto social, Vox Capital.

A outra estreia da semana é o filme “O Fantasma da Sicília”, de Fabio Grassadonia e Antonio Piazza. Baseado em fatos reais, o longa apresenta o corajoso Giuseppe (Gaetano Fernandez, um garoto de 13 anos que desapareceu nas mediações de uma misteriosa fazenda na pequena cidade que vivia. Só que a pequena Luna (Julia Jedlikowska) não se conformou com o sumiço do amigo e vai fazer o possível para acha-lo.

O filme é uma reconstrução de um fato real: o sequestro do jovem em represália às delações feitas pelo seu pai mafioso, Santino Di Matteo. Bem recebido pela crítica, o longa venceu o prêmio de melhor roteiro em Sundance em 2016 e foi exibido em Cannes este ano.

UM NOVO CAPITALISMO
NOW (R$11,90) / VIVO PLAY (R$ 11,90)
Google Play (Compra R$ 24,90 Aluguel R$6,90)
iTunes (Compra US$2.99 Aluguel US$0.99)

O FANTASMA DA SICILIA
NOW (R$11,90) / VIVO PLAY (R$ 11,90)
Google Play (Compra R$ 24,90 Aluguel R$6,90)
iTunes (Compra US$6.99 Aluguel US$2.99)

13:19 · 07.11.2017 / atualizado às 13:19 · 07.11.2017 por
O premiado curta “Quintal”, de André Novais Oliveira, integra a programação

A Escola Pública de Audiovisual da Vila das Artes promove em novembro o cineclube da Vila das Artes Telas Abertas com a Mostra Negritude Infinita. A mostra irá contar com seis sessões que irão ocorrer tanto na Vila das Artes quanto no Centro Cultural Bom Jardim.

Com curadoria de Leon Reis e Clébson Oscar, a mostra pretende evidenciar o papel do negro na cultura popular pela mídia televisiva e pelo cinema. O objetivo é criar um espaço que pense acerca da questão da representação de corpos negros em diferentes momentos da história do cinema nacional. Confira a programação:

Sessões na Vila Das Artes
Quando: quinta-feira (09/10) às 18h30
A Negação do Brasil | Documentário de Joel Zito Araújo, 1h 32m, 2000

Quando: quinta-feira (16/11) às 18h30
Cores e Botas | Ficção, de Juliana Vicente, 16 min, 2010
Alma no Olho | Ficção de Zózimo Bulbul, 11 min, 1974.
Kbela | Experimental/documental de Yasmin Thayná, 22 min, 2015

Quando: quinta-feira (23/11) às 18h30
(Há) mar | Documentário, de Luca Salri, 13min, 2016
Travessia | Documentário, de Safira Moreira, 4min, 2017
Quintal | Ficção, de André Novais Oliveira, 20min, 2015
Momento Vício e Boa Sorte | Doc/Ficção de Diógenes Costa. 20min, 2015

Quando: quinta-feira (30/11) às 18h30
Dona Sônia Pediu Uma Arma Para Seu Vizinho Alcides | Ficção de Gabriel Martins, duração: 18 min, 2011
Chico | Ficção, de Irmãos Carvalho, 23min, 2016
Rapsódia Para o Homem Negro | Ficção, de Gabriel Martins, 24 min, 2015

Sessões no Centro Cultural Bom Jardim (CCBJ)
Quando: sábado (11/11) às 17h
Pode me Chamar de Nadí | Ficção de Déo Cardoso, 19min, 2009
Cores e Botas | Ficção, de Juliana Vicente, 16 min, 2010
(há) mar | Documentário, de Luca Salri, 13min, 2016
Travessia | Documentário, de Safira Moreira, 4min, 2017
Alma no Olho | Ficção de Zózimo Bulbul, 11 min, 1974.
Momento Vício e Boa Sorte | Doc/Ficção de Diógenes Costa. 20min, 2015

Quando: sábado (18/11) às 17h
Dona Sônia Pediu Uma Arma Para Seu Vizinho Alcides | Ficção de Gabriel Martins, duração: 18 min, 2011
Rapsódia Para o Homem Negro | Ficção, de Gabriel Martins, 24 min, 2015.
Chico | Ficção, de Irmãos Carvalho, 23min, 2016
Kbela | Experimental/documental de Yasmin Thayná, 22 min, 2015

14:41 · 06.11.2017 / atualizado às 14:41 · 06.11.2017 por

O capítulo final da trilogia “Cinquenta Tons” acaba de ganhar o primeiro trailer oficial. Os atores Jamie Dornan e Dakota Johnson retornam como Christian Grey e Anastasia Steele em “Cinquenta Tons de Liberdade”, que deve estrear em fevereiro de 2018. A franquia de sucesso que já levou mais 11 milhões de brasileiros aos cinemas.

Embalado pela música “Never Tear Us Apart”, o trailer mostra Grey e Anastasia em uma nova fase da relação amorosa. O que parece perfeito demais logo será interrompido e o casal precisará provar a força do relacionamento diante das imprevisibilidades.

09:15 · 24.10.2017 / atualizado às 09:15 · 24.10.2017 por

Dirigido por Jonas Cuarón, “Deserto” ganha trailer oficial e estreia dia 02 de novembro. O filme acompanha Moises (Gael García Bernal) que junto a um grupo de pessoas, tenta atravessar a pé a fronteira do México com os Estados Unidos, buscando uma nova vida no Norte. No caminho eles se deparam com um solitário homem, Sam (Jeffrey Dean Morgan), que patrulha por sua própria conta a fronteira e se diverte em sua caça aos imigrantes. Todos terão de achar um jeito de sobreviver nessa paisagem incrivelmente brutal antes do deserto consumi-los.

Lançado no Festival de Toronto, o filme foi rodado ao longo de 10 semanas sob o sol escaldante do deserto de Baja California Sul. Não era raro haver desmaios do casting ao preparar as cenas de ação.

O personagem central interpretado por Jeffrey Dean Morgan é um patrulheiro inspirado no Minutemen Project, uma espécie de milícia armada que se autoproclama vigiante da fronteira entre Estados Unidos e México, acertando com armas de longo alcance os imigrantes que tentam cruzá-la.

Lançado pouco antes da eleição do novo presidente dos EUA, Jonas Cuarón diz: “Meu desejo foi criar um filme que envolvesse o público de uma forma visceral, que fosse uma experiência catártica, e que ao mesmo tempo permitisse refletir sobre um tema tão complicado como a imigração”.

“O deserto não conhece nacionalidades, países nem fronteiras. Ali, todos são iguais, e são tantos os perigos que não conseguia tirar essa história da cabeça, precisava contá-la”, completa o diretor.

 

13:15 · 23.10.2017 / atualizado às 13:15 · 23.10.2017 por

Em vídeo inédito, a ganhadora do Oscar Judi Dench, protagonista de “Victoria e Abdul – O Confidente da Rainha”, comenta a experiência de voltar a interpretar a personagem-título, vinte anos depois de tê-la vivido em “Sua Majestade, Mrs. Brown”, papel que rendeu a atriz o Globo de Ouro de melhor atuação em 1998.

Tocada pela história, Dench confessa que se animou ao descobrir que iria interpretá-la novamente no cinema, agora ao lado do ator indiano Ali Fazal: “Pensei: Que maravilha poder revisitar isso! […] Há muitas coisas notáveis nessa amizade extraordinária. Acho que foi como uma maravilhosa injeção de juventude, entusiasmo e algo novo a aprender. Foi vital para ela”, explica a atriz.

Com direção de Stephen Frears, o filme apresenta a história real de uma amizade inesperada entre uma monarca e um jovem empregado que viaja para participar do Jubileu de Ouro e é surpreendido ao conhecer a própria Rainha. Ao se aproximarem, eles criam uma aliança improvável de dedicação e lealdade mútua, que afrontará o circulo doméstico da Rainha. Quando a amizade se aprofunda, Victoria começa a ver um mundo de mudanças através dos olhos de Abdul.

A estreia em circuito comercial está marcada para 16 de novembro no Brasil.

10:25 · 05.09.2017 / atualizado às 10:25 · 05.09.2017 por

A Universal divulgou, em lançamento mundial, o segundo trailer do filme “Boneco de Neve”, longa que traz Michael Fassbender (“Shame”) como protagonista, além de J.K. Simmons (“La La Land: Cantando Estações”) e Rebecca Ferguson (“Vida”) no elenco principal.

Inspirada no bestseller de Jo Nesbø, que vendeu mais de 20 milhões de cópias em todo o mundo sendo comparado ao sucesso “Silêncio dos Inocentes”, pelo jornal inglês The Guardian, a produção conta com direção de Tomas Alfredson e apresenta a história do detetive Harry Hole (Fassbender).

Ao investigar o desaparecimento de uma mulher na primeira neve do inverno, o detetive passa a relacionar o assassinato a um serial killer. Com a ajuda de uma recruta (Ferguson), o Harry Hole ligará casos arquivados de décadas atrás com o novo crime na esperança de desvendar o mistério antes da próxima nevasca.

Filmado inteiramente na Noruega, nas cidades de Oslo, Bergen e na região de Rjukan, “Boneco de Neve” tem estreia marcada para 7 de dezembro.

14:39 · 31.08.2017 / atualizado às 14:40 · 31.08.2017 por

“Por que você não quer ter filhos?” é a primeira frase dita por Michelle Pfeiffer no novo teaser de “Mãe!”. Enquanto encara a hóspede indesejada, Jeniffer Lawrence está visivelmente abalada com o desconforto causado pela pergunta, em mais uma sequência densa e perturbadora do longa de Darren Aronofsky.  A estreia está marcada para 21 de setembro.

Em ‘Mãe!’, a relação de um casal é testada quando visitantes não esperados chegam à sua casa e atrapalham a tranquilidade da família. Do diretor Darren Aronofsky (de “Cisne Negro” e “Requiem para um Sonho”), “Mãe!” é um suspense psicológico sobre amor, devoção e sacrifício. O elenco traz ainda Javier Bardem e Ed Harris.

12:05 · 25.08.2017 / atualizado às 12:06 · 25.08.2017 por
Cena de “Death Note: Iluminando um Novo Mundo”

Os longas “Death Note”, “Death Note: O Último Nome” e “Death Note: Iluminando um Novo Mundo” estrearam na última quinta-feira (24) nas plataformas Now, Vivo Play, Google Play e Itunes.

Baseada nos mangás com roteiros de Tsugumi Ohba e artes de Takeshi Obata, que deram origem aos animes, a produção live action chegou às telas do cinema em 2006 com o filme “Death Note”. Nele o público é apresentado ao protagonista Light Yagami, um estudante universitário que recebe um diário da morte, que tem o poder de matar.

Esse objeto muda a vida do garoto, que decide livrar o mundo dos criminosos assumindo o nome de ‘Kira’. As mortes, por mais que sejam bem vistas por parte da sociedade japonesa, atraem a atenção do detetive L., que reúne uma força-tarefa para perseguir o assassino.

Seis meses depois foi lançado o longa “Death Note: O Último Nome”, no qual a batalha entre as duas maiores mentes do mundo recomeça quando Light Yagami se junta à força-tarefa que está em busca de Kira, em um esforço para livrar-se das suspeitas que recaem sobre ele e conseguir acabar com L.

“Death Note: Iluminando um Novo Mundo” estreou no Japão em 2016 e se passa exatamente dez anos após o segundo filme. Uma nova batalha começa quando seis cadernos surgem na Terra. Com isso, resta à força-tarefa descobrir quem é o novo Kira antes que ele reúna todos os cadernos e cause um novo genocídio.