Busca

50º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro anuncia curtas e longas em competição

14:09 · 07.08.2017 / atualizado às 14:09 · 07.08.2017 por
Longa mineiro “Arábia”, de Affonso Uchoa e João Dumans, integra competição

Sem representantes cearenses, o 50º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro anunciou os nove longas e 12 curtas que integram a competição principal daquela que promete ser uma edição histórica do evento.  O festival será realizado de 15 a 24 de setembro, tendo como palco principal o Cine Brasília.

Principal vitrine do cinema nacional e mais antigo evento do gênero no país, o Festival de Brasília mostra nesta edição a força da produção audiovisual brasileira. De acordo com a produção do evento, foram inscritos  778 filmes na Mostra Competitiva, um recorde. Do número total, 608 produções são de curta-metragem. Os longas correspondem a 170 filmes.

Outra novidade desse ano é que todos os filmes selecionados para as mostras competitivas receberão Cachê de Seleção, nos valores de R$ 15 mil para filmes de longa-metragem em Competição Oficial; de R$ 10 mil para longas na Sessão Especial Hors Concours; de R$ 5 mil para curtas em Competição Oficial; e de R$ 3 mil para longas programados em mostras paralelas.

Veja a lista oficial dos filmes em competição:

MOSTRA COMPETITIVA DE LONGAS
“Arábia”, de Affonso Uchoa e João Dumans, MG
“Café com Canela”, de Ary Rosa e Glenda Nicácio, BA
“Construindo Pontes”, de Heloisa Passos, PR
“Era uma Vez Brasília”, de Adirley Queirós, DF
“Música para Quando as Luzes se Apagam”, de Ismael Cannepele, RS
“O Nó do Diabo”, de Ramon Porto Mota, Gabriel Martins, Ian Abé, Jhesus Tribuzi , PB
“Pendular”, de Julia Murat, RJ
“Por Trás da Linha de Escudos”, de Marcelo Pedroso, PE
“Vazante”, de Daniela Thomas, SP

MOSTRA COMPETITIVA DE CURTAS
“A Passagem do Cometa”, de Juliana Rojas, SP
“As Melhores Noites de Veroni”, de Ulisses Arthur, AL
“Baunilha”, de Leo Tabosa, PE
“Carneiro de Ouro”, de Dácia Ibiapina, DF
“Chico”, de Irmãos Carvalho, RJ
“Inocentes”, de Douglas Soares, RJ
“Mamata”, de Marcus Curvelo , BA
“Nada”, de Gabriel Martins , MG
“O Peixe”, de Jonathas de Andrade, PE
“Peripatético”, de Jessica Queiroz, SP
“Tentei”, de Laís Melo, PR
“Torre”, de Nadia Mangolini, SP

Comentários 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *